Home Avaliações Avaliação NA – Toyota Hilux SW4 (3) – Comportamento e consumo na...

toyota hilux sw4 cidade 620x348 Avaliação NA   Toyota Hilux SW4 (3)   Comportamento e consumo na cidade




Quem anda com pickups e utilitários movidos a diesel na cidade podem com certeza afirmar que dominaram esta selva de pedra. Se movimentam com tranquilidade pelas ruas e avenidas, afugentando quem está por perto com seus pequenos e frágeis populares.

E com certeza é essa aparente superioridade que atrai muitos a usar estes veículos em áreas com nada que lembre os trechos off-road em que andavam exclusivamente estes utilitários até alguns anos atrás. Hoje até mesmo vemos pickups de mais de 100.000 reais sendo usadas por mulheres nas cidades. Quer maior contradição, tanto no uso apenas por uma pessoa tanto para o uso destinado, ir ás compras por exemplo?

Quer nós pessoalmente aprovemos ou não este cenário bizarro do Brasil emergente do século 21, a realidade é que cada vez mais pessoas usam modelos como a Hilux SW4 2012. E como na maior parte do tempo andam com o utilitário apenas na cidade, é neste percurso que fizemos a maior parte de nossa avaliação.

Incluímos também um trecho em estradas de terra, embora ele não tenha sido filmado. A Hilux SW4, por mais confortável que esteja nesta linha 2012, por ter uma suspensão traseira diferente da sua irmã pickup, ainda sofre um pouco na área do conforto.

O desempenho é bom, apesar de não parecer que uma unidade diesel de 163 cavalos entregará tal desempenho. O ponto-chave é o torque, como sempre acontece nos motores diesel: ele é de 35 kgfm, suficiente para impulsionar os 1.995 quilos da SW4 até mesmo em subidas. Com o carro cheio, notamos uma queda no desempenho, mas nada muito grave, ela ainda anda muito bem.

Quem compra uma unidade diesel pensa no consumo, logicamente. Não quer ter médias de 4 km/l na cidade. E para isso, o motor turbodiesel da Hilux SW4 é bom sim, embora não tenha aquele consumo que esperávamos. Em nossos testes ficamos entre 7 e 8 km/l em uso normal.

Desligando o ar-condicionado e pisando o mínimo possível no acelerador, chegamos a quase 9 km/l, mas andar assim ninguém anda. No final das contas, se você pagar R$ 2 por um litro de diesel, terá um custo de 26 a 27 centavos por quilômetro rodado, o que não é incrivelmente econômico mas sim razoável no final do mês.

E estes consumos que estou citando são, claro, com a tração integral desligada e a alavanca do painel na posição H. Quando passei para HL, ou seja, com tração passando para as quatro rodas, ficamos com um consumo de 6 km/l. Na reduzida então, o consumo será bem maior.

Andando na cidade com a SW4 temos praticamente as mesmas respostas que teríamos na pickup Hilux, com exceção de uma pequena diferença no comportamento da suspensão traseira e também um desempenho um pouco pior, por conta do peso maior.

De um modo geral, estamos em uma caminhonete, aquele tipo de veículo que não tem muito a ver com a palavra conforto. Ao volante, o motorista notará algumas diferenças também nas respostas da direção e do acelerador, em comparação com carros comuns.

Primeiro que a direção é bem pesada, quase não parece hidráulica. E também que o acelerador não responde a pisadas leves, você tem que acelerar forte para que o veículo saia da imobilidade. Infelizmente, a Toyota mantém o câmbio automático de quatro marchas na sua linha Hilux diesel (isso antes de o modelo ser atualizado, o que aconteceu alguns meses atrás). Poderia ser um de cinco marchas, como acontece na SW4 a gasolina, V6.

Graças à abundância de torque, até que essas poucas marchas não são sentidas de maneira tão negativa como acontece em carros de passeio como o Corolla.

Mas não estamos aqui só para reclamar não. A SW4 2012 tem muitas qualidades. Sua suspensão é bem macia, a visibilidade interna é boa, o banco do motorista é bem confortável e acolhe até mesmo quem tem um corpo maior. Lombadas, valetas e outras irregularidades são totalmente ignorados.

