Home Avaliações Avaliação NA – Novo Citroen C3 (3) – Comportamento e consumo na...

novo c3 cidade 620x347 Avaliação NA   Novo Citroen C3 (3)   Comportamento e consumo na cidade




Andamos bastante com o Novo C3 na cidade, rodando tanto com álcool quanto com gasolina. Nas ocasiões em que o tanque estava com álcool, notamos um problema frequente na hora de dar a partida: o veículo não funciona antes de umas três ou quatro tentativas. Você pode dar uma partida mais prolongada e depois acelerar fundo para ver se ele mantém as rotações, mas não adianta. E isso em dias nada frios, com temperatura de 26, 27 graus logo cedo.

Isso mostra que a marca francesa precisa aprimorar o comportamento do modelo, que em sua geração anterior já apresentava este tipo de problema. Mas então falemos sobre o comportamento do Novo C3 na cidade. A versão que avaliamos tem o motor 1.5, motor que aliás é usado na versão de entrada e também na versão intermediária, representando uma maior fatia no mercado do que o motor 1.6 da versão topo.

Este motor de oito válvulas é uma atualização daquele motor 1.4 que era usado nas versões mais baratas do C3 de primeira geração. Sua potência aumentou de 80/82 cavalos para 89/93 cavalos. É uma diferença de potência que é perceptível sim no dia-a-dia, mas não é suficiente para mudar muito o comportamento do modelo. O seu peso aumentou em torno de 20 quilos nesta nova geração, então o peso adicional anula um pouco o pequeno aumento de potência que o C3 conseguiu.

O desempenho com gasolina fica bem parecido com o desempenho do C3 de geração anterior, já com álcool ele melhora um pouco. O modelo tem alguma dificuldade em velocidades baixas, quando partimos de um nível de rotações muito baixo, principalmente com duas pessoas ou mais a bordo, aí o C3 1.5 tem uma certa dificuldade e morosidade nas acelerações. Como suas relações de marcha não são muito curtas, o modelo não favorece uma tocada mais rápida.

Para uso normal na rotina diária o Novo C3 entrega um desempenho satisfatório, mas é isso, apenas satisfatório. Se você trabalha bem o câmbio, trocando de marcha nos pontos exatos, a condução é razoável, sem perceptíveis problemas de desempenho, mas se você gosta de pisar um pouco mais, vale a pena buscar a versão topo de linha que tem um motor 1.6 atualizado com bem mais potência que esse 1.5.

O que gostamos muito no uso frequente do Novo C3 é que ele tem uma suspensão bem macia e confortável, que poderia até mesmo ser vista como mole demais por alguns que prezam um carro mais colado ao chão. Comparando com a primeira geração, este novo modelo ficou mais macio e gostoso de usar. Chega a ser difícil encontrar um modelo do mesmo segmento do C3 que entregue um conforto similar. E isso é com certeza um ponto positivo para quem gosta de conforto.

Mesmo tendo uma suspensão macia, o C3 não inclina muito nas curvas, não chega a ser um modelo com aquela suspensão norte-americana, que balança demais. O único problema é o banco do motorista, que assim como o banco do passageiro dianteiro, tem um encosto que fica muito pequeno na parte superior, deixando de dar conforto para quem está encostado ali. É uma pena, um carro tão confortável com um banco que incomoda assim.

O consumo que conseguimos na cidade com álcool foi de 6,8 km/l, rodando o tempo todo com ar-condicionado ligado. Já com gasolina o consumo ficou em 11,6 km/l, também com ar-condicionado ligado. Isso mostra que o Novo C3, ao mesmo tempo em que é bem gastão com álcool, tem um consumo bom com gasolina.

Ele conseguiu ficar em terceiro lugar de consumo na cidade com gasolina em todos os carros que nós já testamos, ficando apenas atrás de Toyota Prius e JAC J3. O modelo chinês ficou com 11,7 km/l na cidade, ou seja, praticamente um empate. O ranking de consumo de nossas avaliações pode ser visto na nossa página de Avaliações.

Com os preços atuais do álcool, o uso deste combustível já está inviável, no Novo C3 então… esqueça, nunca use álcool.

 





Se você não está vendo os comentários, desabilite extensões do tipo Adblock (que impedem a exibição dos comentários), ou adicione nosso site como exceção.