Home Marcas Ford Avaliação completa da Nova Ford Ranger 2013

nova ranger 2013 fotos avaliacao 2 Avaliação completa da Nova Ford Ranger 2013




As picapes médias estão mais asiáticas do que nunca. Com os europeus ainda menos afeitos ao segmento por conta da crise e o desinteresse dos norte-americanos por picapes “pequenas”, as novidades começam a vir do lado oriental do Pacífico. A Chevrolet fez isso com a S10 – lançada primeiro na Tailândia –, e agora a Ford trouxe a nova Ranger, depois de testada pelos australianos.

Agora chamada de “global” – ainda que não seja mais vendida nos Estados Unidos – , ela custou US$ 1,1 bilhão para ser desenvolvida e tem a missão de vender bem nos 180 países onde será comercializada. O modelo deixou para trás as linhas e plataforma antigas – ainda da primeira geração, de 1993 – para dar lugar a um projeto inteiramente novo.

Segundo a marca, os oito meses que separaram o lançamento mundial da Ranger nos países de origem e no Brasil foram em função da demora na atualização da fábrica de General Pacheco, na Argentina. O visual foi pelas mãos dos australianos. A nova Ranger em nada lembra aquela picape “quadradona”, inspirada nas Ford F-150 dos anos 90. A linha de cintura alta, junto com a frente imponente formam um belo conjunto.

nova ranger 2013 fotos avaliacao 1 Avaliação completa da Nova Ford Ranger 2013

O perfil ficou mais esportivo, com o parabrisa bastante inclinado, que contribui para a aerodinâmica. No para-lama, uma falsa saída de ar esconde o acesso ao “tanquinho” das versões com motor flex. Nem mesmo o quase exagerado uso de cromados nas versões topo XLT e Limited tiram a atenção dos traços robustos e elegantes. A mais cara traz um santantônio estilizado, que acompanha as linhas e completam o ar esbelto da picape.

Sob o capô, motores totalmente novos. A versão a gasolina e etanol ganhou o 2.5 16V Duratec usado no Fusion, mas retrabalhado para fornecer até 173 cv com combustível vegetal. O torque chega a 24,7 kgfm. Ele irá empurrar as versões XLS, XLT e Limited com cabine dupla e XLS com cabine simples, todas sempre com câmbio manual de cinco marchas.

No entanto, a maior novidade é o motor diesel. Trata-se de um novo 3.2 litros de cinco cilindros em linha, produzido na Argentina, com 200 cv e 47,9 kgfm de torque, também disponível em todas as configurações. Junto, novos câmbios de seis marchas  – manual para XLS e XLT e automático para XLT e Limited.

nova ranger 2013 fotos avaliacao 3 Avaliação completa da Nova Ford Ranger 2013

Além deles, ainda há um novo 2.2 litros diesel com 125 cv reservado à versão XL – com cabine simples, dupla, ou apenas chassi, destinada a frotistas. Tração integral com acionamento eletrônico, apenas com motor diesel. O “pulo do gato” da nova Ranger é a injeção de tecnologia a bordo.

A Ford não economizou em itens de segurança e comodidade para fazer frente às versões topo da concorrência. A Ranger Limited, tanto diesel quanto flex, trazem de série airbags frontais, laterais e de cortina, sensores de estacionamento, câmara de ré, GPS integrado ao painel, bancos em couro e rodas de 17 polegadas.

Além deles, controle de estabilidade, tração com funções de assistente de partida em aclives e controle de velocidade em descida fazem parte da extensa lista. As versões mais simples perdem um pouco do arsenal – a XLT ainda mantém o ESP com todas as funcionalidades.

nova ranger 2013 fotos avaliacao 4 Avaliação completa da Nova Ford Ranger 2013

Todas, desde a XL, trazem airbag duplo, ABS, travas e vidros elétricos, direção hidráulica e ar-condicionado. A Ford também quis transformar os preços em mais um elemento de vendas. Eles começam em R$ 61.900 na XLS flex cabine simples e vão até os R$ 130.900 da Limited cabine dupla com motor diesel e câmbio automático.

Ponto a ponto

Desempenho – Os 200 cv do 3.2 Duratorq mal sentem os 2.198 kg da Ranger. Há disposição de sobra para empurrar a picape com decisão. No fora-de-estrada, os 47,9 kgfm de torque disponíveis já a 1.750 rpm ajudam bastante a escalar trilhas e caminhos difíceis. As acelerações são decididas e o propulsor mostra fôlego para encarar asfalto e terra com a mesma desenvoltura. Em usos menos severos, se mostra suave e trabalha em silêncio com boa reserva de potência. Nota 8.

Estabilidade – O acerto de suspensão é dos melhores. Os amortecedores copiam bem a superfície e filtram bem os solavancos. Mesmo na terra, a carroceria rola pouco e o motorista tem sempre pleno controle da Ranger. No asfalto, o centro de gravidade alto não perdoa e o modelo inclina, mas ainda assim longe de transmitir alguma insegurança. Em velocidade de cruzeiro na casa dos 120 km/h, a Ranger se mantém incólume. Nota 8.

Interatividade – O interior da Ranger lembra muito o de um carro de passeio. Os comandos estão à mão e têm fácil operação. Mesmo o sistema de som, com entradas USB e Bluetooth, possui teclas grandes e uso muito simples. O console alto aproximou do motorista itens como o seletor da tração e a alavanca de câmbio, que facilita bastante o manuseio. É fácil achar uma boa posição para dirigir, mesmo com o volante sendo ajustável apenas em altura. Nota 7.

Consumo – A Ford fala em cerca de 12 km/l de média para o motor diesel. O InMetro ainda não tem medições da versão. Nota 7.

nova ranger 2013 fotos avaliacao 5 Avaliação completa da Nova Ford Ranger 2013

Tecnologia – Ponto alto da nova Ranger. O motor 3.2 diesel é totalmente novo, com cinco cilindros e turbo variável. Além dele, a plataforma também é inédita. A marca ainda recheou a picape com itens importantes como airbags frontais, laterais e de cortina. O controle de tração e estabilidade também segura a picape em descidas íngremes e ajuda na hora de arrancar numa ladeira. Para estacionar, uma câmara de ré que projeta imagens no retrovisor interno facilita o trabalho. Nota 9.

Conforto – O modelo surpreende e se mostra bastante confortável, mesmo com rústicos feixes de mola na suspensão traseira. A caminhonete pula pouco e o rodar é macio. O ambiente a bordo também é agradável e silencioso graças ao bom isolamento acústico e de vibrações. Os bancos são confortáveis e há espaço suficiente no banco traseiro. Nota 8.

