Audi Hatches Sedãs Volkswagen

Audi A3 Sedan e VW Golf nacionais deverão ser mais simples, segundo jornal

audi-a3-sedan-uruguai (24)

De acordo com o jornal O Estado de São Paulo, os novos Audi A3 Sedan e Volkswagen Golf deverão ser mais simples em suas versões fabricadas no Brasil. A dupla do grupo alemão será fabricada em São José dos Pinhais/PR e deverão ter alguns componentes trocados em relação aos modelos feitos na Europa e México.

volkswagen-golf-highline (2)

O motor EA211 1.4 TSI será Flex, entregando 150 cv com etanol, sendo assim 10 cv mais potente que o atual, abastecido somente com gasolina. Essa mudança seria acompanhada da troca do câmbio de dupla embreagem DQ200 de sete marchas pelo automático Tiptronic de seis marchas, provavelmente a mesma AG6 equipou o Golf anterior.

barra-torção-golf

Além disso, a suspensão traseira multilink, vista nos modelos importados, deve ser substituída pela tradicional barra de torção, que equipou os antigos Golf IV e A3 fabricados no Brasil. Por fim, o Golf vem com versão 1.6 Flex de até 120 cv e câmbio manual, mas mantendo o GTI com 2.0 TSI de 220 cv. Já o Audi A3 Sedan deve perder o 1.8 TFSI para dar lugar ao 2.0 TFSI. Faróis simples também devem ser oferecidos, sendo já vistos em veículo de teste.

[Fonte: Estadão]





  • vidgal

    NA, essa matéria todo mundo já sabe ,coloca novidades…

    • GRANMA

      O problema é que toda vez que surge uma matéria a situação piora.

    • DevXav

      Cada mercado tem o que merece.

      Maioria aqui vive de aparência, então basta ter carcaça de Golf e mecânica de Gol.
      Problem solved.

      • Anderson Lemos

        sem mais…

      • shdn2010

        Falou td.

      • Max Neves

        Falou tudo, vai rachar de vender o Gol F, por um preço de Gol O (ouro)

        • DevXav

          Gol D (gold..)
          hahahahaha

      • Ramom Alencar

        até o farol dupla parábola vão tirar, igual o gol special hahaha

      • Joildo Dias

        Isso Isso ……

      • Duda Souza

        Por mais que tenha sofrido downgrades, chassi e construção continua sendo muito superior ao gol.

        • Léo

          Mas a casca de gol e golf já são bem parecidas e na versão 1.6 vão compartilhar motor e caixa… Se vier sem ESP virou golzão e lanterna de led…

          Muita gente vai dizer q é defeituoso, mas não troco meu powershift do meu fiestinha nesse tiptronic..

  • motstand01

    Golf capado e com mecânica defasada o Brasil já está acostumado, compravam Golf de 1998 até uns meses atrás. Mas Audi? Olha, se eu tivesse condições de comprar algo desses preços, eu faria QUESTÃO de não comprar nenhum dos dois, só pela audácia e falta de respeito da VW. Que o Golf amargue vendas ainda mais baixas do que já são. Patético…

    • Daniel Bezerra

      Quem quiser um: corra rsrsrs Vai ser igual ao Golf alemão que me empolguei e quando veio o mexicano fiquei exatamente com essa sua postura. Não me interesso mais só pelo desrespeito da VW. Mas é assim com a maioria das marcas. Sempre trazem seus veículos capados para o Brasil.

      • Deadlock

        Normal, pero no mucho.

        • what_the_hell??

          A queda absurda nas vendas do Golf refletem essa falta de respeito!
          Talvez hoje ela não tenha interesse em quantidade de vendas pelas quotas de importação, mas quando for nacionalizar ou ela revê essa política de preços/pacotes de equipamentos ou então vai piorar o desempenho nas vendas!
          Uma pena!!! A concorrência agradece e muito!!

      • Gabriel Torque

        é o que sempre falo:

        melhor continuar importado. SEMPRE que nacionaliza piora, até mesmo bmw e audi

      • gpalms

        Pena que o DSG vai “micar” não por ser ruim, mas por ser abandonado pela VW. Teria medo de comprar um carro com um cambio que não existirá mais na linha. Imagina precisar alguma peça… E esperar semanas talvez meses…

    • Clovislauro

      Viva o Focus!!!
      Para os fanboys da VW, tem um post na carblog justificando o empobrecimento dos modelos que pode servir de consolo.

      • GRANMA

        Você viu aquilo? Não sei o que é pior . . . A explicação ou a simplificação!! Todas fazem isso aqui no brazil mas a vw pra mim sempre foi a pior de todas.

      • FocusMan

        Ridiculo esse post do Car Blog…

      • Guilherme Borella

        Nada, absolutamente nada justifica essa alteração do câmbio do Golf, no Audi então beira o ridículo… Essa troca da suspensão no modelo 1.6 já era esperada, nenhuma novidade.

        Lembro de uma entrevista durante o anúncio do retorno da fábrica da Audi no Brasil em que o Eng. de Desenvolvimento de Produto dizia que “nenhum tipo de concessão ao produto seria permitida. Na outra vez a Audi havia ficado submetida as decisões da Eng. da VW piorando aqui, simplificando ali e que isto não seria mais permitido. Autonomia total.” SQN…

        • Marco Douglas de Paula

          Vi bastante reclamação do DSG 7 marchas em pisos irregulares. Um amigo meu disse que é bem chato, ele segura a marcha bastante em piso irregular.

          • Guilherme Borella

            O câmbio não é perfeito, assim como o de 6 marchas tb não é. Mas nada que um regulagem não ajuste. Trocar no Golf já é difícil de justificar, mas trocar no Audi é muito arriscado, pode manchar a áurea Premium da marca.

    • Milton Baptista

      Agora vão poder comprar um Golf 1998, maquiado como 2016. Será a geração 4,6

    • Milton Baptista

      Agora vão poder comprar um Golf 1998, maquiado como 2016. Será a geração 4,6…

    • Ralph Minei Yamaguti

      Também tem trouxa que compre sem levar em conta essa onda criminosa de capação contribuída pela filhadaputagem da dona VW, o que é lamentável.

      No momento em que o povo começar a boicotar para valer, aí que eu quero ver se esses canalhas continuam a deitar e rolar contra o consumidor. :P

  • Daniel Bezerra

    Bem vai piorar suspensão, mas melhorar motor. Vai trocar a transmissão por um modelo inferior, mas mais confiável. Não foi tão ruim quanto eu esperava… até agora. Ainda espero mais cortes. Só não entendi a motorização do Golf. Disseram que agora era 1.6, mas continuava o 2.0 turbo no GTI. O que se sabia era que iam continuar os 1.4 e 2.0 turbos e um 1.6 aspirado viria como alternativa para uma versão de entrada.

    • vini_B

      Melhorar o motor? Virando Flex?
      Quanto a substituição do 1.8 TFSI pelo 2.0 TFSI no A3 não irá mudar muita coisa já que ambos tem um desempenho bem próximo.

      • Daniel Bezerra

        Não, virar flex sempre piora o motor. Mas segundo a matéria, aumentaram em 10cv a potência no Golf e em 28cv no A3

        • Ramom Alencar

          aumenta 10cvs mas provavelmente piora o consumo

          • 1945_DE

            Provavelmente não. A calibração do motor flex turbo é diferente do flex aspirado. Veja exemplo UP TSI.

