Home Avaliações Avaliação NA – Chevrolet Onix 1.0 (3) – Comportamento e consumo na...

chevrolet onix cidade 620x348 Avaliação NA   Chevrolet Onix 1.0 (3)   Comportamento e consumo na cidade




O Chevrolet Onix 1.0 tem até 80 cavalos de potência, uma potência melhor do que o motor mil da GM tinha anteriormente, já que agora ele atende pelo nome de SPE/4. Este motor tem melhorias visando entregar mais torque, mais potência e também um melhor consumo de combustível.

Notamos algumas pequenas melhoras sim, mas um motor 1.0 nunca irá fazer milagre. O Onix tem mais de 1.000 quilos mesmo na versão mais simples, então acaba não sendo tão ágil quanto o Celta, por exemplo. O giro sobe com facilidade em trechos planos, mas em subidas ele continua o mesmo, tendo dificuldades. Isso com apenas uma pessoa a bordo.

O giro tem de ser mantido alto o tempo todo, se não você perde velocidade e tem de começar tudo de novo. Trocando de marcha em 5.000 giros temos uma aceleração razoável. O ar-condicionado pesa bem no motor, e faz com que o desempenho fique mais moderado. As relações de marcha tem um bom comprometimento entre desempenho e não irritar o motorista com trocas de marcha muito frequentes.

Em termos de desempenho é isso: o Onix não sai muito do que já acontece em modelos 1.0 já conhecidos. Mas o Onix tem várias qualidades. Falando um pouco da suspensão dele, vimos que ela é boa, fica com um bom balanço entre conforto e estabilidade. Os pneus altos de medida 185/70 R14 passam um bom conforto para a cabine, e os buracos são bem absorvidos.

Ainda temos bancos razoavelmente confortáveis, dentro do possível em um popular, com espuma macia que não irá causar desconforto depois de algumas horas. Juntando tudo isso, o Onix apresenta bom conforto se comparado com seus concorrentes diretos.

A visibilidade para o motorista é boa, temos um bom espaço para a cabeça. Pessoas de até 1,95 de altura andam tranquilamente no banco do condutor. Na largura interna o Onix também não perde em nada para populares mais largos, como o Gol, por exemplo.

O nível de ruído interno é muito bom para um popular. O motor só começa a invadir a cabine em rotações muito altas, abaixo disso o silêncio é interessante. O consumo urbano que marcamos com o Onix foi de 8,7 km/l com gasolina e ar-condicionado ligado. Sim, é um consumo bem alto para um 1.0, mas isso se deve ao carro estar pouco rodado. Nos próximos meses publicaremos as médias, que deverão melhorar.

Mas a conclusão a que chegamos após rodar pelos primeiros dias com o Onix na cidade é que ele tem um conjunto muito bom. Não tem nenhum ponto negativo muito grave a ser destacado.


  • Azerbi2013

    Eh e no alcool isso vai pra quanto ??

    Onix só para Janeiro .. isso desanima ja =(

    • fabricio2099

      Meu pai recebe o dele essa semana! Igualzinho ao do NA! até a cor e opcionais!

    • HugoVictorCE

      Ninguém leu o texto? Quem em sã consciência SEMPRE esticará as marchas para troca-las em 5mil giros?
      O Éber pegou o carro agora, tá testando. Se andar "normal" creio que essa média melhorará e muito.

      Uso uma Meriva Maxx 1.4. Carro pesado, ar condicionado ligado em 110% do tempo e a média dela entre estrada e cidade (60%-40%) é de 11km/l. Carro pesado, marchas curtas, trocas em até 3500giros, média de 110km/h. Acho muito econômica pelo que a fazemos andar. (Carro oficial).

      O Onix terá médias melhores se bem conheço esses motores GM.

  • Felix_S

    Sem grandes novidades até agora. Mas confirmou minha expectativa quanto ao bom acerto de suspensão (espero que seja bom na estrada também)

  • scar_old

    Consumo alto mesmo para a quilometragem baixa. Não deve melhorar mais que 10% ao chegar aos 3.000 km. Tenho um Fluence Privilege que nunca fez menos que 8km/l na cidade sempre com ar ligado.

    • josevaldop

      O cruze tambem, faz 10,8-11km/l na cidade, sempre com ar ligado, Bom o consumo do Fluence, não imaginava tanto

      • FernandinhoBB

        Consumo não se compara em situações diferentes, caso você dirigisse no mesmo percurso que o scar_old e os dois obtivessem essas médias tão diferentes, então o fluence seria o maior beberrão, mas não é esse o caso.

        • Dragoniten

          Apesar de tudo, no teste do Inmetro o Fluence teve o melhor consumo da categoria, então é realmente um carro com ótima motorização se tratando de eficiência energética.

      • AndreHSP

        Tinha um Audi A3 dos antigos. Ele era 1.8T 20v manual.
        Com ar ligado, na cidade, ele fazia 9,5Km/L. Claro que andando tranquilo.
        Na estrada a 110Km/h, o consumo dele ficava nos 13Km/L. Isso a tranquilas 2700RPM.

        Quanto ao consumo do Fluence e do Cruze, achei muito bom, ainda mais se levarmos em conta o peso x motorização dos carros.

    • Rafael4lves

      Acredito que pelo peso, pelos pneus largos, ar-condicionado e motor pouco rodado foram os ingredientes para esse consumo medíocre.

    • FernandinhoBB

      Tudo depende da situação em que o consumo foi obtido, não se compara o consumo em situações e cidades diferentes, o mesmo carro pode fazer 10km/l em uma cidade e 6km/l em outra.

    • jonathan1985

      Tambem achei um absurdo esse consumo, e eu nao creio muito em melhora. Compramos um gol g5 em 2009 e o carro desde que saiu da concessionária já fazia boas médias de consumo, deu uma melhorada depois mas deve ter sido no máximo dos máximos de 10% (hoje ele faz entre 13 e 14km/l na cidade sem A/C e uns 12 com ele ligado) pois a diferença nem foi tão percebida, o que notamos MESMO foi diferença no desempenho do carro, até uns 2 ou 3 mil km's era LAMENTÁVEL, pra subir ladeira era um sofrimento (mais do que o aceitavel pra um 1.0).

