Avaliações BMW Cupês SUVs

Avaliação do BMW X4 xDrive28i, um utilitário esportivo cheio de estilo

bmw-x4-xdrive28i-avaliação-NA (70)

Uma proposta cupê, mais esportiva, jovial e individual do X3 só poderia resultar em um BMW X4. O utilitário esportivo (Sport Utility Vehicle ou SAV na visão da marca) germânico é vendido no Brasil em duas versões, sendo a xDrive28i e a xDrive35i.

No primeiro caso, o motor é um quatro cilindros 2.0 TwinPower Turbo. No segundo, um seis em linha 3.0 TwinPower Turbo. Em nossa avaliação, a opção oferecida pela BMW foi a de acesso, que custa agora R$ 299.950.

bmw-x4-xdrive28i-avaliação-NA (72)

O BMW X4 xDrive28i reúne todos os atributos e mais sua herança genética de primeira linha para enfrentar a dura concorrência no segmento de SUV premium. A expectativa da montadora é tão boa em relação ao produto, que já está sendo esperada sua produção em Araquari/SC ainda este ano.

Com forte apelo para atrair quem procura um SUV da BMW menos família, o X4 xDrive28i apresenta um bom equilíbrio em termos de custo-benefício em comparação com a versão mais possante. Apesar de ter um propulsor pequeno no cofre, o alemão não titubeia quando o assunto é oferecer performance.

bmw-x4-xdrive28i-avaliação-NA (1)

Por fora…

A agressividade da BMW no X4 é um tanto comedida por conta do estilo sóbrio que envolve a marca germânica. Ainda assim, os faróis duplos bi-xênon direcionais com LEDs envolventes são mais afilados junto a grade, deixando o modelo com um olhar mais aguçado.

A clássica grade dupla com frisos cromados é imponente, enquanto o para-choque apresenta protetores pretos elevados, protetor inferior cinza e faróis de neblina em LED. O capô tem vincos pronunciados que deixam o X4 mais musculoso.

bmw-x4-xdrive28i-avaliação-NA (11)

As rodas de liga leve em tonalidade cinza têm visual esportivo e aro 19 polegadas, sendo calçadas com pneus run flat 245/45 R19. Vincos pronunciados nas laterais reforçam a identidade do modelo, assim como frisos de cor cinza nas bases das portas e acabamento em preto brilhante envolvendo a área envidraçada.

Os retrovisores com repetidores de direção em LED são rebatíveis eletricamente. O teto solar é de tamanho padrão, sendo acompanhado na parte superior por uma antena em estilo barbatana. O teto cai suavemente em direção à traseira, unindo-se à tampa do porta-malas. As lanternas em LED têm belo visual e para-choque conta com protetor central cinza e acabamento preto, tendo ainda escape duplo embutido. Há sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, bem como câmera de ré na tampa.

bmw-x4-xdrive28i-avaliação-NA (22)

Por dentro…

No interior, o BMW X4 tem um aspecto sofisticado, destacando-se o bom acabamento em couro bege Nevada e bege comum nos revestimentos dos bancos, portas, teto e colunas. O painel frontal tem acabamento preto com material emborrachado, enquanto o volante em couro dispõe da mesma tonalidade.

O X4 xDrive28i testado tinha detalhes em alumínio (padrão da versão) e detalhes em tonalidade marrom no painel, portas e console central. No cluster, o visual é bem conservador, mas muito completo, tendo inclusive econômetro e indicador de carga da bateria do Start&Stop, assim como informação quanto à regeneração de energia dos freios.

bmw-x4-xdrive28i-avaliação-NA (27)

Na parte central, a multimídia BMW Connected Drive dispõe de tela colorida e navegação através de comando no túnel central. Entre os itens, navegador GPS, Bluetooth, USB, câmera de ré, visualização do assistente de estacionamento, reprodução de mídias, serviços de concierge e emergência, aplicativos específicos para informação de clima, tráfego, entre outros.

