Chevrolet Dodge Esportivos EUA Ford Segurança Vídeos

Camaro, Challenger e Mustang são testados pelo IIHS

chevrolet camaro 2017 iihs 1

O IIHS (Insurance Institute for Highway Safety), órgão responsável pela segurança viária nos Estados Unidos, divulgou nesta terça-feira (24) os resultados de crash-test dos muscle-cars Chevrolet Camaro, Dodge Challenger e Ford Mustang. De acordo com o instituto, os modelos apresentaram boas evoluções em relação as gerações anteriores, mas ainda há espaço para melhorar.

Segundo o divulgado, o IIHS não costuma testar carros esportivos, mas os muscle-car representam uma pequena parcela do mercado, então os engenheiros do órgão decidiram testa-los em versões com motorização V8, já que eles são os mais vendidos da categoria.

ford mustang 2017 iihs 1

Nenhum dos três conseguiu conquistar o prêmio “Top Safety Pick”. Para levar o prêmio, os veículos devem registrar boas classificações nos testes de colisão frontal reduzida e moderada, de impacto lateral, na resistência do teto, na contenção de cabeça e bancos e nos sistemas de segurança. O Mustang foi o que mais se aproximou do prêmio, enquanto o Camaro apresentou resultados aquém na categoria e carece de sistemas de segurança, ao passo que o Challenger foi o que mais decepcionou, já que necessita de uma série de melhorias.

O Ford Mustang precisou de apenas uma pontuação melhor no teste de colisão frontal reduzida, que submete o veículo a uma barreira que pega apenas 25% da dianteira do carro a uma velocidade de quase 65 km/h, simulando uma batida em árvore ou poste, com nota “aceitável”. Neste teste o Chevrolet Camaro foi o único bem avaliado, com nota “boa”, mas teve nota “aceitável” em resistência do teto e necessita de novos itens de prevenção de acidentes.

dodge challenger iihs 1

No caso do Dodge Challenger, a pontuação na colisão frontal reduzida foi “marginal”, enquanto nos testes de resistência de teto e contenção de cabeça e assentos a nota foi “aceitável” em ambos os casos. Durante os testes, a roda invadiu o habitáculo do carro, prendendo o pé do motorista. Os técnicos do instituto precisaram desparafusar o tornozelo para retirar o boneco.

Confira os vídeos abaixo:

Galeria de fotos dos testes do IIHS





  • Louis

    “aceitável” a 65km/h, mas estes carros chegam a esta velocidade em 1a.marcha….

    • Gustavo73

      Essa é a velocidade aonde ocorrem as maiorias das colisões segundo os institutos. O objetivo é pegar a média e não os extremos. Se não daqui a pouco vai ter gente querendo o teste contra um bitrem à 150km/h.

      • Leonardo

        gostei do bitrem kkkkk

        • Gustavo73

          Rsrsrs. É porque não tem mágica. Já vi gente escrevendo que os testes não servem pois imaginam justamente essa situação. Uma carreta completamente carregada vs um carro. Não tem jeito, mesmo que fosse possível e economicamente viável uma estrutura resistir a isso. O ser humano não resistiria, a desaceleração iria nos matar. Quem viu como ficou o rosto e olhos do filho mais novo do Piquet depois de voar na Porsche cup, isso com cinto de 5 pontos bancos concha e capacete. E sem um colisão de verdade percebe que não dá.

          • CharlesAle

            Estava vendo um documentário sobre a história das 500 milhas, e seus acidentes mais graves..Teve um piloto, chamado Swede Savage(ou algo assim). Que deu uma porrada homérica no muro..E sinceramente até hoje, não entendo como ele saiu vivo do acidente( e morreu no hospital dois meses após).Se não me engano, foi em 1973..O que quero dizer é que há casos onde o ser humano consegue sobreviver a acidentes incríveis. Os engenheiros fazem de tudo, mas é impossível garantir sobrevivência dos passageiros de um veículo justamente por acidentes não serem uma ciência exata.Uns morrem a 30 por hora, outros sobrevivem a mais de 200 por hora..

            • Gustavo73

              É o famoso não era a hora dele, ou oa contrário. São muitas variáveis não dá para prever tudo. Às vezes uns centímetros a mais ou a menos,um grau a mais ou a menos e o cara morre na hora ou sobrevive. Nesses casos a engenharia tem que focar no padrão para abranger o maior número de casos.

