Audi Mercado Sedãs

Audi A3 Sedan nacional começa a ser vendido em outubro

audi-a3-sedan-14-tfsi-avaliacao-NA (2)

Durante uma coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira (15) no Salão do Automóvel de Frankfurt, o presidente da Audi no Brasil, Jörg Hofmann, revelou que o A3 Sedan será produzido na unidade do Grupo Volkswagen em São José dos Pinhais (PR) a partir da primeira semana de outubro. O modelo nacional deve chegar ao mercado em novembro.

O novo Audi A3 Sedan brasileiro, ao que tudo indica, vai ser oferecido nas concessionárias pelo mesmo preço cobrado pela variante importada, que atualmente está disponível por a partir de R$ 99.990. A lista de equipamentos de série vai continuar a mesma, mas o sedã vai oferecer opcionais que até então não estavam disponíveis em sua linha.

audi-a3-sedan-14-tfsi-avaliacao-NA (7)

A motorização do Audi será praticamente a mesma, com o 1.4 litro TFSI e câmbio automatizado S tronic de sete velocidades e dupla embreagem, mas com mudanças no motor para passar a beber etanol e gasolina, chegando a 150 cavalos de potência. Apesar dessas mudanças, o nível de qualidade do carro vai seguir o modelo importado.

Porém, já para janeiro de 2016 a Audi planeja lançar uma versão mais “apimentada” do A3 Sedan, com o motor 2.0 litros TFSI a gasolina de 220 cv, o mesmo já usado pelo cupê TT (que entrega 10 cv a mais). Por conta disso, o atual A3 Sedan 1.8 deve deixar de ser oferecido.

A expectativa da Audi é comercializar mais de mil unidades de carros nacionais ainda neste ano. Já para 2016, a meta é emplacar 10 mil exemplares no mercado brasileiro.

audi-a3-sedan-14-tfsi-avaliacao-NA (24)





  • Cyro

    fabricado no Brasil??….
    Corra pra comprar sei importado logo.

    • Luiz

      E a unica opção de continuar vendendo, frente ao Dollar os carros importados estão ficando distante da classe B.

    • Diego Ávila Monteiro

      Corra, pq o importado ta mais barato q o futuro nacional!!! Beeeem mais barato.

      • Thales Sobral

        O importado não tava saindo a partir de 100 mil também não? Quando eu fui na concessionária tava rolando aquele Open Haus que ofertava A3 a partir de 90 mil (modelos 2014), mas informaram que o preço normal era de 100 mil.

      • Geraldo Mattos

        Engano seu… o importado está EXATAMENTE o mesmo preço que este anunciado para o nacional, é só se informar em qualquer concessionária Audi (a tabela é nacional)

        • Gustavo73

          Nem precisa consultar a tabela. Está escrito na matéria de forma bem clara.

  • Junior_Gyn

    Esse painel parece de carro popular, na boa. Num tem UM detalhe cromado ou black piano que seja. Já entrei num desses basicão e não gostei nem a pau.

    Num lembro qto vale o 1.4T, mas se for mais de 95.000 acho melhor pegar um V40 mais básico, que de básico tem pouca coisa

    • Gabriel Torque

      o painel é muito feio mesmo

      por mais que seja de borracha “macia”, o material é áspero e passa um péssimo aspecto , olhando parece aquele plástico duro áspero do gol e fox

      • Thales Sobral

        No basicão o volante parece de gol mesmo. Mas a ergonomia é fantástica pra quem tem não tem um porte avantajado.

    • ARENANB

      Painel é lindo, esportivo e com ótimo acabamento.

      • Vitor Almeida

        ESPORTIVO! é serio isso!?

        • Junior_Gyn

          Se for assim o painel do GOL é bem esportivo em rsrs

      • Daniel P.

        faltou o #SQN na sua mensagem, deixa que eu coloco pra voce.

    • Gio

      O acabamento é muito bom, mas o design também não me agrada..