Habitabilidade – A Ranger é muito bem fornida de porta-objetos. Não faltam nichos para guardar garrafas e outros itens. As portas grandes facilitam o entra e sai do modelo e ninguém deve reclamar de aperto. O interior teve o espaço bem aproveitado, com um vão amplo para as pernas de quem viaja atrás. Nota 7.

Acabamento – Para uma picape, a nova Ranger é muito bem acabada. Os materiais são de boa qualidade, assim como os encaixes. O interior consegue exalar uma atmosfera de razoável requinte, mesmo com plástico rígido em algumas partes. O isolamento acústico é eficiente, já que pouco se ouve o motor trabalhar. Nota 7.

Design – A mudança definitivamente caiu bem ao modelo. As novas linhas são muito bonitas e harmônicas. A enorme grade dianteira cromada dá uma ótima impressão de robustez, confirmada pela linha de cintura alta e ascendente. É uma picape elegante, mesmo com os apliques cromados na carroceria e logotipos em alto relevo. Nota 9.

Custo/beneficio – A Ford aposta alto no bom custo/benefício da Ranger. Tanto que posicionou a versão topo Limited com motor diesel e câmbio autmático no mesmo patamar que as concorrentes, mas entregando um pacote mais completo de equipamentos. Por R$ 130.900, ela vem com seis airbags, ar-condicionado automático de duas zonas e controle de estabilidade. A intermediária XLT – de R$ 120.400 com câmbio automático – perde GPS e os airbags laterais e de cortina, o que a deixa equiparada a Chevrolet S10 LTZ e Volkswagen Amarok Highline, que custam respectivamente R$ 130.840 e R$ 134.500, quando equipadas à altura da Ranger XLT. Nota 8.

Total – A Ford Ranger Limited 3.2 somou 78 pontos em 100 possíveis.

nova ranger 2013 fotos avaliacao 6 Avaliação completa da Nova Ford Ranger 2013

Primeiras impressões - Bravura indômita

Salta/Argentina – No trajeto organizado pela Ford nos arredores de Salta, no Norte da Argentina, a Ranger mostrou muita valentia. A picape recebeu um ótimo acerto de suspensões, que deixou o rodar muito confortável – ponto alto do modelo. Mesmo sobre caminhos tortuosos fora do asfalto – como pedregosos leitos de rios, foco do percurso –, ela se mantém estável e trata muito bem os passageiros.

Não “chacoalha” tanto como normalmente acontece em picapes médias. Certamente parece ser menor que seus 5,35 metros de comprimento. Ao volante, não chega a ser o sedã de luxo que a Ford propagandeia, mas, como picape, a nova Ranger vai bem. E oferece uma boa posição de dirigir, muito próxima à de um carro de passeio.

O painel da versão topo Limited é bem completo – inclui ainda um GPS integrado, mas que merecia uma tela maior que a de 5 polegadas instalada – com botões grandes e fáceis de usar numa interface bastante intuitiva. O visual interno lembra o do New Fiesta, mas com menos extravagância. Atrás, dois passageiros se encaixam sem dificuldades e são surpreendentemente bem recebidos, com acomodações razoáveis e que não cansam mesmo após um par de horas sentado ali.

nova ranger 2013 fotos avaliacao 7 Avaliação completa da Nova Ford Ranger 2013

O acabamento é bom e os materiais são de qualidade. Como o couro que reveste bancos e parte das portas. Apesar de algumas peças mais expostas serem em plástico rígido, elas não denotam pobreza e contribuem para o ar de robustez da nova Ranger. Os encaixes são bons e nada faz barulho, ainda que o uso intenso por estradas mal pavimentadas possa cobrar um preço.

A maior estrela da nova picape, no entanto, é o motor diesel de cinco cilindros e 3.2 litros. Com saudáveis 200 cv e 47,9 kgfm de torque entre 1.750 e 2 mil rpm, o propulsor não demonstra dificuldades para carregar as mais de duas toneladas da picape cabine dupla.

A entrega de força é bem linear e o funcionamento suave, o que realça o eficiente trabalho da marca no isolamento acústico e de vibrações para o interior. O câmbio manual de seis marchas merecia engates mais precisos, mas junto com a embreagem leve, tem acionamento correto e alavanca muito bem posicionada – curta e próxima à mão do motorista.

nova ranger 2013 fotos avaliacao 8 Avaliação completa da Nova Ford Ranger 2013

Ficha Técnica – Nova Ford Ranger 2013

Motor 3.2: Diesel, dianteiro, longitudinal, 3.198 cm³, cinco cilindros em linha, turbo, quatro válvulas por cilindro e sistema de abertura variável de válvulas. Injeção direta e acelerador eletrônico.

Motor 2.5: A gasolina e etanol, dianteiro, longitudinal, 2.488 cm³, quatro cilindros em linha, quatro válvulas por cilindro e sistema de abertura variável de válvulas. Injeção eletrônica multiponto e acelerador eletrônico.

Motor 2.2: Diesel, dianteiro, longitudinal, 2.184 cm³, quatro cilindros em linha, quatro válvulas por cilindro, turbo e injeção direta. Acelerador eletrônico.

Transmissão: Câmbio manual ou automático com seis marchas à frente e uma a ré. Tração traseira, integral por acionamento eletrônico e reduzida. Oferece controle de tração. (Câmbio manual de cinco marchas à frente e uma a ré. Tração traseira. Sem controle de tração nas versões com motor a gasolina e etanol.)

Potência máxima:  200 cv a 3 mil rpm (Motor 2.5: 168 cv com gasolina e 173 cv com etanol a 5.500 rpm. Motor 2.2: 125 cv a 3.700 rpm).

Torque máximo: 47,9 kgfm a entre 1.750 e 2.500 rpm (Motor 2.5: 24 kgfm com gasolina e 24,7 kgfm com etanol a 4.250 rpm. Motor 2.2: 32,0 kgfm entre 1.500 e 2.500 rpm.).

Diâmetro e curso: 89,9 mm X 100,7 mm. Taxa de compressão: 15,5:1 (Motor 2.5: 89,0 mm X 100,0 mm. Taxa de compressão: 9,7:1).

Suspensão: Dianteira independente com molas helicoidais e amortecedores a gás. Traseira com eixo rígido, feixes de molas e amortecedores a gás. Barras estabilizadoras na frente e atrás. Oferece controle eletrônico de estabilidade.

Pneus: 265/65 R17.

Freios:  Discos ventilados na frente e tambores atrás. ABS, EBD, assistente de frenagem de emergência e controle de frenagem em curvas.

