Home Marcas Nissan Avaliação completa do Nissan Versa SL

nissan versa sl fotos auto press 5 Avaliação completa do Nissan Versa SL




A partir da incorporação pela Renault, em 1999, a Nissan mudou a sua estratégia de fazer e vender carros. Antes, atuava como uma legítima marca japonesa, procurando fabricar produtos de alta confiabilidade e com foco na qualidade de produção. Nos últimos 13 anos, no entanto, a Nissan buscou escala de mercado.

Gradativamente, trocou os modelos maiores e mais sofisticados por carros mais baratos e facilmente construídos, mas que conseguissem ter preço mais competitivo. Não é que a qualidade tenha sido esquecida – ainda produz carros exclusivíssimos, como o esportivo GT-R. Mas a Nissan agora atua no mesmo nível dos fabricantes automotivos generalistas em todo o mundo.

E o Versa, sedã lançado no Brasil em outubro, representa bem esta nova era. Tem visual moderno – apesar da traseira pouco inspirada –, aspecto de carro maior, mas traz conteúdo apenas necessário para brigar no segmento de compactos. Nas concessionárias, seu preço – iniciais R$ 35.900 –, normalmente aparece escrito no parabrisas. Quase sempre seguido das fatídicas palavras “a partir de”.

nissan versa sl fotos auto press 1 Avaliação completa do Nissan Versa SL

Essa mudança de abordagem demorou um pouco a acontecer no Brasil. Apenas no ano passado a Nissan ingressou nos segmentos de entrada do mercado nacional. Com o Versa, a briga é bem disputada, no miolo dos sedãs compactos. Os principais rivais são o Chevrolet Cobalt e Fiat Grand Siena, três volumes que, assim como o Versa, oferecem bom espaço interno como principal argumento de vendas.

Em relação a eles, no entanto, o modelo mexicano de origem nipônica tem uma clássica vantagem mercadológica: o preço. Equipado com o máximo que pode ter, a versão “top” SL vai a R$ 44.640, cerca de R$ 2 mil a menos que os rivais. Quando a comparação é com o Honda City, um sedã compacto claramente mais requintado, a discrepância é ainda maior. O modelo da marca compatriota chega a custar 60% a mais.

E, como era óbvio esperar, oferecer menores preços e produtos mais acessíveis fez a participação da marca crescer como nunca por aqui. Em março, a Nissan atingiu os 4% de market share no Brasil, seu recorde mensal, com mais de 11 mil emplacamentos. O Versa foi responsável por cerca de 20% das vendas no mês, com 2.095 carros. Desde o lançamento, a média dele por mês é ligeiramente menor, na casa das 1.600 unidades.

nissan versa sl fotos auto press 2 Avaliação completa do Nissan Versa SL

Em termos de produto, o grande diferencial do sedã da Nissan é o tamanho da cabine. A plataforma, uma variação daquela usada pelo March, permite uma distância entre-eixos de 2,60 metros. O recém-lançado Honda Civic, por exemplo, tem apenas 6,6 cm a mais no quesito.

Em equipamentos, no entanto, o Versa não traz grandes novidades. Inclui airbag duplo e direção elétrica de série, mas nada que se destaque tanto. Na versão topo de linha, a testada SL, ainda recebe ABS, trio elétrico e rádio com entradas auxiliares.

Na parte mecânica, a Nissan deixa claro que preferiu não jogar com o Versa nas camadas mais inferiores do mercado nacional. Nada de 1.0 e seus desempenhos morosos. Ele só pode ser equipado com motor 1.6 com comando variável de válvulas na admissão. Com 111 cv e 15,1 kgfm, ele leva o sedã a 100 km/h em cerca de 11 segundos, dependendo do combustível.

nissan versa sl fotos auto press 3 Avaliação completa do Nissan Versa SL

No entanto, as vendas da Nissan com o Versa podem ser afetadas por um problema que não ocorre com o produto em si. E sim com a legislação. A mudança no regime de importações de automóveis vindos do México, onde Versa e March são feitos, pode restringir a oferta dos dois modelos por aqui.

Preocupada, a Nissan já apressou seus passos para adiantar a fábrica que está levantando em Resende, Sul do estado do Rio de Janeiro. Agora, a unidade industrial deve começar a funcionar antes de 2014, previsão inicial. Tudo para a Nissan continuar a sua gradual mudança de imagem em solo nacional.

nissan versa sl fotos auto press 4 Avaliação completa do Nissan Versa SL

Ponto a ponto

Desempenho – A relação peso/potência beneficia o Versa. São 9,71 kg/cv, uma boa marca para um sedã com pretensões familiares. Na prática, isso significa um desempenho animado para o três volumes mexicano. Basta superar as 2 mil rotações para o modelo passar a ganhar boa velocidade. Quando se chega nos 4 mil giros, faixa de torque máximo, o Versa fica ainda mais aceso. O câmbio manual de cinco marchas é bem escalonado e tem trocas relativamente precisas e ajudam em uma tocada menos pacata. Nota 8.

Estabilidade – O baixo peso prejudica a estabilidade do Versa em velocidades elevadas. Nesses momentos, o carro fica um tanto impreciso e são necessárias correções ao volante lá pelos 140 km/h. Antes disso, no entanto, o modelo vai bem e mostra um equilíbrio dinâmico razoável. Os pneus 185/65 R15 do Versa SL não são tão finos como o do March 1.0, por exemplo, e oferecem boa aderência. Em curvas, a carroceria rola pouco. Nota 7.

Interatividade – O Versa é um sedã altinho, o que ajuda na visibilidade dianteira, com áreas envidraçadas grandes que auxiliam na visibilidade do trânsito. Por dentro, os comandos todos são bem localizados. O único mal resolvido é o do computador de bordo. Em vez de apertar um botão em alguma das hastes do volante, é preciso pressionar uma tecla no painel de instrumentos. Pouco prático para quem precisa zapear entre informações de consumo ou autonomia, por exemplo. Todas as versões contam com ajuste de altura do banco do motorista e do volante, o que facilita a melhor posição de dirigir. Na versão topo, que tem uma iluminação exclusiva, a visibilidade do painel de instrumentos é muito boa. Nota 8.

Consumo – O InMetro não fez medição de consumo de nenhum veículo da Nissan. O computador de bordo do Versa marcou uma média de 8 km/l com etanol, em um circuito predominantemente urbano. Nota 7.

nissan versa sl fotos auto press 6 Avaliação completa do Nissan Versa SL

Conforto – O espaço interno é excelente para um compacto, com espaço de sobra para cinco ocupantes. Os 2,60 m de entre-eixos fornecem uma grande dose de conforto interno. O rodar é suave e as pancadas da suspensão nos buracos não chegam a incomodar. O banco do Versa é uma das principais falhas em conforto. A parte inferior, que abriga as pernas, é muito curta e dá pouco apoio para as coxas. Não ajuda a manter uma viagem muito longa sem cansaço. Nota 7.

Tecnologia – A lista de equipamentos da versão topo de Versa é bem recheada. Estão lá ar-condicionado, rádio completo, direção assistida, airbag duplo e ABS. A plataforma é uma variação da que já é usada no March, Renault Sandero, Logan e Duster, chamada de Plataforma V. O motor tem arquitetura moderna, feito de alumínio e com controle variável de válvulas na admissão. Mesmo assim, sua força máxima só chega em rotações muito elevadas e os 111 cv gerados ficam apenas na média do segmento. Nota 7.

Habitalidade – Entrar e se acomodar dentro do sedã compacto da Nissan é algo bem simples. A começar pelo espaço interno, um dos pontos fortes do modelo. As portas têm boa abertura e não é complicado entrar no habitáculo. O bagageiro é outro que impressiona pelo espaço. São 460 litros, mas a tampa tem hastes que invadem a área das malas. A oferta de porta-objetos na cabine é apenas razoável. Não há lugares adequados para guardar o celular, por exemplo. É preciso abrigá-lo no porta-copos, na frente da alavanca de câmbio. Nota 7.

Acabamento – As peças até são bem encaixadas e, para um sedã compacto, as rebarbas são escassas. Os materiais escolhidos ficam na média da concorrência, com plásticos rígidos e um pouco de tecido nas portas. Mesmo assim, a impressão geral é de fragilidade. Parece que falta “generosidade” ao Versa. Tudo é muito justo e contado. Nota 6.

nissan versa sl fotos auto press 7 Avaliação completa do Nissan Versa SL

Design – O Versa não é de encher os olhos. Até existem ângulos interessantes do veículo, como o arco do teto que dá um aspecto moderno ao sedã. A dianteira também não desagrada, com uma grade bem imponente. O problema é o porta-malas, que transmite a clara impressão de que foi encaixado no lugar sem muito cuidado. Nota 5.

Custo/benefício – Completo, o Versa vai a R$ 44.640, e vem com airbag duplo, ABS, rádio, entre outros. Equipados de maneira parecida, Fiat Grand Siena e Chevrolet Cobalt passam dos R$ 46 mil. Portanto, em termos de preço, o carro da marca japonesa se mostra uma opção mais vantajosa. O recheio também agrada. Bom desempenho, ótimo espaço interno e consumo acima da média também jogam a favor do automóvel da Nissan. Apesar de serem pontos fracos, acabamento e design não chegam a ofuscar as qualidades do Versa. Nota 9.