      • Leandro Balmant

        Normalmente a Audi não gosta de exagerar no painel dos carros dela. Nesse aspecto, acho o desenho do painel das BMW’s e Mercedes mais bonitos.

    • José Eduardo D’Acampora Guazzi

      A versão básica estraga mesmo. Na 1.4 intermediária ou nas 1.8 achei bom apesar de aspecto simples em design, e isso me agradou mas não agrada a todos.

    • Cyro

      Acabamento da Volvo é bem mais bonito e os preços agora são próximos.
      alem do v40 ser mais bonito por fora também

      • Roberto

        Problema dos Volvos em geral, é a revenda, tenho um amigo que tem loja multimarcas, as pessoas só compram Volvo com menos de 10mil km, a cor influencia muito também, ele estava estressado com um V40 que passou 6 meses na loja. XC60 é melhor de revenda, mas se tiver pouco rodada. Já Mercedes as classe C, BMW série 3, Audi a3 Sedan, não passa mais que duas semanas na loja. Nos “populares” tudo da Toyota vende fácil, Corolla, Rav4, SW4, Hillux. Honda também.

        • Rodrigo LF

          Duas semanas? Estou a 6 meses tentando vender meu a3 sedan, mesmo com preço abaixo da Fipe, 26.000km, aceitando troca, em capital de Estado e com boa mídia, não aparece negócio. Cansei de importado.

          • Ernesto

            O problema seria o seguro? Um amigo de Jundiaí comprou um A4 de uma revenda em São Paulo e o vendedor disse que estava complicado vender porque o seguro era proibitivo. Será que este é o problema também do A3?

            • Rodrigo LF

              Não deve ser o caso… pago apenas R$ 2.200,00 pelo Itaú. A Chubb tem boas cotações para o modelo também.

              • Guilherme Eduardo

                BARALHO! Pago mais caro que isso num VW Fox Highline 1.6 16v (moro na Grande SP, casado e 26 anos)

              • Roberto

                Meu seguro é pela Chubb, mas não ficou barato como seu, acho que pelo meu perfil e por já ter carro sinistrado no passado. Mas dentre todas as corretoras a Chubb apresentou o melhor preço pra 320i.

          • Roberto

            Mas TODOS os carros são vendidos abaixo da FIPE desconheço esse carro que seja vendido pelo preço da FIPE ou maior que ela.
            Até Corolla tem um desconto significativo na FIPE, talvez o problema seja o preço que você está pedindo no carro, ou a cidade onde você mora. Em uma grande capital, A3 Sedan vende muito fácil.

          • Daniel

            26mil km? vai vender pq?

            • Rodrigo LF

              Imóvel, infelizmente, porque o carro é fabuloso e não há sedan equivalente por menos de três dígitos.

        • GRANMA

          Aprendo muito com esses comentários!! Pra mim são os melhores!!

      • Junior_Gyn

        Ctz. Mas só foi eu falar do painel da AUDI (VW) e choveram de haters aqui rsrs. Sou mto mais o Volvo, só peca por ter manutenção cara, poucas CSS’s e seguro mto alto

    • Roberto Souza

      O interior deste carro é muito bem desenhado, menos é mais. Assim como o dos Volvo. Duas marcas com interiores alinhados com a nova tendência de design LIMPO. E não aqueles paines cheio de cromados BREGAS e botõezinhos BREGAS e aquelas telas multimídia gigantescas e BREGAS, com software mal desenhado e todo colorido, parecendo um baile de carnaval. A única coisa que pega neste carro é o cambio DSG que parece uma tanqueira de lata-velha batendo e que tem manutenção caríssima (+20k).

      • Lucas

        menos é mais, menos quando se paga 100mil reais.

        • Fábio S

          Falou tudo. E estamos falando de Audi. Paga caro e se quer o melhor.

          • Gustavo73

            E se tem o melhor inclusive a qualidade de montagem.

      • Junior_Gyn

        Então quer dizer que vc não acha CARO pagar num carro com painel SIMPLISTA até demais pelo preço que se paga??