Carroceria: Picape com carroceria sobre chassi, com quatro portas e cinco lugares. Com 5,35 metros de comprimento, 1,85 m de largura, 1,84 m de altura e 3,22 m de distância entre-eixos. Airbags frontais, laterais, para os joelhos dos ocupantes dianteiros e do tipo cortina.

Peso: 2.198 kg.

Capacidade da caçamba: 1.180 litros.

Tanque de combustível: 80 litros.

Produção: General Pacheco, Argentina.

Lançamento mundial: 2012.

Itens de série da Nova Ford Ranger 2013:

XL: Ar-condicionado, direção hidráulica, vidros, travas e retrovisores elétricos, computador de bordo, freios ABS, rodas de aço de 16 polegadas;

XLS: adiciona para-choques e retrovisores na cor do carro, rodas de liga-leve de 16 polegadas, som com CD/MP3/USB/iPod com tela LCD de 4,2 polegadas (adiciona airbags frontais apenas com motor diesel)..

XLT: adiciona à XLS rodas de liga-leve 17 polegadas, volante multifuncional, ESP com Hill Holder e controle de descida, ar-condicionado automático de duas zonas, controlador de velocidade de cruzeiro, vidros elétricos com acionamento por um toque, grade dianteira, capas dos retrovisores e estribos cromados;

Limited: adiciona à XLT rádio/CD/MP3/USb/iPod/Bluetooth com tela de 5 polegadas, GPS, bancos dianteiros com ajustes elétricos, airbags laterais e de cabeça, sensores de estacionamento, sensor de chuva e crepuscular, santantônio esportivo e câmera de ré.

Preços da Nova Ford Ranger 2013:

XL cabine simples diesel: R$ 77.900

XL cabine dupla diesel: R$ 92.500

XLS cabine simples flex: R$ 61.900

XLS cabine dupla flex: R$ 67.600

XLT cabine dupla flex: R$ 75.500

Limited cabine dupla flex: R$ 87.500

XLS cabine simples diesel: R$ 97.900

XLS cabine dupla diesel: R$ 106.900

XLT cabine dupla diesel manual: R$ 114.900

XLT cabine dupla diesel automática: R$ 120.400

Limited cabine dupla diesel automática: R$ 130.400.

Por Auto Press


  • http://www.youtube.com/watch?v=ifp3L0xYmF4 lucrobrasil_desisto

    O motor mais forte da categoria, e tambem o mais seguro. Na versão top de linha é o campeão disparado.

    0-100 = Teste jornal Folha de S. Paulo
    Ford Ranger = 7,4s
    Toyota Hilux = 11,7s
    VW Amarok = 11,7s
    Chevrolet S10 = 12,1s
    Nissan Frontier = 12,5s

    Eu estou achando esse 7,4s rapido demais….

    • Sr_Wilson

      isso da pra se discutir, pois se você ver a curva torque e potencia dela contra a S10, verá que apesar de maior potencia a faixa de potencia alta da ranger é menor, ela tem um pico de potencia, já a S10, apesar da potencia menor a faixa em alta potencia é maior, isso é, a potencia da ranger é maior que a da S10 entre 2500 e 4000 rpm fora dessa faixa a S10 ganha.

      Como hoje falamos em cambio AT de 6 marchas, a ranger leva uma ligeira vantagem sobre a S10, mas se fossemos usar os cambios de 4 marchas, ai eu preferia a S10… Pra cambio mecânico eu prefiro a S10 ainda, pois odeio carro com baixa potencia em baixo giro, pra você sair num morro parece que você não sabe dirigir, ou enche o motor ou morre o carro…

      Acrescentando, esse 7,4s só pode ser erro, menos de 10s acho impossível…

      • giodoesitbetter

        7,4s é meio absurdo mesmo. O que é isso? Pagani Ranger?

        • RicardoSuroieck

          Com o altíssimo torque do motor a Diesel até dá viu.
          Mas na gasolina o 0-100 deve ficar na faixa dos 12 segundos com certeza.

    • ctnmartins

      Um motor monstro desses e dão uma nota 8 pra ele! Se o melhor da categoria leva 8, imagine o pior…

      • nightwishjp

        Incrível essas avaliações. Você viu eles falarem mais de algo quando da as notas? E depois simplesmente da um 7. Nam.

        • bourgelat

          Sem noção, totalmente contraditório. Parece querer falar mal, mas expressa apenas em números. Outra, observei um pequeno deslize na evolução, não há freios a disco traseiros.

          • nightwishjp

            Rapaz, qual o que tem disco na traseira? Todos os que eu olhei não trazem essa opção.

      • Sr_Wilson

        o motor é realmente muito bom, mas não chega a ser disparado o melhor da categoria, nota 8 ta bom demais…
        pode ter certeza que esse motor está super dimensionado, só esperando a hilux nova daqui uns dois anos pra meter uns 240cv nesse bloco… pois não é possível um 5 cilindros 3.2 da ford internacional cheio de tecnologia render só isso de potencia.

        • ctnmartins

          O que me chama a atenção é o avaliador dizer que: "A maior estrela da nova picape, no entanto, é o motor diesel de cinco cilindros e 3.2 litros. Com saudáveis 200 cv e 47,9 kgfm de torque entre 1.750 e 2 mil rpm, o propulsor não demonstra dificuldades para carregar as mais de duas toneladas da picape cabine dupla.
          A entrega de força é bem linear e o funcionamento suave, o que realça o eficiente trabalho da marca no isolamento acústico e de vibrações para o interior"
          Ao mesmo tempo que dá um 8 pro motor, dá 9 em itens "menos estrela" que o motor.

          Quanto à sua comparação com um futuro motor da Toyota, fico me perguntando o que isso tem haver com a nota de desempenho da ranger… afinal estamos falando da avaliação de uma pickup ou de um comparativo baseado em "futurologia achológica"?

          • Sr_Wilson

            Futurologia achológica?? bom se não for isso e o motor da ranger merecer 9 segundo você, o da S10 merece 10 ou até uma categoria especial, afinal mesma forca com 1 cilindro a menos e 0,4 litros a menos mantendo consumo semelhante… deveria ter até premio para esse motor GM….

            pesquisa ai sobre a curva de torque e potencia da S10 e ranger e veja que essa capacidade para levar as duas toneladas, força bem linear e trocas suaves e demais baboseiras se dá pelo belo cambio 6 marchas AT que está nessa viatura que exclusivamente pelo seu motor.