      Se o Onix melhorar na casa dos 10% o consumo vai chegar a, no máximo, 10 km/l na cidade, isso ainda é um valor absurdo. Mas, tomara que melhore mais ainda a média nas próxmas medições do NA, pq esse aí era justamente o meu receio com esse carrinho, a bebeiragem que os GM são famoso em promover…

      • souzabsb

        Meu gol 1.6 2010 power também faz 13 na gasalina, mas é em Brasília, onde o trânsito geralmente flui bem

        • marcusloureiro

          Tenho uma sugestão para o NA: sabemos que Monte Alegre é uma cidade cheia de morros onde tem muitas ladeiras, onde qualquer carro teria um consumo acima da média, como vimos em todas as outras avaliações realizadas nessa cidade. Já que vão percorrer muitas cidades com o Onix nesse ano, recomendaria um teste feito em uma grande cidade, já que a maioria das pessoas que ficam falando que o consumo está alto mora em uma dessas cidades.

    • AMLAJD

      Meus amigos, os dados divulgados são com Gasolina! Resumindo, o carro é gastão mesmo!Fazia isso na cidade com meu Polo Sendan 1.6 2006, que tem fama de beber muito . Com o carro atual um Clio 1.6 2006, faço entre 11 e 13 na cidade dependendo das condições e ontem mesmo fui À Sorocaba, com 3 pessoas no carro, ar ligado, 110 km/h , fêz a média de 16,4km.

    • odirrr

      Sem ser chato mas o Eber falou em trocas a 5000 giros. Claro que não foi a todo momento, mas creio que deve ter testado bastante as faixas mais altas de rotação, até por estar claro que sempre buscou manter velocidade, quando essa não é uma característica normal de condução de quem tem um 1.0.

      Pode pegar qualquer carrinho 1.0 com trocas médias nos 4000 giros que vai fazer disso para menos em termos de consumo.

      Eu acredito que num estilo normal de condução de 1.0, com ar, deverá fazer perto de 12, sem ar uns 13.

  • PabloRJ

    GM e Ford geralmente acertam na suspensão.
    Sobre motor 1.0 não fazer milagre… e o 1.0 ecoboost que equipa até o New Focus na Europa?? rs

    • Leandro1978

      Mas aí tem um "turbinho", né? Sem ele, que é o especulado para o Brasil, não teremos "milagre" também. A VW fazia algo semelhante com o seu 1.0 16v no início dos anos 2000, rendia o mesmo que o então 2.0 (esse sim, AP).

    • Ubaldir

      O 1.0 ecoboost chegaria em um carro nacional com o mesmo preço de um 1.6 normal. Portanto, não acho que valha a comparação. São produtos destinados a um objetivo completamente distinto um do outro.

      • Eugenio C.

        Quem define o preço é a montadora, o posicionamento de mercado, não a motorização…

        • Ubaldir

          É claro que o custo de produção de um motor influi diretamente no valor do veículo. O motor ecoboost é dotado de tecnologia de ponta, turbo de última geração, comando variável de válvulas, injeção direta… tudo isso tem um custo, e ele é alto. É óbvio que um motor desses não será utilizado em carro de entrada. A potência maior também gera custos com redimensionamento de freios, suspensão e uma série de outros itens. Um carro na faixa de 30 mil facilmente teria um acréscimo na casa de 30 a 50% em seu preço final numa hipotética inserção de um motor desses.
          Como eu disse, a adoção de um motor de alto rendimento levaria o carro para outro patamar de mercado, fazendo ele brigar em outra faixa de concorrência. A comparação com o Onix de 30 e poucos mil é infundada.

    • gcarlos

      lá vem essa história de ecoboost de novo!

  • ChalMust

    O consumo precisa melhorar e muito mesmo.
    Tenho um Nissan March e fazia 13,5 km/l na cidade quando zero.
    Agora está fazendo 14,5 km/l na cidade com pouco mais de 11.000 km.
    Na estrada cheguei a fazer 18 km/l andando a 110 km/h e a/c ligado.
    Visitei uma css GM e gostei muito deste Onix, espero mesmo que apresente melhoras neste consumo.

    • thales_sr

      Em qual cidade? Meu carro faz de 7 a 12 km/l na cidade, tudo depende de qual cidade estamos falando.

      • ChalMust

        Região Metropolitana de Curitiba.

        • thales_sr

          Não conheço como é o trânsito daí, principalmente nos momentos que você roda pela cidade. Mas tudo depende de como está o trânsito. Falar em "consumo de cidade" é muito vago. Seu march que faz 13,5 km/l no seu percurso pode fazer 9 no percurso que o Eber fez, não dá pra comparar.

          Quando eu vou a uma das unidades da empresa que trabalho (um pouco mais distante, mas de trânsito bom), o consumo do meu carro (1.6, com pneus 195) fica em 16-17 km/l. Mas não posso tomar isso como referência para "consumo cidade". Já quando eu vou para a sede, pego um trânsito muito pesado, já vi o computador de bordo marcar 5,5 km/l. E aí, meu carro é econômico ou gastão?

          • Corvo

            Exato. Há muitos fatores para o consumo de um carro, sobre tudo o transito pesado, a forma de dirigir. Há tanta disparidade entre consumos, que não existem parametros de referencias. Há pessoas que falam que x carro é economico e outros que é gastão. Pelo menos aqui em SP é anda e para o tempo todo. Tenho um carro automático 1.6 e na estrada sexta-feira indo pra o litoral norte, cravou 12 km litro etanol, o que achei muito bom. Mas na cidade, aqui em SP, com transito pesado é 5.5, 6 km no máximo

          • ChalMust

            Na média, usando em percurso apenas dentro da cidade (podendo algumas vezes pegar congestionamento) é esta mesma que tenho citado: 13,5 a 14,5 km/l na cidade. Agora se voce mora em SP ou similar e fica o dia preso em congestionamento, paciência né, a média com certeza será ruim!!!!

        • fabricio2099

          Olha amigo só se tu não pega fila nenhuma…
          é impossivel num transito para e anda com velocidade média de 15km/h fazer isso…

          • ChalMust

            Moro numa cidade onde o transito é razoavelmente bom, pouquíssimos congestionamentos.
            Em transito pesado como SP, RJ, Salvador, pode ter certeza que fará menos.

    • MecanicoDigital

      O do amigo aqui da empresa faz igual ao to Thales_sr, rodando em São Paulo.

  • BrennoF

    Carrinho beberrão como todo veiculo com motor Chevrolet!

    • vonask

      concordo com voce, desde o fim do motor 1.0mpfi a GM nunca mais acertou em um motor economico.
      corsa, agile, monstrana, cobalt, celta, classic, são os modelos mais bebedores de suas categorias.
      e olha que o cruz zé (mesmo com nome ecoseilaoque no motor) tambem num é dos melhores não. (mas ja é uma melhora).