Total – O Nissan Versa SL somou 71 pontos em 100 possíveis.

nissan versa sl fotos auto press 8 Avaliação completa do Nissan Versa SL

Impressões ao dirigir - Postura pragmática

O Nissan Versa é um simples que funciona. O desenho interno não é tão caprichado, mas não chega a desagradar. O que incomoda são os materiais escolhidos e seus revestimentos. Parece ser tudo um tanto frágil, uma impressão de que se está andando em uma “casca de noz”.

Ao menos, é uma noz bem grande. O tamanho da cabine do Versa impressiona. Na frente, sobra espaço para cabeças, ombros e joelhos. Atrás, surpreendentemente, mesmo com os bancos dianteiras todos recuados, dá para se posicionar sem apertos. Fruto do bom aproveitamento dos 2,60 m de entre eixos. Transversalmente, o espaço é menor. Eventuais três ocupantes ficam um tanto justos.

Em movimento, o sedã também trata com dignidade seus ocupantes. A suspensão é bem calibrada e filtra com competência as irregularidades do asfalto. O isolamento acústico também é correto e, mesmo com o conta-giros superando os 4 mil giros, é possível manter uma conversa em tom normal dentro do carro. Em situações urbanas, a estabilidade também é elogiável. São raras as situações que o Versa sai do controle do motorista, ainda mais quando ele é equipado com os freios autoblocantes.

nissan versa sl fotos auto press 9 Avaliação completa do Nissan Versa SL

Apesar de não ser um poço de potência, o motor 1.6 até adiciona uma pitada de esportividade ao sedã. O baixo peso ajuda e o Versa é um carro ágil quando atinge a sua faixa máxima de torque, a 4 mil rpm. É só pisar fundo para ver o – nem tão – compacto sedã acelerar com vigor.

Sem buracos na bem acertada transmissão, é fácil chegar aos 100 km/h e a partir daí, manter uma velocidade de cruzeiro. Mas rodar muito rápido é algo que o carro parece não gostar muito. Por ser muito leve, o simples atrito com o ar faz com que ele dê a sensação de estar ligeiramente “bambo” quando supera os 140 km/h. No resto, no entanto, o bom comportamento é uma constante.

nissan versa sl fotos auto press 10 Avaliação completa do Nissan Versa SL

Ficha técnica - Nissan Versa SL

Motor: A gasolina e etanol, dianteiro, transversal, 1.598 cm³, com quatro cilindros em linha, quatro válvulas por cilindro e comando variável de válvulas na admissão. Acelerador eletrônico e injeção eletrônica multiponto sequencial.

Transmissão: Câmbio manual de cinco marchas à frente e uma a ré. Tração dianteira.

Potência máxima: 111 cv a 5.600 rpm com etanol e gasolina.

Aceleração 0-100 km/h: 11,1 segundos com gasolina e 10,7 segundos com etanol.

Velocidade máxima: 189 km/h.

Torque máximo: 15,1 kgfm a 4 mil rpm com etanol e gasolina.

Diâmetro e curso: 78 mm X 83,6 mm. Taxa de compressão: 9,8:1.

Suspensão: Dianteira independente do tipo McPherson com barra estabilizadora. Traseira por eixo de torção com barra estabilizadora e molas helicoidais.

Pneus: 185/65 R15.

Freios: Discos ventilados na frente e tambor atrás. Oferece ABS com EBD na versão SL.

Carroceria: Sedã em monobloco com quatro portas e cinco lugares. Com 4,45 metros de comprimento, 1,69 m de largura, 1,51 m de altura e 2,60 m de distância entre-eixos. Oferece airbags frontais de série.

Peso: 1.069 kg.

Capacidade do porta-malas: 460 litros.

Tanque de combustível: 41 litros.

Produção: Aguascalientes, México.

Lançamento mundial: 2011.

Lançamento no Brasil: 2011.

Itens de série: Ar-condicionado, banco do motorista com regulagem de altura, computador de bordo, conta-giros, direção elétrica progressiva, trio elétrico, volante com regulagem de altura, faróis de neblina, rodas de liga leve de 15 polegadas, airbag duplo, ABS, travamento automático das portas com veículo em movimento e rádio/CD/MP3/Aux/iPod.

Preço: R$ 43.390.

Prós:

# Desempenho

# Preço

# Espaço interno

Contras:

# Design

# Acabamento

Por Auto Press


  • rodrigobertoldo

    Esse é um carro justo, pena que tenha o visual sem sal, não é um carro que cativa. É um grande nota 7 mesmo, passa de ano mas não empolga.

    • AutoIng

      Bom carro, mas tenho a impressão de que vale a pena pagar os 1500 reais a mais pelo novo Siena, pra levar um motor um pouco mais forte, manutenção mais barata, visual menos polêmico e interior um pouco mais agradável. Se essa diferença de preço fosse maior eu seria o maior defensor do Versa, mas por enquanto não dá. Quem sabe quando for nacionalizado e melhorarem um pouco mais o custo x benefício, pois margem pra isso ele tem de sobra.

      • johnharleyp

        Amigo além de pagar os 1500 reais a mais, você perde significativamente em espaço e conforme testes também em consumo. Creio que em espaço o Cobalt seja equivalente mas ai sobe o preço e cai o motor, feio por feio ainda dou mais valor ao Versa, mesmo com esse interior tosquinho.

        • mauricar20

          Veja os dois ao vivo e depois me diga o que achou… O Grand Siena tá muito mais acertado. O Siena gasta um pouco mais mesmo, mas anda mais também em qualquer situação, principalmente com porta malas cheio e cheio de gente…

        • Ricardo_Vieira

          Com certeza, tambem sou mais o Versa!
          Embora tenha que concordar que o interior merecia mesmo algo mais trabalhado!
          A traseira dele é feia que dói, mas a frente do Cobalt é mais difícil ainda de engolir!
          O Siena é o mais bonito, mas perde em espaço interno, que é a grande virtude dos outros 2…
          Aí é questão de opinião mesmo, cada um vê o que acha melhor, mas pra mim, seria o japonês!

          • ricpts

            Vi um Versa bege outro dia na rua e até achei bonito, sei lá, o carro tem personalidade, é marcante…
            Não vejo essa característica no Siena. O que mata no Versa é o interior de March.

            • mattionix_

              É exatamente a impressão que eu tenho!
              E outra, o tiida sedan é um carro um pouco mais caro (Basico mesmo preço que o Versa SL), e o interior é muiiiito melhor, na minha opinião. Já por fora…rsrs Se fosse algo como o Versa, com o interior do Tiida/Tiida Sedan (como, se não me engano, é nos EUA) estaria perfeito…

            • Leobr00

              Você resumiu bem ricpts: o visual do Versa é marcante, o Siena ficou um visual genérico, meio que alien na linha de produtos da Fiat.
              Espaço para mim é importante para carregar meus pais e sogros, já um tanto velhinhos e pouco afeito a apertos, então conta bastante o que ele oferece. Fora que com o herdeiro a caminho cada centímetro conta. Na categoria a Nissan tem um candidato a best-seller, mas 120 dias de espera tá difícil.

              • giodoesitbetter

                Concordo. Aliás, não gostei nem um pouco do texto, onde o autor tentou, mas não conseguiu ser imparcial.

                Por exemplo, em falar que a Nissan deixou de ser uma 'legítima japonesa' em visar mais a escala de mercado do que a qualidade, legítima dos japoneses.

                Então me diga quem é 'a japonesa' que hoje busca ainda se consagrar pela qualidade e não pela escala. Toyota, Honda, Suzuki e Mitsubishi já apelaram para a quantidade bem antes da Nissan. Quem é japonesa então? Mazda?

                Outra é dizer que a traseira é 'pouco inspirada'. Ela pode ser tudo, menos pouco inspirada. É o carro mais exótico, diferente e original no que diz respeito a traseira entre os concorrentes. Você pode considerar feia (o que eu não considero), mas tem que admitir que é um dos carros mais originais do mercado.

                A nota atribuída ao consumo foi bem 'menos generosa' do que a dada para os carros da VW. Por exemplo, o Voyage I-trend fez 7,1km/l na cidade com etanol e levou nota 7. O Versa faz 8km/l na mesma situação e leva nota… 7.

                Achei tudo muito forçado. Seria como se o seu time perdesse de 8 a 0 mas você ainda tentasse justificar que tem o melhor zagueiro do Brasil.

                • Edson Roberto

                  Dureza essas notas da AutoPress.

                  Eu também acho um absurdo. Pior foi com a avaliação do Voyage, tentando passar um carro de R$47000 que ainda não era "completo" perante outros modelos mais em conta (e o Versa está ai) dizendo que tinha mais sofisitação e melhor acabamento. E até onde sei, o Voyage tem o mesmo acabamento ou nivel, do Versa.

