Audi Ecologia Montadoras/Fábricas

Audi revela que 2,1 milhões de carros diesel possuem software ilegal

audi-tdi

A Audi admitiu que vendeu 2,1 milhões de carros diesel com software ilegal, que adultera os dados de emissão de poluentes durante os testes de inspeção. Do total, 577 mil circulam pela Alemanha e outros 13 mil nos EUA.

Com isso, o escândalo envolvendo a Volkswagen, que admitiu ter adulterado 11 milhões de veículos, ficou ainda mais grave. A montadora de Wolfsburg perdeu um terço de seu valor em pouco mais de uma semana, desde que se descobriu a fraude em 482 mil carros nos EUA.

Vários países estão investigando a Volkswagen, inclusive o Brasil anunciou que vai investigar inclusive os motores flex usados pela marca no país. A empresa pode pagar até 18 bilhões de dólares em multas só nos EUA, embora tenha reservado 6,5 bilhões de euros para cobrir as despesas judiciais com os 11 milhões anunciados.

[Fonte: Terra]

Agradecimentos ao Matheus Marques da Silva.





  • Wald Queiroz

    FU…!

    • Rmx

      …DEU!!!

      • radiobrasil

        E sem K.Y…

        • T-800

          e com areia…

          • GREENPEACE

            • Mr. Bola de FOGO!

              Uhum, já sabia.

          • Rmx

            [Matthias Muller] Vai uma Hipoglos ai meine herr

            [Martin Winterkorn] Jaaaaaaa Bitte Bitte!!!

          • Romualdo Vieira

            ou com lasca de telha

          • Vagnerclp

            Com areia nada, com pó de pedra mesmo kkk.

            • Holandês Louco

              Não… com pó de vidro…

          • Daniel Marques

            e sem dó…

  • Daniel

    Iiiiiiiiiiiiiii rapaiz…

  • Rmx

    E mais 1,2 milhões de Skodas e xx SEATs.
    E ninguém fala nada do 3.0 V6 AUDI PORSCHE !!

    • radiobrasil

      Pois é.. Se for procurar em todas as marcas do grupo ferrou kkk
      E será que agora não vão procurar também nos motores a gasolina? Vai que tem truta neles tambem ?

    • vini_B

      O ICCT testou o A6 3.0 TDI e ele emitiu 22 vezes mais do que o anunciado, será que a Porsche tira esse software antes de introduzir em seus carros? Sei não hein..

  • Robinho

    eita o buraco é mais embaixo do que se pensa…vixi…sera que não tem outras montadoras com o mesmo esquema?

  • Bruno

    incrivel, com isso ainda estão em circulação os caminhões e aquelas picapes beberronas soltando tochas de fumaça.

    • Artur

      Mas isso é no Brasil. Aqui pode! :D

  • Henrique de Campos

    Vejo em outros blogs a galera dizendo que esse escândalo será esquecido assim que sanado, afinal a Toyota (que padeceu com um recall seguido do outro) continua em alta nos EUA. Que fique bem claro: Não sou “hater” de nenhuma marca, mas não sou defensor da Toyota: seus carros oferecem um péssimo custo X benefício aqui no Brasil, apesar de bons. O que “alivia” a culpa da montadora japonesa é que realmente haviam DEFEITOS nos componentes de seus carros, ao contrário daquilo que será o “calcanhar de Aquiles da VW”: má fé, o mais grave dos defeitos. Prevejo o plano de maior montadora do mundo para 2058.

    • celso

      ” (…) O que ‘alivia’ a culpa da montadora japonesa é que realmente havia defeitos nos componentes de seu carros…”. Dá pra especificar melhor a que esses ‘defeitos’ se referem ? Se se referirem ao caso de “aceleração involuntária” , você está redondamente enganado, já que esses defeitos nunca foram provados.

      • Henrique de Campos

        Das duas, uma: ou você vive em outro mundo ou não acompanhou a “variedade” de recalls que a Toyota sofreu. Sou muito bem informado, e sei que essa caso de aceleração involuntária (!) não foi o único problema da Toyota. Abraços

  • vini_B

    Acabei de ver essa noticia na TV, que vergonha dona Audi!!! Pode dar adeus à liderança do mercado premium.
    BMW e Mercedes-Benz comemorando a derrota da concorrência, to doido pra ver os comerciais maldosos da Lexus e principalmente Jaguar.

