Buick EUA Mercado Sedãs

Buick Verano deve deixar o mercado americano por causa da gasolina

buick-verano-2015-6

De acordo com o site Automotive News, a Buick está considerando tirar o sedã Verano do mercado americano em breve. O motivo é a gasolina barata, que faz o consumidor americano procurar apenas dois segmentos de mercado: Picapes e SUVs.

buick-verano-2015-1

Pouco antes da estreia do crossover Envision nos EUA, a Buick mostra que a tendência de compra do consumidor americano está claramente voltada para os segmentos acima e que, de outra forma, não há como manter um sedã compacto no mercado.

buick-verano-2015-2

Em 2014, mais de 32 mil americanos decidiram ter um Buick Verano na garagem, mas como alerta especialistas do setor, cortar um produto do lineup sempre envolverá riscos. Parece que a GM está disposta a jogar nesse caso, vislumbrando uma procura duradoura por crossovers e SUVs, em detrimento de sedãs e outros tipos de carros.





  • Marco Antônio

    Que americano gosta de carro grande eu já sabia. Mas se eles fossem limitados em opções como somos aqui no Brasil, eles sentiriam muito por essa baixa. Cada mercado com sua realidade, mas os EUA são irreais de tão afrente!

    • th!nk.t4nk

      Os EUA são uma potência, fato. Mas a realidade por lá tá longe de ser essa maravilha toda. É um país com muita violência e desigualdade. É fácil ganhar dinheiro, mas a qualidade de vida é focada nisso, puramente no consumo. Pra quem gosta de carro é o paraíso, claro, mas o dia-a-dia passa longe de ser o sonho que tantos imaginam. Só que uma coisa é certa: esses caras sabem estimular a indústria automotiva como ninguém, a começar pelo preço do combustível.

      • Igualdade é uma utopia. Impossível existir. Se eu estudo mais, invisto mais na minha educação, me esforço mais, é natural que eu deva receber mais e muito mais que os que não seguiram caminho similar.

        A qualidade de vida nos EUA é muito superior a nossa, ainda que exista violência (em níveis nada alarmantes como países mais igualitários como o Brasil), e o fato de se haver o estímulo ao consumo, propicia maior felicidade, mais qualidade de vida, mais acesso as coisas e a satisfação de grande parte dos desejos.

        Não acho ruim uma sociedade onde você tem que trabalhar para crescer e brilhar para faturar mais. Mas [e tudo questão de ponto de vista do que se é ideal ou não.

  • Bruno Silva

    Modas passam, seda nunca. Por anos, sedãs sempre estão brigando primeiras posições, geralmente são modelos que podem não vender tanto quanto SUVs, mas tem uma fatia certa de consumidores. Ao invés de tirar de linha, porque não inovar para chamar atenção?? O carro de passeio mais vendido nos EUA é um sedã, o Civic.

    • LLace. Saudi Arabia power

      haha Bruno, tudo tem seu preço. O pessoal acha que os sedãs vão sumir do mapa. ledo engano. Simples. O preço do petróleo não vai ficar barato para sempre nos EUA. Na verdade as montadoras de lá que estão fazendo isto, não estão tendo uma visão a longo prazo e sim a curto prazo. Sabe-se que o preço do petróleo está barato assim, (nunca se abaixou tanto desde a crise de 2008) devido a jogada da Arabia Saudita (Principal fornecedora de petróleo dos EUA) para prejudicar a Russia a pedido do próprio Estados Unidos. Tanto que o preço caiu no mesmo dia e se manteve baixo até hoje tanto nos EUA como na Europa! Já na Rússia, o preço da gasolina subiu no mesmo dia e está cara até hoje! Até então tudo perfeito, MAS, semana passada a Arabia Saudita disse que não está conseguindo mais vender barris de petróleo a preço de banana, já está começando a afetar eles mostrando descontentamento com o lucro, na verdade isso só beneficiou os EUA e a Europa até agora, mas não trouxe nenhum beneficio para Arabia, tanto que nos próximos meses já estão cogitando subir de novo o preço do barril.

      • HugoL

        Ma verdade, a baixa no petróleo provocada pelos árabes, é para derrubar os produtores americanos de petróleo provenientes do xisto, pois o eua já estava quase autossuficiente na produção de petróleo. O custo para produzir petróleo do xisto é alto, por isso o cartel do petróleo resolveu baixar os preços na tentativa de quebrar a indústria do xisto americana.

        • Guilherme Eduardo

          Acredito que é um pouco de cada coisa. A idéia principal seria combater os novos concorrentes, como o produtores de petróleo de xisto nos EUA, mas outros efeitos também estão sendo aproveitados, como impactar negativamente na economia de países não amigos, como a Rússia. OBS.: teoria minha, posso estar totalmente enganado!

