Home Avaliações Avaliação NA – Chevrolet Spin 2 – Impressões do interior e qualidade...

chevrolet spin fotos internas 1 Avaliação NA   Chevrolet Spin 2   Impressões do interior e qualidade de acabamento




O interior da Chevrolet Spin lembra bastante a área interna do Cobalt, afinal, além de compartilhar a plataforma, os dois modelos foram criados seguindo-se a mesma linha de pensamento: entregar um carro simples, com amplo espaço interno e detalhes que os deixem mais confortáveis.

No sentido do conforto, tanto Cobalt quanto Spin estão de parabéns. São modelos baratos e simples sim, mas que trazem alguns pontos que ampliam a sensação de conforto dos passageiros, como revestimento bem macio nos bancos, e o uso do mesmo tecido em uma pequena parte das portas. Coisa que o Sonic, por exemplo, não tem.

Fica aí claro que tanto a Spin quanto seu irmão sedã de motor 1.4 (e dentro em breve também de motor 1.8) querem agradar a famílias. Famílias que provavelmente são fãs dos Chevrolet de antigamente, e prezam um interior confortável e agradável.

chevrolet spin fotos internas 18 Avaliação NA   Chevrolet Spin 2   Impressões do interior e qualidade de acabamento

O painel da Spin é bem parecido com o painel do Cobalt, contando com um quadro de instrumentos quase idêntico. As informações são bem comprimidas, para serem apresentadas em um espaço pequeno, mas todas elas são de fácil leitura. O revestimento do painel é todo de plástico rígido, claro, mas ali existe uma combinação de cores de bom gosto.

O interior todo tem um tom puxado para o marrom e também para o bege, trazendo finalmente algo diferenciado nesse nosso mercado totalmente saturado de interiores escuros e sem graça. O volante é praticamente o mesmo do Sonic, mas na Spin LTZ ele é forrado em couro, dando uma impressão melhor.

As hastes e os botões são os mesmos usados em outros modelos da marca, o que não é negativo em hipótese alguma, já que vários são usados também em modelos mais caros, como o Cruze. Os botões do ar-condicionado tem um detalhe cromado, que visa apresentar algum requinte.

chevrolet spin fotos internas 16 Avaliação NA   Chevrolet Spin 2   Impressões do interior e qualidade de acabamento

chevrolet spin fotos internas 37 Avaliação NA   Chevrolet Spin 2   Impressões do interior e qualidade de acabamento

chevrolet spin fotos internas 39 Avaliação NA   Chevrolet Spin 2   Impressões do interior e qualidade de acabamento

Os bancos são estreitos assim como notei no Sonic, mas eles são mais confortáveis, tanto na dureza da espuma quanto na qualidade do revestimento. A área do câmbio automático é aquela mesma que tem botões para trocas manuais na lateral do topo da alavanca. Não muito prático.

Conversamos com um ex-proprietário de uma Chevrolet Zafira sobre a Spin. Ele andou com ela por um dia inteiro aqui na cidade, e no final reclamou que o espaço interno o decepcionou, que é menor. Sim, realmente é um pouco mais apertado, mas também temos de lembrar que a faixa de preço da Spin é bem inferior.

Outro detalhe negativo que ele ressaltou é a dificuldade para entrar no terceiro banco, já que ele chegou a usar o veículo para levar sete pessoas em um certo momento. Realmente, esse banco tem um acesso pior do que na Zafira. E outro problema é que a fileira do meio não tem um espaço muito bom para as pernas.

chevrolet spin fotos internas 43 Avaliação NA   Chevrolet Spin 2   Impressões do interior e qualidade de acabamento

Explico: se no banco do motorista vai alguém com 1,80 metro de altura ou mais, o seu banco acaba apertando as pernas de quem vai imediatamente atrás. Isso não acontece na Zafira. Neste banco é melhor levar apenas duas pessoas, já que três fica complicado.

Mas, um ponto positivo é que o banquinho lá de trás é inteiriço. Isso dá mais espaço para alguém que queira ir sozinho lá atrás, ao contrário do que acontece na Zafira, onde os dois bancos são separados. O porta-malas tem um bom espaço, mas ele é prejudicado pelo terceiro banco, que não sai.

Ele existe em todas as Spin LTZ. Se você quiser uma Spin que leve apenas cinco pessoas, terá de ficar preso na LT, que não é tão equipada e também tem um visual mais simplificado.


  • brnmilk

    <img src="http://cdn.noticiasautomotivas.com.br/images/img/f/chevrolet-spin-fotos-internas-18.jpg"&gt;

    E esse alarme/relógio de quarto que diz ser um painel? hauahuauhau

    • http://verdadesobrerodas.wordpress.com/ VERDADE_RODAS

      Na boa, qualquer chinês é melhor do que Cobalt/Spin, sem brincadeiras.

      • http://lucrobrasil.wordpress.com/2011/07/12/campanha-contra-lucro-brasil/ lucrobrasil_boicote

        Não exagera. hehehe. O texto tem pontos controversos. No inicio o Eber falou que o carro está de parabens pelo conforto. Mas depois disse que é estreito, falta espaço para as pernas, e é apertado. Ou seja, isso não é um carro confortavel. Embora ele explicou logo em seguida que devido a pessoa na frente ter 1,80m…… mas hoje em dia quem não tem 1,80?? hehehe. Falo e repito, a Spin só cabe criancinhas tanto na fileira do meio e na terceira fileira. Quem duvida, é só ir na CSS e sentar. Não tem milagre não.

        O ruim é que as concorrentes tambem não agrada muito. Nissan Livina de 7 lugares é apertado. JAC J6 é aquela qualidade vagabunda vista em quase todas as avaliações. E a Doblo é a que mais tem espaço MESMO, mas é feio que dói. hehehe. Se bem que nessa categoria beleza é a que menos importa. Se alguem quer comprar, corra pelas ultimas unidades da Zafira, afinal espaço tem mais, e motor é 2.0

        • http://www.noticiasautomotivas.com.br Eber

          Você tá confundindo confortável com espaçoso. O carro está sim de parabéns pelo conforto, pois conforto é banco gostoso de sentar e também portas com tecido aveludado.

          Depois falei que é estreito sim, falta mesmo espaço para as pernas, mas isso é no ponto de ser espaçoso ou não, não confortável. Uma coisa está sim ligada com a outra, mas a gente especifica melhor nos textos, pois dá pra ser confortável e um tanto apertado. E também dá pra ser duro e ainda assim ter bastante espaço.

          O Cobalt tem mais espaço interno que a Spin. No caso da Spin, parece que deixaram as fileiras de bancos mais próximas entre si, para colocar uma terceira fileira em um carro que não deveria ter isso.

