Home Comprando e Vendendo Brasileiro usa consórcio para comprar carro melhor

financiamento 3 Brasileiro usa consórcio para comprar carro melhor




Os carros continuam sendo o objeto com maior participação nos consórcios no Brasil. Em 2010, dos 4,06 milhões de consorciados, 3,39 milhões compraram cotas de veículos, um crescimento de 7,3% em comparação com 2009, de acordo com o site Correio do Estado.

A categoria de veículos leves cresceu 16,9% entre 2009 e 2010 e, no ano passado, registrou 1,13 milhão de consorciados ativos, contra 966,5 mil no ano anterior. Este aumento se deve ao fato de que muitos estão deixando para pegar seus carros mais pra frente e conseguir um carro melhor do que financiar um veículo que será bem inferior, devido aos juros do financiamento.

Se em um consórcio de R$ 40 mil, com duração de 60 meses, a parcela é de R$ 700, em um financiamento do mesmo valor a parcela seria de R$ 1.000. Mas é claro que isto não significa que o consórcio não tenha nenhum “juro” embutido, já que existem as taxas de administração.

Fazer um consórcio exige muito planejamento. Você não pode estar precisando do carro para agora, e nem pode estar ansioso para pegar o carro, pois muitas vezes leva anos para que sejamos sorteados em um consórcio.


  • RSM

    Acho consórcio uma maldade gigantesca com o consumidor. se pode-se fazer um consórcio porque não se pode vender um carro a pronta entrega ou pra daqui 30/45/60 dias pelas mesmas condições não é? É muita sacanagem esse negócio.

  • johnnygalvao

    Meu tio comprou um Novo Voyage,Trend,1.0 BASICÃO DE TUDO…
    Sabem por quanto???
    Pela pequena bagatela de:
    60 prestações de 1.137,50.
    Isso mesmo!!!
    Ele irá pagar em torno de 70 mil reais por um Voyage básico do básico!!
    Fala sério,não dá vontade de matar uma pessoa dessa??
    Ainda estou INCONFORMADO…

    • MarcosMV

      Dá um desconto, é parente, se bem que têm uns parentes que são piores que qualquer coisa!

    • davidwroclaw

      Que P* negócio ele fez hein !

    • rodgutierrez

      Fiquei com pena do seu tio, 70 mil num gol com traseira, sem comentarias

      • vinicarioca

        e o pior…pelado

        • olhandoalua

          Pior, 70 mil num carro pelado que vive dando zica e recebe varias criticas dos proprietarios.

          • johnnygalvao

            O pior que ele tah se achando o Rei da cocada preta!!(ou melhor,do Voyage Preto)
            kkkkk
            Tah achando que fez um ótimo negócio!
            Coitado…

            • Caetano2010

              Tem louco pra tudo msm.

              • http://www.twitter.com/edsonfern Edson Roberto

                E pensar que meu financiamento do meu atual automovel deu "apenas" R$5000 a mais do valor final do carro…

                Vale lembrar que eu tive coisas ao meu favor… mas qdo vejo esse tipo de coisa… fico pensando a "esperteza" que o brasileiro acha que fez. Sabe o que é pior? Nesse momento eu vejo que o cara poderia ter condições de ter um SENHOR carro… mas preferiu um 0km pelado.

                • paulohnf

                  Relaxa, um vizinho meu fez isso com um AGILE. E ainda fica dando voltas no quarteirão com vidros abertos e som caixa de abelha, pra mostrar pros outros seu "Carro Zero".

                  Tem idiota pra tudo neste mundo. E o pior, são os idiotas que se acham na razão.

      • Rafax

        e eu achando q tava pagando caro na minha captiva, eu pago 1 mil reais de parcela, mas esse ai vai pagar o preço de um vectra gt-x e vai andar de gol da bunda grande, asudhaiuhdiuashidausdh que do me deu do cara.

    • JeraDF

      eu duvido q saiu por esse preço.
      32.220 q é o preço de tabela do voyage 1.0, em 60x a parcela fica em +- 860 reais.
      pra dar essa parcela de 1.137 o carro tem q custar entre 37 a 40mil.
      ele deve ter comprado um 1.0 completo ou um 1.6 com alguns opcionais.

