Audi oficializa produção do Q3 em São José dos Pinhais/PR

11/03/2016

audi-q3-2016-test-drive-NA (7)

A Audi oficializou a produção do utilitário esportivo Q3 no Brasil. O modelo é o segundo da marca alemã a ser produzido atualmente em São José dos Pinhais/PR, que outrora produziu a primeira geração do A3 e agora faz também a terceira, na figura do A3 Sedan.

audi-q3-2016-20-tfsi-NA (1)

Assim como este, o Audi Q3 nacional emprega o motor EA211 1.4 TFSI de 150 cv e 25,5 kgfm, acoplado à caixa automática Tiptronic de seis velocidades. A tração é somente na dianteira. Os preços não tiveram alterações, partindo de R$ 127.190.

audi-q3-2016-20-tfsi-NA (6)

Nas demais versões, que são importadas, o crossover da Audi dispõe de motores 2.0 TFSI com 180 ou 220 cv, além de tração integral Quattro e câmbio S tronic de sete marchas. O esportivo RS Q3 também é oferecido no Brasil, mas este vem com motor 2.5 TFSI de 340 cv.

Galeria de fotos do Audi Q3:









  • pedro rt

    sera q o proximo nacional sera o Q2?

    • Guilherme Borella

      Não sei, mas com certeza terá câmbio Tip de 6 marchas e, dependendo, barras de torção no eixo traseiro.

      • Gustavo73

        O Q2 só tem eixo traseiro multlink com tração Quattro.

        • Bruno Wendel Marcolino

          Acho que ele quis dizer caso seja nacionalizado.

          • Gustavo73

            Eu entendi. E o europeu já usa o eixo de torção nas versões 4×2.

            • th!nk.t4nk

              Exato, não faz diferença nenhuma.

      • ObservadorCWB

        Triste, mas uma aposta bem viável.

    • Newton Freitas

      Audi diz que o carro é no momento inviável.
      Será que se fosse naciolizado ficaria mais barato?

      • rafa93

        até o momento as experiências de nacionalização só refletem a manutenção ou aumento do preço dos veículos, provavelmente com o q2 não seria diferente, ainda mais tratando-se do grupo volkswagen que já nos mostrou exemplos de nacionalização como golf e a3.

        • Newton Freitas

          Pensando bem, realmente é isso.

    • Bugrezilla

      Infelizmente a audi já disse que não irá vendê-lo no brasil por enquanto por causa da crise. Azar dela, eu iria comprar com certeza, e conheço muita gente que também compraria. Essa conversinha de crise não cola, ainda mais neste segmento. Veja HRV, Renegade, e até o Fiat Toro com fila de espera de 3 meses. Esse Q2 na faixa de 90k a 110k iria estourar de tanto vender. E pode colocar tiptronic e eixo de torção, não tem problema nenhum. Meu A3 sedan é assim e estou adorando o carro, conforto total, não tenho saudade nenhuma daquele DSG do golf retendo marcha toda hora.

      • Gustavo73

        Vou re dizer uma coisa, esse carro vem. Não seria surpresa pra mim ele aparecer no Salão de São Paulo e ser feito aqui em 2017. E terá eixo de torção pois o europeu tem exceto nas versões Quattro.

        • Bugrezilla

          Tomara que venha, e que não demore. O Q3 é bonito mas já está meio datado, principalmente o interior com aquela tela retrátil que NÃO é elétrica (tem que empurrar com a mão pra guardar a tela, isso me tirou o tesão no carro). Já no A3 sedan é um show a parte você ligar o carro e ver a tela subindo, e ao desligar ver a tela descendo. Pode parecer frescura mas muda muito a percepção de modernidade do carro.

          • Humberto Ghirardello

            Concordo contigo, detalhes que fazem a diferença.

  • Guilherme Gimenes

    O veiculo passa a ser produzido no país, deixa de pagar um monte de impostos, e custa o mesmo?? que matemática eh essa? o consumidor que paga o custo da construção da fábrica? pensando assim, qual a vantagem de fabricar aqui? Essas fabricas possuem inumeras isencoes fiscais.. unica vantagem sao os empregos diretos e indiretos gerados..

    • Gustavo73

      A redução de preços veio antes. Ele custava mais de 140 mil no modelo básico.

      • Cyro

        tinha o 2,0 por 129k

    • Louis

      Só não comprar…

    • André Flandres

      Quem sabe o governo não tabela os preços, não é? E também não decide o desconto justo no preço de bens e serviços a cada vez que o fornecedor consiga cortar custos e ser mais eficiente?

      Tenho certeza que, se o governo decidisse essas coisas pelo mercado, rapidamente nos tornaríamos um país bem mais justo e com muito mais direitos, a exemplo de Cuba e da Venezuela.