          • http://lucrobrasil.wordpress.com/2011/07/12/campanha-contra-lucro-brasil/ lucrobrasil_boicote

            "…dá pra ser confortável e um tanto apertado. E também dá pra ser duro e ainda assim ter bastante espaço. "

            Meio confuso, mas voce está certo. Depende é do tamanho da pessoa né? Acho que a versão LT de 5 lugares com bancos em couro opcional por 2mil reais deve ficar bemmmmm melhor.

            • http://www.noticiasautomotivas.com.br Eber

              O ideal é ser confortável e espaçoso ao mesmo tempo rsrs… por isso que amo sedãs grandes….

              • jvjv

                Eber, um detalhe importante pra quem procura um carro familiar desse tipo: a Spin tem só uma iluminação dos passageiros, na frente? e se vc. tiver de noite com o carro cheio e precisar procurar alguma coisa la no fundão do carro – Só com lanterna?!?!??
                Abs e parabéns pelo site!

                • http://www.noticiasautomotivas.com.br Eber

                  Ela tem iluminação lá pra trás também…. abs

                  • Iraja

                    Uma pergunta: o banco do meio é rebatível também?

            • Eugenio C.

              Bem, tomando como referência de espaço uma Kombi, o pessoal pode ir pensando: ela é mais confortável que outros carros menores e mais apertados? Isso ajuda a explicar o que o Eber quis dizer…

        • Marco_Aurelio

          Não é por nada não Lucro, mas o Doblò é bem mais agradável do que essa marmota aí. Deus o livre mas esse rabecão é horrível. :(

      • afonso200

        somente para fãs da GM mesmo, pois o tecido do banco que coisa mais feia, vão na loja ver amigos, a GM piorou e muito, mas tem cambio automatico de 6 marchas, isso éla estao 20 anos na frente das outras

      • marciors01

        Isso não é verdade, não são carros de primeiro mundo mas passam muito longe de celta ou prisma, cobalt é um carro mais confortável e agradável do que o siena, o grande problema do carro é a feiura.

    • Readgis

      A nova desinovação da Chewvrolet, em parceria com a Yamanha, painel de motinho para o porco-espinho subsubsônic.

    • g_freire

      Eu gosto desses novos painéis da chevrolet. Não tô dizendo que são os melhores, nem os mais belos, mas gosto deles.

      • odirrr

        Concordo.

        Para mim, opiniões escraxadas ou irônicas perdem qualquer racionalidade.

        É um conceito novo para carros. O problema é o pessoal conseguir analisar nesse ponto, apenas dizendo que gostou ou não. É mais fácil avacalhar, só não percebe que esse exagero é simplesmente pq é totalmente contra qq coisa fora do padrão imposto até hj.

        • g_freire

          Pois é Odirrr, é bacana observar que tudo que é diferente causa estranheza e repulsa. Não digo que o novo sempre traz evolução consigo, e nem que tenhamos que gostar de tudo que é incomum, porém temos que abrir nossas mentes para o novo.

          Aliás, é por isso que perdemos o motor 1.4 do cruze, porque os brasileiros o rejeitaram, mesmo sendo um interessantísimo motor. Por que? Pois o conceito de downsing, como vários outros novos conceitos automotivos, não foram aceitos na sociedade brasileira ainda.

          Open Your Mind…

          • luta4ever

            odirrr e g_freire disseram tudo!

        • http://www.noticiasautomotivas.com.br Eber

          É mesmo…. podemos falar que o quadro de instrumentos é pequeno demais, mas ficar falando que é painel de moto é exagero.

          • Eugenio C.

            Mas Eber, o próprio projetista da GM que escolheu esse painel para o Sonic e o Spark disse que a intenção era mesmo lembrar o painel de uma motocicleta! Segundo ele, esses modelos tinham como público-alvo jovens que estavam comprando seu primeiro carro, e que anteriormente teriam dirigido apenas motocicletas.

            Conheço muita gente que odiava o painel do primeiro Focus vendido aqui, e eu mesmo estranhei muitíssimo no início. Depois – e até hoje – passei a gostar. Outro exemplo: o painel do Fox, que depois passou para o Gol G4, sempre detestei. E continuo não gostando. São dois exemplos de inovações que despertam reações opostas. No caso do Focus, não havia o maldito "corte de custos de modelo popular" que deu origem ao painel de Fox e Gol G4 – hoje copiado pelo Novo Uno com a desculpa de se inspirar em modelos premium (Fiat 500). Se o painel do Fox/GolG4 fosse tão bom assim, a Volks não o teria substituído no novo Fox e no Gol G5.

            No caso da Chevrolet Brasil, vemos que esse painelzinho DE MOTO foi adotado por corte de custos descarado. Diga-me quantos jovens vão sair da motoca para uma Spin. Fala sério. Ainda mais sabendo que os instrumentos por trás do painel aparente são comuns a tantos carros, não vejo justificativa para algo tão paradoxal. Não gostei – a bem dizer, não gostei de nada nessa Spin. :(

            • http://www.noticiasautomotivas.com.br Eber

              Mas tem uma boa diferença. Com certeza o projetista se referiu a motos de alta performance, e muitos comentaristas do NA falam se referindo a painel de Honda Biz.

              • Eugenio C.

                Pois que colocasse painel de Kawasaki Ninja então… rsrs

              • blindzector

                Eber… este painel lembra mais o da Kasinski GTR! hahahaha… Sem tirar e nem por! Se em algum momento vc der uma olhada na Comet GTR, vai ver que o painel nao chega a ser IDENTICO porem, chega a ser BEM proximo!

                • Eugenio C.

                  Parece com o da Kawasaki Z750R também. Mesmo assim, se é para lembrar uma moto, a Spin deveria ter o painel da Kasinski TaxiCar…

            • marciors01

              Sempre achei o old focus bonito demais, tanto por dentro quanto por fora, nunca compreendi o fracaso deste carro que tem ótimos motores, um bom cãmbio, é silencioso, tem a melhor suspensão do pais, melhor do que a do novo focus, e não era muito caro.

  • LFCruz

    Faltaram fotos com 3o. banco baixado né? Eu acho que deve ser um bom carro, o problema é que é bem feio… :(

    • DougSampaNA

      não é não, fui ver, pior que os antecessores, BEM PIOR!

      A Livina vai dar de braçada, basta a Nissan melhorar o pós vendas e o preço das revisões.