    • Andre Studart

      Pior que o trio alemão só tem a perder com isso, vide sua credibilidade.. inclusive o valor da bmw caiu em torno de 5% e da mercedes também.. mas o mercado é volátil, em pouco tempo deve ir retornando ao normal

      • vini_B

        Mercedes e BMW não tiveram suas imagens manchadas como a Audi, vão continuar com o seu público fiel e ganhando clientes que a Audi vai perder.
        Europeus são rígidos quando o assunto é poluição e americanos não gostam de serem enganados.

  • Tosca16

    Essa linha de motores se queimou geral agora, podem refazer do zero e abandonar essa sigla “TDI” por um bom tempo, quem sabe abandonar de vez .

  • Me impressiona o fato da intencionalidade nessa situação. Mas eles realmente acharam que ninguém ia descobrir a falcatrua em algum momento? Posso estar falando besteira, mas se a situação chegou a tal ponto , milhões de carros envolvidos e em vários países, com certeza já fizeram falcatruas anteriores em menor escala. Ninguém ia dar um golpe tão grande sem ter adquirido experiência em golpes menores. E falar que a diretoria não sabia é balela.

    • Tosca16

      eu sinceramente colocaria em xeque todos os atuais testes de emissões de poluentes e entraria com ação nos institutos que testaram tais linhas de motores e os aprovaram … Como é que órgãos sérios de diversos países são enganados por tanto tempo ? Quero saber se não tem conivência, muito estranho isso .

      • Edson Fernandes

        Como? Na bancada de testes (que é o que rola nessas situações) há um software. Somente agora decidiram testar com o veiculo rodando e medindo seu grau de poluição.

        Possivelmente os testes agora serão no rodar e não mais em bancada. (ou terão os dois)

        • Tosca16

          essa é a questão, não podem simplesmente por numa bancada e dizer que emite X; os testes perderam a credibilidade muito desde quê tais notícias bombaram … aí pelo que sei o mesmo software “matava” a potência dos motores, bom ninguém percebeu ? Bom, vão ter que melhorar muito os testes e se melhorarem pode ter certeza Edson que mais modelos e marcas hão de prestar seus devidos esclarecimentos .

          • Edson Fernandes

            Sem duvida. O problema é que testes de rodagem são bem caros. Exige do produto, dá mais manutenção e isso sai caro para o instituto que testa.

            Por isso o teste de bancada era o melhor dos mundos. Vc poderia simular N situações que agora terão de ser feitas no uso real.

            • Tosca16

              sinceramente deveria ser puramente cobrado das fabricantes, sem passar sem homologação; garanto que os testes por mais complexos que sejam não custariam muito em relação ao lucro das vendas, seria pesado se os órgãos independentes arcassem com tudo mas as montadoras muito bem poderiam arcar, valor X por categoria ou litragem como queiram. Marca A à Z, limites aceitáveis nesse mercado são X e os testes lhe custarão Y.

              • Edson Fernandes

                O problema é que alguem teria de pagar as contas. As fabricantes realizam testes, mas se cobrar tudo delas, elas repassarão ao consumidor todo o custo.

                • Tosca16

                  infelizmente alguém vai pagar a conta, mas creio eu que poderiam fazer uma política de compensação, como se alguns países não já fizessem as fabricantes… Edson eu sempre fui a favor de uma redução gradativa dos impostos; poderiam usar alguns testes como parâmetro. Veículos mais seguros, menos poluentes e de maior eficiência energética teriam descontos na carga tributária; e isso acabaria com a desculpa especialmente em mercados como o Brasil quê algumas categorias mais “baratas” é natural abrir mão de projetos mais modernos em detrimento do preço final e custos menores . Imagina só; veículos de maior consumo nas suas respectivas categorias tendo acréscimo de impostos pra compensar o consumo ruim; muitos fabricantes iam pra ontem melhorar suas linhas de motores . E se o veículo por exemplo de 5 estrelas no teste de colisão tivesse um decréscimo de X por cento nos impostos ? Será que não acabaria a desculpa de que é mais caro produzir um veículo seguro ? Agora pra implantar isso não é só terem boa vontade, tem que ter testes de altíssima confiabilidade também .