            • ctnmartins

              Deixa eu ver se entendi…
              A Ranger é significativamente mais pesada que a S10, é mais rápida, tem melhor retomada, é mais econômica, disponibiliza torque na faixa de uso mais comum e ainda assim é inferior ao motor da S10?
              Supondo ainda que, o que dá melhor desempenho é o fato de a Ranger usar câmbio automático de 6 marchas e a S10 não, se compararmos as duas com câmbio mecânico, a S10 vence fácil né?
              Por isso que eu gosto do NA, mesmo quando as reportagens são falhas, sempre vem um cara engraçado envia um piada pra divertir a turma…

        • nightwishjp

          Cara, se ele não é o melhor da categoria, qual é? Porque ficou claro que a Ford montou esse motor para que ao mesmo tempo ele tivesse potência e torque para levar a pick up sem esforço, suavizou e muito seu trabalho para que o som do motor não fosse aquele típico som de motores diesel que incomodam tanto em viagens.

          Esse bloco ainda irá render muito mais. Veremos nos próximos anos a sua potência sendo aumentada sem precisar ser construído um novo bloco.

        • DanieldeBotas

          O ford sempre usou motores maiores para poder subdimensionar um pouco e ganhar em vida util e confiabilidade. É a msm receita do bloco da HILUX. o power Stroke da antiga geração em outros paises chegava a ter 220 cavalos, so mudando a programação.

    • DougSampaNA

      torque é isto aqui, o resto é poney….
      Digite o texto aqui![youtube yRXOGoJgS0Q&feature=related http://www.youtube.com/watch?v=yRXOGoJgS0Q&feature=related youtube]

    • rdassis

      Acho engraçado certos camarada fazer comentarios e comprações de 0-100 pra pickup diesel, nada a ver, é a mesma coisa que comentar se um Mustang aguenta carregar mais peso que um Camaro !!!!

    • Y07

      É pick-up ou carro esportivo?

      Se bem que ela tem 20cv a mais do que a antiga S10 4.3 V6.

    • marcelo_ricardo

      Se for o cambio de dupla embreagem pode chegar perto disso sim…

      Acho que uns 9s, mas 7.4 é estranho mesmo.

    • RMN14

      7,4? Certeza? Isso é igual um Civic SI…..acho que tem coisa errada aí…eu acho que é uns 11 baixo…

    • Gauchodoido1

      Não em relação ao seu comments, mas a uns que li, gurizada pare com essas cachaças, teve um vivente dizendo que a F-150 é do tamanho dessa nova ranger, PQP!
      Brasil, esse Brasil…. temos de ter a consciência de que só vem o refugo pra nós, essa nova s10 que todos estavam babando o ovo nela,nos EUA País Origem da fabrica, ela se Chama Colorado, e ja foi reformulada o modelo, a F150 atual dos EUA 3 milhoes de anos Luz na frente da Nossa F250, é uma Baita camionete, porem tem a linha super duty, que é F250 e F350 nos EUA, que brigam a Chevrolet Silverado 1500.
      Uma Coisa é fato, Uns 300 aqui falando mal da nova ranger, desses 300, 5 ou 10 tem condicoes de ter uma, e não ficam denigrindo a imagem.
      Infelizmente nos seus paises de origem são elaborados os melhores carros, e etc..
      Alguém ja ouviu falar em volt da chevrolet, ou C-max da ford, ou auris da toyota ou phaeton da VW…
      Infelizmente as coisas boas não vem pro BRESIL, pq não teremos capacidade de manejar tal maquinas.
      E Enquanto não temos uma FABRICA NACIONAL DE VEICULOS, VAMOS COMPRANDO E DEIXANDO RICOS ESSES GRINGOS, MAL SABENDO QUE A LEXUS
      É UMA JOGADA DO GRUPO TOYOTA, EITA MEDIOCRIDADE……CARNAVAL BRESIL!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Henrique

    Uma boa picape, mas é muita sacanagem da Ford achar que ela pode substituir a F-250.
    Traz logo a F-150 pro Brasil e acorda desse sono eterno Ford!

    • MarlonJean

      a F-150 é do tamanho da nova Ranger, por isso não vão vender a Ranger no EUA e nem trazer a F-150 para os países onde vão vender a Nova Ranger, mas a F-250 eles podiam trazer para brigar com a Dodge Ram !

  • Rayldo

    Se a Ford melhorar atendimento e condições de revisão dos veículos, pode ter certeza ->>>>> LIDER !

  • Mahiki

    Pelo preço o melhor custo-benefício da categoria, agora esse escrito RANGER na traseira eu achei bem desnecessário!

    • Pedro_Rocha

      Como estamos no Brasil, segue a inspiração: https://www.rolo4x4.com.br/upload/anuncios/38255_

      • BlueGopher

        Boa!
        Bons tempos da F-75…
        Bela evolução técnica!

        • Pedro_Rocha

          Evolução técnica era a do OVNI que meu pai avistou dirigindo uma dessas. Particularmente, acho que devia ser um Elantra flutuante (estilo trem-bala) em testes pela Hyundai. =D

          • fmarcanzoni

            Tenho uma F75 em casa, pelo ano fabricada, falta de tecnologia, é uma ótima caminhonete, e pra dar uma volta nos FDS hehe!!

    • brunoxeca

      Combina com o futuro "Barretesão"

    • Sr_Wilson

      o que acho ridículo é esse santo antônio estilo xuning que não deve aguentar nem tubo de PVC

  • Pedro_Rocha

    Gosto não se discute, mas 131K numa picape CD TOP para passear?! A grande maioria dessas picapes TOP nunca usarão sequer o 4×4 (como meu primo, que saiu de uma Hilux para um Corolla porque só andava na cidade e sofria para estacionar). Grande por grande para rodar em asfalto, sou mais um sedã grande, tipo Cadenza ou 508.

    • THX

      Apoiado! hh…

      Tenho um Fusion e deixo na funilaria do meu irmão pelo menos uma vez por trimestre pra tirar raladinhos e arranhadinhos. Na maioria dos casos feito por terceiros em estacionamentos de supermercados, shopping, rua, motoboy, etc…Imagina uma Ranger desta?

      • RicardoSuroieck

        Dependendo das ruas e avenidas e até em algumas rodovias, as faixas são muito estreitas. Os nossos carros mais largos sofrem. Eu também sofro com o meu Passat. Sempre alguém tira fina.

        • giodoesitbetter

          Dois bons exemplos são a Avenida Sumaré e a Avenida Interlagos, em São Paulo. É impossível ficar ao lado de uma picape dessas nesses locais.

        • Edson Roberto

          Lendo o que vcs dizem, eu vou considerar isso quando pensar na possibilidade de troca de meus carros (um hatch compacto e outro hatch médio).

          Pelo jeito, vou acabar continuando com hatches para não ter esse sufoco. Espero que até lá, modelos hatch tenham mais conforto, segurança e itens para o conforto.