          • AutoIng

            Pessoal vocês falam muito em espaço traseiro, mas não acho que isso seja tão importante para todos. Por exemplo, pra quem tem criança pequena não faz diferença ter tanto espaço pras pernas. Se não tiver filhos então, e só preferir um sedã pelo estilo (e porque precisa do porta-malas por algum motivo), aí sim que não vejo razão pra colocar espaço em 1º lugar na escolha. Isso vai de cada um. De qualquer forma esse novo Siena não me pareceu tão apertado atrás assim não, então se não forem pessoas altas atrás sempre dá pra encarar numa boa. Gosto do Versa, só acho que seu custo x benefício poderia ser um pouco melhor do que somente 1500 reais a menos que um concorrente já estabelecido no mercado.

            • Lisboa_Rafael

              Não sei de que maneira seria tão tão caro espichar o entre-eixos em 10 ou 15cm, a Nissan fez isso no Versa e está fazendo sucesso com um carro horrendo.
              A importância do espaço interno depende também do tamanho do cliente, sou bem grade, e para não me sentir enlatado o carro tem que term um bom ajuste de banco, que fique bem para trás e bem baixo, se o carro for pequeno o banco traseiro se torna inútil.

            • HenriqueHJ

              sinto discordar, mas faz difereça sim, principalmente o espaço das pernas, apesar de não ter pernas longas, as cadeiras infantis de hoje ocupa muito espaço no banco traseiro. a cadeira da marca Chicco que o meu filho usa no honda fit (olha só, honda fit que é referencia em espaço traseiro) com a minha esposa sentada na frente os pés do meu filho fica batendo no encosto e as vezes tem que encolher pra cadeira. pois as vezes pra ele dormir eu tenho que inclinar a cadeira e isso avança bastante. e isso não aconteceu quando eu fiz o test drive do versa, e proporcionou um espaço enorme onde ele podia balançar as pernas a vontade.

              talvez a necessidade de espaço não faz sentido se o seu filho ou filha usa um booster, a minha outra filha que usa o booster realmente o espaço não foi tão necessaria.

              e esse negocio do meu filho ficar com os pés batendo na frente também acontece no meu sentra.

              • AutoIng

                Bom saber, não tenho filhos e imaginei que a cadeirinha não influenciasse tanto assim. Mas se até no Sentra isso acontece, é preocupante mesmo. De qualquer modo o formato dos bancos da frente e a inclinação do encosto imagino que influenciem também. Uma boa idéia deve ser testar a cadeirinha no test-drive pra tirar a dúvida.

                • HenriqueHJ

                  no meu caso, nem queria ver o carro e como estava passeando e vi o nissan inova show e fui conferir. e para colocar a crianca eles usaram uma cadeira INFANTI tabem reclinavel. e botei o meu filho la.
                  pois para criancas pequenas, o meu filho tem 1 ano e ao viajar e ele dormir eu prefiro que reclinar a cadeira. que no caso das cadeiras infantis ele vai pra frente. pois qualquer freada com ele dormindo a cabeca dele vai pra frente em caso de cadeira quase na vertical.

                  no caso do banco dianteiro. para que a esposa viaje confortavel tem que ter um espaco razoavel para as pernas.
                  e no caso do sentra eh menos que o fit. pois o espaco para as pernas dianteiras eh maior. e da pra viajar sem maiores problemas. e no versa, o meu filho balancava as pernas e nem chegava perto do banco dianteiro. mas se eu comprar esse carro vai ser pra minha esposa.

      • leosilvano

        Quanto ao visual polêmico eu até concordo, mas quanto à manutenção, enquanto novo eu acredito que não seja maior que a do Siena, já que as revisões têm preço fixo e, se eu não estou enganado, o Fiat não tem.

        • johnharleyp

          Provavelmente vai ter a revisão ao mesmo preço dos carros da fiat que já usam esse E-Torq.

          • AutoIng

            Quem lê meus posts aqui sabe que sou fã da Nissan, mas não vamos exagerar, claro que a manutenção do Versa tende a ser mais cara (não as revisões, e sim coisas eventuais). O motor é importado, pra início de conversa, enquanto o E.torQ é produzido em Curitiba. Mesmo que fabriquem o Versa no RJ, esse motor continuará sendo importado (a menos que mudem pra unidade motriz da Renault ou o nacionalizem). A garantia de 3 anos ameniza este fator, mas nem todo mundo troca de carro num prazo inferior a isto. Enfim, eu quero acreditar que irão nacionalizar tudo o que puderem, mas até 2014 tem chão pra gente ver como fica.

            • johnharleyp

              Eu estava falando da manutenção de preço fixo do Grand Siena.

              • odirrr

                No site do Versa tem uma tabela comparativa bacana que coloca o Versa com as revisões mais baratas entre a concorrência. O problema acho que é o fato de não ser uma das 4 grandes, ou seja, manutenções eventuais.

            • HenriqueHJ

              acho que com relação ao motor e problemas mais serios de transmissao nao deve ocorrer.
              e no comparativo das revistas a manutenção basica tem o preço mais em conta.

              e a suspensão também tem preços bem generosos, tipo 180 o par do amortecedores dianteiros, entao seguindo isso a balança e buchas deve ser barato também. o que custa pra mim e pesa muito são peças de suspensão. acho que desde 1990 que não pego um carro que precisa de peças além das peças de suspensão ou de desgaste natural. problemas no motor? nunca mais vi acontecer comigo e olha que já passou VW, GM, Renault e etc…

              o meu fit qq coisa que faça na suspensão o custo sai em torno de 1.500. a ultima que foi trocar os 2 balanços custou 1.450.00!!!
              se a nissan realmente focar nos preços de desgaste natural com preço baixo. esse será o meu proximo carro.

              grande problema ao meu ver, seria o fato de peças de lataria ou do painel que em caso de acidente, leve meses para chegar.

              • Edson Roberto

                Pois é Henrique, agora vá dizer ao mercado que Honda é "baratinho de se manter e inquebravel". Afinal, esse slogan é utilizado por muita gente. Graças a Deus eu que possuo um C3, mesmo para mexer em suspensão se gasta menos de R$500. Mas dizem que a mecanica francesa é "cara e não presta"… estou 4 anos com um carro que "não presta"….

                • HenriqueHJ

                  pois eh, inquebravel nao quer dizer que nao precisa substituir pecas de desgaste natural.

                  o meu com 78k km. o meu fit quebrou a Embreagem custo 1450 de novo.

            • Edson Roberto

              E vc falou algo que logo abaixo o pessoal ainda não entendeu onde vc quis chegar…

              • AutoIng

                É que todo mundo só vê o preço do pacote fechado da revisão, mas e a manutenção eventual? Tudo bem que pode-se dar sorte, mas tem gente que dá azar de pegar carro bichado, ou cair numa valeta, quebrar algo na suspensão. Imagina morrer em 2000 reais ao invés de 500, assim do nada. Estou chutando valores, claro, mas só quero apontar que o preço fechado das revisões não é tudo.

      • lorim_ce

        Autoing, não sei o preço da manutenção do siena mas o do versa é sim a mais barata entres os concorrentes 1.6 do mercado o somatório de todas as revisões até 60mil km é do versa a mais barata…
        então não será só R$1500 de diferença no preço de tabela…..inclua aí o menor consumo…o espaço interno
        (eu que tenho 1m82 que o diga)
        pra mim de longe o melhor custo benefício e não tem preço essas diferenças
        (e não me venham dizer que na hora de revender eu vou ter um mico…se eu pago mais barato desde 0km como eu poderia vender mais caro?)

        • DougSampaNA

          MAs falta CAMBIO AT, SEM ISSO NÃO TEM COMO ROUBAR MAIS CLIENTES DA HONDA e mesmo da Toyota na versão AT do Corolla!

          Eu compraria este carro somente se viesse com cambio CVT, cambio AT de 4 marchas eu não quero nunca mais, se eles tem o CVT porque não mandam pra cá um produto com qualidade superior a concorrencia? Existem milhares de orfãos do Fit CVT que não tem opção acessivel pra comprar, aí vão falar do Sentra CVT…ok…mas ele não é economico ( eu acho que 7 km/l de gasolinaé absurdo p/ um carro com CVT), então continuam orfãos.
          Eu tenho um fitinho cvt gasolina que faz de 11 a 12 dentro de SP, hoje eu garanto pra voces que não vejo carro nacional que consiga fazer isso na gasolina, com cambio AT/automatizado ou CVT, se vcs souberem de algum modelo me falem.
          Eu quero o binômio conforto e economia!

          • Edson Roberto

            Doug, tenho um colega que possui o Sentra CVT S 2009/2010 e o dele faz na cidade cerca de 9~10km/l. Tanto que gasta bem pouco por semana de combustivel. Eu acho um consumo bastante razoavel para o porte do modelo e o tamanho do motor.

            • DougSampaNA

              vc está falando de um legitimo gasolina, flex faz 7 km/l, na gasolina e 5,5 no alcool dentro a cidade, são motores bem diferentes né?

          • HenriqueHJ

            no meu sentra, em transito de cidade em horario de rush, faco entre 8.5 a 9. e ele eh flex. no mono ja vi nego fazer 11 km/l
            se ta fazendo menos eh porque nego gosta de pisar. eu pisando na vontade ele faz 7 mesmo.
            depois que pega a manha do carro da pra fazer 9 tranquilo. uma coisa que eu parei de fazer eh o largada de F1. abriu sinal ja sai pisando fundo. hoje em dia com o sentra eu vou entre 2 e 3 mil RPM. e vai embalando e quando pega velocidade vixi.