      • vonask

        tive o corsa 1.8 flexpower e todos falavam este carro bebe muito. De fato bebia mais que meu pointer AP2.0.
        mas depois de um acidente peguei um corsa 1.4 e tive o despraser de constatar que o carro bebia mais e andava MUITO MENOS que o 1.8 antigo.
        Na estrada as medias com o 1.8 era de 12,5 o 1.4 mau chegava a 10.
        Na cidade era bem parecido algo em torno dos 8 nos 2.
        so que eu ando 70% na estrada entao…

        • DCald

          Cara, discordo! tive 2 Corsa 1.4… e os dois sempre foram muito economicos… na estrada, era 12 no alcool e 16 na gasolina e isso andando sempre bem, mais rapido que o fluxo e tal.

          • vonask

            pois parabens pra voce, que faz 700km com um tanque. São 44 litros no tanque.
            O meu nao chegava nem aos 500. E olha, eu rodo bastante em estrada, talvez a noite sem ar eu consiga algo em torno de 12.
            O motor é bebedor e anda pouco, principalmente comparado com o 1.8.
            Agora eu ando com ar condicionado ligado.

            • DCald

              e não sou só eu não… conheço outros donos de Corsa 1.4 que fazem medias parecidas com as minhas…
              Que anda menos que o 1.8, nem precisa falar… mas, perto dos outros 1.4 é um foguete! anda junto com muito 1.6 da concorrencia…

      • ViniciusSantoro

        o MPFI nunca morreu, eles na verdade sempre usaram roupagens, mudando os nomes, alterando peças daqui e dali, mas em geral, o motor do novo Ônix vem do motor do Monza, o que pra mim é terrível. O Ágile tem a mesma plataforma do Corsa Wind, ou seja, o que mais me irrita atualmente na chevrolet é esse atraso absurdo. O Ecotec aparentemente é melhor que os atuais, seria a quebra desse MPFI e as duas famílias de motores da GMB, Mas em relação aos motores de injeção direta, como todo americano ( e a Ford tem me provado o contrário ), muita cilindrada, muito combustível, e pouca potência específica. Essa é minha opinião, ninguém precisa concordar comigo, ou falar coisas que todos já sabemos como: pois o problema é o consumidor. Disso todos nós já sabemos. Abraços a todos.

        • DCald

          Cara, para com esse papo de motor de monza.
          O motor de monza é o Familia II que vai de 1.6 até 2.4L o que equipa o Onix é o Familia I, que vai de 1.0 até 1.8.
          Mas, do primeiro corsa (primeiro carro a ter o familia I) para cá, muita coisa evoluiu no motor.

          Se for ver, todo motor vai ter parentesco com o primeiro motor a pistão inventado… então, ficar falando que é motor de monza (erroneamente ainda) JÁ ENCHEU!

          • ViniciusSantoro

            A grande diferença entre as famílias é a largura do pistão, o projeto em sí é igual. Muita coisa mudou sim, mas nada radical, é sobre este atraso que digo. E como eu disse, não precisa concordar comigo, mas ser rude não ajuda (pelo menos foi o que percebi), espero deste blog comunicação, gente que gosta de carros de verdade e está de mente aberta pro assunto, estou apto a correções, agradeço por observar meu comentário, e abraços !

    • coresplendor

      eu consigo fazer média de 13 -14 Km/l no meu corsa 1.8 2005 em salvador… depende muito do motorista

      • epicentro01

        Exatamente. Todo mundo fala que GM gasta muito. Eu tinha um Vectra 2010 que fazia uma média de 14Km/l na estrada. Hoje o meu Cruze faz média de 13,5Km/l na estrada e 8,5Km/l na cidade. Pelo peso do carro e largura dos pneus não acho ruim não. Mas é bem como você falou, depende do motorista. Vejo gente afundando o pé no acerlerador para andar 150 metros e ter que parar no sinal vermelho. Aí não tem milagre…..rsrsr

        • ViniciusSantoro

          E aí diz que o carro bebe demais, e que as peças não duram nada.

  • alexcpinho

    Estou muito animado pra comprar este carro, mas confesso que também estou receoso com relação ao consumo! :/

  • jpmocellin

    O motor 1.0 da chevrolet, é um pouco mais gastão do que os outros, porém é bem mais esperto. Nosso Clio faz 12 de média na cidade, alternando entre períodos com ar ligado e desligado, porém vejo o Clio (apesar de ter praticamente a mesma potência) como um carro mais lento do que o Celta na cidade, principalmente por ter 16 válvulas.

    • rogeriulima

      Bom, não sei se vc concorda comigo mas pra mim carro 1.0 é pra ser econômico, bom desempenho seria um bônus mas quem compra carro 1.0 tá esperando economia e não saida rápida de semaforo.

      • FernandinhoBB

        Porém o percurso em que o veículo foi utilizado não favorece o consumo, pois a cidade é montanhosa. O Civic 2012 avaliado fez 7km/l na cidade, nesse mesmo percurso.

        • rogeriulima

          Tah, então dá uma olhada no consumo do Versa com motor 1.6: http://www.noticiasautomotivas.com.br/avaliacao-n

          • FernandinhoBB

            Ótimo que você citou o consumo do Versa, pois este tinha 8000km rodados e conseguiu 9,5km/l com gasolina, porém com o ar-condicionado ligado em apenas parte do tempo. Além do Onix ser 1.0 e muito pouco rodado, ele também fez a média com o ar-condicionado ligado durante todo o percurso, não podemos esquecer também que é um motor 1.0, e que sofre muito ao encarar subidas, ainda mais com ar-condicionado ligado. Ou seja, o Onix é extremamente pouco rodado, utilizou ar-condicionado 100% do tempo, enfrentou subidas frequentes, mas conseguiu 8,7km/l. Quando estiver mais rodado essa média deve atingir uns 10km/l, nessa cidade, mas em uma cidade menos "montanhosa" o consumo será ainda melhor. Esses carrinhos 1.0 sofrem muito ao rodar com ar-condicionado em locais montanhosos, ainda mais 100% do tempo… O consumo acaba prejudicado. No mais, o Onix não será o mais econômico, de maneira nenhuma, pois oferece mais espaço interno e conforto que os mais econômicos, mas também acaba pesando mais, o que fará seu consumo ser ligeiramente inferior ao dos seus concorrentes diretos. Resta saber se vale a pena comprar um veículo 1.0 que comporta bem pessoas de boa estatura, oferece bancos com conforto acima da média, desempenho melhor que o HB20 de 3 cilindros(segundo medições da 4 rodas e Car and Driver), acabamento na média do segmento, mas consumo ligeiramente inferior aos concorrentes. Talvez o comprador deva optar por economizar 1 real por semana, pois no final do ano terá economizado 52 reais. Sendo objetivo, o embate é bom entre Gol, HB20 e Onix, cada tem suas vantagens, só acho que o Onix fica realmente pra trás na versão 1.4, em razão do desempenho tímido perante os 1.6.