O proprietário pode até controlar algumas funções pelo smartphone através do ConnectedPack. A multimídia ainda possibilita visualizar os modos de condução e fazer ajustes diversos, inclusive na climatização. Mais abaixo, acabamento em preto brilhante para os comandos do ar-condicionado dual zone, bem como botão de partida e comandos físicos de áudio. O som do X4 é da Harman Kardon e tem excelente sonoridade.

bmw-x4-xdrive28i-avaliação-NA (43)

No túnel central, a alavanca da transmissão é em estilo joystick e tem opção de trocas sequenciais. Freio de estacionamento eletrônico e a função Hold (freia o veículo quando engatado e parado) ficam no mesmo corpo. Ao lado, os comandos dos modos de condução Eco Pro, Comfort, Sport e Sport+. Há também comando para desativação do controle de tração, assim como controle de descida e assistente de estacionamento automático.

Entre os bancos, apoio de braço com suporte para aparelhos da Apple e entradas USB e auxiliar. O porta-luvas tem pouco espaço, mas bom acabamento. O volante multifuncional tem detalhe em alumínio, couro e paddle shifts. O retrovisor interno é eletrocrômico e a iluminação geral é em LED. Os bancos dianteiros têm ajustes elétricos, sendo o do motorista com duas memórias e ajuste lombar.

bmw-x4-xdrive28i-avaliação-NA (30)

Na parte traseira, o banco é dividido em três partes e a central pode ser rebatida para dar acesso ao porta-malas. Apoios de cabeça e cintos para todos. Isofix e difusores de ar também estão presentes.

O espaço atrás é muito bom, assim como a altura interna. O porta-malas tem 500 litros e trilhos com ganchos destacáveis para amarração de bagagem. A tampa possui acionamento elétrico e sistema de segurança para evitar acidentes.

bmw-x4-xdrive28i-avaliação-NA (67)

Por ruas e estradas…

O BMW X4 xDrive28i é movido por um motor quatro cilindros 2.0 TwinPower Turbo de 245 cv a 5.000 rpm e 35,7 kgfm a partir de 1.250 rpm. Ele já faz parte da família B48 e vem com injeção direta e tecnologias mais recentes de controle de válvulas. É bem elástico e disposto em qualquer regime de trabalho.

Mesmo sendo um 2.0, ele empurra muito bem os 1.770 kg do BMW X4, ajudado por uma moderna caixa automática de oito velocidades e tração permanente nas quatro rodas. Não bastasse, oferece ainda quatro modos de condução que extraem tudo do propulsor.

bmw-x4-xdrive28i-avaliação-NA (58)

No modo Eco Pro, boa parte da força e da energia dos periféricos é retirada em prol da redução no consumo, lembrando que o modelo tem Start&Stop, freios regenerativos e gestão de tração. No Comfort, o X4 se comporta muito melhor, sendo um pouco mais no Sport. No entanto, é no Sport+ que o SUV da BMW entrega todo seu potencial.

As trocas de marchas passam a focar o máximo em performance, assim como o trabalho do motor com rotações muito mais elevadas, chegando mesmo junto da faixa vermelha. A suspensão ativa é ajustada para uma calibração mais firme, enquanto a direção Servotronic fica bem direta. Com reações bem mais rápidas, o X4 se transforma em um verdadeiro esportivo.

bmw-x4-xdrive28i-avaliação-NA (55)

De 0 a 100 km/h, o BMW X4 xDrive28i precisa de somente 6,4 segundos e a máxima chega a 232 km/h, de acordo com a marca. A dirigibilidade é muito boa para um utilitário esportivo, contornando muito bem mesmo as curvas mais fechadas, deixando sempre o condutor no controle.

Sem andar de forma agressiva, o modelo se comporta de forma dócil. A suspensão tem bom ajuste para nossa buraqueira, mesmo com rodas aro 19 polegadas e pneus série 45. Na estrada, a oferta de potência garante muito prazer ao volante, ainda mais com o bom nível de ruído interno.

bmw-x4-xdrive28i-avaliação-NA (5)

A rotação do motor a 110 km/h fica em 1.900 rpm. O consumo na estrada ficou em 11,8 km/litro, enquanto na cidade não passou de 7,5 km/litro. Números bons para um veículo com essa proposta e peso.

