Avaliações Hatches Toyota

Avaliação: Toyota Etios X automático entrega comodidade com simplicidade

toyota-etios-x-automático-avaliação-NA (1)

O Etios 2017 mudou por dentro e por baixo (mecânica), acrescentando pouco em conforto e estilo, mas com importantes ajustes, que deixaram o compacto da Toyota mais agradável ao dirigir. Uma das novidades veio para atender quem precisa ou deseja ter um carro automático.

Agora, toda a linha Etios 2017 conta com opção desse tipo de câmbio, diferentemente de outros concorrentes que, ou não oferecem essa opção ou à mantém apenas na versão mais cara. Para esta Avaliação NA, pegamos a porta de entrada da gama, a versão X, que custa R$ 47.625. Há pouco mais de um mês, ela custava R$ 47.490 no lançamento.

toyota-etios-x-automático-avaliação-NA (4)

O Etios X é o único com motor 1.3 em toda a gama do modelo. Ele recebeu ajustes e agora entrega até 98 cv com etanol, bem acima dos 90 cv anteriores. Ganhou também força extra na gasolina e um torque mais generoso. O câmbio tem quatro marchas e é semelhante ao usado no Corolla anterior.

Mas não é apenas motor e câmbio que alteraram para melhor o Toyota Etios 2017. As demais mudanças deixaram o carro um pouco mais atrativo no interior, embora seu estilo continue sendo bem básico e despojado de qualquer pretensão ao luxo.

toyota-etios-x-automático-avaliação-NA (3)

Por fora…

Dando sequência ao assunto do estilo, o Toyota Etios tem aspecto muito simples, remetendo totalmente ao baixo custo e, evidentemente, aos mercados emergentes ou em desenvolvimento. Com formato quadradão, ele lembra alguns nacionais de vários anos atrás, devido a sua simplicidade.

No entanto, a vantagem é que ele passa despercebido na multidão, sendo bastante discreto. Na linha 2017, nada mudou. Seu aspecto continua a não atrair os olhares daqueles que procuram um carro bonitão.

Se for para destacar algo, que seja a grade frontal, as lanternas enormes e o limpador único articulado, que lembra aquele de ônibus. No X automático, nada por fora indica que se trata de um carro sem embreagem.

toyota-etios-x-automático-avaliação-NA (15)

Por dentro…

Se o exterior foi poupado de mudanças, no interior a coisa mudou de figura. O painel frontal ainda não chama atenção pelo acabamento primoroso e nem pelo uso de materiais de melhor qualidade, mas agora vem com quadro de instrumentos digital e configurável.

Ele acabou com as antigas meias-luas analógicas para velocímetro e conta-giros, chamadas “carinhosamente” de painel Filizola, além do diminuto e ineficiente display de hodômetro e nível de combustível, que dificilmente permitia uma boa visualização, praticamente do tamanho de um relógio Casio. Agora são duas telas TFT com direito à boas-vindas e opções de visualização.

toyota-etios-x-automático-avaliação-NA (18)

O velocímetro é digital, enquanto o conta-giros pode ser visto em forma de semicírculo ou grade horizontal, como um dial de rádio. O computador de bordo integrado ao conjunto também permite várias disposições de informação, inclusive um modo que permite calcular o custo com combustível.

Adornado com luzes de fundo de aparência muito boa, o cluster central ainda não é o ideal, mas já atrai o olhar pela beleza dos gráficos. O ruim é que para mudar as telas, é necessário acionar botões mais abaixo, o que é péssimo durante a condução. A partir da XS, os comandos passam a ser no volante.

toyota-etios-x-automático-avaliação-NA (21)

Aliás, o volante também é novo e, mesmo no X, tem acabamento costurado na parte central. A coluna é ajustável em altura, assim como o banco. Nesta versão de entrada não há rádio, tendo apenas um porta-objetos e uma placa, onde um rádio 2din pode ser instalado. Parte do acabamento central é em preto brilhante, mas o restante do ambiente é revestido em plástico duro. Os bancos apresentam conforto razoável e tem tecido bom e macio, que também revestem parte das portas dianteiras.

Os difusores de ar circulares são suficientes, assim como o espaço no porta-luvas. No túnel central, a alavanca de transmissão automática é o único diferencial – além do indicador de marchas no quadro de instrumentos e a dupla de pedais – no Etios X automático. Ela tem indicação de L, 2 e 3, que fazem as trocas ficarem limitadas a primeira, segunda ou até a terceira marcha. A posição é boa. Dois porta-copos à frente dão mais comodidade.

toyota-etios-x-automático-avaliação-NA (12)

Como se trata de uma versão de entrada, não há opção de piloto automático e nem de apoio de braço central para o condutor. Ainda assim, além do ar-condicionado, o Etios X apresenta retrovisores elétricos – sim, aqueles que criticamos por conta de sua ausência quando o modelo surgiu no Brasil – vidros elétricos nas quatro portas e travamento, mas sem direito a telecomando, diferente do divulgado.

O espaço interno é bom para a categoria, embora ainda com alguma restrição atrás. Mesmo assim, o banco traseiro – apesar de não ser bipartido – conta com cinto de três pontos para o quinto passageiro e apoio de cabeça central. Há também Isofix. Já o porta-malas continua pequeno com seus 270 litros, que são suficientes para uma família bem pequena ou casal sem filhos.

toyota-etios-x-automático-avaliação-NA (2)

Por ruas e estradas…

O motor 1.3 Dual VVT-i agora tem duplo comando de válvulas variável e outras mudanças que resultaram em 88/98 cv a 5.600 rpm e 12,5/13,1 kgfm a 4.000 rpm, respectivamente com gasolina e etanol. Os números são mais generosos que o anterior e permitem ao Etios X ter ainda mais desenvoltura que antigamente.

O propulsor continua tendo boas respostas ao acelerador, funcionando de forma suave e permitindo saídas bem animadoras. Na maior parte do tempo, ele funciona abaixo de 2.000 rpm, mas as trocas são feitas um pouco acima disso em condições normais. O câmbio automático de quatro marchas está bem-casado com o novo 1.3.

toyota-etios-x-automático-avaliação-NA (23)

As trocas são suaves e bem adequadas à proposta, dificilmente atingindo rotações acima de 3.500 rpm no dia a dia. As reduções também estão de acordo, assim como as retomadas. Como o Etios X é leve (945 kg), o desempenho geral é bom. Rodando a 110 km/h, o ponteiro virtual marca 2.600 rpm. Nada mal. Isso garante mais conforto ao dirigir e economia.

Rodamos com o Novo Etios X com etanol (pois veio abastecido com este combustível) e conseguimos 7,9 km/litro na cidade e 10,2 km/litro na estrada. O primeiro ficou abaixo do divulgado pelo Inmetro (8,2 km/litro) e o rodoviário ligeiramente melhor que o da tabela PBE (9,2 km/litro). No dia a dia, no entanto, a comodidade gerada pelo câmbio compensa, ainda mais no anda-e-para urbano.

toyota-etios-x-automático-avaliação-NA (11)

O nível de ruído é razoável – apesar da Toyota ter feito mudanças nesse aspecto – em rotação mais alta, o barulho do propulsor se faz mais presente. Sem rádio, pode incomodar em subidas de serra ou grandes aclives. A direção elétrica ficou um pouco mais leve durante a condução, mas ainda é um dos pontos altos do Etios.

Já a suspensão é robusta e ajustada para a buraqueira do nosso país. A estabilidade é muito boa, enquanto os freios são apenas regulares, apesar de terem recebido discos maiores. A posição de dirigir é adequada, mas a ergonomia depõe com o painel central e o esforço exigido para mudança das telas da instrumentação digital.

toyota-etios-x-automático-avaliação-NA (8)

Por você…

O Toyota Etios X 1.3 automático dá um foco maior na racionalidade. Sem oferecer luxo, estilo ou acabamento refinado, o compacto é bem honesto em sua proposta, que atende bem quem procura um transporte para o dia a dia, sem se importar com os detalhes acima ou o preço de R$ 47.625.

Ele é discreto, simples e funcional, sem propor nada fora de seu objetivo, que é o de ser uma opção mais barata dentro da gama. De quebra, o Etios X AT4 acabou se tornando o carro automático mais barato presente no mercado nacional, mesmo com o recente aumento.

O Etios X 1.3 agora tem desempenho melhor, conforto ao dirigir ampliado – especialmente com a oferta dos novos câmbios, já que o manual agora tem seis marchas – quadro de instrumentos atraente e funcional, e o conhecido custo de manutenção, um dos mais baixos do mercado. Sem dúvida, um hatch que prima pela discrição e honestidade.

Medidas e números…

Ficha Técnica do Toyota Etios 1.3 X Automático

Motor/Transmissão
Número de cilindros – 4 em linha
Cilindrada – 1329 cm³
Potência – 88/98 cv a 5.600 rpm (gasolina/etanol)
Torque – 12,5/13,1 kgfm a 4.000 rpm (gasolina/etanol)
Transmissão – Automática com quatro marchas

Desempenho
Aceleração de 0 a 100 km/h – 12,5 segundos (etanol)
Velocidade máxima –170 km/h (etanol)
Rotação a 110 km/h – 2.600 rpm
Consumo urbano – 7,9 km/litro (etanol)
Consumo rodoviário – 10,2 km/litro (etanol)

Suspensão/Direção
Dianteira – McPherson/Traseira – Eixo de torção
Elétrica

Freios
Discos dianteiros e tambores traseiros com ABS e EDB

Rodas/Pneus
Aço com calotas aro 14 com pneus 175/65 R14

Dimensões/Pesos/Capacidades
Comprimento – 3.777 mm
Largura – 1.695 mm
Altura – 1.510 mm
Entre-eixos – 2.460 mm
Peso em ordem de marcha – 945 kg
Tanque – 45 litros
Porta-malas – 270 litros
Preço: R$ 47.625

Galeria de fotos do Toyota Etios X 1.3 Automático 2017:





  • Pacheco

    O carro resolveu muito dos problemas e acredito que deve crescer bem em vendas agora.

    • Já passou o Renegade.

      • zekinha71

        E ali embaixo o C3 entrando na lista.

        • C3 deve ser desconto das versoes antigas, para a chegada do novo motor 1.2.

          • Edson Fernandes

            E veja que interessante.. se Citroen ou Peugeot vendessem seus modelos nas suas versões respectivamente de entrada automaticos, teriam vendas.