      • rhn_roberto

        Concordo com voce…Minha vó pegou um Voyage 1.0 modelo de entrada só que completo. Pagando 60x de uns 8 e pouquinho.

    • GUS

      Existe um Voyage Trend 1.0, eu pensei que só existia motor 1.6 nessa versão.

    • D_Millan

      Estou com pena do seu Tio :/

    • matheusfr94

      cara, como seu tio é "esperto" hein…..
      pagar 70 mil num carro que vale uns 33.000 e que devia valer uns 20.000 é tenso viu….
      meu pai tb tem um voyage 1.0, só que a versão de acabamento básica (sem nome) e com ac, dh e trio elétrico, parcelou em 36x (finan) acho q vai pagar uns 41.000, com o preço de tabela 36.000 (comprou na epoca do lançamento, fev. de 2009, e por incrivel que pareça nao teve problemas com o motor VHT "bomba", consumo bom, mas não anda, afinal é 1.0), e quando for vender, vai valer uns 25.000 .

      o que mostra que não anda compensando comprar certos carros novos. depende muito do carro que for comprar, se for pra comprar novo, compre pra "casar" com ele, porque se for pra revender, olha o preju.

      e, quanto ao seu tio, só lamento. rsrs

    • jogador

      primeiro carro dele?

      • johnnygalvao

        Não,ele tinha um Monza velho,96..
        por isso q tah se achando…

    • marcelofalves

      sinceramente, por isso que vendeu tanto carros nos ultimos tempo, carro sem entrada da nisso, e o povo compra onde da pra pagar 3 carros

  • jluizlourenco

    melhor forma de comprar um carro e de quebra não pagar um centavo de juros

  • parmeso

    Eu gosto de consórcio. Quem tem pressa pode dar lance e agilizar o crédito!

  • jeffersonld

    No pior caso, onde o consorciado é contemplado no mês 60, ele terá pago R$ 42k pra pegar R$ 40k (sem considerar os reajustes de inflação que os consórcios têm).
    Acho que ao invés de pagar R$ 700 pra um consórcio, eu colocaria a mesma quantia numa Caderneta de Poupança (ou renda fixa, etc). Os mesmos R$ 700, ao final de 60 meses, teriam acumulado quase R$ 49k, considerando uma taxa de retorno de 0,5% ao mês. Não acham mais vantajoso? Eu acho.

    • victorcvs

      Só que ninguém entra num consorcio esperando ser contemplado só no último mês, a maioria dá um lance e acaba pegando a carta antes desse prazo. Além disso, tem os casos que a pessoa não consegue de maneira nenhuma guardar dinheiro (o meu caso por exemplo) e o consórcio é uma alternativa, mesmo pagando taxas de administração e seguros e ainda "correndo do risco" de ser sorteado antes da última assembléia. Comprei o meu ultimo carro com consórcio e não me arrependo. E vai uma dica, na maioria do consórcios quando se dá um lance que é aceito, o consorciado tem a opção amortizar o prazo total ou o valor da parcela, logo não necessariamente a pessoa vai ficar pagando os 60 meses.

      • http://www.twitter.com/edsonfern Edson Roberto

        Sabe o que vc poderia ter feito? aberto uma poupança, depositar o dinheiro nela todo mes… e quebrar o cartão.

        Assim vc faria um compromisso consigo mesmo e ainda teria como optar por um carro superior a aquele que está sendo ofertado no consorcio. (que dependendo do periodo de tempo que se passa, vc pode ficar com um carro bem desatualizado perante o mercado com o tempo de consorcio).

    • Danalarcon

      Sim claro, já que o dinheiro vai sair, e o bem não vai entrar tão cedo…

      que aplique o dinheiro é muito mais racional, e tambêm muito menos passional!
      penso em fazer desta forma, na próxima aquisição do veiculo:
      Ex: possuo um GM Celta 2007/8 Life 2 PTs PRETO 28.000km rodados aqui em Gyn, eu consigo vende-lo por uns 17k ~ 18k, e desta forma iria vende-lo e colocar na forma de lance, num consorcio de uns 40k é quase 50%, então pegaria um Punt, ou Polo semi-novo, e pagaria beeem menos do que os financiamentos !

