Home Finanças Caixa Econômica anuncia redução na taxa de juros para financiamento de veículos

chevrolet concessionaria1 Caixa Econômica anuncia redução na taxa de juros para financiamento de veículos




A Caixa Econômica Federal anunciou hoje (segunda-feira, 23) outra redução de juros para pessoas físicas, que abrangem três linhas: financiamento de veículos, crédito direto ao consumidor (CDC) e consignados, além das linhas para micros, pequenas e médias empresas. Os novos percentuais começaram a valer hoje.

Para o financiamento de veículos, a taxa mensal caiu de 0,98% para 0,89%. No CDC, a taxa mínima recuou de 2,39% para 1,80 por cento ao mês. A taxa do consignado para aposentados, que já havia recebido uma diminuição no dia nove deste mês, caiu para uma faixa mínima de 0,75% e 1,77% máxima ao mês. Agora, está em 0,84% e 1,80% ao mês.

“Com as novas reduções, a Caixa reafirma seu posicionamento de oferecer as melhores taxas de mercado e facilitar o acesso ao crédito a todos os cidadãos brasileiros”, disse o banco em nota.


  • CharlesAle

    Mais crédito,mais dividas para um povo que está atolado nelas,e só agora é que baixam os juros???tanto tempo para fazer isso,e depois que o povo tá até o pescoço em dividas,é que se baixam os juros!!!,digo e repito,este país está na mão de canalhas!!!!!!!!!!

    • rajkoothra

      Nao entendo comentarios nessa linha…. juros baixos e credito sao uma noticia boa….

      Pessoas irresponsaveis que abusam das oportunidades sempre vao existir…. reduzir a oferta de credito porque alguns nao sabem usa-lo nao faz sentido algum….

      • Kleverson_G

        mas o povo acredita q esses juros são eternos.. Daqui a pouco aumenta, e conseguem pagar ? NAO.. ai é mais um calote nos bancos federais!

        • MM_

          As taxas sao pre fixadas, ou seja, e a mesma taxa pelo periodo do contrato. Sendo assim eles nao aumentam…

          • nightwishjp

            além de tá a oportunidade de quem está com dívida poder refinanciar ela com juros mais baixos.

        • Tripa-Seca

          Geralmente, os juros são pré-fixados. Então, se eles assinam contrato com essas taxas, pode aumentar para 10% que não fará diferença para o financiamento deles.

      • meyerbro

        É exatamente assim que a Caixa e o governo querem que você pense.

        O problema do crédito ficar cada vez mais fácil é que a MAIORIA das pessoas começa a se endividar, até as pessoas que se julgam sábias e que nunca acharam que se enforcariam em dívidas.

        Aí a crise vem e pega de jeito todos os "trouxas".

        Foi por causa do crédito fácil da Caixa à partir de 2007 é que estamos agora numa crise imobiliária, com os preços dos imóveis completamente inflados e irreais.

        • Edson Roberto

          Desculpe, mas eu não posso pagar por outra pessoa que é irresponsavel.

          Se eu consigo fazer um negocio interessante para meu negocio, deixaria de fazer só porque o meu vizinho fez algo e vai dar calote?

      • TTropicthunder

        Baixar os juros é bom mas…

        Fazer o país crescer a base do endividamento da população é terrível e vamos todos pagar essa conta.

        O governo tinha que baixar o custo Brasil e não dar crédito para comprar os carros mais caros do mundo!!!

      • tonyecs

        Rapaz, tem gente que reclama de tudo. Se os juros são altos, reclama. Se abaixa, reclama também. Vai morar em Cuba!!

        • Tripa-Seca

          Ou compra as coisas a vista, não é não? É engraçado que já li aqui que "Quem não tem dinheiro para comprar a vista, não deveria andar de carro". Pois bem, será que essas pessoas nunca financiaram nada, parcelaram no cartão de crédito? Queria ver se elas ouvissem "Quem não tem dinheiro para comprar casa, deveria morar de aluguel"….Queria ver se manteriam seus pensamentos nazistas a respeito de crédito…

          • Edson Roberto

            Queria ver alguem HOJE ter condições de fazer uma casa, um carro e tudo isso só comprar a vista…. garanto que mtos iriam morar a vida inteira em apenas uma casa só….