            Mas é como a avaliação diz, insistem em colocar apenas nas versões de topo… e tomam toco.

            A ford tem o powershift em outros mercados no motor 1.5… poderia estender ao ka e ajudaria o modelo de entrada a vender (já que o Fiesta nesse momento está sem tanta procura) e assim equilibrar a balança.

            • Marco Antônio

              Nem fala em PS, se não o pessoal começa a tacar pedras aqui nos comentários. kkkkk

            • Jackson

              Pois é, eu estou pensando em um automático pequeno e a única opção até 50 mil, que é o valor que eu quero pagar, é o Etios. Pena não ter 208 e C3 1,2 automático. Caso tivesse, seriam mais opções para eu avaliar. Espero que venha logo o Nissan CVT.

              • Está pra chegar e já consta no inmetro como o MELHOR consumo entre toda concorrencia. O lado ruim é que só vai vir na versao intermediaria e top. A intermediaria parte hoje de 49 mil, ou seja, com CVT será algo de 53 a 54 mil.

                • Rafael Guerra

                  O March sairá agora em junho com preço de 52900. Espero que junto com o câmbio seja resolvido o problema de ruído, acabamento e suspensão, pois ficou defasado ao Etios 2017.

            • Rodrigo

              Se a Ford colocar o Powershift no Ka, aí sim que afunda de vez (pela má fama do câmbio).
              Provavelmente ela já esteja considerando uma outra tecnologia de câmbio, já que o PS queimou-se (no BR e fora dele).

              • Edson Fernandes

                Eu acredito que se ela desenvolvesse algum tipo de solução ela conseguiria ainda assim fazer sucesso. O problema é a forma que ela suporta o cliente que queima o mercado do produto.

                • Rodrigo

                  A Ford até pode aplicar melhorias nesse câmbio, mas a má fama já ficou. Não apenas no Powershift que, como já foi extensamente debatido aqui, melhorou nos carros mais novos, mas levará um tempo até que a tecnologia do câmbio de dupla embreagens (DSG inclusive) seja aprimorada ao ponto de alcançar o nível de confiabilidade de um automatico convencional ou CVT.
                  Aliás, com o mote de baixo consumo de combustível e emissões, a tendência mundial é que o CVT seja a 1a opção em equipar os carros mais “comuns” daqui pra frente. Esse tipo de câmbio evoluiu bastante e em alguns modelos (Corolla e HRV top) até diminuiu a sensação de carro de golfe por causa da simulação de marchas.

            • VW_Freak

              Citroen e Peugeot tem vendas, mas eles não aumentam por causa da péssima gestão no pós-vendas.
              Interessante é que muita gente fala mal de Toyota em não colocar ESP nos carros, mas ainda sim vende!

              • Edson Fernandes

                Mas é porque a Toyota sabe que as coisas que mais atraem um comprador não é exatamente um carro cheios de mimos e ataca aquilo que os clientes esperam ter em um carro.

                O que for a real tendencia ela aplica, caso contrário, mantém o que já faz o sucesso dela.

              • Raphael Pereira

                isso de pos venda ja deu ne, quem tem sabe que tao se esforçando e é notoria a nova politica de pos venda da psa, papo de gente que repete as coisas sem saber tipo papagaio, por favor….

            • carroair33

              Comparar a TOYOTA com a PSA é a mesma coisa de comparar o MC DONALDS com o VENDEDOR DE CACHORRO QUENTE DA ESQUINA!!!

              • Eu prefiro cachorro-quente…

              • oscar.fr

                CONCORDO TOTALMENTE. Peugeot e Citroën é o mais puro lixo da Europa, veja o C3 e o 208, por exemplo. Carros que ninguém compra nem lá. Agora o brilhante Etios não, este é o compacto mais vendido da Europa e dos Estados Unidos de tão bom que é. Na França todo mundo compra Etios, nem querem ver 208. Recentemente revistas alemãs falaram até mesmo que o Etios era melhor que o Audi A1, o Corolla melhor que o A4 e o A8 ainda devia muito de um carrão como o Camry.

                • carroair33

                  Estamos falando do Brasil e Frances gosta dos carros da “casa” mesmo,agora querer comparar a lider mundial com uma PSA é no minimo comico pra nao falar tragico

                • DougSampaNA

                  Rí litros com a piada…frances e derrétios, nada a ver..kkkkkkkkkkkk

              • Edson Fernandes

                Bem para mim eu comparo, porque eu sou interessado nos produtos da PSA. Tive um C3 por 7 anos sem nenhum problema.

                Portanto, pode ser para os outros, mas para mim é confiavel e tão robusto qto qualquer outro carro incluso carro da Toyota.

                • carroair33

                  Parabens vc foi um felizardo pq a maioria absoluta so teve tristeza!!! ate acriaram um slogan “PSA NUNCA MAIS”

                  • Edson Fernandes

                    Pois é… um felizardo que teve dois produtos da marca, sendo um deles da leva francesa e 0 de problemas.

                    Curiosamente um cunhado que tem atualmente também um C3 e um colega aqui do NA com um C4 Lounge. Além de alguns que possuem o 208 extremamente satisfeitos. Inclusive com o atendimento das concessionarias.

            • oscar.fr

              Então, a PSA (particularmente a Peugeot) está com esta estratégia de vender apenas carros muito equipados e, portanto, bastante caros. Não sei se faz sentido. Li que a Peugeot está se dando bem em termos de lucro, mas as vendas não estão boas não, ao menos, poderiam ser bem melhores. A Toyota se dá bem, pois além de toda a boa fama (exagerada, ao meu ver) vende carros com poucos equipamentos (Etios X, Corolla GLi), o que a permite ter um preço inicial mais interessante. A PSA poderia pensar em fazer isso (quem sabe não as duas marcas, mas ao menos a Citroën). Fui hoje na revenda fazer a revisão de 40k do 208 e me pediram 58 mil no novo Allure 1.2 (preço poderia cair, vendedora me indicou), quando falei no meu Allure 13/14 ela quase riu quando falei em pedir 38 mil reais e nem 35 mil me daria (“temos que avaliar”). Assim fica difícil o cliente se manter na marca. Ao menos o carro é bom e resistente, vou manter ele até sair do Brasil para fazer estudar fora, mais uns dois anos. Com os preços atuais e da Peugeot em específico não tem como pensar em trocar.

            • Thales Sobral

              Ka 1.5 com PS seria show de bola. E minha opção.

              • Edson Fernandes

                Seria a minha também.

        • Maçaranduba o Porradeiro.

          E o Siena saindo.

          • Pacheco

            Ele foi o Sedan mais vendido do Brasil durante anos e perder mercado por abandono da Fiat. Hoje nem o Grand Siena sobrevive no mercado.

            Em breve, a Fiat vai precisar fazer igual a Chevrolet começou a fazer em 2011 e renovar toda linha, lançando tudo novo e reajustando ao mercado.

            • pedro rt

              isso ela ja começou a fzer desde o começo do ano… o site dela mesmo com os reajustes de preço esta DESATUALIZADO pq pelo menos a metade dos modelos disponiveis ja saiu de linha e sedan hj so tem a venda o grand siena attractive 1.4 todos os outros sedans em todas as versoes ja nao e mais vendido nas css, so se vende oq tem em estoque. hj so tem pre vender palio 1.4, mobi, uno, toro, grand siena 1.4, punto 1.4, 1.6 e 1.8, strada e fiorino

              • Pacheco

                Hora de lançar os novos modelos e atacar o mercado.
                Espero que abandone o Dualogic na linha mais cara.

                • pedro rt

                  me esqueçi de citar q tmb tem 500 e 500 abarth mas esses sao dificeis de achar no estoque, sao carros de imagem da marca, todo mundo olha mas quase ninguem compra por serem caros…

                • pedro rt

                  o dualogic hj so tem no uno ,punto e strada no resto da linha nao tem mais, e outra novidade, o motor 1.6 saira de linha daqui pro fim do ano junto com o dualogic.
                  quem ja saiu de linha foi o palio fire, uno vivace, siena EL, linea, weekend, doblo, ducato, uno furgao, doblo furgao, ducato furgao, bravo, palio 1.0 e 1.6 e grand siena 1.6

                  • Pacheco

                    Realmente ela adotou o padrão Chevrolet e chutou o balde. Terá agora lançar muitos veiculos nos proximos meses hein.

                    O Dualogic é bom pra colocar mo Mobi, no Uno. Só isso. Na linha acima de 1.4 já merece o automatico.

                  • Edson Fernandes

                    Não tem no Linea tbm?

                    • Marcus Fenix

                      O Linea segundo os vendedores saiu de linha! Só acho que a Fiat matou muito cedo um carro que só terá um substituto Deus sabe quando em 2017!

                    • Edson Fernandes

                      Na verdade as vendas eram infimas do Linea. Imagino que fazer propaganda do produto tendo em estoque deveria gerar um custo nada agradavel.

                      Eu se fosse dono de CCS iria preferir assim.

                    • Pedro Rocha

                      O foco atual da FIAT no Brasil são as picapes e os compactos. Linea nunca foi sedan médio e o Bravo deve morrer em breve.

                    • Pedro Rocha

                      E também no 500 (AT6 só a TOP de linha), Idea, Grand Siena e Weekend.

            • A Chevrolet chegou com quase tudo novo, mas teve o Celta e o Classic por muitos longos anos ainda, onde o mais velho continua ainda em linha.

              • Pacheco

                Atualmente só o Classic.

                • Edgar

                  Classic não é mais produzido para o mercado brasileiro.

                  • Pacheco

                    Ótima noticia então… mas deve ter bastante em estoque, pq ainda vejo aos montes em concessionários.

              • Edson Fernandes

                Ao menos vc poderia escolher dentre um produto mais atual e um velho. A Fiat nesse momento vc só tem um utilitario moderno e o carissimo Freemont.

                • E tem o meio velho, meio novo Mobi… As três grandes estão precisando evoluir muito.

        • pedro rt

          o c3 so vende bem qdo da desconto vendendo o 1.5 por 40mil

        • Marco Antônio

          208 nem se vê.. E nenhum Nissan. As duas realmente são bem medíocres no Brasil!

      • Pacheco

        Caramba… a Toyota acertou mesmo o carro hein.

        Se ela fizer uma promoção boa, ele pode até chegar no top 5 hein.

        • pedro rt

          a toyota nunca da desconto e qdo da tira pouco

          • Pacheco

            Agora que vai dar menos ainda, o carro parece que emplacou em vendas.