No final de alguns dias andando com o modelo na cidade, ficou aquela dúvida se hoje vale a pena pagar 18.000 reais a mais pela versão diesel em comparação com a V6. Com um consumo de 8 km/l de diesel na cidade, a diferença não é tão grande a cada mês. Levaria quase 50.000 quilômetros para amortizar essa diferença. Para quem roda bastante, pode ser uma boa, caso contrário é bom olhar também para a SW4 a gasolina.


  • fortal1990

    Nao sei quem compra um carro deste tamanho pra rodar apenas na cidade, sou mto mais um fiat 500 e ter outro carro pra viagens

    • mauricio

      já estive dos dois lados… num corsa onde só faltavam passar por cima. E já tive um SUV de verdade, não essas imitações, e te garanto que impoe respeito. Em São Paulo quem tem carro pequeno passa aperto.
      Prefiro ter um só para andar na estrada e cidade.

      • MM_

        Depende aonde vc anda. Vejo todo mundo que anda de caminhão na cidade, especialmente na Bandeirantes e 23 de maio, passando aperto com motoboys.

        • Edson Roberto

          Alias, nunca passei aperto com meus carros. Essa visão é de quem joga o carro para cima dos outros. Mas o dono de um carro maior, na grande maioria das vezes fica com tanto medo de entrar que acaba por ser muito ruim na direção doque se estivesse com um carro menor. No final, se ele fizer besteira, vai ter que pagar por isso.

    • andrevidigal

      tenho esse mesmo pensamento, e fiz isso. Um grande para viajar com segurança e um pequeno para a cidade! =)

    • Acelerando

      Mas devemos compará-lo com quem quer andar com um sedan médio / grande na cidade, aí sim ver se ele é tão ágil quanto.
      Claro que se eu tiver dinheiro e espaço na garagem para ter diversos carros para cada situação seria bem melhor, mas para quem procura um carro versátil talvez seja uma boa pedida.

    • KTA

      Concordo com você (respeitando a opinião de quem pensa de forma diversa). Tenho uma vida 99% urbana, e regulando que o preço desse utilitário gire em torno de 150 mil, preferiria comprar um sedã premium da trinca alemã (BMW, AUDI ou MB) , ou um emergente coreano (Azera ou Cadenza) e estaria um milhão de vezes mais satisfeito em termos de conforto.

    • Edson Roberto

      Para rodar apenas na cidade eu concordo. Agora, se a pessoa tem um sitio, roda com familia sempre dentro do carro, acho que não caberia ter dois carros pagando um imposto até maior que em um carro. Além de considerarmos a manutençãodo mesmo e o consumo de combustivel. Sem esquecer outros valores.

    • Eduardo

      Boa.É o meu caso.

  • mauricio

    Se fosse para escolher ficaria com o V6. Já andei num desse numa estrada de terra e parece que vc está num asfalto liso.
    Agora teria um sem problema para andar na cidade, porque aqui em SP não respeitam carro pequeno. Quem vive aqui sabe o que estou dizendo.
    Antes que me chamem de louco por querer um carro desses, com certeza não pagaria esse valor absurdo.

    • Everton_O_S

      Nao acho que um carro desse traria mais "respeito". Dirijo em São Paulo com carros "pequenos", como a majoritária parcela dos motoristas e não me sinto inferior.
      Pelo contrário. Percebo que muitos dos que possuem veículos grandes se sentem no direito de fecharem as pessoas entre outras coisas. Como se estivessem em tanques de guerra…

      • mauricio

        é isso que quero dizer… para enfrentar essa falta de respeito e ter um pouco de segurança com relação aos loucos que acham estar na direção de um tanque de guerra compraria uma hilux ou ram2500. Já tive S10 e respeitava a todos do mesmo jeito. Além disso não me sinto inferior por andar em carro pequeno, tanto que tenho um polo e uma fielder e quem pensa assim procura um psiquiatra rsrsr. Mas me sinto inseguro com tantos animais ao volante que tenho até receio de sair de madrugada, ainda mais com minha filha na cadeirinha no banco de trás.