      • Leandro1978

        Basta "só isso"? Tem um monte de modelos que desde que foram lançados, "bastava" melhorar o pós venda e revisões para decolarem… Conheço a Livina e não gostei. Barulhenta (isolamento do motor e barulhos internos) e dura (bancos e suspensão, que transmitia bem os defeitos do asfalto, pelo menos na X-Gear), não me agradou. Não conheço a Spin para falar se é melhor ou pior. Se for pior a coisa está feia neste segmento. O que tenho lido é que, em relação a equipamentos e conforto, a GM é melhor. Mas perde no desempenho (motor 1.4 contra 1.6 e 1.8 16v).

        • _Hofmann_

          O motor da Spin é 1.8, não 1.4.

          • Leandro1978

            Opa. É mesmo, valeu pela correção. Mesmo sendo 1.8, no comparativo que li entre elas, a Spin teve desempenho pior que a Livina. Inclusive o comentário era o de que a Spin tinha motor defasado e cambio automático atual (6 marchas, o mesmo de Cruze e Sonic). Já a Livina era o oposto, motor moderno e cambio de 4marchas.

            • Corvo

              O motor do Spin é o jurássico 1.8 8v da Meriva bem antigo, que rende impressionantes 108 cv rs mas o cambio de 6 marchas é excelente, mostrando que não adianta de nada um cambio moderno e um motor velho. A Livina 1.6 16v tem motor Renault, o mesmo utilizado em toda a linha Renault, embora de boa reputação e mais moderno que outros 1.6 do mercado, já está defasado (tem mais de 10 anos). O 1.8 16v Nissan já é mais moderno, assim como o 1.6 16v do March, que já são de alumínio e comando variável. O ideal seria o motor Nissan 1.8 com o cambio do Spin, ai ficaria perfeito. Tem uma falha na Livina, pra mim imperdoável,que é a falta de regulagem de altura do banco e do cinto de segurança, coisa que trazem até carros mais básicos e baratos

              • Dragoniten

                Fico aliviado em finalmente ler uma pessoa que conhece bem os motores utilizados nos carros que temos no nosso mercado, principalmente da parte da Nissan, que a maioria das pessoas acha que o motor do March é o mesmo do antigo Clio 1.6, quando na verdade, é um motor novo, feito em cima do motor 1.8 do Tiida, com "canecos" menores :)

                • Corvo

                  Pois é Dragoniten. O motor do March, Versa não tem nada a ver com o Renault. Não estou dizendo que o motor 1.6 16v do Renault seja ruim, ao contrário, é consagrado, não da problema e tem um bom rendimento, sobre tudo nos modelos menores aplicados (Clio,Sandero,Symbol), inclusive, na minha opinião, superior ao 1.6 VW, que já é jurássico também, mas a realidade é que o 1.6 da Nissan é superior em modernidade, mesmo tendo um pouco de menos cavalaria, que na pratica, sabemos que o que importa é torque e a curva. Não entendi ainda porque a Livina tem o motor Renault, sendo que poderia usar esse um pouco mais moderno, só se for questão de custos ou aplicação obrigatória pela parceria dessas empresas

                  • DCald

                    A livina é praticamente um renault/dacia com logo da japonesa…

                    Serio, depois de ler toda a "imprensa especializada" e os comentarios na internet, fui lá fazer um test drive da Livina pra comprar no lugar da Meriva… peguei a Livina Top… e achei uma mistura de spacefox com logan…ou seja, espaço da space e acabamento do logan… qdo peguei a meriva devolta no estacionamento, até abri um sorriso…

                    Resultado? ainda não trocamos a meriva, e meu corsa foi trocado, por uma outra Meriva! hahaha…
                    Agora, pelo que li e vi, essa Spin deixa muito a desejar em relação a Meriva (em relação a Zafira, nem se fala… são categorias diferentes!)

                    • Corvo

                      Pois e DCald. A Livina é um Dacia/Renault, aliás, mesma plataforma de Logan, Sandero, Tiida mas tem pessoas que acham que é japonesa. Olhe, eu tenho um Dacia automático (aliás, estou no segundo Sandero) e não tenho de que reclamar, estou muito conforme. Não é uma ofensa a Livina ser um Dacia, mas poderia trazer mais equipamento e não pecar em tanto items, sendo que não é um carro popular. Reconheço que embora, o acabamento melhorou muito no facelift, ainda não é o ponto forte deles, aliás, o a proposta é o espaço interno, mas isso que te diz da Livina é vergonhoso. Até meu carro tem ajuste de altura do banco e do cinto de segurança. Inclusive meu carro tem mimos que ela não traz como volante em couro, posso colocar modo sequencial no meu carro, sendo que na Nissan é só automático, comandos no volante do som, bluetooh e outros. Pra ter uma noção, já andei numa Livina e achei mais barulhenta que meu carro, em fim, não compraria a não ser que precise de muito espaço mesmo rs. Sobre a Meriva, é um projeto de carro muito bom (Opel) que era vendida no mercado europeio. O Spin, realmente não curti e da para ver que é um projeto para países emergentes, embora o interior não me pareça ruim, por isso prefiro ainda a Meriva também, mesmo defasada, parece ser superior. Não entendo como a GM pisou na bola matando ela e a Zafira colocando um carro inferior. Abraços !

                  • Dragoniten

                    É sim, superior à todos os 1.6 que temos disponíveis no mercado. Tanto no quesito performance, quanto no quesito consumo. Como já citaram, o motor do March fica a 3800rpm a 120km/h e mesmo assim faz uma média na gasolina, na estrada, superior a 15km/l. Li relatos no clubenissan forum de um cara que conseguiu incríveis 19km/l na estrada com o March 1.6

                    Vontade de tirar meu Zetec Roncão do meu Ka 1.6 e colocar esse 1.6 da Nissan, hahaha

                    • Corvo

                      Então Dragoniten, ai está o erro do Nissan. No meu antigo Sandero 1.6 8v, a rotação do motor ficava em 3100 rpm a 120 km/h. e ouvi dizer que no Clio antigo 1.6 16v está nisso mais ou menos. No meu Sandero automático, com motor 1.6 16v a 120 km/h o carro está em 3400 rpm, mesmo tendo apenas 4 marchas. As relações do cambio dos Nissan poderiam ser melhores. Ouvi dizer que o Tiida, mesmo tendo 6 marchas o manual, as rotações ficam acima de 3 mil rpm, quando deveria ser 2500-2600 rpm pois a 6 deveria ser overdrive.
                      Sobre seu Ka, realmente deve ser um foguete esse carrinho, um amigo tem um Fiesta 99, com motor 1.0 zetec rocam e as vezes não parece ser 1.0, anda muito (em linha reta claro). Nem imagino o que deve ser o 1.6 no Ka, e ainda econômico, não é ?