        • Deadlock

          Potencia é para quem quer andar na velocidade máxima, coisa pouco prática, dado os limites de velocidade. Torque que é bom (permite ultrapassagens mais seguras) continua o mesmo. O melhor seria o monocombustível, aí a taxa de compressão poderia ser a ideal, maximizando o consumo. Mas, aqui temos o lixo do álcool, mesmo na gasolina, por isso os carros têm que ser flex. Enfim, somos escravos da Petrobrás e dos usineiros.

          • Na verdade, não. Potência é a que faz um carro se movimentar. Torque por sí só é um número que serve para saber quanta potência você tem em cada rotação.

            • CorsarioViajante

              Não aguento mais ouvir este papo que “potência não importa pois o torque isso e aquilo”…

              • vini_B

                Somos 2…

              • Guilherme Borella

                P(cv)= (2*Pi*n*T)/60*75
                n= RPM
                T= Kgf.m
                Agora é só quebrar a cabeça… Kkkkk…

                • CorsarioViajante

                  Golpe baixo isso aí! rs

                • Boa! Matou a cobra e mostrou o pau! hehe
                  Mas… Se potência não significa nada segundo alguns, qual seria o sentido de calcular quanta potência tenho em determinada rotação? E o torque máximo por si só não significa nada! E sim a curva de torque (A não ser é claro que estejamos analisando coincidentemente a rotação de torque máximo).
                  Certa vez li a “briga” de Golf 4 GTI com Civic Si para dizer qual era o esportivo mais potente do Brasil (Não porque potência é mais importante no dia a dia, mas porque é isso que vende carro, principalmente esportivo). E a publicação (Não se lembro que 4 Rodas ou Bestcars) criticava o subterfúgio da VW para “ganhar” a disputa, que era colocar sua potência máxima em condição especial (Dependia de Podium para chegar no resultado, que acionaria uma configuração especial do motor). Ou seja: A vitória “moral” era do Honda, mas não foi isso que me chamou atenção da matéria. Foi o fato de ao criticarem a VW, ressaltar que o comportamento do modelo alemão do Paraná dado a sobrealimentação seria superior ao Honda na faixa de rotações mais baixas, pois um dos “truques” do japonês era o torque em elevadíssima rotação. Logo, não adiantaria dar a vitória ao Honda ou ao VW pelo torque máximo, e sim avaliar na faixa de uso do dono, qual carro traria um comportamento mais esportivo.

                  • _oliveira

                    É o que falou…
                    O que importa é a CURVA de torque. E não um valor específico de torque.
                    Como geralmente não temos a curva de torque, você consegue mais ou menos entender o motor, com o pico de torque em RPM + pico de potencia em RPM.
                    Então, os dois valores dizem coisas diferentes. Mesmo que a potencia seja calculada pelo torque. Pois você não tem a curva.
                    Então, em linguagem popular, dizer que analisar o torque é mais interessante que analisar potencia é correto. Pois só tem o valor de pico e em determinada rotação.

                  • Guilherme Borella

                    Lembro dessa reportagem, quando a VW tentou engambelar com essa história de 193 cv com gasolina Podium no “Golf GTI 4,5”, reportagem da 4rodas.

                    Carro não é só painel bonito, botões ou telas que não acabam mais ou uma lista de equipamentos de série… vai muito do acerto do veículo. Criticar um carro X pq tem menos CV que o Y ou o dizer que o carro é melhor pq tem Bancos em Couro (sim, já ouvi isso), é besteira.

                    Nada como sentar e dirigir o veículo, o resultado de toda a obra é o que importa: acerto da suspensão, peso, curva de torque, potência, cx, tamanho de roda, etc… Vide carros chineses que tem ABS e freiam pior que muito carro com nenhuma tecnologia embarcada.

                • Cássio Amaral

                  Amigo, esse 60,75 surgiu da onde? Eu entendo a fórmula para calcular a potência dada a frequência rotacional e o torque, mas convertendo para unidades SI primeiro, e dividindo por 735,5, que é o valor do cavalo-vapor métrico usado no Brasil.

                  Como chegou a essa fórmula para calcular a potência usando kgf.m e e rpm? Fiquei curioso agora hehe.

                  • Daniel Bezerra

                    Não é 60,75 é 60×75. Acho que ele errou ao digitar. 60 para transformar de rpm para rps e 75 é a conversão de kgf.m para N x a conversão de CV para W.

                    • Guilherme Borella

                      Isso aí, valeu!

                    • Cássio Amaral

                      Ah, entendi agora. Eu fui dar uma olhada na Wikipédia no artigo sobre cavlo-vapor, e lá realmente consta que 1 cv (métrico) = 75 kgf.m/s, e é justamente daí que vem o valor de cerca de 735 W.

                  • Guilherme Borella

                    Cara, tirei do meu livro de Física! hehehehe… Como o amigo Daniel Bezerra falou, errei na digitação, mas já arrumei lá. Abraços

                • Jorge

                  kkkkk

            • Anderson Lemos

              Quem faz o carro se movimentar, sair da inércia, é o torque. Se você levar isto em função do tempo e rotação do motor, ai vc tem a potencia.

              O motor 1.4 GM tem 106cv. O motor 1.0 TSI tem 105cv, ou seja a mesma potencia. Mas, Qual deles tem mais “disposição” para evoluir da inércia???? esta “disposição” é o torque, ou seja; a capacidade de movimentar o carro. Agora veja só o torque de um comparado com o de outro:

              GM: 13,9 kgfm

              VW: 16,8 kgfm

              “O torque é o que indica a capacidade do motor gerar trabalho. Em função do tempo (entenda como a evolução das rotações do motor), ele troca de nome e passa a ser potência” (Ricardo Bock, Engenheiro Mecânico)

              • “…ele troca de nome e passa a ser potência…”
                Não conheço o Ricardo, mas irei pesquisar sobre. Valeu a dica (Sem ironia. Oportunidade de aprender).
                Quem movimenta algum peso é a potência aplicada. Torque máximo em si quer dizer nada, porque ele indica o torque em determinada rotação. Claro que o motor da VW é superior, mas vamos fazer um exercício: Esse motor da VW apresenta esse torque com 2 mil giros, mas com 1500 ele está com 6 kgfm, enquanto o motor GM está com 10 Kgfm na mesma rotação (Obviamente números fantasiosos, só para ilustrar). Quem terá mais força nessa rotação? O torque do motor VW podia ser 30, mas nesse cenário o motor da Chevrolet seria agradável. Pois bem, mas e a potência? Ela é indicada pelo torque disponível na rotação avaliada.

                Bem, mas como eu te disse, vou estudar mais o assunto. Acabei de procurar pelo Ricardo e achei uma matéria interessante. Valeu!

                • Anderson Lemos

                  Entendi…

                  Tem muitos outros textos do Ricardo na net. Tbm vou dar umas olhadas!!

                • Deadlock

                  Potência é trabalho por unidade de tempo. Torque é um momento (no caso, torsor – faz a torção). Momento é uma força aplicada à distância (força medida em kgf e distância em m), e o momento torsor (ou será torçor?) é que faz a roda girar. Por isso na retomada o torque é mais importante e, no excelente exemplo do colega Anderson Lemos, o UP vai retomar bem mais rápido.