          • msouza91

            cara, já vi gente acertando Fiat 500 em vaga de supermercado…

          • THX

            Triste mas é uma grande verdade…

            …Comentei isso no post do Jetta TSI 2013: fiz o td (no 2012) e estou quase 100% dentro da ideia do "DOWNSIZE" ao contrario de muitos nao acho que sera um "DOWNGRADE"…ele baixou uns 9k. O que vai pesar será como vão avaliar o meu…

    • RicardoSuroieck

      Tem muito empresário e fazendeiro do interior que acaba usando viu. Mas não sei até que ponto são maioria ou não. A maioria acaba comprando as versões de entrada mesmo.
      E sem dúvida para a cidade, e mesmo para quem gosta de viajar em rodovia, o ideal é um bom sedã ou mesmo um bom hatchback. Esses carros grandes e altos demais penam na lentidão e excesso de veículos do trânsito urbano e não tem desempenho seguro nas estradas e curvas em altas velocidades.

      • bourgelat

        Com certeza é uma verdade. Acrescento, melhor dos dois mundos seria um SUV.

    • giodoesitbetter

      Exato. Quer conforto, compre um sedan. Quer potência, compre uma RAM por 20 mil reais de diferença

      • DaniloSouza

        Ram, um modelo com bastante segurança mesmo. Além de capotar com facilidade, se capotar, considere como perdida sua vida. Pesquisa na net para você ver. Fora que eu saiba a Ram ainda ficou mais cara.

    • EL_Loco13

      Na verdade vc tem que analisar que regiões compram mais esse tipo de carro. Na região Norte/Nordeste se vê muito esse tipo de veículo rodando nas zonas urbanas por conta das condições de asfalto tanto na cidade qnt na estrada serem muito ruins. Não é apenas pelo 4×4. Quem mora numa região que permita circular tranquilo com sedãs mais caros, ótimo. Mas tem regiões que isso é inviável.

      • bourgelat

        Verdade comprovada aqui em Fortaleza. Mas, vejo que estar havendo esta migração para SUV. Embora, ainda tem muitas pickups.

    • Sr_Wilson

      apoiado com ressalvas, pois picape não vive só de 4×4, também vive de caçamba, carga e reboque.

      agora se o pião não vai usar para nenhum desses itens, só pra desfilar, segurança num acidente, ter espaço na mala e gosta de carro grande, procure um tal de edge, mete umas rodas cromadas aro 20 e seja feliz, pois esse é seu carro, não uma picape (ou compra logo um jeep grand cheroke SRT8 e seja o cara mais feliz do seu bairro, principalmente se for solteiro).

  • ambrosio1974

    Bela Pickup, a briga vai ser boa com a S10. Agora esse logotipo da Ford na tampa traseira com relevo, gostei não….

  • vitimsl

    Bela pick-up… Mas acho que o motor poderia ser mais forte, afinal, é um 3.2 cinco cilindros. A S10 tem 400cc a menos e gera o mesmo torque. O interior é muito bacana, e possui bons itens de segurança. Acho a compra mais racional, apesar de achar a S10 mais bonita.

  • RicardoSuroieck

    Esse 4×4 escrito com adesivo nessas picapes dá uma raiva. Olha o preço do carro, custava quanto mais fazer um emblema decente de 4×4?

  • Gusbar

    Esqueceram do principal:

    5 ESTRELAS NO EURONCAP!!!

    A Amarok só tem 4. Nesta faixa de preço, acho que a Ranger é dos melhores veículos a se comprar no Brasil, independentemente se vai usar a caçamba ou não. Num acidente, vc ou seus familiares dificilmente morrerão.

    [ ]'s

    • Tripa-Seca

      Amigo, um carro seguro ajuda e muito em um acidente, mas essa de "dificilmente morrerão" passa longe de ser verdade…
      As pessoas acham que um carro com uma estrela é um "assassino em potencial" (Na minha época, pessoas matavam pessoas, hoje a responsabilidade não é mais delas: É do álcool, do cigarro, da traição, da polícia, dos bandidos), e um veículo de 5 estrelas é garantia de sobrevivência. Mas a 150 por hora, ou em acidente com caminhões, não tem estrelas que te livrarão da morte…

      • Gusbar

        Mas achei sacanagem não mencionarem isto na matéria, deveriam ter dito isto. Segurança nunca é demais, na minha época viajávamos no chiqueirinho de uma Caravan, não morremos por sorte.

        Ando meio paranoico com segurança, meu pai já é idoso, quanto mais seguro o veículo melhor, vou indicar a ranger para ele, creio que nada é mais seguro para ele na faixa dos 130 mil. Sem contar que o motor manda bem, é diesel (resistência, baixa manutenção), e o carro vem com muitos itens de conveniência, além de muito bonito.

        Ninguém está a falar de bater a 150 por hora, mas se acidentar de Ranger ou de Gol caixa há uma grande diferença.

        • thales_sr

          Indica uma Scania pra ele… É mais segura que a Ranger 5 estrelas.

        • Tripa-Seca

          Não é paranóia, você está corretíssimo. Eu também conheço um senhor, que agora não compra mais carro sem no MÍNIMO 4 airbags. E sabe porque? Porque ele sofreu um acidente, em um carro sem nada disso…
          E o pior: Por causa do acidente, câmbio automático virou obrigatório, porque o acidente deixou sequelas…
          Se toda compra fosse pautada pela segurança, com certeza teríamos um mercado bem melhor! Parabéns pelo bom senso!

      • Sr_Wilson

        é né, mas uma arquiteta que trabalha com a gente sofreu um acidente num celta e passou umas boas semanas no hospital internada e estava dentro da cidade, isso é não mais que 80 km/h, e isso se ela estivesse acima da velocidade, pois a velocidade máxima da via era de 60 km/h….

        garanto que se ela tivesse de malibu ou fusion saia andando de lá…

        • Tripa-Seca

          Desculpa, em momento algum questionei a segurança de uma Ranger com um carro popular…Questionei apenas a questão do "dificilmente morrerão". Tem gente que credita toda a segurança de um acidente na segurança do carro. Alguém um dia deu uma definição que achei interessante: Um carro 5 estrelas não é o que fará um acidente ir de 10% de chance sobrevivência à 90% de chance de sobrevivência. Existe a questão da habilidade do motorista durante o acidente, a dinâmica do mesmo, o peso dos elementos envolvidos…
          Lembro de dois casos de acidentes com Porsche que resultaram em vítimas, um deles noticiado aqui: Um por incêndio (Foi no Rio Grande do Sul?), Outro por batida lateral em um poste, em São Paulo mesmo. Os carros são seguros, mas a dinâmica do acidente fez com que toda segurança adicional não fosse suficiente. Tivesse o do incêndio com um Golf, Bravo, Corolla, que por ventura não pegasse fogo, talvez estivesse vivo. No caso da capital, talvez se a batida tivesse sido frontal, ele escaparia de Civic, Corolla…

  • AutoIng

    Capricharam mesmo nessa nova Ranger, é até difícil achar defeito. Achei o visual bem superior ao da S10, e o motor 5 cilindros é uma grande sacada, pois prioriza a suavidade de funcionamento. Até entendo quem acha que pick-up desse porte deve ser "pro barro", mas fazendeiros e agricultores não vivem enclausurados. Às vezes passa-se mais tempo na cidade e em viagens do que cuidando do campo em si. Claro que precisam de um veículo que seja bom em todas as situações, e pra mim o desenvolvimento dessa Ranger foi pensado nisso. Parabéns à Ford, pelo visto acabam de virar referência nesse segmento novamente.