Na cidade, mesmo com seus 4,67 metros, fica mais fácil achar uma vaga em que ele caiba, pois o assistente de estacionamento automático detecta a vaga e faz todo o trabalho na hora de estacionar.

bmw-x4-xdrive28i-avaliação-NA (47)

Apesar do foco nos ambientes urbano e rodoviário, o BMW X4 encara razoavelmente bem trechos sem pavimentação e alguns caminhos de terra mais exigentes, tendo ainda controle de descida para facilitar as coisas e boa gestão de tração.

Com trocas de marcha suaves, excelente posição de dirigir, respostas pontuais do propulsor e um comportamento dinâmico verdadeiramente premium, o BMW X4 é realmente para quem gosta de dirigir e quer prazer em qualquer condição.

bmw-x4-xdrive28i-avaliação-NA (19)

Por você…

O BMW X4 xDrive28i é um bom utilitário esportivo. Seu foco maior na esportividade e individualidade o faz ficar distante de aventuras no fora de estrada, mas se esta não for uma exigência do interessado, então o modelo completará os demais requisitos com louvor.

Seu preço era de R$ 275.450 em dezembro, mas nesta quinta-feira (14 de janeiro), foi reajustado para R$ 299.950. Mesmo com o reajuste, o valor fica no topo do segmento intermediário e reflete seu conteúdo na realidade brasileira. Mas não se anime com a produção nacional, pois o preço dificilmente irá baixar desse patamar.

bmw-x4-xdrive28i-avaliação-NA (35)

O nível de acabamento é padrão BMW, muito bom nessa faixa de preço. A tonalidade interna pode ser escolhida, deixando o ambiente ao gosto do proprietário.

O pacote de equipamentos é muito bom e agrega itens muito sofisticados, focando em conectividade, segurança, eficiência energética, entretenimento e performance. Sem dúvida, o X4 vale muito a pena para quem pode pagar.

Medidas e números…

Ficha Técnica do BMW X4 xDrive28i

Motor/Transmissão
Número de cilindros – 4 em linha, turbo, injeção direta
Cilindrada – 1997 cm³
Potência – 245 cv a 5.000 rpm (gasolina)
Torque – 35,7 kgfm a partir de 1.250 rpm (gasolina)
Transmissão – Automática de oito marchas com paddle shifts

Desempenho
Aceleração de 0 a 100 km/h – 6,4 segundos
Velocidade máxima – 232 km/h
Rotação a 110 km/h – 1.900 rpm
Consumo urbano – 7,5 km/litro
Consumo rodoviário – 11,8 km/litro

Suspensão/Direção
Dianteira – McPherson/Traseira – Multilink
Elétrica

Freios
Discos dianteiros e traseiros com ABS e EDB

Rodas/Pneus
Liga leve aro 19 com pneus 245/45 R19

Dimensões/Pesos/Capacidades
Comprimento – 4.671 mm
Largura – 1.881 mm (sem retrovisores)
Altura – 1.624 mm
Entre-eixos – 2.810 mm
Peso em ordem de marcha – 1.770 kg
Tanque – 67 litros
Porta-malas – 500 litros
Preço: R$ 299.950 (valor reajustado em R$ 14 de janeiro de 2016)

Galeria de fotos do BMW X4 xDrive28i:





  • Bruno Silva

    Vejo com frequência esse X4 aqui na Barra, é bem bonito, mas ao vivo é pequeno, ao olhar as medidas confirmei a impressão. Não sei se levaria um X3 mais caro por praticamente um teto mais baixo… Enfim, apesar de bom carro não seria minha compra por 300mil.