                • Túlio Leal

                  alessandro, o que ocorre é que se o motor tem mais torque em determinada rotação, ele tem mais potência nessa rotação que um outro de torque menor.
                  Esses números de potência são potência máxima. Ou seja, é obvio que quando comparar um aspirado e um turbo (torcudo) de potências máximas iguais, o turbo vai acelerar mais, uma vez que tem mais potência nas rotações intermediárias.
                  Na prática também o turbo é mais gostoso de dirigir porque tem mais potência nas rotações que as pessoas usam mais tempo, como 2000RPM.

                • Thales Sobral

                  Na verdade, torque é o equivalente rotacional da força (que é uma grandeza linear). Então, “o torque é que movimenta as coisas girantes”. E potência é F x D / t, ou seja, é energia em quantidade de tempo. Ou seja, “são mais ou menos a mesma coisa”.

                • Lucas Mendanha

                  Potencia e torque na mecânica é igual corrente e tensão na elétrica…

                  é ciencia exata, mas que confunde muita gente, até mesmo experiente…

                  Já discuti com meu tio, que é técnico, por conta disso quando tava dimensionando um cabo elétrico no som do carro do filho dele..

                  Ele cismou que um fio de 2mm² e 4 metros era suficiente para ligar o amplicador de 600wrms, afinal, usava aquele fio no chuveiro de 3000w 220v e nao tinha dado problema….

                  • É isso mesmo! Com a sugestão de colegas fui pesquisar sobre o tema e ainda não tenho uma conclusão. Pergunta básica: Quanto torque é necessário para mover 1500 kg por 100 metros em 10 segundos (dados de exemplo)? O cálculo de POTÊNCIA responde essa pergunta.

                    • Lucas Mendanha

                      Cara, vc curte simuladores de corrida? ( falo de simuladores, nao “joguinhos”)

                      Curto bastante o rFactor, pois uso como base pra experiencias.. Existe esse plugin de edição de motores nele que vc pode alterar as curvas de torque e por consequencia a potencia. Depois, no simulador, vc experimenta o comportamento do carro. (https://www.rfactorcentral.com/detail.cfm?ID=Easy%20Engine%20Physics%20Editor)

                      Com ele, estou estudando todas as possibilidades de Engine Swap para o meu Fiesta Mk4 (a partir de um mod de fiesta mk3, com os parametros acertados)… Criei todos os motores Ford possiveis de serem instalados nele (do Endura 1.0 original, ao Duratec V6 3.0 do Fusion, passado pelos Rocam 1.6, Sigma 1.6, Duratec’s 2.0 e 2.3 e os EcoBoost’s 1.6 e 2.0) e também as caixas de marcha compativeis. Uma coisa interessante é que, na simulação em pista, o que ficou “pior” foi justamente o Ecoboost 2.0, que por conta do alto torque em baixa rotação, entrega muita potencia e torna a condução bem arisca. Também, pudera, a 3000 rpm o Duratec gera 76cv, enquanto o EcoBoost 157cv.

                      Da uma conferida nos graficos de torque x potencia x rpm do Duratec 2.0 e do EcoBoost 2.0… transcrevi de fichas da propria Ford

                      e por razões obvias, os mesmos motores e caixas tiveram comportamentos completamente diversos no mod do Focus RS, com paramentros ajustados para o meu mk2.5 duratec, com boa vantagem para o EcoBoost

                    • Caramba! Fantástico! Valeu pela dica!

              • Daniel Bezerra

                As duas coisas estão relacionadas. Da forma que você fala, parece que ao arrancar o carro, a potência é zero. Não existe isso. Qualquer trabalho/força/torque desempenhando precisa de potência. A não ser que você levasse toda a eternidade para acelerar o carro (tempo infinito). Se você tiver um carro com muito torque e pouca potência, acontece o que acontece com os motores a diesel. Péssima curva de torque. Você pisa, o carro da um pulo o morre logo adiante, ai troca marcha e da outro pulo… É outra proposta é não dá um desempenho satisfatório comparado a motores similares em torque, mas com mais potência. Claro que também não adianta ter o torque máximo em 5 mil rpm como alguns motores por aqui tem.

              • Luiz Felipe Marconi

                Como diz um amigo engenheiro mecânico. ” potência é o que te vendem torque é o que você usa.”

            • FocusMan

              Errado.

              O Torque é o que importa na utilização mais comum de um veículo. Potência é quão rápido você poderá ir usando esse torque fazendo uma analogia bem simplória.

              Logo um carro precisa ter um equilibrio entre torque e potência.

            • Felipe

              Você inverteu as coisas. Quem faz o carro andar é o torque, a potência é calculada baseada no torque vezes a rotação. Um outro colega escreveu aí embaixo a fórmula.

              • Sim. A fórmula de como calcular potência! Se alguns estão falando que a única coisa que vale é o torque (Não é seu caso), porque calcular quanta potência tenho disponível em cada rotação?

          • João Martini

            O pessoal a essa altura do campeonato ainda não sabe o que é torque e potência. É complicado rs

            • E qual o problema de aprender?
              Engraçado que ontem me criticaram aqui por acharem que sou “dono da verdade”. Agora que quero aprender sobre um assunto sou criticado. Ah, esse NA…

              • Adriano

                Em aprender não tem nenhum problema, mas falar que torque não significa nada em alto bom tom, ai sim é complicado.
                Se não tiver torque pra puxar o carro sua potência não valerá de nada.
                Pense em um trator e entenderá melhor o torque e sua proposta.

                • Mas como vão corrigir se ninguém escrever errado?
                  Aliás, eu trabalhei com transmissão de trator, ok? E meu raciocínio, incorreto ou não, serviria para trator também! A potência disponível em determinado giro do motor a partir do torque.

              • João Martini

                O problema não é querer aprender, longe disso, isso é ótimo. O problema é ensinar errado (como o amigo aí de cima fez).

                • Ah, mas tem que ler a conversa toda! heheh… Só vão ensinar certo quando alguém aprender errado. E como é um blog, só vão saber que está errado quando alguém escrever algo errado!

          • wguga2002

            Amigo, depende onde aparece o torque máximo e concepção do motor, se é turbo ou aspirado, assimo como vc colocou fica muito vago. obs: para cada regime de rotação vc tem uma potencia e força, ninguém dirige toda vida a 2mil RPM por exemplo. Quando vc aumenta a RPM do motor vc esta admitindo mais ar/combustível aumentando a explosão gerando mais energia que se traduz em potencia.

      • Adriano

        Sempre fui contra o flex, porém com 27,5 de alcool na mijolina, não sei se compensa ter um mono.

    • Diego

      Você foi irônico ? Um retrocesso sem tamanho custando algo que beira o ridículo. Eixo de torção é passado.

  • Matthew

    Estas simplificações são só pra versão 1.6 aspirada ou se estenderá à toda a gama?

    • Gabriel de Leon

      Também não entendi se é pra todos. Golf GTI ou A3 com barra de torção seria patético.

      • Fanjos

        GTI e Variant continuam importados do México e mantém do jeito que está.
        Já o lixo nacional será capado e encarecido

        • Newton Freitas

          Gti será feito no brasil com motor importado, motor 1.6 flex para TrendLine e Confortline.