            • pedro rt

              eu sempre vou no showroom da toyota aqui da minha cidade que fica dentro do shopping e vejo o etios sempre com o msm preço de tabela, e com algumas pessoas la olhando ele de vez enquando. pode-se conseguir descontos generosos no modelo 2016 que ainda tem em estoque de algumas css…

              • Pacheco

                Sim, podem dar desconto no antigo, mas pede o charme da versão nova. Eu só compraria o atual.

                • pedro rt

                  vou comprar um no começo do proximo ano, sera um XS nao ainda sei se sera o hatch ou o sedan. se for o hatch sera automatico

                  • Mr MR8

                    Já fez um test-drive nele, amigo? Gosto de carros japs, mecânica Toyota é muito confiável tb, mas não consegui achar posição confortável p/ dirigir o Etios, nem me acostumar c/ aquela falta de painel no lugar onde ele deveria estar — de jeito nenhum!!

                • Edson Fernandes

                  Eu também, mas tem uma sacanagem da Toyota no Etios 1.3 automatico: Ele foi citado que teria controlador automatico de velocidade… e no entanto, não possui!

                  Veja como eu desisti da compra… porque pra mim só se o 1.5 custasse o que o 1.3 X custa para ter oque gostaria. Tristeza viu.

                  • Pacheco

                    Deveria ter, pq o melhor do cambio automatico é o controlador de velocidade.

                    • Edson Fernandes

                      Pois é… penso o mesmo. Para mim é necessário.

                    • Pacheco

                      Com esses radares em SP, o controle de velocidade evita até multas. Entrou na marginal e já coloca. Qualquer avenida de fluxo continuo já coloca. É a melhor coisa.

                      Ajuda bastante e melhora o conforto… vc fica com os pés livres. Uma rodovia reta é perfeito com ele… coloca 110km/h, fica ali na faixa central e vai curtindo a musica.

                    • Edson Fernandes

                      É isso mesmo. E atualmente faço isso no meu carro qdo dá pq nem sequer tenho conseguido andar a mais de 15km/h (sem exageros)

                    • Pacheco

                      Sim, na Aricanduva de manhã mesmo não da pra passar da velocidade maxima. É carro, moto, onibus, acidente, veiculo quebrado. Infelizmente SP é travado.

      • pedro rt

        sera q vai passar o hb20s no fechamento do mes? so for vai ser a 1° vez desde qdo foi lançado q ele passou o hb20

        • A unica chance do Etios Hatch passar o HB20S, é se conseguir roubar as vendas do mesmo. A principio parece que está conseguindo, embora eu duvide passar.

          • pedro rt

            in off- eu li essa semana o comparativo entre o hb20 1.0 turbo, up! tsi e hb20 1.6 e sinceramente nao sei se o hb20 vai crescer mais tanto em vendas pq ele ja estagnou por nao oferecer mais nenhuma novidade, fora q nesse comparativo ele perdeu pros 2 modelos, enquanto q o etios ainda esta em processo de evolucao de mercado e nao chegou ainda ao seu amadurecimento de produto e vendas

            • Jackson A

              Tipo o Onix ? Essa logica não funciona, é falha.

            • Zoran Borut

              O Hb20 Turbo foi lançado como opção intermediária e portanto mais em conta que o HB20 1.6. E em relação ao up! TSI, leve em conta que o carro não é só motor; o apelo do HB20 frente ao up! é o deisgn, tanto externo quanto interno. HB20 Turbo concorre mais com Onix 1.4 e outros modelos nessa faixa.

          • pedro rt

            in off2- o sandero ta caindo nas vendas, acredito q isso melhores em agosto com o lançamento dos novos 1.0 3 cilindros e 1.6 16v q a marca ira lançar em agosto, alem da reestilizacao q ira chegar em 2017 como possivel linha 2018. torço pelo aumento de vendas dele pois e um excelente produto, sempre tive vontade de ter um e nunca tive.

      • VW_Freak

        hahahaha

      • Kaian Reis

        em que site você vê isso?

  • Bruno Silva

    O hatch já está em 10º e o sedã em 13º nas vendas. Ou seja, capaz desse mês a Toyota partir pra cima da Hyundai. Pra mim, é melhor opção até 47mil, automático confiável e bem escalonado, e um carro relativamente equipado (só comprar um som).

    • pedro rt

      o etios ta fzendo sucesso msm… entre taxistas que tinha spin, prisma. voyage, siena e cobalt aqui ta tudo trocando por etios sedan. e aqui no condominio onde moro ja tem mais um etios sedan na garagem, agora sao 2.

      • Pacheco

        O Cobalt ainda ficou caro e feio, o Etios cresceu nesse mercado.

        • pedro rt

          vejo mais nas ruas daqui o sedan do q o hatch. mas ontem vi um hatch X 1.3 2017 vermelho passando na minha frente, nao deu pra ver se era manual ou automatico mas as novas calotas melhoraram a aparencia dele

          • Pacheco

            Sim, tbm vejo muito sedan branco de taxi. E já vi um preto na UBER. kkkkk

            • pedro rt

              aqui no meu condominio tem um sedan XS branco perolizado e um sedan X vermelho furia mas nao sao taxi, sao particular msm

      • Edson Fernandes

        É porque realmente a manutenção dele é barata.

        As peças também são e esse negocio de manutenção de motor cara sendo 16v é o que fez o Etios torcer o nariz nesse aspecto. E taxista precisa de espaço interno, bom motor além de custo de manutenção baixo. Não é a toa que o Etios tem feito sucesso mesmo.

        Só me espanto do pessoal de Uber não adquirir. Alias nenhum Toyota por sinal.

    • Mr. On The Road 77

      Acho melhor partir logo para um XS aut…

      • Edson Fernandes

        Pois é… considerando o que ele oferta… parece ser melhor opção mesmo.

  • Douglas Luz

    Excelente carro para o dia-a-dia dos grandes centros. É honesto, ágil, econômico e confiável. Claro, não serve para desfilar na porta da baladinha nem pra jogar Super-Trunfo na mesa do bar com os amiguinhos (afinal, são “só” 4 marchas, né sr. piloto?), mas entrega o que promete. E tem um preço muito mais coerente que o letárgico Onix AT e que o melhor-hatcback-do-MUNDO do HB20 AT.

    • Juliano

      Sim, pra utilizar como o automóvel foi pensado para ser (um meio de transporte) está mais do que bom. Mas pra utilizar como brasileiro gosta (ornamento) ele ainda faz feio, ou melhor a Toyota o fez feio rsrsrs, mas nesse caso o logotipo ainda salva e arranca brilhos dos olhares dos vizinhos.

    • Pacheco

      Isso é bom pq não chama atenção. É um carro que se mistura no transito e no dia-a-dia.

    • Sério que você acha que ter uma Sexta marcha transformaria um motorista em piloto? Então Onix e HB20 (Se não viu eles na tabela, olhe para cima) são karts?

      • Douglas Luz

        Não, não viram karts. Mas não faz sentido reclamar do câmbio 4 marchas se o carro apresenta bons números de consumo e desempenho com ele. Reclamar sem no mínimo ter dirigido o carro só mostra como o número de marchas em hatches básicos é mero fator psicológico. O Onix com seis marchas tem consumo e desempenho apenas razoáveis.

        • Pacheco

          Colocaram 9 marchas no Evoque e ele anda menos que a versão anterior de 6.

          • -E o HB20 melhorou com 6 marchas
            -Focus com Powershift em relação ao AT4
            -Peugeot 408
            -Corolla CVT em relação ao AT4.

            Usar um exemplo que corrobora sua tese e “esquecer” dos outros não é honesto. Em tempo: Você comenta o resultado da 4 Rodas, mas porque não fala da Car and Driver e do UOL Carros, que atestaram a melhora no consumo com 9 marchas?

            • Pacheco

              Simplismente pq eu não li essas revistas… kkkk

              Mas do HB20, Focus e Corolla é nitida a melhora não só em desempenho, como em consumo na troca do cambio.

            • Guilherme Eduardo

              Do meu ponto de vista a Toyota fez isso pra ter algo na manga caso seja necessário. Basta trocar o AT4 pelo CVT.

              • Acredito que seja a velha economia mesmo. E um mercado pouco exigente.

                • carroair33

                  Aqui o mercado é pouco exigente realmente ,basta ver o quanto vende um HB20 ,sabe pq ? Pq é um carro bonito nada nais,enquanto o ETIOS que tem QUALIDADES sempre é alvo de criticas tais como:é um carro feio,painel pareçe uma balança filizola e outras merdas mais que nem vale a pena citar,realmente é um pais de tolos mesmo todo mundo so vai atraz de um rostinho bonito

                  • Então HB20 só tem beleza e não tem qualidade? Qual sua experiência com o carro?
                    E desculpa: Acho o Étios um bom carro. Mas já dirigi um em uma viagem e a posição do velocímetro era ruim SIM. Podem criticar o carro a toa, sem ter chegado perto, mas isso pelo menos é uma constatação.
                    Mas estou curioso para saber seu conhecimento do carro piracicabano. Qual é?

                    • carroair33

                      Primeiro a posiçao do painel nao é ruim é apenas diferente,quanto ao HB20 ja dirigi os dois tanto o ETIOS como o HB20,esse ultimo muito apertado principalmente atraz,suspençao batia com qualquer buraquinho,mas beberrao do que o Etios,o Hb20 é tao baixo que pareçe que vc esta sentado no chao e pra encerrrar,os sites de reclamaçoes esta repleto de ocorrencias graves do HB20,enquanto do Etios sao problemas de baixa relevancia,como atrasou o documento,nao tem hora pra agenadr revisao….

                    • Desculpa, acho que você não leu direito: Eu não falei que achava que a posição do painel é ruim. EU DISSE que a posição do painel é ruim. Ali, durante quase 500 km no banco do motorista. Não estou falando do relato dos outros. A posição é ruim sim. O resto das suas mentiras nem deveria comentar. O HB20 tem menos espaço interno sim, mas isso não é um defeito do carro mas uma característica. Para minha irmã que tem duas filhas pequenas o espaço dá e sobra. Hb20 baixo? Vejo que você não conhece nada de carro. E não sabe diferenciar defeito de característica. Pois o Hb20 tem um bom consumo, e acredito que para medir isso você precisa ter o carro durante um tempo, não somente dirigir. Ia responder sua mentira sobre batida de suspensão, mas acho melhor você usar o recurso do corretor ortográfico antes. E o nível de reclamações dele é bem baixo comparado a alguns concorrentes, essa sua generalização e mentira não faz sentido. Da próxima vez tome os seguintes cuidados: Não discuta com quem CONHECE os dois carros, não apenas “dirigiu”. Diferencie defeito de característica de projeto. Não invente coisas. Melhore o português.