            • Leandro1978

              Excelente explicação. O pessoal fica falando que é gastão, que o carro x e o y são gastam menos mas não levam estes fatores em consideração.

            • Edson Roberto

              Depende Fernando.

              O Sandero que é um meio termo entre Onix e Agile (para mim, o Agile é tão depenado no quesito acabamento qto Sandero, mas é espaçoso e até mais que o Onix, apesar desse ultimo ser visualmente falando melhor acabado e com bons encaixes). E o Sandero é outro que é economico mesmo com motor 1.0. O problema dele é igual a muitos outros… não anda muito bem…

              • FernandinhoBB

                O problema do Sandero é que ele consegue ser muito mais manco que o Onix, inclusive em retomadas. Se já é chato dirigir um Onix, o Sandero consegue ser ainda pior. Outra ressalva são os bancos e o acabamento do Sandero. A economia com combustível será muito pequena, não sei se seria um bom negócio.

        • Stark

          Jetta 2.0AP fez 8.5 km/l !!

          • FernandinhoBB

            Verdade, mas sem ar-condicionado e não era um modelo tão pouco rodado.

            • Stark

              Mas ao lembrar que o Jetta pesa quase 1500kg, tem um motor super antigo, é 2.0, e rodou na mesma cidade, acho que o Onix pelo menos uns 9km/l deveria ser não?

              Não adianta a chave para baixo consumo é Torque em Baixa Rotação, por isso que Diesel e Sobrealimentados na Europa são os mais economicos e no Brasil. Motor que tem que ficar subindo pra cima de 2500RPM pra trocar uma marcha vai consumir mais sim.

      • jpmocellin

        Claro, concordo sim. Porem, melhor se puder aliar economia com desempenho.

      • DCald

        Isso na europa!
        No Brasil, o 1.0 tem que ser economico, potente o suficiente pra puxar o carro lotado+ bagageiro no teto e carretinha atras e ainda aguentar ficar sem manutenção sem reclamar… hehe

  • Monty0112

    Consumo horrível, não acho que melhore maravilhas depois de mais tempo rodado. É outro seguimento mas faço médias 11KM/L no fit 1.5 CVT a gasolina.

    • FernandinhoBB

      Mas seu Fit não rodou no mesmo percurso e com o mesmo pé do avaliador do Onix. Só dá pra comparar dados de fontes iguais, não adianta um "doido" chegar aqui e falar "Meu Civic 1.8 é mais econômico que o Onix, faço 10km/l na cidade!!", pois o Civic avaliado nesse percurso, dirigido pelo mesmo motorista(Eber) conseguiu 7km/l de consumo.

  • Bikudin

    Vixii, 8.7… é bem pouco mesmo e ainda a gasolina, esse é o consumo do meu Prisma 1.4 com etanol.

  • Absinthe666

    8.7 em um 1.0 na gasolina? nossa acabei de achar meu KA 1.6 super economico
    se esse carro nem economico for, não vale nada =/
    o consumo pode melhorar mas não acontece milagres, no máximo sobe de 8.7 para 9~9,5

    • FernandinhoBB

      Mas para comparar o Eber teria de utilizar um KA 1.6 no mesmo percurso montanhoso que utilizou o Onix. Já vi ouvi relato de dono de KA 1.6 que conseguia números de consumo por volta de 7km/l na cidade, são inúmeros fatores que influenciam.

  • rvieria

    Tenho a impressão que o consumo dos GMs é muito "flutuante" de pessoa pra pessoa, muito mais do que a medida é por natureza.
    Tenho conhecido que faz 10 no Cruze, enquanto outro não passa das 8 por nada. Ambos morando na mesma cidade.
    Claro, a mecânica do motor é propensa a gastar, mas não creio que ele seja um saco sem fundo de gasolina. Varia muito do pé do cara.
    Todavia, podiam colocar uma distribuição de combustível mais esperta nesse carrinho.
    Cito como exemplo o New Fiesta, que com seu antiquado Sigma Flex faz 11 km/l na cidade (testado pelo InMetro ainda),

  • greicemari

    Os bancos da chevrolet principalmente em populares sempre foram mais confortaveis do q a concorrencia, fico feliz que tenha se mantido assim. Sobre o consumo eu acho que ele só vai estabilizar após a primeira revisão depois dela o carro tem um desempenho mais economico sei lá porque talvez algum ajuste ou algo assim, mas acontece..O que pode estar fazendo ele beber um pouco por ser zero talvez seria rotação alta 5mil RPM que quando o motor estiver mais amaciado não precise tanto…

    • Mr. Potato

      Tirando o Celta né, cujos bancos são horríveis… Em viagem quebram as costas mesmo em percursos curtos.

    • Leandro1978

      Tive um Ka 1998 e um Corsa Sedan 2000, ambos 1.0 e achava os bancos do Ford bem mais confortáveis. O do Corsa era muito mole, o do Ka era mais firme. Embora em conforto, de forma geral, o Corsa fosse melhor. O Ka tinha a suspensão mais firme, o Corsa, mais mole. Em acabamento, sem comentários. O Ford era muito superior. O do Corsa foi extremamente piorado (a minha mãe teve um hatch 1995 e o acabamento deste era bem melhor). Em consumo, o GM era mais gastão, mas creditava isso ao maior peso do sedan em relação ao hatch, além do Chevrolet ter um desempenho ligeiramente superior.

  • rogeriulima

    Nossa, mas isso é consumo de carro 2.0…
    Fiquei curioso pra ver o consumo do 1.4

    • FernandinhoBB

      Bom o Civic 1.8 avaliado pelo Eber rodou nesse mesmo percurso e conseguiu o consumo de 7km/l na cidade. É um sedã médio considerado econômico e com motor menor que 2.0.

      • rogeriulima

        Civic considerado econômico? acho que vc tah confundindo com o corolla.
        De qualquer forma se eu compro um carro 1.0 eu quero que ele seja no minimo 70% mais econômico que um carro 2.0.
        Agora na boa, o Onix parece ser um otimo carro mas esse motor 1.0 não ficou adequado pra ele, esse consumo eu acharia até normal se fosse no etanol mas na gasosa é consumo de carro grande sim.