    • riczanca

      Essa eh a melhor forma…mas tem gente q nao pode esperar 60 meses para "pegar" o carro.
      Se a pessoa tem pelo menos 50% do valor do carro é muito mais vantagem pegar um consorcio e dar os 50% de lance, dessa forma em uns 2 meses elá está de carro novo sem pagar juros…mas nao se pode esquecer q o consorcio tem uns 12% de taxa de administração sobre o valor total do bem adiquirido..

    • RSM

      Boa cara, prova de que consórcio é uma grande furada, e o melhor de tudo que você tem a opção de comprar um carro mais atual que do consórcio que pegaria um carro com projeto de 5 anos já e ainda tem a opção de pegar esse dinheiro e dar de entrada num carro melhor. sem dúvidas ótima opção.

    • aleneo2

      eu nao acho mais vatajoso. eu comprei meu carro por consorcio, peguei uma carta de 27 mil 60 vezes de 550. tinha 10mil guardado e nao tinha pressa. dei o lance e no 7 mes fui contemplado por lance, dando 33% do valor total. se fosse financiar um carro desse valor a prestação ia ficar em mais de 800, o melhor que depois da contemplação a prestação foi para 300 ai vou adiantando as prestações.

      • jeffersonld

        Sim, comparado a um financiamento onde você dá uma entrada (no consórcio equivale a um lance como no seu exemplo de 33%, ou na maioria dos casos 50%), o consórcio é melhor…
        Mas se você não tiver nenhum dinheiro, nem pra dar lance, nem pra dar entrada no financiamento, a melhor maneira é guardar dinheiro antes de entrar no consórcio, certo?
        Mesmo assim, ainda prefiro ficar com o carro mais um tempo (se já tenho um) e ir guardando o valor que o consórcio iria me "exigir" do que colocar no consórcio. Assim posso pagar à vista na hora de trocar o carro (ou comprar um novo) e conseguir um bom desconto, o que nem sempre é verdade quando se tem uma carta de crédito na mão.
        E tem mais: se você não tiver uma grana guardada, como todos os consultores em finanças pessoais falam, fica mais difícil arranjar algum $$$ pra alguma emergência que se tenha, e no caso se for vender a cota no consórcio, não conseguirá o valor integral que havia pago. (Claro que isto é uma hipótese que não desejo a ninguém, mas não é impossível de acontecer)

  • Eddu13

    Consórcio? achei que nem existia mais.

  • NikkoZOll

    Mas a maioria nao consegue pagar a vista, gerar uma poupança pode ser meio dificil ,
    vao pelo financiamento , consorcio e pura bucha paga pra nao ter nada ,e esse negocio de sorteio , hum sei nao , acho melhor financiar de uma vez que é melhor ou poupar uns 900 contos por cinco anos

  • LuccasVillela

    Não tenho a menor paciência… Prefiro pagar juros. Podem atirar pedras, mas é melhor que andar de onibus.

    • http://www.twitter.com/edsonfern Edson Roberto

      Se vc ja tem um carro que já serve para suas necessidades e amanhã vc quer ter um carro mais confortavel, motor mais forte, enfim… o que todo mundo espera para evoluir em um carro…

      Vc prefere tendo um carro ajuntar o dinheiro e além do seu carro dar a vista ou prefere novamente financiar ?

  • O_Corsario

    O problema é que economizar exige disciplina, o consórcio tem um boletão e brasileiro morre de medo daquele carnê enorme, daí paga.

    • GuilhermeD.

      É verdade!!

