Fiat Pickups Trânsito

Araraquara: Fiat Strada estacionada é multada por excesso de velocidade

multa-parado

Um caso inusitado ocorreu em Araraquara, interior de São Paulo. Um empresário recebeu em sua residência uma multa por excesso de velocidade. Nela constava a velocidade medida em 72 km/h, quando o limite do local fiscalizado é de 50 km/h.

Até aí tudo bem. O problema é que o veículo indicado, uma Fiat Strada, estava estacionada! A imagem da autuação mostra claramente a picape da marca italiana parada em uma vaga paralela, tendo ainda seu proprietário ao lado, colocando uma caixa na caçamba do carro.

O dono da Strada ficou surpreso ao ver a autuação, considerada grave e que prevê cinco pontos na CNH, além de multa de R$ 130. Ele decidiu publicar a foto nas redes sociais e vem gerando grande repercussão.

A Secretaria Municipal de Trânsito disse que erros podem ocorrer em aparelhos mais antigos. A explicação é de que uma moto pode ter passado no local e acionado o equipamento, que registrou o veículo do outro lado da via. A multa será cancelada.

[Fonte: G1]





  • Mardem

    Viu gente, é disso que se trata quando dizemos que um design passa a sensação de movimento mesmo estando parado.

    • Zé Mundico

      Isso mesmo, é a tal fluidez dinâmica dos corpos. Esse fenômeno já foi devidamente explicado pelo Einstein. Quem tiver dúvida posso explicar melhor depois.

    • GPE

      PQPQQQ!!!!! Melhor comentário!

  • EuMeSmObYmYsElF

    é o Flash colocando a caixa na caçamba

    • Wald Queiroz

      O Flash vai ter que ser o motorista, pois se ele está a 72Km/h ele não vai ter muito tempo para desviar do carro que está estacionado a frente dele! Mas como o Flash já alcançou Mach 2 (s01e23) é provável que seja ele dirigindo e carregando ao mesmo tempo.

      • EuMeSmObYmYsElF

        em Mach2, tem tempo mais que suficiente pra sair do carro, ir no bar, pegar a caixa de cerveja, colocar na caçamba, dar uma olhada na vizinha gostosa e voltar pro carro

    • T-800

      Com o carro ainda em movimento! kkkkkk

  • Felipe

    Apuração do desfile de palhaçada dos órgãos de trânsito:
    Calibragem do equipamento responsável pela multa, nota….?

    • invalid_pilot

      O equipamento em teoria deveria ser aferido por instituto competente… mas aqui é Brasil

      • Felipe

        Ok, mas a aferição é feita à pedido de quem? Bingo!

      • Ricardo Soares

        O equipamento é verificado pelo INMETRO. Nenhum equipamento pode multar sem antes ser verificado pelo órgão. No auto de infração aparece o número do inmetro vinculado ao equipamento. Você pode ligar para ouvidoria do órgão e solicitar a última verificação feita neste instrumento que, se não me engano, deve ser feito anualmente mediante pagamento da taxa metrológica. Nos radares fixos as prefeituras pagam esta taxa para que o equipamento possa ser verificado. Somente depois de verificado e aprovado é que o radar pode começar a multar. Uma curiosidade do regulamento técnico metrológico que define como deve funcionar os radares
        5.18.1 Quando dois ou mais veículos com velocidades distintas entrarem na área de medição, o medidor de velocidade não deverá fornecer resultado de medida.
        Pra quem quiser saber mais pode consultar a portaria 115/1998 la no site do inmetro.

        • 0terceiro

          Não querendo dar idéia errada pra galera, mas isso me fez pensar:

          Então, se dois carros (batendo um ‘racha’, por exemplo) passam na área de medição ao mesmo tempo, nenhum deles leva multa se estiverem a velocidades diferentes?

          E ambos levam multa se estiverem à mesma velocidade?

          • Ricardo Soares

            Acredito que nenhum deles vai levar multa (se estiverem bem próximos), mesmo se estiverem em velocidades diferentes. O problema vai estar na foto (é obrigatória), se houver mais de um veículo na imagem, você poderá recorrer pra pedir a anulação da multa. Não sei se existe algum radar capaz de enquadrar na foto cada veículo que ultrapassou o limite e assim identificar individualmente os infratores.
            Agora, pode ter certeza, o radar consegue identificar cada veículo em sua área de atuação, pois ele utiliza ondas de rádio, que são extremamente rápidas e, no momento que o primeiro veículo entrar no campo do radar a sua velocidade será medida, quase que instantaneamente. Dando tempo de sobra pra medir o segundo e assim por diante. Pra burlar isso só se os dois carros estiverem exatamente a mesma distância do aparelho medidor e quando a onda for emitida ela refletiria ao mesmo tempo nos dois veículos e o radar iria achar que se trata de um único objeto, algo improvável na prática.

