Home Hatches Avaliação completa do Volkswagen Polo 2012

 Avaliação completa do Volkswagen Polo 2012




A Volkswagen brasileira parece não acreditar muito em alguns nichos do mercado nacional. É o caso do segmento de compactos “premium”, onde o Polo é um sucesso de crítica, mas não apresenta grande desempenho comercial. A fabricante garantiu uma leve reestilização à linha, que mesmo assim segue visualmente distante de seu homônimo europeu – uma geração à frente. No fim das contas, parece que a Volks fez uma aposta pequena demais para o modelo, que deve se manter no mercado até 2015.

De qualquer forma, o ajuste na aparência é uma tentativa de melhorar o fraco desempenho nas vendas. Para se ter uma ideia, o Polo hatch vendeu 4.935 unidades no semestre, distante do Citroën C3 e do Fiat Punto – carros mais baratos –, com 21.508 e 17.677 carros vendidos respectivamente.

Fora isso, o hatch ainda enfrenta uma concorrência dentro da própria marca com Gol, Fox e Golf. Apesar de maiores, as vendas da configuração três volumes também não chegam a empolgar. Nos seis primeiros meses foram 6.852 carros comercializados, o que deixa o modelo bem atrás de Honda City e Kia Cerato, com 15.764 e 14.519 unidades no período.

 Avaliação completa do Volkswagen Polo 2012

A inspiração da linha 2012 do Polo vem do outro lado do Oceano Atlântico. Mas no lugar de se espelhar no Polo europeu, o modelo ganhou novidades baseadas no Polo Vivo, uma versão vendida na África do Sul desde março de 2010.

O novo Polo chama a atenção por um detalhe: o modelo é o único da marca que foi atualizado recentemente e não adotou a nova identidade visual da Volkswagen – aquela presente do Fox ao Touareg. O Polo 2012 traz grade do radiador com dois frisos cromados – em vez ‘de três –, para-choques redesenhados com refletores na parte inferior e faróis e lanternas com máscara negra.

 Avaliação completa do Volkswagen Polo 2012

A Volkswagen também aposta em uma lista maior de equipamentos para aquecer as vendas do modelo. A partir de agora, todas as versões do hatch médio saem de fábrica com direção hidráulica, ar-condicionado e sensor de estacionamento. Os equipamentos de segurança também trazem airbags dianteiros e freios ABS de série. É claro que estas novidades não são gratuitas.

Com mais equipamentos, as configurações iniciais do Polo estão naturalmente mais caras. Apesar disso, o acréscimo dos equipamentos de segurança por uma média de preço na casa de R$ 1,5 mil é interessante. É o caso das versões 1.6 hatch e sedã, que antes partiam de R$ 42.850 e R$ 45.720 e agora saem de R$ 44.390 e R$ 47.770, respectivamente. Já o preço da topo de linha sedã 2.0 quase não mudou. Passou de R$ 57.490 para R$ 57.330.

 Avaliação completa do Volkswagen Polo 2012

A versão Bluemotion com algum apelo ecológico, adotou o sistema de partida a frio E-Flex, que dispensa o uso do tanque auxiliar de gasolina para ligar o motor, e novos pneus “verdes” fabricados no Brasil – os antigos eram importados. Fora isso, o modelo segue com suspensão 15 mm mais baixa que a versão normal, câmbio com relação final alongada e direção eletro-hidráulica.

Outra novidade do Polo hatch 2012 é a nova oferta de versões. Sai de cena definitivamente a configuração 1.6 E-Flex – a versão de entrada é chamada apenas de 1.6 – e a variante GT dá lugar à Sportline 2.0. Já o conjunto mecânico não apresenta qualquer novidade. Ou seja, o Polo segue oferecido com os motores 1.6 e 2.0 litro. O propulsor 1.6 gera 101 cv/104 cv com gasolina/etanol e tem torque máximo de 15,4/15,6 kgfm com gasolina/etanol as 2.500 rpm. Já a unidade de força 2.0 litros oferece 116 cv/ 120 cv com gasolina/etanol e torque de 17,3 kgfm com os dois combustíveis sempre aos 2.250 rpm.