      Se não tiver um carnezinho fica difícil depositar a mesma quantia numa poupança…

    • Leandro1978

      Exatamente. Uma coisa é a pessoa separar os R$ 700 todo mês e outra é ter o tal do boleto. Imagine um pai de família comum, ficou o ano inteiro guardando dinheiro, daí vem a temporada de festas e os impostos do final/começo do ano. Ele olha a poupança e está lá R$ 8.000 ou R$ 9.000 "dando sopa", paga todas as contas e ainda "sobra" para a viagem para a praia (e suas intermináveis filas, falta de água, etc) com a patroa e as crianças (e a sogra e o cunhado chato). Eu acredito que a maioria ficaria tentada a pegar essa grana. Agora, se ele paga o consórcio uma hora ou outra ele terá o bem (dependendo da sorte do cidadão). Claro, tem pessoas que conseguem manter seus planos, mas exige muita disciplina.

      • http://www.twitter.com/edsonfern Edson Roberto

        Então se o problema é ter "boleto" faça um investimento de 3 anos. Deposite nesse investimento coisa de R$600 por mês e ainda vai ter juros e mora gerando dinheiro de retorno para vc mesmo. Pronto… brasileiro resolveu seu problema. Ah, quer tirar antes o dinheiro? cobra-se uma taxa, recebe um percentual que não é o valor investido cheio(afinal, o banco está ali rendendo com o investimento) mas pode tirar tendo prejuizo. Ou seja, uma forma de regrar e ter uma otima transação.

  • 72007998

    eu junto o dinheiro, haja disciplina

  • AJPINHEIRO

    do jeito que a economia anda, imagina esse mesmo cidadão aplicando seu valioso dinheiro em notas do tesouro nacional, de preferência as de série C que tem como base o IGP-M(NTN-C)…arrastaria perto dos 20%a.a e de quebra ter uma taxa de adm pequenina!!!

    fico puto com esses bancos e financeiras…acho que são as coisas mais próximas do conceito de diabólico que existem na terra…
    se eu acreditasse no cão eu não hesitaria em falar que ele era o pai dos bancos!!!

    e o pior não é isso, mas sim o cara vir e pegar o dinheiro de um país(que nem dele era e sim dos bancos), "liquidar" uma dívida não por viabilidade mas sim por capricho e achar que o nome da dívida (externa)não combina com populismo, e depois pegar mais dinheiro pra fazer uma nova dívida (interna)com o dobro dos juros da dívida que existia…

    • MarcLP

      20% a.a. em renda fixa? É essa tua aposta pro ano?

  • olhandoalua

    Dicas e cuidados para quem for pegar consórcio:

    – Todo vendedor oferece consórcio dizendo que dando um lance você consegue ser contemplado mais cedo. CUIDADO com isso, ele vende varias outras cartas de consorcio com o mesmo pretexto, então não pense que você vai comprar um consorcio, dar um lance de 5mil e tirar o carro, vai ter muita gente dando lances também.
    – Pegue uma empresa de bom histórico, pesquise antes de pegar consorcio com empresas meia boca.
    – Retire todas as duvidas com o cara que te vender o consórcio, tem certos consórcios que só aceitam que você pegue carro novo ou com no mínimo 5 anos de uso. Logo se você comprar uma carta de 30 mil pensando em pegar um usado completo, procure alguma empresa que aceite a compra de carros usados.
    – Em muitos consórcios as parcelas tendem a aumentar com o passar do tempo, cuidado com isso também! Alguns pilantras que vendem consorcio falam que o aumento será pequeno e quando tu vai ver a prestação do carro duplicou… Pegue uma carta com parcelas que fiquem folgadas para o seu bolso, caso haja qualquer aumento você não vai sentir tanto.

    Sou corretor de imoveis, dou dica parecida para meus clientes… O consorcio é uma ótima escolha para aquele individuo que não consegue poupar dinheiro durantes seis anos, a espera vale a pena quando pensamos em juros menores.

    • MarcLP

      Uma que eu acho que vale a pena é comprar um consórcio não contemplado de investidores. Esses caras compram, esperam ser sorteados e revendem com ágio. Mas quando não são contemplados logo vendem com deságio. Ai a taxa administrativa morre e você compra com juros zero realmente.
      Mas muito importante observar a sua dica 2 e só fazer o pagamento dentro da empresa administradora do consórcio.

    • Caetano2010

      Tive um conhecido que aconteceu isso,porque a prestação aumentou de uma tal forma que o cara não teve mais como pagar e ficou sem o dinheiro e sem o carro.

