Audi Crossovers

Audi Q3 nacional começa a ser vendido e parte de R$ 142.990

audi-q3-2016-test-drive-NA (5)

Produzido na fábrica de São José dos Pinhais (PR) desde março, o Audi Q3 nacional acaba de fazer sua estreia nas concessionárias. A nova linha do crossover está disponível nas versões Attraction e Ambiente, ambas equipadas com um motor 1.4 litro TFSI a gasolina. A partir do segundo semestre, a marca vai oferecer a variante Ambition como opção mais cara da linha.

“O Q3, líder de vendas no segmento de SUVs premium no ano passado, é um modelo muito importante para a nossa estratégia de crescimento a longo prazo no Brasil. A produção nacional reforça nosso compromisso com o país”, afirma Jörg Hofmann, presidente e CEO da Audi do Brasil.

audi-q3-2016-20-tfsi-NA (9)

O propulsor do Audi Q3 rende 150 cavalos de potência, entre 5.000 e 6.000 rpm, e 25,5 kgfm de torque, entre 1.500 e 3.500 rpm, com câmbio S tronic de seis marchas e dupla embreagem (com paddle shifts) e tração dianteira, além de sistema start/stop. Segundo a Audi, o carro vai de 0 a 100 km/h em 8,9 segundos e alcança velocidade máxima de 204 km/h.

Entre os equipamentos, há ar-condicionado, bancos de couro sintético, sensores de luz e chuva, computador de bordo, freio de estacionamento elétrico, assistente de partida em rampas, faróis de xenônio com limpadores, banco do motorista com ajuste elétrico (uma novidade da versão naiconal) e sistema de som Concert com Bluetooth e entrada auxiliar.

audi-q3-2016-20-tfsi-NA (6)

A versão Ambiente agrega ar-condicionado automático de duas zonas, controle de cruzeiro, retrovisores externos rebatíveis com ajustes elétricos, espelho interno antiofuscante, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, entre outros. Como opcional, há o pacote Conforto (R$ 9,5 mil), que inclui teto solar panorâmico Open Sky, pacote iluminação e tampa do porta-malas com fechamento elétrico.

Confira abaixo os preços do Audi Q3 nacional:

Q3 Attraction – R$ 142.990
Q3 Ambiente – R$ 153.990
Pacote Conforto – R$ 9.500





  • Charlis

    Curioso…
    No A3, coloca o Tiptronic.
    Neste, que é em tese, é mais família e menos esportividade, coloca o dupla embreagem.

    • GPE

      Ia falar isso! Quanta falta de sentido

      • Debraido

        Sem contar que esse, em teoria, é feito para aguentar mais “porrada”. Os argumentos de um não servem para o outro?

        • Cristiano_RJ

          Isso é baboseira para quem quiser se deixar enganar. A substituição do DSG pelo Tiptronic foi puro e simples corte de custos.

          • PEDAORM

            Nesse caso do Golf, sem sombra de dúvidas.
            Mas não existe uma historia dessas? Cayenne e Touareg não utilizam os câmbios Tiptronic de 8 marchas em detrimento dos PDK/DSG por uma questão parecida?

      • Gustavo73

        Ele só é montado aqui, vejo o motor à gasolina.

        • Ainnem Agon

          Não se engane: já já vem o departamento de “Pesquisa&Desenvolvimento” da Audi Brasil pra “nerfar” também esse Q3… E cobrando mais caro!

          • Gustavo73

            O Q3 só deve virar nacional de fato na próxima geração. Que não deve demorar já que a Tiguan já está nelavom a plataforma MQB. Ai veremos o que vai acontecer. O A3 sedan perdeu o câmbio ea suspensão mas ganhou um motor mais potente e na época ficou mais barato.

            • Ainnem Agon

              Mas o que adianta motor mais potente com piora na suspensão e no câmbio?