              • Pacheco

                Rubinho sofreu um acidente aparentemente pior que o do Senna e ta ai fazendo graça… e o Senna ta enterrado a mais de 20 anos.

                Existem situações que não da pra prever ou salvar… é gritar Phudeu e ir pro caixão amigo… kkkkk

                • Gustavo73

                  Exatamente se a barra da suspensão tivesse passado alguns centímetros para o lado e ele estaria aqui. É só para se ter ideia ela nem atravessou o osso. Mas funcionou como braço de alavanca com a roda do outro lado. Fez efeito chicote na cabeça e pescoço. E pronto. O Schumacher é outro que não deu “sorte”.

      • Nessa situação torça pra estar no bitrem.

        • CharlesAle

          Mas em compensação, bitrem x bitrem.o motorista fica fragmentado a nível celular..rsrsrs

          • Pacheco

            Sim… caminhão que bate de frente vira Omelete… não tem o que fazer.. kkkk

      • Daniel Bezerra

        Mas se você considerar que a maioria das highways americanas tem velocidade de 50 a 70 mph e o americano sempre anda com as 10mph a mais que a polícia fecha os olhos, deveriam fazer testes de pelo menos 100 km/h. Nem que fosse um teste adicional, com tolerância maior a danos, mas com garantia de vida.

        • Gustavo73

          Você está considerando que a pessoa não irá frear o carro? Ou melhor que continuará em aceleração até momento da colisão? Essa não é a realidade no dia a dia, sempre se freia e a velocidade é reduzida. No famoso acidente da Lady Di, falaram muito que o Mercedes teria entrado no túnel com velocidade superior aos 140km/h, mas a velocidade de colisão estaria abaixo dos 100km/h. E que se estivessem usando o cinto de segurança apesar dos ferimentos a probabilidade de sobrevivência seria bem maior. Veja o caso do acidente do cantor sertanejo em uma Evoque. Os passageiros do banco da frente que estavam de cinto sobreviveram, o cantor e a namorada que estavam sem o item de segurança (classificado inclusive pelos institutos de segurança como o item principal na segurança veicular) morreram na hora. A velocidade aferida pelos sistemas do carro segundos antes do acidente era de 179km/h. Claro que não foi contra uma barreira indeformável (algo que não se encontra na vida real em uma estrada). O carro foi perdendo energia enquanto capotava. Mas estávamos falando de quase 3x a velocidade dos testes. Por isso que gard rails e outras formas de desaceleração e manter os carros na pista de mesmo sentido são tão importantes na segurança das estradas .

          • Pacheco

            Se os dois estivessem de Cinto de Segurança, estariam seguindo suas vidas.

            Cada caso é um caso… eu tinha um conhecido que tropeçou num buraco na rua, caiu e bateu a cabeça. Morreu… e tem gente que cai de prédio, toma tiro, chifra a esposa e ta vivo pra contar.

            • Gustavo73

              Chifra a esposa e está vivo…. rsrsrs

  • Mr. Car

    Rapaz, como isso aperta meu pobre coraçãozinho! Aperta, não: esmaga!

  • BillyTheKid

    Fiat mostrando como se faz carro “altamente seguro” pra mercado de primeiro mundo! Agora só imagina os produtos feitos especificamente pra países de terceiro mundo…

    • tiago

      Se não me engano este carro já tem mais de 10 anos, logo não tem nada de fiat nele.

      • Diogo Oliveira

        Reclama da Fiat mas mal sabe que a linha 500 da Europa tem praticamente 5 estrelas no ”Moderate Overlap”

    • rafa93

      Vai me dizer que as Ferraris pegam fogo apenas por pertencerem parcialmente a FIAT, o Challenger é o projeto mais antigo dos testados, sem contar que não é a Fiat que está fornecendo tecnologia ao grupo, pelo contrário, ela está tirando proveito das tecnologias e cooperação com as outras marcas.
      Mas sem dúvida, não coloco muita expectativa em cima dos projetos deles para países subdesenvolvidos.

    • Diogo Oliveira

      Sei que parece uma pergunta burra mas… essa sua indireta é pra Fiat ou para os países de terceiro mundo mesmo?