    • Leandro1978

      Uma forma de evitar essas roubadas é pagar os consórcios nacionais que algumas montadoras mantém. A Honda, a Ford, a VW são confiáveis e falo isso por experiência própria, pois meus pais tiraram vários carros zero nestas condições sem problemas. Eu, pessoalmente, prefiro aplicar na caderneta de poupança e comprar o bem quando for possível (sempre fiz isso).

    • aleneo2

      o consorcio de veiculos o aumento nao é tao grande pq ele segue normalmente o valor do site da montadora de um veiculo que voce escolhe, que será a sua carta, essa historia do carro usado é bom prestar atençao mesmo, fiz pelo hsbc que é o banco que utilizo e a carta de credito era para 0km ou até 2 anos de uso da data de contemplação.

    • olhandoalua

      Uma dica que eu esqueci de dar… Sempre acompanhem os sorteios do consorcio, conheço um caso de uma pessoa que comprou consorcio de uma empresa bem conhecida e começou a freqüentar os sorteios de contemplação.
      Ela ia em todos os sorteios até que um dia seu numero de carne foi sorteado, no momento ela ficou feliz mas não comentou nada… O infeliz que estava fazendo o sorteio falou com duas pessoas e disse que aquele numero não iria ser contemplado por falta de pagamento, essa pessoa levantou furiosa e mostrando o carne pago rigorosamente em dia, a mulher armou um barraco.
      Tem empresas que meio que usam de certa manipulação nos sorteios, cuidado com isso…

  • Caetano2010

    Eu fico com um pé atrás com consórcio,pois e se a empresa quebra como a garavello,a pessoa se ferra dos dois jeitos,pois fica sem o dinheiro e sem o carro,tbem fiquei sabendo num grande jornal que uma concessionária fiat quebrou no inicio dos anos 2000 só que agora não lembro o nome da concessionária e só sei que foi aqui de sp e deixou tbem quem tinha consorcio a ver navios,pois nem a fiat se responsabilizou pelo prejuizo causado aos cliente,e eu prefiro o financiamento msm pelo menos vc tem o bem em maõs.

  • jeferson_des100

    Acredito que quem faz consorcio de carro, jah tenho um, porque na minha situação que nao tenho carro, nao ia aguentar ficar muito tempo pagando algo sem poder usufruir.

    Melhor fazer financiamento e depois nao conseguir pagar, passa pra frente ou devolve pro banco…

    • Fabio D.

      Tá, devolve pro banco e vc acha que tá tudo certo? Desculpa meu amigo, dá uma checada nos termos de um contrato de financiamento de veículos. Vc não aguenta pagar, entrega o carro pro banco. Aí ele vai a leilão. Se o valor levantado no leilão não cobrir a dívida, vc continua devendo o banco…

      Negócio é ser prudente quando estiver lidando com financiamento bancário, senão vc terá problemas… banco não joga pra perder né?

      Abraços!

      • jeferson_des100

        Bem, eu disse no geral, porque conheço amigos que financiaram carros em 2010 e 2009, nao conseguiram pagar depois de alguns meses, e foram ao banco e o banco passou o financiamento para outros assumirem o restante da dívida.

        Agora com a mudança do Banco Central, tah mais complicado financiar sem entrada, mas ainda sim prefiro financiamento a consorcio.

    • Gabriel_Nint

      Isso que você acabou de falar é pura irresponsabilidade.

      • http://www.twitter.com/edsonfern Edson Roberto

        E é inclusive por esse motivo que as taxas de juros eoutras coisas aumentam. Porque fazendo isso, o cara que fez acha que está se dando bem… afinal ele pôde usufruir do bem.

        Só que na realidade de quem continua pagando em dia, amanhã sofre para pagar um novo financiamento ou até mesmo o produto a vista, afinal, houve inadimplencia… e com certeza alguem terá que pagar essa divida… e advinha quem é?

        Esse tipo de atitude só visa prejudicar nós mesmos, quanto mais o brasileiro achar que pode se dar bem em cima dos outros é onde ele vai gerar problema para ele mesmo.