          • Fanjos

            Vixi cada site está falando uma coisa então.
            De qualquer maneira em breve a maioria de nós teremos que esquecer os carros e se tivermos dinheiro para papel higiênico e pão com ovo frito já vai estar bom já que estamos em um ritmo alucinado em direção a se tornar uma nova Venezuela

            • André

              Ainda teremos o lançamento do Iran Khodro Samand no Brasil?

            • leomix leo

              Já não temos crédito internacional, estamos indo para o buraco. Esse Fds conversei com um militante do Pt e me assustei. Ele me disse que se houvesse retirada de poder das mãos do Pt, eles iriam para a rua destruir tudo, com ordens do alto escalão interno(lula). Tenho medo do que esse país poderá se tornar.

        • RafaCtba

          Será que com estas “adptações” para o mercado brasileiro, o preço também será capado? Acho que não…

          • PEDAORM

            Que nada rafa, mais provável é ter aumento.

        • Matheus Marques da Silva

          @fanjos:disqus essa informação procede ou tu “acha”? Porque eu sinceramente não consegui entender pelo texto do NA e, cara, fiquei muito frustrado com essa capação toda! haha Ainda mais porque se as coisas melhorarem um pouco queria uma Variant para o 1º semestre do ano que vem e já estava descartando essa opção pelo que eu li na matéria! ehehe
          Valeu!

          • Fanjos

            Então, já li em diversos sites dizendo que tanto o GTi quanto a Variant continuariam a ser importados por ter poucas vendas.
            Não da para postar link aqui no NA, mas é só dar uma procurada por ai que vc vai achar site falando isso, mas sei lá né, pelo jeito ainda não tem nada 100% decidido

            • Matheus Marques da Silva

              Vou catar! Thanks

      • saosao

        Entre outros, eu entendi que o 1.4 perderá o DSG.

  • vini_B

    Um A3 Sedan ainda mais simples? Vai competir com o Linea? Não esperava isso de uma marca premium como a Audi, da VW é mais do que esperado mas da Audi…felicidade de brasileiro dura pouco, espero que isso vire noticia internacional para manchar a imagem de status e luxo da Audi.
    Ainda dá tempo de comprar o seu A3 Sedan ou Golf importados antes de serem bem piorados.

    • _William

      Se sai matérias internacionais fritando a Audi por conta dessas simplificações e essas matérias repercutirem muito negativamente, acho que ela atrasa as coisas um pouco e volta atrás. Mas sendo parte do grupo VW, que não desce do salto por nada, se bobear solta uma desculpa qualquer e fica na mesma. Acho que num Golf esse tipo de coisa até cola, pois a maioria de seus compradores já sabemos como são…mas no caso de um Audi onde seus clientes costumam ser melhor informados, pode virar um tiro no pé.

    • Rafael Alves

      Cara sem querer tirar sua razão mas na Europa existem versões bem mais simples de Audis, BMW’s, Mercedes, tudo com calotas entre outras coisas. Pra mim isso nunca foi o problema, o que mata é o preço! Então vender um Audi simplificado na mina opinião em nada mancharia a imagem em uma perspectiva internacional.

      • vini_B

        Colota não é nada em vista de uma suspensão piorada, motor flex e acabamento ainda mais simples (vamos combinar que o A3 já tem um acabamento pobre para um carro premium).

        • Rafael Alves

          Não estou tentando defender o produto, o problema não é ser simplificado, o problema na minha opinião é ser simplificado e caro!

          • what_the_hell??

            Eu nem acho os carros da Audi caros frente a concorrência!
            A3 por 90k é uma pechincha ao lado de um Corolla Altis! Q3 2016 por 120k é um negócio da china se comparada com uma IX35 de 123!

      • radiobrasil

        Simplificar o carro la fora geralmente é capar rodas de liga, acessórios como vidros elétricos e outras perfumarias. Mas até hoje não vi uma marca como a Audi fazer isso na Europa, capar a suspensão multilink.

        • Davi P. Ribeiro

          Pois la as versões simples do golf usam suspensão a barra de torção atrás.

      • Marcelo Nascimento

        A diferença é que lá existem além das versões simplificadas, as versões normais. As normais aqui deixam de existir…

        • Guilherme Eduardo

          Verdade. O problema não é a existência da versão camada, mas a retirada da versão “normal”.

    • Alexandre Maciel

      Acho que vai competir com o Classic… rsrsrs…

      Ressalvado o exagero, de fato o A3 é muito pelado.

  • dogmarley

    não é o tipo de carro do meu patamar, mas seria um tremendo retrocesso

  • Kenedy

    É simples meu caros, vão depenar o carro e ainda vão cobrar o mesmo preço ?
    Não compra !
    Existem tantas, mas tantas opções…
    Logo se eles se movimentam… é rápido que só vendo, no início do ano fui na concessionária ver um audi a3 sedan, o vendedor pediu 139mil, versão ambition (1.8tfsi) completa, só não tendo o mmi.
    Agora no final de agosto ele ligou, oferecendo o mesmo carro por 119mil.
    diria que em 6 meses baixou 20 mil ou seja em torno de 16,5% do carro
    Rápido né ? E digo mais se continuar com essas baixas vendas o preço melhora mais ainda, enquanto isso eu sigo com meu carro, estamos na ponta do iceberg da crise. o preço à de melhorar

    • what_the_hell??

      Tb sou otimista e penso q os preços de carros vão baixar um pouco!

  • Baetatrip

    Tem coisas que a gente nao consegue acreditar…..
    Saem coisas importantes e seguros e entram outrs inseguros e “fragil”
    E metem o preco nas alturas….. Brasil se pimba!
    Viva brasil… Terra sem lei!

  • RafaCtba

    A suspensão será parecida com a do penúltimo Jetta 2.0 8v, que era barra de torção e depois trocaram pela multilink. Lembrando que a suspensão do Jetta equipado com barra de torção ficava muito próxima ao chão, ficando sujeita a muitas raspadas.

    • nbj

      E ainda teve caso de eixo sacado! Embora a plataforma seja outra.

    • João Martini

      O Jetta era daquele jeito porque a PQ35 foi projetada tendo em mente a multilink. A MQB tem suporte para as duas opções.

  • Martini Stripes

    Focus 1.6 SE Plus, sem mais.

  • Vinicius Dantas

    Calotas no 1.6, claro

    • José Eduardo Borba

      Super calotas***

      • V12 for life

        Calotas com super poderes? Kkkkkkkkkkk

        • PEDAORM

          Super Calotas é como a VW se refere a elas.

          • V12 for life

            Eu sei, me lembro dos comerciais mas é engraçado essa referência da VW.

        • José Eduardo Borba

          Kkkkkk acho que você não lembra. A uns 3 anos atrás, no configurador da VW, tinha a opção de super calotas!

          • V12 for life

            Não tenho o costume de olhar os configuradores, mas lembro do comercial do Gol bolinha, mas não deixa de engraçado, cada coisa que essas marcas inventam.

      • Doccar

        E novos adesivos frex..

    • PEDAORM

      Se mantiver os 7 airbags, pode por as calotas.

      • V12 for life

        Pode ter certeza que serão apenas 2 como manda a lei e com calotas.

      • CorsarioViajante

        Pois é, se for para colocar traseira com torção e calotas mas mantiver os airbags e outros recursos de segurança, eu toparia a troca. O duro é se pelarem geral.