      • Bikudin

        Concordo, se comparar visual o Grand Siena da de 1000, mas só se for com o motor E-Torq, pq o mixuruca do Fire ninguem merece, E-Torq é muito mais moderno, usa corrente de distribuição, só aí ja ganha muito, o problema é o preço, mais de 40.000.

        • AMLAJD

          Quis dizer, "esses dias vi um na cor preta" com rodas aro 16".

      • AMLAJD

        No caso do motor do Siena 1.6 16V 116CV, em relação ao 1.6 16V 111CV do Versa, pelo menos nos testes, os 5 CV a mais não fizeram diferença a favor do carro da FIAT, que perdeu em desemprenho do carro da Nissan.
        Acho que aí a tecnologia faz toda a diferença. O primeiro é bloco de ferro sem comando variável, ao contrário do Nissan que é de alumínio com comando variável.
        Não verifiquei isso, mas o Versa deve ser um pouco mais leve também.
        Em síntese, depois de ver o carro pessoalmente, melhorou muito a minha impressão sobre o mesmo e acho que hoje seria a minha opção se fosse comprar um carro nessa faixa de preço. A restrição maior seria o tanque de apenas 41 litros.
        Esse dias vi um peço com rodas aro 16 e ficou com um visual bacana.

        • Edson Roberto

          Não sei se o tanque menor seria assim tão ruim. Hoje um Siena tem 45 e 5 litros de reserva. Se o Versa tiver um reserva maior, compensa essa necessidade. Te falo isso, pois no meu C3 há 40 litros no tanque e conta mais 5 de reserva. Acho o suficiente para qualquer viagem ou ate mesmo em uso urbano semanal.

          Curiosamente, prefiro alcool para usar na cidade devido ao melhor economia, mas na estrada é muito melhor usando gasolina… faço viagens e sempre faço 700~800 com um tanque. Se olhar faço um otimo consumo para um motor 1.4 e que não deve para outros carros com tanque maior. É uma questão a avaliar.

    • marcfreitaz

      Quem procura um carro desse segmento prioriza o espaço interno e a economia.

  • bandaxadibar

    Se tivesse um design mais atualizado, mantendo preço e itens de série, seria a melhor opção do mercado, em sua categoria!!! força Nissan

  • brnmilk

    Fiesta Sedan 1.6 com os mesmos itens fica mais barato +- 6mil reais. saindo por R$37.000,00

    • leosilvano

      Eu achei o Fiesta sedan com airbags e abs, sem som e sem travas elétricas por 39 mil. E o motor é de concepção mais antiga. Ainda assim é mais barato, mas acredito que o versa é um carro mais moderno maior.

      • Edson Roberto

        Bem em SP numa concessionaria CAOA da Ford, se encontra o Sedan por R$35900 com tais itens. Se estiver em SP confere lá… fica na av jabaquara.

  • http://lucrobrasil.wordpress.com/2011/07/12/campanha-contra-lucro-brasil/ lucrobrasil_boicote

    Notinha ruim da autopress como sempre. O teste do Vrum foi nota 10!!!!!

    Melhor espaço interno, melhor motor da categoria, melhor consumo, melhor custo beneficio, e de quebra o unico sedan da categoria vendido tambem em Estados Unidos.

    E como o povo fala tanto do interior, nada que uma central multimidia não mude. Afinal já que o carro custa menos que os concorrentes, e de quebra consumo menor. hehehhe. GPS, TV Digital, DVD, MP3, MP4, camera de re, etc.

    <img src="http://2.bp.blogspot.com/-zVpAzLWUZw0/T4s84-fatUI/AAAAAAAABNY/S2L0ot-ot_M/s700/Nissan%20Versa-3m.jpg"&gt;

    • andre_0102

      Pois é achei meio estranho as citações de estabilidade, vi uns testes no EUA e o carro é bem elogiado… Agora rodas 185, meio pobre…

      • Edson Roberto

        Se fosse rodas 185… seria a maior roda do mundo!!!! rsrsrs eu entendi, vc falou dos pneus…rs

        Mas André, eu tenho um C3 com aro 15 e pneus 185/60 e te digo: Ele é bem estavel. Não acho que aumentar a banda (em largura) ou o tamanho do aro iria aumentar a estabilidade. Acho que nesse caso, o acerto foi ao estilo japones de ser: Que é na medida certa. O proprio City que falam que é roda de moto, tem bom acerto sem necessitar de um pneu mais grosso.

    • Tempero

      Detalhe: é um dos poucos nessa faixa de preço que comporta uma central multimídia.

    • dfvalle

      Esse painel é a cara do Baby da familia dinossauro!!!!

    • Alec_T

      Fico imaginando esse carro com 4 airbags, Ar digital dos modelos EUA/CAN, Multimidia e CVT por menos de 50 mil. Dentre os diponíveis, uma ótima compra.

    • Edson Roberto

      Lucro,
      Acho que o que fica sem graça no Versa e March, é o fato de tudo ser da mesma cor. Veja o interior por completo de um Cobalt…. verá mesclas de cinza e preto. Podem achar um absurdo, mas esse mix que seja de cores puxadas de preto e cinza sempre dão um aspecto melhor aos modelos. O Grand Siena é exemplo disso e confere que o painel fica bem interessante, mesmo sem uma central.

      Eles poderiam melhorar um pouco essa coisa "sem graça" que é o interior. Não condiz nenhum pouco com o exterior do carro que além de ser exotico é ousado (demais para mim diga-se de passagem).

    • MM_

      É o único vendido nos Estados Unidos, entretanto foi a maior queda na Consumer Reports considerando um ano para outro. Nesse caso obviamente está sendo considerado o nosso Tiida Sedan (que se chamava Versa por lá), com o Versa que o substituiu.

      Eu tive um Tiida e sinceramente não teria coragem de ter um Versa.

  • mauricar20

    O Versa seria minha escolha antes do lançamento do Grand Siena… O FIAT 1.6 por 1500 reias a mais voce leva um visual muito mais acertado, mais potente, melhor acabamento…perde só em espaço interno… enfim vale muito a pena.

    • AndersonDak

      quando voce comprar pode me informar o consumo?

  • Vateau

    Se tivesse o tal design empolgante, não teria o tal preço justo!!! Ai Brasil! Será que vai existir um carro tão bom e barato como o Nissan Versa???
    .
    Outra, o preço dele tá mais regular ou ainda existe muito ágio?????

    • lorim_ce

      em Fortaleza o ágio tá só de R$600 e espera de até 60dias pra SL e 120 dias pra SV

      • HSFort

        Na loja Jangada na Julio Ventura, a vendedora disse exatamente o que você afirmou, até 120 dias. Na loja da Washington Soares, o vendedor disse que até 3 meses.
        Na da Julio Ventura, a vendedora queria mesmo era empurrar o Sentra a todo custo ou o Tiida. Ficou desencorajando minha irmã a adquirir um Versa e que o mesmo não tinha mais pedidos já que os que estavam chegando, eram de clientes que tinha feito as encomendas no começo do ano.

        • lorim_ce

          HSFort o vendedor que me atendeu queria porque queria me empurrar a SV sendo que eu quero a SL. Fui procurar a revenda de juazeiro a centenas de km e não fica com impurroterapia e foi muito mais atencioso. Sem contar que lá é o preço do site!

        • Edson Roberto

          Hs, a minha impressão na realidade, foi que a vendedora não tinha o produto mas tentou empurrar um superior que possivelmente teria a pronta entrega. Talvez tivesse dado certo com sua irmã. Quem sou eu para julgar, mas acho que ela poderia apresentar outro modelo na falta de um que não possui e que em teoria, seria o inferior.

          Além disso, se ela faz de tudo para empurrar um carro superior, eu mesmo já iria com os dois pés nos peitos da vendedora jogando o preço do carro ao custo do Versa. Já que empurrou aguenta…

    • mattionix_

      Região de campinas tá sem ágio. No grupo Caiuás. Pesquisei esta semana.

  • Renan21

    E tem gente que ainda prefere o Cobalt ( Se é que eu posso chamar de gente)

    • Leandro1978

      Pois é, mas não dá para saber o que leva o consumidor a optar por um ou outro, só o próprio. Um primo queria trocar o seu Classic em um Versa, principalmente pelo preço inicial e equipamentos. Porém as concessionárias Nissan nem se deram ao trabalho de avaliar o seu usado. Devido a isso, foi na GM, teve o carro avaliado bem acima do que pagavam na concorrência e ainda teve desconto concedido no Cobalt. Pergunta qual carro ele comprou.

      • http://www.noticiasautomotivas.com.br/ sphix3000

        Esse é o problema de compra carro no Brasil, na hora de troca você fica amarrada a montadora pq ela valoriza mais o seu usado.
        É quase sempre uma diferença de uns 2 mil, pra quem paga uma prestação de R$ 400,00 isso aí já são 5 parcelas ou IPVA de 2 anos.
        Isso só vai muda quando a nossa situação econômica melhora mais a ponto das pessoas não ligarem mais pra isso e forem atrás do que é realmente melhor.