              • Gustavo73

                Câmbio Aisin é ruim? Não bai fazer o carro andar? Suspensão por eixo de torção tornará o carro instável e inseguro? Acho que não, se não a maioria dos carros médios teriam problemas. Afinal só Civic e Focus e Jetta tem suspensão multibraços e alguns usam CVT. Imagine o novo Cruze/Astra c suspensão ppr eixo de torção e câmbio automático. Ou o Civic Type R atual com 300cv e o Megane RS 280cv. Claro que é um downgrade, mas se tivesse vindo com uma redução de preços não seria ruim.

        • GPE

          Mas o A3 tb só é montado aqui, não é?

          • Gustavo73

            Não e feito como o Golf VII.

    • Gustavo73

      Acho que ele só é montado aqui.

    • dallebu

      Um carro tão caro e veio sem Tiptronic e Eixo de torção, melhorias concedidas ao plebeu A3? Falta de respeito da Audi.

      Edit. Fui irônico ao extremo.

      • Artur

        Mas, pelo que entendi, o amigo está reclamando do A3 vir com Tiptronic, e não “incentivando” a Audi a colocá-lo também no Q3…

    • oloko

      Talvez por ele ser mais pesado que o a3, dai o cambio dupla embreagem para dar mais agilidade ao carro? Sei la tbm kkk

      • Cristiano_RJ

        Nada disso. O A3 2.0 Ambition também não recebeu câmbio tiptronic. A mentira deslavada da substituição do câmbio DCT pelo Tiptronic foi adaptação às condições brasileiras. Na prática, essa adaptação só ocorreu nas versões mais baratas do A3. por que será? Estão penalizando o comprador dos produtos mais caros?

        • PEDAORM

          Vale lembrar que caixa DSG7 a seco praticamente saiu de vez do mercado, acredito que só se mantém no A1 importado. Mesmo assim, ela ainda é muito superior ao DSG6 na minha opinião.

    • Cristiano_RJ

      Mas qual é o problema de um câmbio DCT em um automóvel de proposta familiar? O DCT é o câmbio que consegue reunir como nenhum outro o conforto das trocas imperceptíveis com a esportividade das trocas praticamente instantâneas.

      • Charlis

        Cristiano, sobre o câmbio, eu conheço bem a diferença, pois eu tenho ambos em casa.
        Não tem problema algum câmbio de dupla embreagem em uma SUV.
        Mas, como você mesmo disse, ele faz trocas com mais esportividade.
        Então, para o meu entendimento, seria mais obvio, o Audi A3 ter um câmbio de dupla embreagem, mas enfim, foi apenas um comentário.
        Por trás dos bastidores há 1 milhão de questões de logísticas, engenharia, estudos publicitários entre outros, e quem somos nós para julgar a gigante Audi, rs.

  • GPE

    Em que consiste esse pacote iluminação?

    • PEDAORM

      Salvo engano, Leds na lâmpadas de leitura interna, iluminação de cortesia em led no interior da cabine, e iluminação de cortesia em led embaixo dos retrovisores.

      • Marcos megdA

        Uma pena.. O Golf alemão de entrada ja vinha com todos esses leds de série

        • PEDAORM

          O Golf Highline que vinha, e ainda vem, mas no Q3 eu não sei.

      • Marcio Mariz

        É isto mesmo. Este pacote de luzes internas em LED que era de série no modelo Ambiente 2016, passou a ser opcional juntamente com o teto panorâmico e também abertura e fechamento elétrico do porta malas (pacote conforto). O modelo Attraction, tanto o 2016 quanto 2017 adotam luzes internas comuns.

  • Francisco

    Pague mais de 163K, para levar um Q3 1.4 somente com tração dianteira e sem nem ao menos uma câmera de ré!!!!

    • BillyTheKid

      Essas marcas de luxo são só uma desculpa pra cobrar mais por menos. É o “gourmet” automotivo. Tipo BMW 320i de R$ 160 mil sem piloto automático (!) e outras coisas que carros muito mais baratos possuem…

      • th!nk.t4nk

        Sim e não. Parte do custo extra é pela grife sim, mas grande parte é também porque estas marcas investem bem mais em P&D. São detalhes de projeto que à primeira vista não se vê, mas que fazem a diferença na durabilidade e na experiência com o carro. Alemão compra um carro desses e muitas vezes roda por 10 anos sem trocar (ou mais). É comum inclusive passar o carro pro filho, outra geraçao que vai rodar muitos anos. Se vê muito mais carro antigo na Alemanha do que no Brasil, entao o povo sabe valorizar um projeto de maior qualidade. E isso custa uma boa grana.