    • GPE

      Eu acho bem parrudo, até pq tem quase 190 de largura. Olhando por trás, parece maior do que é

  • Miro Saraiva

    Essa Energia regenerativa dos freios vai pra onde? Serve pra que num carro não híbrido? que mal Pergunte

    • José Eduardo D’Acampora Guazzi

      Alimenta até onde sei a parte elétrica do carro e compressor do ar condicionado

    • GPE

      Serve para “liberar o alternador” de puxar potência do motor para gerar energia. Com o motor trabalhando sem a interferência do alternador, tem-se maior aproveitamento da potência

    • Wellington Myph13

      Geralmente carros com Start-Stop tem essa tecnologia, o Golf tem por exemplo, ela serve pra ajudar a manter a vida útil da bateria mais longa, ele usa essa energia pra regenerar carga na bateria…

  • Marcus Vinicius

    Até que o BMW X4 se tornar nacional ele deverá contar com tecnologia FLEX !

    • Miro Saraiva

      E beber mais ainda

  • Fanjos

    HuE$ 184 mil no EUA com o Dólar a 4 HuEais , até que esta barato levando em conta o imposto de quase 100% em cima, mesmo o preço da fabrica sendo outro do site.

    Vou boletar umas 3, uma de cada cor.

  • Rodrigo

    Já vi na rua mas nunca entendi direito “o que” era esse carro…

  • DTF

    Erraram feio no design dos faróis desse carro…no demais, belo BMW.

  • Miro Saraiva

    Ese cluster eh completamente destoante do restante do carro…. Parece q faltou e colocaram o primeiro que tava sobrando de Um Modelo bem mais simples

    • Wellington Myph13

      BMW é assim… Lindo por fora, e painel dos anos 90 por dentro. É pacaba…

      • Miro Saraiva

        Painel de a3 por 100k até entendo mas esse painel pra 300k eh puxaaaado. Trocaria 20cv por um painel decente

        • Diogo Vasconcelos da Silva

          Mas a ideia da BMW é aliar tecnologia atual e futura a lembrança de seus modelos classicos

          • Miro Saraiva

            A lembrança vai ser exclusiva no painel? Relação nada equilibrada. Ela não tem clássicos a esse ponto(minha opinião) essa sua descrição valeria pra ícones como 500, beatle ou corvette.

        • cepereira2006

          Eu já acho que painel de 100k tem que ser ótimo e de 300k também.

    • Edson Fernandes

      Ainda bem que eu não estou sozinho.

      Poxa, custa em um carro da marca ter um painel de melhor grafia e mais moderno? Não falo de separar os itens, mas critico mesmo essa simplicidade absurda.

      • Miro Saraiva

        O cluster de um delrey 90 consegue ser mais bonitinho que este x4

  • oscar.fr

    Pelo preço, poderia ter um teto panorâmico e velocímetro digital, ou ao menos, instrumentos menos simples. No mais, é um carro muito lindo e uma BMW, não precisa dizer mais nada.

  • Gran RS 78

    Eu sempre gostei do X6, justamente pelo fato de ser um suv com jeito de coupe, mas os preços são proibitivos para mim. Quando a BMW lançou o X4, achei bem interessante o fato de ter uma opção ao X6, que é grande e caríssimo, mas fiquei decepcionado com os preços que a marca está cobrando de seus carros atualmente, pois acho o fim pagar 300 mil reais por esse modelo, e ainda por cima de “entrada”. Sou um feliz proprietário de uma BMW X1, que comprei semi nova. Estava de olho na nova X1, para trocar no futuro, mas os preços mais uma vez ficaram caros demais, pois a versão de entrada está sendo oferecida por inacreditáveis 166 mil reais e a top em pornográficos 200 mil reais, lembrando que a geração antiga, vc comprava a versão de ” entrada” por 129 mil reais e a mais top por 155 mil. Acho que mesmo quem tenha dinheiro para comprar um carro premium Okm, irá rever sua compra, pois esses preços estão altos demais, e pode ter certeza que as vendas desses modelos, que bateram recordes em 2015, foram justamente pelo preço mais ” interessante” do que era no passado, pois muitos trocaram seus sedans médios ou suvs de marcas tradicionais, justamente pela diferença não tão absurda para poder ter um carro de categoria e marca superiores, e realizar o sonho de quem sempre quis ter um Audi, Bmw ou Mercedes, sem ter que deixar um rim na hora de comprar um desses modelos.