        • Jorge

          Problema que todos os equipamentos que estão aferindo a velocidade de maneira errada estão dentro dos padrões legais com fiscalização em dia.

          Tivemos vários problemas de radares em Salvador sendo que todos eles estavam com a fiscalização em dia.

          • Ricardo Soares

            Daí caberia ao inmetro verificar a confiabilidade do equipamento. Acredito que isso deveria ser feito durante a aprovação do modelo(é criado uma portaria que detalha as características e funcionamento do equipamento) permitindo a utilização dele no país. Não sei como é feito este processo e quais critérios são verificados para conseguir esta aprovação. Um radar sem confiabilidade de medição eh algo extremamente preocupante. Podendo ser revogada a portaria que aprovou o modelo. Acho que isto caberia ao fiscal analisar e informar ao órgão possíveis irregularidades nos equipamentos…

  • Vattt

    Foi cancelada por causa da repercussão, se não fosse por isso as “autoridades” falariam: “pague e depois tente recorrer”, ou “infelizmente a gente não pode fazer nada”.

    • T-800

      Infelizmente é bem assim mesmo… Os recursos costumam se inúteis, afinal, o estado nunca erra….

      Bizarro, sempre ficamos com o ônus da prova da incompetência do sistema.

    • AlemãoMoreira

      Exato! Fui obrigado a pagar uma multa que veio para mim mas nem era meu carro (outro modelo e outra placa), recorri e até hoje nada.

    • GPE

      Certeza!

  • Victor Hugo

    O que seria inusitado, nesse caso? Acho que o “serto” seria recorrente.

  • ViniciusVS

    Cade aqueles que dizem que não existe industria da multa?

    • Lipe

      Nada a ver uma coisa com a outra
      Isso aí é uma falha
      ÓBVIO E ULULANTE que não foi de má fé

      • matheusguila

        Não coloco a minha mão no fogo por isso não. Do jeito que estamos pode ser que o aparelho de radar foi configurado até para pegar passinho voando a mandar a multa para algum coitado que por acaso esteja passando. Hoje em dia não se pode confiar em mais nada, ainda mais vindo de órgãos públicos.

      • Frederico Araripe

        Uma falha absurda! Imagine quantas não devem ocorrer de você passar abaixo do limite e mesmo assim ele lhe multar… Quem vai lembrar que, semanas atrás, passou ou não um pouco mais rápido por um determinado local. Multa deveria chegar por e-mail no mesmo dia, assim caso você estivesse correto, teria como preparar melhor uma defesa.

      • mariostefa

        Vc pelo jeito acredita em papai noel né? sabe de nada inocente..

      • T-800

        Sabe de naaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaada inocente………..

      • Andre Luiz Melo

        Falha? Quem lavrou a multa é o que? Ele não viu? Não teve competência para ver que a situação era irregular? Mesmo assim ainda lavrou a multa?Teria era que ser processado não só cívil , como criminalmente. Inaceitável. Este país é uma vergonha.

    • Diego

      Muito bem colocado.

  • Bartolomeu

    Recebi uma multa em São Paulo por “não ter ligado o pisca-pisca” em um lugar que não é necessário sinalizar a conversão, o fiscal também “esqueceu” de anotar a cor do carro, recebi a notificação após o limite de 30 dias do dia da infração. Detalhe, resido em outra cidade e nem estava no local. Recorri do absurdo, mostrei através da fatura do sem-parar que estava em outra cidade naquele momento, que o local da multa não existe a necessidade de ligar o pisca-pisca, inconstitucionalidade de ter sido notificado após 30 dias e impossibilidade de provar que não era meu carro pela ausência de cor na anotação. Cancelaram a multa.

    • Angelo_RSF

      Ok. Mas se você estava em outra cidade naquele momento, por que a preocupação em saber se era ou não necessário sinalizar a conversão no local da multa???? Era efetivamente um lugar por onde você passa/ passava???

      • Zé Mundico

        Além do mais ele poderia até estar mesmo em outra cidade, mas o carro poderia estar com outra pessoa.