          • LLace. Saudi Arabia power

            Não é teoria sua não! É a pura verdade. Quando citei que os EUA planejou com a Arabia a queda do preço do barril, não foi atoa, foi justamente por causa daquele conflito na Ucrânia, quando foi comprovada a invasão do exército russo na Crimeia! A partir dai, começou só retaliações, sanções econômicas dos EUA e da União Europeia contra Rússia! Após a Rússia anexar a Crimeia no seu território, veio mais sanções econômicas contra Rússia. Nessa altura, o País já estava em crise, nunca se viu uma desvalorização tão alta do rubro perante o dólar. Na tentativa de complicar ainda mais a Russia, Os EUA fez este acordo com a Arabia Saudita, Já que a Arabia NÃO é aliada da Russia, tão pouco há relações bilaterais, O Irã (Xiita) é aliado da Russia, A Arabia Saudita (sunita) aliada dos EUA. Esse acordo de derrubar o preço do barril do petróleo, foi uma jogada política e tanto dos EUA. Prejudicou a Russia, O Irã, e a Venezuela, só Países não amigos dos EUA. A unica coisa que beneficiou a Arabia foi ver o seu País “Inimigo” Irã, se dando muito mau! Há um ódio muito grande entre Sunitas e Xiitas.

    • V12 for life

      Esse modelo é compacto para o mercado norte americano a Buick tem modelos maiores ao gosto do público, mas é uma marca que ta mal por lá e como qualquer uma em tal situação precisa focar no que vende melhor, isso não significa que os sedãs estão em extinção nos Estados Unidos, apenas que não é a principal carroceria, o mesmo ocorre por aqui com a preferência pelos hatchs compacto, com a diferença que a escolha em nosso mercado é por poder aquisitivo. O Civic é o carro mais vendido da Honda lá, não do país esse título pertence ao Toyota Camry que é só o quarto no geral ele perde pra série F da Ford pra Silverado e pra Ram e o top 10 ainda tem a GMC Sierra.

    • celso

      SUV nunca foi moda nos EUA. Aliás, Picapes e SUVs sempre foram os veículos preferidos pelos americanos.
      E o carro de passeio mais vendido nos EUA é o Toyota Camry.

    • Usa8

      O mais vendido em Abril. Os SUVs RAV4, CR-V, Equinox e Escape, compactos, não param de crescer há anos. O mesmo acontece com os mid-size e os full-size. Sedans full-size estão em queda há anos por lá, sendo a exceção o Chevrolet Impala. Hoje a diferença de números entre o Civic e o CR-V é pequena, e o Equinox e o Escape vendem mais que os sedans das respectivas marcas. O que vai acontecer quando a Honda atualizar o CR-V ? E a Toyota o RAV4, e a Chevy o Equinox?
      Lembrando que outros SUVs, por exemplo os Lambda full-size da GM, que tem nada menos que 10 (!) anos de mercado apresentam números de vendas cada vez maiores.
      Os sedans não vão sumir, pois ainda são fortes. Mas o mercado dos SUVs apresenta um crescimento absurdo.

  • EuMeSmObYmYsElF

    uma pena.. tive a oportunidade de utilizá-lo por duas semanas e gostei muito. dinâmica interessante, motor competente, interior muito confortável e de bom gosto.. pensava em trocar meu Cruze por ele no fim do ano. vou ter que repensar minhas opções…

  • Luccas Villela

    Esse carro é lindo!

  • Murilo Soares de O. Filho

    Design bem duvidoso no quesito frente e traseira.

    • Usa8

      Para um carro com quase 7 anos de idade…

  • Leandro

    É um astra sedã requintado. Pronto.

    • Matthew

      Mas toda linha Buick se baseia em modelos da Opel. Como você disse, esse Verano é um Astra sedã, e o que vem acima dele é um Opel Insígnia.

      • Leandro

        O cascada não se deram ao trabalho nem de mudar algum detalhe, muito menos o nome.

  • Franco da Silva

    Essa mania dos americanos… ppfffff… e o pessoal por aqui tentando copiar…

    • fschulz84

      Exato… O consumidor brasileiro segue as tendências norte-americanas.

      Eu particularmente prefiro o mercado europeu, mais sensato e coerente em minha opinião.

  • saosao

    Em vez de tirar esse modelo de linha, deveriam era dar uma caprichada nos modelos.
    A baixa das vendas do Vernao pode até ter sido causada pela preferência por SUVs, mas os sedans japoneses e outros americanos estão vendendo cada vez mais, provando que a culpa não é só da concorrência.

  • Diogo Oliveira

    Essa dianteira estilo anos 90? Não curti.

  • Louis

    Esse escapamento duplo denuncia que deve andar forte. É um V6 ?

    • Matthew

      Não. Como o colega disse acima, nada mais é do que um Opel Astra sedã mais sofisticado. Imagino que deva ser algum motor 4 cilindros sobrealimentado.

  • pedro rt

    como sempre americano nunca se acostuma com carros compactos e ate medios sempre so gostam de picapes e suv’s do tipo barca, q chegam perto dos 6 metros

  • DiMais

    quando a gasolina ficar cara e o desespero bater eles relançam o modelo por lá, foi na crise carros pequenos começaram a vender bem por lá, sem grande esforço.. e naturalmente as vendas dos grandalhões voltaram a subir com a descida do preço da gasolina..