            E digo ainda mais…. eu não sei o que é pior…. considerando a situação economico-financeira, considerar que as pessoas deveriam andar com carros antigos e inseguros ou incentivar mesmo que de forma errada usar creditos para conseguir melhorar um pouco as condições de vida.

            Falando do Marea, desisti dele. Havia um barulho vindo da correia dentada e ao acelerar o barulho acompanhava o ruido. Ou seja, havia folga na correia e era uma BOMBA. Ainda que tivesse notas de 3 anos atuais (e tinha mesmo, em uma pasta bem organizado). Agora, ficarei com meu carro atual…. e vou pesquisando….. ta vendo? não dá para defender o Marea… tem que culpar os donos que não cuidam e dos que cuidam também…rs

    • Bernardo_dalmas

      Pessoal, vamos reclamar menos, por favor… Criticar é muito fácil, sugiro sermos mais neutros em vez de seguirmos sempre pela linha negativa… Quem sabe, para variar um pouco, podemos ser um pouco mais otimistas com o cenário futuro. Dizer que a condição do brasileiro não mudou é hipocrisia. E essa medida de queda dos juros é BENÉFICA ao investidor, ao consumidor e traduz crescimento da economia.
      Agora, se o brasileiro terá maturidade financeira para lidar com essa realidade, aí é outra história. Mas isso não é problema das instituições financeiras… Será delas, contudo, se concederem crédito a quem tem perfil de pródigo.

    • johnsecret

      Só vai abaixar o juros por que o mundo econômico está em crise! outra, os bancos não tem culpa das atrocidades que seus clientes fazem para comprar um veículo mesmo sem ter dinheiro para isto. Lembrando que financiamento não é solução, é problema, uma pessoa em sã consciência deve optar pela compra à vista, para tanto basta economizar por pouco mais que três anos o dinheiro da parcela e depois gastar de forma correta, é muito, não!
      Precisamos de educação financeira no ensino média para essa garotada.

      • Tripa-Seca

        6 meses sem carro perdi 2 notebooks da empresa por conta de chuva, Gastei 700 reais de táxi com a namorada, e vi meu filho queimar de febre sem transporte para levá-lo ao pronto-socorro de madrugada.
        É fácil ter consciência quando se tem condição.

        • Edson Roberto

          Tripa, mas vc é um consumidor racional. Vc SABE usar o financiamento. Eu DUVIDO que vc se enforca no financiamento e deixa de dar comida para sua familia.

          Acho que esse termo que o comentarista disse, vale para quem só sabe se endividar sem exatamente a troco de nada. Como mtos que trocam de carro sem necessidade.

    • Tripa-Seca

      Quem tiver um financiamento, dificilmente vai conseguir outro… Então, quem está devendo, continuará devendo nos juros antigos…

      • thales_sr

        Pode pedir portabilidade da dívida pra outro banco, se não conseguir renegociar com o próprio banco.

        • Edson Roberto

          Thales, vc concorda que esse seria o ideal de todo o brasileiro? Porém todavia, ou será um mundo capitalista devorador fazer isso, ou os bancos terão acordo entre eles para evitar isso. E eu acredito nisso.

          • thales_sr

            Por que você fala isso? Já tentou fazer portabilidade e teve o pedido negado?

    • afonso200

      mais inadimplencia

    • HSFort

      A bolha agradece. Agora é esperar a QUEBRADEIRA! rrss…..

  • Leandro1978

    Preferia uma redução significativa dos preços, mas enfim…

    • thales_sr

      Aí é com os fabricantes, os bancos estão fazendo a parte deles. Melhor… O governo está fazendo os bancos se mexerem.