  • Franco da Silva

    Os preços andam tão ridículos que até achei bons esses aí…

    • Gran RS 78

      Eu continuo achando ridículo, pois quando o Q3 era importado era vendido na tabela por 126 mil reais e com as promoções se encontrava facilmente por 119 mil reais. O carro vira ” nacional” e os preços sobem. Não consigo entender essa matemática das montadoras.

      • LPolezi

        Esse preço era praticando a alguns anos atras, quando a inflação e o dólar estavam bem mais baixos.

        • PEDAORM

          Mas não era essa Q3, era uma com 2.0T e tração integral.

        • Gran RS 78

          Não a alguns anos atrás e sim no ano passado e no começo desse ano. Esse negocio que era por causa do dólar mais baixo etc, pra mim não cola, pois quando o dólar cai, os preços continuam subindo, e se levarmos em conta que esse modelo é ” nacional”, tinha por obrigação custar menos que o modelo importado.

      • Gustavo73

        Tem pelo menos 1 ano esse preço.

        • Gran RS 78

          Sim, e até no começo desse ano a Audi fez promoções como o Audi Open Hall, que esse modelo saia por 126 mil reais já com o IPVA 2016 quitado.

          • Gustavo73

            Esses eram 15/16.

            • Gran RS 78

              Sim, mas na hora da venda o que vale é o modelo do carro, portanto seria considerado um carro 2016.

      • cepereira2006

        Fora que o motor era o 2.0.

  • Gustavo73

    Ele é feito no Brasil ou “feito” no Brasil no sistema “CKD” ou ” SKD”. O câmbio não é o DSG7 à óleo ao invés do DSG6 à óleo?

    • Newton Freitas

      Parece que é igual ao A3 sedan, produzido no sistema ckd, assim como o cruze hatch e sedan.
      Série 3 da BMW também é CKD, só os eixos é feito aqui

      • Gustavo73

        O A3 sedan realmente é feito aqui inclusive o motor é o mesmo do Golf nacional 1.4 tsi flex. Já as BMW e Mini são CKD inclusive a suspensão.

        • Newton Freitas

          Só o Golf é feito aqui, o A3 na verdade usa a maior parte dos componentes importado da Alemanha/Hungria.
          As Bmw usa apenas o eixo.

          • Gustavo73

            O BMW e os Mini são feitos em CKD todas as peças importadas desmontadas, sendo montado aqui( talvez uma peça pu outra mais.simples seria nacional com vidros e rodas os. neus. A estamparia e suspensão do A3 são feitos aqui assim como o motor, alguns itens são importados isso é comum. No Golf também, como o câmbio Tiptronic eDSG/S-Tronic e o motor 2.0TSI vindos do México.

            • Newton Freitas

              As transmissões não vem da Argentina? Ou vem do México mesmo

              • Gustavo73

                Não vou bayer o.pé nessa questão. Mas a lógica diria México. No.México são feitos vários produtos da VW com o Tiptronic 6(inclusive o 2.0 8v vinha de lá) e DSG6. Fisca e Jetta são feitos exclusivamente lá e mandados para o mundo. O VW que vão para os EUA, usam o 1.8 Tsi ( uma redução do 2.0 tsi todos usam o Tiptronic. Fora as.versões mais apimentadas de Fusca, Jetta e Gol GTI, esses usam o DSG6. No México eles usam o DSG7 e o 1.4Tsi no Golf, Fusca e Variant
                Na Argentina nenhum produto feito lá usa o Tiptronic ou o DSG seja o 7 ou o 6.

                • Newton Freitas

                  Ah sim, entendi.

  • Mario

    Caríssimo!

