Home Governamental/Legal Cadeirinha para crianças: assentos especiais agora são obrigatórios para quem tem até...

cadeirinha crianca Cadeirinha para crianças: assentos especiais agora são obrigatórios para quem tem até 7 anos de idade




A partir de hoje o uso das cadeirinhas especiais para crianças passa a ser obrigatório. Quem tiver criança de até 7 anos de idade no carro e não tiver esse tipo de assento levará multa de 191,54 reais e 7 pontos na carteira de habilitação.

A resolução é do Contran, e foi adiada em três meses pois não existiam produtos o suficiente no mercado. E olha que além da multa, o motorista não poderá continuar seu caminho sem providenciar o assento infantil.

Os bebês recém-nascidos e de até 1 ano de idade precisam usar o assento bebê-conforto, que fica virado para trás. As crianças de 4 a 7 anos podem usar o tal assento de elevação. Crianças de 7 a 10 anos tem que andar no banco traseiro com cinto de segurança, e as que tem 11 anos ou mais podem ir na frente.

Os que ficam de fora dessa exigência são veículos com peso maior do que 3,5 toneladas, transporte coletivo, táxi e ônibus escolar.


  • davi_auto

    muito bom!!!! as crianças tbm precisam ficar protegidas!!!!!!

    • MarcosMV

      Foi por causa de uma dessas que meu sobrinho sobreviveu a um grave acidente há 5 anos atrás.

  • rb_ba

    Mto boa a lei, pena q n fabricaram cadeiras em numero suficiente e na pratica n funcionará!! Procuro e n acho, nem aqui, nem na net no tamanho q preciso comprar!! Outra coisa.. como pode transporte escolar n estar obrigado a usar?? Leis cheias de brechas e mal elaboradas, como sempre!!

    Vai ser igual ao kit de primeiros socorros, lei seca, etc… Leis p gerar materias p jornais, multas e dpois de 1 mes, ficarem na memoria.. pura pressão!!

    • danielnsilva

      Não quero criticá-lo. Mas gostaria de aproveitar seu comentário para dizer que estou perplexo com essa procura em decorrência da Lei. Pois isso significa que muitas crianças não estavam sendo transportadas de forma segura. Eu preciso que o Estado me obrigue a dar segurança para o meu filho? Não. Quando minha filha nasceu, há 3 anos, ela já saiu do hospital no bebê conforto, daqueles que podem ser fixados com cinto de segurança do carro e possuem cinto para o bebê, e até hoje jamais foi transportada no colo, sempre no bebê conforto e depois na cedeirinha. Eu concordo que a Lei pode ter o mesmo resultado que teve a Lei do kit de primeiros socorros, mas acho irrelevante diante da falta de responsabilidade de muitos pais. Espero que ao menos sirva para a conscientização dos mesmos. Acabar com essa idéia de que a criança no colo está segura, assim como os passageiros do banco de traseiro acham que não precisam de cinto de segurança.

      • rb_ba

        Meu filho eh adotado, p isso n comprei desde antes… Conseguimos a guarda tem pouco tempo!! Ele tem 2 anos e tenho dificuldade de achar p ele, pelo menos onde moro!!
        Mas sua observação foi coerente!! Pois a maioria primeiro pensa em comprar p n levar a multa, p depois pensar na segurança da criança!! Mas se for esperar conscientização, mtas crianças morreriam, melhor p imposição do Estado msm.. aki so funciona assim msm, e as vezes, nem assim.. Infelizmente!!

  • Kokokil

    Até que demorou muito tempo para se adotar esse procedimento de segurança no Brasil.
    Finalmente!

  • Thiago_Bosco

    Lembro que no lançamento do Idea (se não me engano), a FIAT oferecia entre a lista de acessórios uma cadeirinha para crianças, (segundo o catálogo, era universal, podendo ser adaptada em qualquer outro carro da família, a vantagem é que era homologada pela FIAT.) Custava em torno de R$350,00. Porém nunca mais vi esse acessório entre os itens de opcionais nos últimos anos. Alguém sabe se alguma marca oferece hoje ou já ofereceu como a Fiat esse item como opcional? Acho que agora é uma ótima oportunidade para que as montadoras comecem a oferecer este item.