    • Filipo

      Imagina um Mobi ou Uno!

    • Murilo Soares de O. Filho

      Fala Bobagem, para começar esse carro, não tem participação nenhuma da Fiat, é o mais antigo dos três e mesmo assim deixa a maioria ou quase todos nossos carros no chinelo.

    • Fabio Marquez

      “Seje menas”! O projeto do Challenger é da época que a marca era controlada por outro grupo. O Mustang e o Camaro (que já mudaram de geração), teriam notas ruins se fossem testados em suas gerações anteriores.

      • DiMais

        outro grupo, leia Daimler (ou Mercedes Benz)… além de ser o mais antigo, e claro que o Mustang sendo o mais novo dos três teve melhores resultados..

    • CharlesAle

      Mais é o que geralmente vemos..Ford mais seguros, GM mediano e carros da FCA devendo e muito…

    • Bruno Wendel Marcolino

      ta brincando né? Challenger existe antes da fusão com a Fiat…

  • Diogo Oliveira

    Ninguém consegue aguentar o ”Small Overlap” esse teste é super rígido.

  • Diogo Oliveira

    Ninguém consegue aguentar o ”Small Overlap” esse teste é super rígido. Nem carros Hiper Seguros como Jetta, Golf e etc aguentam esse desafio.
    OBS: Isso é uma indireta para os Vw fãs que falam que os carros da Fiat são inseguros, LEMBREM-SE o que é inseguro são os carros vendidos no Brasil. A Fiat é tipo a Dilma do mundo automotivo brasileiro, não pode acontecer nada, que os doidos já começam a falar que é tudo culpa dela.

    500, 500L e 500X conseguiram 5 estrelas no ”Moderate Overlap Crash Test” assim como Golf e Jetta, já nos ”Small Overlap” a barreira de colisão é MUITO mais rígida, até os carros mais seguros sofrem uma deformação grande ao colidir com ela em uma velocidade assim.

    • celso

      Há questão é que quando houve há implementação do Small-overlap, as montadoras foram pegas de surpresa, ou seja, os carros não estavam preparados para o teste de “quina”.Por isso, praticamente todos foram reprovados. Agora, modelos mais novos, como por exemplo o Volvo XC90, já conseguiram ser aprovados no temido teste.
      Só mais uma coisa: esportivos nunca foram referência em segurança, exceto Ferrari, Lamborghini, que abusam de fibra de carbono.

      • oloko

        Sim, tanto que foi feito esse teste com bmw série 5 e mais alguns carros neste nível e o resultado foi ruim, mas são carros que estão longe de serem inseguros

    • Gustavo73

      Falando da dupla citada acho que ambos tem o top safety plus.

    • Filipo

      Uai, Golf e Jetta são “top safety pick +”, e tiraram “good” no small overlap, enquanto a família Fiat 500 tirou “poor” (pobre)!
      Falar que um Fiat é tão seguro quanto um VW é brincadeira.

      • Mr Andrey

        Uma Ferrari com certeza é..

      • Diogo Oliveira

        Nos ”Small Overlap” os fiat’s receberam sim um ”Poor” mas nos ”Moderate Overlap” ambos tiraram nota máxima

    • CharlesAle

      Sim.Os Fiat europeus( familia 500) são exemplares..Já os nacionais..O problema é que a Fiat deixou a linha nacional defasada demais.(Exceto Toro).

      • Diogo Oliveira

        A Toro usa a plataforma do Renegade, e o próprio, recebeu 5 estrelas no Crash Test. Eu tenho a leve impressão de que a Toro se sairá bem no Crash Test (pelo menos se sairá melhor que a Ranger, Kkkkk nada contra)

  • Lucas Furtado

    Deveriam ter incluído o muscle car up tsi. Humilharia todos no crash test.

    • Victor Porto

      quebraria a barreira, e ainda faria 20km/l de gasolina..
      heheheheheeh

  • Fabio Marquez

    Esse pé decepado do dummie no Challenger me deu calafrios. Fico imaginando a cena de um acidente grave onde as pessoas ficam neste estado.

    • CharlesAle

      Isso é Grave. vamos supor um acidente nas mesmas condições, o motorista e/ou passageiro poderiam ter o pé decepado. O que seria uma hemorragia grave e, se o socorro demorar, risco grave de morte..