        • Eduardo

          Em compensação a dirigibilidade nesses ambientes – que demandam 90% de nosso tempo – ficará em último lugar.

  • rlin

    Já andei na V6 e o motor é bem silencioso e tem um bom desempenho, o problema da versão a gasolina é a grande desvalorização na revenda.

  • correadacosta

    aqui em mato grosso a linha hilux, sw4 fazem um suceso danado, a cada esquina tem um.

    • bourgelat

      Assim como em Fortaleza e em todo o Ceará. Quando se faz qualquer viagem no interior, muito raramente não se ver pick-up sem ser esta dupla da Toyota. Assim como 'e cheias delas nas lojas de usados. Por sinal, bem mais caras.

      • Stark

        Aqui no Sul de Minas só dá Toyota Hilux, SW4 e também só Corolla!!

  • andrevidigal

    50.000 reais a diferença se vc rodar com as duas, porém se vc pensar em vendê-las algum dia, são mais 50.000 reais a diferença de desvalorização da V6!!

    • Acelerando

      E quando vc for fazer uma viagem longa vai pensar 10 X antes para colocar o V6 na estrada. E não adianta dizer que quem paga R$180k numa dessa não pensa em economizar que não é verdade.

    • Eduardo

      Já foi comprovado na ponta do lápis.Diesel só compensa para quem roda 61.000km por ano. Fora que o seguro é o dobro, o motor é o mais visado pelos ladrões para ser transformado em gerador elétrico, motor de barco e outra desvantagem que não é para ser desprezada: na hora de abastecer tem-se que ficar de olho na qualidade do combustível.Caso contrário é motor pra pouco tempo.E o barulho? Como gosto de ouvir som com volume baixo, o carro a diesel é inviável.

  • spok

    "banco do motorista é bem confortável"… É o eber tentando achar qualidades desse carro a qualquer custo kkkkkkkk

    Blz, agora vou pagar uns 20 mil a mais pq o banco é mais confortavel !

    • jpmocellin

      Você percebe as qualidades desse carro depois de andar 100 mil km e ver que ela ainda está como nova. Depois que vendemos nosso Corolla com 180 mil km que percebemos as verdadeiras qualidades dele.

      • Dolggan

        Esses dias vi uma dessa 2009 com 110.000km vendendo na concessionária daqui.
        Se zerasse o hodômetro, e colocasse como nova, venderia como tal.
        O carro estava impecável.

        São carros excelentes sim.
        Eu tenho uma Hilux 2002, e o carro é um Tank.
        Só não concordo com os preços das novas…

    • http://www.noticiasautomotivas.com.br Eber

      Não, só porque o carro é caro então eu não vou falar de nenhuma de suas qualidades, aparentemente…. acho que nem precisava avaliar ele então, segundo a sua lógica…

      • spok

        Nao estou falando mal da avaliacao.. longe disso… só fui ironico pq era pra ter ALGO a mais nesse carro,para justificar o qnt pedem.. e TODOS aqui sabemos que esse nao é o forte dessa hilux.

  • rba

    O modelo 2012 nao conta com traçao 4×4 full-time?A minha é 2008 e conta com 4×4 permanente(nao há a opçao 4×2).
    Nao entendi muito bem esse trecho: "E estes consumos que estou citando são, claro, com a tração integral desligada e a alavanca do painel na posição H. Quando passei para HL, ou seja, com tração passando para as quatro rodas, ficamos com um consumo de 6 km/l. Na reduzida então, o consumo será bem maior."

    • jpmocellin

      A tração é permanente sim, o Eber deve ter se enganado. Na posição H, fica acionada a 4×4 full-time (com a proporção variando entre os eixos), e na HL fica travado o diferencial (ficando a proporção 50/50 entre os eixos)

    • Dolggan

      As SW4 são sim tração integral permanente, com diferencial central tipo torsen.
      Acho que o Eber errou.

      E acho tbm que o carro não foi testado em suas principais características, o off-road e pisos de baixa aderência, etc…
      É como pegar um Subaru pra testar e não poder acelerar nem entrar forte nas curvas.
      Minha opinião, hein.

    • mbarbosa697

      Ele confundiu,na H fica a proporcao 60% na traseira e 40% na dianteira.HL iguala e LL reduz.