        Simplista ou econômica porca da AUDI msm

        • pzl

          Então compra qualquer Hyundai amigo e vai ficar com um painel alienigena. Brasileiro é muito zoado pra carro, pqp. Quer dizer então que pq o carro custa 100.000 deve ter um painel de boeing? haha

    • vidgal

      Tem que ter muito mau gosto pra gostar de black piano…rsrsrsrsrsrsrsrsrs

      • Junior_Gyn

        Então diga isso pros EUROPEUS, que são exigentes e gostam. Mas não né, O BOM MESMO É PAINEL DE CELTA, PALIO, UNO e afins

    • Geraldo Mattos

      O pessoal (principalmente aqueles que não tem e não podem ter um carro
      desses) confundem acabamento sóbrio com simplório…rsrsrs… devem ser
      aqueles que adoram carro com painel cheio de luzinhas, se pudessem
      colocariam aquelas alavancas de câmbio que acendem uma luz dentro quando
      pisa no freio…kkkkkkkk… ou então devem adorar carros como o
      Veloster que só tem cara de esportivo, mas não anda nadaaaaa….
      Audi
      é para quem realmente gosta de carro, de dirigir…. não pra ficar
      olhando as luzinhas de natal do painel. Carro gostoso de dirigir,
      estabilidade excepcional, um câmbio excelente, que aliado à ótima
      concepção mecânica faz um carro 1.4 ser ao mesmo tempo muito econômico e
      ter desempenho de motor 2.0…além de todos os detalhes que a gente não vê, mas que tbm são a alma do carro, como os itens de segurança, os controles de estabilidade e tração, os 7 airbags, etc… enfim, pra quem entende e gosta de carro
      de verdade, é isso que realmente importa… já para os que gostam de
      luzinhas no painel, dá pra comprar um Celta e mandar instalar um monte de leds….

  • V12 for life

    Acabei de ler que a meta é produzir 10 mil unidades em 2016 e isso é bem diferente de vendê-las no mercado interno já que a produção é para abastecer a América do Sul.
    Pequeno e leve e considerando a aerodinâmica de um sedan ser melhor que a de um hatch, esse A3 2.0 tem QUASE tudo para superar o GTI.

  • Eduardo Brito

    Tomara que ele continue mesmo com o câmbio DSG, pois já vi outras fontes falando que esse câmbio seria substituído pelo Tiptronic(a mesma coisa irá acontecer com o Golf Nacional). Se isso acontecer, seria um tiro no pé da Audi.

    • Gabriel Torque

      isso se não perder a multilink

      mas tudo para o bem do brasileiro com suas ruas esburacadas

      • Eduardo Brito

        Isso também. A VWB adora capar os carros quando decide faze-los aqui.

      • DTF

        Perdera o multilink, confirmado!

        • Doccar

          Vc quem ta confirmando? Ah ta, entao acredito…

          • DTF

            Acho que mereço desculpas…

    • Guilherme Eduardo

      Tem lógica em colocar o Tiptronic no A3 se a VW colocar esse câmbio no Golf/Jetta 1.4 TSI Flex. Serviria para redução de custos na fábrica.

      • Deadlock

        Volumes baixos e os câmbios são importados. Tem lógica A3 e Golf terem câmbios diferentes, até para ressaltar a diferença de nível entre esses carros.

    • Vitor Almeida

      Se capar o Audi vai queimar o carro no mercado!

      • DTF

        VAI capar, confirmado.

    • Matafuego

      Mudar a transmissão nem é tão crítico perto de colocar um eixo de torção no lugar da suspensão multilink.

      • DTF

        Acho q ambos sao graves

    • DTF

      Será substituido, confirmado!!

      • Gustavo73

        Confirmado por quem?!