                    • carroair33

                      Nossa da proxima vez nao falo mais dos defeitos ou carcteristicas do seu “pupilo” hb20 mas entendo sua posiçao de FÃ mas que TOYOTA é bem melhor que HYUNDAI A É….

                    • Pupilo quer dizer aluno, não faz sentido no contexto que colocou. Sério, deveria melhorar sua leitura, por você mesmo, para ter mais condições de entrar em um diálogo e não passar vergonha. Mas deixa eu ver: Você me considera fã da Hyundai e não se considera fã da Toyota, certo? Achar um produto melhor que outro torna alguém fã de uma marca? Raciocínio infantil. Acho o Golf um carro melhor que Focus, então pelo seu “raciocínio” eu sou fã da VW, certo? Pois eu não só compraria o Ford, como faria isso em qualquer categoria que as duas concorressem. Em vez de discutir preferências de usuários ou os próprios usuários, discuta as idéias que ele coloca. Pessoas grandes discutem idéias. Pessoas medianas discutem eventos e pessoas pequenas discutem pessoas. Qual o tamanho que quer para você.
                      Você pode falar o que bem entender. Só precisa saber o que fala e não mentir.

                    • carroair33

                      Nao sou fã mas sou um admirador como a maioria dos consumidores de carro do planeta,é da TOYOTA,,e continuo a nao concordar com vc no que diz respeito a qualidade do hb20 ser melhor que do etios pq nao é,o hb20 so tem um rostinho bonito nada mais,e lembre-se a HYUNDAI ate 20 anos atraz nao era nada,fez o hb20 apenas para desbancar o GOL e agora ta vendo o mesmo subir nas vendas e ameaça-lo novamente

                    • Está vendo como precisa melhorar a sua interpretação de texto: Procure onde eu escrevi que o HB20 é melhor que Toyota…
                      Sério, dá um desânimo. Uma P**a ferramenta como a Internet, e em vez de evoluirmos estamos regredindo. A pessoa não aproveita a voz que tem para evoluir. Digita com o fígado. Na pressa de estar com a razão, nem consegue ler o que escrevem e já saem rebatendo. Porque será que as pessoas acham que agora por elas poderem dar opinião elas TEM que dar opinião, mesmo sobre o que não conhecem?

        • “…Reclamar sem no mínimo ter dirigido o carro só mostra como o número de marchas em hatches básicos é mero fator psicológico…”

          Assim como exaltar um carro se saber como seria com um câmbio mais moderno, não?

          O carro apresenta números bons de desempenho e consumo, isso é inquestionável (Entenda, gosto do carro, acho ele se não a melhor opção, uma das melhores), mas quanto melhoraria com um câmbio mais moderno? Se aceitarem que o câmbio atual é bom, nunca saberemos. O consumo dele e desempenho seria pior com 6 marchas/CVT?
          Corolla com esse câmbio também tinha consumo bom. Mas com CVT ficou melhor.

          • Mr. On The Road 77

            Para ser pior com mais marchas ou CVT, só se a Toyota ‘cagasse’ no escalonamento do câmbio. kkkk

            • A única questão que poderia ser levantada seria o aumento de peso do conjunto. Mas aí os profetas do atraso dirão “Prefiro um câmbio 4 marchas bem escalonado que um 6 marchas mal escalonado”, que para mim funciona mais ou menos assim: “Prefiro um motor 1.0 com oito válvulas em um carro de entrada que um motor 1.0 16V em um sedã médio”. Sendo que a pessoa não poderia pensar no carro de entrada com motor 1.0 16V? Raciocínio igual aos defensores do Étios: “Prefiro 4 marchas dele bem ajustadas do que de 6 marchas que foram mal escalonadas”. Porque não preferir o Étios com 6 marchas bem escalonadas então? E olha o tanto que a Peugeot era critica por isso. E qual seria o carro automático com 6 marchas mal escalonadas hoje?

              • Edson Fernandes

                Nem mesmo o Cruze já que esse foi muito reclamado no passado. Gostei das suas respostas, alias quase sempre é assim, mas dessa vez me agradou pois, fico pensando nisso mesmo. Poxa até qdo vamos aceitar atraso tecnologico?

                E o pior é pensar que existe na Toyota as duas opções de cambio (6 marchas e CVT). Eu estou curioso com o March.

              • Zoran Borut

                Então no seu raciocínio quanto mais marchas, mais moderno o câmbio? Neste caso o câmbio manual mais avançado que o Brasil teve foi o do Siena e Palio Weekend 1.0 Seis Marchas do fim dos anos 90?

                • MMM

                  Nao, ja existem muitos manuais de 6 marchas mais modernos.

                • Não, você não entendeu meu raciocínio. Mas posso te responder com outra pergunta? Quantas marchas tinham os automáticos da década de 70? Três, correto? Na década de 80 apareceram uns 4 marchas (O mundo começava a procurar soluções multimarchas, principalmente os japoneses com o CVT). Na década de 90 alguns já começavam com câmbio de 5 marchas (alemães) e nos anos 2000, alguns ingleses e alemães já usavam câmbio de 6 marchas. A Toyota gastou grana no desenvolvimento desse câmbio do Étios? Não, aproveitou o que estava na prateleira. Você acha que alguma empresa hoje investiria no desenvolvimento de um câmbio de 3 ou 4 marchas (Só para constar: Elétricos não tem câmbio. Eles tem potenciômetro)? Já reparou que os de dupla embreagens são pensados sempre sobre câmbio de 6 marchas, não de 4 ou até mesmo de 5? Câmbios de 6 marchas viraram padrão nos médios hoje, ou soluções de infinitas marchas como no Corolla. E os novos desenvolvimentos falam em câmbio de 7, 8, 9, 10 marchas. E olha só: 10 anos antes os carros que estavam nos lugares dos carros que você citou tinham câmbio de 4 marchas. E 10 anos depois voltaram para os de 4 march.. Ops, não, diminuíram para 5! Então, agora responda sua própria pergunta: Número de marcha tem a ver com modernidade?

                • Aliás, vou rebater a pergunta: Carros de 16V são mais modernos que de 8V? Porque esses dois modelos citados tinham 16V nessa época e hoje tem versões de 8V.

                  • Zoran Borut

                    Os modelos 1.0 com seis marchas da Fiat não dispunham de motor 16V, era o velho Fiasa com 61cv. Quando lançou o Fire 1.0 16V, a Fiat deixou de ofertar o câmbio de seis marchas.

                    Porém, vejamos por outro ângulo: hoje em dia, todas as montadoras estão trocando os motores de baixa cilindrada (1.0) de quatro cilindros por novos motores de três cilindros com 4 válvulas por cilindro. Poderíamos dizer então que o GSE que a Fiat pretende lançar, se tiver apenas 2 válvulas por cilindro, não será um motor moderno? Mesmo que ele entregue todo o torque possível em baixa rotação, com isso ofertando baixo consumo e bom desempenho em ambiente urbano, para o qual se destina?

                    Da mesma maneira, um câmbio automático deixa de ser moderno apenas por causa do número de marchas? Mesmo que poucas marchas sejam necessárias para que ele aproveite o melhor possível o motor com o qual terá que interagir?

                    Nem sempre uma solução moderna é uma solução eficiente e eficaz. E se não for eficiente e eficaz, não vale a pena modernidade nenhuma.

                    • O exemplo das 16V não foram sobre esse modelos específicos, mas é uma comparação baseada no que você falou: O fato de hoje modelos que já foram 16V usarem 8V, não significa que motores multi-válvulas não sejam mais eficientes. Foi uma questão de custo, porque os fabricantes viram que estavam oferecendo melhorias que os clientes não pagariam a mais para ter.
                      Sobre o GSE: Na engenharia não tem milagre. A Fiat está oferecendo uma solução tecnicamente inferior à Ford, VW e Hyundai. Essa de “torque em baixo custo” é uma das grandes falácias que usaram para defender o atraso que se encontramos. Desafio a qualquer um a dizer um motor 16V que na sua versão 8V tem em determinada rotação mais torque. A questão é que em baixa alguns eram muito parecidos. Zetec, AP, Renault… Mas inferior, nunca. Ele pode cumprir seu papel em baixas rotações como no caso de Hyundai, VW e Ford. Mas não atenderá nas altas, como os motores concorrentes, e não é desconfiando da capacidade técnica da Fiat. É que não existe milagre em mecânica.
                      “Da mesma maneira, um câmbio automático deixa de ser moderno apenas por causa do número de marchas? Mesmo que poucas marchas sejam necessárias para que ele aproveite o melhor possível o motor com o qual terá que interagir?”
                      Como já te falei, sabe de algum fabricante de carros ou transmissões desenvolvendo um câmbio de 4 marchas? Porque eles não fazem isso, se o número de marchas não tem nada a ver com modernidade? E o discurso do número de marchas é similar ao da defesa do 8V: Um câmbio com mais marchas seria muito melhor para explorar o motor, e não o contrário. Novamente não tem milagre: Um câmbio de 6 marchas permitira explorar o motor da Toyota muito melhor que um 4 marchas.

              • “E qual seria o carro automático com 6 marchas mal escalonadas hoje?”
                R. Olhe o consumo do Onix 1.4 manual vs automatico. O Onix automatico tem pessimo consumo de 10 e 12 (cidade estrada), enquanto que o manual sao 12 e 14.

                Automatico 10 e 12
                Manual 12 e 14.

                Perdeu 2 km, enquanto que no Etios é apenas 1 km, e no motor 1.5 é 1 km só na estrada. E a culpa no Onix nem é do motor, pois o Onix automatico tem classificação D, enquanto que o manual é A. Me desculpa, mas como sempre é muito super trunfo nos foruns.