          • motstand01

            Cara, tudo isso que você disse é limitado por uma coisa: custo. Teste de rodagem é caro demais, seriam muitos recursos gastos pra resolver uma coisa que seria resolvida com ética, boa fé. Duas coisas que não existem no capitalismo selvagem em crise que temos hoje. Que a VW pague caro por sua fraude arrogante, pela cara de pau e propaganda enganosa.

            • Tosca16

              ética e boa fé é o que menos tem, infelizmente …

    • celso

      A Ford já utilizou expediente parecido em 1997, em uma Van.
      Foram 27,000 unidades com um programa que “dava uma mãozinha” quando os veículos eram submetidos a testes de emissão.

    • Deadlock

      Se vendesse só no Brasil, garanto que nunca seria descoberto…

      • Jonas Sales

        Eu também penso do mesmo modo que você….

  • Apopololo

    ihh rapaiz então o buraco é bem mais fundo em

  • Mario

    Acredito que não afetará os carros vendidos na banânia, porque aqui as regras de emissões são bem fraquinhas, além do diesel vendido aqui ser do século 19!!! Portanto, mesmo ‘chipado’, esse software da VW, aqui estaria dentro das ‘regras’.

  • Cyro

    Ainda bem que não tem Lamborghini a diesel

    • Rmx

      Ainda bem que quase ninguém tem Lamborguini senão a Gasosa do mundo já tinha acabado e tava todo mundo de flexis ou elétriCU!

  • Aldo Raine

    Isso ja estava computado dentro dos 11 milhões anunciados pela VW, isso que chamo de Noticia, da Noticia da Noticia…

    • Rmx

      Não estava! Segundo a Euro News devem entrar para conta mais 2 milhões de veículos comerciais leves, mais de 2 milhões de Auidis , mais de 1 milhão de Skodas.
      E os SEATs e o 3.0 TDI Porsche AUDI???

  • 1945_DE

    Pelo menos a solução é fácil. É só reprogramar e retirar o programa safado. O problema são os donos aceitarem o novo consumo que deve ficar bem pior.

    • Daniel dos Passos

      Por que vai ficar pior o consumo?

      • rafa93

        em função do ajuste do motor, assim, quando o carro fazia o teste ele ficava no modo normal, onde o motor era programado para trabalhar de maneira que os gases gerados seguissem em conformidade com as normas ambientais, mas, o problema é que fora isso o carro andava no modo economia de combustível que apesar de proporcionar um consumo mais eficiente, não gera o mesmo resultado aos gases gerados na combustão, poluindo muito acima do que as normas ambientais permitem.
        Isso é o que as notícias apresentam, a princípio lendo isso a Volkswagen eliminará esse modo fraudulento e os consumidores pagarão com uma piora no consumo do veículo.

        • Daniel dos Passos

          Quer dizer que pro carro poluir menos ele tem que gastar mais ou vice e versa?

          • Tosca16

            pelo que sei simplesmente o software limitava a potência dos motores para ter um índice aceitável nos testes, o que dá a entender que a reprogramação irá afetar não digo que o consumo, até acho que será o inverso, mas também perderão potência . Simples; igual as motos aqui ainda carburadas, motos de 125cc que tinham 12 ou 13cv caindo pra 10/11 e ainda perdendo torque simplesmente por que sem injeção eletrônica não passa à não ser prejudicando a potência . Eu mesmo peguei uma XTZ 125 2002 e depois uma mesma XTZ 2012/2013; ambas bem conservadas e amaciadas; mesmo motor mas com menos potência e torque na geração mais recente, na ficha técnica parece ser pouco mas na rua vc nota muita diferença, especialmente com garupa numa retomada de velocidade .

          • V8

            Nao fio…

            VW colocou esse software la… So p ver se alguem o descobria ! Kkk

          • Francisco

            É estranho mas é por aí. O principal problema nesses motores com o software “forjado” é que, em condições normais, emitem muito além do limite de gases do tipo NOX (NO e NO2). Uma estratégia para redução do consumo é trabalhar com uma mistura pobre durante a queima, entretanto, isso gera uma maior temperatura na câmera de combustão e facilita a reação que gera os óxidos de nitrogênio (NOX)

          • rafa93

            não sei se na prática seria isso para todos os motores, mas deu a entender que esse foi o problema da Volkswagen com as emissões de NOx na queima do diesel, talvez com outros gases não ocorra isso, seria até interessante uma matéria do portal acerca do tema.