    • _Hunter_

      A Porsche oferece. E são cadeiras exclusiva e feitas exatamente para seus carros. Eu só vi a de recem-nascidos (onde a cadeira fica virada para o banco, encostada no painel). Não sei quanto custa (nunca postam o preço nos sites…) mas pela grife, deve ser em torno de 4 dígitos.

      • Thiago_Bosco

        A BMW também tem modelos exclusivos para a sua linha. Mas falo das nossas "populares". A Renault não tinha para a linha Kids da Senic?

  • Tempero

    Palmas para esta lei. Independentemente de haver (ou não) interesses comerciais ou lobby por trás disso tudo, é sem dúvida uma bela lei. Sério… Viajo muito e vejo sempre carros cheios de crianças soltas no carro. Outro dia vi um cara que me passou pela direita numa BR estreita e com o carro com 4 crianças no banco de trás, todas sem nenhuma proteção… Lembro que na hora pensei: "que Deus proteja", pois o motorista, além de tudo era completamente imprudente.

    O estranho é que taxistas ficam liberados dessa. Outro dia tive que transportar uma criança e não levei, pois estava sem cadeirinha. Mas se optasse por levar de taxi, aí tudo bem! É no mínimo estranho e completamente incoerente. Taxi bate como qualquer outro carro e nada justifica ser permitido criança andar desprotegida só pro estar num taxi. Nada. Da mesma forma que quando vamos viajar com muita bagagem, pedimos um carro com porta-malas maior, uma pessoa que trasnportará uma criança, deveria solicitar um carro com cadeirinha. Segurança é segurança.

    • Delicious M. Sweetness

      Boa, então o taxista vai ter que carregar quantas cadeirinhas dentro do carro? Há como ele prever quantas crianças cada passageiro terá?

      • pedraoctba

        Isso não é desculpa, o mesmo vale para onibus e vans. No caso do taxista eles podem deixar as cadeirinhas (duas ou três) no porta malas, e no caso do disk taxi, já perguntar para o usuario se tem criança para ja ir um carro com cadeirinha.

        • Delicious M. Sweetness

          Bem legal, cada taxista vai comprar duas ou três cadeirinhas, tentar arrumar espaço pra elas no porta-malas (lembrando que táxi em sua maioria usa kit gás) e, quando o taxista parar para pegar um passageiro na rua que esteja com três crianças, ele vai parar seu carro, montar as três cadeirinhas, prender as três crianças e então sair rumo ao seu destino.

          Considerando que crianças até 7 anos precisam de cadeirinha e, se não me engano, há 3 tipos de cadeirinha, cada um específico para a idade/peso da criança. Logo, o taxista precisará de NOVE cadeirinhas no porta-malas, três de cada tipo, correto?

          E ônibus? Como o cara vai prever a quantidade de crianças que entrará em cada ponto? Pra cada lugar normal, um lugar com cadeirinha? Ou o motorista de ônibus vai guardar as 30 (ou mais) cadeirinhas em um compartimento e, quando aparecerem crianças, sair expulsando passageiros sentados pra montar cadeirinha nos bancos?

          Na boa cara, raciocine antes de dizer as coisas. É por isso que essa merda desse país não vai pra frente. Basta ver se na Europa o taxista anda com "duas ou três" cadeirinhas no porta-malas.

          • pedraoctba

            Cara, como vc é mal intencionado nesse comentário.

            Quer dizer que por comodidade ao taxista eu tenho que colocar meu filho ou até mesmo seu filho com a vida em risco? Se o teu filho ou vc mesmo (que pelo grau de comentário deve ser uma criança) morrer em um taxi vc vai pensar assim? Que o taxista não precisa investir no negocio dele para se adequar as leis e a segurança das pessoas? Que R$ 1.000 que eles gastem nisso valem mais do que um inocente morto? Ou seja, se esta no carro particular não tem problema a pessoa ter 2 ou mais cadeiras agora para o taxista é incomodo.

            Alem disso, aprenda a contar, são dois tipos, onde uma pode ser aquela cadeirinha que é um banquinho elevado, bem pequeno e compacto. Duas cadeirinhas dessas e duas cadeiras para bebes cabem muito bem em qualquer porta malas. A maioria dos taxis são sedans e vans, cabe muito espaço, alem do tanque de gás. A diferença é que taxistas não querem pensar na segurança dos outros e sim no $$$ que ele recebe.