        • PEDAORM

          Seria uma opção honesta ao Multilink + 2AB do Focus SE de entrada.

          • CorsarioViajante

            Exato! PEnsei justamente nele… rs

  • GPE

    O pior é saber q vai custar ainda mais! Pqp!

  • Cyro

    Será que quem compra um Audi realmente não pesquisa antes de saber a procedência do modelo?
    Acredito que estão dando um tiro no pé.
    O modelo de entrada do A3 já era bem simples e pouco empolgava pelo preço de 100 mil… Agora então, empolga menos ainda

    • radiobrasil

      100 paus e quer um sedan? Vai de Fusion… não é capado desde a “básica” 2.5

      • Guilherme Eduardo

        O problema é que se o cara morar numa cidade como SP, ter um carro comprido e baixo igual o Fusion é dureza. Vagas apertadas, faixas de rolamentos sendo estreitadas para fazer ciclo faixa, muita entrada de garagem (residência ou comercio) em rampa bem inclinada, buraqueira, etc

  • José Eduardo Borba

    Agora o Corolla ta chegando no nível dos Alemães! ¬¬

    • PEDAORM

      Seria uma tremenda evolução, mas os alemães que estão indo para o nível do corolla.

      • V12 for life

        Infelizmente tudo em nosso mercado se nivela por baixo.

  • RyanSX

    Acho que qualidade sempre é demais no mercado brasileiro, só pode.

  • Cyro

    Rapaz eu vi uma foto do golf 1.6 e ele na verdade é um Gol de 70 mil! Só compra quem tem M e r d a na cabeça.

    • V12 for life

      Pior que tem Status assim como o Corolla, terá muitos com merda na cabeça, e p mais engraçado como outro colega comentou esses dias, os que comprarem o 1.6 vão se decepcionar por ter que dar passagem para um Up! TSI pelo menos 20 mil mais barato.

      • Matheus Lelis

        São propostas totalmente diferente, porque todos querem comparar qualquer carro com o up tsi?Só pode ser fanatismo, enquanto o up ultrapassa o golf com aquele ar condicionado virado pro para-brisas, apertado la dentro, o pessoal do golf está no conforto, nem todos querem sair ultrapassando todo mundo ou não deixando alguém te ultrapassar. Meu pai dirige um carro de mais de 200 cv, e só anda a 120 km/h, você acha que ele vai importar se um carinha vai ultrapassar ele em um up? Apesar de não ter bons números em termos de potencia e torque, esse motor 1.6 aliado a um bom cambio, anda muito bem. E não estou defendendo o golf, pelo contrario, nunca fui fã e não compraria um, e colocar esse motor 1.6 acho um retrocesso, mas será um modelo de entrada, pra um carro que está encalhado, não vendendo nada, poderá ser bom

        • Derek

          O espaço interno do Up!, na frente, é maior que o do Golf. Só comentando…

          E, de fato, seria melhor colocar o 1.0 turbo no Golf do que este 1.6.

          • Matheus Lelis

            Seu banco estava regulado todo pra frente a uns 90º?

            • Derek

              É sério. Pelo menos a sensação de espaço no Up! é maior. Provavelmente por causa do espaço economizado devido ao estilo do painel.

              • Matheus Lelis

                Deve ser sensação mesmo, o golf não é um primor em espaço interno, mas o up é um subcompacto, acho bem dificil ser maior, mesmo com o golf utilizando muito espaço do painel. Mas se do up for maior, ele não pode ser um hacth médio pela teoria do pessoal aqui. Todos falavam mal do espaço interno do linea, que não poderia ser um médio, mesmo tendo o mesmo entre eixos do corola, e tal; mas essas criticas dependem de quem é o fabricante, se o pessoal não gostar, criticam, se gostar, inventam alguma desculpa. Mas se isso que você disse do espaço do up na frente ser maior for realmente verdadeiro, é ridículo. Porque só criticam o espaço interno do focus, como o golf é igual o corolla, que não pode falar mal em nenhum aspecto, tem que passar batido, pois isso só serve para a concorrência.

        • V12 for life

          Qualquer um sabe perfeitamente que são proposta totalmente diferentes, e a comparação que fiz é de desempenho não conforto ou conveniência, a própria VW diz que o Up! TSI deve ser tratado como um 1.6 e não um 1.0 turbinado, nesse cenário a comparação de desempenho entre Golf MSI e o Up! TSI é mais que justa, alias é inevitável.

          • Matheus Lelis

            Ok, eu quero trocar de carro, e quero levar em conta desempenho. Ai eu olhei um fusion 2.5 mas como o 0-100 dele é mais lento que o up tsi eu vou levar o up, cara, é totalmente diferente, se eu colocar um motor turbo em um velotrol, que vai fazer ele ir de 0-100 em 5 segundos, vai fazer com que ele seja melhor que um carro superior ao velotrol? O 308 THP tem os mesmos 9.1s no 0-100 do up tsi, então eles podem ser comparados? já que eu devo tratar o desempenho, e não conforto, manutenção, e outros? Vamos ver a durabilidade desse motor 1.6 (1.0) se vai ser equivalente aos demais motores 1.6, espero que sim, pois é um otimo motor, melhor de sua categoria, mas isso é na sua categoria e nada mais. Coloca o golf 1.6 e o up 1.6, ops, 1.0 tsi juntos, em alta velocidade (180 km/h, já que o tsi é desempenho puro, melhor que o golf), que você vai ver o tanto que a comparação é “justa”. Mas faça isso em uma reta, e torça pra que não dê uma rajada de vento, pois se não a comparação pode terminar antes do esperado

            • V12 for life

              Em que momento eu disse que o Up! é melhor que o GTI? Você não está interpretando oque eu disse, estou comparando o desempenho de ambos única e exclusivamente e mais nada, e em momento algum falei em aquisição, quem quer um carro de desempenho pelo valor do Fusion 2.5 só o considera o sedan uma escolha se não tem ideia do que desempenho, o velotrol pode ser nunca vai chegar ao nível do 308, mas se satisfaz o dono é oque importa, e torno a repetir não estou comparando um médio com um compacto , e sim dois carros com motores que buscam o mesmo objetivo de forma diferente, e sim essa comparação é justa.

              • Matheus Lelis

                V12, o golf 1.6 nunca foi carro voltado pra desempenho, diferente do up, que com esse motor, focou em desempenho aliado ao consumo, mas um desempenho até certa velocidade, acho que mais pra cidade, o problema, é que quando sai noticias de um carro, pode ser uma land rover, que o pessoal já pega o 0-100 e já o compara ao up tsi, jamais deve-se comparar categorias diferentes, mesmo que o carro da categoria inferior seja mais rápido, é como o pessoal do car blog faz, compara um up tsi ao 500 abarth, ao punto tjet, que apesar de ter um 0-100 parecido, é carro de outra categoria e com uma velocidade final muito maior, é como falei acima, é um ótimo motor e excelente desempenho pra sua categoria, nada mais que isso

                • V12 for life

                  Exatamente pelo Up! não ser voltado para desempenho assim com o Golf seja o 1.6 ou o 1.4 TSI também não são, isso cabe apenas ao GTI, oque eu quis dizer é que não tem razão de ser esse motor 1.6 no Golf, essa futura versão de entrada é um carro para aquela pessoa desinformada que acha que existe status em carro media mesmo que não ofereça tecnologia, desempenho e conforto condizente com sua categoria, o próprio 1.0 TSI é muito mais adequado que o 1.6, mas exatamente esse tipo de consumidor é que teria preconceito por ser 1.0, na cabeça de pessoas desse tipo se superando na estrada por um carro que é inferior ao seu é algo impensável, mas irá acontecer, entendeu o motivo da comparação?