        • DTF

          Pelo presidente da Audi

          • Gustavo73

            “Depois de confirmar a produção nacional do A3 Sedan em junho, o presidente da Audi no Brasil, Jörg Hofmann, reiterou em coletiva realizada com a imprensa brasileira nesta terça-feira (15) no Salão de Frankfurt, que o sedã começa a ser produzido no país na primeira semana de outubro. A principal novidade é o novo motor 1.4 Turbo Flex de 150 cv com etanol ou gasolina, o primeiro da Audi com tecnologia bicombustível.
            A produção será concentrada na fábrica de São José dos Pinhais (PR), de onde também sairá a versão tupiniquim do VW Golf com esta mesma opção de motorização. A marca também comemora a liderança do segmento premium, com crescimento de 40% mesmo com a queda no mercado.
            Outra novidade importante é o lançamento do A3 com o novo motor 2.0 de 220 cv de potência no começo de 2016. Em relação ao A3 1.4, o presidente da Audi confirma que o modelo nacional vai ter a mesma especificação do carro importado, ou seja, mantém os mesmos equipamentos, porém, terá opções de novos itens até então não disponíveis.
            Segundo a Audi, o nível de qualidade e equipamentos seguirão as normas internacionais de montagem aplicados em todas as fábricas da fabricante no mundo, incluindo plantas da Hungria, da Espanha e da Eslováquia. A linha de montagem está em fase final de implementação e técnicos vieram da Alemanha especialmente para autorizar o início da produção das unidades pré-série.” Carplace

            ” A lista de equipamentos de série vai continuar a mesma, mas o sedã vai oferecer opcionais que até então não estavam disponíveis em sua linha.” NA – logo acima.

            Mesmos equipamentos. Aonde ele confirmou as perdas que você falou

          • Gustavo73

            Acho melhor você ler novamente o texto acima:

            “”Durante uma coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira (15) no Salão do Automóvel de Frankfurt, o presidente da Audi no Brasil, Jörg Hofmann, revelou que o A3 Sedan será produzido na unidade do Grupo Volkswagen em São José dos Pinhais (PR) a partir da primeira semana de outubro. O modelo nacional deve chegar ao mercado em novembro.

            O novo Audi A3 Sedan brasileiro, ao que tudo indica, vai ser oferecido nas concessionárias pelo mesmo preço cobrado pela variante importada, que atualmente está disponível por a partir de R$ 99.990. A lista de equipamentos de série vai continuar a mesma, mas o sedã vai oferecer opcionais que até então não estavam disponíveis em sua linha.”

            • Fábio

              Não falou nada aí, só falou de equipamentos.

              • Gustavo73

                Equipamentos(câmbio é um equipamento) e construção. O mesmo aí em cima disse que não teria xenôn e outros equipamentos segundo ele confirmado pelo presidente da empresa. O próprio blog, aquele que quando interessa é ridicularizado (com muita razão diga se de passagem) já desdisse o que falou sobre o A3.
                “Essa é da Autoesporte que também tinha entrado na onda do eixo de torção e Tiptronic.A Audi afirma que o modelo nacional terá as mesmas especificações do carro importado, mas serão oferecidos mais equipamentos e diferentes tipos de pacotes de opciona”

                • Geraldo Mattos

                  Vc tem razão, tem muita gente chutando informações, falando do que não sabe… há poucos dias, mtos afirmavam categoricamente que o A3 nacional viria com câmbio Tiptronic, fato desmentido agora oficialmente pelo presidente da empresa…

                  • DTF

                    Leia vc mesmo…

            • DTF

              Infelizmente estou certo…

              • Gustavo73

                Infelizmente sim. E as matérias estavam erradas ao afirmar que o presidente da Audi teria dito que seria igual ao importado. Uma pena na minha opinião. A não ser que tenha ficado mais barato e ou mais equipado, o que eu duvido. Ainda não tive acesso a 4R (pelo que parece é a revista pela grafia e esquema gráfico). O Tiptronic é um bom câmbio automático, mas inferior ao DSG7 em agilidade e economia. Com o aumento da potência de 122cv para 140/150 cv o desempenho pode ter melhorado. Outra questão é o eixo de torção, claro que ele pode ser bem ajustado e ter um bom desempenho. O Magane RS que o diga. Mas é uma solução mais simples. Mesmo que não se perceba no dia a dia é uma perda. A VW/Audi cometeu um equívoco na minha opinião ao optar por algo mais simples. Mesmo no Golf isso terá repercussão negativa. Imagine no A3 sedan.