 Avaliação completa do Volkswagen Polo 2012

À venda no mercado nacional desde 2002 como uma espécie de “mini-Golf”, o Polo é um daqueles carros injustiçados. Afinal, o modelo sempre foi um sucesso de crítica, mas nunca teve grande sucesso comercial. Em parte por descaso da marca com o modelo. Com o atual face-lift – o último havia sido em 2006 –, a Volks tenta mudar a “sorte” do modelo sem gastar muito. A aposta ainda aparece pequena demais para que o modelo alce voos maiores.

Instantâneas

# Segundo a Volkswagen, o Polo já vendeu cerca de 300 mil unidades desde seu lançamento, em 2002.

# Em 2009, o Volkswagen Polo ganhou a versão “verde” Bluemotion e também passou a ser oferecido com o câmbio automatizado i-Motion.

# Na Europa, o Polo é vendido desde 1975 somente na versão hatch.

# Na Alemanha, mesmo uma geração à frente, o Polo parte de 12.450 euros – o equivalente a R$ 27,5 mil. Por aqui o modelo mais barato, fabricado em São Paulo, parte de R$ 44.390.

# O VW Polo é confeccionado com chapas de espessura variável – chamadas tailored blank –, mais leves e resistentes, duplamente zincadas para proteção contra a ferrugem. Além disso, o modelo também é fabricado com solda a laser de alta precisão, em uma linha automatizada com 400 robôs.

# Desde 2002, o Polo brasileiro já foi exportado para mais de 20 países como Colômbia, Equador, Peru, Guatemala, Venezuela e México.

# A uma temperatura de -5° C, rara no Brasil, o sistema de partida a frio E-Flex leva 12 segundos para esquentar o combustível e colocar o motor em movimento.

 Avaliação completa do Volkswagen Polo 2012

Impressões ao dirigir - Novo visual, velhas sensações

São Paulo/ SP – Dirigir o Volkswagen Polo sempre foi prazeroso. O modelo é um exemplo de boa construção e ótimo comportamento dinâmico. Nesta linha 2012, sem qualquer alteração mecânica, o veículo manteve seu maior trunfo – visível mesmo em um limitadíssimo test drive de 9 quilômetros. No entanto as modificações visuais, excessivamente discretas, não tornaram o carro empolgante. Pelo contrário, um primeiro olhar para o modelo e a impressões é de “mais do mesmo”.

O Polo 2012 segue equipado com os veteranos motores 1.6 e 2.0 litro. Nada que mereça repreensões. Isso porque o hatch médio ainda oferece um bom desempenho. A versão 2.0 litros avaliada tem 120 cv com etanol 17,3 kgfm de torque disponível em sua totalidade logo as 2.250 rpm. Isso garante acelerações enérgicas e boa pegada no trânsito urbano – único cenário testado. A suspensão mais “durinha” garante boa desenvoltura ao hatch e, de quebra, filtra as imperfeições da pista sem comprometer o conforto dos passageiros.

 Avaliação completa do Volkswagen Polo 2012

No interior, a palavra de ordem é discrição e o Polo traz acabamento simples e correto. Se o luxo não está em evidência, pelo menos os encaixes são precisos e não há rebarbas aparentes. O motorista também conta com regulagem de altura e profundidade do volante e do banco do motorista, o que torna fácil achar uma posição agradável para dirigir. O espaço para as pernas é bom para quem viaja na frente. No banco traseiro, duas pessoas viajam com espaço limitado, e um terceiro passageiro causa um aperto geral.