    • th!nk.t4nk

      Dá pra comprar 2 Voyage top… Pensa bem no que seria caríssimo, proporcionalmente.

  • Bruno Silva

    Ué, cadê o 2.0? Continua sendo importado, está para ser nacionalizado ou não será mais vendido??

    • Gustavo73

      Nem esse 1.4 é nacional de verdade só é montado aqui.

  • Douwe

    Sem graça. X1 nele.

    • Gran RS 78

      O problema é que a versão ” de entrada” da X1 custa 166 mil reais, portanto são 23 mil reais de diferença de uma para outra.

      • Cristiano_RJ

        Por outro lado, leva-se um motor 2.0 turbo de 211 cv e não um 1.4 turbo de 150 cv.

        • Gustavo73

          192cv, mais aí a briga é com a Q3 de 180cv Quattro por 160 mil a X1 já está em 170 mil.

          • th!nk.t4nk

            Só pra jogar mais lenha na fogueira: O Q3 é mais espaçoso e beem mais confortável, além de mais econômico. É uma compra bem mais racional.

            • Gustavo73

              Mesmo frente a nova X1? A Q3 é maos espaçosa?

            • Gran RS 78

              Acho que vc se referia a antiga X1, pois a nova geração desse modelo está mais espaçosa. Concordo quanto a Q3 ser uma compra mais racional, especialmente pela diferença de preços dos dois modelos que chega a 23 mil reais a favor da Audi.

        • Gran RS 78

          Na verdade a X1 de 166 mil reais tem um 2.0 de 192cv, somente na versão top que a potência salta para 211cv, mas tbm ela custa assustadores 200 mil reais. O 1.4 tsi do Q3 tbm faz bonito, pois ele tem 150cv e 25,5 kilos de torque dando uma boa agilidade para esse modelo, mas claro que em comparação com a X1 2.0, ela perde em desempenho e retomada, mas como eu disse acima, são 23 mil reais de diferença.

  • Marcelo Amorim

    Ja andei num Ambition 2.0T,excepcional o desempenho!!Só achei proibitivo os valores de revisao e peças,como uma lampada do xenon origianal custar módicos R$2.700.Ter um alemao nao é caro,caro é mantê-lo.

    • Gustavo73

      A.lâmpada é o de menos, já que duram e muito. Mas um farol que pode quebrar com um a pedra lançada chega a custar 8/11 mil reais. Isso que já tem um tempo vomo o Classe A testado pela 4R. Seguro é imprescindível.

      • Marcelo Amorim

        Do meu amigo é 2014 e queimou.

        • Gustavo73

          Em tão pouco tempo? Nunca tinha ouvido falar. Até porque não tem filamento.

  • Leonel

    Esse carro não partia de algo próximo à R$120 mil não ? Mas também, colocam HR-V à R$100 mil, por que não esse Q3 (que não vale esse preço) por 140 né?

  • Leonel

    Esse carro não partia de pouco mais de R$120 mil ?

    • ObservadorCWB

      Custo DiLLma.

      • Leonel

        Eu chuto olho gordo e falta de bom senso junto, mas ok rs.

    • Matheus Cavalheiro

      Exatamente. Estive na CSS e já oferecem o nacional até por R$135 mil na prática. Entretanto, não me “desce” pagar esse valor sem ao menos ar dual zone, entre outros itens. Mas como citado aí, fica difícil com HR-V custando R$100. A verdade é que está faltando uma opção moderna dentro dessa faixa (R$120). ix35 custando R$127, não passa de um facelift da anterior.

      • Leonel

        É uma vergonha, isso sim. Sequer se compra pelo o que se oferece como um todo e sim pelo status de ter um premium, é nisso que se vende (claro, não tiro os méritos do carro, como motor, câmbio…).

        E o IX35 dispensa comentários né, é o Tucson nos EUA e aqui…deixa para lá.

        • Cristiano_RJ

          Só lembrando que aqui o Tucson, geração anterior do ix35, passou a ser posicionado na faixa dos crossovers compactos. O ix35, como crossover médio, está posicionado em seu segmento. Estratégia similar a GMB utilizou com seus hatches médios. Lançou o Vectra GT para brigar no segmento e “rebaixou” o velho Astra para brigar com os compactos “premium”.