                • DTF

                  O A3 foi testado esse mês em todas revistas, essa especificamente é a Revista Carro…..
                  Não divulgaram preços dos opcionais mas a versão básica custará o mesmo que a versão importada, que possui multilink e câmbio DSG…..de fato fabricar no Brasil tem se mostrado um péssimo negócio para os consumidores!!!

                  • Gustavo73

                    No passado a Audi esteve aqui. E o produto não teve nenhum downgrade, mesmo que a produção nacional não tenha reduzido o preço. BMW manteve a lista de equipamentos (claro que o montado em CKD) a MB não deve fugir disso. A Audi tem a central de reduzir os custos por dividir a linha com a VWB. Para convencer p comprador e levar algo menos digamos sofisticado (me foge uma palavra melhor no momento) só um acréscimo de equipamentos já que serão mantidos os preços. Como disse mesmo que não se perceba no dia a dia são o Tiptronic e eixo de torção soluções menos sofisticadas e logo deveriam no mínimo serem compensadas na queda de valores ou aumento de equipamentos.

                    • DTF

                      Básica, a versão nacional não trará nada a mais que a básica importada…para “disfarçar” vão oferecer, como opcionais, alguns itens que a importada não tem, como rodas de 17″e piloto automático adaptativo mas ai o preço deve encostar os $140mil….e continuará sem ter ao menos um ar digital e automático….não faz sentido….só pelas argolas na frente não vale.

                    • Gustavo73

                      Essa de 140 deve ser a 2.0 tsi que irá substituir a 1.8 tsi(li em algum lugar que essa continuaria importada como dsg6 banhado a óleo). A 1.8 tsi era muito bem equipada. Li que o carro vai ganhar equipamentos (não sei se de série em alguma versão ou opcional) que o Golf já tinha como ACC, câmera de ré e sistema Park assist. A versão básica é bem equipada sendo completa em equipamentos de segurança, xenôn e o dsg7. Isso por. 99 mil reais hoje. Mesmo na minha opinião sendo superior ao Corolla Altis por exemplo faktam mimos para quem paga 100 mil em um carro. Ar-condicionado digital dual zone, volante com controles, controle de velocidade e um banco de couro(sintético como a MB e BMW oferexem em seus modelos na faixa de preço). As perdas, seriam menos sentidas. Mas hoje a 320i custa 125 mil reais. Um carro de categoria acima do A3 e mais equipado e potente, a MB acaba de lançar uma versão mais simples do Classe C por 120 mil. Perde alguma coisa como os faróis full led, por halogenos. Mas novamente é um carro de categoria superior. Mesmo eu preferindo um sedan do tamanho do A3. Não dá para pensar em levar um com mais ou menos os mesmos equipamentos por valores próximos. No caso optaria pelo Jetta 2.0 tsi, só para não sair do grupo Vag. Para levar o A3 sedan 2.0 tsi por 140 ele teria que set muito bem equipado e completo de opcionais. Como você disse oque se desvenda agora não faz sentido.

                    • DTF

                      Exato, mesmo porque o concorrente da BMW serie 3 e Mercedes serie C é o Audi A4, e não o A3 sedan…..fui ver a Mercedes C de 120mil (fotos em anexo)….ela perde o farol de Led por um par halógeno, perde o “mouse pad” e o toca CD e GPS….mas de resto é igual….por $120 mil, para mim, da de mil no A3 sedan nacional com câmbio tiptronic, suspensão traseira, sem multilink, ar manual, etc etc…..acho que o consumidor deveria se informar mais antes de comprar alguns carros….o Corolla Altis nem se fala, $100mil por um carro q nao tem nem ESP é um desaforo…