Se o “novo” visual do Polo não convence, é na hora de dirigir que o modelo mostra seus maiores atributos – como sempre fez, desde que foi lançado em 2002. Para quem não liga muito para o design ultrapassado e prefere um carro bem acertado e bom de direção, o Polo pode cair como uma luva. Entretanto esta estratégia de conquistar o consumidor pelo prazer de dirigir pode dar continuidade a saga do Polo como um bom carro injustiçado pelas vendas.

 Avaliação completa do Volkswagen Polo 2012

Ficha técnica - Volkswagen Polo sedã Comfortline 2.0

Motor: A gasolina e etanol, dianteiro, transversal, 1.984 cm³, quatro cilindros em linha, duas válvulas por cilindro, comando duplo de válvulas no cabeçote e variável na admissão e no escape. Injeção eletrônica multiponto.

Transmissão: Câmbio manual de cinco marchas à frente e uma a ré. Tração dianteira. Não oferece controle de tração.

Potência máxima: 116 cv e 120 cv a 5.250 rpm com gasolina e etanol.

Torque máximo: 17,3 kgfm a 2.250 rpm.

Diâmetro e curso: 82,5 mm x 92,8 mm. Taxa de compressão: 11,5:1

Suspensão: Dianteira independente do tipo McPherson com molas helicoidais integradas e barra estabilizadora. Traseira semi-independente por eixo de torção, com molas helicoidais e barra estabilizadora. Não oferece controle de estabilidade.

Freios: A discos ventilados na frente e discos sólidos atrás. Oferece ABS com EBD de série nesta versão.

Pneus: 195/55 R15 em rodas de liga leve.

Carroceria: Sedã em monobloco, com quatro portas e cinco lugares. Com 4,16 m de comprimento, 1,65 m de largura, 1,49 m de altura e 2,46 m de distância entre-eixos. Oferece airbags frontais.

Peso: 1.186 kg em ordem de marcha.

Capacidade do porta-malas: 432 litros.

Tanque de combustível: 50 litros.

Produção: São Bernardo do Campo, São Paulo.


  • netto

    É um carro totalmente novo, ou o que? A VW tá se dando bem com esses remendos dos remendos!

    • jttrainer

      provavelmente essa eh a ultima atualizacao ate chegar a nova geracao junto com o golf..

      o polo eh um bom carro, defasado tecnologicamente mas continua sendo bom e robusto, um carro confiavel..

      eu gosto do polo e prefiro ele do q alguns concorrentes

      • netto

        Me refiro à quantidade de reportagens de toda imprensa com relação a esse carro e as outras "novidades" da VW… Dá a entender que são carros totalmente novos, sendo que só deram um tapa no visual ( de mal gosto, por sinal, na minha humilde opinião ).

      • potenza

        Rapaz confiavel eu n sei, tive um polo sedan 1.6 confortline em 2009 e foi o pior carro que ja tive na vida!
        Robusto se for em termos de dureza e aspereza ao rodar concerteza!

        • BrunoMulsane

          Assino embaixo. Tive um hatch. Esse carro so me deu desgosto. O cambio quebrou, e gastei mais de R$3.000 para troca-lo. O carro é muito duro, e, apesar do acabamento ser bonito aos olhos, o carro é uma escola de samba, muitos barulhos internos, muito irritante mesmo. Não indico esse carro pra ninguém.

      • AutoIng

        Robustez nunca foi o forte do Polo, basta lembrar que nos primeiros anos houve aquele problema com a suspensão, que passava a ranger. Solucionaram isto, mas os problemas de acabamento continuam até hoje, como pude confirmar andando em um modelo mais recente há uns tempos (rangiam bancos e até portas). É um carro com qualidade de construção bem questionável, infelizmente.

      • Leandro1978

        O Polo deve sair de linha, a VW tem planos para que a próxima geração do Fox fique em seu lugar. O Polo só não sai de linha se for produzido no México visando o mercado americano, que passaria vir de lá, assim como futuro Golf VII. O que receberemos será versão sedan da nova geração, o vento, que virá do México par brigar com City, New Fiesta, etc.