        • FernandinhoBB

          Não, o Civic 1.8 é mais econômico que o Corolla 1.8, segundo medições do Inmetro. Recebeu classificação "A" e tem consumo 4% melhor que o Corolla na cidade. Não, os carros grandes avaliados pelo NA não atingiram essa marcas de consumo, além disso o carro é muito pouco rodado e a medição foi realizada com ar-condicionado 100% do tempo, ao contrário de outras medições que utilizaram ar-condicionado em apenas parte do tempo.

          • jpmocellin

            Olha, nem acredite muito nesses dados do Inmetro. Pelo menos nos carros que eu tenho contato, o motor 1.8 Toyota sempre faz mais economia que o 1.8 Honda.

            • FernandinhoBB

              O motor 1.8 do Civic se tornou mais econômico nessa geração 2012. Outra coisa, o Inmetro é a fonte mais confiável de medição de consumo do Brasil, pois ele avalia todas as montadoras, sempre seguindo um procedimento padrão, isso acaba tornando os testes muito confiáveis, pois todas as montadoras acabam fiscalizando e conferindo se os dados "batem". Não é interessante para nenhuma montadora que o veículo de sua concorrente possua dados de consumo falsos, por isso suas medições são confiáveis, pois todos acompanham e fiscalizam. O mesmo acontece com os eletrodomésticos e aparelhos eletrônicos avaliados. De fato, o Civic 1.8 2012 consome menos que o Corolla, isso também foi indicado por outros meios de comunicação(4 rodas, auto esporte…) menos confiáveis que o Inmetro, é claro. Se divulgarem algum dado de consumo fora da realidade, pode ter certeza que será alvo de impugnação, tanto se for para mais como para menos. De um lado os concorrentes, que não querem ser etiquetados com consumo pior do que o carro avaliado, caso não seja de fato. Do outro lado, a empresa que fabrica o veículo, que não aceitará que seu produto seja etiquetado com valores aquém da realidade, pois, obviamente, não será positivo para sua imagem, o que terá reflexo na suas vendas.

              • Louis

                Viajei com o Civic 2012 do meu pai, fiz 15 km/l como o carro carregado, A/C ligado metade do percurso. Creio que com o carro leve e sem A/C dá pra fazer 16 km/l, respeitando o limite da rodovia de 110 km/h.

            • Stark

              Mas não é pra acreditar mesmo!! Não devemos levar em considerações os números aqui na vida real.

              O teste do INmetro é pra ser comparado entre os modelos daquela tabela do inmetro, só entre eles.

              • thiagolamim

                o Inmetro já mostrou como é feito os teste? as condições para cada carro é divulgada?
                Não tem como simular sempre um transito identico para os outros carros..
                Complicado essa historia de teste de consumo.

                • Stark

                  Se eu colocar 3 modelos de carros pra ir de 0 a 100km de distância (uma cidade e outra) na mesma velocidade, aí sim vou saber qual desses 3, que estou testando, qual vai ser o mais economico.

                  Teste do Inmetro é pra saber qual é mais economico (entre os que foram testado)

                  Não é porque o Carro A teve 10km/l na Cidade que vai ter aqui também, mas se lá o Carro A teve 10 e o Carro B teve 8 km/l, o Carro A é mais economico que o B. #conclusão.

                  • thiagolamim

                    Aí que está errado.
                    Você não consegue colocar a mesma condição de transito (ou sem transito) para os dois carros, mesmo viajando juntos é improvável.
                    porque um pode ter oportunidades melhores de ultrapassagem que o outro.. sendo assim gastar mais ou menos.

                    Nos EUA tem uma discussão enorme de como fazer esses testes para se tornarem números confiáveis.

                    É muito complicado.

                    • FernandinhoBB

                      Procure se informar, o Inmetro testa os carros em laboratório, simulando as condições de acordo com a norma NBR 7024. Só realizando o teste em laboratório é possível garantir condições 100% idênticas para todos os veículos testados. Não tem nada de complicado, as próprias montadoras tem estrutura para repetir os testes em seus laboratórios, afim de conferir os dados. A mesma coisa pode ser feita em relação ao Latin Ncap, as montadoras possuem total capacidade de realizar testes idênticos e saber qual a nota seu veículo conseguirá no teste. Nos EUA não há polêmica nenhuma acerca da precisão dos testes, qualquer montadora que realize os testes, utilizando a mesma metodologia, atinge os mesmos números.

                    • thiagolamim

                      Caímos na mesma discussão.
                      Teste em laboratórios não conseguem reproduzir as condições mais adversas que passamos nas cidades..
                      Sendo assim são numeros com margem de erro ENORME.

                    • FernandinhoBB

                      Conseguem sim, o teste é muito bem feito e apresenta situações médias, além de ser uma ótima base para saber quais são os mais econômicos do segmento, já que todos são expostos a mesma situação de teste. Para finalizar, o consumo nunca será algo "geral", pois cada cidade tem suas peculiaridades e cada motorista tem um "peso" no pé, porém, expondo todos os carros a situação idêntica, é possível avaliar quais são os mais econômicos. Com relação ao consumo obtido no teste, esse sempre se encaixa na situação mediana. Muitos motoristas conseguem valores melhores e outros conseguem valores piores, mas isso se dá pela particularidade da cidade e da maneira de condução. O teste é muito eficiente e, geralmente, obtem dados de consumo até piores dos que são obtidos por grande parte dos consumidores, pois eles simulam o trânsito em situação não tão favorável.

                • FernandinhoBB

                  Claro que já divulgou a metodologia do teste e estes não são feitos no "meio da rua", mas em laboratório, tornando possível que todos os carros sejam colocados em condições totalmente idênticas. As montadoras tem estrutura de sobra para realizarem o teste utilizando metodologia idêntica.

          • Tejolo

            Segundo as minhas comparações (que tenho Civic e Fluence, ambos automáticos), o Civic parece que tem o motor Flex.power sob o capô… gastão e frouxo……

      • Stark

        Olha olhando os Sedãs-Médios avaliados pelo NA, acho que o Jetta foi mais econômico.

  • SilenceBass

    Bom, tendo em vista que tão testando MESMO o bicho (e nota-se pelos giros altos), até que não tá aquela lástima.