                    • Gustavo73

                      De cara a Audi tem uma desvantagem. O A4 não será feito aqui, já que usa a plataforma MSL. BMW e Mercedes-Benz decidiram fazer aqui a plataforma de entrada (ex.: Série 1 /X1/Mini Countryman) e GLA) mas também a acima (Série 3/X3 e Classe C /GLC). A Audi ficou limitada a MQB (A3 e Q3) até aí sem problemas. Mas ao deixar preços e equipamentos próximos do carros da irmãs alemães mas de categoria acima ela fica sem espaço. Acho as novas gerações de A4/Série 3/Classe C, grandes para o meu gosto. O A3 teria um tamanho ideal para mim. Mas mantendo o preços e equipamentos já ficava em um a situação difícil imaginr com o downgrade nas especificações. Mesmo com o aumento de potência. Segundo a 4R os números de desempenho são ligeiramente melhores, com um consumo ligeiramente pior. Prova da superioridade do DSG7,pois o motor precisou de 18 cv e 5 kgfm a mais para isso. Mas achei estranha a matéria sobre ele na 4R. Muito poucas informações, nada sobre preços e nem os equipamentos nem da versão testada Ambience, no máximo falam de rodas 17″, GPS e borboletas no volante para essa versão. Até as fotos são bem limitadas, do interior uma em close do volante e do câmbio. Muito estranho para um lançamento. A Oroch que tem páginas e páginas inclusive comparando com Strada e S10. Ambas em versões novas e com profusão de fotos. Pode ser só a torcida. Mas tem algo aí. Só não sei se bom ou ruim.

                    • DTF

                      A reportagem do lançamento na 4R esta péssima, nem a ausência da multilink foi mencionado!!! Na Auto esporte e Carro a reportagem está muito mais completa, inclusive com fotos da suspensão de eixo por torção…..

                    • Gustavo73

                      Na verdade eles falaram sim. Mas focam mais no Tiptronic, inclusive na diferença frente ao DSG7. https://uploads.disquscdn.com/images/2b3ff5ef9d4b18779a0d99cc458dae4338d3a0923d43a27ebf4ef496fd9e05ca.jpg

    • Guilherme Eduardo

      Questão do câmbio tem duas opções (do meu ponto de vista):

      1- Usar o Tiptronic para redução de custos, tendo em vista que o VW Golf e possívelmente VW Jetta usará esse conjunto no motor 1.4 TSI Flex, o mesmo do Audi A3;
      2 – Usar o DSG para diferenciar os carros da Audi e da VW, tendo em vista que o VW Jetta será um “irmão” mais barato do Audi A3 Sedan.

    • GRANMA

      Ultimamente tenho ouvido falar muito em tiro no pé da audi e vw,desse jeito eles vão acabar andando de cadeira de rodas. Detalhe. . . Essas rodas não serão de liga leve e assim o futuro tiro será na roda.

  • Alexandre Maciel

    Um amigo comprou esse carro e, posso até estar enganado, eu o achei bem simplório pelo valor que se cobra. Passa a impressão de que o logotipo vale demais para um interior que não oferece tanto.

    • Humberto Ghirardello

      Enganado não, basta olhar a imagem do interior… Da pena.

    • Geraldo Mattos

      O pessoal (principalmente aqueles que não tem e não podem ter um carro desses) confundem acabamento sóbrio com simplório…rsrsrs… devem ser aqueles que adoram carro com painel cheio de luzinhas, se pudessem colocariam aquelas alavancas de câmbio que acendem uma luz dentro quando pisa no freio…kkkkkkkk… ou então devem adorar carros como o Veloster que só tem cara de esportivo, mas não anda nadaaaaa….
      Audi é para quem realmente gosta de carro, de dirigir…. não pra ficar olhando as luzinhas de natal do painel. Carro gostoso de dirigir, estabilidade excepcional, um câmbio excelente, que aliado à ótima concepção mecânica faz um carro 1.4 ser ao mesmo tempo muito econômico e ter desempenho de motor 2.0… enfim, pra quem entende e gosta de carro de verdade, é isso que realmente importa… já para os que gostam de luzinhas no painel, dá pra comprar um Celta e mandar instalar um monte de leds….