    • Fabaum_ITB

      E pelo jeito vai durar bastante os remendos. Provavelmente eles não mudaram pra ficar igual ao polo europeu pq o gol na proxima reestilização ja vai ficar parecido com o polo, ou seja, eles vao querer aumentar o preço do gol e talvez tirar o polo de linha, e criar um modelo de entrada mais barato q o gol.

      • Leandro1978

        O Lupo será o modelo de entrada da marca, que utilizará uma nova plataforma desenvolvida para modelos pequenos. As novas gerações de Gol, Fox e derivados a utilizarão. Segundo o que tenho lido, esta nova versão do Fox entraria no lugar do Polo, a não ser que este passe a ser feito no México e venha para cá.

        • dncmotors

          Melhor que Honda City, Fiat Linea…. preço = completo… é so escolher a versão.

  • rafa_marcao

    Frentinha sem sal…

    • Leandro1978

      Sem sal, não. Feia mesmo, pegou o pior dos mundos, pois manteve os faróis da antiga identidade da marca e colocou o para-choque da nova.

      • rafa_marcao

        Nunca achei que ia falar isso, mas a frente do Fox é mais harmoniosa.

  • _Pedroking

    2.0 da volks e um motor feito pra carros desse tamanho pra baixo
    nao para um jetta!!!!!!

  • taargiles

    Eis um carro que o Apezão se aplica bem. Mas por esse preço não dá.

  • Vitor_Augusto

    um bom carro, nos quesitos dirigibilidade e construção. na mecânica, o 2.0 cai bem, mais é muito caro, e também o carro está meio defasado em relação a concorrencia.

  • DMBBR

    O polo é injustiçado pelas vendas porque o seu preço é abusivo. Hatch a preço de i30 e sedan a preço de cerato, fluence, entre outros mais atuais e tecnológicos. É difícil ter um volume de vendas considerável dessa maneira.

    • aleneo2

      o comentário mostra todos os motivos. se a volks colocasse os opcionais e mantivesse o preço nao tenho duvidas que ia da trabalho pro punto.

  • betowmf

    Fico com raiva da vw com tanto descaso com Polo e Golf brasileiros

  • http://www.twitter.com/edsonfern Edson Roberto

    Pronto, DMBBR, disse o motivo pelo qual ele possui "Injustiça". Na verdade, não é por culpa do conjunto mecanica ou pelo fato de ser discreto, e sim pelo alto valor do modelo.

    Curiosamente, a fiat com o Punto 1.4 ELX (até então na versão de entrada) oferecia no mesmo preço do Polo na versão "1.6", itens como todos os cintos retrateis, vidros e travas eletricas (além do ajuste de retrovisor eletrico), computador de bordo, no começo, a versão ELX "contemplava" o comprador com rodas de liga leve e apesar do motor mais fraco, o acabamento do Punto era melhor. (melhor não, como tinha mais mimos e a disposição de direção boa, superava o Polo).

    Eu vejo reportagens falarem do carro ter otima estabilidade… me desculpem os fã boys…. mas C3 e Punto não deixam a desejar também.

    Uma pena a VW crescer os olhos e ter "ferrado" em nao substituir o Gol pelo Polo por culpa de preço.

    • MeekeeB

      Rapaz, ia comentar isso mesmo, mas vou dar um reply em teu comentário.

      "Entretanto esta estratégia de conquistar o consumidor pelo prazer de dirigir pode dar continuidade a saga do Polo como um bom carro injustiçado pelas vendas."

      Injustiçado é algo relativo, o polo atual está muito caro para o que oferece! Um sedan confortline pode custar tanto -ou até mais- que um Cerato ou um City, ou até um Linea de entrada.

      • offspringbnc

        Entre Linea, Cerato, Polo e City…traga-me um Cerato aro 16" de seis marchas, por favor!

        • MeekeeB

          Também seria minha opção!