        • Frederico Araripe

          Exato, se você argumentar de uma forma, eles conseguem derrubar seu argumento… Se jogar mil fatos, eles cancelam…

  • Renan21

    E se vc passar a 40 km/h numa via de 50 km/h e uma moto passar ao seu lado a 70 km/h e a foto pegar o carro ao invés da moto?

    • Auto Verdade

      Já era! tem que pagar! Agora se tiver na foto uma moto ao lado… Vai ficar difícil acreditarem.

    • T-800

      Dois veículos num mesmo flagrante (foto) anulam a multa, devido à impossibilidade de identificar claramente qual deles é o veículo infrator.

      Somente um veículo seria pego somente se a câmera do radar estiver mal posicionada em relação ao aparelho de medição, o que configura erro de calibragem do equipamento. Também passível de recurso.

    • Ricardo Soares

      O radar não deve medir. Quando mais de um veículo passa na área de atuação do radar ele simplesmente deve ignorar a velocidade dos dois.

  • Jeff_ A_N

    Depois que eu presenciei no posto do Detran um motoboy tentando entrar com um recurso de defesa de multa por que ele “de moto” foi autuado por “ESTAR DIRIGINDO SEM CINTO DE SEGURANÇA” eu não duvido de mais nada.

  • Miro Saraiva

    Trabalho no interior a 200km da capital minha moto nunca pôs os pneuzinhos na capital e de brinde eu estava em Brasília de férias.
    Pra minha surpresa “Levei” uma multa por pilotar com calçado inadequado.
    Recorri e ganhei até pq meu pai com 74 anos não teria coragem de dar um rolezinho em Fortaleza sem saber andar de moto e sem pedir emprestado né?

  • zekinha71

    No filme Zootopia, eles mostram o departamento de trânsito da cidade, deve ser a maior piada do filme.
    Ou seja os “detrans” no mundo todo são iguais.

  • Efulefante

    Mas que câmera mal posicionada, hein? Ângulo ridículo.
    Até parece golpe.

  • Zé Mundico

    Se você quiser escapar do radar de velocidade numa rodovia, basta ir para o acostamento, pois os sensores não são instalados lá. Aprendi essa manha com um motorista de táxi, que só anda detonado na avenida que vai dar no aeroporto e tem limite de 60 km/h. O cara só anda de 80 km/h prá cima nessa avenida.

    • ViniciusVS

      Dependendo de como for o acostamento (desnível) não recomendo fazer isso em alta velocidade.

      • Zé Mundico

        Não recomendo fazer isso em velocidade nenhuma, pois acostamento não foi feito para tráfego e sim para parada de emergencia e área de escape.

    • Sério que você acha que essa é uma atitude a se compartilhar aqui nos comentários? Para escapar do radar basta andar na velocidade permitida para o local.

      • Zé Mundico

        Pois aqui na minha cidade todo motorista de taxi sabe disso. Quase todos fazem isso. Eu sei e nunca fiz isso.
        O fato de você saber que uma coisa é errada não lhe dá o direito de praticar essa coisa.

    • Thiago

      Nem todos os radares são assim, eu fiz esse teste recentemente e acabei de receber a notificação de autuação por excesso de velocidade e claramente foi no local onde passei pelo canto, e pelo ângulo da imagem não foi daquelas “pistolinhas”… De todo modo, não recomendo ninguém a fazer isso…

    • Ediomar

      aqui na minha cidade colocaram aqueles taxoes bem altos,ai se passar direto quebra o carro no meio,ai é melhor passar no asfalto mesmo.

    • Malvino Jose Moreira Junior

      Depende do modelo do radar ou quantidade do mesmo,os da Dutra pega ate o acostamento aqui no RJ.

      • Malvino Jose Moreira Junior

        Um amigo meu falou que mora em SÃO Paulo disse se vc passar entre as duas Faixas dependendo do Radar não pega angulo, mas eu não se habilito a fazer os teste rs….

  • Lucas de Lucca

    Tinha que ser aqui kkkkkkkkkkkkkkk

  • HenriqueHJ

    Perai, se foi moto que passou e acionou o equipamento. não deveria ter foto da motocicleta? ou será que foi a moto que estava parado na calçada. o engraçado é que alguma coisa acionou o radar mas não foi registrado.

  • Eduardo Balby Gandra

    Já aconteceu comigo ser multado por passar o sinal vermelho, sendo q na foto todos os veículos do fluxo estão aparentemente em moviment andando ao meu lado e passando junto comigo como se o semáforo estivesse verde.