                • Não é super trunfo: É alguém que adora a cultura japonesa, cultuando um carro de uma empresa japonesa feito no Brasil, por brasileiros. “Ah, mas é um projeto japonês”. Não, é indiano. Assim como Gol, Palio, Meriva, Ecosport são brasileiros e não alemães, italianos ou anglo-americanos. Mas faltou os dados do Étios 6 marchas para comparar. Ah, você não tem, não é? E ninguém vai ter enquanto continuarmos aceitamos pouco pelo que pagamos. O 308 piorou com marchas a mais? O Corolla piorou com o CVT? O Hb20 piorou com as marchas a mais? Concordo que o Étios é uma das melhores opções que temos, se não a melhor, o que não podemos é abrir a pouca para enaltecer algo que poderia ser bem melhor, principalmente quando a exigência é bem seletiva. O desempenho e o consumo são bons? São muito bons. E seriam ainda melhores com câmbio mais moderno. Mas não liga não. Se tem gente que idolatra político, idolatrar fabricante de carro só porque admira a cultura do país dele é até aceitável.

                  • Voce tem problema de interpretação; Adora cultura japonesa? kkkkkk. Creio que nunca mencionei tal palavra. Nao postei os dados do Etios manual de 6 marchas? kkkk. Que parte desse trecho voce nao entendeu?

                    “……..enquanto que no Etios é apenas 1 km, e no motor 1.5 é 1 km só na estrada.”.

                    1 km entre Etios 1.3 MANUAL e Etios 1.3 automatico, e no motor 1.5 foi 1 km só na estrada;

                    Pega voce lá os dados do consumo do Etios entao. Nao postei pois achei desnecesaario, já que fiz a comparação da perda de consumo. Mas se voce quiser, posto aqui em NEGRITO para ficar mais bonito ainda.

                    Etios 1.3 (cidade e estrada)
                    Automatico 12 e 13
                    Manual 13 e 14

                    Etios 1.5
                    Automatico 12 e 13
                    Manual 12 e 14

                    Onix 1.4
                    Automatico 10 e 12
                    Manual 12 e 14.

                    Consegue interpretar agora, ou precisa desenhar? Onix 1.4 perdeu 2 km entre o cambio manual e automatico. Enquanto que o Etios 1.3 perdeu 1 km entre o cambio manual e automatico, e no Etios 1.5 houve perda SOH na estrada.

                    Ainda nao entendeu? Inmetro te explica, Etios tanto manual como automtaico tem classificacao A, enquanto que o Onix 1,4 teve classificacao A no manual, porem D no automatico.

                    ohhh, o supremoooo 6 marchas. Deve ser golpe do inmetro.

                    Agora guarde seus haterismo, e ao menos traga dados sem ficar pedindo pros outros fazer. Ah, e sim, nao sei dirigir, nao sei ver dados, nao sei nada.

                    “Se você tivesse colocado o custo do câmbio, seria completamente
                    aceitável. Se não me engano ela custa tanto quanto o monoembreagem da Fiat”.
                    R. Sim claro, eu tenho dados de custo de uma empresa. Como pude esquecer disso.

                    “Não, o Onix não tem câmbio mal escalonado. A perda de desempenho e consumo segue o padrão para câmbios automáticos. O problema do Onix é claramente motor, que não tem o desenvolvimento que deveria ter.”
                    R. Pode cre, deve ser golpe do inmetro.

                    “Agora, coragem para comparar um carro que não mudou o motor como o Hb20 mas mudou o câmbio ninguém tem. É mais fácil pegar um exemplo que corrobora com seu pensamento, mesmo que ele seja exceção.”
                    R. Excessao, pode cre, Eh porque eu sou petista, entao sabe como é ne.

                    Voce venceu man, nao tenho dados que comprove nada, a unica que eu tinha é golpe do inmetro. Quanto ao custo do cambio, eu nao tive autorização da Toyota para postar aqui.
                    “Se a sua resposta foi “Onix” em relação a ter câmbio mal escalonado, aí receio que você não saiba o que signifique a palavra ou não saiba dirigir”
                    R. Tem razao, nao sei dirigir, e nem sei o siginficado da palavra.

                    .

                    • Quem falou dos dados do custo para o fabricante. Isso para mim é irrelevante. O que vale é o custo para o consumidor final.
                      Nem falei nada sobre os dados que você falou. Considerei que eles eram válidos. Golpe do Inmetro? De onde tirou isso do que escrevi?
                      Desculpa, além de claramente fanboy da Toyota (E olha que é a primeira vez que escrevo isso para alguém aqui), você tem claros problemas de inteligência baixo intelecto. Você criou um mundo de suposições dentro dessa sua cabecinha, que nada tem a ver com o que falei. E fez um rodeio para não falar do HB20, do 308, do próprio Corolla. Hater? Eu elogie o carro que tive oportunidade de dirigir. Só critiquei um aspecto, embora reconheça que a indústria japonesa faz câmbios tão bons que já estão chegando no nível das alemãs. Da década de 90. Petista, Golpe do Inmetro, Hater…. Sinceramente, não sei se o problema é só de inteligência ou doença.
                      Acho que você sempre trouxe coisas interessantes para o site e por isso sempre te admirei. Mas você é apenas mais uma criança que não tem maturidade para lidar com as críticas. Pode ser até fabricante de carro. Mas precisa crescer como pessoa.

                      Abraço.

                    • De uma lida denovo acima, que eu estava ainda editando depois de postado (minha mania). Como voce chegou rapido demais, acho que perdeu alguma coisa. Enquanto isso, deixo aqui ler o que voce escreveu. EMbora achu que deve ter metido o peh em mim. kkkkkk.

                    • Na verdade nem tinha como meter o pé. Não dá para responder sobre coisas creditadas a mim que eu não disse.

                    • Pronto, eu li. Era peh mesmo. kkkkkk.

                      “Quem falou dos dados do custo para o fabricante. Isso para mim é irrelevante. O que vale é o custo para o consumidor final.”

                      Ok. Eu achei que tivesse falado do custo para o fabricante, mas pelo visto voce quis dizer custo final para o consumidor. Entendi esse ponto de vista, mas o custo final para o consumidor tem N motivos, nao pode se comparar entre duas marcas, embora eu aceite tal comparação.

                      “Nem falei nada sobre os dados que você falou.”
                      R. Ahan, nao falou nada sobre os dados? Mas falou da “suposta” ausencia neh. O que seria essa sua frase entao: “………Mas faltou os dados do Étios 6 marchas para comparar. Ah, você não tem, não é?…….”

                      “Desculpa, além de claramente fanboy da Toyota…………. Só critiquei um aspecto……. Mas você é apenas mais uma criança que não tem maturidade para lidar com as críticas….”

                      R. Eu preciso responder isso? kkkkkkk. Primeiro que eu já mencionei (acho que foi anteontem) que sou fanboy dos asiaticos. Claro, exceto os carros chineses, pois nao tem como eu torcer. Lembrando que fanboy nao de paga pau, e sim de fan de torcedor. Eu quero é o dominio dos asiaticos no rank do brasil, e dos top 20, oito sao asiaticos. Embora voce vai dizer que o carro é de origem X, mas voce entendeu né. Emblema/logomarca.

                      Eu torço, mas nao distorço. Credu. kkkkkk. Eu te chamei de hater, pois voce enaltece UM ponto que voce acha ruim, e faz uma tempestade no copo da agua. Isso eu achamo de hater. Isso não é critica, é haterismo mesmo. Eu enalteço pontos reais, e critico CLARAMENTE e por diversas vezes os pontos escrotos. Quem mais debochou do Etios todo esse tempo aqui no NA foi EU. Eu que postava as fotos de firizolla, eu que postava direto e ainda posto sobre a feiura desse carro, da qual pra mim de longe é o carro mais feio que eu já em toda my life.

                      E voce vem me chamar de fanboy? kkkkkkkk. Quem foi que postou a foto do Etios com o farol do kicks? Foi EU. Ainda vai me chamar de fanboy? Eu posso ate torcer, e de fato eu torço, mas nao omito. Nisso voce vai ter que concordar, e nao abro a mao.

                      “E fez um rodeio para não falar do HB20, do 308, do próprio Corolla.”
                      R. Nao fiz rodeio (alias odeio rodeio). Da mesma forma que voce criou suposição que um CVT iria melhor o consumo do Etios, ou se bobear teria um consumo superior ao manual (o que nao duvido), eu posso dizer que poderia piorar ou ficar na mesma com do 4 marchas. Nao tenho dados da Toyota testando com cambio CVT, logo tanto sua opiniao e a minha, sao apenas suposições. Isso sem falar que CVT sem marchas simuladas voce iria criticar do mesmo jeito, dizendo que o motor fica com giro alto e bla bla. Sou realista, meto pau em qualquer marca, doi a quem doer. Ops, parece a Dilma. kkkkkk. A realidade é que o seu supremo cambio de 6 marchas comeu o Onix, e o cambio de 4 marchas nao comeu o Etios 1.3 e no Etios 1.5 se quer houve alteração na cidade.

                      Isso é a realidade, agora se com CVT seria melhor ainda, isso nao cabe a mim, NEM a voce declarar que seria melhor, afinal é uma suposição. Ai voce vai me dizer que “ah mas o HB20, o 308 etc.” Ai eu vou dizer “ah mas o Onix”….

                      Pela internet, cada um fala o que quer, eu voce, e demais. Tudo é lindo pra um, e tudo é ruim pro outro. Isso é normal ate certo ponto, desde que ambos tenha algum argumento valido. Eu considero meu argumento valido, pois eu trouxe fonte. E para mim o seu argumento é suposição, já que nao tem fonte que prove a sua tese direta. No mais, vou responder bem educado, critique com dados ou alguma fonte. Procure tambem elogiar de vez em quando, pois sinto que voce está toda hora levantando poeira onde nao tem. Se nao é isso, ao menos essa é a impressao que deu.

                      E se teve impressao que sou fanboy, nem critico, pois pareço mesmo. kkkkkk. Mas critico os pontos ruins, isso é um fato.

          • Luis LC

            Com quatro velocidades não era econômico não, talvez na época que foi lançado tudo bem mas com o tempo foi ficando bem defasado nesse quesito. Tive três Corollas (ainda tenho uma Fielder com 230K) e na reta tudo bem mas uma subidinha, e dá-lhe terceira. O consumo caia pra caramba, 110 – 120 km/h na estrada era de 11 – 11,5 km/L, nada demais

        • Rafael Henrique Arruda

          O Etios tem 4 marchas, mas o gerenciamento é atualizado e nota 10. Já o onix tem 6 marchas, mas o gerenciamento é ruim, ela é lenta é muito focada no consumo.

          • Minha experiência com o Onix automático foi completamente diferente do seu. Já pensou que o problema pode estar no motor 8V?