  • Fabio D.

    Consórcio é um bom negócio pra quem pode esperar… estou com um pra apartamento e não acho que tenha feito mau negócio não. O Corsário falou do carnezão, isso é verdade, pelo menos pra mim. Não tenho disciplina pra guardar mensalmente uma quantia redonda de dinheiro. Guardo sim, mas em uns meses mais, outros menos…

  • Gabriel_Nint

    Eu tenho ouvido muitas pessoas falarem o seguinte quando vão comprar um carro:

    "Não vejo se o preço cabe no bolso e sim se a prestação cabe."

    Ou seja, a pessoa quer um Civic, não poderia compra-lo nunca, mas divide em 100x de 500 reais e compra o carro. É triste mesmo isso,

    Quando as pessoas não pagarem esses "empréstimos" o Brasil vai quebrar, que nem aconteceu nos EUA.

    • Fabio D.

      A Miriam Leitão fala isso todo dia de manhã no jornal. A cultura de consumo do Brasil tá chegando a níveis perigosos… excesso de crédito, as pessoas compram sem ver se podem pagar… teremos problemas em um futuro bem próximo. E o melhor exemplo é sim dos carros, como vc disse.

      • http://www.twitter.com/edsonfern Edson Roberto

        O maior problema é que o brasileiro não estuda suas necessidades e sai por ai fazendo divida. Qtas vezes vemos pessoas usando o cartão de crédito onde ela diz "Ah mais foi apenas R$30 aqui, R$50 ali…" quando vai ver, a pessoa é tão "esperta" que pagar "a vista" o cartão já não dá, ela fica refém dos juros aplicados do cartão (afinal pagou senão o minimo, o proximo dele) e ai qdo chega um determinado momento que ela não consegue mais nem pagar o minimo ela parte para onde? Para o parcelamento. Mas o pior, ela não quer perder o limite do cartão, o que ela faz? Pega EMPRESTIMO.

        Será que o brasileiro não percebe a bola de neve e os juros que ele ficará pagando e deixando de aproveitar a sua vida pagando DIVIDA? É por isso que eu simplesmente acho INACEITAVEL a troca de carro de 1 em 1 ano ou 2 em 2 anos. Cara… vai fazer uma viagem mundo afora, um Resort no nordeste do Brasil… qualquer coisa… CURTA A VIDA e se for para se endividar que seja consciente para evitar transtornos como explicado acima.

        • Fabio D.

          Hahahah cartão REALMENTE é algo que estou acostumado a ver as pessoas se enrolarem. Trabalho com isso todo santo dia, pessoas que se enrolam e depois a culpa é de quem disponibilizou o crédito, ou seja, do banco… Então qual seria o certo? A pessoa faz um monte de dívida de maneira inconsequente e depois diz que "malvado" é o banco? A grana tá ali, ninguém obriga a usá-la. Isso que o povo não entende… E não é coisa de brasileiro, como muito se fala aqui. Dá uma checada num dos motivos da crise nos EUA de 2008. Superendividamento!

  • matheusfr94

    a vantagem do consórcio é fugir dos juros do "finan" (ou pelo menos da maior parte deles). digo uma coisa, há como fugir dos juros sem recorrer ao consorcio. vejamos: se a pessoa tem pressa, compra o carro financiado e paga os juros; se for pra entrar no consorcio, pode ter que esperar muito pra pegar o carro mas vai pagar muito menos juros; e pode recorrer à velha solução: comprar um usado de pouco tempo, com preço bem abaixo (depreciação do 0km), fazer manutenção e ainda arrisca sobrar um troco.
    sim, pra quem não se importa de outra pessoa ter sentado no banco do carro, de já não ter o "cheiro" de 0km é um prato cheio. e sim, já ouvi esses argumentos a favor da compra de 0km, que só compensa se voce for "casar" com o carro, porque se for pra revender, aí é preju…

  • [Shw 1981]

    Consorcio é interessante se vc tem um carro de 40K quitado ai vende fica com os 40 k na mão…
    e ja tem um consorcio de 60k por exemplo ai da um lance e tira o carro!!

    ou seja o juros é quase zero

  • jogador

    Consórcio, além do custo efetivo (juros) ser menor que o do CDC ou do financiamento específico de veículos, é bom para quem tem paciência de esperar o bem e para quem não tem disciplina para poupar, mas nada substitui o pagamento a vista.