      • Leandro1978

        Acredito que quem realmente tenha o poder para isso é o consumidor. Enquanto ele aceitar pagar o que paga por produtos que não correspondam, nem de perto, o que cobram, os preços não baixarão. Há vários exemplos de modelos que abaixaram seus preços devido à baixa venda.

        • thales_sr

          Pois é, isso é simples lei do mercado.

        • Edson Roberto

          Leandro, para isso, falta cobrarmos do nosso governo EDUCAÇAO.

          Infelizmente acreditar que essa geração sabe, eu duvido.

  • Kleverson_G

    Era melhor abaixar os preços dos carros..! Ai n teriam problemas de individados!

    • MM_

      Obviamente q abaixar os precos dos carros seria uma coisa otima, entretando nao acredito q o problema do endividamento acabaria. Poderia ate diminuir um pouco mas nao se esgotaria. Se fosse assim, paises q possuem veiculos baratos, nao teria devedores. O problema e muita gente da um passo maior do q a perna. Dessa maneira se os carros fossem mais baratos muita gente nao se endividaria se comprasse um carro mil, mas acabaria comprando um carro superior e o problema seria o mesmo. Note q nao estou falando q nao seria bom se abaixassem os precos, mas q muitos endividados continuariam endividados. Veja o exemplo no Jalopnik do cara que abandonou uma Ferrari Enzo por dividas.

    • MatheusMaranhao

      Meu amigo, era melhor que todo mundo ganhasse na mega-sena semanalmente, mas isso não acontece. A matéria é sobre redução do juros, especialmente o juros pré-fixados para automóveis. Não é caixa econômica, Banco do Brasil, Bradesco ou Itaú que vão reduzir os preços dos carros, essas são instituições financeiras, não montadoras.

    • nightwishjp

      que pensamento tacanho é esse? a redução dos juros não só abrange a questão dos preços dos carros não. é uma política macroeconômica do governo que visa uma queda maior do juros para que o mercado se aqueça e seja investido dinheiro para incentivar, além do consumo, o investimento.

      o brasil vive só de venda de carros?

    • thales_sr

      Não teria… rsrsrs Você que pensa! kkkk

  • X11auto

    Os juros baixaram? Adivinhem o que vai acontecer!
    Quem acertar ganha um doce! Como eu quero comer o doce, vou adivinhar.
    Toda vez que o governo facilita algo as montadoras se aproveitam para aumentar seus preços, logo…….vai ter um monte de reajuste cara de pau de carros por ai !

  • Julio_F

    Uma queda de 0,09% ao mês chega a ser cômica.para não dizer outra coisa. Boa sorte para quem vai financiar um veículo, ou mesmo para quem vai comprar a vista. Só pensem bem antes de colocar o seu futuro (e muitas vezes o futuro de sua familia) em jogo por causa de um pouco de metal e quatro pneus. O número de pessoas tentando passar financiamentos grotescos para frente é enorme. Só procurar no Mercado Livre. Fulano quer vender um carro 2007 dizendo "Quero 40 mil e repasso 46x de 1200"… que tipo de xarope que entra em um negócio desse?

    • CharlesAle

      Julio,foi exatamente o que diz dizer lá em cima,mas vc o fez de maneira melhor,os juros do Brasil são de nível de agiotagem há tempos,e o governo é um deles,e agora,onde as pessoas,estimuladas de maneira irresponsável pelo governo anterior,agora estão com"a corda no pescoço" porque não baixou esse maldito juros antes!!já li vários anúncios de pessoas repassando financiamentos de valores absurdos!!!!e agora esse descontinho mixuruca,enquanto tudo que financiamos está,além de caro de adquirir,muitissimo mais caro no final(se é que alguém consegue chegar no final) do financiamento(tipo compra um carro,paga até 2,5)mas tem gente que acha boa noticia!!!!fazer o que,eu nem respondo isso!!!valeu……..

    • Tripa-Seca

      O conforto de uma família as vezes passa por um pouco de metal e quatro pneus. O futuro de qualquer um é melhor dentro de um carro do que dentro de um metrô negreiro (Nem meus antepassados deviam sofrer tanto como nos trens paulistanos). E 0,09% pode fazer uma diferença grande na parcela.