  • zemarreta

    Há uma outra grande vantagem nela, por incrível que pareça, que é o fato de caberem 7 pessoas e ter um comprimento relativamente curto, mais ou menos o tamanho da Sorento, e sem dúvida menor que a Freemont. Pra mim isso é uma senhora vantagem, junto com a mencionada capacidade de passar sorrindo sobre o off-road urbano, enquanto os outros ficam raspando em tudo em quanto é lugar.

  • fse

    Voces abasteceram a SW4 com disel normal ou com S50? Não sei se na sua região é facil achar o S50 mas seria interessante fazer o teste com o diesel "novo". Sei que é obrigatorio somente para veiculos fabricador apartir de 2012, mas vale a pena (pelo menos pra mim). Meu carro é 10/11 e só uso S50.

    • cepereira2006

      Tenho um colega que tem Land Rover a diesel, ele disse que neste diesel novo o consumo aumenta, o carro faz 1 km/l a menos que o antigo. Você chegou a fazer controle de consumo, não notou diferença?

  • Felix_S

    Uma vez estava de carona na picape de um amigo: ele me disse que a " vantagem" é que os outros te respeitam no trânsito e logo em seguida entrou numa rua fechando um carro na maior cara-dura! Sei que não são todos que pensam assim, mas infelizmente ele não é exceção…

  • quirelli

    No texto desconsideraram a desvalorização da SW4 a gasolina x SW4 a diesel. É notória a maior desvalorização e a dificuldade na venda depois do veículo a gasolina. Além do fato do motor diesel ser mais econômico. Pode-se dizer que o carro a diesel "amaciou" quando ele passar dos 30.000km, dai pra bem mais. Tenho conhecidos que dizem que andando com ar ligado e de pé embaixo de SW4 na cidade, ela faz na faixa de 9km/l e na estrada a 120 140 faz 11km/l. No meu ponto de vista, está excelente!!! Depois de eu conhecer melhor o carro e ter algumas esperiências nas quais não tivemos qualquer problema, eu compraria sim uma SW4!!!!

    • jpmocellin

      Concordo. O pessoal não percebe que as qualidades da SW4 são reconhecidas depois de um tempo de uso, só olham pra ficha técnica do carro.

    • marcio233

      A consideração da revenda é bem válida, pois hilux a gasolina leva bem mais tempo para ser passada adiante. Nem vou longe: acompanho um site de vendas de carros e olho também caminhonetes à venda. Tem uma hilux 2009 CD gasolina que tem meses à venda, o dono já baixou o preço bastante e nada… não é preferência pesoal: é o mercado.
      Quando o carro cai no mecado de usados, um dos pontos a se considerar é o consumo. Uma Hilux que faz 9-10 por litro de consumo médio, tem um torque maior, uma maior disponibilidade de peças no mercado paralelo, vai sim ter a preferência mediante às "gasolina", que as médias de consumo são piores e as demais famas de mercado (nem todas tão graves) nõ ajudam. O mesmo se enquadra nos SUV´s a gasolina, que usados já não chamam tanta atenção – brasileiro adora e paga caro por isso – e passa a ser mais um carro com despesas mais altas no mercado de usados, atraindo um pequeno público depois de algum tempo de vida.

  • Sias

    Minha Sorento faz, no Diesel, 8km/l na cidade…e andando forte. Se andar na maciota ela vai nos 9km/l fácil, e isto é o que tirava no Polo 1.6 que tive (andando na mesma batida). Se fosse a gasolina dificilmente faria mais do que 6km/l. Não dá pra querer comparar o consumo de um SUV com o de um automóvel. E usando o ar ou não ela não muda o consumo, o motor tem muita força e nem sente.

    E como os colegas marcio233 e quirelli disseram: a desvalorização e a revenda de um modelo à diesel comparada a uma a gasolina, é bem diferente.

    • Robertosss

      Seguro custo de manutenção e impostos também, para ter um veiculo a diesel tem que rodar bastante.

      • lexbh

        Exato, seguro de carro a diesel chega a parecer estupido.

        • Sias

          Nenhuma das opções….