  • Sr_Andante

    Sem dúvida no mínimo as versões XLT e Limited estão vindo para fazer a Ranger disputar o posto de mais vendidas. E será o momento da Toyota finalmente diminuir os inexplicáveis preços da Hilux. Segundo pesquisei, a Chevrolet possui bons planos de descontos para empresas e produtores rurais com a S10, assim certamente a Ford com a Ranger também irá possuir. Desta forma irão brigar pela liderança. Só ira faltar mesmo um pós-venda japonês.

    • bourgelat

      Gostei desta de pós-venda japonês. Se fizerem…

  • GUILAVINA

    Parabens..
    Esta levando notas altas nos testes que estão sendo feito
    Controle de estabilidade e etc..
    VEm pra leva mercado de HILUX E L200 hehehe
    que beleza gostaria de uma

  • Pedro_Lourenco

    Dentre as novas pick-ups do mercado, difícil dizer qual a melhor delas

    • AutoIng

      Segundo os comparativos lá fora, seria a Ranger mesmo.

      • lexlucio

        Segundo os comentarios la fora brasileiro é um povo maravilhoso! Troco esse povo por territorios japoneses

  • Filipe_GTS

    Só não me agradam as lanternas traseiras demasiadamente grandes.
    Se eu fosse fazendeiro eu optaria pela Ranger, esse motorzão 5cc de 200cv não é pra ninguém botar defeito!

    • Edson Roberto

      Isso é verdade, apesar de considerar tanto a S10 e Amarok otimas opções também.

      Mas eu optaria pela Ranger e sinceramente, para mim a mais bonita delas. De interior, eu gostei da mistura de cores do material do painel central com o restante. Ajuda a minimizar uma possivel simplicidade (que existe nesses modelos que precisam de outras coisas para suportar e não ter qualidade interna que pode ser um fator até negativo já que foram feitas para trabalho pesado) no conjunto. Mas achei acertada.

  • flavimmedina

    JA RESERVEI A MINHA XLT AUTOMATICA!!essa caminhonete é top demais!!!

  • granrs78

    Se eu quisesse uma camionete, a Ranger seria a minha escolha com certeza.

  • http://www.carromaisrapido.com/ SonataRio

    To nem aí para o excelente motor, a Limited CD, com tudo o que ela tem por 87.500 é mais do que suficiente. Hoje eu compraria essa sem dúvida nenhuma. A S10 não conseguiu desbancar a Amarok no meu conceito como melhor picape, mas a Ranger sim.

    • nightwishjp

      Comprarei para meu sogro uma XLS cabine dupla flex, que hoje está por R$ 67.600 no início de 2014 por uma quantia abaixo dos 55mil ;~~

      Tinha descartado porque tinha lido que não tinha air bag, mas agora que eu sei que vem em todas as versões.

      • JPaulo10

        Vem para XLS cabine dupla.
        Nas CS não. Porque a GM e Ford não contemplam as CS com airbag?

        • nightwishjp

          Acho que é pq acreditam que a cabine simples será utilizada pra trabalho, e como os patrões se lixam pra vida do seu empregado.

          Devaneio meu, foi mal. Simplesmente incompetência da ford.

    • lexlucio

      É, deve ser por isso que Amorok é tão pouco vendida, é demais para qualquer paciencia

  • Edson Roberto

    O unico ponto fora de curva para mim na Ranger é não ter opção automatica para o motor flex. Eu acho inaceitavel não ter essa opção. Pois tenho certeza que as pessoas iriam usufruir do tipo de cambio para o modelo flex também. Primeiro que não são todos que podem ter a solução a diesel pelo preço. Segundo que quanto mais opção para o produto, mais ele tende a ganhar mercado.

    E veja que coisa: Outros modelos até possuem e as vezes menos seguros, podem garantir mais conforto e isso deveria ter sido pensado pela Ford. Acho desnecessário privar dessa opção que hoje se torna cada vez mais interessante (e requisitada) para quem compra esse tipo de veiculo. Hoje não tem desculpa do cambio não ter inteligencia para suprir a necessidade de uso em momentos dificeis.

    Alias, muitos usariam a flex automatica para uso exclusivo na cidade. Entendam, não estou aqui querendo contribuir para o uso incorreto na cidade, mas acho que privar de opções só define que um tipo de uso será feito, o que eu acho errado.

    Meu tio mesmo mora em sitio e sempre me questionou o uso de picapes. Eu sempre insisti no uso de Crossover para o tipo de uso dele para o que ele se propoe a fazer. Porém, ele mesmo disse que tem encontrado algumas situações no sitio que memso um Crossover AWD já teve dificuldades (Captiva) para sair de algumas coisas e queria um 4×4. Obviamente indiquei um SUV.

    Mas ele me disse que o offroad é interessante para modelos Mitsubishi, mas que não gostou deles por serem duros. Gostou da Amarok, mas quer algo mais em conta e fica procurando algo flex, pois não precisa chegar nesse valor do diesel. Pois bem, uma Ranger por exemplo para o tipo de uso que ele propoe, seria a solução.

    Veja: Não precisa de força extrema pois não carrega peso excessivo. Será uma picape mais para vencer obstaculos dificeis, portanto, olha um cliente em potencial que perdeu. Quis citar um exemplo dentre outros muitos.

    • Jrgoiano

      Eu acho que o consumo ficaria muito elevado com um câmbio automático na Ranger flex. O A/T eleva o consumo em até 15%, e se o consumo dela ficar muito maior que o da S10 flex que será sua principal concorrente, a Ranger não conseguiria rivalizar com a chevrolet . S10, que aliás, também não tem opção de A/T nas versões flex.
      A Hilux tem opção de A/T e 4×4 na versão flex, MAS custa R$ 99,000,00 , quem seria tão burro assim, pra pagar 100K numa Hilux flex, sendo que tem a S10 LT diesel A/T 4×4 por R$ 107.000,00? E o pior, é que ainda tem quem compre rsrsrssr!