      • giodoesitbetter

        Exato, Tripa. Comprei o meu Corsa 1.4 em 60x de 660 não por que queria pagar de gato na balada, é pq era isso ou pegar 3 ônibus e 2 metrôs lotados para chegar ao trabalho.

        Hoje o mesmo financiamento encontra-se com meu pai, que está com o carro, pois eu pude comprar meu carro a vista pouco tempo depois.

        Me orgulho de ter comprado meu carro e ele foi muito útil. Creio até que muito mais útil do que os SUVs desses milionários aí em cima que criticam o financiamento mas compram uma barca para andar sozinho.

        • Edson Roberto

          Perfeito Giodo!
          Eu morava em São Bernardo do Campo e era issomesmo! Isso sem contar que eu GASTAVA MAIS com onibus/metro/trem do que com carro!

          Considerando todas as contas, ainda gastava menos com o carro. E quando considero todas as contas, vale dizer além de valores, o tempo perdido, a falta de tempo para fazer mais de um serviço e isso qdo eu não poderia estudar (e aconteceu) porque tinha que dar suporte ao cliente e com isso não dava tempo para estudar. Ou seja, perdi tempo na minha vida que poderia estudar mas por falta de um transporte mais rapido, perdi tempo e hoje pago por isso.

          Por isso que digo, só diz que um financiamento é coisa de gente doida é quem é hipocrita ou quem nunca precisou de fazerisso. Pois existem sim pessoas como nós que precisamos do financiamento para nossas necessidades e eles nos ajudaram a termos o qu etemos hoje.

          E digo com orgulho: Financiei meu carro e meu apto e TENHO essas coisas que me ajudam a resolver meus problemas. E curiosamente, HOJE tenho dinheiro para comprar meu carro a vista. Portanto não ligo para mta gente qdo diz que todos são burros ao usar esse tipo de solução para seus problemas. Considerando a situação atual de nosso país.

  • Cil

    Eu não sei. Às vezes eu acho que o brasileiro nasceu pra ser feito de besta. Já foi mostrado pela Proteste que essa queda de juros "para todos" na verdade é tão cheia de restrições, que apenas uma pequena parcela de clientes do BB e da CEF serão de fato beneficiados. E não estou falando de restrições relacionadas à simples análise cadastral.
    http://economia.uol.com.br/ultimas-noticias/infom

    Mas mais do que a investigação da Proteste, pelo menos no BB, e eu como cliente desse banco infeliz sei, não houve redução nenhuma de juros. Meu especial continua com 8,12%. Meu cartão cuja fatura fechou na última sexta continua com sua taxa de 13,5%. O consignado parte de 1,77% e não é ATÉ 1,77% e por aí vai.

    Ah! Nem Itaú nem Santander, onde também tenho conta, reduziram juros coisa nenhuma. Todo esse show não passa de propaganda enganosa. Mas é assim mesmo… é a política do pão e circo do governo toda vez que algum caso de corrupção ameaça esbarrar nele. Eheheheheheeh… na próxima pesquisa a popularidade da outra lá vai ser de 20305774%.

    E vamos combinar. Taxa de 0,99% com 50% de entrada a Citroen já fazia a muito tempo.

    • MM_

      Concordo em partes Cil, mas o proteste tambem abusa. Uma das alegacoes deles foi "Vale lembrar que a contratação depende de uma série de fatores como o relacionamento com banco e ampla análise de crédito". Ora, e obvio que depende de uma ampla analise de credito!