            • Delicious M. Sweetness

              Cara, na boa, você baixou o nível, mostrando que não passa de alguém sem o mínimo de cultura para manter um debate. O fato de eu ter lhe solicitado que "raciocine antes de dizer as coisas" não configura uma ofensa à vossa inteligência suprema mas, por você ter entendido isso como ofensa, peço-lhe desculpas por não estar nivelado ao vosso entendimento.

              Não se trata de comodidade do taxista meu amigo. Não conheço as normas que regem os táxis na vossa cidade, mas aqui no RJ, um taxista precisa pagar uma inúmera quantidade de taxas, enfrentar uma inúmera quantidade de filas para conseguir a documentação em meio a um sem número de burocracias. Taxistas aqui pagam manutenção caríssima de seus carros, combustível caro e ainda são vistoriados de forma mais rigorosa do que os carros normais, resultando em mais gastos para adequar-se às normas. Então você acha que resistir em gastar mais R$ 1.000 em cadeirinhas múltiplas é "comodidade"?

              Continuo lhe dizendo que não faz sentido uma lei que obrigue taxistas a carregar cadeirinhas, isso é BURRICE e é impossível de ser posto em prática. Se for feito conforme vossa sapiência disse, ou seja, pelo fato da maioria dos táxis ser sedan (van táxi só se for na sua cidade) duas cadeirinhas "dessas" mais duas "cadeiras para bebês" cabe em qualquer porta-malas? Bem, acho que você nunca abriu o porta-malas de um Siena táxi com gás para colocar suas malas para o aeroporto, né? Imagine então se o taxista estivesse cheio de cadeirinhas ali, o passageiro teria que levar as malas aonde? No colo?

              E, a propósito, eu sei contar muito bem e sou informado, ao contrário de você, pois são TRÊS tipos de cadeirinhas. Se você souber usar o google, pesquise no primeiro site que aparece, ou leia abaixo:
              http://www.assentoinfantil.kit.net/page03.htm

            • Delicious M. Sweetness

              E antes que eu esqueça, a pessoa com carro particular que tem filho leva a cadeirinha simplesmente por TER FILHO e TER CERTEZA que o filho vai andar no carro.

              E nenhuma das cadeirinhas, bebê-conforto ou booster é tão pequeno e compacto assim como você diz. Que tal levantar da cadeira, sair da frente do computador e ir conhecer o mundo real?

          • pedraoctba

            Com relação ao onibus, novamente vc mostra que é um otário ou fugiu da escola, pois para isso serve ESTATISTICA, vc consegue ter dados suficiente para saber quantos usarão esse tipo de banco. Alem disso, não tem banco para idoso e gestante? Pq não colocar por exemplo 4 bancos para um tipo de cadeira e 8 para outro tipo? Não tem problema algum nisso. Se tiver com os lugares esgotados, o motorista ou cobrador informa a pessoa que o onibus não tem mais espaço para a criança e ou ela espera o outro onibus ou vai em pé. Mas com a estatistica vc pode ter dados que lhe digam quantos bancos e de quais tipos necessitam e até mesmo em que linha e horário.

            Pessoas que pensam fazem isso, diferente de pessoas que não raciocinam antes de dizer, como vc. É por isso que essa merda desse país não vai pra frente. Antes de pensar no bem estar, pensam apenas no bolso, querem levar vantagem em tudo!

            • Delicious M. Sweetness

              "Com relação ao onibus, novamente vc mostra que é um otário ou fugiu da escola, pois para isso serve ESTATISTICA, vc consegue ter dados suficiente para saber quantos usarão esse tipo de banco."

              Mencione cientificamente qualquer pesquisa estatística que faça a amostragem do total de crianças que pegam deteminada linha de ônibus em determinado horário. Essa pesquisa deve dividir entre crianças até 13kg, de 13 a 22kg e acima de 22kg, conforme os três tipos de cadeirinha que existem. Você não vai achar. Então já que você é tão esperto, sabe tudo de ESTATÍSTICA e não fugiu da escola como eu, monte esses dados estatísticos e apresente aqui. Você merecerá um prêmio Nobel.