    Se fosse alguém normal, dirigindo de boa, trocando marcha no máximo a 3500… acho que chega nos 10km/l fácil. Foi a média que fiz com meu Celta num dia aí, enchi o tanque e rodei 100km (haja joelho direito !!!) e a média ficou em 10,5km/l, numa cidade pequena e cheia de semáforos "burros"…

  • fabio_augusto

    Mas esse motor SPE/4 não tem um tipo de brunimento que dispensa amaciar o motor? Pelo menos foi o que ouvi falar…

    • thales_sr

      Já faz algum tempo que ouço falar que não precisa amaciar motor… Porém, no manual do meu carro tava lá a recomendação de não passar de um certo regime de giros antes dos 1000 km.

      • Edson Roberto

        E que também é restrito a usar um determinado nivel de rotação.

        No meu C3 o recomendado era não passar dos 4000rpm até rodar 3000km.

        • Tejolo

          Segue certinho…. você terá um motor que durará 300.000km, porém frouxo….. como certamente não ficará com o carro até lá, motor é feito para usar (e manter) sem dó.

          • Edson Roberto

            Mas isso é até rodar 3000km. Depois disso eu usei mais giros que isso. Mas o meu comum no máximo é usar até os 4000rpm. Só em momentos de necessidade que eu uso além disso ( ou seja, poucas vezes ). Algo que reparei em Citroen em geral é que se usar em rotação baixa, ele parece que regula o carro para rotação baixa. E deixa mais forte nesse tipo de uso… tanto que meu C3 se usar assim, quando sobe o giro, ele é meio "devagar" na primeira vez, mas se precisar em uma segunda ele já está bem disposto. Claro que na estrada ele vai se adequando e se estiver em rotação mediana, ele vai entregar mais força.

            O mesmo acontece com meu Xsara, mas é 2.0 e a diferença se precisar de força é muito maior e mais rapida.

  • kkduu

    Eu tenho um palio novo 1.4…. desde o começo até hj ele faz 9km/l na cidade sempre com ar ligado.
    Esse onix aí deve ser piada. Espero q melhore.

    • thales_sr

      Você rodou no mesmo percurso do Eber?

      • kkduu

        Não mesmo…. mas sempre pego transito pesado onde dificilmente passo dos 45 ou 50km/h toda manha e na volta no inicio da noite tbm e nao pego estrada… Independente disso menos que 9km/l em um carro 1.0 eu acho ruim e inaceitavel em um carro novo.
        Pelo menos é melhor que o G5 que eu tive antes.. que fazia 8km/l não importando o percurso urbano.

        • thales_sr

          O percurso que eu faço para ir ao trabalho mal passa de 30 km/h, meu carro faz 7 km/l nesse percurso, então ele é gastão?
          Outro percurso que faço as vezes, meu carro faz 17 km/l. Agora fiquei na dúvida se ele é beberrão ou não, e aí?

          Sem rodar o mesmo percurso, fica difícil falar. Se o Eber falar que é o mesmo percurso que ele faz sempre, você pode comparar com os outros testes de consumo, mas não dá pra comparar com o consumo que você faz no seu carro e no seu percurso.

          • kkduu

            Concordo com voce. Tbm depende muito tbm de quem guia. Mas em geral leio muitos testes longos e vejo outros populares com media melhor com gasolina. Imagine com alcool.
            Testar eu não posso pois moro em outro estado, onde a cidade é pequena e o limite urbano é 60km/h e sem pistas longas.

            Pois pronto, que ele descreva ai o percurso e a media de velocidade. Aí quem sabe mudo minha opinião.
            Da forma que está escrito na materia não diz nada, se pegou transito pesado por muito tempo nem nada. Então generalizo como outros testes em que outros carros tinham medias semelhantes com alcool ou mlehores com gasolina.

            • thales_sr

              A dica é boa, se ele puder informar o percurso, tempo, distância, velocidade média, dá pra ter uma base melhor.

      • AMLAJD

        É relativo, de repente o dêle é mais pesado que o do Eber. O ideal era tirar médias diferentes. Primeiro só em trânsito pesado, centro de grandes cidades com SP, Campinas, Sto André, etc. Depois um misto de trânsito congestionado e grande avenidas de trânsito mais livre, meio a meio e finalmente estrada, com o carro com 4 pessoas e porta malas cheio que é o uso mais comum e também vazio só com o motorista. Acho que aí daria para ter uma idéia melhor.

  • zeuslinux

    Eu não sei porque as pessoas ainda insistem em comprar carros 1.0 hoje. A diferença de preço hoje já não é tão significativa quanto antes, o consumo muitas vezes é até pior do que um carro de maior cilindrada e é horrível penar até para ultrapassar carretas pesadas nas estradas.

    Sempre fugi de carro 1.0. Se não tiver dinheiro para comprar um carro zero com potência maior, compro um usado, mas nunca um 1.0. Só consideraria a compra no caso de algum carro muito pequeno e leve, do porte de um Celta ou de um Smart.

    • Arthiola

      Talvez porque muitas ainda acreditem na lenda que "economiza mais". Minha esperança é o 1.0 Ecoboost

    • Edson Roberto

      Elas insistem porque é mais barato.

      E o que move a compra hoje de um interessado é ser "novo" mesmo que para isso, seja menos potente. Temos exemplos como Uno 1.4 e Peugeot 207, só por referencia… Temos o (quem diria!) Etios 1.3 também que é dito como bom de desempenho e economico. Então tudo é uma questão de se avaliar o momento. Eu vi nesse final de semana Classic "completo" (com air bag) por R$26990. Eu particularmente pelo preço, achei bom por ser um sedan compacto. Não há outro modelo proximo em preço que oferte tudo isso. Nem mesmo o Siena EL.

      São questões de momento e oportunidade (dinheiro também conta). Veja… por R$31000 dá para pegar um Fiesta Rocam 1.6… e por R$33000, esse com air bag e ABS… mas quem serão os donos da bola? Certamente são os Hb20, Onix, entre outros…

  • YoOdEx

    Achei o Onix muito interessante.. As ressalvas ficam pela motorização. Não gosto e não compro carro mil.. Gostaria de uma versão com motorização maior, e a 1.4 já não da conta do recado. Interessante mesmo seria o 1.6 do Sonic ai, pra fazer frente ao HB20, Palio 1.6, Gol 1.6, e cia.

    • paixaoporcarros

      O 1.6 do Sonic dificilmente equipará esse carro. Seria matá-lo de vez. Acredito que no máximo o 1.8 do Cobalt, o que pelo menos é um ganho, pois tem um excelente torque e uma boa relação cambioXmotor!