      No final das contas, vale a maxima de sempre estudar cuidadosamente os termos e ter certeza que se encaixa com folga no orcamento alem de ser compensador (certa vez iria comprar um carro a vista mas acabei dando 60 por cento d eentrada e paguei em 12 sem juros)

      • Cil

        Sim, mas se você decide que vai ofertar juros entre 1-3%, a análise de crédito serve para enquadrar os clientes dentro dessa faixa de juros. Estranho é eu fazer análise de crédito, não puder ofertar dentro da faixa que eu mesmo decidi que é onde eu quero atuar, mas daí oferecer com uma "levemente" maior. Ora, se eu não me enquadro para financiar um carro a 0,98%, porque eu me enquadraria para financiar com 2,31%, quando a máxima é 2,25%?????? Basta dizer que a parcela com juros de 0,98% vai ser menor do que os juros de mais de 2%. É muita cara de pau! Todos estes bancos deveriam ser obrigados a cumprir as faixas de juros informadas em seus comerciais para todos os seus clientes.

    • CharlesAle

      Cil,o Brasil é o País da propaganda enganosa,mas o pior de tudo isso,o povo cai que nem pato nessas mentiras deslavadas!!!e sabe porquê,a maioria,ao contrário de gente lúcida e perpicaz como vc,não pesquisa bosta nenhuma,vê na televisão e bota fé que é verdade!!!!e os canalhas sabem disso e se aproveitam,inclusive o nosso corrupto governo!!!!valeu……..

    • Alec_T

      Sou cliente da Caixa… pelo menos no especial caiu de 8 para 3,5% ao mes. Meu relacionamento é de mais de 3 anos.

      • Cil

        Eu vi poucas reclamações com relação a CEF, mas o BB…

  • Tiuju

    Furada isso aí! Fui lá hoje para ver essas taxas e tudo mais o que ofereciam. Aquela taxa de 0,89 e a outra abaixo de 1% são para financiamento dando 50% do valor do veículo de entrada e o restante parcelado em 6x! Quem é que consegue pagar um carro em 6x? Só se você tiver dinheiro e for querer pegar um Uno pelado que caiu da cegonha e tão fazendo oferta dele!

  • Tikolino

    Com certeza menores juros são melhores e isso é uma boa noticia mas mesmo assim tem que ser muito BURRO pra comprar um carro 100% financiado e pra quem dizer: Aaah mas se não for assim nunca vou ter um carro! O consórcio ta aí pra quem tem paciência e um pouco de inteligencia, se você tem 10% 20% do valor do carro pra dar de entrada, compensa mais ainda, por ter a chance de no máximo 6 meses tirar a carta com lances! O problema não ta nos juros nos financiamentos abusivos e sim na lei da oferta e da procura se mesmo do jeito que é com financiamentos ultrapassando 2x o valor do carro, o povo compra carro adoidado, não serão os bancos que diminuirão drasticamente os juros! Pensem nisso!

    • Tripa-Seca

      "… O consórcio ta aí pra quem tem paciência e um pouco de inteligencia.."

      E o seu carro está aí para quem depende do carro para poder trabalhar ou ajudar sua família? Não, não é? Então não classifique as pessoas como burras…

      • Tikolino

        Tranquilo Tripa Seca mas eu penso ou "classifico" como eu quiser e eu acho burro quem financia um carro 100% é minha opinião! Reclamar é fácil difícil é mudar se todo mundo resolvesse parar de comprar carros zeros e se negasse a esses financiamentos abusivos teríamos carros mais baratos com financiamentos que prestem!

  • PauloPGomes

    Fui ao banco mais próximo pra ficar sabendo dessas taxas, e o gerente do banco me disse:
    <img src="http://2.bp.blogspot.com/_NdPl3casSVs/TSym6gT6BhI/AAAAAAAABIw/RnMuk0ECFXQ/s1600/pegadinha-do-malandro.jpg"&gt;

  • Marciomaster

    A redução das taxas é a única notícia boa que recebemos nos ultimos anos, claro que depende de um bom cadastro para obte-las, claro que automóveis com taxas de 0,99 tem que ter entrada de 50%, mas enfim, ja é alguma coisa. Agora não fizerem isso de bonzinho não, foi sim para aquecer o mercado e adiar uma crise que esta por vir. PS. ainda temos a taxa de juros mais alta do mundo!!!!

    • Castle_Bravo

      Estamos longe de ter as taxas mais altas do mundo em 2012, nem nominais nem reais, felizmente.