        • Leandro1978

          Mas no caso dele, não foi apenas o fato de terem avaliado melhor o seu carro na GM, mas também o tratamento como um todo. Pelo que ele comenta, o tratamento na Nissan foi como se eles estivessem fazendo um favor a ele ao mostrar o Versa. Na GM foi o oposto, o vendedor foi atencioso, mostrou as três versões, ofereceu test drive, cafezinho, etc, além de ter o modelo à pronta entrega. Isso também pesou. Na ponta do lápis, em relação aos valores desembolsados, a diferença acabou sendo praticamente a mesma, pois se o Versa custava menos, também avaliaram menos o usado, além do desconto que a GM deu no zero.

          • http://www.noticiasautomotivas.com.br/ sphix3000

            Hummm, entendo. Mas essa questão do atendimento acredito que não possa ser atribuído somente a Nissan.
            Muitas concessionárias são realmente arrogantes, isso aconteceu comigo e minha mãe quando fomos a um concessionária Fiat.
            Ficamos uns 10 minutos olhando os carros e chegou um muleque com cara de bunda que nem se deu ao trabalho de mostra opções. Mas infelizmente na época só existia uma cc da Fiat na minha cidade, então fomos de GM pelos mesmo motivos que seu colega comprou Cobalt.

            • Leandro1978

              Sim, o tratamento dentro da marca não é padrão. Já li reclamações sobre o tratamento de certas lojas da Honda e Toyota. Assim como já vi muitas pessoas elogiando a Renault, cuja não me tratou bem (não fui atendido em duas e em outra o vendedor me tratou mal). E mesmo dentro da loja há diferenças, pois na ocasião do lançamento do Gol G5, fui conhecê-lo e fui extremamente mal tratado, inclusive a vendedora me preguntou se realmente queria saber os preços (!). Quando o Jetta foi lançado, fui a mesma loja e o tratamento foi totalmente o oposto. De até vontade de sair com um…rs…

      • fabiollima

        Aconteceu comigo na Renault(Recife), estava atrás de um Sandero, fui muito mal atendido, o preço estava diferente do divulgado e ainda por cima e nem avaliaram meu carro usado. Fui na Ford e o tratamento foi outro, resultado troquei lá o carro.
        As vezes a preferência por um veículo ou marca é determinado por outros fatores além da qualidade do carro em si, afinal considero todos os carros muito parecidos.
        Hoje penso duas vezes em entrar numa CSS Renault.

      • AMLAJD

        Isso é o começo, como tem muita procura e pouca oferta, os caras ficam se fazendo de dificil.
        E realmente as concessionárias Nissan pagam muito pouco pelo seu usado, um pouco mais se for uma Nissan ou Renault.

        • Leandro1978

          Já vi Concessionária Toyota pagar mais em um Megane que a própria loja da Renault que o vendeu. Sério, aconteceu com um amigo do meu pai. Ele comprou um Megane em 2009 por R$ 56.000. Um ano depois quis trocar por outro (não sei o motivo da troca em tão pouco tempo). A loja que o vendeu, avaliou-o em R$ 28.000. Na Toyota, na troca por um Corolla, o Megane foi avaliado em R$ 32.000. Acabou levando o Corolla, ainda que tenha voltado um valor maior (teria que voltar R$ 28.000 no Megane, mas preferiu pagar R$ 2.000 a mais e pegar o Corolla), acabou levando este.

          • Edson Roberto

            Nesse caso, acho que o Corolla tinha poder de encarar numa boa o Megane… acho que isso também fez a diferença.

            Mas o atendimento é algo que eu tbm prezo mto. Fiquei espantado depois de mtos anos longe de uma CSS da VW, ter ido conhecer o Jetta (flex e TSI) e ter um atendimento fora do comum. Sem contar que pude conversar com dono de Tiguan e Passat que sempre levavam ali para fazer a manutenção e sempre falavam bem daquela CSS. Isso é um diferencial e tanto para mim. Eu não sou de pagar R$10000 a mais por um modelo, mas se o atendimento é condizente, eu pagaria R$2000 a mais por um carro sim, desde que esse produto ofertasse algo similar ao rival que eu gostei.

            Eu mesmo estou abrindo mão literalmente de um Fluence. Ninguem me respondeu até hoje sobre como poderia fazer a compra via CNPJ. Só simplesmente colocaram o valor de CNPJ sem qualquer outra informação. O atendimento em 2 concessionarias foram Bons e outras 2 pessimas. A Renault precisa e urgente, rever isso.

            A Citroen, no qual souy dono de um modelo, ta de parabens nas CSS que eu vou e fui. As do ABC são exemplares, apenas a da av Ibirapuera que é uma droga. E eu depois de tanto pesquisar, estou praticamente pegando um carro usado, curiosamente, talvez esteja de usado na terça feira da semana que vem…

            • Leandro1978

              A VW me surpreendeu recentemente, pois sempre teve um tratamento, digamos, frio, com o consumidor, pelo menos nas que ia. Para você ter ideia, uma vendedora me perguntou se realmente queria saber o preço de um Gol G5, isso na época do lançamento. Já quando fui conhecer o Jetta, o tratamento na mesma loja foi diferenciado. Na época fiquei em dúvida, pois estava cotando um carro mais caro, etc. Para tirar a "prova" fui a outra e quis "conhecer" o Gol G4. O tratamento também foi excelente. Já na Renault, o tratamento foi padrão nas três loja que fui: de péssimo a ruim…

      • MM_

        Exatamente Leandro. Tive um Tiida que comprei 0km, fiquei por 10 meses e rodei por 8.000km. Comprei o carro por R$ 44.900. Na hora de trocar, a mesma Nissan que me vendeu, pagou R$ 28.000,00. Só pra ter uma base, a CCS Ford me pagava R$ 31.000,00 na troca de um Focus e a Citroen R$ 32.000,00 na troca de um C4.

    • ronaldodaros

      Não compro Nissan porque a concessionária mais próxima fica a 270 km da minha cidade. São excelentes carros, mas a rede de assistência ainda está muito precária em se tratando de abrangência.

      • Leandro1978

        Este é outro fator. Por ter uma rede menor, a abrangência da Nissan é muito menor que a da Fiat, GM ou VW, por exemplo. Isso reflete nas vendas, certamente.

        • Renan21

          Pois é. Ao meu ver parece que a nissan nao tem muito interesse no Brasil.
          Se tivesse, fariam mais propagandas, teriam uma rede maior, etc.
          E não duvido que o Brasil seria o mercado mais importante pra ela, é só ter mais interesse.

          • Edson Roberto

            Renan, abrir uma concessionaria eu não considero que seja algo certo e principalmente de uma nova marca.

            A Nissan pode ser promissora, mas falta mto o que fazer antes deuqerer alcançar uma faixa maior de vendas. Eu acho que por enquanto que os produtos literalmente vem do México, é pedir demais para ter vendas acima do esperado, tendo tantas restrições de comercio.

            Nesse momento, eu não acho viavel ter tantas CSS. Se já há falta de peças (KIA e Hyundai) imaginou a Nissan?

    • DougSampaNA

      Realmente o cobalt 1.4 é igual ao prisma 1.0 no desempenho, quem sabe neste quesito, quando vier o 1.8 com torque de 17kgf, não seja outro carro né? Feio o Cobalt é, mas infelizmente 5600 carros vendidos no mês consolida a ideia que o brasileiro compra qualquer desenho só pra ter espaço e andar de carro novo.
      Se pelo menos os Citroen e pegout tivessem conjuntos mecanicos menos problematicos seriam opções nem mais interessantes..

      • Edson Roberto

        Eu acho que também não é assim.

        Não dá para comparar um 207 "Passion" com um Cobalt ou Versa. Hoje a PSA não tem concorrente a altura desses modelos. O Passion como disse, é o pior sedan (em entre-eixos) de todos. Considero até o Siena EL com melhor aprovietamento de espaço interno.

        Achjo que o fator da PSa não ter um modelo concorrente que pesa. Agora, mecanicamente falando, acho que o maior problema da PSA é o CAMBIO. É a maior defasagem dos modelos pois eu com meu C3 1.4 sou feliz a 4 anos com o modelo. E não tive nenhum problema de peças que quebraram antes do tempo, a manutenção é barata e ele durou tanto qto meu Uno em questão de durabilidade de peças.

        Considerando que meu uso sempre foi para tudo (trabalho, diversão, viagens de lazer e trabalho), ele durou muito bem. Tanto que depois de quase 4 anos (quando eu realment tive que trocar algumas peças), que foi necessária manutenção. Nenhum outro carro passaria de forma diferente. Falo isso que meu cunhado que acaba de vender seu Civic 2008, iria precisar trocar amortecedores, pneus, freios (terceira vez), peças de suspensão e isso com 45000km. Meu C3 tem 80000km hoje, sendo que fiz diversas manutenções entre 60000 e 70000km.