  • Corvo

    Consumo de 8.7 km na cidade de gasolina é muito alto, visto também que onde Eber mora não é uma cidade de engarrafamentos constantes. Deveria fazer isso pelo menos de etanol. Mas, pelo relatado, o típico problema dos 1.0. Precisam ser acelerados bastante para obter um rendimento ''razoável'', ai o consumo é equivalente a motores maiores

  • paranaiba

    Meu Fox Prime 1.6 faz 10 km/l no Alcool 40% estrada, 60% cidade, com ar ligado metade do tempo

  • Edson Roberto

    Olha… sei muitos vieram defender a questão do consumo do Onix que, em vista do caminho que o Eber faz é entendivel que faça essa média. Eu moro no Jabaquara e todo o caminho que tenho que fazer é de subidas bem ingrimes com meu carro e esse faz uma média de 7,5 a 8,5 km/l no etanol e qdo saio desse trecho ingrime já caio em transito.

    Eu achei ele beberrão. Só julgo que até dá para entender pois, outros pontos até citados na materia ajudam o carro a chegar nessa matematica. Maior peso, ar condicionado, pneus com medidas maiores… tudo isso ajuda a ter maior consumo. Imagino eu quem pega o gol 1.0 com rodas aro 15… deve ter menor média mesmo. Só para uma referencia interessante… no mesmo trecho que faço com meu carro no etanol, com o Celta 2005 do meu pai na gasolina, faço 12km/l. Com o Siena 2008 dele, 7km/l (seja alcool ou gasolina).

    • Eugenio C.

      No comparativo deste mês da 4 Rolimãs, entre HB20, Onix, 207, Palio, Etios, Gol, March e JAC J2, o Onix 1.0 consumiu (com etanol) o mesmo que o 207 1.4 na cidade (ambos foram os mais gastões dentre todos), e empatou com Etios e March na estrada, sendo mais econômico neste último teste que o Palio e o 207.

      O Ônix 1.0 da revista fez 7,6km/l de etanol na cidade e 11,2km/l na estrada.

      (só para a gente matar a curiosidade)

    • AMLAJD

      Acho que isso não justifica Edson, pois o FOX pesa quase 1100 kgs, tem motor de 75 CV a álcool e 72CV a gasolina, então o motor tem que fazer muito mais força, e apresenta índice melhores que esse do ONIX. E olha que todo FOX usa pneus 195/55 com roda Aro 15. Uma coisa que não estão falando e que é muito importante é o CX, principalmente na estrada. Dizem que o CX do ONIX é 0,37, o que é muito alto para carros projetados hoje em dia.

  • Corvo

    Então Edson, viajei na sexta-feira à noite e peguei pouco transito na saída de SP e gastei exatos 20 litros para ir ao Litoral Norte. Isto com 2 pessoas no carro e porta-malas cheio e ar condicionado ligado o tempo tudo (só desliguei ele um pouco na serra) a 120 km por hora na Ayrton Senna, não ultrapassando nunca disso. E na Tamoios entre 80 e 110. Fiz a medição manualmente quando enchi o tanque e fiquei surpreso. Até mais economico que meu antigo 1.6 8v manual na estrada. Agora na última medição que fiz manualmente na cidade consegui fazer exatos 6.5 km litro de etanol, uma boa média, mas não pegando muito transito. No transito pesado, segundo computador de bordo, não passa dos 5, 6 km. O engraçado é que o computador de bordo me indica sempre mais consumo do que realmente está gastando, e deveria ser o contrário rs.
    Sobre o motor, realmente é muito bom, para fazer ultrapassagens e subir a serra é bem valente (sempre na última marcha) e na cidade não é sentido a falta de motor.
    O C3 automático deve fazer médias aproximadas de desempenho e consumo, embora li muito que bebe bastante, mas pegaria ele fácil pois acho um carro bem construido e é excelente negócio quando comprado usado. Sobre o famoso A4L não há do que temer, desde que seja feita a manutenção preventiva

    • DCald

      Mas, carro automatico é SEMPRE mais economico na estrada! veja qual a rotação em ultima marcha no cambio automatico e qual a rotação em ultima marcha na versão manual!

      Alem disso, vc está comparando o motor 1.6 16V com um 1.6 8V… o 16V gosta muito mais de estrada que os 8V…

      Com o C4 fiz ainda poucas medições (o carro está com 1800km: qse 600 com meus pais, dai peguei 1100km de estrada e o restinho rodei na cidade)…
      Na estrada fiz a aferição por trechos e estilos! hehehe… teve trechos que fez media de 16km/l e teve trechos que fez media de 8.5km/l… a média geral da viagem ficou em 11,2km/l… mas teve momentos de andar a 73km/h no cruise control atras de fila de caminhão e momentos de andar a 180km/h… qto vou dizer que o carro faz em média? Bom, por enquanto não vou falar nada… hahaha… deixa o carro acostumar comigo e eu acostumar com ele… dai faço umas médias de médias e então posso finalmente dizer alguma coisa…

      • ViniciusSantoro

        Acho que as informações estão distorcidas amigo. Os motores Multivalvulados tendem a ser muito mais econômicos que os (venerados na terra dos tupiniquins) 8v, quando submetidos a rotações intermediárias e constantes, por isso que o VVT é tão interessante, ele proporciona uma mistura de 8v com 16v (falando grosseiramente), e sobre carros automáticos, também depende. Na verdade já ouvi tanto falarem que carro x tem certo comportamento, e quando se fala de carros, TUDO varia. Abraços e bons estudos :)

        • DCald

          ? E o que foi que eu disse?
          Eu disse que 16V gosta muito mais de estrada que os 8V… ou seja, rendem bem melhor na estrada!
          Sobre os automaticos, mesmo os de 4 marchas (contra versão manual de 5marchas) normalmente tem rotação menor em ultima marcha (até pq, se vc precisar de potencia, o cambio VAI reduzir marcha!… o que não acontece com manual com motorista preguiçoso! hehe…

      • Corvo

        Então, o engraçado é que o 8v a 120 por hora estava em 3200 rpm. O automático está em 3400 rpm. Isso pelo fato do automático ter só 4 marchas. Mas sem dúvidas que os motores 16v adoram andar em estrada e os 8v sofrem. Esse fato faz com que seja mais economico. O 8v quando exigido tinha a sensação de afogamento e perda de potencia.
        O C4 teu é automático e as medições são feitos no etanol ?