              "Alem disso, não tem banco para idoso e gestante? Pq não colocar por exemplo 4 bancos para um tipo de cadeira e 8 para outro tipo? Não tem problema algum nisso."

              Gênio. Bancos de idosos e gestantes, caso o ônibus esteja cheio e não tenham idosos suficientes, qualquer pessoa pode sentar nesses bancos. Agora, que pessoa de estatura e peso normal pode sentar em uma cadeirinha de criança? Cara, em nenhum lugar do mundo transporte coletivo tem cadeirinha pra criança, será que isso não te prova algo?

              "Se tiver com os lugares esgotados, o motorista ou cobrador informa a pessoa que o onibus não tem mais espaço para a criança e ou ela espera o outro onibus ou vai em pé."

              Sim senhor, a mãe que está com seu filho no colo pra levar à escola ou ao médico vai esperar outro ônibus sim. Se ela for em pé, não faz sentido a cadeirinha, gênio.

              "Mas com a estatistica vc pode ter dados que lhe digam quantos bancos e de quais tipos necessitam e até mesmo em que linha e horário."

              Te desafio a mostrar dados estatísticos aqui.

              "Pessoas que pensam fazem isso, diferente de pessoas que não raciocinam antes de dizer, como vc."

              Pessoas que pensam estão preocupadas com coisas mais interessantes do que colocar cadeirinha em ônibus ou obrigar taxistas a carregar n cadeirinhas no porta-malas. E eu não raciocino antes de dizer? Legal. Alguma vez eu disse que raciocino, que sou inteligente ou afins?

              "É por isso que essa merda desse país não vai pra frente. Antes de pensar no bem estar, pensam apenas no bolso, querem levar vantagem em tudo!"

              Por isso a lei das cadeirinhas, gênio. :)

              Diante da vossa inteligência suprema e do fato de eu ser, de acordo com você, "criança", "otário" e "fugitivo da escola", sem mais.

        • Sias

          Tem outra: geralmente o taxi já tem os cilindros do gás no portamalas. Se ele for carregar mais duas cadeiras acabou o espaço para alguma bagagem do passageiro.

          • pedraoctba

            Discordo, cabe muito bem sim cadeirinhas para as crianças. Claro que se a questão das malas dificultar, o cliente pode simplesmente pegar outro taxi. Nisso teremos situações que aqueles taxis pequenos, desconfortáveis e inseguros serão expurgados para dar lugar a taxis maiores e melhores, claro que se eu quero um taxi para duas pessoas adultas pego qualquer um, mas se tiver criança, vou naqueles que tem condição.

            Aí já tem uma mostra de um sub-mercado para os taxistas, especializar em levar familias com segurança. Investe um pouco mais, cobra até um pouco mais, mas com um produto seguro para todos. Quem tem filho pagaria um pouco a mais sim para leva-los em segurança.

      • Tempero

        Na verdade há sim. É questão de vontade. Da mesma forma que hoje podemos pedir taxi específico (taxi que aceite cartão, taxi que tenha porta-malas muito grande, taxi para deficientes físicos), poderia muito bem pedir um taxi para levar duas crianças. As companhias de taxi possuem até cadeiras de rodas, caso você solicite.

        Na semana passada vimos nos jornais o caso do motorista que, ao fugir de uma tentativa de assalto, levou dois tiros, desmaiou depois de dirigir por 10km e capotou o carro. Sua filha saiu voando para fora do carro e caiu a 20 metros de distância. Graças a Deus saiu ilesa. Mas poderia ter sido uma tragédia.

        Você está preocupado com o taxista, eu com a criança que estiver solta no carro. Mas como sempre, é muito dificil propor soluções. É mais facil ficar só apontando as dificuldades…

        • Delicious M. Sweetness

          Grande solução, inteligentíssima. Mas só funcionaria para casos aonde o passageiro solicitasse um táxi por telefone. Então, toda mãe que precisar levar o filho no médico (por exemplo) com urgência irá precisar antes ligar pra cooperativa de táxi, pedir um táxi com cadeirinha, esperar o tempo necessário para só aí poder rumar com seu filho pro médico?