      Não é ainda algo que possamos comemorar, mas pelo menos este infame título não é mais nosso.

      • Edson Roberto

        Considerando nossa situação financeira (digo do país) mesmo não sendo os juros mais altos, não seria consideravel perante outros países com melhor renda?

  • Castle_Bravo

    A redução das taxas é interessante também para renegociar as dívidas, pegar um novo financiamento com juros mais baixos para pagar um antigo parece ser uma boa.

    0,89% para financiamento automotivo é uma boa taxa, conheço gente que tem financiamentos à perder de vista com taxas por volta de 1,29%.

  • TTropicthunder

    Crédito para comprar os carros mais caros do mundo!!!

    E o custo Brasil?

    E a infraestrutura?

    Tão dando risos com o endividamento da população pois a bomba estoura lá na frente…

  • Armando_Perez

    E tem gente que ainda acredita em papai noel,
    Acham que o governo fez isso pro bem do POVÃO.
    fez o kct,
    essas reduções nas taxas de juros, é só pelo fato de que o governo sabe que a Bolha de Crédito está prestes a estourar, (já deu sinais, com a inadimplência aumentando mês a mês)
    então é qual e a forma mais adequada de se fazer na hora que bate o desespero?
    Reduzir os juros, para todo mundo renegociar e empurrar mais pra frente a Bolha.

  • rafthehay

    Acredito que a redução dos juros da Caixa, do BB e (snme) do Bradesco é uma coisa boa sim. Não é uma maravilha nem um milagre como pode parecer para alguns, mas é bom dar ao cliente a opção de se ter crédito quando ele quiser.

    O que falta MESMO é educação financeira para a população, mostrar que crédito não é dinheiro "que surge do nada". Nosso colega Tripa-Seca, lá em cima, já mostrou os perrengues que ele passou por não ter carro, é mais que óbvio que no caso dele um crédito mais acessível é muito bem-vindo. Por outro lado, é importante mostrar para um consumidor mais desatento (e que não precise do carro, por exemplo) como ele pode usar melhor o dinheiro dele.

    Crédito não é solução nem problema, é ferramenta.

    • danfm1982

      O pior nem é aquele que quer comprar um que ainda não tem, é aquele que troca de carro como troca de roupa, e vai empurrando o financiamento com a barriga.

    • Romis_gtr

      Falou muito, 100%, é isso mesmo, nego trata o crédito como vilão……exemplo do cartão de crédito….pessoas se afundam porque elas gastam, não é o cartão que gasta por elas……

      • Edson Roberto

        Não é porque elas gastam…. gastar no cartão de crédito se vc tem vc gasta. Problema é qdo vc faz dele um "adicional" do seu salario e como bem sabe, não vai conseguir pagar… ai fica reclamando dos juros do crédito que foi mencionado no momento em que assinou o contrato.

    • Tripa-Seca

      "..Crédito não é solução nem problema, é ferramenta…"

      Cara, eu entro no NA para ouvir coisas assim, que acrescentam, e até mudam minha vida. Parabéns.

      O que muitas pessoas pessoas tem dificuldade de analisar não é "o que um pobre ganha financiando um carro?", mas sim, o que ele perde por não ter um automóvel. Para uma pessoa, o automóvel pode significar a diferença entre trabalhar bem e ser promovido, ou nem conseguir trabalhar.
      Vou dar um exemplo de outra área: Acho absurdo pagar o preço de um notebook em um celular. Quem paga 2 mil reais em um Galaxy XYZ ou em um IPhone Mil GS, é trouxa, porque os celulares saem de Campinas e Taiwan a 10, 20, 50 dólares? Não, não são. Se elas apenas ligam ou mandam SMS, de fato estão gastando a toa (Mas longe de mim rotular quem usa seu próprio dinheiro para comprar o que quiser). Mas olhe meu caso: Gastei o preço de um notebook no meu IPhone, e tive que pegar um Macbook emprestado. Parece idiotice? Sim, parece. Mas recebi de uma empresa o valor de 10 vezes meu celular, por um software que fiz para eles, graças ao meu IPhone. Continuo achando 2 mil reais nele absurdo, mas graças a ele, consegui ganhar 20. Será que os espertões aí conseguiriam ganhar isso, porque acham simplesmente "absurdo" gastar 2 mil reais em um celular? Absurdo é, se você não recuperar o dinheiro que pagou por ele.