  • CharlesAle

    Enquanto a Fabrica do Brasil não fica pronta,qual o problema em esse carro vir do México???regularia o mercado e seria uma ótima opção para o consumidor,é pena que esse governo,combinado com as montadoras,querem impor dificuldades mil a outros concorrentes,com desculpas esfarrapadas de balança comercial!!!!se tivesse preocupado mesmo não permitia essa invasão geral de produtos chineses que estão sufocando setores nacionais!!!!e assim a corrupção vai massacrando o País e seus consumidores…o versa é uma ótima opção a voyage,logan e fiesta,este ultimo pelo menos está buscando ótimo custo/benefício,mas os demais hummm!!!!!!!!

    • HSFort

      Prefiro que ele continue sendo feito no México. Já apressei minha irmã em fechar negócio com ele antes de que o mesmo seja produzido no brasil. Melhor esperar até 3 meses e ter um carro de padrão mundial de exportação que um modelo que visa apenas vendas internas. O que isso quer dizer? Queda na qualidade.

      • http://www.antoniodejulio.com.br Antonio De Julio

        Sinto dizer, mas não é tão padrão mundial assim. Fizeram umas comparações entre o March que é vendido aqui e nos EUA e o resultado foi decepcionante

        • HSFort

          Ainda assim, prefiro que seja feito no México que no brasil.

        • Tcalmon

          March é vendido nos EUA? o0

          Que eu saiba só o Versa mesmo…

        • HenriqueHJ

          assim vc só da margem a afirmação de que o brasileiro é mal informado sobre os carros.

          • http://www.antoniodejulio.com.br Antonio De Julio

            Não exagera. rs Troquei os produtos, mas os testes comprovam a diferença entre os carros que vão pros EUA e vem pra aqui

            • HenriqueHJ

              nao quis ofender,

              pois o march nao eh vendido no mercado americano. a comparacao se deu exatamente com o modelo micra (march) europeu. e acredito que o modelo march que foi produzido no mexico eh inferior ao modelo produzido na europa. mas como o carro nao eh vendido no mercado americano. o carro em si deve ser fraco para todo o mercado latino americano.

              enquanto no Micra/March deve ser superior, pois na europa sao bem mais exigentes, nesse ponto devemos ser um dos povos livres menos exigentes do mundo.

              mas o caso do versa, como eh vendido no mercado dos EUA, creio eu que no caso do aco e estrutura seja a mesma que eh vendido nos EUA e so deve cair a qualidade do material interno. vide o nosso painel que eh igual ao do march. nos EUA o versa ganhou 4 estrelas, o que nao devera se repetir aqui. pois ja vai perder pelo menos 1 estrela por causa da falta de 4 airbags adicionais. que nos EUA vem desde o modelo de entrada.

        • HSFort

          Sei sobre o teste do March mas esse modelo não é vendido nos EUA.

      • MM_

        Trabalho em uma empresa que possui diversas plantas espalhadas pelo mundo. O maior problema que temos nas Américas é o Mexico.

        A manufatura em geral no Brasil é muito superior a Mexicana.

        • HSFort

          Opinião sua!

          • MM_

            Na verdade não é bem uma opinião é uma questão que eu vivo no dia a dia. No meu segmento é assim.

    • AMLAJD

      Acredito mesmo que vá diminuir bastante a oferta desse carro e do March vindos do México. A Nissan ainda importa de lá TIDA Hatch e Sedan e o Sentra. Como a cota para 2012 é de 105 Mil carros, e todas querem importar de lá, vai acabar sobrando para a Nissan. A não ser que o govêrno determine cotas com base no que as montadoras vinham importando até 31/12/11. Aí a Nissan fica bem perante as outras montadoras.

      • HenriqueHJ

        até que não, até onde eu tenho lido.

        parece que na primeira autorização de cota. a nissan ficou com 1/4 do valor. então não creio que de inicio vá alterar muita coisa. a unica alteração seria que a nissan vai começar a diminuir o volume do march e no lugar produzir e trazer mais versa. principalmente o SL para desafogar a fila de espera.

  • brnmilk

    eu jurava que o consumo era melhor…

    • mattionix_

      Tem vídeo de gente que comprou por aí, alegando que chega a fazer 18km/l na estrada. Um desses caras é o Pedro Segundo. Ele mantém o blog novoversa.blogspot.com e o canal dele no youtube tem uns 9-10 falando sobre o carro, segue o do consumo: http://youtu.be/bjHdjsF4h2M

      Sei lá cara… também estou perdido. Quem tem fala que é fantástico, em revistas/sites especializados é normal quase bom (nunca passou de 11km/l)… vai saber…rs

      • HenriqueHJ

        isso vai muito de motorista pra motorista, principalmente se voce acaba de sair de um carro com motorização muito forte. a tendencia é sentar o pé quando pega um carro de baixa cilindrada.

        eu percebi isso quando eu pego o sentra e depois pego o fit. on fit eu sento o pé para que saia na mesma velocidade que o sentra. e o consumo vai pro saco.

        então o consumo de donos valem muito, pois eles já tem a manha de dirigir o carro e já sabem como usar para ficar na faixa otima de consumo. além disso os carros que são cedidos as vezes tem baixa km. nesse blog acho que o carro do dono do blog já ta indo pra 20k km.

        • Edson Roberto

          O consumo que vc diz na cidade de 11~12km/l no Fit CVT é sentando o pé???

          • Dragoniten

            Fit da minha mãe, 2005 1.5 manual, sentando o pé que nem louco, só nas três primeiras marchas, desde que você reduza, o carro faz 11km/l na cidade…

          • HenriqueHJ

            o meu fit eh manual.

            antes de ter o sentra eu consiguia fazer 13,5 km/l.

            mas depois disso eu to sentando o pe pra ficar na velocidade do sentra. ai o meu consumo do fit esta em torno de 10.9 km/l.

            deu uma baixada boa.

    • Acport

      8 km/l de álcool na cidade é ruim?

      • AMLAJD

        Muito bom para um carro 1.6 16V eu acho!

      • http://www.noticiasautomotivas.com.br/ sphix3000

        Tb acho muito bom, meu Crossfox faz 6 Km/l estourando na cidade com álcool.

    • Acport

      No teste do Cobalt, com motor 1.4, desse mesmo site, ele fez 7,5 km/l de álcool, em um circuito de 2/3 urbano e 1/3 em rodovia. O Versa fez mais que isso (8 km/l de ALCOOL) rodando apenas na cidade. O consumo dele é muito bom.

  • brunoobu

    O Versa é tão perfeito que o seu único contra é sua beleza….sendo que se ele fosse um FIAT ou VW iria ser a oitava maravilha do mundo.

    Fala sério, tudo bem ñ gostar da beleza do Versa, mas elogiar o Grand Siena? eu o vi pessoalmente e a traseira NÃO tem NADA HAVER com a dianteira, sem falar que o Grand Siena ñ tem uma origem Fiat, ele parece que foi um carro inspirado em vários carros, mas que o conjunto final não deu certo….como a traseira, que parece a do cerato, porém de um nível inferior, ou a dianteira que é um plágio "made in fiat" do J3….ou seja, após anos para a Fiat pensar em refazer o Siena, ela vêm e faz uma cópia, como se fosse as coxas…

    em falando em "coxas" = "mal feito" alguém entrou dentro do Grand Siena? puts, ao contrário do Versa vc vê a lataria das portas e não tem forração no porta malas como no Versa, e nem dupla borracha nas portas como no Versa…enfim como pode o Grand Siena ser mais caro que o Versa (que é um projeto mundial) e mesmo assim ficar devendo em acabamento…

    Sobe o motor Etorq 1.6 e o do Versa, o da Fiat só tem ficha técnica, pq na tese ele é 0,5s mais lento que o Versa…e não vêm falar que é por causa do peso, pq a diferença é miníma para um motor que se diz bem mais potente (117cv e +16kgfm)

    • AdvPE

      O COBALT é a mesma coisa! O carro é horrível, disputa acirrada com o Logan, "Qual o carro mais feio do Brasil?". A GM fez condições imperdíveis para Taxistas pra poder alavancar esse mico, porém, se fosse um Renault ou um Nissan, não venderia 400 unidades por mês. Por isso respeito muito a Nissan, pois investe no país, não abre mão da segurança, mas sabe que para crescer aqui tem que popularizar, simplificar…
      A Renault vendia, no máximo, 2.000 unidades/mês em 2006, com o lançamento de Logan e Sandero, navega nos 13-14.000.
      A Nissan tinha 1% de participação de mercado, antes de March e Versa… E digo mais, hoje a Nissan não beira os 5% porque está faltando Versa! Em todas as praças tem fila de espera! Sou de Recife, liguei para Caruaru, João Pessoa, Natal, Maceió… Unanimidade, todos com lista de espera!
      Tenho um Kia Cerato, meu sogro tem um Sentra e uma Frontier, minha esposa tem um Logan, meu irmão tem um Cerato. E não suporto quando alguém me diz: "sei lá, esse carro é importado…" Acabou, não existe mais isso, o mercado está globalizado! Talvez eu tenha que baixar a cabeça pois o meu, de fato, é um carro importado, mas dizer que Nissan e Renault são importadas, ahh vá!