    • MG

      Eu desisti de uma 328 por, entre vários outros motivos, olhar pro console central e ver o freio de mão gigante no meio.

      Pelo visto pra ter um elétrico tem que desembolsar 300 que nem essa X4.

      • GPE

        Eu ainda prefiro carros com freio de mão comum. Mas isso é questão de gosto/utilidade.

      • Gran RS 78

        A nova X1 o freio é eletrônico, mas concordo que faz falta em carro desse segmento e com esses preços altos.

    • GPE

      A X1 top (a 28i) batia em 180mil. Ela deixou de ser vendida no BR tem cerca de 2 anos.

      • Gran RS 78

        Quando eu fui ver para comprar em março de 2015, a mais cara estava sendo oferecida por 158 mil, não sei o valor de tabela na época,mas na concessionária era esse preço que eu mencionei.

        • GPE

          Nessa época a 28i (com motor de 245cv) já não era mais vendida

          • Gran RS 78

            Mas não tinha uma versão com o mesmo motor 2.0 turbo recalibrado para gerar 245cv? Eu sei que a 328 usa o mesmo motor 2.0 turbo mas com 245cv.

            • GPE

              O nome era 28i, mesmo usando o 2.0 turbo.
              Antes ela tinha o 3.0 6 cilindros.

      • Diogo Vasconcelos da Silva

        Deixou de ser vendida pq tinha uma rivalidade com a 28i da X3, acho que este site deu essa noticia na epoca

        • GPE

          Rivalidade com a X3 básica, de 184cv. (20i)

  • Miguel

    Dessa safra de SUV/Utilitário da BMW, eu ainda prefiro o design mais harmonioso do X1. O caimento do teto desses carros não me desce!
    Os outros detalhes não me cativam, aliás, a frente dos carros da BMW já foi mais bonita.

  • O Negociador.

    Achei esse painel um pouco ‘básico’ pra um carro de 300mil.

    • cepereira2006

      O painel do Passat manda lembranças, por metade do preço. A BMW está fora da casinha.

  • Jackson

    Li num site suiço muitas críticas pelo fato de não ter um limpador traseiro. Neve e sereno tinham que ser tirados com um pano.

  • Tosoobservando

    Mercedes GLE é novidade, acho que vai vender mais.

  • André

    Sou fã da BMW, mas tenho que lhes confessar: QUE CARRO FEIO! Esse e a X6. Essa última impressiona pelo porte, mas essas “micro-traseiras” não me descem pela goela!!!!!!!

  • Freaky Boss

    Alemães e seus carros encantadores! Nada para mim substitui o painel dos carros alemães (BMW, VW, MB,Audi): sóbrio e funcional. Tudo no lugar. Tem quem goste dos painéis parecendo nave espacial. Sou mais o estilo alemão.
    E em tempo: duvido que a BMW vá fabricar esse carro aqui no Brasil como afirmou a reportagem hein….. Volume de venda desse veículo deve ser pequeno e não deve justificar fabricação. A conferir.

  • Bittencourt

    Fiquei impressionado, que máquina! Se o 28i faz em 6,4s, imagino o canhão que deve ser o 35i!
    Pena que continuo achando-o desengonçado, o design não me atrai…

  • Edson Fernandes

    Não sei para o pessoal, mas eu acho esse painel bem ultrapassado.

    Sei lá, acho simplorio, ainda que as informações estejam bem visiveis. Paree que falta parte de modernidade ao painel. Gostaria de uma informação com um visual que mostrasse a modernidade que o produto tem por dentro também. ok, a coluna central, os paineis de porta objetos tudo bem moderno, mas o painel parece ao meu ver não acompanhar essa evolução.

  • Marcelo Ceno Dutra

    Não sou fã da evoque mais na nesta faixa de preço acho a melhor opção.



Send this to friend