      • Alligator

        Acho que o estafeta ai de cima julga desnecessária a industria nacional!!
        E o pensamento dele segue uma linha liberal

        • Tosoobservando

          O Chile nao tem industria nacional nessa area, e consegue ser melhor que o Brejil, a Australia nao vai ter mais industria tb, nessa area, e vai continuar sendo um dos países mais desenvolvidos do planeta. Renda per capita e salario minimo australiano sao maiores que dos Eua.

          • Alligator

            Cite apenas um país com mais de 50 milhões de habitantes 1/4 da população brasileira, que NÃO tenha industria automotiva!!!! Resposta: talvez exista algum país muito desenvolvido no continente africano que tenha essa característica!!!
            Ps: e no meu comentário eu não me referia apenas a industria automotiva

            • Tosoobservando

              Bangladesh, Myanmar, cito ate mais..

              • Alligator

                Belos exemplos……Todos ricos e desenvolvidos!!!…. que nem estradas possuem

                • Tosoobservando

                  Nao entendi a comparação, entao um país populoso tem de ter industria propria é isso? Nao consegue importar? Vc esquece que o Brasil so tem industria pq o governo as protege de concorrencia de fora. Tire hoje o protecionismo, amanha 80% delas vao fechar e trazer de fora, o restante vai tentar melhorar para disputar com produtos de fora. Infelizmente é assim que funciona e o governo sabe disso.

      • Tosoobservando

        Ele quer saber qual a real vantagem desse tipo de industria se tornar nacional para o consumidor final, e ele ta certo, nao existe vantagem.

        • Diria que pro consumidor talvez nenhuma ou poucos benefícios. Mas pro Brasil muitas vantagens. Um país que quer ser desenvolvido um dia precisa de um parque industrial forte e diversificado , assim como investir em turismo , sistema financeiro sólido e outros. Hoje temos muitas montadoras , e isso gera emprego e movimenta todo um setor como auto peças, financiamento dos veículos e por aí vai. Ou você imagina um país como EUA ou Alemanha tendo somente duas ou três montadoras.

          • Tosoobservando

            Temos mais montadoras mas 60% do parque industrial delas esta ocioso, nao vejo onde isso é vantagem, o Mexico sim tem uma politica exportadora boa, 80% do que produzem é exportado, ae sim justifica um parque industrial, e as montadoras aproveitam os subsidios. A politica industrial brasileira esta fadada a nao dar certo, tanto por se valer apenas do mercado interno, quanto por nao ser especializada, preferindo assim apenas atrair empresas de fora, aqui nao se cria quase nada.

  • Gustavo73

    O motor 1.8 já deixou de ser oferecido.

  • Marcus Vinicius

    A próxima geração do Audi Q3 feito sob a MQB essa sim vai ser nacional que esse atual Q3 é a versão restilizada do primeiro Q3 feito ainda sob a PQ 35 com muitas peças importadas !

    • Gustavo73

      Provavelmente ele todo é importado em CKD.

  • Adrian

    Sera que saiu mesmo o dsg de 6 marchas?

  • José Luiz Lourenço Junior

    Leve para casa um carro de R$ 127.000 sem ar condicionado digital! Vai dormir Audi!

    • Gavlan The BeerMaster

      Vai de C4.

      • Supernescau

        Eu iria, sem qualquer dúvida.

    • Lucas

      Tô vendo telinhas pra aferir temperatura, logo acima dos botões. Tem certeza que não é digital?

      • José Luiz Lourenço Junior

        Essa é a versão top, com todos opcionais. Na de entrada é mecânico e com o mesmo botão do Gol!

        • radiobrasil

          Um carro de quase 130 impeachments não ter ar bi-zone automático!? Pqp…

          • José Luiz Lourenço Junior

            Pois é, a famosa, economia porca!

  • Freaky Boss

    Comprem o golf Variant: mesmo motor (sem flex)), câmbio melhor (DSG), suspensão multilink, e custando $30 mil a menos. Fora o seguro e manutenção que são mais baratos!
    Ah, mas não é SUV…E vocês vão meter esse carro na lama mesmo??

    • ObservadorCWB

      Cara…..você falou um monte de verdades. Pena que a grande maioria não raciocine antes de assinar a papelada. Eu acho que justamente o 1.4 não casa nada bem com o Q3. Até uma Tiguan é melhor em motorização.

      • kravmaga

        Eu dirigi a Q3 com motor 2.0 de 170 cv e. embora ande bem, também não chega a impressionar em desempenho não.

        Já dirigi também o Golf com 1.4 TSI e não consigo imaginar como deve ser usar esse mesmo motor em um carro mais pesado e alto.

        • radiobrasil

          Q3 2.0 mesmo motor do Tiguan só que menos cv’s? Qual a lógica da VW-Audi?

          • kravmaga

            Diferenciação artificial, já que esse mesmo motor 2.0 TSI pode render 170/180 cv (usado no Q3 de entrada), 200 cv (Tiguan), 211 cv (Jetta/Fusca) e 220 cv (Golf GTI/Passat/Q3 top).