      • Guilherme Eduardo

        A única coisa que acho estranho é a tela multimídia que parece um apêndice, de resto, prefiro um carro com pouco botões, recortes, vincos, luzinhas, etc. no painel. Em relação ao material, nunca entrei num Audi A3 (hatch ou sedãn), então não posso dizer se é bom ou não.

        • Geraldo Mattos

          A tela à primeira vista parece meio perdida lá no painel, mas foi a solução encontrada para deixá-la retrátil (quando é recolhida, o painel fica mais minimalista ainda). Apesar do visual mais limpo, o material é de excelente qualidade e acabamento, nada de plástico duro, só um material macio ao toque ao longo de todo o painel.

          • Alexandre Maciel

            Isso é uma gambiarra… não custa admitir. Solução? Tsc…

            • Renato Dias

              Gambiarra? O painel recolhe e fica invisível.
              Cara, mas tu é chato mesmo.

              • Alexandre Maciel

                Invisível? Desmaterializa-se?

                Por isso dizem popularmente que gosto é igual a **… cada um com o seu…

                Se você admira, ótimo. Eu, não.

      • Louis

        O problema é que não é apenas simplório, este painel é feio mesmo.
        Mas eu não deixaria de comprá-lo por causa disso.

      • Alexandre Maciel

        A condição do fanboy cego é uma merda mesmo. Quem quer um carro para correr prepara um veículo com essa finalidade e, com certeza, sem mimos. Meu cunhado corria no brasileiro de arrancada e usava um golzinho quadrado. Hoje corre rali e o veículo é tão simples quanto uma TR4 ou um Troller podem ser.

        Ser sóbrio é uma coisa; ser pelado, sem mimos, é outra. O pessoal, principalmente aquele que não tem nem pode ter um carro top para uso diário e um outro para brincar em locais adequados, confunde pé de boi com logotipo de marca premium com sobriedade. Paciência.

        • Geraldo Mattos

          A condição de querer analisar uma coisa sem conhecer de fato é uma merrrdaa mesmo… essa história de comentar baseado em voltinha em carro de “amigo que comprou”, de “cunhado que pilotou”, de “sogra que teve”…. que análise bem fundamentada hein….
          E uma coisa eu posso garantir, de fanboy não tenho nada, muito pelo contrário. De todos os carros que tive até agora, nunca tive paixão por marca X ou Y, tanto é que nunca repito uma marca de carro… confesso até que tinha uma certa aversão pela Audi, porém como sou avesso ao “achômetro”, fiz o test-drive e não tive como não me render ao carro. Só quem realmente teve, tem ou já dirigiu um de fato pode opinar com conhecimento de causa…. caso contrário, ficarão só reparando se o carro tem “mimos” ou não….Cabral tinha razão, quando comprava os tupiniquins só com “mimos” como espelhinhos e miçangas…

          • Geraldo Mattos

            E digo mais: se um carro pé de boi vem de série com controle de estabilidade e tração, 7 airbags, assistente de frenagem, um dos melhores câmbios atuais, motor turbo com injeção direta, suspensão multilink, freio de estacionamento com acionamento elétrico, etc.. etc… etc…., que maravilha hein!!! Se um carro pé de boi já tem tudo isso, imagino então os carros top de linha…
            Ah, é claro… faltam os “mimos”… vms recomendar aos projetistas do carro que o recheiem de luzinhas e botõezinhos coloridos, já que isso é o que realmente importa nos carros…

          • Alexandre Maciel

            Ficou afetado? E por falar em achismo, não é que seu comentário inicial representa, em sua totalidade, exatamente isso. Você acha que as pessoas nunca utilizaram alguma coisa para poder opinar; você acha que mimo é excesso dispensável para a categoria de preço desse veículo; você acha que as pessoas não podem ter uma opinião e o que dizem merece ser ridicularizado porque você pensa diferente. Ruim, não é, quando aparece alguém utilizando a mesma postura adotada por você e trata com desdém aquilo que você diz?

