BMW EUA Híbridos Marketing/Propaganda Vídeos

BMW provoca Tesla com dois comerciais do 330e nos EUA (vídeo)

bmw-330e-comercial

O Tesla Model 3 é um sucesso antes mesmo de chegar às mãos dos consumidores. Com praticamente 400 mil reservas em pouco mais de duas semanas após a primeira apresentação, o sedã elétrico de Elon Musk tem tudo para virar um best seller, talvez o primeiro entre os plugados.

Mas, ele tem um problema e esse será demorado demais para resolver. Com um volume enorme de pedidos, a Tesla Motors simplesmente não tem como entregar os pedidos antes do final de 2017, que é a previsão mais otimista num mar de pessimismo relacionado com a marca.

bmw-330e-comercial

Isso é por conta dos atrasos que, infelizmente, se tornaram uma característica da Tesla. Até meados de 2018, pelo menos, os clientes deverão ficar a ver navios ou, na pior das hipóteses, ver o vizinho com seu novo carro plug-in na garagem. É essa a ideia que a BMW está passando em dois comerciais do BMW 330e.

O sedã de luxo alemão está sendo comercializado em sua versão híbrida plug-in, mas está bem longe de ser um elétrico puro como o Tesla Model 3. De qualquer forma, quem não tem algo equivalente, aposta tudo na proposta mais próxima.

Com motor 2.0 de 184 cv e um elétrico de 87 cv, o 330e oferece 40 km de autonomia em modo elétrico e baixíssimo consumo, cortando até US$ 750 em gasolina ao longo de cinco anos. É com ele que a BMW questiona o mercado, que espera por um carro elétrico que só foi visto em protótipo. Preço? US$ 44.100 ante os US$ 35.000 do Tesla. Vale a pena esperar ou não?

https://www.youtube.com/watch?v=Zf7KvtGNMbQ





  • AugustoSeide

    uhsuahsuahus.. bem bolado.

  • Marcos Souza

    Se colocar na ponta do lápis, sem incentivos fiscais não compensa pegar um híbrido hoje em dia.
    Mesmo que vc seja taxista, se for pegar um fusion comum, gasta menos em combustível do que gastaria se fosse pegar um fusion hibrid.
    E a diferença de consumo diminuiu ainda mais com os motores turbo. Um cruze ou jetta estão fazendo consumos cada vez mais próximos de um híbrido sem custar tanto.

    • Wellington Myph13

      Cruze e Jetta 1.4T fazem no máximo 13km/l na cidade, quando Fusion Hybrid ou Prius fazem 18~20km/l.
      Na estrada eu concordo, mas onde realmente importa pra um taxista é no Transito…
      Acho difícil conseguir mais de 12km/l nos 1.4T, enquanto nos Híbridos a média nunca fica abaixo de 18km/l…

  • Franco da Silva

    Boa! Pode não ser a mesma coisa, mas o BMW existe. huahua

  • Alexandre

    Simples. Compra um BMW até 2018, depois manda junto no negócio e pega um Tesla. Todo mundo feliz!

  • Ricardo

    Eu acho que carros híbridos são mais ideais que 100% elétricos, pois não precisam serem ligados à rede de energia elétrica, pelo menos que eu saiba!

    • paulo sergio berezovski

      Ainda tenho dúvida quanto aos plugin hybrid se precisam ou não carregar

      • Alessandro Rodrigues

        Todos que precisam carregar são chamados de plug in

    • Alessandro Rodrigues

      Reveja o vídeo e se pergunte: por que o cara tem uma tomada conectado ao carro, caso não precisasse de energia elétrica? Além disso o nome já fala ”plug in”.

      • Ricardo

        Bem, de qualquer maneira deve precisar de menos energia que um 100% elétrico.

        • Alessandro Rodrigues

          Sim, porém tem menor autonomia e potência. Particularmente, acho os híbridos com sistema regenerativo algo mais cômodo (esses que tu se refere originalmente, no caso), mas creio que os que tenham a recarga plug in tenham maior autonomia. Ainda sim, em qualquer uma das escolhas, economiza-se combustível. Só no Brasil não podemos falar em economia pois o preço e a manutenção não compensam os 5 anos de uso, praticamente…

  • Raul Cotrim de Mattos

    Compra logo uma F-150 V8…