                    • Dragoniten

                      Então cara, calculei com o meu irmão outro dia todas as marchas do Ka e descobri que a quinta passa de 240km/h (!!!) ou seja, a 120km/h, estou a 3k rpm, o que teoricamente deveria fazer o carro ser econômico, também pelo fato de que não preciso pisar muito pro bichinho andar, mas na estrada fez 12km/l sem AC, 80~100km/h, o que achei um absurdo. Na cidade, nunca passei de 9,7km/l, AC sempre desligado, somente por 1~2min pra sair com o carro em dia de chuva pra desembaçar o vidro, depois já desligava. (gasolina sempre)

                      Desde que comprei o carro, em Abril, a luz da injeção acendeu algumas vezes (chuto umas 6~8 vezes), porém ela sempre apagava no dia seguinte, quando eu iria levar na css, e nunca consegui descobrir o que era, até semana passada, que pra minha sorte (ou não) acendeu no meio da tarde (geralmente só acendia de madrugada quando estava voltando pra casa). Passaram o scanner e deu erro no sensor de detonação (que pelo o que li, é responsável por mudar o tempo de ignição na mudança de álcool pra gasolina) que pode ser uma das causas do consumo excessivo. Não sei qual o combustível a antiga dona utilizava. O cara da css desconectou e conectou novamente o sensor, e deu um reset nos logs. A luz apagou, e tenho que esperar pra ver se acende novamente essa luz maldita, porque o que mata o carrinho é esse consumo aí.

                      Sobre o Fiesta 99 1.0, meu irmão tem um Fiesta Street 2006, é o mesmo modelo do 99, Zetec Rocam, e realmente, com até 2 pessoas no carro, não parece 1.0, anda super bem.

                    • Corvo

                      Nao duvido que o Ka passe dos 240 km/hora, pois repito, deve ser um foguete, deve ser bem perigoso pisar ele tanto rs, alias, deve andar muito mais que um Veloster por exemplo. É bem provável então que o consumo seja problema desse sensor porque fazer 12 km na estrada nao é normal. Tive um 307 automático que fazia 13 km/l na estrada com ar ligado. Na cidade seu carrinho deveria fazer uns 10.5, 11 km/l mais ou menos e na estrada uns 14-15, sem pé pesado. Agora o consumo muda muito dependendo de vários fatores, como a cidade, se tem muitos morros, trafego, aceleração forte, troca de marchas no tempo certo. Eu particularmente, nunca fui exemplo de consumo, sempre fui uma pessoa de pé pesado, infelizmente, reconheço, tento mudar pra ir um pouco devagar mas nao tenho paciência com aquelas pessoas que vão muito devagar, fora que me irrita o transito de SP. Se moraria numa pequena cidade sem transito, tal vez mudaria rs

                    • Dragoniten

                      Anda sim mais que o Veloster, infelizmente (ou felizmente?). Meu pai tem um Corolla 2006 1.8 AT, aquela desgraça de 4 marchas, e faz mais que eu na estrada :(
                      Todo dia ligo ansioso o carro, torcendo pra luz acender pros meus problemas se solucionarem, hahaha. Se for mesmo, vou pedir pra css trocar o sensor e aproveitar pra pedir pra atualizarem o mapeamento da injeção. Sei lá né, alguma coisa pode ter mudado de 2009 pra cá :p

                      Esse consumo de 9,5km/l foi em Ponta Grossa. Tem MUITA subida, descida e lombada, porém tem pouco trânsito, então só é realmente necessário trocar de marcha na hora que o semáforo fecha. Eu não vou dizer que não tenho o pé pesado, mas já dirigi um tanque inteiro trocando as marchas pra manter a rotação sempre entre 1300~1500 rpm, e foi esse tanque de média maravilhosa 9,67km/l, a maior na cidade até o momento. Aqui em Curitiba o chão é mais lisinho, mais retas, dirijo mais à noite e tal, aí também não tem como não pisar, hahaha.

                      Eu evito me estressar no trânsito, mas também não tenho paciência com quem atrapalha o trânsito andando 40~45 em vias que são 60km/h. Não buzino, nem xingo, nem nada, mas saio de perto o mais rápido o possível (se é que você me entende) antes que mate alguém, rs.

              • jaderf

                pode ser mais moderno o motor da livina, mas se utilizar só gasolina, fica aquele grilo horrivel quando acelera, principalmente quando frio, eu sei porque tenho uma. Já até me perguntaram se era motor DIESEL!!!! Depois comecei a usar alcool e, ao contrario do que o pessoal gosta de falar aqui, que os motores nissan preferem gasolina, eu achei muito melhor no etanol, porque silencia o tectec do motor, fica mais silencioso, anda igual q na gasolina, e nao bebe tanto a mais…faço 12km/l gas e 9.6 no etanol no mesmo trajeto.

                • DCald

                  procura colocar gasolina num posto bom… é pra sumir o grilo!

                  • jaderf

                    nao interessa o posto, ja abasteci em SC, PR, SP, MG, sempre em posto texaco ou petrobras confiáveis.
                    O problema é que no manual diz q tem que usar gasolina aditivada com no minimo 97 octanas, e a nossa tem só 84 ou 86 nao lembro, a PODIUM que é a de maior octanagem tem só 96, já o etanol tem 100 octanas, o que faz o motor trabalhar redondinho sem grilo nenhum!

                    • Dragoniten

                      Tem mesmo isso no manual? Seria interessante vce tirar uma foto e mandar pro NA pra verem o absurdo que pedem pra gente fazer nesse país hahahha

                      Falando sério, porque todo mundo sabe que não existe no Brasil gasolina com mais de 96 octanas

                • _Hofmann_

                  Continue colocando álcool e em breve terá que fazer limpeza de bicos, seu motor estará fora do ponto, com válvulas desreguladas ou até presas e com várias peças internas em processo de oxidação. Acredite, é melhor abastecer com gasolina e deixar o motor grilando do que abastecer com álcool, esse combustível é uma maravilha pras oficinas, lota os pátios. Álcool só é bom em carros monocombustíveis movidos por esse combustível. Em carro flex, só faz estrago.

                  • jaderf

                    eu tento usar gasolina, sempre aditivada pensando no caso da limpeza de bicos e peças móveis do motor, mas sempre que coloco me arrependo por causa do barulho que dá e tambem nao é bom, sendo tambem prejudicial ao motor porque nao tem a qtde minima de octanas prevista pra ser utilizada nesse motor…ainda nao enchi um tanque com Podium pra ver como fica, nao deu coragem em pagar 3,5 em 1 litro de gasolina, nem que seja pra testar!

                  • Eugenio C.