          E mesmo que isso fosse viável, como implementar uma lei para obrigar os táxis a dispor de cadeirinhas? Ok, poderia-se obrigar as cooperativas a disponibilizar cadeirinhas. Mas e aí, como fiscalizar?

          Na semana retrasada vimos nos jornais o caso da motorista que foi assaltada no RJ e o filho dela, que estava preso na cadeirinha, foi levado pelos ladrões. Graças a Deus tais ladrões abandonaram o carro e deixaram a criança ilesa. Mas poderia ter sido uma tragédia.

          Você está preocupado com a criança solta no carro, mas esquece das outras probabilidades e esquece que a nossa geração (se você tem mais de 20 anos como eu) andou solta no carro (em carros infinitamente menos seguros do que hoje) e estamos aqui para contar a história. Quem tinha que morrer, morreu.

          Fato é que a cadeirinha funciona de forma linda em crash tests feitos na Europa. Os testes que o Inmetro faz aqui reproduzem situações de acidente aonde o carro bate frontalmente a 40 km/h em uma superfície deformável. E só. E mesmo assim esse teste é feito com um ou outro modelo. Lembrando que vivemos em um país aonde a maioria dos modelos não dispõe de segurança mínima para os ocupantes, sem falar nos carros antigos que vemos por aí.

          Mas também é indiscutível que uma cadeirinha pode proteger uma criança em um acidente, impedindo que ela se choque contra estruturas rígidas da carroceria ou até mesmo seja arremessada para fora do carro.

          Porém, deve-se avaliar a questão das PROBABILIDADES. Se você é um bom motorista, com cursos de direção defensiva e tiver bom senso, a chance de você se envolver em um acidente é menor do que você ser assaltado. E acidentes podem ser evitados, negociar com um assaltante drogado e com pressa, nem sempre será possível.

          • pedraoctba

            Grande parte do mercado de taxi é assim hoje, dos que vão a casa ou local devido a ligação telefonica. Tanto que existe radio no taxi justamente para isso! A central pode ver que carro A tem mais espaço e a configuaração que o cliente precisa e envia ele. Isso se chama customização de produtos, algo que fideliza muito um cliente exigente.

            Agora isso de dizer que em caso de assalto a pessoa pode sofrer consequencias sérias eu lhe pergunto: O mesmo não vale para o cinto? Pois quando ele chega com a arma ele quer que vc saia o mais rapido, e vc como motorista tem que tirar o cinto. Alem disso, as estatisticas provam que carros onde o motorista esteja desacompanhado são os mais visados e não aqueles que tem muita gente. A e a cadeirinha funciona muito bem fora dos crash tests da europa e EUA e não é pq a 20 anos atras poucas crianças morriam devido a impactos que hj o mesmo numero ou maior deve morrer devido a preguiça ou incapacidade de comprar uma cadeira para seu proprio filho ou cliente.

            • Delicious M. Sweetness

              Você está certo gênio, sapientíssimo.

          • Tempero

            Você ironizou cada pessoa que manifestou uma opinião contrária a sua, chamando de "inteligentíssimo" ou "sapientíssimo". Dá a sensação de que usa palavras bonitas para compensar a falta de conteúdo e fundamentos.

            Escrevi ontem um comentário aqui e vi que você passou a tarde inteira respondendo cada opinião diferente da sua. Em um post acima, vi que você mandou um cara "levantar da cadeira, sair da frente do computador e ir conhecer o mundo real". Mas reparou que foi você que mais comentou aqui (12 comentários)? Viu que a pessoa que efetivamente não saiu da frente do computador foi você?

            Mas se realmente ofendi sua superior “inteligência” e “sapiência” por escrever opiniões tão absurdas, peço desculpas e garanto: não comentarei absoltamente mais nada nesta página! Desculpa mesmo e fique tranqüilo!

            • Delicious M. Sweetness

              Não ironizei CADA pessoa que manifestou uma opinião contrária à minha e somente a pessoa que me ofendeu. Não uso palavras bonitas para compensar seja lá o que for, apenas escrevo de acordo com a minha natureza.