      • expresso222

        Não diria que a pessoa que compra uma Hilux SRV 4×4 Flex seria "burro", pois é uma opção para quem não gosta e não quer comprar carro à Diesel e ela vem muito mais equipada (com mais itens de tecnologia e conforto) do que a S10 LT Diesel 4×4 Aut. Acho até que a Ranger e a S10 deveriam ter esta opção também (4×4 aut Flex), afinal o que nos falta é opção, pois nos é imposto o mix que é melhor para a montadora e não para o consumidor.

        • Jrgoiano

          Me cite uma vantagem do motor flex que equipa a Hilux e a SW4 (manco e beberrão) sobre um motor diesel desses que equipam as novas picapes do mercado. A única vantagem é o preço meu amigo!!! E eu não estou discutindo SW4, e sim de caminhonetes.

          • expresso222

            Além da maciez e silêncio maiores (embora perca potência, torque e robustez) R$40.000,00 de diferença para rodar nas cidades e em estradas de asfalto e em algumas incursões fora de estrada é muita vantagem para mim!

            • Jrgoiano

              Mas quem falou em 40K foi você, eu falei que é burrice pagar 100K em uma Hilux flex, sendo que tem S10 LT diesel A/T 4×4 por 8K só a mais, e não R$ 40.000,00 a mais.
              É por isso que eu disse acima que a discussão era referente à picapes, e a SW4 não tinha nada a ver com o assunto.
              Motor à diesel PARA CAMINHONETES, é melhor, não adianta. E olha que eu tenho uma flex (S10) e pretendo comprar outra flex (nova Ranger), só não compro uma à diesel nova por um único motivo: Não tenho dinheiro!! Mas se tivesse não pensaria duas vezes.

              • expresso222

                A diferença a que me refiro é entre a SRV Cabine Dupla 4×4 Flex Automática de 99k para a SRV Cabine Dupla 4×4 Diesel de 140k. A Hilux ainda tem a versão CD SR D4-D 4×4 3.0 TDI Dies Aut de 114k, mas com menos equipamentos e acabamento. Comparei dentro da mesma marca (Toyota). A GM não oferece câmbio Aut na versão Flex. Desculpe se me expressei mal.

    • JPaulo10

      Edson Roberto,
      "Meu tio mesmo mora em sitio e sempre me questionou o uso de picapes.".
      Por experiência própria peguei muito atoleiro em estrada de roça difícil, algumas vezes – pasmem – até com Chevy 500 (!).
      Os fazendeiros e sitiantes que conheço não compram essas picapes diesel novas porque, comparando com o preço do alqueire (ou da arroba do boi, ou saca de café), elas são muito caras. Eles pensam com o bolso …
      Acho mesmo que, para eles, a picape flex é mais custo-benefício.
      1. Com R$ 40 mil economizados na compra, você dá conta da diferença do alto consumo;
      2. Não é sempre ou toda hora que você pega estrada que precise de 4×4, a não ser que more em MT, TO ou na Transamazônica. E mesmo nessas, uma tábua ali, umas pedras debaixo da roda aqui resolve o problema. Ou seja, 4×2 aguenta a maior parte do tranco;
      3. Não precisa de tanto torque numa estrada. Ele é necessário quando se transporta carga. E não é sempre que você transporte 600-900 kg. (o peso máximo, na real, para essas picapes). E quando eles precisam de carregar todo esse peso, alugam uma F-350 (sem dúvida, o melhor caminhão pequeno do Brasil);
      4. A manutenção de um motor diesel é mais cara do que um flex, ao contrário do que se pensa. "Ah, mas o diesel dura mais", dirão. Mas se você der uma passeada no Forum 4×4, verá que – se bem cuidado – motor à gasolina dura muito, pelo menos 300 mil km.

      Fico torcendo para alguma revista ou site ou blog testem a Ranger CS flex. A Carro Hoje testou a S10 CS flex e o agricultor que a testou gostou do resultado.

  • http://www.antoniodejulio.com.br Antonio De Julio

    simplesmente, a mais bela! Parabéns, Ford. Agora, capricha nas concessionárias!

    • Eduardo

      Concordo plenamente com o Antonio.A gente chega numa concessionária Ford e se sente um intruso.Os cara são mais fechados que baú de solteirona.Aí a gente fica mais perdido que cachorro na mudança!!

  • diegoandrade1

    é linda demais.. a melhor da categoria !

  • bedotRJ

    Por que não oferecer a versão XL, em cabines simples e dupla, para pessoa física, com motor flex e tração 4×4 opcional? Colocaria uma Ranger de entrada, já bem completinha e afeita aos trabalhos a um preço não proibitivo.

    As versões flex estão com ótimo CxB. As diesel nem tanto, apesar do ótimo motor.

  • aebublitz

    só não entendi as notas dessa avaliação. Diz que tá tudo bom, tudo belo e dá 7. Vai entender!

  • nightwishjp

    XLS cabine dupla flex, que hoje está por R$ 67.600.

    Os comentários de que ela não vinha com air bag não foram concretizados, agora com abs e air bag duplo, esse preço aí tá imbatível.

  • leandro_sylvio

    Nunca fui muito fã de pickup,mas essa eu gostei.

  • MM_

    Mais um texto sem sentido que mais confunde do que elucida…

    "Todas, desde a XL, trazem airbag duplo"

    XLS: adiciona para-choques e retrovisores na cor do carro, rodas de liga-leve de 16 polegadas, som com CD/MP3/USB/iPod com tela LCD de 4,2 polegadas (ADICIONA AIRBAGS FRONTAIS APENAS COM MOTOR DIESEL)

    • JPaulo10

      As CS não vem com airbag, nem a flex, nem a diesel.

    • Victor

      A XL tem airbag duplo de série, ele só errou em dizer que vem com vidros elétricos, o vidro da XL é manual.

  • anderson_sp

    Adoro a Ranger esta é linda D+, "se" tivesse grana compraria uma XLT Azul, So much Win ;)

  • AndredeAzambuja

    Deu um pau na S10 que mal chegou, pobre GM.