    • Lucas Mendanha

      Como sempre, melhor um cambio com menos marchas bem calibrado e casado a um motor elástico do que um 6 marchas num motor picudo, que nao sabe qual marcha usar…

      Tem muito manjador ai pra discordar disso..

      • Manjador? Hehehe… Você saberia me dizer que caro 6 marchas “não sabe” que marcha usar?
        Eu digo que carros 4 marchas sabem que marcha usar dos 80 ao 120. Mas não importa qual seja. Será a errada.

        • Lucas Mendanha

          Beleza fera..

          to afim de discutir esse assunto com você pela 30° vez nao.

          cara chato…

  • shdn2010

    Vou contar uma coisa… sempre achei esse carro feio e sem graça… semana passada estava na toyota fechando um corolla, e por curiosidade sai dar uma volta num etios.. mudei meu conceito, o carro é otimo, e gostoso de se guiar, realmente mudei de opiniao apos o test drive… se fosse para comprar um hatch com certeza seria minha escolha.

    • Comprou um corolla? Se prepare para as pedras; kkkkkk

      • shdn2010

        kkkkkkkkk podem apedrejar vou continuar feliz com minha escolha..kkkk

      • mauricio

        mulher nao entende nada de carro

        • Pacheco

          Se for a do vestido ai, nem precisa entender… kkkkk

        • pedro rt

          a maioria nao entende msm, so acha bonito e vai logo correndo pra comprar um

    • Kadu

      O comentário foi para dizer que estava fechando um corolla? Até pq é Etios a matéria… heheheh

      • shdn2010

        Leia meu comentário de novo cabaç* que vc vai entender o que eu disse sobre o etios.

        • Cuidado com esse tipo de comentário ofensivo pois você pode ser banido.

          • shdn2010

            Vixi, acho que existe coisa muito pior nos comentários para vc vir encher o meu saco, fique a vontade. Minha vida vai continuar!

            • Edson Fernandes

              Tudo bem, então você está banido por ofensa.

        • Kadu

          Calma jovem rs
          Mas comprou o Corolla?

  • fbl

    Uma compra racional, apesar da simplicidade. Excelente carro.

  • MarcioMaster

    Se fosse chines não vendia um seguer.

  • Jurandir Filho

    Cara, penso seriamente em comprar um Etios AT pra patroa, hoje ela possui um picanto AT e é doida pra ter um hb20 ou um 208(por pressão minha), só que a versão automáticas 0km desses ultrapassam fácil os 50 mil… Sempre quando vejo o Etios, falo pra ela: “amor, olha o Etios, tem automático”, ela responde: “Até que é bonitinho, mas meu sonho é o hb20” kkkk

    • pedro rt

      compra o etios, ela vai amar dirigir ele. o hb20 e bom e bonito mas o automatico bebe bem… fora q o espaço interno e ruim, e a mesma coisa de um gol.

      • Mr. On The Road 77

        Melhor comprar o HB20 do que dormir com os mendigos… kkk

      • Edson Fernandes

        O HB20 1.6 com AT6 não. Se vc olhar os comparativos verá isso.

        • E mesmo o AT4, se souber usar o acelerador, fica bem econômico. Consigo fazer médias sempre acima de 10 km/l na cidade com gasolina Grid num HB20S AT4 e até 16 km/l na rodovia, o qual tenho vídeo confirmando isso e controle pelos quilômetros rodados, versus litros abastecidos.

    • Edson Fernandes

      Olha… nessa sua situação, eu só compraria com o aval da mulher, mas o meu seria enfatico… ou vai aceitar esse que é o que possa oferecer ou vai andar de hb20 manual… escolha…rs

      Digo isso em relação a preços. Minha mulher tem a cabeça aberta e já entenderia, ainda que ela goste visualmente do HR-V eu sempre cito que ele é tão duro qto um Civic (e é mesmo, DNA da marca).

      • Jurandir Filho

        Vou levá-la pra dá uma volta nos carros, mas acho que se ela entrar num hb20 e num 208 então, nem vai querer saber de Etios kkkk, fo..a é a diferença de 7 mil entres as versões.. vou ver usados pra ver se vale a pena financiar já que os juros são maiores pros seminovos…

        • Edson Fernandes

          Esse é o problema… financiamento. Eu hoje se fosse partir para um usado teria de ser realmente manual.

    • Rafael Henrique Arruda

      Compre o HB20. O Etios é excelente para o bolso, mas para quem sonha com o carro “lindo” q sempre ouço por aí, n adianta, ela vai adorar o Eitos ao dirigir, mas vai continuar pensando no HB20. Há a frase, mais vale um gosto do que dinheiro no bolso. Lembre-se, o Hb20 ainda bate suspensão traseira no modelo 2016.

    • Guilherme Eduardo

      Leva ela para fazer o teste drive dos dois!

    • Guilherme Eduardo

      E mostra (se possível) uma terceira opção, como o Peugeot 208. Ajuda a encontrar os defeitos/vantagens no que ela quer.

      • Jurandir Filho

        O lance é que os “concorrentes” apesarem de serem bem mais modernos (e bonitos), custam, no mínimo, 5 mil a mais em suas versões 0km, vamos olhar os seminovos e ver se os juros compensam, já que vamos financiar…

  • Derek

    Por fora até dá para engolir. A mecânica, com certeza, é confiável. Acredito que a dirigibilidade é muito boa. Mas este carro é intragável, para mim, no interior. Se a Toyota simplesmente fizesse um design “feijão com arroz” para o interior deste carro, tenho certeza que atrairia mais compradores.

    E eu não sei quanto aos demais leitores, mas este exagero de black piano no painel só piora a situação (vide o interior de algumas versões do up!, acho muito feio).

    • Mr. On The Road 77

      Para você ver como é ‘gosto’: acho insuportável por fora e razoável por dentro.

      • Zoran Borut

        Já comigo é o oposto: acho tolerável por fora e insuportável por dentro.

    • Edson Fernandes

      E ainda… eu prefiro o tom claro do interior de antes do que esse black piano do atual.

    • Fábio

      “Acredito que a dirigibilidade é muito boa.”
      Ou seja, o cara nunca dirigiu um.

      • Derek

        Sim, minha opinião da dirigibilidade foi baseada em opiniões de quem dirigiu.

  • beto

    É de doer que nos dias de hoje ainda se fazem carros tão mal acabados.

    • Mr Andrey

      E mto feio msm

    • Kadu

      Eu nem acho de doer o fabricarem, acho que é de doer pagar esses absurdos que são!

    • Onde estaria o acabamento ruim dele?

    • Pacheco

      No segmento, qual carro tem acabamento Premiun?

      • Mr. On The Road 77

        Olha, nenhum deles. Mas o 208 ou até o C3 não menos piores

        • Jackson A

          Mas são mais caros.

          • Mr. On The Road 77

            O 208 mais barato tem preço próximo ao Etios mais barato, não?

            • Edson Fernandes

              Mas tbm não é automatico tbm.

            • Zoran Borut

              O 208 básico manual custa cerca de 5 mil a mais que o Etios básico manual.

  • Mr Andrey

    Coisa feia, porém tem suas vantagens, assim como outros carros..

  • Mayck Colares

    Isso me faz lembrar como a Renault foi infeliz em tirar o câmbio de 4 marchas automático do Sandero.

    • pedro rt

      verdade, era melhor aquele cambio automatico de scenic do q esse automatizado eletrico de hj

      • Pacheco

        E pra quem gosta de cambio que faz redução, ele era perfeito. Cambio frances gosta de dar aquela reduzida sempre que vc pisa no freio.

    • rodrigomalc

      Mas o AT4 do Sandero não era o jurássico AL4/DP0 que deu tanta zica no Megane e nos PSA?

      • pedro rt

        o do sandero/logan era o msm usado no scenic 2.0 q hj e usado somente no duster 2.0

      • Pacheco

        O cambio do megane é diferente do cambio do 307/C4 Pallas.
        São cambios distintos, porem tem o mesmo ajuste frances. Ele segura marcha, reduz fazendo punta-tacco e o bloqueia o conversor de torque desde a segunda marcha.

        • rodrigomalc

          Tive um Megane 2009 2.0 AT, e a Renault nomeou esse cambio de DP0. Até onde eu sabia, era o mesmo AL4 da Peugeot e Citroen, mas com diferenças na parte eletronica só… Inclusive nos posts do Renault Clube se não engano o povo recomendava comprar as solenóides do AL4 que davam certinho e eram mais baratas….

          Eu tinha saido de um carro manual pro Megane, então só por ser automático eu já achei uma maravilha.. Hoje tenho um Sentra CVT que pra mim é perfeito. Mesmo gostando das “passadas de marcha” que os automáticos dão, isso não é o suficiente pra eu trocar o CVT por um desses hehehehe… E olha que eu era crítico ferrenho do CVT, baseado nos vídeos que via na internet.. Aquela sensação de acelerar um trem me dava angustia.

          • pedro rt

            acelerar trem nao, acelerar um motor de elevador…

          • Pacheco

            Eles compartilham componentes, mas são câmbios distintos. Tanto que o Renault nunca teve o problema cronico do AT4 da PSA. Todo cambio da PSA da problema (aquela safra de 2001 até 2014). O Renault já não da esse problema, foram casos isolados.

            Ambos são ótimos para quem gosta de cambio que toma a decisão. Vc tira o pé do acelerador e ele segura a marcha. E se pisar forte no freio, ele reduz e sobe o giro pra fazer freio motor.

            O CVT é bom pra quem gosta de uma condução mais tranquila. O Corolla e o HR-V vem com um CVT mais afiado para desempenho, com marchas virtuais que eliminou essa monotonia.

            • rodrigomalc

              Tenho minhas dúvidas se os Renault não tinham os mesmos problemas crônicos dos PSA… No Renault Clube tinha vários relatos de quebra do cambio. (Inclusive o meu kkkk).
              Aparentemente era superaquecimento, e consequente perda das propriedades do oleo do cambio… Quando abria a caixa, já tinha tudo ido pro saco. Era por baixo 4 5 mil pra arrumar.
              Aliado a isso tinha a mensagem errada da própria Renault no manual do carro falando que o óleo era vitalício… Então era batata, dava uns 60 70 mil km o conjunto já dava pau. Nos PSA se não me engano acontecia até antes, mas parecia ser pelas mesmas razões.

              Cheguei a entrar no Megane clube de Portugal e muitas pessoas adaptavam radiador. Diziam que dava certo.
              Foi uma pena, pois pra época não era um cambio tão defasado. E o resto do carro então, era uma maravilha! Muito confortavel!