                    Curiosidade: Hoffmann, você pode explicar mais sobre isso? Quais modelos apresentaram tantos problemas? Por que o álcool desregula as válvulas? Faço essas perguntas porque vejo pessoas reclamando justamente do sintoma oposto: carros flex apresentando problemas e barulhos quando usam gasolina… Não entendo mais nada, se todo flex der esses problemas, é melhor comprar um Masey-Ferguson a diesel e ser feliz, rsrs.

                    • jaderf

                      haa como eu queria poder comprar um carro diesel novo !!!

                    • _Hofmann_

                      O problema do álcool é que ele não resfria a câmara de combustão e nem lubrifica as válvulas como a Gasolina, logo, isso pode causar problemas ao longo do tempo, como travar válvulas ou até danificar os anéis de pistão, mas isso é só com o uso prolongado mesmo, ou seja, se a pessoa costuma abastecer com álcool de forma mais frequente. No caso do GNV por exemplo, esse tipo de problema é ainda pior, pois é um combustível ainda mais "seco". Dependendo do caso, o travamento das válvulas é tão grave, que é preciso fazer a retífica do cabeçote.

                      No caso do entupimento de bicos, mesmo pra quem usa álcool poucas vezes, a equalização dos bicos injetores é afetada cada vez que se abastece com álcool. Abastecendo com "gasolina" o efeito é reduzido, pois esse combustível tem "somente" 20 a 25% de álcool, mas ainda assim, é comum ver carros a gasolina tendo que limpar bicos. Em países onde há gasolina pura, como os EUA, limpeza de bicos quase não existe, não há sequer ferramental para esse tipo de serviço nas oficinas. Levando em conta tudo isso, é melhor sempre colocar um pouco de gasolina junto. Nesses tempos de álcool caríssimo, o melhor é abastecer só com gasolina, pra falar a verdade.

                      Um vídeo para ilustrar o que ocorre com o motor quando se abastece frequentemente com álcool: http://www.youtube.com/watch?v=s51ay3GLU1I&fe

            • marciors01

              A livina automática utiliza um moderno motor 1.8 16v com comando variável, neste caso a spin leva uma surra mesmo com o câmbio de seis marchas.
              No caso do motor 1.8, pela proposta do carro vai muito bem, é agil na cidade e anda o suficiente na estrada, até mesmo para o cobalt é uma boa opção, isso porque no caso do cobalt o carro não irá comprometer no desempenho e o carro compensa de outras formas.

  • Felix_S

    É… talvez o Spin seja um bom carro. Mas não adianta xingar muito, só mostra que o Brasil continua sendo o "País do Futuro"!

  • http://deskos.wordpress.com Jorge Afonso

    Quando eu vejo a atual linha da chevrolet, eu logo me imagino imitando esse cara:

    <img src="http://static4.fjcdn.com/thumbnails/comments/oh+god+this+show+is+fucked+up+still+was+a+_9541307c08f2181ef10f7e6c9f4e0f5a.jpg"/&gt;

    Sério… Parece que a Chevrolet perdeu o encanto de criar carros que chamem a atenção pela beleza, estilo e tecnologia… Cadê a Chevrolet que conhecíamos entre 1996 e 2004?

    • g_freire

      A diferença é que essa chevrolet a qual você se refere, não criava nada (salvo exceções como meriva e montana por exemplo, esta última metade design europeu advindo do corsa), apenas importava modelos criados lá fora (leia-se na Opel).

      Vale lembrar que pelo menos estão sendo introduzidas novas plataformas, uma nova filosofia no design, controversa porém atual, novos interiores, modelos internacionais como o cruze e sua variante hatch…

      Ainda está mundo aquém quando a referência é a gm dos eua por exemplo, mas reconheçamos que a tal mudança tanto reinvidicada na década de 2000 pelo menos está acontecendo, mesmo que lentamente.

      • http://deskos.wordpress.com Jorge Afonso

        Mas custava eles atualizarem a linha Opel invés de trazer essa de imenso mal gosto?

        Acho que sairia até mais barato comercialmente lançar nova geração invés de lançar novo carro. Vai entender…

        • g_freire

          À época da decisão sobre os novos rumos da gmb, a opel estava quase indo à falência, depois foi colocada a venda inclusive.

          Fora outra decisão sobre globalizar os produtos da chevrolet, tirando do mercado marcas como daewoo (quase que a holden vai pros livros de história tbm).

          Ou seja, chevrolet com características de chevrolet e opel com características de opel. A solução seria a opel começar a atuar no mercado brasileiro, opção que eu acho muito interessante por sinal.

          • Eugenio C.

            Por outro lado, custava adotar o design de Cruze e Sonic ao invés desse Agile, Cobalt e Spin? Se até o novo Sail (que dará origem ao nosso Ônix, faixa mais popular) foi inspirado no Cruze, não consigo entender esse design estapafúrdio e totalmente desarmônico que a GMB adotou nessa linha…

            • g_freire

              Simples: Os faróis grandes e desproporcionais aos veículos, assim como os do cobalt e agile, causam uma impressão de robustez, o que remete à sensação de que o veículo é maior do que ele realmente é.

              Assim sendo, pode-se iludir alguns consumidores colocando tais veículos em uma categoria acima da qual ele realmente pertence.

              É triste, mas é verdade.

  • igualmenor

    Feio, motor fraco e antigo e com 5 lugares só na lt? para né!
    Por que a GM não colocou o motor do cruze na Spin pelo mesmo preço? alooo GM, vamos acordarrr pelo amor de deus!!!
    uma coisa dessa não deveria vender nada!

    • LFCruz

      Pq? Pq o Motor Ecotec é bem mais caro que o atual! Como diz na matéria "entregar um carro simples, com amplo espaço interno e detalhes que os deixem mais confortáveis." E o Spin nada mais é que isso. Simples e consequentemente barato, com espaço interno e algum conforto.

      • Eugenio C.

        Espaço interno AQUILO não tem. A menos que você se refira ao porta-malas de 710 litros da Spin 5 lugares. Mas aí já é melhor olhar para um Dobló…

        • Comentarista666

          Muito mais caro, talvez não caiba no orçamento de alguém pobre.

          • riccorreasp

            Pobre não compra carro de 45 mil reais.

            Ao menos, não deveria comprar.

            • Comentarista666

              Alguns preferem "classe média lascada".

  • duhehe

    é uma pena que por fora seja uma lastima !

    Por dentro eu gostei bastante !, muito melhor e mais refinado que o meriva ! …

    • luta4ever

      Você fica dentro ou fora do seu carro? Você compra o carro para você ou para o vizinho? Priorizar o exterior em detrimento do interior é burrice.

      • Sias

        Também não exagera né….tu compraria um carro feio (ou deixaria de comprar um bonito) só porque acham que tu quer mostrar pro vizinho? E isto que o interior dela não é nada bonito….

