Home Avaliações Avaliação NA – Citroen Aircross 4 – Comportamento e consumo na cidade

 Avaliação NA – Citroen Aircross 4 – Comportamento e consumo na cidade




Dentre as qualidades buscadas por muitos para um veículo a ser usado dentro da cidade, o Aircross apresenta várias delas. Ele é mais alto que a maioria dos carros, tem uma posição de dirigir alta, tem ótima visibilidade para o motorista, e tem pneus largos de uso misto, que absorvem bem as imperfeições do terreno e filtram os impactos gerados pelas crateras lunares. Mas infelizmente, juntamente com todas essas qualidades vem o consumo alto por conta do peso excessivo aliado a um motor que não é o suficiente para andar sem pisar fundo e reduzir marchas para ganhar velocidade.

Andei com o Aircross por uns 4 dias na cidade com o objetivo de estabelecer um consumo médio a ser divulgado aqui, o qual acabou sendo de apenas 6,4 km/l na gasolina. Entendi que talvez os percursos curtos, em subidas íngremes e o uso do ar-condicionado tinham sido injustos com o Aircross, e então deixei o computador de bordo continuar a fazer os cálculos de consumo médio por uns 10 dias.

Tendo passado esse tempo todo, a média melhorou, chegando a 7,5 km/l com gasolina. E no final foi esse o consumo oficial na cidade, registrado na nossa avaliação com o Aircross. Como observação pertinente, vale lembrar que devido ao calor demasiado dos últimos dias, rodamos 90% do tempo com ar-condicionado ligado, o que certamente piora a média. Sem ar-condicionado, os números seriam 10% melhores, aproximadamente. E usamos gasolina por causa do óbvio preço absurdo do álcool neste começo de 2011.

 Avaliação NA – Citroen Aircross 4 – Comportamento e consumo na cidade

Se trata de um consumo melhor do que o de carros pesados e com motor 2.0, mas ainda assim foi alto demais. Um consumo bom para o Aircross teria sido uns 9 km/l, consumo bom para cidade pequena, claro. Talvez em grandes centros, com suas avenidas de 80 ou 90 km/h de velocidade máxima, ele chegasse a 10 km/l. Aí sim, estaria na média fraca de nossos beberrões carros Flex. A média que registramos, de 7,5 km/l foi tão decepcionante quanto a média de 10,2 km/l também com gasolina – que alcançamos com o Aircross em nossas viagens em estradas.

Deixando o consumo um pouco de lado, o Aircross foi gostoso de usar na cidade. Sua posição de dirigir é boa, o ar-condicionado gela bem e rapidamente  - o que tem sido bem necessário nesses dias de 34 graus de temperatura máxima aqui no Sul de Minas – e as dimensões um tanto compactas do modelo fazem com que ele seja fácil de estacionar e manobrar. O sensor de estacionamento também cumpriu seu papel em ajudar nas manobras.

O câmbio longo, que na estrada foi um problema, trouxe uma condução agradável dentro da cidade. Se você não se importar com as acelerações um pouco lentas do Aircross, vai poder andar na cidade sem trocar de marcha a todo momento. É claro que não é um câmbio com a precisão de um câmbio Volkswagen, mas mesmo assim ele não trouxe quaisquer surpresas negativas.

 Avaliação NA – Citroen Aircross 4 – Comportamento e consumo na cidade

O nível de ruído interno do Aircross foi muito bom, rodando na cidade. Está aprovado. Já uma coisa que nos incomodou foi o ponto citado em nosso vídeo detalhado do Aircross. O painel tem uma rebarba acima dos pedais, e se você ficar com o pé um pouco pra cima na hora de pisar na embreagem, ele fica se enroscando ali o tempo todo.

As pessoas que andaram conosco no Aircross dentro da cidade se impressionaram com a qualidade dos bancos e também com a modernidade de seu painel. Já o acabamento das portas foi sempre objeto de reclamações.

E uma novidade na nossa avaliação do Aircross: como o modelo tem aspirações aventureiras, teremos também uma matéria – bem como vídeos e fotos – a respeito de seu comportamento em estradas de terra, fique ligado!



Se você não está vendo os comentários, desabilite extensões do tipo Adblock (que impedem a exibição dos comentários), ou adicione nosso site como exceção.