              E eu não passei a "tarde inteira" respondendo, visto que recebo por e-mail respostas aos meus comentários e, devido ao meu direito de tréplica, a fiz. E fico feliz por ter sido o que mais comentou aqui, também fico feliz por você ter lido (e contado) meus comentários. E realmente não saio da frente do computador, passo no mínimo 8hs por dia na frente de um, trabalho com isso. :)

              E não disponho de superior "inteligência" e "sapiência" (sic), afinal, como disseram anteriormente, eu sou "otário", "criança" e "fugi da escola".

              Novamente obrigado por ler apenas os meus comentários.

              Abraço.

        • pedraoctba

          Comentário perfeito o seu. O mesmo é lembrar de carros para deficientes. As montadoras não ficaram brigando ou evitando fazer esse tipo de carro, pois tornou um novo mercado, de carros para deficientes. Assim como taxis, onde vc pode ter carros especializados, fazendo um serviço diferente.

          Mas tem gente que só pensa no bolso ou não quer segurança para os outros somente para si.

  • Sias

    Uma pena é não se encontrar no mercado cadeiras para fixação ISOFIX, como tem no Polo. Ficam melhor fixadas e não precisa usar o cinto do carro.

    • _Hunter_

      O Polo tem ISOFIX? Que eu me lembre, nem o Golf tem. Aliás, fixação ISOFIX deveria ser outra coisa para entrar como obrigatoriedade junto do Air Bag e ABS. Me lembro de ter lido a algum tempo, que são raros os carros com ISOFIX aqui, entre eles estão Stilo (se não me engano, só na traseira), 307 e Picasso.

      • Sias

        Tem sim, lugar para ancorar duas cadeiras, e só atrás. Procurei muito estas cadeiras mas nem na internet achei, só importando.

  • Sias

    Transporta normalmente, desde que esteja na cadeirinha.

  • Delicious M. Sweetness

    Eu que moro no RJ, quando o ladrão vier roubar meu carro, vou dizer:

    "Pera aí senhor ladrão, vou soltar meu filho que está na cadeirinha."

    Legal.

    • Snoop_Fox

      Esse é só um dos efeitos colaterais que essa lei resultante de lobby e digna de fábrica de multas vai ter. Quero ver se isso acontecer com alguém "importante"…

      • Delicious M. Sweetness

        Se alguém fizer uma investigação a fundo, vai acabar descobrindo nomes interessantes dentre os sócios de fabricantes dessas cadeirinhas.

    • DCald

      E vc? tbm não tem que tirar o cinto de segurança?

      Tinha um amigo do meu pai que era contra o cinto de segurança… a "logica" e "razão" dele dizia que se caisse com o carro dentro de um rio ele morreria afogado por estar preso ao cinto de segurança… pois então, ele nunca caiu com o carro no rio, mas um dia um cara passou um sinal vermelho e ele colidiu com o carro do cara… teve muita sorte de sobreviver… depois de um monte de cirurgias e sequelas… o cara do outro carro saiu ileso pq estava com o cinto de segurança…

      Agora, pq um dia pode chegar um ladrão pra roubar o carro eu vou deixar um filho meu desprotegido todo o tempo? Claro que não!!! Mesmo no Rio de Janeiro, a probabilidade de seu filho morrer num assalto é menor do que morrer num acidente de transito (hoje mesmo vi uma reportagem dizendo que o transito mata mais que a violencia)…

  • Thiago_Bosco

    existem modelos específicos de cadeirinha para carros com acentos só na dianteira.

  • Sias

    Pode ter algum "efeito" indesejado, mas a segurança da criança que está sendo transportada é mais importante. Todos sabem o que acontece cm uma criança solta dentro do carro em um acidente.

    Diga-se de passagem deveria ser uma preocupação dos pais e não uma obrigação por lei.

    • rb_ba

      Sua ultima frase disse tudo!! Seria bom se fosse pela consciencia de cada um e n pela imposição!!

      • DCald

        Mas, quando a consciencia não funciona, precisa-se do braço forte da Lei…
        É só ver a quantidade de crianças soltas dentro dos carros… alias, quantidade de pessoas em geral soltas dentro do carro… hoje levei meu carro pra lavar e fiquei esperando e observando os carros… depois de um tempo comecei a contar quantas pessoas falando no celular e quantas sem cinto de segurança… em 30 minutos, num lugar nem tão movimentado, contei (apenas em um sentido da rua) 40 pessoas sem cinto de segurança e 20 pessoas dirigindo e falando no celular… imagina se eu fosse um guarda querendo fechar a cota do mes, que beleza que seria!!!