  • Max

    É cada coisa!
    Estou com uma multa aqui por ter alterado o sistema de iluminação do carro. Ocorre que meu carro possui faróis de led/xenon de fábrica.

  • mariostefa

    Isso se chama “Industria da Multa”. O famoso “se colar, colou”. Aí o cidadão entra com recurso na JARI, eles indeferem sem mais nem menos, aí prá vc recorrer tem que pagar a multa. Eles vão ver que vc tem razão, e vão te reembolsar. Aí vc espera sentado, uns 2 anos pra receber seu dinheiro de volta. Funciona assim, na maioria dos lugares.. Ah, e vc recebe sem correção nenhuma.

  • Fábio Alisson

    Indústria da multa e suas falhas….

  • Rafael Trindade

    Só acredito que a multa seja cancelada se o cara vier e publicar na internet.

  • Bispo

    Se fosse uma escada nas mãos do proprietário……estaria provado o poder que tem a mesma em dobrar o tempo-espaço….rs

  • zeh

    …erros??? eles tem de monte…e desculpas também…

  • Mr. Car

    Inusitado? Volta e meia vemos casos semelhantes. E nem sempre a multa é cancelada, e quando é, é só depois de submeter o proprietário do veículo a um calvário burrocrático.

  • Hildegard

    Isso mostra que se um veiculo passar emparelhado em um pardal, e vc estiver na media e o outro acima da velocidade, e a foto for tirada a multa vai para os dois…

    • Zé Mundico

      Não é bem assim. Os sensores são instalados no asfalto e dá para saber em qual faixa está o motorista infrator.

      • Douglas

        O que acontece se no radar de uma pista simples vc passar acima da velocidade na contramão?

      • Hildegard

        Perfeitamente,1 sensor em cada via, 2 ao todo, e somente 1 câmera, a foto é unica, como fazer distinção de quem passou acima da velocidade? Uma unica foto recortada para 2 veículos, 2 multas, arrecadação dupla…

        • Zé Mundico

          Pode até sair os 2 na foto, mas o sensor só vai ser acionado na faixa do carro que está acima da velocidade.
          Ou seja, mesmo que saiam os 2 carros na foto, dá prá saber em qual faixa está o carro acima da velocidade.

  • Nando380

    Correto foi a moto estacionada do lado direito da foto foi ela que acionou o radar mesmo parada. que piada é aquele ditado manda pra ele e se pagar e não reclamar é lucro.

  • Andre Luiz Melo

    Assim como quem adultera uma placa do veículo para por exemplo, andar no ridículo rodízio de São Paulo, é severamente punido , está na hora destas pessoas que geram estas multas, serem processados não só cívil , como criminalmente.

  • PrGirafales

    uma moto acionou o equipamento, entao se o cara ta passando na velocidade certa e passa um ze orelha de moto que é o que mais tem, pq esses radares nao existem moto que respeite, ele leva a multa e nao teria como recorrer… ta de brinks esses caras, isso dai é um verdadeiro caça niquel

  • Frederico

    Só no Brasil mesmo, PQP!

  • Astron

    O MP e PF está demorando pra cair matando em cima dessas empresas.

    Isso virou um meio de arrecadação, na verdade extorsão.

    A Prefeitura de Guarulhos adm do PT, está indo no mesmo caminho da de SP, está havendo muita reclamação, cameras multando o cidadão que sai de uma rua, e cruza para outra, levando multa por trafegar na faiza de ônibus.

    Na avenida Julio Prestes, até o Shopping, estão instalando câmeras a cada 50 metros.

  • gpalms

    “Não tava em alta velocidade?? Então tava estacionado em local proibido!!” KKKKK

  • Jorge

    Sorte dele que teve como provar que não estava acima da velocidade, pois eu já levei uma multa por estar a 96km/h numa via onde a velocidade máxima é 80km/h sendo que eu passo todos os dias várias vezes por dia nesse mesmo lugar e nunca passei acima de 80km/h, mas como tem uma foto de um radar e eu estou na via fica impossível provar que não cometi a infração.

    Se o radar tirar fotos erradas de veículos que estejam trafegando e multá-los é simplesmente impossível provar que você esta certo.

  • wilsonkikawa

    kkkkkkk, PALMAS PARA O BRASIL,PAIS DA PILANTRAGEM!!!!!!!!!!

  • Franklin Diego

    Será que a moto que foi falado na matéria é aquela que está no lado direito da imagem?