  • ARENANB

    Vão tirar o maior (quase único) ponto positivo do Golf em relação ao Focus – o câmbio. kkkk

    • João Martini

      Quase único?

      • ARENANB

        Tá bom, o único.

        • João Martini

          Sim, o Focus é mesmo superior ao Golf. Kkkk

        • Cristiano_RJ

          Você se esqueceu do motor? Do acabamento? E da qualidade construtiva da carroceria?

          • ARENANB

            Não esqueci de nada disso, apenas ratifico meu posicionamento! =D

            • Cristiano_RJ

              Sério isso? Então você quer dizer que o acabamento do Focus é superior ao do Golf? Que a qualidade construtiva idem? E o motor, o Duratec 2.0 aspirado é melhor do que o 1.4 TSI?

  • Bittencourt

    Que novidade…por que não estou surpreso com esse “downgrade”?

  • zekinha71

    Já que o Golf está virando um Golzão mete logo a suspensão do Bx que fica mais fácil pros Manolos xunarem sem dó.

    • Rafael

      Boa! E volta o AP também que é só colocar “doisquilo de pressão” que vai andar muito mais que o alemão!

      • Come On!!

        Faltou as rodas orbitais de série, eliminando as super calotas! Aí fechou o pacote.

  • V12 for life

    A VW piorar o Golf não é surpresa para ninguém, mas a conversa da Audi que não deixaria a VW Brasil interferir era só uma piada então.

    • Cristiano_RJ

      Para mim foi surpresa. Digo, não a piora em si, mas eu achava que se restringiria ao conteúdo e talvez à qualidade dos materiais de acabamento e montagem da carroceria. Nunca imaginei uma regressão na mecânica e no chassi. Realmente me surpreendeu. Um verdadeiro retrocesso. Além de downsize a VW está aderindo ao downgrade.

  • Willy Augusto

    R.I.P. Golf

  • Louis

    A suspensão traseira com barra de torção será a mesma do Jetta Comfortline, aquela que sai o eixo com o carro em movimento ?

    • V12 for life

      É isso ai, embora sejam plataformas diferentes, em teoria aquilo não deveria se repetir.

    • Guilhe

      Não, aquele foi uma gambiarra para adpatar o eixo na plataforma PQ35 que a principio foi projetada só pra Multilink, a MQB preve as duas suspensões, vamos aguardar para ver, mas deve ser a mesma do golf 4,5

    • Come On!!

      Sim, mas a plataforma do Jetta era a PQ35, que na teoria era desenvolvida pra suspensão Multilink, por isso deu aquele B.O.
      Agora a MQB, segundo os entendidos (sem ironia), tem suporte à barra de torção, que é a plataforma do Golf.

  • Alessandro Rodrigues

    Só compro a nova geração se for a de 2012-2013, importada da Alemanha. Não quero apenas a mesma casca! Já cansei de pagar o dobro e receber muito menos tecnologia. E a frase “consumidor não é palhaço”, é verdade. Não é, mas adora botar o narizinho vermelho na hora de pegar um produto assim!

  • Mauricio L.

    Feliz de quem pagou 75k no highline dsg quando lançou…

  • Murilo Soares de O. Filho

    Ficaria surpreso se fosse igual ao Alemão…

  • CorsarioViajante

    Eu espero que estas simplificações sejam restritas apenas ao trendline com motor 1.6 16v, e ainda assim simplifiquem a suspensão e câmbio para manter o pacote de segurança intocado. Pois tirar o excelente DSG do 1.4 TSI é uma tremenda idiotice.
    Senão o Focus vai continuar reinando tranquilo nos hatches médios.

    • Marcelo Dalla Rosa

      Exatamente. No 1.6 MSi até faz sentido essa troca de suspensão, pois na Europa a versão Trendline é por eixo de torção. Mas nos 1.4 TSi será uma burrice tremenda da VW.

      • CorsarioViajante

        Eu também acho…

  • Luiz Pereira

    Esperem para ver a qualidade do interior. Quem entrou no Fiesta mexicano e no nacional sabe a diferença!

  • CanalhaRS

    Eu ficaria de queixo caído se eles fossem lançados aqui idênticos ao modelos importados.
    Carros sendo depenados para o mercado brasileiro não são nenhuma novidade e as ovelhas aceitam e pagam com muita alegria. Somos o país do futuro, que nunca chegará.

    • Darwin Rigamonti

      o país do futuro, que nunca chegará.

      • Gabriel M. Vieira

        Essa é a frase que eu sempre uso… e é verdade, podem falar o que quiserem.

  • Gian

    Mais simples… Mais caro…

  • radiobrasil

    Dona VW… posso sugerir mais umas opções para “racionalizar” o custo dos seus automóveis?
    1 – Retirar cinto de 3 pontas do passageiro do meio do banco traseiro
    2 – Trocar freio a disco por tambor na traseira
    3 – Deixar só os 2 airbags obrigatórios
    4 – Tirar o esp/tcs… QUEM SE IMPORTA? rss

    Aí ficam “tops” os teus PREMIUM A3 e o “novo” Golfssauro

    • saosao

      Aí depois de adotar essas suas medidas, o preço do Golf baixa, e daqui 1 ano voltará a custar o mesmo que agora. rsrsr tamo ferrado mesmo.

  • Minerius Valioso

    O que isso significa?

    Uma prática antiga e clássica no Brasil: o carro tá sendo importado para o Brasil, com bom nível de tecnologia e sofisticação…

    Aí começa com a ideia nacionalista em querer produzi-lo aqui. Ótimo! Vai gerar emprego e renda! Só que o Brasil está passando por uma recessão (o que piora a situação) e com dólar alto. Estão demitindo aos montes nas recém-construídas plantas da Mercedes e BMW. O que significa que vão aumentar mais ainda os preços daqui alguns meses, já que muitos componentes do Golf e Audi ainda são importados.

    A indústria nacional não é competitiva, não presta.

    Definitivamente protecionismo só serve para proteger vagabundos, esta aí a prova. Produtos mais caros e piores.

  • Popdogue

    Levando-se em conta que o Q3 tb será fabricado no Paraná, brevemente teremos mais surpresas.

    • ObservadorCWB

      Talvez fabriquem o Q 2,5…………. mais um carro “ostentação”…..tem as “argolinhas” então “tá valendo”……..eita Brasil…o eterno País do Futuro que nunca chega.

  • Pedro Cunha

    Suspensão traseira á moda santana! Parabéns VW, facilita a vida do Focus!

  • Jeremias Flores

    Boa VW, conseguiram tirar dois dos melhores atributos do Golf: o cambio DSG e a suspensão.

    vai aquecer ainda mais o mercado do europeu semi novo.

  • le0gt-r

    Digo e repito!
    Sorte dos compradores do highline Alemão de 68k.

  • le0gt-r

    Isso que me deixa mais puto da vida, empobrecem o carro todo e aumentam o valor do carro depois!
    Tem explicação uma coisa dessas!?