      • HenriqueHJ

        o mesmo aqui. já abandonei as 4 grandes desde 1996. e não pego mais da honda e toyota enquanto ficarem nesse preço extorsivo.

        tenho um honda, um nissan e um renault e se precisar de mais um carro vai ser nissan com certeza.

        depois que eu descobri, internet, shop-online e ebay. peças são coisas que não faltam

  • Filipe_GTS

    Reclamam tanto do visual. Esquecem-se que se fosse lindo custaria caro…

    • rodrigobertoldo

      Essa é uma verdade, é só olhar pra todos os novos Hyundai…

      • Vitão

        Por falar em Hyundai, bem q eles podiam trazer o Accent pra competir nessa faixa de preços…..

  • aprs

    AutoPresso chuta o balde no design. Quais notas deram pra Agile e Cobalt? E sempre nos 71 pontos, parece viciado.

    • HenriqueHJ

      também percebi isso.

      maioria dos carros fica com a media entre 7 e 7.5.

      a mesma coisa acontece com a revista carro. fala bem, fala mal. tudo fica na media 7.5

  • MatheusMaranhao

    Não, obrigado. Deixa aquele cambio automático de 4 marchas pra Renault mesmo. Bora de CVT.

    • HenriqueHJ

      eu rezo muito para que a nissan traga o CVT no versa, mas eu acho que vai dar não. no chile e mexico tem o versa automatico, mas de 4 marchas. entao eu acho que na planta de aguascalientes o CVT só USA e Canada. o resto fica com o automatico de 4 marchas. dos versas vendido na amerlca central pra baixo. o mais xexelento é o brasileiro. até no chile o painel é igual ao americano. e o brasileiro usa do march

  • Racer2001

    Um dos carros mais "na mão" que já dirigi. Testei a versão top e a direção elétrica é perfeita e transmite muita confiança ao motorista. Os freios também são muito eficientes.

    O Versa realmente não é um carro bonito, mas seria a minha opção no segmento em que concorre, pelo simples prazer de dirigir que esse carro oferece. Quem ainda não o dirigiu, faça um test drive numa concessionária e comprove. O único "porém" do carro para mim é o barulho do motor, que chega na cabine um pouco alto, a ponto de incomodar quem gosta de dirigir com silêncio. Pelo menos foi essa a impressão que tive.

    • http://www.noticiasautomotivas.com.br/ sphix3000

      Me responde uma coisa. Esse baruto é tão alto quando do celta/pisma?

      • Racer2001

        Colega, eu realmente não saberia te dizer, pois nunca dirigi esses dois carros da GM.

        • AutoIng

          Que sorte a sua… O Celta URRA dentro da cabine. O pior de tudo é que é um ruído feio (ardido), parece que o motor está fazendo um esforço enorme e o giro nem está tão elevado assim!

  • canjicajujuba

    Não consigo simpatizar com o desenho da traseira. Me passa a impressão que está caída.

    • HenriqueHJ

      não é impressão, esta caida mesmo.
      vendo o carro estacionado ao lado dos outros. a lanterna do versa fica praiticamente um palmo abaixo dos outros.

    • Romis_gtr

      Também acho, mas achei umas imagens do Almera, que usa um "mini-aerofólio" que dá uma diferenciada, não soluciona, mas melhora

  • Clock

    "… O motor tem arquitetura moderna, feito de alumínio e com controle variável de válvulas na admissão…"

    O Motor não é o Renault não… o da Renault não é feito em alumínio nem tem controle variável de vávulas.
    Sou fã do 16v da Renault, mas ja passou da hora de um "Upgrade" para ficar excelente.

  • Marciomaster

    Comprar um carro, chegar em casa, colocar na garagem e ficar admirando seu "brinquedinho"novo é o maximo…ahhh mostrar pros outros too. Esse carro não dá, quem desenhou isso, nem por preço de mille eu compraria, desculpem a quem gosta, mas o cara que foi pago para desenhar isso merece o que?

    • HSFort

      Então para você, carro de qualidade tem que ser exclusivamente belo não é?

      • Marciomaster

        Sim, ter prazer em ver um belo carro na garagem é fundamental, depois disso o carro tem que ter uma posição de dirigir e bancos ótimos. Dai pra frente vem dados técnicos, valor do seguro etc. Do que adianta ter motor ser economico e não me dar prazer em olhar o carro ou dirigi-lo. Isso fundamental, não exclusivamente isso, mas fundamental.

        • HSFort

          O fato de o carro ser apenas "belo" é o mesmo que desejar uma belissima mulher mas de quebra, ela é ordinária, te trai e te leva a falência. Mas sei que na nossa natureza, sempre prestigiamos o que é belo. Mas nada adianta o carro ser belo e ter aquela "obra de arte" na garagem se o mesmo é uma tremenda dor de cabeça quando se fala em manutenção e prazer em dirigir.
          O Versa realmente não prima pela aparência. Seu apelo é pela posição de dirigir que é ótima ao meu ver, conforto e porta malas. Seu motor e opcionais que em modelos nacionais é entregue por fora custando muito mais.
          Em tempos, quando adquiro isso ou aquilo, primeiro vejo as vantagens que ele me oferece, depois a aparência.

          • Alec_T

            Com o exemplo da 1a linha voce já ganhou meu eterno respeito.

          • Marciomaster

            HS, exemplo com mulheres não dá…rssss, voçe não vai querer uma mulher com desastre no visual, relaxada, mal acabada só porque é pau pra toda obra…ahhh e ela ainda pode te trair rsss.Vamos deixar os paralelos femininos de lado para não nos processarem por aqui. Cada um tem sua filosofia na ora da compra, na minha ordem vai: estetica, posição de dirigir, seguro,mecanica,acabamento e itens de segurança. Mas tem que estar tudo isso dentro de uma casca agradavel e o Versa, mesmo que voçe o defenda, não é o caso, existem opções melhores.

            • Edson Roberto

              Vai me desculpar, se esse é o seu pensamento não é o de todos. Minha namorada não é nenhuma modelo, mas a acho bonita e digo ainda mais, eu mesmo acabo olhando mais gordinhas nas ruas do que magrinhas. Acho que tem mais o que oferecer que não seja uma cabeça vazia. E geralmente as gordinhas tem esse diferencial.

              Para mim, já que foi citado, eu procuro funcionalidades, itens de serie e segurança. O resto é de fato deixado mais atrás como um dos itens que é a estetica. Tanto que, depois de tudo analisado no carro que eu queria, um deles seria a beleza. E te digo isso, porque o carro que cotei para comprar era um Fluence, mas por causa da falta de respostas da Renault a uns questionamentos meus, eu abri mão do modelo. Agora, se fosse pensar no "bonitinho" talvez eu tivesse que ficar mais um bom tempo sem trocar de carro, porque todos os carros atuais vendidos aqui, tem uma ou outra coisa discutivel em termos de design.

          • MM_

            Aí que mora o problema. O Versa é feio que dói e quando se fala em manutenção é uma baita dor de cabeça;

            Eu fui um dos que caíram na armadilha do custo x benefício e depois paguei a conta do pior pós vendas que já conheci na vida, que é o da Nissan.

    • fabiollima

      Eu gosto do Design pois no meu ponto de vista parece um carro Japonês, acho que cada marca tem seu traço e estilo, por exemplo, não gosto dos JACs pois parecem carros italianos, acho que deveria ter um design Chinês mesmo, assim como os traços coreanos, que são lindos.

      • Edson Roberto

        Ue… mas se ele foi justamente desenhado por um estudio italiano, vc esperava linhas chinesas???? ¬¬

        • AutoIng

          A questão é: o que seria o estilo chinês? É sempre cópia :D Em todo caso acho os JAC até interessantes, só não gosto muito das lanternas dos J3.

  • Rud

    Toda vez que vejo esse carro eu levo um susto!

    Obrigado Nissan, fico com o Voyage mesmo.

    • mattionix_

      hahahahahaha!
      Normal… tem homem que tem medo de mulher, cachorro que tem medo de osso… acontece com alguns. hahaha

    • Tcalmon

      Melhor tomar susto que comprar b*sta a preço de ouro

      • Rud

        Se é tão rui assim, pq temt anto na rua, pq ganhou TODOS os comparativos?

        • Edson Roberto

          Qual deles? O Voyage?

          Qtos comparativos? Ah sim, Siena, Voyage e Corsa Classic….

          • AutoIng

            Ganhou todos os comparativos em que competiu com cachorro-morto :D
            O Voyage é o mais caro entre todos os sedãs compactos hoje e não oferece nada de superior a nenhum deles. Aliás nem no visual, eu diria.

        • MajorAutomotivo

          já ouviu falar em "jabá", reportagem comprada?

  • willyaugusto

    Quando li "O baixo peso prejudica a estabilidade" parei de ler..

    • Leobr00

      Eu também não entendi essa reclamação de estabilidade em velocidades acima de 140km/h, além da proposta não ser essa o limite das estradas é abaixo disso. Ficou estranho.
      Acho que é para manter a nota dento dos 70 pontos, repare que todos ficam com essa nota.