            Vê-se claramente que sua análise foi muitíssimo bem fundamentada; e foi, só que no achismo. Na próxima, ao invés de simplesmente querer derramar suas opiniões chulas direcionadas a quem comenta, use argumentos como os que escreveu logo abaixo, em complemento. Certamente não soará como um achismo de quem não gosta de se sentir contrariado. Ou, alternativamente, você pode apenas não comentar. É simples!

      • DTF

        Para o Brasil, país das oportunidades o pensamento é outro…

  • DTF

    Sem multilink, sem câmbio DSG, sem xenon, sem LED……mas com opcional de câmera traseria, super justo, não? Quem gosta do carro corre para comprar o alemão…..

    • Renato Dias

      Quis dizer Húngaro, né?

  • Fabio Marquez

    A versão com 220cv vai ser lançada para cortar custos, já que este motor também é oferecido no Golf GTi, ai fica todo mundo usando o mesmo motor (estilo PSA e seu Prince THP), agrada tanto a Audi, quanto os compradores.

    • Gustavo73

      O motor será usado por ser o mais lógico. Inclusive já é usado no Q3 que não tem nenhuma versão vom o 1.8 tsi. Esse motor inclusive corre o risco de ficar limitado a certas regiões até sumir. Tem o mesmo torque do 1.4 Tsi e a potência diferencia pouco. 180 contra 150 do 1.4 na Europa. Com o 2.0 tsi tendo uma versão voltada para o consumo com 190 cv mas bem maos torque o 1.8 fica apertado no meio.

  • Yuri Chaves Souza

    Por mais que tenha a grife Audi, eu iria de Fusion ou Altima ao invés desse A3 sedan.

  • Freaky Boss

    Vender 10mil unidades por ano só de A3 sedã é uma meta factível mas ambiciosa hein…
    E esse preço de 99 pode até colar, mas pra mim não cola é o preço do seguro e principalmente custo de revisões (ambos devem ser mais altos que o de carros na mesma faixa de preço não?)

    • Gustavo73

      Até agora ela vendeu 6500 unidades, com pequenos ajustes não seria difícil chegar perto de 10 mil unidades.

  • Kenedy

    R.I.P
    Tiraram o 1.8 de uma hora para outra, quem tinha então… ?
    Ai agora sabe-se lá quando chega o 2.0 com preço de BMW320i
    E ainda quando vem para o Brasil, na maioria dos casos perde-se em qualidade construtiva

    • Gustavo73

      Pra quem tinha continua, qual o problema. Agora vão reclamar do upgrade na motorização? 320 também é feita no Brasil.

  • Roberto

    Espero que mantenham o acabamento do importado, se fizerem como as montadoras costumam fazer ao tropicalizar um carro, o consumidor vai comprar um Audi, e levar pra casa um Voyage.

    • Gustavo73

      Não aconteceu no Golf IV na primeira geração do A3 ou no Classe A. Sem falar das novas BMW.

  • Diego Ávila Monteiro

    Os caras colocam 10 cv e ficam no direito de cobrar mais que o importado!!
    Pra que fabricar aqui se vem com essa palhaçada!!
    Antes importar que contratar pra depois demitir.

  • Guilherme Eduardo

    Eh só parecer um fuck ou arroz há com esse carro que ele vende mais que Toyota Corolla kkkkkkk

  • Leandro Santos

    História antiga . Vender nacional no mesmo preço do importado. Ainda mais se tratando de vw.

  • Marcos Lopes

    nada mais q um voyage tsi de 99k … bancos de tecido , controles de seta, para-brisa e ar do voyage … por essa grana será que não da pra comprar um carro premium não ?!

  • ALVIN_1982

    Se colocassem o emblema da VW no volante, juro que diria que era o painel de um Gol/Voyage…

  • GABRIELCSFLORIPA

    E a suspensão traseira do A3, como vai ficar?

  • Augusto

    Audi com bancos de tecido…

    • cepereira2006

      E que tecido feio. Depressivo até.

      • Renato Dias

        Padrão VW.