          O custo de manutenção (periódica) esta no mesmo nível dos outros carros que tive. Manutenção corretiva nunca precisamos. Imposto (IPVA) é pelo valor do carro, não adianta comprar um carro caro e querer que ele tenha IPV de carro popular. O seguro também não tem nada de assombrador. Uma colega de trabalho comprou um New Fiesta hatch e pagou 3 mil de seguro, o mesmo que paguei na minha, com o detalhe que meu carro é mais caro. Nunca que trocaria um SUV por uma caixinha apertada como o New Fiesta.

          Quando se tem um carro Diesel a preocupação com combustível some. Temos carros Diesel desde 1996, e viajar com eles é muito mais barato.

          • Edson Roberto

            Sias, poderia por gentileza dizer o custo de revisão e também do IPVA?

            Eu até atualmente penso em ver SUV ou Crossover como opção, pois de repente o conteudo que vem ao carro pode ser interessante. Se puder eu ficaria grato.

            Abraços!

            • Sias

              Revisão em ccs eu nunca fiz…tinha uma ainda para fazer quando comprei, mas não era nada que eu não conseguisse fazer em casa: troca de óleo e filtros. Gastei por volta de 500,00 (só de óleo foi 300,00 – 8 litros). Comprei pastilhas de freio e os dois jogos (freio a disco nas quatro rodas) me custaram mais 300,00.

              O IPVA foi 2 mil, mas daí tem que ver o que cada estado cobra, aqui é 3% do valor de tabela e acho que usam a FIPE.

              Faz um teste em uma que esteja à venda….dá uma volta. Eu quando andei nela na primeira vez foi "amor a primeira vista". O carro anda bem, bem mesmo, e sobra motor. O espaço interno é enorme. Apesar do tamanho acho ela bem ágil no trânsito, estava acostumado com a D20 que é bem mais larga e comprida (é uma CD), então não tive que me costumar com as dimensões.

              Abraço!

  • YoOdEx

    Não acho esse tipo de veículo tão ruim como dizem. Claro que é mais desconfortável que um bom sedan médio, mas tem uma vesatilidade legal para quem precisa de pegar uma estrada de chão (por mais tranquila que sejam, os sedans sofrem!) para um sítio, fazenda, ou encarar um piso muito irregular mesmo.

    O grande problema desse segmento são os preços totalmente absurdos!

  • mouraddl

    Incrivel um carro desse custar tanto. Nada nele é tão bom pra isso. Digo o mesmo do corola. Sâo apenas BONS e nada mais. Quase 200 mil mum desses…
    Aproveito e deixo o canal de um cara muito bacana http://www.youtube.com/user/OtarioAnonymous?featu

    Curtam
    Abç

  • V&G Visão Genial

    Este é Nota 10.. Quer Aprender a Usar Carro Com Trasmissão Automáca Técnicamente Correto.. Venha Com Seu Veiculo Fazer Uma Consultoria Técnica+Teste Drive na Prática+Dica de Manutenção Preventiva, Para não haver Manutenção Corretiva, DESGASTES Prematuros que Podem Ser Evitados+ Dica de Manipulação na Alavanca Seletora para Melhorar a Retomada, Melhorar Autonomia Consumo, Não perder Velocidade em Processo de Ultrapassagem, EXECUTAR Ultrapassagem Suavemente sem Forçar Evitando o Auto Giro do MOTOR E A TRASMISSÃO Desnecessário.

    • V&G Visão Genial

      OK OBRIGADO

  • bem informado

    dirigir em SP, com carro de qualquer tamanho, é triste. Prepare-se para ouvir boa musica e ar ligado em boa tempertura, pois o "transito" não deixa ninguem andar… se andar é radar para o município aumentar sua arrecadação…

  • Ricardo Lara

    não troco minha SW4 SRV aut 2007/2007 por nada! motor a diesel, economica, facil de vender ( se precisar) e ainda tem autorizadas honestas e na região. Aliás como que Toyota consegue que seus revendedores trabalhem com muito mais qualidade que outras marcas? aqui na minha cidade o mesmo proprietario da revenda toyota é revendedor vw…na vw o "cara" ta cheio de reclamação e na toyota nada!