              Ha pouco tempo tivemos o exemplo dos primeiros Lancer que deram pau no CVT.. no ano seguinte a MMC já botou radiador de fábrica, e de lá pra cá não ouço mais relatos de quebra. As francesas poderiam ter feito isso no Megane, C4 e 307 também. Daí vem minha desconfiança com francês, e muito provavelmente não volto a ter carros dessas marcas. Acho no mínimo uma falta de cuidado com o consumidor, e quando os proprietarios batiam na porta da loja cobrando conserto, eles simplesmente alegavam mau uso…

              Talvez ouviu-se menos relatos de Meganes quebrando cambio, pois vendeu pouco dos 2.0 AT.. Muitas unidades eram a 1.6 16v com cambio MT… O contrário do C4 Pallas, que boa parte foi AT. 307 acho q já foi meio a meio… Tem muito 1.6 MT rodando.

              • Pacheco

                Na linha PSA não era problema de superaquecimento. Era problema na solenoide de pressão, ela não mantinha a pressão correta dentro do cambio.

                Tive Picasso, C4 Pallas e 307 e todos deram o mesmo problema. E a troca o oleo sempre foi uma necessidade ocultada pelas Francesas. Mas a Renault garantia o Sandero/Logan rodar 300 mil km sem troca de oleo.

        • Mr. On The Road 77

          O câmbio automático do Megane II era o mesmo AL4 da PSA, apenas chamado de DP0. Eram fabricados em conjunto na França, numa aliança entre as duas francesas.

          • Pacheco

            Sempre ouvi dizer que eram diferente, compartilhavam peças mas eram cambios distintos.

            • Mr. On The Road 77

              Há um tempo eu estava querendo comprar um automático e pesquisei mais a fundo.
              Só não consegui entender muito bem por que o AL4 parece ser mais problemático do que o DP0, sendo que os dois são o mesmo câmbio. Talvez porque o AL4 esteve em carros que venderam em maior quantidade no Brasil…

              • Pacheco

                Nunca tivemos o numero de problemas do cambio PSA na Renault. Na vdd o cambio da Renault sempre foi até bem visto nas revendas.

                • E o do Duster, que também equipou Logan e Sandero, é uma versão simplificada pela engenharia da Renault Samsung com a Nissan, tornando-se mais robusto e de simples manutenção.

                  • Pacheco

                    Bom saber disso, por que li um informativo da Renault que ele aguenta 300 mil km sem troca de óleo.

              • Edson Fernandes

                Te explico: O AL4 tem:
                – Carter menor
                – Menos pontos de refrigeração
                – Peças do interior não adaptadas ao nosso clima

                Na pratica, a solução para o “AT8” foi:
                – Aumento do carter
                – Utilizar a placa ligada ao resfriador de calor com pontos de abertura
                – Peças com uma construção mais robusta (leia-se reforçadas)

                Além disso, só para dizer a respeito do porque os ultimos não deram tantos problemas, é porque o carter sendo maior, a circulação e troca do oleo é maior… assim se evita a perda momentanea do componente de protecao do oleo… Pois o oleo trabalha com a função de proteção até uma determinada temperatura. Após ultrapassar esse limite, ele perde essas propriedades. Outro ponto que ajudou, é ter uma melhor dissipação do calor, pois mesmo com o resfriador, pontos do cambio (como as solenoides) precisavam de uma troca melhor desse calor exercido pelo uso, então as chapas com cavidades para receber o ar externo ajudou a troca do calor do uso no dia a dia.

                Tá e daí com o DP0, Edson?

                A Renault usa SIM o AL4. Só que usou soluções já para a epoca diferentes da PSA. Outro ponto é que só equipou carros com motorização 2.0 (e apenas mais atualmente colocou em Sandero e Logan 1.6) o que possibilitou soluções mais inteligentes. Dentre elas, acertar o escalonamento do cambio, para não ter o uso do conversor em demasia. Isso aproveita mais a troca de calor pelo menor esforço.

                Repare que mesmo o Megane 2.0 automatico é economico para o porte dele e a performance aceitavel. O Duster tem o mesmo cambio porém com as melhorias aplicadas ao “AT8” porém com a configuração Renault.

                E ela escalonou para difeerntes tipos de motores. Já a PSA? Ela só foi entender que o escalonamento deveria ser feito para cada motor distinto, a partir do momento em que precisou ganhar mais mercado, diga-se por volta de 2011.

                Nesse período que ela se mexeu e começou a ter reprogramações para ambos os motores (1.6 e 2.0) e melhorou o consumo, além de um menor indice de quebras que no passado.

                Em 2013 fez a mudança para o AT8 (é o mesmo cambio com as melhorias) e nova reprogramação. Alguém aqui vê C3 dos atuais ou 208 com problemas no cambio? Pois bem… e então logo mais veio só para efeito de curiosidade, o 308 e 408 2.0 com tal cambio. Para eles ainda existiu problemas referentes a solenoides e/ou problemas.

                Porém com o cambio AT6 (Aisin) resolveram o problema. É previsto que a PSA coloque em 2017 (na produção desse periodo) o cambio EAT em todas as motorizações.

                Porque isso? Porque é um cambio mais leve e assim pode-se ganhar em ajustes + economia.

                • Mr. On The Road 77

                  Sempre a PSA aprontando das suas!
                  Valeu pelos esclarecimentos!

  • Leonel

    Esse carro custa R$47.625 e não vem nem com um rádio de fábrica ? Aiai…
    De qualquer forma, eu ainda iria de Onix com seu AT6, mesmo tendo motor menor/fraco. Se é para partir para a versão 1.5, aí eu iria de HB 20 com seu 1.6 e AT6.

    • Vanderlei Santos_JAC_J6_2012

      Qual o valor do onix at?

      • Leonel

        Oi Vanderlei. Equívoco de minha parte. Não dá para comparar com o Onix AT. O valor mínimo dele hoje é R$54 mil. Essa diferença de praticamente R$7 mil para esse segmento é muito alta para valer como comparativo.

        • Vanderlei Santos_JAC_J6_2012

          Pois é, mas ele não tem “piloto automatico” ai essa versão já perde um pouco o interesse(no meu caso) e procuraria a próxima versão. Mas ainda penso no etios.

    • Se voce comparar o consumo com do Onix, a diferença ká dá para voce colocar uma central multimidia facil facil. Ah, lembrando que Onix foi reprovado no latinncap.

      • Leonel

        Não se trata de por uma CMM. O que questiono é como um carro de praticamente R$48 mil não tem um simples rádio. Você paga R$48 mil e se quiser ouvir rádio/música tem que comprar som a parte…acho vergonhoso.

        De qualquer forma, retiro o que eu disse sobre o Onix. Não dá para comparar, pois o mesmo só oferece câmbio AT a partir da versão 1.4 LT e sai por R$54k, o que fica completamente fora se comparar a esse modelo X.

        • Esse simples radio, muita gente acaba arrancando fora. Se falar de preço, todos estao caros. Mas acho uma boa ideia em por de serie vidros eletricos nas 4 portas, inves de colocar radio.

          • Magnamox

            A primeira coisa que faço quando troco de carro é arrancar o som original e montar um conforme meu gosto…no Etios ia ser mais facil…rsrs

            • Pacheco

              Guarda o original, coloca de volta quando vai vender. Tbm fiz isso com quase todos os que tive.

              Tem som de fabrica que é melhor nem vir.

            • pedro rt

              pena a multimidia nao vir de serie desde o X, so tem nos caros XLS e CROSS

            • Edson Fernandes

              Queria ver em médios com centrais de fabrica…. acredite… é complicado viu…rs

              Eu quero fazer no Fluence mas já vi que o negocio é mais embaixo. Vou comprar uma interface e nisso penso em melhorar o som original. Falta ainda pensar se compro um equalizador já que o som do carro para ajustes é bem pobre.

              • Magnamox

                Esses que vem com central embutida é um parto para trocar mais da para fazer…

                Tem que ter cuidado e geralmente eu fico junto com o pessoal ajudando na hora da troca para não ter maiores dores de cabeça….rsrs

                • Edson Fernandes

                  Mas do Fluence é quase impossível pq o sistema de imagens dele é concentrada com as funcionalidades do carro e é aí onde o bicho pega.

  • rodrigomalc

    Um carro honesto. Mas ainda torço o nariz pro design… O interior melhorou! Se pelo menos mudasse a posição do painel de instrumentos pro tradicional atras do volante acho que já melhoraria demais e se tornaria opção de compra pra muita gente! Brigaria pau a pau com o HB20 (salva capacidade de produção, que a Toyota deve ter bem menos do que a Hyundai pra esses modelos).
    Por fora já já pinta um facelift aí que talvez mude o jogo e se torne menos simplão…

    • pedro rt

      nao vai ter mais reestilizacao, essa foi a ultima mudança antes da nova geracao q vai chegar em 2018 aqui

  • mauricio

    maquina de maissssssssssssss

  • renanfelipe

    Não duvido que seja um bom carro… mas poxa, ter que conviver com essa beleza durante alguns anos… já que vai investir em algo, porque não fazer direito? Não vejo economia como justificativa pra fazer um carro tão feio.

  • Mr. Car

    O que mais me incomodava, foi resolvido: o quadro de instrumentos “Filizola”. Agora, já é uma opção. Como uso o carro quase que só em estrada, pegaria um XS 1.5 câmbio manual.

    • pedro rt

      vou pegar um hatch xs 1.5 automatico ou um sedan xs 1.5 manual no começo de 2017

      • Mr. Car

        RT, por que automático se for hatch, e manual se for sedã?

        • pedro rt

          pelo preço. ambos custam 51mil e e o maximo q posso pagar num 0km

          • Mr. Car

            Entendo, foi o que imaginei: limitação de verba, he, he!.

            • pedro rt

              na hora e q eu vou me decidir se levo mais espaço interno e mais portamalas mas com cambio manual ou se levo mais versatilidade de andar no transito pelo tamanho e cambio automatico no hatch. mas eu sou mais fã de sedan q de hatch.

  • Fabio Marquez

    Enxergo esse carro sempre como o Renault Clio do seculo XXI, não é bonito mas é funcional e acaba agradando. Mas mesmo assim pelo preço cobrado eu não consigo recomendá-lo, se adiantassem o ESP já para a linha 2017, ficaria legal.