      • Emerson_Lima

        Eu tenho exemplo de carro como meio de trabalho com 3 amigos: um é representante de vendas, comprou um carro financiado e vende bastante, sempre batendo as metas. O irmão não tem carro, trabalha na mesma empresa cobrindo uma área diferente e está sempre com o supervisor ameaçando, pois não consegue bater as metas. O terceiro amigo foi indicado pelos primeiros para o emprego, mas foi dispensado por não ter carro e continua sem emprego. Fica a pergunta: o que financiou o carro novo, dando uma pequena entrada fruto da venda de um Uno velhinho pode ser chamado de idiota porque caiu na voraz armadilha dos juros mortais? Serão os dois úlitmos super espertos? O pensamento do primeiro é: o financiamento é o aluguel do meu "escritório", que se paga me ajudando a vender mais. Claro que os juros devem ser menores que os atuais depois da redução, pois ainda tem margem p/ cair, mas esse amigo não está errado. Está na linha de pensamento do Tripa-Seca.

      • Edson Roberto

        Digo ainda mais: Tenho 2 notebooks, 1 netbook, um Samsung Galaxy S.

        Curiosamente, os dois notes são mesma marca mas de configurações diferentes. Sabe porque possuo 2 notebooks? Porque um PRECISA de ser backup. Há quem diga que isso é um absurdo, pois afinal, tem HD portatil para isso (backup). Ai pergunto a essa pessoa: Ela tem backup de programa instalado? Eu consigo colocar meu HD em qualquer lugar e sair usando programas? Depende… se o programa já tiver sido previamente instalado em um computador, ele vai funcionar, caso contrário, não funciona. E eu PRECISO que o programa já funcione ao ligar e isso só ocorre porque ele é uma copia fiel e posso usar sem problemas.

        Como aconteceu ao queimar o HD do notebook mais novo. Usei o outro durante 1 semana. Não me fez falta afinal, só foi necessário copiar a base de dados para o HD novo sem contar o "ghost" que eu fiz que não me fez demorar mais do que 1 hora para deixar tudo redondo. (sem necessidade de baixar atualizações e perder MAIS TEMPO). Ai vem o netbook: Bem… eu realizo reuniões, palestras e treinamento e NÃO preciso expor meu notebook de trabalho para isso. Explico: Imagino a situação de estar com o notebook e na locomoção ser roubado. Esse me faria mais falta do que ter um netbook. O netbook me possibilita evitar usar um notebook cujo preciso do conteudo e assim evito meu prejuizo. Olhando no momento de uso, há quem diga que deveria usar o note, mas o net me garante essas coisas com mais facilidade e menos peso. E o celular? Para ver meus emails qdo precisar, sem estar sentado ou abrindo meu note ou net no meio da rua….

  • http://www.aprendacomprar.com Daniel

    O mundo todo vive a troco de crédito. Prova disso pode começar pela divida externa da Grécia ou de qualquer outro país do mundo. Se até esses gigantes penam por taxas e crédito, qual motivo de um cidadão qualquer ( seja de qualquer país) ter que viver do mundo à vista?

    Uma coisa é voce preferir viver sem um crediário, um CDC ou que seja. Outra coisa é voce querer um bem que voce possa pagar gradativamente e que tenha condições disso.

    Quando falamos de financiamento apenas o assunto inadimplência vem à tona. Se financiamento não fosse bom negócio, nao seria tão estudado e explorado. Assim como todos os tipos negócios, é algo a ser analisado com cautela para valer a pena.

  • D7V5

    Boas compras, paguem os juros, façam dívidas e depois façam + dívidas eheheh.