  • shdn2010

    É o que eu digo, não tem vantegens nenhuma em ser nacional, a qualidade ou itens piora, o preço continua o mesmo ou até mais caro, entao mantenha do jeito que está e continua sendo importado que é muito melhor.

  • Lucas de Lucca

    Engraçado como as coisas são. Aqui mesmo no NA eu cansei de ver gente metendo o pau no DSG. Os motivos eram variados: que fazia barulho, o custo de manutenção, o tempo de vida útil mais baixo do kit de embreagem e o mesmo sendo caríssimo (ainda) pra trocar, os problemas que alguns apresentaram e a confiabilidade/durabilidade inferiores ao convencional com conversor de torque. Já vi inclusive gente que deixou de comprar Golf/Focus por causa do câmbio DCT.
    Agora que a VW foi lá e colocou o bom AG6 que apesar de perder em performance acaba com todos os “problemas” que o pessoal reclamava do DSG, as reclamações continuam. Não da pra entender.

    Agora trocar o Multilink pela barra de torção acho um tiro no pé. Vão fazer a mesma gambiarra adaptada que fizeram no Jetta, que inclusive andou caindo eixo por aí.

    • Derek

      Dá pra entender sim: são pessoas diferentes reclamando de coisas diferentes :). O difícil é agradar a todos.

      • Cristiano_RJ

        Então que pelo menos seja coerente com sua proposta e evolução do produto. Ou será que o que é bom para a Europa e para o México / EUA / Canadá também não é bom para o Brasil?

    • CorsarioViajante

      É fácil entender: para os “comentadores profissionais” o importante é reclamar pois daí parecem inteligentes e exigentes. Coerência não importa.

  • Higo Belchior

    Que falta de respeito com o consumidor. Adianta ser nacional, se os modelos são “depenados” mas os preços continuam altos?
    Vou encaminhar um e-mail para a ouvidoria da Audi e VW esculhambando-os kkk.

    • Mauro Schramm

      Eles nem vão mais dormir após receberem a sua mensagem…. hahahha

      • Higo Belchior

        Sim cara, mas pelo menos mostra o meu desgosto em relação a isso e que também não sou um “zumbi” para aceitar carro capado só por estampar a logo VW ou Audi.

        • Mauro Schramm

          rsrsrs, só uma piadinha para descontrair. Mas o que realmente importa para os caras são as vendas. Vide o caso do Corolla, que é pelado e caríssimo em relação à concorrência e mesmo assim arrasa em vendas.

          • Higo Belchior

            To ligado cara mas isso é uma baita sacanagem da VW. Dá muita raiva.

    • 1945_DE

      Vou fazer a mesma coisa com a VW. Quem sabe eles ouvem os clientes que compram os seus carros. Mas de todas formas, no não que vem estou abandonando a marca VW.

  • Aldo Raine

    Pensem comigo, as montadoras ve como NOSSO PROPRIO GOVERNO NOS TRATA, se acha que eles vão fazer questão de tratar diferente ???? Aqui eh o pais do futebol, dos impostos, da putaria, do jeitinho brasileiro…. VIVA O BRASILLLL

  • Eduardo Allegrini

    Têm gente que prefere paga R$ 100.000 por um carro pelado só pq é bonito, que paga R$ 99.990 por um carro bem completo só feio, o nissan altima.

  • Gustavo Araújo

    Tirando a questão dos faróis, o resto achei até previsível, e até aceitável.

  • FocusMan

    Um monte de mimimi…

    Mas na verdade, produzir carro aqui ta caro pra caramba.

    Se a VW decidiu fazer isso com certeza pensou em manter os custos dentro de um patamar aceitável. Eles sabem que Golf é carro de entusiasta e isso seria um risco, mas com o dolar no patamar atual, as coisas com certeza mudam muito rapidamente.

  • Darwin Luis Hardt

    a vw pensa assim do brasileiro: Pra quem é tá bom.

  • 1945_DE

    Então abaixa o preço de venda, cassete.

  • johnnyburanelo

    menos equipamentos
    cambio antigo
    suspensão antiga
    e preço maior!

    viva o brasil sil sil

  • 1945_DE

    Pessoal, não sei se todo mundo percebeu, mas a foto do eixo rígido mostra freio a disco na traseira. Será que vem mesmo? ou vão colocar o tambor que é mais barato? Tomara que até na versão 1.6L venha com freio a disco.

  • Charlis

    Essa matéria está um pouco confusa…
    Eu tinha entendido que apenas o Golf 1.6 aspirado iria vir com o eixo de torção e Tiptronic.
    Agora depois de ler, não entendi.
    O Golf 1.4 TSI vai existir afinal? (pois o ultimo paragrafo é confuso)
    E se sim, ele também virá com as suspensão simples + tiptronic?
    E na Audi … ai piorou mais ainda, eu nem consigo acreditar, alias, até espero que essa matéria esteja furada.

  • Freaky Boss

    E o custo e periodicidade das revisões, vai mudar para menos também? Porque nesse contexto da matéria precisaria hein. Não ficaria coerente? Ou só vale mudança p depenar?
    Em tempo: eu não acredito na retirada da multilink. Já na mudança do câmbio, sim. Mas com motor turbo esse tiptronic vai até render, posso apostar.

  • B.Martins

    Acho que o mais difícil de vocês entenderem comentaristas do N.A., é que somente vocês que acompanham o blog são entusiastas. Vocês são 20 ou 25% do mercado automotivo.
    Esse Golf com motor 1.6 atende muito o mercado, assim como o Focus 1.6, o Cruze 1.8, o 308 1.6 e o Bravo 1.8.
    Existe uma fatia do mercado para ser explorada. Que é entre os compacto premium, Fox, 208, Fiesta, Punto, HB20, C3, que custam seus 50~60 mil reais, e os hatches médios “esportivos” que custam acima de 75 mil reais. Ou seja consumidores que não necessitam ter um Golf com motor TSI, Focus Titanium, Bravo T-Jet ou 308 THP.
    Necessitam apenas de um carro com espaço interno, conforto, seguro, economia em todos os sentidos, não somente em 1 km/l ou 2km/l, que o motor X faz a mais que o outro, e sim gastos com revisões, e manutenções sejam elas preventivas e reparativas, motor que atenda suas necessidades, leia-se dirigibilidade diária, seja ela urbana ou rodoviária, ninguém aqui é piloto de trackday, que precisa fazer 0-100 em menos de 8s, e suspensão rígida, que sofra com buracos no asfalto e a própria falta de asfalto.

    • Alexandre Maciel

      Revisão não é parâmetro para tratar de economia quando se fala de VWB. Quanto ao resto, concordo com você, apesar de achar que a mudança do motor deveria ser feita pelo 1.0 TSi e que a suspensão, obviamente, deveria ser preservada.

      • B.Martins

        Amigo, vê se concordas comigo:
        Revisão não necessariamente precisa ser em concessionária. A revisão da VWB é absurda após as duas primeiras. Mas acredito que você faça em algum mecânico, e ele deve entender mais de Tiptronic do que o DSG, do 1.6 aspirado ao 1.4 TSI, eixo de torção do que Multilink, e assim vai.