      • Pacheco

        Amputação de membro… já aciona o Grau Resgate e o Água. Isso é HC direto… kkkk

    • Zoran Borut

      Não se preocupe, o pé do dummie não foi decepado, apenas desparafusado. E lá é a terra do câmbio automático, não a do saci pererê ou do futebol, o pé esquerdo não tem muita utilidade por lá mesmo. (espero ter feito passar seus calafrios com esse humor “saudável”)

  • Gabriel Oliveira

    Pior que nesse teste ai um monte de carro foda tem notas medianas, mas brilham nos testes normais.

  • Mr Andrey

    Sério que foi o mustang o melhor dos três, pareceu que foi o pior disparado.

  • Lucas Furtado

    É por isso que carro está tão caro, temos que ficar pagando toda essa destruição para o fetiche de alguns.

    • Gustavo73

      Você paga pelos testes?

  • DiMais

    faz sentido a classificação, já que a ordem foi basicamente do projeto mais moderno para o mais antigo.. o Challenger está no mínimo uma geração atrás dos seus rivais, nem chega a ser uma surpresa o resultado (decepcionante)..

    • Rodrigo

      Foi isso mesmo que eu pensei.
      Projetos mais modernos obtém melhores resultados.
      O projeto do Challenger tem pelo menos 10 anos, eu acho.

      • DiMais

        o conceito é de 2006, lançamento oficial 2008.
        Mustang e Camaro 2015.

  • celso

    Pelo vídeo, tem se a falsa impressão de o Mustang ter obtido a pior nota para resistência do teto.

  • oloko

    A proteção para o passageiro traseiro no impacto lateral me pareceu muito ruim no mustang e no camaro, já no challenger o air bag de cortina ajuda muito este passageiro, acredito que a carroceria coupé não ajude tbm…

  • Mr Andrey

    Nítido isso, apresentava várias deformações ao longo do carro até na coluna C , bem esquisito, na o painel saltou para perto do motorista, enquanto que no Camaro ele se conteve mais.

    • Paulo Reis

      Observe as fotos e note o espaço entre o joelho do dummie e o painel do carro. Compare esta foto com os 3. Note que, apesar do camaro estar parecido, é do mustange a menor deformação, portanto, maior espaço entre o joelho e o painel. Concluie-se que, apesar da coluna do parabrisa entortar e parecer o pior no video, nas notas no IHHS parece que foi o melhor a proteger o dummie. P.S. Não sou especialista, estou notando estes detalhes. Além disso, a pontuação da entidade é quem diz quem foi melhor, portanto, parece q foi o mustang de fato.

      • Paulo Reis

        “The Mustang comes closest to earning Top Safety Pick,
        while the Camaro falls short in one category and lacks an available
        front crash prevention system. The Challenger is most in need of
        improvement.”

      • Mr Andrey

        Ao meu ver não, analizei todas as imagens, vi todos os vídeos várias vezes, o mustang deforma mto. Algo soa estranho pra mim, porém não sou nenhuma especialista, apenas leigo no assunto, uma pena que existam apenas esses muscles cars,pra optar sobre a questão. Vlw.

  • JoãoAVR

    Olhando só as três primeiras fotos em destaque, eu pensei que o Camaro tinha sido o melhor entre os três.
    A coluna ‘A’ dobrou, e o teto do Mustang subiu, enquanto o Camaro me pareceu bem “inteiro” após a pancada.

  • Bruno Wendel Marcolino

    Nenhum bate o visual matador do Challenger.
    Por ser um projeto até mais antigo que a fusão com a Fiat realmente foi mal.

    Vamos aguardar pra ver um possível nova geração, só espero que não deixem o carro com formas generalizadas, assim como a Ford fez com o Mustang.

  • Doyle

    Mustang é superior em condução, dirigibilidade, acabamento, aceleração e segurança

  • João Ricardo da Silva

    Mustang. The best.

  • Cesar Mora

    Ok, “Desparafusar o tornozelo para retirar” não é uma opção viável para nós, mas ainda acho o Dodgão o mais lindo dos 3! carro para andar na lenta, curtindo o v8 borbulhando com um escape legal..

    • Pacheco

      Sim, um carro mais pra curtir do que pra acelerar.