  • phaelrj

    cara…se a ranger for isso tudo que estão falando na matéria…vai ser imbativel na categoria……mas todo mundo sabe que nem tudo são flores…..o dia a dia vai nos dizer os contras dela(como eu qualquer outra picape)…..mas a avaliação falou que a ranger eh praticamente perfeita….PODE ISSO ARNALDO?!?!sei lah….tenho minha dúvidas em certas coisas…………….Porque quando se fala de Ford….todo mundo indica e fala que vai comprar, mas na hora…compra qualquer outra marca menos a citada…..exemplo do focus….até hoje não entendo pq os modelos ford não tem valor de mercado….alguem sabe dizer?!?!abçs

    • maryfotografias

      O Focus está vendendo bem. Acho que é lider da categoria. Temos um e posso te dizer que é um ótimo carro. Tem seus defeitos – como todos os outros – mas atualmente pode ser comprado por um preço legal.
      Aliás, a FORD tem ganho algum mercado ultimamente. Com o novo Eco e a nova Ranger, acho que as coisas vão melhorar para a marca do Oval Azul!

      • phaelrj

        com certeza….o focus é um ótimo carro….eu acho uma "injustiça" o que o mercado faz com ele…..mas ele nunca foi líder nem chegou perto…..como quase todos os carros da ford…..a depreciação é muito alta….exemplo…..um fusion 2008 hoje vc encontra por uns 45mil mais ou menos……o próprio focus….vc tenta vender jogam o preço lah no chão….um amigo meu tem um 2003 2.0 16v sedan ghia, com teto solar, banco de couro…top de linha….carro inteiro….estão pagando no maximo 10mil no carro dele em revendas…absurdo…

        • maryfotografias

          Mas o Focus anda vendendo bem. Salvo engano, é líder no segmento, não?
          Abs!

    • ctnmartins

      O Focus Sedan realmente não vende nada, mas o Hatch sempre tem disputado a liderança do segmento com o i30. Esse ano, por exemplo, o Focus hatch é líder da categoria (a não ser pra Fenabrave, que classifica o Punto como carro médio, kkkk).
      O New Fiesta hatch também está vendendo bastante entre os pseudo-premium…

  • CharlesAle

    Na minha opinião,essa ford agora é top do segmento,seu motor diesel muito potente,aliado a toda tecnologia e segurança,por preços equivalentes aos concorrentes mais inferiores realmente a colocar em primeiro lugar……….

  • marcelo_ricardo

    Faltou dizer se o câmbio é o powershift de dupla embreagem ou o AT problematico do Fusion.

    Se tivesse o câmbio powershift na FLEX compraria sem medo.

  • M. Costa

    Em agosto de 2012, comprei a Nova Ford Ranger 2013, XLS 2.5 Flex.

    O veículo veio com problema de ar, só no mês de outubro foi resolvido o problema disseram-me que estava com vazamento de gás.
    Quatro meses (dia 24/12/12 ) após a compra, o veículo apresentou outro problema , desligou completamente no meio de uma Av. bem movimentada no RJ e não ligou mais, liguei para seguradora pedindo um reboque já que não podia ficar parado no local pois estava de madrugada. Liguei para agência e autorizada da FORD que devido ao feriado de Natal ela não estava funcionando.No primeiro dia útil seguinte consegui contato com a Ford que enviou a minha residência o reboque para levar o meu veículo para a autorizada permanecendo la por mais de 10 dias, disseram-me que o carro NÃO APRESENTAVA NENHUM PROBLEMA. ( Obs.: ao dar entrada na oficina os técnicos tentaram ligar o veículo e o mesmo NÃO ligava.) MUITO ESTRANHO DEPOIS DESSES DIAS , E DEPOIS DO QUE ACONTECEU DIZER QUE O CARRO NAO APRESENTAVA PROBLEMA.
    Fiz a revisão de 6 meses após a compra do veículo, e novamente me disseram-me que o carro não tinha nada.Passou 2 semanas(dia 11/03/13) andava normal com o carro e do nada, o câmbio de marcha veio a travar ,barulhos estranhos e logo morreu o carro. Por estar em local bem perigoso, tentei destravar o câmbio, consegui colocar ele na primeira marcha , não conseguia passar marcha então tive que trazê-lo até minha casa na primeira marcha.Logo fiz contato com a Ford solicitando o reboque, que buscou o carro no dia 12/03/13 e o encaminhou para a autorizada da Ford. Os técnicos detectaram que o carro realmente apresentava barulho e seria necessário arriar a caixa de marcha para detectar o problema e pediu para que eu aguardasse, até hoje ( 30/03/2013 ) estou sem o carro e aguardando o retorno da Ford.

    COMPREI UM VEÍCULO CARO PARA SUPRIR MINHAS NECESSIDADES CONFIANDO NA MARCA FORD , ME ARREPENDO POIS O CARRO APRESENTOU DIVERSOS PROBLEMAS E MUITA DOR DE CABEÇA EM 7 MESES E COM 7000KM RODADOS APENAS.E JA ESTOU PENSANDO EM TROCAR DE CARRO.
    NÃO ACONSELHO A NINGUEM COMPRAR O CARRO!

    • Tatiane pereira

      Com a do meu pai 2013 estamos nessa mesma luta com apenas 100 km rodados a mesma já travou. E o pior é o pouco caso da Ford com seus clientes.

  • joao de oliveira

    apena eu nao poder uma agora breve eu conpro

  • tatiane Pereira

    Boa tarde, gostaria de deixar aqui um problema a que tenho vivido, e decepcionadissima com o fabricante. Em menos de um mês meu pai comprou uma Ranger Limited 2013, com o valor de aproximadamente 140.000,00, onde a mesma com menos de 100km rodados, acendeu todas as luzes do painel, e travou, e não saindo do lugar até a retirada com o guincho. Depois de diversas tentativas com a Ford, onde mesmo nem o próprio engenheiro sabe dizer o problema, com isso tivemos que procurar o procon de nossa cidade para que alguma solução fosse tomada. Deixo aqui minha grande decepção da Ford com seus clientes afinal estamos aguardando soluções e ate hoje nada.

    • Paulo

      Sempre. Repito: SEMPRE. Haverá uma parcela das vendas em que um problema desse nível possa acontecer. Isso é normal em toda grande empresa que vende produtos montados em linha. Isso é inevitável, você foi contemplada (infelizmente pra você) com essa "sorte" ruim. Mas obviamente é obrigação da Ford resolver seu problema, principalmente porque o veículo é novo e está claramente na garantia. Procure seus direitos, você tem!

  • cloves

    a ford é pura buxa,tem uns carros bem bonitos e bom de preços mas infelismente a parte tecnica tanto do carro como das concessionarias é uma vergonha.

  • marcos

    estou namorando ranger flex faz tempo ,tenho mercado de vez em quando carrego alguma coisa .uma caminhonete a diesel e boa ,mais para o pouco uso que vai ter, creio que uma flex vai servir bem ,nao ando em lugar que precise uma caminhonete traçada. t emos uma hilux e so foi usado uma vez o 4X4. to esperando opinioes dos compradores ,mais acho o visual dessa caminhonete a mais top de todos os tempos.