        • FSaccon

          Hoje, pela primeira vez, vi um Cerato Koup na rua, branco. O carro é sensacional! Faltava um modelo deste tipo no Brasil. Bem que ele poderia ser mais barato, para massacrar as montadoras nacionais e colocar uma pá de terra em cima.

  • vdisco

    O interior é um carnaval. Quadrado, com apliques pratas (que devem dar uma baita reflexo no sol) mostradores de velocidade e RPM com iluminação branca e display vermelho com mini-displays laranjas que destoam do azul do ar e do som, mas que possuem iluminação dos botões em laranja! E ainda possui o volante do CC!
    Que festa! Aí tu pega um Fluence ou um Cerato que segue o mesmo padrão de iluminação por todo o interior!
    VW e suas gambiarras!

  • Wikle

    Se o Astra viesse com os mesmos itens de segurança (abs + ab2) de série, mataria esse Polo.

    • cruzmarcio

      Só falta o abs então, o ab2 é de série no sedan e opcional no hatch. :)
      Acho um absurdo a GM não oferecer abs, que vinha nas versões anteriores, torço que aconteça mesmo a obrigatoriedade de ab2/abs em 2014, mesmo achando que poderia ser já no ano que vem…

    • pessimista2011

      Falou tudo. Eu considero a compra de um Astra semi novo, custo benefício dá de 10 a 0 no Polo, e a dirigibilidade é muito boa. O carro é mais confortável na cidade e vai bem em curvas de média. Fora que o consumo é melhor (tenho um Fox 1.6 e sei que o carro fica devendo nesse e em muitos outros quesitos). O que pesa é a falta de abs e o relato de alguns proprietários dizendo que o freio do Astra é ruim, pouco progressivo. Mas acho que o carro será descontinuado antes de eles colocarem abs.

  • granrs78

    O pior, o jornalista que fez a matéria insiste em falar que o Polo é hacth médio. Não sei onde que ele é hatch médio, pois tem porte de Gol, e se for assim o Golf é o que ? Hatch grande?E ainda comparar Polo com Cerato, este sim Sedan médio. Por favor vamos corrigir isso aí.

  • fkas

    Papo sério… R$ 57.330 em um Polo 2.0 prá lá de requentado, pequeno, apertado, com um "super" (risos) motor 2.0 de "impressionantes" 116cv??? Que tal 2000 a mais em um Fluence com motor de verdade, muito maior e mais espaçoso, cara de novidade, ganhando TODOS os comparativos que participa, e de lambuja 6 air-bags??
    E ainda tem quem questione porque vende pouco…

    • granemann

      Vou de fluence,com certeza,a VW acha que dinheiro é capim!

    • pessimista2011

      Pois é. Se o Polo é injustiçado, o que dizer do Fluence.

      • Leandro1978

        Me parece que o problema do Fluence é a incapacidade da fábrica de atender à demanda. Quando (se) normalizar, dará para ter uma noção melhor sobre o real potencial do Fluence. Acredito que muitos desistiram de comprá-lo devido à fila de espera. Há também o problema do péssimo atendimento nas concessionárias, este acho mais difícil resolver…

  • maiamachadoch

    O Polo Sedan é um daqueles casos que na hora de revende-lo como usado, tem que ter uma paciência maior que se o carro fosse Hatch

  • Lauolling

    Não consigo acreditar que alguém pague quase a mesma coisa por um Voyage Comfortline. O Polo é muito mais carro.

  • CanalhaRS

    Eu sempre adorei o Polo, acho ele quase um "Focus da VW", pelo conjunto e acertos dinâmicos oferecidos. Infelizmente ele sofre do mesmo mal do modelo da Ford: ambos são incompreensivelmente mal tratados por seus fabricantes (mais no caso da VW).
    Mas acho que já passou da hora do Polo receber sua atualização alemã, chega de empurrar o mesmo carro de 2002 e que não vende mais, não é dona VW??? Vamos criar vergonha na cara.