    • Eugenio C.

      Já eu achei o oposto. O interior da Meriva – pelo menos a partir da versão Maxx – é mais agradável e mais bonito. Talvez você tenha se encantado com o tom de marrom do interior da Spin, mas isso me lembra demais alguns carros do final dos anos 80, ou seja, não me parece tão "moderno" assim, está mais para clássico.

  • DougSampaNA

    eu vi a spin é realmente a questão dos bancos da 1a e 2a fileira depois do mnotorista são realmente apertados, são pra crianças com no máximo 12 anos que não tenham mais do que 1,60 de altura, mais que isso não senta ali não, só se for de lado.
    A Meriva e a Zafira tratavam MUITO BEM o pessoal do banco de trás até 1,90, este hibrido ficou péssimo neste quesito!
    meu veredito: CONDENADO!

    • Eugenio C.

      Se for júri popular, eu também! Veredicto: CONDENADO. Não cabe recurso.

    • Comentarista666

      1,60m? Assim você avacalha né? O espaço no banco traseiro não é bom, mas deve comportar pessoas com, pelo menos, 1,75m(o que é pouco).

  • Edson Roberto

    Concordo com o Doug. E inclusive, o comparativo foi dado por um dono de Zafira, mas um dono de Meriva também teria reclamado do espaço interno. Pois mesmo eu com 1,87m, uma pessoa atrás de mim com minha altura ficaria com um espaço ainda bom no máximo encostando suas pernas no banco. Mas dúvido. Entretanto, já viajei com pessoas de 1,80m atrás de mim como condutor e não houve aperto ou mesmo chegar a encostar no banco da frente.

    Essa Spin quis privilegiar o porta malas, pois quiseram colocar o horrivel terceiro banco e não ficou legal. E como eu sempre digo, será que as empresas que criam esses modelos pensam em pessoas com estatura de 1,70m pois não é possível para os brasileiros considerar essa altura como padrão.

    Eu deixaria de comprar a Spin se fosse um interessado mais por espaço interno do que o interior em si. Como pode um produto familiar não tratar bem seus ocupantes? absurdo.

    Apesar do acabamento parecer superior (O do Cobalt eu achei superior em relação ao Sonic) eu não teria o Spin. Pensaria seriamente em uma Livina no lugar com folga. Mas é meu ponto de vista, pensar que a Livina tem motor mais moderno, apesar de um cambio mais defasado, mas tem melhor espaço interno, trata melhor os ocupantes e é confortavel. Peca na Livina não ter os ajustes que a Spin trás, mas espero que isso seja contornado com a nova versão da Livina. Se mantiver os bons preços, ela será a melhor Minivan do mercado.

    • Eugenio C.

      Concordo em gênero, número e grau.

      E Edson, o câmbio da Livina pode ter só 4 marchas, mas está muito bem casado com o motor, proporcionando desempenho e consumo melhores do que os da Spin. É como o Corolla 1.8 e suas 4 marchas….

      • jaderf

        discordo que é como o corolla 1.8, pois tenho os dois na familia, um corolla 2009 1.8 aut e uma livina 2010 1.8 aut…corolla é bem mais acertado e economico, mesmo trajeto que faço ótimos mais de 15km/l com o corolla eu faço no máximo 12,3 km/l com a livina, sempre usando gasolina…(estrada, pista simples, entre 80 e 100 km/h, ar desligado). Entretando a Livina é boa e anda muito bem para um carro familiar.

        • Eugenio C.

          Jaderf, eu quis dizer que o câmbio da Livina pode ter menos "tecnologia" (leia-se número de marchas, já que o pessoal parece achar que um câmbio de 6 marchas é tecnologicamente superior a um de 4), mas casa melhor com o motor em relação ao conjunto motor/câmbio da Spin – assim como acontece com o Corolla 1.8 automático de 4 marchas em relação a outros automáticos com motor maior. Morô, cumpade? ;-)

  • Readgis

    Eu que sou Volkista apaixonado e não gosto muito de Fiat´s, se tivesse que escolher entre um Porco-espinho subnutrido e o Punto, pegaria o Fiat com muito gosto e prazer.

    • g_freire

      Nossa, o que tem a ver a minivan spin com o hatch punto ? O público alvo dos dois é completamente diferente !

      Fora essa de ser volkista, fan boy não dá…

      • odirrr

        Como já disse em outros tópicos e mesmo nesse.

        Opiniões apaixonadas perdem a racionalidade.

        É como torcedor de futebol que só consegue ver qualidades no seu time e defeito nos outros.

        • Readgis

          Se fosse para ser racional então todos acessariam a página da GMB e discutiriam especificações técnicas com um professor de engenharia.

    • Eugenio C.

      Eu, se tivesse que escolher entre esse porco espinho… levaria uma Towner picape com baú.

    • jvjv

      google: "você quis dizer Dobló?"

  • erickluuh

    Putz, pior q vai vender :/

  • Mc_

    A Opel possui a Combo, a Meriva e a Zafira, cada uma pra um determinado público e necessidade. A GM Brasil quer que a Spin atenda todo mundo sozinha e o povo que se vire pra se adaptar nela.

  • ambrosio1974

    Pergunta: Por que um carro que se propôe a levar 7 pessoas, não tem o terceiro encosto de cabeça na fileira do meio? Não vou nem questionar o cinto de 3 pontos….

    • andre_0102

      Achei o porta malas minusculo, ainda mais se pretende acomodar bagagem de 7 pessoas, até ai "normal" na categoria, mas me explica pq o banco traseiro não é dividido, podendo acomodar 1 pessoa(criança) e ampliar o espaço das bagagens…. Simples, quem já experimentou a flexibilidade de um Fit se apavora c/ o amadorismo….

      • Sias

        Este carro tem a pior solução de flexibilidade interna possivel. Sempre vai ser melhor ter o bancos individuais, vide o que ocorre na C4 Picasso e na falecida Xsara Picasso. E com sete pessoas fica um dilema: levo as pessoas ou a bagagem?

  • bedotRJ

    Também me decepcionei com a engenharia interna deste carro. Focada excessivamente no baixo custo, deixando o conforto em 3º plano. Pensaram na economia de escala ao criar uma única carroceria para 5 e para 7 pessoas. E ainda dentro dessa economia, pensaram em apenas uma configuração de bancos.

    O ideal seria fazer como é na Livina, ou seja, a versão de 7 lugares mais alongada na traseira e a versão de 5 lugares com uma configuração de bancos que garanta conforto aos passageiros do banco traseiro. Do jeito que está, a Spin de 7 lugares não transporta ninguém com conforto e a de 5, limitada à versão de entrada, também trata mal os ocupantes do banco traseiro, com um excessivo e desnecessário (além de descoberto) espaço de porta-malas.