            Mas essa mesma safadeza é feita pela BMW e Mercedes p.ex. A Mercedes p.ex. C200 e C250 usam o mesmo motor, mas “tunado” de maneira que a C250 tenha mais potência.

    • Marcus

      A Variant não tem justamente o diferencial que você mesmo citou: não é SUV. Não adianta, meu caro. As peruas morreram. Até na Europa os SUVs estão tomando conta. E os próximos a morrerem serão os hatches médios. Aqui no Brasil já estão definhando. Basta comparar com os números de antigamente.

    • Louis

      Mas convenhamos, em termos de desenho, este Audi dá um banho no Variant…E nesta faixa de preço, design e status contam muito.

    • Minerius Valioso

      Também acho infinitamente melhor. A versão MT deve ser deliciosa ao volante.

    • FearWRX

      Eu sempre defendi as peruas e sempre irei, não por ser dono de uma, mas porque logicamente, são superiores em tudo aos Crossover. Tem praticamente o mesmo espaço interno, bebem (BEM) menos, tem muito mais espaço no porta malas e algumas são da mesma altura do solo que muitos crossovers, só não são altas, mas se “quer se sentir acima de todos” compra uma caminhão, k7.

      A única coisa que justifica a compra de um Crossover à uma perua é que eles tem mais altura e SÓ. Mamães e vovós adoram.

  • Bugrezilla

    Pessoal, a notícia contém duas informações erradas. O motor não é flex, continua sendo monofuel. E o câmbio não é o tiptronic, eles mantiveram o DSG 6 marchas. Verifiquem a fonte e corrijam a notícia.

    • Gustavo73

      O câmbio é o DSG7 e não o 6.

      • BillyTheKid

        Ué, no próprio configurador no site da Audi fala que o câmbio é “S tronic 6 velocidades”, ou seja, DSG6.

        • Gustavo73

          Quando foi lançado a versão 1.4 faram que seria o S-Tronic7 na 1.4 e a 2.0 a S-tronic6. Não olhei no site da Audi

        • Gustavo73

          Auto Esporte 2015 cjegada da Q3 com facelift.

  • oloko

    Só o a3 sedan é fabricado aqui? O hatch é importado?

    • Gustavo73

      Sim, importado.

  • Bruno Silva

    Achei estranho, porque o Q3 ainda usa a PQ35. Poderia ser fabricado junto com ajeita. Meio off-topic… Alguém sabe alguma loja que venda roda aro 24 no RJ??

  • Leonel

    Melhor parte “Os preços não tiveram alterações”. E adoram esse câmbio Tiptronic hein ?
    Inicial em R$130 mil, estou duvidando que o Q2, se vir nacional, começa abaixo dos R$100 mil já…

    • Gran RS 78

      A matéria está errada. O Q3 continua com o excelente cambio DSG, multilink traseiro e não é flex.

    • Gustavo73

      O Aisin também está nos BMW de tração dianteira. Se o HRV já beira os 100 mil imagine um Audi.

  • Tosoobservando

    Fico pensando como a VW é tola, vai produzir o Q3, ok, mas nao faz um Suv pra disputar com Renegade e HR-V? Acha mesmo que Crossfox e CrossUp tapam o buraco? Pq nao produzem tambem o Tiguan ou algum modelo abaixo?

    • Gustavo73

      O Tiguan concorre com o Q3,está acima de HRV e cia. Acaba de ganhar uma nova geração e deve vir do México aonde a VW pretende fazê-la para mandar para os EUA. Já foindito aqui no lançamento do Gol 2016 que a VWB irá fazer a T-Cross irmão do Q2. E talvez a T-Rock variação “coupé da Tiguan.

      • Tosoobservando

        Isso la pra 2020 ne…

    • kravmaga

      Tola nada. A Audi já está quase lançando o Q2 para competir com esses SUVinhos da Honda e Jeep.

      Mas, sinceramente, a Audi não deveria lançar SUV menor do que o Q3 na minha opinião pois o Q3 já não é lá essas coisas em espaço. Se fosse para lançar um SUV menor, deveriam lançar com a marca VW.

      • Tosoobservando

        Q2? kk nem o Audi A1 tem preço equivalente amigo, nao força.

      • Gustavo73

        Não se esqueça que a cada geração os carros crescem. A Q2 te o mesmo entreeixos da Q3 e portamalas do tamanho da Tiguan ainda oferecida aqui. Nada mal para um compacto. A Tiguan cresceu e a Q3 vai seguir a mesma linha.

  • Gran RS 78

    Pessoal do NA, a matéria está errada, pois segundo outros sites, o Q3 continua com o cambio DSG, suspensão multilink e o motor não é flex. Favor corrigir essa matéria.

  • Rodrigo

    Esse já é o Q3 com plataforma MQB?

    • Gustavo73

      Não, ainda usa a PQ35.

      • Rodrigo

        Valeu Guatavo!

  • Pedro Cunha

    É muito dinheiro por um “A3 de salto-alto”.