  • evotremex

    a VW insistindo no polo, vai continuar a vender a mesma micharia de sempre.
    Se o polo europeu tivesse vindo pra cá e tivessem colocado outra frente no fox, com certeza faria muito sucesso.

  • http://www.facebook.com/alexandro.mann alexandromann

    Enquanto agente amargura essas peças de museu, ou como diria nosso querido ex-presidente, Collor, carroças, até a Argentina compra o novo Golf. Vejam lá no Autoblog… Viva o Brasil…

  • rafthehay

    O texto fala que na europa o Polo é vendido desde 75 mas somente na versão hatch. Acho que foi um erro de construção de frase, pois ele de fato começou apenas como hatch mas na europa já teve também versões perua e sedã, essa última a menos popular das três.

    • bedotRJ

      Exato. No link abaixo, podemos conferir algumas variações sobre a 2ª geração do Polo. Havia o Polo comum (com traseira hatchback, ângulo de 90 graus em relação ao teto), o Polo Coupé (com traseira fastback, ângulo de 45 graus em relação ao teto) e um inustiado Polo Sedan de 2 portas, que seria o equivalente europeu do nosso Voyage véio de guerra.
      http://www.polodriver.com/heritage/series-2-polo-

      Na geração seguinte, a 3ª, também houve Polo Sedan e Polo Variant (vendidos aqui como Polo Classic e variações Seat Cordoba e Seat Cordoba Vario). E a própria geração atual, a quinta, já tem sua versão Sedan, batizada de Vento em alguns mercados.

      Conclusão: o texto tá errado.

      • MeekeeB

        Conclusão 2: os textos da Autopress estão ficando bem ruinzinhos.

      • CRW_09

        Não podemos esquecer também do VW Caddy, que era a versão picape ou furgão fechado (tipo Fiorino)

  • douglasmartins1

    Impressão minha, ou aquela foto do Painel é do Polo 2011 pra tráz?
    Parece que o Painel do Polo 2012 tá com Computador de Bordo com fundo preto, e não na cor vermelha.
    É isso?

  • fininhopublic

    O polo é de fato um bom carro. Mas na minha opinião não vende mais porque é caro, a VW não faz marketing dele (o que é um erro terrível), além do que esse face-lift estragou o que o carro tinha de mais bonito: a dianteira! Matou o carro, como se este, que na minha opinião era um carro jovial antes do face-lift, tivesse voltado uns 7 anos no tempo, e virou carro de vovô!

  • subzero99

    Por favor NA, hyper no "novo" polo não dá mais !! Não aguento mais notícias sobre enganações da indústria automobilística !

  • PKuster

    Éber você está se especializando em avaliações, infelizmente a Volkswagen não lhe deu muito espaço com esse maquiado "velho Polo Vivo". Para avaliar esse velho Polo, basta olhá-lo por fora, ver as maquiagens "made in Volkswagen do Brasil" que todos nós já estamos cansados de ver: "sensacionais" faróis máscara-negra, "empolgantes" lanternas traseiras escurecidas, um "espetacular" olho-de-gato no pára-choques traseiro e um "maravilhoso" novo pára-choques dianteiro, acrescente novos tecidos nos bancos e mantenha o resto absolutamente igual, principalmente as velhas, cansadas e ultrapassadas motorizações. Pronto, eis o "novo" Polo. Essa Volkswagen só despreza o Brasil …

  • Y07

    Eu não sou fã da VW, mas o Polo é um carro que seu sempre gostei, desde o seu lançamento.

    Eu não entendo como ele e o Corsa "C" foram tão injustiçados, são dois excelentes carros, apesar da GM pecar um pouco no acabamento do Corsa.

    O face-light não mudou nada nesse carro, talvez como o comentário acima, deu uma estragada na sua melhor parte, a dianteira.