  • Diggo

    Eu sempre comprei minhas coisas com consórcio… é chato ficar esperando mas quando é contemplado é muita felicidade. Sem falar que é legal todo mês ficar na expectativa de ser contemplado.

  • AlexandreCE

    Consórcio também é bom para quem tem grana par dar lance. Eu mesmo comprei meu primeiro carro utilizando o consórcio e dando lance. Não me arrependo porque paguei pouquíssimo de juros se comparado ao que teria que pagar num financiamento. Passei um ano pagando o consório, dei um lance, retirei a carta (já tinha grana reservada também para complementar o valor do carro) e passei mais um outro ano para quitar o consórcio. No final, para uma carta com prazo de 60 meses, levei 24 meses para quitar e pagando taxa de 0,7% se considerarmos o valor imbutido na prestação como IOF e encargos de administração.

    Detalhe: ainda comprei o carro pechinchando… aliás, arrumei um colega que desenrolou uma venda direta para mim e obtive, ao todo, R$ 2.700,00 reais de desconto. Ou seja: o que paguei de custos com o consórcio foi diluído no desconto obtido.

    No mais, se eu vier a comprar outro veículo 0Km algum dia, será utilizando carta de crédito. Quer queira, quer não, é dinheiro na mão e dá poder de barganha ao consumidor.

    • especuladerodinha

      Vc poderia dar mais detalhes sobre venda direta AlexandreCE? Vc usou CNPJ ou alguma associacao de classe? Qdo se compra por venda direta, pode transferir pra outra pessoa logo em seguida?

  • Marcelmtm

    Eu tenho pavor de consórcios e coisas do tipo.
    Tudo bem q naum podemos generalizar e cada caso é um caso, afinal como a própria reportagem diz, vc pode estar precisando do carro pra agora. Mas eu, na minha humilde opinião, creio ser mto mais vantajoso economizar uma grana e ficar um tempo sem carro pra qndo for comprar pagar a vista o valor real (vejam bem, eu disse real, e naum justo) do carro e naum o dobro desse valor.

  • http://www.twitter.com/edsonfern Edson Roberto

    O maior problema é que o brasileiro não estuda suas necessidades e sai por ai fazendo divida. Qtas vezes vemos pessoas usando o cartão de crédito onde ela diz "Ah mais foi apenas R$30 aqui, R$50 ali…" quando vai ver, a pessoa é tão "esperta" que pagar "a vista" o cartão já não dá, ela fica refém dos juros aplicados do cartão (afinal pagou senão o minimo, o proximo dele) e ai qdo chega um determinado momento que ela não consegue mais nem pagar o minimo ela parte para onde? Para o parcelamento. Mas o pior, ela não quer perder o limite do cartão, o que ela faz? Pega EMPRESTIMO.

    Será que o brasileiro não percebe a bola de neve e os juros que ele ficará pagando e deixando de aproveitar a sua vida pagando DIVIDA? É por isso que eu simplesmente acho INACEITAVEL a troca de carro de 1 em 1 ano ou 2 em 2 anos. Cara… vai fazer uma viagem mundo afora, um Resort no nordeste do Brasil… qualquer coisa… CURTA A VIDA e se for para se endividar que seja consciente para evitar transtornos como explicado acima.

  • CeloSurf_

    É o brasileiro se endividando cada vez mais, quero ver a hora que baixar a crise…

  • janduir

    Para o amigo que diz que o parente comprou um voyage financiado, acho que tem coisa errada ai. 32.000 financiado em 60x com juros de 1.3% ao mes (carro zero) dá 60x 771,00. Vai pagar 14.000 de juros no final. Se tivesse comprado numa agencia picareta com a tx de 2.2 ao mes ficaria 60x 965,00, mesmo assim muito longe dos mil cento e pouco que vc disse…