Home Avaliações Avaliação NA – Chevrolet Onix 1.0 (3) – Comportamento e consumo na...

chevrolet onix cidade 620x348 Avaliação NA   Chevrolet Onix 1.0 (3)   Comportamento e consumo na cidade




O Chevrolet Onix 1.0 tem até 80 cavalos de potência, uma potência melhor do que o motor mil da GM tinha anteriormente, já que agora ele atende pelo nome de SPE/4. Este motor tem melhorias visando entregar mais torque, mais potência e também um melhor consumo de combustível.

Notamos algumas pequenas melhoras sim, mas um motor 1.0 nunca irá fazer milagre. O Onix tem mais de 1.000 quilos mesmo na versão mais simples, então acaba não sendo tão ágil quanto o Celta, por exemplo. O giro sobe com facilidade em trechos planos, mas em subidas ele continua o mesmo, tendo dificuldades. Isso com apenas uma pessoa a bordo.

O giro tem de ser mantido alto o tempo todo, se não você perde velocidade e tem de começar tudo de novo. Trocando de marcha em 5.000 giros temos uma aceleração razoável. O ar-condicionado pesa bem no motor, e faz com que o desempenho fique mais moderado. As relações de marcha tem um bom comprometimento entre desempenho e não irritar o motorista com trocas de marcha muito frequentes.

Em termos de desempenho é isso: o Onix não sai muito do que já acontece em modelos 1.0 já conhecidos. Mas o Onix tem várias qualidades. Falando um pouco da suspensão dele, vimos que ela é boa, fica com um bom balanço entre conforto e estabilidade. Os pneus altos de medida 185/70 R14 passam um bom conforto para a cabine, e os buracos são bem absorvidos.

Ainda temos bancos razoavelmente confortáveis, dentro do possível em um popular, com espuma macia que não irá causar desconforto depois de algumas horas. Juntando tudo isso, o Onix apresenta bom conforto se comparado com seus concorrentes diretos.

A visibilidade para o motorista é boa, temos um bom espaço para a cabeça. Pessoas de até 1,95 de altura andam tranquilamente no banco do condutor. Na largura interna o Onix também não perde em nada para populares mais largos, como o Gol, por exemplo.

O nível de ruído interno é muito bom para um popular. O motor só começa a invadir a cabine em rotações muito altas, abaixo disso o silêncio é interessante. O consumo urbano que marcamos com o Onix foi de 8,7 km/l com gasolina e ar-condicionado ligado. Sim, é um consumo bem alto para um 1.0, mas isso se deve ao carro estar pouco rodado. Nos próximos meses publicaremos as médias, que deverão melhorar.

Mas a conclusão a que chegamos após rodar pelos primeiros dias com o Onix na cidade é que ele tem um conjunto muito bom. Não tem nenhum ponto negativo muito grave a ser destacado.



Se você não está vendo os comentários, desabilite extensões do tipo Adblock (que impedem a exibição dos comentários), ou adicione nosso site como exceção.