    Quando minha mãe comprou o Cobalt em junho, eu disse a ela que o 'timing' tinha sido ruim, pois ela levou a versão LTZ top, cuja diferença para a Spin LT não é grande. Cheguei a sugerir que ela fizesse a troca, abrindo mão do melhor acabamento e de alguns itens de conforto pelo motor 1.8 e o maior espaço interno da Spin. Mas quando conheci a Spin, acabei constatando que o Cobalt é bem mais confortável para carregar 4 ou 5 passageiros. Espero que a GM se toque e reprojete o interior da Spin, que é um produto de boas qualidades.

  • granrs78

    Eu estou gostando do que estou vendo, não podemos nos esquecer, que comparando com a Zafira, vc economiza uns R$25.000,00, o preço de um carro popular. Mas minha única resalva, fica com o motor de concepção antiga e de apenas 8 valvulas, bem que a GM poderia ter colocado o 1.8 16v do Cruze ou 1.6 16v do Sonic, que são bem mais modernos.

    • Eugenio C.

      Economiza um popular, mas LEVA um popular para casa. Mesma coisa que trocar um Linea por um Siena Fire, um Cruze por um Prisma, um Golfssauro por um G4ssauro.

      • granrs78

        Vc pode me dizer em que o Spin difere de uma Zafira? Pois que eu saiba, ela leva as mesmas sete pessoas, tem um projeto muito mais moderno que a Zafira, um cambio automatico de 6 marchas, e ainda economiza 25.000,00?? Pra mim, as únicas vantagens que a Zafira possui em relação a Spin é o motor 2.0,espaço para as 2 pessoas a mais que vai lá no fundo, que provavelmente a maioria nem vai utiliza-lo e air bags laterais, mas pagava-se um preço bem fora da realidade brasileira.

        • Eugenio C.

          Um Etios também tem um projeto muito mais "moderno" que o nosso Corolla, um Logan tem um projeto muito mais moderno que um Laguna 97, mas ande nesses carros e você entenderá do que estou falando.

          Quanto ao preço "fora da realidade", todos esquecem que a Zafira começava em R$ 55 mil, preço de hatch médio., e já vinha com quase tudo de série, à exceção de AB2 e ABS. O pessoal só leva em consideração o preço do top de linha completo na hora de comparar… Compare esses R$ 55 mil da Zafira Elegance automática com o preço de uma Spin LTZ automática.

          • granrs78

            " A Zafira começava em R$ 55 mil, preço de hatch médio e já vinha com quase tudo de série, exceção de air bags e abs". Como que vc tem coragem de comentar isso, pois um carro com vocação familiar não ter esses itens de série é um total absurdo. Vc está comparando Etios com Corolla? O Etios é uma carrinho "popular"que nasceu para ser barato. A Spin, usa uma plataforma do Corsa D europeu, que está anos luz em qualidade, e por acaso vc já andou em uma Spin para saber se ela é tão inferior a Zafira? Pelos testes das revistas, eles estão gostando da Spin, a única resalva é em relação ao espaço para a terceira fileira de bancos, que a Zafira era melhor, do resto, acho que a Gm deu um tiro certeiro em vender um carro bem completo, com um preço bem inferior a sua sucessora Zafira.

            • Eugenio C.

              Noooossa, como será que permitem a venda de SpaceFox, Palio Weekend, Renault Logan sem air bag e ABS, já que são carros com proposta familiar??? Que absurdo! Nem sei como a lei sobre a obrigatoriedade de ABs e AB2 só entrou em vigor há pouco tempo – com previsão de abrangência total somente a partir de 2014!!! Absurdo mesmo!!! Tão absurdo quanto a Chevrolet oferecer o compacto Sonic com dez airbags nos EUA e não oferecer nem os laterais na moderna, avançada e segura Spin, um carro familiar destinado a sete pessoas…

              Quanto ao Etios ser um popular e a Spin "usar a plataforma do Corsa D europeu", você quer dizer que o Corsa D não é um modelo popular, é um modelo premium de alto luxo com segurança comparável à de um Volvo? Ah, tá, desculpe, não sabia.

              As boas vendas da Spin interessam principalmente aos vendedores que dependem de comissões…

              • granrs78

                Não sabia que SpaceFox ou Palio Weekend ou mesmo Logan, Logan? estavam no mesmo publico de compradores de Zafira. E só para constar, os modelos Tops desses carros que vc citou, custam bem menos que uma Zafira, e já tem de série Air bags e Abs, em suas versões mais completas. Quando me referi a plataforma do Corsa D europeu, estava me referindo a qualidade do produto, pois é destinado a um mercado bem exigente, como o europeu, e acho que vc viajou um pouco, quanto a eu ter dito que o Corsa europeu seria comparavel a um Volvo, pois nunca mencionei isso ou mesmo pensei nessa besteira que vc comentou.

    • Zóio

      Ressalva é com 2 SS.

  • Diegoventura227

    Não tenho nada para falar,vai continua sendo isso ai mesmo…

  • AntonioCarn

    Parece que a quadradona da FIAT (Doblô) seria a "menos pior" das opções para quem tem uns guris e não pode comprar uma SUV. Pelo menos no quesito espaço e motor (1.8 é claro).

  • edubasso

    Tenho hoje um Civic EX 2005 AT. Sou Rep. Comercial e rodo muito com ele. É um veículo que me passa muita confiança mas preciso trocar devido a alta quilometragem e também a falta de espaço para minhas malas, que são muitas. Necessito de um veículo para carregar minhas coisas e quero um carro com câmbio automático de verdade. Me parece que a Spin serve bem para o meu propósito, tem muito espaço, tem um motor de fácil manutenção e um câmbio automático de verdade por um preço que posso pagar. Existe outro veículo com estas características? Acho que a Spin é pra isso, veículo de trabalho e também serve pra sair com a família.

    • PortoWF

      sim , pra quem quer viver no posto de gasolina!
      Amigo se vc tinha um sedan 1.7 automatico pq quer migrar pra esse lixo?

      • edubasso

        Estou aguardando os resultados de consumo que o Eber vai obter. Mas a migração é em função do espaço. Gostaria de continuar com a Honda mas este espaço só encontro no CRV que custa bem mais… Não sei ainda o que fazer.

        • Eugenio C.

          Leve um Fit, então. Mesmo que seja de segunda mão. Pelo menos a modularidade interna dele é ótima, você pode rebater os bancos sossegadamente. E o Fit ainda é econômico e, para um representante comercial (atividade em que aparência conta muito), passa MUITO mais imagem do que uma (cof, cof) Spin.

