_Destaque Argentina Pickups Volkswagen

Amarok Black Edition tem visual agressivo na Argentina

amarok-black-argentina-1

A Volkswagen está lançando na Argentina a picape Amarok Black Edition, versão personalizada que tem como destaque a tonalidade preta em várias partes do veículo.

Com 300 unidades, a Amarok Black Edition vem exclusivamente na cor preto Profundo, tendo ainda grade, retrovisores, rodas de liga leve Durban Black aro 18 polegadas e outras partes em preto brilhante.

amarok-black-argentina-2

Os vidros traseiros e as lanternas são escurecidos, enquanto a luz de placa é em LED. Por dentro, o destaque da Amarok Black é o acabamento dos bancos em Alcantara.

Baseada na versão Highline, a edição especial tem tração 4×4, motor 2.0 TDI de 180 cv e opções manual ou automática, respectivamente com seis e oito marchas, cujos preços sugeridos são de 713.700 e 756.100 pesos.

amarok-black-argentina-3

[Fonte: Cosas de Autos]





  • CanalhaRS

    Agora roda preta e pintura preta são edições especiais…as montadoras estão ficando “malandrinhas” demais ou o consumidor está “emburrecendo”?

    • Self Made Man

      Não nos esqueçamos que já houve quem pagasse 5 mil a mais pela cor branca…

    • Yuri Lima

      Pode crer!
      “Black edition” “White edition” “Silver edition”. Só uma cor comum na carroceria repetida nas rodas e um adesivo com o nome.

    • Gilberto Silva

      Toda vez que leio “Black Edition”, logo penso… “Produto defasado que precisamos vender”…

      tudo bem que é um bom produto, mas está a quanto tempo ai ja? com todas as outras se mexendo, é bom a dona VW pensar em atualizar a Amarok não é mesmo??

      Essas versões “especiais” que não têm nada além das demais a não ser o preço mais caro, é ridículo… tomara que não venda nada…

      só pra lembrarmos de versões pseudo especiais que me lembram muito isso ai:

      Vectra Next Edition
      Vectra Collection
      Stilo Black Motion
      Punto Black Motion

      e deve ter mais um monte que não me vêm a memória agora…

      • Retrato do Papai

        o punto black motion na verdade não é uma versão especial… o que aconteceu é que depois do facelift o motor etorq 1.8 não era mais oferecido na versão essence, ficando restrito às versões sporting e black motion, sendo esta última a versão mais “civil”…

        dentre os modelos que você citou, o punto black motion é o único que possui visual realmente diferente das versões tradicionais, uma vez que agrega um desenho diferenciado nos para choques e caixas de roda, deixando o visual mais agressivo (embora alguns considerem que deixam o design – ainda mais – sobrecarregado)

        • Gilberto Silva

          Bem, na verdade o Punto Black Motion, nada mais é que o visual do T-Jet com motor 1.8 do Essence.

          ou seja, vender mais caro, algo que na prática não compensa.

          Visual insano do T-jet com o motor “sem graça” do Essence.

          a preço caríssimo… por um punhado de plástico a mais.

          • Edson Fernandes

            E com os itens do Essence também vale frisar…

      • Thiago

        E aí mercedes que tem a versão Black Series na cor branca também, aí os cara não falam nada né, rsrs…

  • Maycon Farias

    Não sou capaz de opinar se ficou bom ou ruim. Acho que ficou um meio termo entre os dois.

    • Mr. Car

      Eu sou, Maycon: ficou péssimo, he, he!

  • Mr. Car

    Para mim, tem mesmo é visual de carro de malaco.

    • Self Made Man

      Comentário Tetra Pak: cheio de rótulos…

      • Mr. Car

        Rótulo serve para isto mesmo: explicar bem o que uma coisa é, he, he!

    • Louis

      Pra ficar de malaco mesmo, precisava de umas rodas 24″ e suspensão rebaixada…

      • Retrato do Papai

        os cientistas deveriam estudar as pessoas que rebaixam carros tipo saveiro, renegade, amarok, duster, etc… sério, fariam descobertas valiosas

        • Louis

          É atraso mental mesmo, nem precisa ser estudado.

    • Yuri Lima

      Ai faltou umas Orbital preta.

  • thi

    Loka

  • JAC

    Em breve em um shopping center perto de você.

  • Felippe

    Ainda to procurando o “visual agressivo” kkk

    • Aires Jone

      Eu também kkk

    • Paulo

      Continuando a busca….

  • Gustavo73

    Versão fim de feira. Já que o facelift e novos motores chegam em breve. Aqui no Rio ainda corre o risco de ser confundido com uma viatura do BOpE ou da CORE.

  • zekinha71

    Começa assim, primeiro série Black, depois Cross, Adventure, Final Edition, Special Edition, Last Edition, Ultimate Edition, série algum personagem de filme e depois de trezentas séries vem o face lift.

  • Tomtilt

    Bizarra!

  • Dii Nascimento

    To tentando achar a agressividade depois de 20 minutos vendo as fotos !

    • Daniel

      Pois é… se roda preta deixa o visual agressivo, tá cheio de celta, palio e gol sem calota, com a roda de ferro preta com visual super agressivo…

  • Thyago Vieira Alves

    Rodas pretas? kkkkkkkkkk

  • thi

    Ja viram pessoalmente?

  • Rafael Toth

    Eu juro por Deus, que queria conhecer as pessoas que fazem as pesquisas de mercado e entregam o relatório final na mão do gerente de produtos dizendo:

    “O público decidiu que quer uma nova versão toda preta e está disposto a pagar a mais por isso”

    • Edson Fernandes

      E vou além: Se lançassem uma versão “Chromo Edition”, faria mais sucesso.

      Outro dia conversando com um pessoal, vi que na preferencia de 7 das 10 pessoas que ali conversavam, que elas AMAM detalhes cromados.

      Não só isso: Queriam que tivesse rodas, detalhes nas portas (acima do borrachão), maçanetas, grades, detalhe do porta malas e capa de retrovisor cromada!

      O preto só vale quando se trata de versões de carros esportivos. Não a toa a Honda lançou o Civic Sport todo preto.

      • Tosoobservando

        Preto é Uber hehe

  • Thiago

    Preto profundo foi de doer hein kkkkkkkkkkk