  • AutoIng

    Acho estranho toda essa atenção que estão dando pra um carro que já era pra ter saído de linha há muito tempo. Com tanto carro mais interessante por aí, melhor dispensar velharia, ainda mais com tamanha falta de respeito da marca com seus consumidores.

  • JHerzévRN

    Era melhor ter saído de linha, se quando era mais barato já era um fracasso nas vendas, agora que ficou mais caro a tendência é piorar. E só palhaço compra essa versão 2.0 Comfortline de quase 58 mil reais, sendo muito sincero.

  • souzabsb

    Tenho um sedan 2004 gasolina, está com 101.400km. Faz 11,2 por litro na cidade ( Brasília) e não tem me dado problemas.

  • gutto406

    Não li todos os comentários, mas sim a reportagem. Se o Polo tivesse a mesma identidade dos demais VW's, ficaria idêntico ao Fox. Aliás, já que a questão são custos, se a versão sedã tivesse os mesmos faróis do Fox, seria uma inédita versão Fox sedã, aí poderia tirar o Polo Hatch de linha que o Fox tomaria o seu lugar de uma vez.

  • DIAS_PEDRO1

    todos falam do famoso acabamento do polo, eu tenho um stilo 2003 e ele está inteiro, barulho da porta ok, sem muitos rangidos bem isolado, eu sei que se trata de um carro de porte superior, mas quando falam do polo dizem que ele tem acabamento de carro superior, é uma mentira, experimentem entrar em um polo 2007 2008 parece carro velho, barulhento, barulho da porta horrivel mal isolado, isso que falam é tudo confete, c3 e punto são bem melhores e diria que pelo preço mesmo que jurássico compensa levar um ASTRA, que por mais antiquado que seja, ao voce andar em um, ve toda a diferença, e pra quem não está preocupado com consumo ( oq é dificil) o motor do astra ( eu seii, familia II dos anos 80, antes que encham o saco) é fantástico, já subi a serra de ubatuba em um, e pra quem não conhece é terrivel, curvinhas cotovelo, calor, humidade, e ele subiu acompanhando bmw sem o menor problema, motor MUITO forte, torque fantástico, uma pena é o consumo.

  • BrunoMulsane

    New fiesta é a melhor opção. Motor sigma. Ótimo desempenho x economia. Excelente acabamento e beleza internos. Ultima tendencia em design. Sucesso na Europa e EUA. 7 air-bags ABS computador de bordo bancos em couro por R$55.000!! Perante o preço, opcionais, beleza e qualidade, so compra polo por R$57.000 que for cego!!

  • a_guering

    Uma década, 10 incríveis anos mudando cor de de farol, gradezinha, e estofado. Fala sério VW, isso é o mesmo que cospir na cara do brasileiro. Desta forma sempre será um carro "injustiçado". Espero que não venda uma unidade sequer.

  • Rogerio

    Fico com o tradicional Polo sedan 1.6 completaço, Ar,DH,Vidros nas 4,Travas,sensor de Ré,Retrovisor rebativel,computador de bordo,ABS.AirBag rodas 15 motor 1.6 8v ,banco com regulagem, coluna de direção regulavel em altura e profundidade, parasol com luz e espelhos,porta malas grande e com sistema de fechamento por amortecedores, nao ocupa o espaço das malas, etc. Por R$ 47.000,00 e melhor 15KM por litro na estrada e 12 km na cidade.É um modelo ja antigo no mercado mas vale pelo sua dirigibilidade e confiança e custo beneficio.

  • MeekeeB

    Eu já passei vergonha dentro de um Gol G3 de um conhecido. Fui abrir a porta e a maçaneta saiu na minha mão. Deve ser um problema crônico de vários modelos VW, já que só ouvi falar disso em VW, nunca com outras montadoras.

  • pessimista2011

    Meu Fox faz mais barulho rodando do que ônibus de linha (plásticos soltos, alto falante rangendo, suspensão mesmo guiando na boa). Vou trocar também, e vai ser difícil pegar outro VW.