      • V8

        Ha um motivo para eles “liberaram” os poluentes em regime normal de uso, nao acha ? Heheh

  • Henrique de Campos

    Com a possibilidade da comercialização de automóveis a diesel no Brasil (assunto que voltou à pauta no governo), o Brasil seria um “belo” destino para esses TDi. Basta a VW entrar na lambança da corrupção e dar um empurraozinho na liberação desse projeto. (ironic mode)

    Aqui não é preciso nem inspeção pra confirmar que muitos carros estão totalmente fora dos padrões. Basta ver aquele fumaça escura saindo do escapamento de muitos veículos que transitam por aqui.

  • Anderson Menezes

    Isso vai se transformar num efeito cascata. Primeiro o grupo VW depois as outras montadoras, pois todos devem ter adotado a mesma estratégia para burlar os níveis de emissões. Muita coisa ainda vai rolar nesse caso.

    • Murilo Soares de O. Filho

      Ao meu ver a única culpada ainda é a VW.

    • rafa93

      é uma situação plausível, porém, acredito que seja pouco provável que mais alguma montadora tenha tentado isso, provavelmente foi uma atitude do grupo Volkswagen para conseguir competir com as concorrentes bmw e mercedes que deveriam possuir um motor melhor, pois caso os motores deles já estavam na liderança em comparação aos concorrentes não haveria tal necessidade, ou realmente, esses mentores da volkswagen são malucos.

  • Baetatrip

    Brasil vai investigar motor FLEX?!
    Deveria dar zoiada na Amarok que e disesel!
    Pq vai olhar motores a gasosa se o diesel esta dando escandalo?!

    • EuMeSmObYmYsElF

      governo quer aparecer…

      • Baetatrip

        … Sem duvida!

    • rafa93

      o Ibama deve ter controlado o desmatamento na Amazônia, sobrou um tempinho para investigar o setor automotivo.
      piadas a parte, nosso governo está com uma credibilidade tão baixa que mal confiamos em suas atitudes, porém, não está fazendo mais do que sua função assim como outros países do mundo que foram enganados pela Volkswagen, ridículo seria se não revisassem os testes fraudados pelo sistema, provavelmente há uma desconfiança de que talvez a “tecnologia” flex possa sofrer do mesmo mal, porém, acredito que não haja nada de errado.

  • Rodrigo Alves Buriti

    Alguém lembra quando a VW lançou a propaganda do passat com o menino vestido de darth Vader, o greenpeace fez uma campanha contra a VW? Lembro pois me cadastrei em alguma coisa do greenpeace na época sobre isso. Se brincar faz uns 5 anos…. Tempo suficiente para ter parado o escândalo

    • Astron

      E na final do super bowl do ano passadp, o comercial mais caro do mundo.

      A VW fez um comercial retratando os engenheiros deles como anjos kkkk

      Tipo sendo muuito superior aos demais, deu do quê deu kkkk

      • Rodrigo Alves Buriti

        Vou meu histórico de e-mail, foi em 2011. (lembro que ainda era universitário)

  • Bruno Silva

    É Volkswagen… Agora que você vai ter que mostrar se é grande! No teste de fogo, a Toyota passou.

  • Ricardo

    Q merda hein! Quero ver a maior montadora do mundo recuperar a moral depois dessa!

  • Roberto

    A Vw vai continuar vendendo muito, fez caixa para pagar a multa, mas não esperava que a pancada seria tão grande, ou até esperavam, ninguém nunca sabe como funciona isso, o preço das ações caíram bastante, mas será que não tem alguém comprando elas pra futuramente vender na alta? Esse é o jogo em que nós consumidores somos espectadores e só. Seu morasse na Alemanha compraria ações da VW, como quem comprou da GM nos EUA ou da Toyota. Não é só no Brasil que as pessoas tem memória curta.

  • Miguel

    Dona Volks tá ferrada!

  • Aires Jone

    Puxa, que escândalo! Parece me que a suiça ou suécia vão interditar a comercialização dos carros da VW.