      Faz mais sucesso parado chamando as pitchulas.

      • Cesar Mora

        é aquele carro que vc olha na garagem e sorri, até opta por você mesmo lavar ele no fds, é como ter uma Harley, não é para pista, mas para a estrada… faz parte da personalidade do dono…

        • Pacheco

          Sim… comprar um carro desse e ficar usando direto é até burrice. O carro é mais um troféu do que um veiculo.
          Eu que sou meio insano e compraria um Camaro pra ir trabalhar todos os dias. Só não tenho condições de manter atualmente, mas eu sou Insano. Sou o consumidor burro e emotivo.

          • Cesar Mora

            rsrs sim, mas eu também ! imagina vc ter um carro desse e sei lá, um Fit para usar no dia-a-dia, um carro bom, correto e econômico.. mas que na hora de pegar a chave sempre ia escolher o V8tão! rs… o preço é um fator que dificulta, mas a “usabilidade” diária de um carro desses é possível sim… deve ser um T ir trabalhar de Camaro, Mustang, Challenger, Z4, Porsche 911, GT-R, até de Ferrari se vc andar por lugares onde ela possa passar sem deixar os parachoques rs…

            • Pacheco

              Sim, é magnifico chegar no trabalho com um carro desse. O problema é que vira ponto de referencia. Chama mais atenção que prefeito. E dependendo por onde vc passa, coloca até sua vida em risco.

              Eu tive um 5.7 V8 Blindado no uso diário durante 2 anos. Na época já cogitava a troca num Camaro. Mas eu sou burro… eu faço isso pq amo carros e gosto de estar dentro de maquinas. Mas racionalmente pensando, é besteira. Vc acaba gastando dinheiro de forma errada e só destruindo uma bela maquina.

              Atualmente prefiro ter um carro mais racional e ter um desse pra curtir o final de semana com a patroa.
              Mas vc está certo… é maravilhoso. Qm sabe eu volte a viver bem quando a crise passar e possa ter um Camaro preto.

              • Cesar Mora

                Se vc for ser racional, anda só de Up e quando for precisar de mais espaço aluga um carro maior.. mas cara, deve ser muito chato ser racional! hahahaha tenho um 2.0 e ja me peguei olhando preços de Cherokkes 2006 5.7 v8… lindas, fortes, mas pesadas demais no meu bolso no uso.. certamente essa crise há de passar, os combustíveis aqui baixarem como está no resto do mundo e nem que seja ter um v6 para usar de final de semana eu também possa me permitir!

                • Pacheco

                  É exatamente isso que eu falo amigo… por isso quando a crise passar e eu voltar a ter minha vida top eu quero andar é de Land Rover Supercharger V8 de 500cv… hahahahahahaha

                  Eu sou muito burro para carro… eu gosto de carro bomba e esses doidos.
                  Nada como andar de SUV Blindado… vc se sente num tanque de guerra.

                  • Cesar Mora

                    Rsrs verdade! infelizmente hoje da muito mais prazer ter uma Ranger Rover Sport Blindada do que um conversível, meu, imagina a neura que vc acaba andando o tempo todo em um conversível importado…. mata qualquer prazer que o carro pode te dar…

                    • Pacheco

                      Sim… infelizmente vivemos num pais que conversivel não rola.

                      Eu prefiro um SUV de grande porte com motor V8 acima de 300cv, super completo e blindado. Lacra no insulfim e anda tranquilo.

                      O mundo pode acabar do seu lado e vc está lá curtindo o som alto.

  • Pacheco

    Eu olho esses videos e parece que o carro faz careta quando vai dar a porrada… kkkkkk

  • Anderson Freitas

    Galera tudo comentando sobre outros carros e nao dos envolvidos no teste nesta materia.

    A roda do camaro literalmente quebrou como se fosse de vidro
    O challlenger foi o unico que manteve a roda fixada no eixo pelo que vi e com menor distorçao no quadro da janela do motorista.

    • AugustoSeide

      Tá, mas tu viu que a roda do Challenger invadiu a cabine e que os engenheiros tiveram que desparafusar o pé do boneco pra tirar ele de dentro do carro?!

  • Rafael Santos

    tem airbag ou cinto de segurança para os orgaos internos? O carro pode tirar 5/5 em segurança e o motorista morrer.