          PS. Antes que eu seja criticado, eu não estou defendendo os preços do ix35 e nem dos demais concorrentes dele. Esse segmento em minha opinião é um estupro generalizado. A moda conveniente para as montadoras ampliarem suas já gordas margens de lucro.

  • LucianoNR

    Partia de 120 mil, nas promoções, mas na tabela batia nos 140K também. Em breve vem os descontos. Mas seu preço está condizente com a concorrencia. A X1 parte de 164K, sem teto, mas anda bem mais que esta Q3.

    • Gran RS 78

      Na verdade a Q3 na tabela era de 126 mil reais, mas com descontos vc comprava por 119 mil reais.

      • Gustavo73

        Tem tempo que esses preços já eeam. Ultimamente era 140 na tabela e se achava por 125 na css.

        • Cristiano_RJ

          Não entendo qual é a lógica de anunciar um carro 12% acima daquele que o mercado aceita pagar. Querem afastar o público das CSS?

          • Gustavo73

            É uma prática cada vez mais comum. BMW também tem agido assim. Não é incomum surgirem comentários de que na CSS o preço é menor.

            • Cristiano_RJ

              Comum sim, mas ilógica. Não sei qual é a “serventia disso”.

              Ah, dia desses vi a Autokraft anunciando o 120i Spot (versão de entrada) por R$ 120 mil (ou algo acima disso). Ou seja, cerca de R$ 30 mil abaixo do atual preço de tabela!

  • Mauro Schramm

    Como esse carro se compara com o CRV em espaço interno e porta malas?

    • Gran RS 78

      O CRV tem mais espaço interno e tbm no porta malas. Mas do resto, o Q3 é infinitamente superior ao CRV.

      • Gustavo73

        N tanto são 2cm a mais no entre-eixos, já na mala 129litros.

        • Gran RS 78

          Não é só nos centímetros que um carro consegue ser mais espaçoso que outro, pois a arquitetura interna tbm ajuda muito nesse quesito, e nesse caso é um ponto favorável ao CRV, pois tem piso plano traseiro, o cambio é perto do painel e o caimento do teto é mais reto e o modelo consegue aproveitar melhor o espaço interno em relação ao Q3.

          • Gustavo73

            Aí só testando os dois. Mas independente a diferença não deve ser gritante.

            • Gran RS 78

              Pior é que é Gustavo. Meu amigo tem um CRV 2012 e já entrei em uma Q3 e a sensação de espaço é maior no modelo da Honda.

              • Gustavo73

                Externamente dá essa impressão. Fiquei surpreso da diferença do entre-eixos ser pequena, mas “bund@” da CRV é maior.

    • Gustavo73

      No banco traseiro, a vantagem é pequena, por causa da distância entre os eixos parecida (2,62 m e 2,60 m, respectivamente). O porta-malas do Honda tem 589 litros – são 129 l a mais que o do Audi.

    • cepereira2006

      A sensação de espaço é bem maior na CRV. O Q3 é compacto.

  • Baetatrip

    Cade a 4Motion?
    Nem vai equipar mesmo?

    • Gustavo73

      Como tem na versão 2.0.

  • iamdix

    Quem diria …….comprar um 1.4 por 140,000 R$ ………..Brasil …um pais rico pelo visto…….

  • DarkWolf

    Sinceramente , acho esse caro muito sem graça

  • ####Carlao GTS

    Esse foi uma decepção quando topei com um na estrada ..o carro sumiu.”no retrovisor “

    • th!nk.t4nk

      Por que o povo acha que quem tem um carro mais caro precisa obrigatoriamente correr mais que os outros? E ainda se gabar de que deixou pra trás?

      • ####Carlao GTS

        Na verdade estávamos juntos. …

  • Miguel

    Vcs não acham que por 140.000 ele deveria vir com todos os equipamentos da ambiente? Não tem nem ar condicionado bi-zone? É isso?



Send this to friend