      • AutoIng

        Até existe sim uma relação entre peso e estabilidade, mas tem fatores que influenciam bem mais num carro com dessa categoria. Às vezes é simplesmente a comunicação entre direção e rodas, às vezes uma direção muito leve, tudo isso acaba enganando o avaliador em alguns momentos. A gente acha que é fácil avaliar o comportamento dinâmico de um carro, mas a realidade é que até jornalistas experientes da mídia internacional já disseram grandes bobagens em alguns momentos (não estou julgando ninguém aqui, só apontando que erros podem acontecer com qualquer um).

  • Acelerando

    "Em situações urbanas, a estabilidade também é elogiável. São raras as situações que o Versa sai do controle do motorista, ainda mais quando ele é equipado com os freios autoblocantes."
    ????AUTOBLOCANTES????

  • Antonio De Julio

    É um bom carro, mas o acabamento é ruim demais. Consegue ser compatível com o Cocobalt intermediário.

    Gostei muito do novo Siena, e pago a diferença. Realmente, acho que uso um carro 98% com apenas 2 ocupantes na frente (o terceiro terá 50cm em breve, rs)

    • HSFort

      Como lançamento e por ser voltado para o mercado interno, o novo Siena deve ser uma "caixa de pandora" em termos de problemas.

      Fico mesmo com o Versa. Não se pode pensar nesse modo de pensamento em comprar um carro pensando apenas no mercado. Nunca mais caio nessa! Mesmo sabendo dos prejuízos que eu possa ter no futuro na hora da revenda.
      Os melhores carros são justamente aqueles que são mal falados por "mexânicos" e por vendedores doutrinados.
      Nesse caso o exemplo típico é o Fiesta Rocam.

      • http://www.antoniodejulio.com.br Antonio De Julio

        Bom, eu conheci os dois carros pessoalmente e dei meu veredito, independente de montadora A ou B. O interior do Versa é muito fraco, mesmo para a categoria que ele se propôs. Gosto das duas montadoras, não sou "ista" de nenhuma, tanto que já tive carros de quase todas.

        Mas o Grand Siena levou meu voto, pela pouca diferença de preço.

        E sobre mercado interno, é só ver a diferença pro March que é entregue nos EUA e o que é entregue aqui, nas chapas de aço e testes de segurança.

        • Edson Roberto

          Lembrando que cada um tem suas necessidades e a sua n]ao é um bom espaço interno. Então um siena atende pois tem outros requisitos que vc acha necessario.

          Só acho que nesse momento, um unico carro que eu não compraria para mim perante esses sedans seria o Voyage. Justamente pela falta de itens que o carro oferta. Ele passa a ser um menos equipados da categoria.

          • http://www.antoniodejulio.com.br Antonio De Julio

            Sim, com certeza. Temos que ver um carro de acordo com nossas necessidades.

  • Rud

    Esse vai disputar o Troféu feiura do Ano com o GM COBALT.

    • AutoIng

      Ah não vai não… O Cobalt é líder isolado em bizarrice visual :D

    • MM_

      Não vai não. O Versa ganha de qualquer um nesse quesito.

  • thimoten

    O carro é muito mais bonito ao vivo do que nas fotos, é impressionante.

    • http://www.antoniodejulio.com.br Antonio De Julio

      Achei ele muito bonito e imponente. Pena é o interior…

      • AutoIng

        Na cor preta dá uma boa disfarçada nos pontos fracos do visual dele. Já no interior, só mesmo a central multimídia pra ajudar a desviar a atenção da pobreza do painel (não que os concorrentes sejam tão melhores também).

  • marciomvo

    Também sou mais grand siena. A diferença de 1500,00 a mais pagas no siena, é neutralizada na negociação, na revenda. Os da nissan me ofertaram 2000,00 a menos no meu usado. O mesmo aconteceu na Renault, com o Sandero.
    O carro é bom, o nissan, mas o design deixa muito a desejar.

  • D7V5

    O carro é uma boa opcão. O mercado esta reagindo bem a ele.
    Também é um carro sem muita inspiração. O fato de que será produzido no Brasil, joga a favor.

    Mas mudando um pouco a perspectiva:

    - Estamos ficando todos intoxicados com os altíssimos preços praticados no Brasil.
    - Nota 9 no custo-beneficio?

    Estamos mesmo ficando cada vez mais intoxicados pelos preços.

    Igual aquela história de colocar um sapo na panela com água morna e fogo baixo ehehehehehehehe.

  • jcperes

    "Pitada de esportividade" ?????
    Não tem absolutamente nadinha de NADA de esportividade nesse motorzinho frouxo!
    E os freios são horríveis, mesmo com ABS e EBD!
    Não estou julgando mal a avaliação, mas algumas impressões minhas ao dirigir são totalmente opostas às descritas na mesma. Essa foi minha opinião. Portanto, se alguém está em dúvida sobre comprar esse carro, vc pode ler milhares de avaliações diferentes, mas nenhuma delas te dará o mesmo feedback que DIRIGIR o carro. Vão fazer um test drive e parem de idolatrar avaliações de sites e revistas, pois elas são meras opiniões pessoais e opinião cada um deveria ter a sua.

    • Gru

      Fiz um test drive hoje e também achei os freios horríveis. Dá a sensação que o carro não vai parar.

  • Adriano_Silva

    Ate agora é a melhor opção no mercado, os concorrentes ou são feios e menos equipados ou são menores e mais caros.

  • crigosp

    Eu já fui na ccs e realmente pude observar que trata-se de um CARRÃO!
    O preço da versão SV é atraente.. pena que não tem ABS. Ainda não fui conhecer o novo Siena. Mas acredito q pelo PREÇO e vantagens, eu compraria o VERSA.
    Atualmente ele é meu sonho, quando pensar em trocar de carro. Se fosse hoje, iria de VERSA!

  • rodrigobertoldo

    Essa que é a grande falha das marcas que não fabricam no Brasil… Se quebrar alguma peça não prevista no estoques, pode chorar que demora uma eternidade pra vir…

  • AutoIng

    Falei sobre isso (manutenção eventual, peças, etc) ali em cima e disseram que eu estava enganado, pois "o Versa tem as revisões mais baratas da categoria". Mas até parece que as pessoas estão livres de pequenos acidentes! Tudo tem que ser levado em conta.

  • granrs78

    Só falta um cambio automatico e mais pontos de vendas, principalmente nas cidades do interior, para o Versa vender muito. Acorda Nissan!

  • Dragoniten

    Não é o motor da Renault. É o motor do Tiida, só que fizeram um down-sizing.

  • subzero99

    O Versa é um ótimo produto para o seu segmento, isso é fato. Fui um dos primeiros a faze ro test drive no Brasil e postei aqui na NA a minha experiência, logo no primeiro ou segundo dia que o carro desembarcou no país.

    Sendo muito sincero, o Versa era até então imbatível em seu segmento. Nem mesmo o Cobalt foi páreo para o Versa, apesar da grande babação da mídia com o carro da GM (sabemos o motivo disso, claro…). Analisando friamente os pontos que realmente interessam, o Versa supera com até certa folga o Cobalt.

    Contudo, com a chegada do Grand Siena, o Versa tem sim um concorrente a altura. Com um apelo visual maior que o Versa e com uma rede de css muito maior, a FIAT tem tudo para ser lider disparado no segmento, até porque a Nissan insiste em cometer o erro infantil em trazer uma quantidade limitadíssima do Versa para o Brasil. O Versa não vende mais porque simplesmente não ´há carro suficiente nas cssa brasileiras.

    • HenriqueHJ

      nesse caso a culpa nao recai sobre a nissan brasileiro.
      a nissan mexicana nao da conta de produzir para abaster o USA, CAN, MEX, BR e Resto da America latina. tanto que a nissan brasileira vai pedir pra diminuir a producao do march e colocar o versa no lugar pra tentar desafogar.

  • Vitão

    Pra completar o time, faltou a Nissan disponibilizar a versão automática do Versa…..

    Se vir com CVT está ótimo…..

  • gutto406

    Gostei de ver esse teste ser feito na minha cidade, Rio de Janeiro, Vista Chinesa. Já vi o carro por dentro, de fato espaço interno muito bom, melhor que o do City da Honda que é muito mais caro.

  • Marco_Aurelio

    Esse carro vale pelo menos um test drive. O espaço interno é simplesmente IMBATIVEL. Mas com todos os seus defeitos, fica a anos-luz em matéria de design, qdo comparado àquela MARMOTA do coCôbált. Eita carrinho esculachado de feio aquele.

  • Carlos

    O grande problema que vejo no Versa são os espelhos laterais curtos que dificultam na troca de faixa e há um ponto cego muito grande frontal do lado esquerdo do motorista que consegue tampar até uma pessoa inteira ao virar para a esquerda. O braço que fica ao lado do parabrisa é muito grosso e dificulta essa visão, muito perigoso, tem que tomar cuidado.

  • lorim_ce

    o que ta matando é a má distrivuição das versões…90% da procura é pela top…e a disponibilidade no mercado é de 50% pra versão intermediária. então pela lei da oferta e da procura vamos sofrer um bocadinho mais!

  • HenriqueHJ

    vai ver a nissan não achava que todos iriam de SL e focou no SV e S+