        • DCald

          Estranho isso… geralmente o automatico tem rotação menor em ultima marcha que o similar manual…

          Mas, no caso, pode ser pela diferença do motor… (no caso não é só troca de cambio como em outros modelos)…

          Sobre o C4, o meu é manual… numeros com gasolina comum… Acredito que dê para melhorar esses numeros, amanha vou abastecer ele no "posto padrão" (minhas outras abastecidas foram todas na estrada) e ver como se comporta…

          • Corvo

            Então, nos automáticos depende quais versões, mas sua teoria tem lógica. Olhando em alguns carros há disparidades.
            Meu único referencial com motor 1.6 16v é o Sandero Stepway manual, que dizem que as rotações estão em 3700-3800 rpm a 120 por hora, o que achei muito elevado. Neste caso, o meu vai mais relaxado sim.
            Sobre as medições faça sempre em forma manual pois não da para confiar muito no computador de bordo. As vezes mente para bem ou para mal. No meu caso ele mente para mal, sendo que é mais economico que o que indica.
            Experimenta os 2 extremos. Etanol ou gasolina aditivada no teu C4 (ele é 1.6 ou 2.0 ?), mas o consumo com o carro amaciado melhora um 10 %, não mais que isso.
            Tive um 307 automático monocombustível e para viajar colocava aditivada e o consumo melhorava um pouco (fazia 13.5/14 km litro na estrada sem muito transito).

  • Adriano_Silva

    Vamos ser sinceros a GM nunca foi referencia em economia de combustível, por isso ignoro seus motores 1.0, bebem quase o mesmo dos 1.4.

    • Tejolo

      E os 1.4 bebem quase o mesmo que os 1.8….. vixi….

      • Adriano_Silva

        No Corsa não, até gostava de seu consumo e desempenho.

  • LuccasVillela

    Trocando as marchas aos 5.000 não tem como ter um bom consumo!

    • Tejolo

      O carro é muito pesado para ser 1.0…. se não fizer assim, tem que ter a paciência de Jó para andar….. no meu caro, prefiro gastar um pouco mais, e manter minha paciência intocada, do que estressar com falta de fôlego.

      • ewertt

        Pesado em relação aos outros 1.0? Veja o peso do hb20, sandero e fiesta.

  • AlexandreCE

    Esse negócio de consumo na "cidade" é muito relativo. Basta pegar uma cidade truncada, com anda-e-pára o tempo inteiro, sinais a cada 100, 150 metros, e engarrafamentos. Cito Fortaleza como exemplo… um Ônix aqui vai fazer 7, 7,5 Km/L de gasolina com o ar ligado… e olhe lá. Conheço bem esses motores GM. Meu Classic não passava disso. Aliás, bebia bem mais do que meu carro atual, andando e gelando menos.

  • Rodrigo_Galera

    E nada de comando de válvula variável, não é mesmo? Bloco de ferro, 8 válvulas… Desculpe, mas na minha cabeça não entra o fato duma pessoa escolher um Onix no lugar de um HB20!

  • Cruz

    Mesmo sendo o carro novo, não acho que isso seja desculpa, o consumo está absurdo!

    Talvez possa ser porque está mantendo o giro alto o tempo todo, ou então a gasolina está batizada…

    O meu Astrassauro 1.8 faz 10 ou 11 na cidade e 12 ou 13 na estrada!

  • AMLAJD

    O problema de consumo desse carro, é a mania da GM sempre querer ter o 1.0 de maior potência, o 1.4 de maior potência, etc. A AGM força a barra com esses motores antiquados. Nem sempre o melhor motor é oq ue tem mais CV. Existe um ponto de equilíbrio que deve ser respeitado. Os motores 1.4 da GM , apesar de 102, 104, até 106 CV, não são lá grande coisa.

    • Stark

      Correto! Mas alta potência não significa sempre alto consumo pois se um motor tiver alta potência mas for morto em baixas rotações (muitos aspirados por aí são assim) aí o consumo vai nas alturas.

      Vai de torque também pois um 1.0 e 1.4 simplesmente não tem torque bom pra subir um morro de 3a marcha que nem o 2.0 aí tem que ficar subindo o giro pra ter força (igual o Onix do vídeo). E RPM Alto, Acelerador com toda pressão resulta em alto consumo.

      A fórmula para baixo consumo na cidade é –> Muito Torque em Baixa Rotação. E 1.0, 1.4 da GM não tem! A esperança para baixíssimo consumo em 1.0 é o 1.0T de 3 cilindros sobrealimentado que ela pretende produzir, aí sim quem sabe a GM entra nessa moda e resolve o problema de consumo.

      • DCald

        Cara, se comparar 1.0 com 1.0 e 1.4 com 1.4 vai ver que o torque dos GM em baixa rotação está na "média-alta"… ou seja, esta entre os melhores na faixa de motorização… querer comparar com 2.0 é ignorancia!

        Um colega de trabalho queria um carro barato e economico para ir para o trabalho para substituir um astra com 10 anos de estrada… bom, na faixa de preço que ele tinha disponivel, sugeri o Corsa C, expliquei que estava saindo de linha e tal, mas que era, na minha opnião, a melhor opção na faixa de preço e categoria.
        Ele comprou um. No começo reclamou do consumo e do desempenho (o astra era no gnv)… dai expliquei para ele como usar o motor, melhor faixa de rendimento e tal… dai ele fez uma viagem e voltou bastante contente. O consumo melhorou bastante e ele realmente curtiu o desempenho do carro.
        Claro que ele entende que em termos de conforto e motor é um carro inferior ao Astra, mas, sabendo usar o Corsa (que tem torque em faixa diferente do astra), dá pra andar bem e fazer economia!

        O problema que temos é o cara que esta acostumado com 2.0 e pega um motor menor, dai ele força o carro em baixa rotação querendo o mesmo desempenho = desempenho ruim e consumo péssimo…
        Outro problema é o cara que, acostumado com 1.0, pega um 2.0… dai anda sempre esgoelando o motor e reclama do consumo pessimo… hehehe…

  • Dnavital

    Essa cidade aí tem muita subida e descida, isso ja basta pra piorar o consumo. Tenho um focus 1.6 e fazia 11km/L na cidade em Brasília que é plana, Já em cidade não plana ele faz uns 8km/L ou um pouco mais a depender da pisada.

  • Jor_Es

    Tinha um monza 2.0 a carburador que fazia esta média de consumo. Um carro 1.0 22 anos mais novo que faz o mesmo consumo, só que andando menos. Chamam isto de evolução?? Até quando as fábricas de automóveis vão nos tratar como otários?!

  • bruno

    Tenho um Onix, 1.0 comprei 08.02.13 e acho ele bem economico. Trabalho com vendas, rodo bem ele ta fazendo 10 no alcool e 13,5 na gasolina, trecho misto. Contesto os numeros da reportagem