  • johnharleyp

    Juros ainda muito altos, mesmo a CEF sendo um banco Federal tem um spread muito alto, só os juros de financiamento de imóvel são realmente baixos e mesmo assim só para uma faixa de renda, além do mais quem já procurou financiar um carro na "Caixa" sabe que ela exige que o seguro do mesmo seja feito com ela e seu valor como não podia deixar de ser, caríssimo.

    • danfm1982

      Seguro está alto em qualquer lugar, renovei o meu seguro agora pela Caixa, simplesmente tentaram meter a faca no meu peito, e já sou segurado com eles à cerca de 10 anos, pesquisei com outros bancos, que tinha valores levemente mais altos, aí ameacei a Caixa que iria fechar em outro banco, já que eles prefeririam cobrar caro, não demorou muito eles me concederam um desconto de 15%.

      Tem que negociar, e pegar várias propostas e mostrar que está negociando com outras seguradoras mesmo, senão eles não cedem.
      Dinheiro é suado, infelizmente poucas pessoas sabem disso.

  • HSFort

    A taxa do consignado para aposentados, que já havia recebido uma diminuição no dia nove deste mês, caiu para uma faixa mínima de 0,75% e 1,77% máxima ao mês. Agora, está em 0,84% e 1,80% ao mês.

    Que redução bizarra é essa?

    • Edson Roberto

      heheheh li o mesmo.

      Meu pai deve ter ficado "feliz" com isso….

  • Romis_gtr

    Meu, reclamam, reclamam e reclamam, mas quem é que faz a b%&¨#$&*#sta da dívida? É o próprio consumidor, ele é que tem que parar de fazer m***rda com o que lhe é oferecido.

    Como disse um amigo lá em cima Crédito é Dívida, Renda é Renda.

    Na minha concepção a única dificuldade é a compra do 1º carro, porque até então você depende do "transporte público", mas depois disso dá pra comprar um carro(seminovo ou 0km em um segmento de entrada), acabar de pagá-lo e começar, por exemplo, um consórcio….acabar de pagá-lo e fazer a troca, você teria um carro 0km e sem dívidas, aí se quisesse entrar em um novo consórcio pra pular de categoria, você estaria mais tranquilo.

    Foi nesse pensamento que consegui minha moto 0km, fiquei mais de 7 anos com a minha primeira moto usei até o pó, mas durante 3 anos paguei um consórcio e após seu término fiz a aquisição e sem nenhuma prestação.

    E o carro? Esse sim tá difícil de sair da cartola, 1 – pelo porte de carro que quero pegar (sedan/hatch médio, ou seja, mais caro), 2 – pelas condições de financiamento x planejamento familiar. Planejo talvez ainda esse ano dar em torno de 20k de entrada em um seminovo e pagar um financiamento de 36x, sabendo que posso ficar com esse 1º carro uns 7, 8 anos…mas mesmo assim estaria tranquilo para a aquisição do 0km, porque estaria com esse já (já não se torna uma necessidade)

    O que vejo é uma pressa e falta de planejamento…..sempre no pensamento parecido com o de um amigo meu: "Ah, compra, depois a gente vê como faz pra pagar…!":S

  • exmarujo

    É amigos, baixa de taxa de juros para aquecer a economia até que nem está mal pensado, a classe média negocia as dívidas com taxas de juro mais baixas, quem não tinha acesso a crédito agora passa a têr e vai mais dívida para pagar, vêm uma crise por muito pequena que seja e a coisa para os bancos fica preta, crédito para dar e vender quem quiser é só pedir, nos USA foi assim na Europa foi assim e viu-se o resultado bombástico que deu, concordaria que se baixasse os juros para empresas, indústrias de valor acrescentado etc etc investidores em geral e para quem está com a corda na garganta e já não pode pagar as suas dívidas, agora liberar no geral é mau, muito mau, mas isso sou só eu a divagar.

  • higojoseph

    financiado???? , Não compro financiado nem se minha vida estiver em jogo!!! muito melhor c juntar e pagar à vista!!!mesmo que demore um pouco!!!