          De resto, se você precisa somente de mais espaço no porta-malas, escolheu o carro errado: o Civic é famoso por ter o menor porta-malas dentre os sedãs médios. Você pode encontrar muitos sedãs atuais mais bonitos e confortáveis do que o rabecão deste teste com porta-malas bem espaçosos, como o City (para ficar só na Honda), Fluence, Peugeot 408, Jetta… e mesmo entre os sedãs menores, como Grand Siena, Versa e (cof cof) Cobalt.

          Inclusive se você trafega o tempo todo sozinho ou com no máximo 1 acompanhante, diversos hatches permitem rebater o banco e conseguir uma área de carga bastante razoável em caso de necessidade. Fora que muitos hatches médios atuais têm porta-malas que batem nos 400 litros, já maiores que o seu Civic.

          • edubasso

            Olá Eugênio C. Fit realmente é uma opção, também tem câmbio automático que pra mim é importante. City bom tb. Fluence é bom mas mais caro. 408 é caro e não é pra trabalho. Jetta tb é caro não serve pra trabalho. Grand Siena não tem câmbio automático. Versa e Cobalt tb não tem câmbio. Pois é escolhas difíceis…

            • Eugenio C.

              Se você esperar mais um pouco, poderá testar o Grand Siena com os aperfeiçoamentos do câmbio Dualogic Plus, e o futuro Cobalt com o mesmo conjunto motor/câmbio da Spin automática.

              Mas acho bom fazer uma ressalva: se você transporta muito PESO, é melhor considerar um utilitário levando em conta a capacidade de carga em kg, pois um primo meu usava uma Palio Weekend para transporte de carga mais pesada (quase o limite do carro) e o desgaste foi muito grande.

      • Comentarista666

        Pelo espaço para bagagens e o câmbio automático de 6 marchas? Não foi isso que ele explicou? Sugira outros veículo com essas características e preço semelhante.

      • Stark

        Por ser mais novo, Câmbio AT de 6 Marchas, espaçosa, ser GM e o custo de manutenção desse motor ser zero !!

        • Sias

          Eu analisaria outros carros, não só ela:

          1) Por ser mais novo: muito relativo, o mais novo não é necessariamente melhor
          2) Câmbio AT 6: positivo, uma vantagem
          3) Espaço: em relação ao Civic, positivo.
          4) Por ser GM: nunca que isto serve de parâmetro para escolha, grande coisa ser GM.
          5) Motor com manutenção zero: ainda não existe.

          • Eugenio C.

            Uma ressalva, Sias, que estamos todos esquecendo nessa história de 6 marchas pra cá, 6 marchas pra lá… Ter um câmbio automático de 6 marchas não significa necessariamente que o carro seja mais econômico, tenha melhor desempenho e seja mais confortável do que outro carro automático com apenas 4 marchas, por exemplo.

  • AndreSS

    Temos que pensar o seguinte, nosso país é tratado como emergente e para ter um carro nesse valor com a quantidade de equipamentos que tem, não dá pra ficar reclamando muito, que outro carro oferece isso a esse preço.

    e outra um colega de trabalho hoje veio me mostrar a configuração de um Spin a aproximadamente 45 mil, e disse que o doblô 1.4 que ele comprou um ano atras nao tinha boa parte deles e ainda custou 55 mil na época. Quanto ao design nem tocou no assunto, pois era o que menos importou pra ele e acredito que para muitos será assim.

    Logo podem esperar que vai vender muito!! Pois dentre as quatro grandes é a digamos mais decente no quesito preço x equipamentos.

  • Marco_Aurelio

    Esse Spin pode até ter algum atrativo, mas prá mim, a feiúra do modelo tira qualquer vontade de ir conhecê-lo na concessionária. A Chevrolet realmente está merecendo o carinhoso apelido de "General Monsters do Brasil". Pena que os amadores que comandam a marca não se mancam. Uma pena realmente, mas GM nunca mais. :(

  • Sias

    A Spin é uma minivan da classe do Cobalt/Logan/Versa…..de entrada. Parece ser honesta na proposta (apesar de feia), vai depender muito do que a GM cobrar por ela.

    Gostei foi da solução de abertura da tampa do porta luvas. Não tem problema se houver alguém sentado ali que abre sem problema.

  • Adriano_Silva

    Definitivamente é medonho ver um carro com essa cara imponente e esse quadro de instrumento minimalista, aaaaaaaa os bancos lembram muito os modelos franceses.

  • raphaelchadias

    Alguma semelhança amigos? kk http://duasrodas.blog.br/wp-content/uploads/2009/

  • CharlesAle

    O louco,os filhos não podem crescer se quiser ficar com esse carro,ou então serem anões..

  • Jason

    Um dos poucos ângulos no qual esse carro não fica tão feio é olhando de dentro pra fora… O interior mostra que a GM, apesar de tudo, se preocupou com materiais ao menos aceitaveis.

    Usando um slogan meio clichê, essa não seria uma minivam para quem quer, mas para quem precisa. rs

  • ThiagoSantos11

    Infelzimente devo ter sido um dos primeiros infelizes a comprar uma SPIN, e digo a todos NÃO COMPREM A SPIN!!
    Logo que peguei o carro percebi que após uns 15 ou 20 minutos o banco se torna EXTREMAMENTE DESCONFORTÁVEL de dirigir, pois as "abas laterais" são muito duras e mais parecem duas madeiras fincadas na sua coxa.
    Pra mim que fico pelo menos 2hs por dia no carro, é insuportável e saio com dores nas pernas e nas costas.
    MUITO CUIDADO, POIS NO TEST-DRIVE DE 3 MINUTOS VOCÊ NÃO PERCEBE ISSO!!

  • Zóio

    Já estou na terceira Zafira, esta é a última 2012 e vou dizer uma coisa, se continuasse a fabricação, com certeza iria trocá-la em 2014 (seria a quarta).
    Porém, a Chevrolet fez o favor de tirá-la de circulação e inventou essa tal de Spin para substituí-la. Parabéns Chevrolet, vocês conseguiram perder
    clientes (particulares e taxisistas).
    Mas não se desesperem… temos a Grand Blazer nos míseros R$ 140.000,00 (ah… não se desespere, daremos o jogo de tapetes para você, na faixa).
    Chevrolet vou deixar meu recado: traga a Orlando para o Brasil, ou melhor fabrique ela aqui, e fabrique logo, antes que seus clientes descubram Toyota (SW4 gasolina compre uma usada 2011) Dodge (Journey 2010), Hyundai (Santa Fé – Séria candidata heim!!!).