  • douglas_

    Eu que moro no RJ.

    "Pera aí senhor ladrão, vou soltar meu filho que está na cadeirinha." >2

    "Se eu encontrar minha tia com sua filha pequena na rua, ai ela fala pode me dar uma carona? eu digo nao, eu nao tenho caderinha vai de onibus eu nao quero levar multa."

  • Rochahofman

    legal as crianças mais protegidas

  • http://www.noticiasautomotivas.com.br/ Newlo Nunes

    Por um lado muito boa a idéia mais não deixa de ser mais uma máfia para ganhar dinheiro, simplesmente porque meu carro tem que andar com cadeirinha independente de situação, e o taxista nem com uma cadeira bebe conforto no porta malas deve andar ????

    Quer dizer que o carro do taxista ou o transporte publico viário é imune a batidas e não há perigo dentro dele ? (fala sério)

    Realmente ótima idéia apoio ela o bastante, mais não tem como aceitar que dois veículos iguais sejam tratados de maneira diferentes já que a lei busca a segurança

  • Leandro_SP

    Acho uma lei interessante.

    Só acho que ela não deveria ser determinada pela idade e sim pelo peso X altura…. se eu transporto uma criança que possui 6 anos mas tamanho e aparência de uma de 8 posso sem a cadeirinha vou ser multado ?

    E se o dito cujo que aparenta ter 8 anos não entra na cadeirinha da idade dele ?

    []s

  • Sias

    Acho que o transporte escolar deveria usar também, já que eles sabem quais são seus passageiros. Já no caso de ônibus e taxi fica difícil: no ônibus não é exigido cinto (nos que transportam passageiros em pé) e nos taxis quantas cadeiras ele teria que ter, lembrando que neste caso a criança conta como passageiro.

  • mateuswp

    O negócio eh o preço dessas cadeirinhas. Mas pela segurança tem q pagar!
    Obs: Pelo que dá a entender desse texto, com mais de 10 anos pode ir atras sem cinto.

    • DCald

      Ninguem pode andar sem cinto!

  • EduRM

    Não sei não…Olha o comentário desse cara, deixado na QR:

    "Eu tô no centro, encontro minha vizinha com seu filho de colo e ela diz, "você está indo pra casa?" e eu respondo, "sim!" então ela novamente, "que bom, me dá uma carona?", e eu digo, "NÃO, VOCÊ VAI TER QUE IR NAQUELE ÔNIBUS LOTADO E QUENTE, SEM A MÍNIMA SEGURANÇA OU HIGIENE, CHEIO DE GENTE TOSSINDO E PEIDANDO NA CARA DO SEU FILHO, PORQUE EU NÃO TENHO CADEIRINHA E NÃO QUERO SER MULTADO!!!!!!!" fim da história. "

    Acho que a decisão de colocar ou não a cadeirinha deveria por conta dos pais…

    • Delicious M. Sweetness

      Faço minhas as suas palavras.

  • Reis_BA

    Acho esta Lei muito válida! O grande problema é que somente é obrigado uso das cadeirinhas nos veículos de passeio. Nos outros veículos as crianças estão seguras? Por que a Lei não obriga que nos veículos novos, o banco traseiro tenha o sistema ISOFIX para prender as cadeirinhas? Por que a Lei não obriga que nos veículos novos, todos os assentos tenham cinto de três pontos?

  • recan75

    Os argumentos do pedraoctba parecem melhores que os seus.

    • Delicious M. Sweetness

      Não há como argumentar melhor que um gênio, fato.

  • _Hunter_

    Transporta da mesma forma que quem tem Porsche, na frente.

  • Paulo_Ricardo

    ajudaria muito se as cadeirinhas fossem baratas.

    meu pai é mestre de karatê e minha prima de 4 anos não vai mais poder ir às aulas com ele pq a minha tia não tem carro e ele pagar mais de 500 reais pra transportá-la é sacanagem, nem é filha dele. agora minha tia vai ter de levá-la de ônibus pras aulas, torneios e tal.