        Acredito que a escolha feita pelo 1.6 seja pelo mercado, os consumidores ainda não estão preparados para entender o conceito downsizing. Então para não arriscar ela apostou em um conceito que já deu certo e ainda tem resquícios que dará. Hatch médio e 1.6

    • Comentarista

      Rapaz, comentário de muito bom senso. Vou dar 2 exemplos. Não tenho carro e quando viajo alugo. Já aluguei um novo ecosport 1.6 e fiquei surpreso com o motor, sua força em baixa e potência em estrada além de ser muito liso. Andava a 140-150 tranqüilamente. Essa semana aluguei um duster 1.6 que mesmo sendo muito inferior ao eco foi bem na estrada e cidade. Carro acima de 120 cv e 17 kg de torque apenas para entusiastas. Para 90% da população é o bastante. O resto é puro marketing.

      • B.Martins

        Exato, seu exemplo se encaixa de outra maneira pra mim. Hoje tenho um C3 modelo antigo 1.4, ando 90% do tempo na cidade. E o pouco que utilizo em rodovia o carro não deixa a desejar, pois sou eu minha namorada e duas malas, ou seja o carro atende exatamente às minhas necessidades, não levando em conta suas características.

        Porque esse Golf 1.6 não me atenderia (outros hatches médios tbm, utilizei o Golf como exemplo pela matéria), hoje mesmo penso que se me fosse necessário a troca, optaria por um 308 por sua faixa de preço, mesmo estando em processo de atualização.

    • Gio

      Concordo que a existência da versão 1.6 16v (ou uma 1.0 TSI) é válida e até necessária para baixar o preço de entrada do modelo. Com certeza vai vender muito e atender as necessidades de boa parte da população.

      O que me preocupa é a possibilidade de acabarem simplificando as versões mais caras, já existentes. Aliás, já houve uma pequena simplificação no modelo quando deixou de vir da Alemanha para vir do México. Mas caso a “depenação” não atinja as versões existentes, e apenas a versão básica seja simplificada, não vejo problema algum.

      • B.Martins

        Acho que para não descaracterizar tanto o Golf, e deixar o carro ainda com um bom pacote de opcionais deveriam deixar a versão Highline intocada.

        Pois quem ainda deseja, DSG e Multilink, que desembolse mais e vá de Highline.
        Outra coisa também seria o descaso, e o consumidor que comprou esse produto? Se todas essas mudanças se concretizarem o consumidor vai ter um produto já tecnicamente fora de linha (à grosso modo né)…

  • Leandro Balmant

    Ou seja, mais simples e mais caro.

  • Redpeak77

    “the very best” agora vai virar “the very b0st…”
    que mancada é essa, VW?…

  • ALVIN_1982

    Se conformem, esse Golf vai durar aqui no Brasil até 2030, enquanto será lançada G8, 9 e 10. Até lá ele perde o para-brisa… Por isso se eu fosse comprar um hatch médio hoje, eu iria de Focus.

  • Fábio

    Sou do time que prefere o Tiptronic, pois o DSG tem problemas de barulho e até funcionamento inadequado em pisos irregulares. Além de ter a manutenção absurdamente cara. Porém, o motor tb deveria ser substituído para compensar a perda de potência ocasionado pelo câmbio Tiptronic. Poderia ser o 1.8 TSI como no modelo americano, ou se a VW calibrar bem o tiptronic com o 1.4 TSI, sem problemas.

    Agora o que não justifica é a perda do multilink. O Focus e o Civic estão aí, e logo chega o novo Cruze com multilink (assim espero!).

  • wguga2002

    Para que ter industria nacional se na hora da nacionalização os carros ficam piores???

  • David Ferreira

    e foda se for ate 60 mil vai vender mas eu não compraria mas se levarmos em conta os motores não são ruins vai ser o famoso golf de play boi que sempre teve aqui só que de cara nova e uma pena pq o golf tava muito massa vai ficar uma loucura de preços a vw só boto ele no lugar dele no brazil pq tava muito acima golf gti chegava a 150 mil mesmo que ande muito ta muito caro e 1.4 tsi ja era começava em 80 vai ser bom pra quem quiser ele usado desse atual igual veio da europa

    • Vagnerclp

      Golf de playboy ou golf de bandido (mano, manolo e outros predicados).

  • Eric Palamar Blaca

    E o Focus vai a loucura!

  • Vattt

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. VW já está voltando a se sentir a cereja do bolo novamente. De alemão essa aoi só tem o nome! No fundo, no fundo, é Golzinho mesmo, aquele lixo que não vende mais nada. Deus proteja e fortaleça a concorrência.
    É o Governo Dilma e o protecionismo da industria de lixo nacional!!!

  • dCarvalho

    Rapaz, negócio mais sem graça esse A4, ein? Vá de retro!

  • Alexandre Maciel

    A fase de pegar Golf já passou há tempos. Isso ocorreu no lançamento e olhe lá. Quanto à Audi, ela tem concorrentes com bons predicados; aí cabe ao consumidor decidir se vai cair em mais um conto do vigário da “Das Auto”.

    No mais, vamos esperar para saber se o Golf terá a suspensão traseira arrancada como aconteceu com o Jetta. Apesar de não desejar mal a ninguém, honestamente espero que o Golf apresente o mesmo problema do Jetta a fim de que essa empresa entenda que não se deve mexer em projeto bem realizado.

  • Sergio

    Adeus golf, foi bom enquanto durou.

  • Guilherme Eduardo

    Acho que vai ser interessante uma comparação entre o VW Fox Highline I-Morin com quase todos os opcionais e o VW Golf Trendline 1.6 AT6. O motor será o mesmo, mas o câmbio, tamanho e todo o resto será diferente. Dependendo do que vier de itens de série, talvez seja um “degrau” para quem está com um carro de 50/60 mil e não pode pular direto para a casa dos 80/90 mil.

  • Guilherme Eduardo

    Em relação ao motor, acredito que se o brasileiro entender a proposta do 1.0TSI e aceitar que ele possa se utilizado em carros maiores, ele possa entrar no lugar desse 1.6 16v. Talvez se a Ford trazer o 1.0 Ecosport para o Brasil a VW acelere a troca do 1.6 aspirado pelo 1.0 turbo no Golf.

  • Robson Rodrigues

    ” Mudar pra melhor, com certeza, diz que ia mudar pra melhor, já tava bom, diz que ia mudar pra melhor, não tava muito bom, tava meio ruim também, tava ruim, agora parece que piorou!”

  • Robson Rodrigues

    ¬¬

  • afonso200

    putz tirar o 7AT de dupla embreagem do golf para essa 6AT, e trocar a susp traseira, depenou total…….meu primo tem o 1.4T golf alemanho, o mexicano já é meio capenga perto do dele

  • Samuel Fialho Pereira

    Ok, só espero que o preço seja menor

  • Vagnerclp

    É por isso que vai continuar tomando p#u do focus. Porque não trazer o carro como no restante do mundo?

  • Rafael Ribeiro

    E voces reclamavam do focus Se 1.6. Não perdem por esperar o golf como vai ser lindo.

  • Roger Rosato

    AT6 e barra de torção?!
    NEXT!

  • Lucas Mendanha

    Lembrando aqui… Capaz da VW usar a mesma desculpa da Chevrolet quando o Sonic passou a vir do mexico e não houve redução do preço cobrado: “a estratégia de preços será mantida”..

    O resultado disso não é novidade pra ninguem ne..

  • Titanium


Send this to friend