    • Flauber Gouveia

      Nem o ultra mega blaster top Corolla tem ESP, imagine o espartano Etios…

  • Tosca16

    Não vou entrar no mérito se o AT de 4 velocidades é bom ou ruim mas vejo que a depender da marca os conceitos mudam; se fosse outra fabricante colocando um automático destes teria gente descendo a lenha aqui nos comentários, me recordo do Tiggo FL que tem a mesma proposta do Etios, que é de ser digamos a melhor opção automática em custo-benefício do seu segmento, mas desceram a lenha achando um absurdo em 2014 ainda se ter estes câmbios obsoletos e blá blá blá… será que em dois anos mudaram da água pro vinho o conceito ? Não, é implicância mesmo… Mas tenho que dizer com sinceridade, qualquer AT de 4 velocidades é melhor que estes cacarecos automatizados que dispomos hoje no mercado, e para alguns modelos à exemplo do Tiggo FL e Etios tá de bom tamanho, olhando seu preço e concorrentes diretos.

    • Edson Fernandes

      Eu disse sobre o Etios pelo preço. Mas poxa, um carro de R$47000 sem detalhes que foram até anunciados que teriam, é o problema.

      Confesso que fico mais animado por enquanto em esperar o March. Esse está fortemente interessante ao meu ver. MAs vai depender do apetite da Nissan.

  • Zé Mundico

    Bobagem, ele é feinho assim por motivos mercadológicos, que é para parecer “barato” e popular. Se fosse todo cheio de pregas, frisos e cromados seria considerado premium e o preço seria uma tijolada.
    A Toyota mirou no público básico mesmo, aqueles lisos remediados que são a maioria dos consumidores brasileiros.
    Mas dentro da sua faixa, deve ser a melhor escolha no momento, principalmente no preço.

    • pedro rt

      ate 50mil as melhores opcoes sao o etios, hb20, up! tsi e prisma

    • Tosca16

      Bom, carro “popular” não precisa ter tanto apelo visual mas exageros à parte a Toyota bem que poderia dá uma camuflada melhor no modelo, pois mesmo com o fator marca demorou a engrenar no mercado; se tivesse um apelo visual melhor aliado a força da montadora no mercado poderia de cara tá entre os líderes de mercado.

      • Edson Fernandes

        Eu já discordo dos “melhores do momento” e concordo com o seu outro comentário.

        Mas enfim… pelo jeito terei de esperar tais carros usados mesmo…

    • Tosoobservando

      A Hyundai lança um modelo melhor e mais acabado, bonito, e mesmo sendo mais nova que a Toyota vende muito mais, colocou o HB20 como 2º mais vendido (em alguns estados 1ª). Não, a Toyota não acertou nesse carro, ja a Hyundai sim, era pra ser o contrario nao acha?

    • Zoran Borut

      Eu penso que o design dele foi voltado para o gosto indiano. Ele ficaria perfeitamente em casa se fosse fabricado pela Mahindra, por exemplo.

  • Alexandre Maciel

    Fornece o básico para comodidade do comprador mas cobra bem carro por isso. São quase 50 mil reais para um carro bem simples e, mesmo com concorrentes mais caros ou no mesmo patamar de preços, não consigo assimilar essa política de preços para algo que deveria ser “básico e de entrada”.

  • Mr. On The Road 77

    Pode ser o carro com câmbio automático mais barato do país, mas acho que é o mais caro que vem sem rádio ou chave com telecomando…

    • Edson Fernandes

      E sem “piloto automatico”.

  • Diogo Oliveira

    Não adianta o Etios é feio em todo lugar. As vezes eu fico olhando aquele ”Porta-Luvas” e pensando: ”Provavelmente contrataram um Engenheiro bem idiota para projetar esse carro”.
    Mas Ele ganha bem em espaço interno, Câmbio que agora é automático (mas é um simples AT4) e principalmente a segurança.

    • Edson Fernandes

      O engenheiro idiota teve como missão: “Fazer um carro barato”. E acredite, o dificil não é fazer carro bonito, dificil mesmo é fazer um carro com orçamento muito limitado. E mesmo soluçoes baratas tendem a ter corte de custos a ponto de se ridicularizar uma coisa que seria comum em outros modelos.

      Ou seja, esse carro foi com esse foco sem duvida alguma…

      • Diogo Oliveira

        O Mais engraçado, é que ele tem a proposta de ser barato, mas no Brasil, ele consegue, surpreendentemente, atingir os 50 Mil

        • Edson Fernandes

          Isso porque o brasileiro não cruza os braços para esses preços (poderia evitar comprar carros, sempre “precisa” de comprar.

          Eu sempre digo que, vc pode escolher dentre o que existe no mercado, o que te ofereça melhor custo beneficio… mas daí vc olha a disparidade entre as marcas e fica bem claro que há parte das compras por beneficio até por limitação de concessionarias, mas muitos que vão na onda do que consideram o carro ideal.

          • Matthew

            Concordo com o que o colega disse acima. Economias porcas e excêntricas são justificáveis em carros cuja proposta é ser de baixo custo. O Etios foi pensando pro mercado indiano e custar o mínimo possível para ser produzido. Aqui na bananânia tem esses valores estapafúrdios, que mesmo após as melhoras a conta-gotas de cada ano-modelo ainda custa a convencer. Quanto a cruzar os braços isso é besteira… o mercado automotivo brasileiro caiu quase 50% em vendas nos últimos anos, se isso não é cruzar os braços o suficiente eu não sei quanto mais será necessário cair as vendas pra fazer esses preços baixarem. Montadora de carro não é a padaria da esquina, eles têm uma estrutura de produção altamente flexível para ajustar a produção à demanda corrente e trabalham com um horizonte de planejamento de 5 anos pra frente.

  • Hugo Leonardo

    Quando esse carro foi lançado, lembro que muita gente atirou pedras na Toyota porque ela não tinha trazido o Yaris nessa faixa de preço do Etios. A resposta tá bem aqui nos comentários: várias pessoas elogiando o carro, conformadas com sua feiúra de arder os olhos, seu câmbio de 4 marchas, seu limpador de pára-brisa solitário e acabamento franciscano.

    • Zoran Borut

      Enquanto que se tivesse trazido um Yaris adaptado para a realidade brasileira (leia-se depenado em equipamentos e tecnologias), custaria pouco mais caro que o HB20 mas certamente venderia muito mais – só que com um lucro bem menor para a montadora, um bônus menor para seus diretores, menos lucro para distribuir entre os acionistas… portanto é melhor para quem trabalha na Toyota do Brasil transformar seus colegas em trouxas mesmo, para o bem de seus chefes.

  • Luccas Villela

    Sinceramente, uma das melhores opções. Não acho esse interior atual feio. Por fora, segue horrível, mas o hatch ainda dá pra encarar.

  • Tosoobservando

    Nao sei qual o pior o sedan ou o hatch.

  • Fábio

    Entrou na minha lista de candidatos ao meu próximo carro, coisa que eu nem cogitava em seu lançamento. O design, bom o design hj não me incomoda tanto. O que me incomodava era aquela simplicidade franciscana quando o Etios foi lançado. Hj o acabamento melhorou bastante, bem como o painel, tem boa dirigibilidade, bom espaço interno, e ótimo desempenho e consumo. Além disso tem revisões mais baratas que dos concorrentes e o bom e tradicional pós-venda da Toyota.
    Sendo assim, pq eu não teria um?

  • Douwe

    Pra quem compra carro para o vizinho ficar com inveja ou para parecer superior ao colega de trabalho que tem um Palio Fire de fato o Etios não serve.

    Já para quem quer um carro confiável, que não vai dar dor de cabeça e nem te deixar na mão, ele é excelente.

    • MMM

      Pra quem quer um carro confiavel, melhor acabado, com Cambio que seja deste seculo e que nao vai ter desgosto de ter que olhar pra ele, tem opcoes melhores.

      Fora isso é o cara q comecou a namorar uma mulher feia e dizia que era bom, assim outros homens nao ficavam olhando pra ela.

  • fejunk

    Meu irmão caçula no inicio do ano comprou nesta mesma faixa de preço um HB20 automático que, diferente do Etios, possui seis marchas e motor 1.6 de 128 cv.

    Na minha opinião pedir o mesmo valor por um produto tão inferior apenas por ser Toyota, é muito salto alto da Toyota.

    Pode ser um produto bom e confiável mas com essa configuração deveria custar um pouco menos que um HB20.

    • Jurandir Filho

      Me diz aí onde se acha um hb20 automático por menos de 50 mil que eu vou lá comprar

      • fejunk

        Bom, ele comprou na virada do ano, com essa inflação galopante do PT deve estar um pouco mais agora, mas fica nessa faixa. Se negociar bem você encontra por 54-56k.

        Vale a pena desembolsar pouca coisa a mais para levar um carro infinitamente melhor e mais equipado.

        • Jurandir Filho

          Pouca coisa??? estamos falando de uma diferença de 6 a 8 mil reais!!! Por esse valor, compro uma multimidia pro Etios top das galáxias e ainda pago ipva e seguro e encho o tanque kkk …Mas falando sério, ainda vou ver uns seminovos, mas como disse antes, vou financiar, tem que botar na balança se vale a pena por conta dos juros

  • fejunk

    Compra racional? Um HB20 com quase o dobro da potência, também automático mas com duas marchas a mais, mais bem acabado e infinitamente mais bonito custa o mesmo. Onde está a racionalidade. Só porque é Toyota?

  • Bikudin

    Ao menos aquele painel de balança de boteco ja era

  • Vi Vendo

    Os predicados do Etios são:mecânica confiavel,espaço interno confortavél e porta malas grande,no caso do sedam e,extrutura segura. Quanto ao resto,aí vai do gosto de cada um,pois como diriam os poetas:quando a alma é boa,a beleza é uma coisa muito subjetiva. Na minha opinião,compensa comprar apenas as versões mais simples do Etios,se for querer rechear, seria o mesmo que pagar por um sanduíche o mesmo preço de uma refeição completa e aí,o produto não comporta o preço que é pedido.

    • Tosoobservando

      So que aqui em terra brasilis nos ja pagamos ha tempos o preço da refeição completa em sanduiches bem ruinzinhos viu, e o povo aceita, paga rindo e ainda defende! Depois ainda vem reclamar do governo kkkk

  • CÁSSIO

    este carro ficou bem ajustado com este câmbio de 4 marchas um carro justo gostei desta mexida que a Toyota fez .