Veículos Comerciais

Caminhões serão proibidos de circular em rodovias nos feriados

man rodovia

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) anunciou nesta terça-feira, 29, através de uma publicação no Diário Oficial da União, que vai limitar o tráfego de caminhões em rodovias federais durante os feriados de 2016. A medida será aplicada apenas para caminhões do tipo bi-trem, cegonha e portadores de Autorização Especial de Trânsito (AET).

Segundo o texto, a restrição afeta todas as rodovias federais de pistas simples. Ainda de acordo com a PRF, tal decisão tem como objetivo promover a fluidez do trânsito em grandes feriados, quando se têm uma maior movimentação nas estradas.  A lei regulamenta ainda que uma jornada de trabalho aos motoristas com folga mínima de 11h consecutivas a cada 24h.

Confira os dias e horários proibidos:

FERIADOS DIAS DE RESTRIÇÃO HORÁRIOS DA RESTRIÇÃO
Carnaval 13/02/2015 (sexta-feira) Das 16:00 às 24:00
14/02/2015 (sábado) Das 06:00 às 12:00
17/02/2015 (terça-feira) Das 16:00 às 24:00

18/02/2015 (quarta-feira)

Das 06:00 às 12:00

Semana Santa

 

 

 

02/04/2015 (quinta-feira)

Das 16:00 às 24:00

03/04/2015 (sexta-feira)

Das 06:00 às 12:00
05/04/2015 (domingo) Das 16:00 às 24:00
Tiradentes

 

18/04/2015 (sábado) Das 06:00 às 12:00
21/04/2015 (terça-feira) Das 16:00 às 24:00
Dia do Trabalho 30/04/2015 (quinta-feira) Das 16:00 às 24:00
01/05/2015 (sexta-feira) Das 06:00 às 12:00
03/05/2015 (domingo) Das 16:00 às 24:00
Corpus Christi 03/06/2015 (quarta-feira) Das 16:00 às 24:00
04/06/2015 (quinta-feira) Das 06:00 às 12:00
07/06/2015 (domingo)

Das 16:00 às 24:00

Independência 04/092015 (sexta-feira)

Das 16:00 às 24:00

05/09/2015 (sábado)

Das 06:00 às 12:00

07/09/2015 (segunda-feira)

Das 16:00 às 24:00

Nossa Senhora Aparecida 09/10/2015 (sexta-feira)

Das 16:00 às 24:00

10/10/2015 (sábado)

Das 06:00 às 12:00

12/10/2015 (segunda-feira)

Das 16:00 às 24:00

Finados 30/10/2015 (sexta-feira)

Das 16:00 às 24:00

31/10/2015 (sábado)

Das 06:00 às 12:00

02/11/2015 (segunda-feira)

Das 16:00 às 24:00

Fim de Ano 24/12/2015 (quinta-feira) Das 14:00 às 22:00
31/12/2015 (quinta-feira) Das 14:00 às 22:00
03/01/2016 (domingo) Das 14:00 às 24:00
Restrição de trânsito na BR 101, entre os municípios de Rio Bonito e Itaboraí, km 269 a 308 do Rio de Janeiro, e na BR 493,nos municípios de Bagé e Itaboraí, do km 0 ao 26.
Carnaval

13/02/2015 (sexta-feira)

06:00 às 19:00

14/02/2015 (sábado)

06:00 às 19:00

18/02/2015 (quarta-feira)

12:00 às 22:00

22/02/2015 (domingo) 12:00 às 22:00
Restrição de trânsito na BR 135 no estado do Maranhão, do km 0 ao 100, entre entre os municípios de São Luís e Itapecuru – Mirim
Carnaval 14/02/2015 (sábado) 12:00 às 22:00
18/02/2015 (quarta-feira) 12:00 às 22:00
Restrição apenas nos estados da Bahia, Paraíba e Pernambuco
Festejos Juninos

(São João)

 

19/06/2015 (sexta-feira)

12:00 às 20:00

23/06/2015 (terça-feira)

12:00 às 20:00

26/06/2015 (sexta-feira) 12:00 às 20:00





  • radiobrasil

    Que comece o mimimi de quem é contra rsss

    • CorsarioViajante

      A maioria vai reclamar sem nem ao menos ler a matéria. Isso que enche o saco.

      • Felipe

        Assim como vc, que está reclamando dos outros sem ler os comentários. É cada um…

      • Edson Fernandes

        Sabe o que eu penso? Que isso vai ferrar mais ainda o frete. E quem transporta alimentos que podem estragar ficando parados? E coisas que podem estragar?

        Dessa forma, sem uma regulamentação e conversa de como funciona, só prejudica uma classe, pelo menos é oq ue eu acho.

        • CorsarioViajante

          Não sei, a restrição é bem específica tanto em relação ao tipo de caminhão (apenas alguns poucos tipos) como em relação às pistas (apenas pistas simples federais) como em datas (apenas feriados nacionais). No fim acho que muda muito pouco.

    • Gustavobrtt

      Eu acho ridículo, transforma a falta de investimento em infraestrutura em encargos nas costas dos trabalhadores e da população.
      Mas concordo que esse negócio de bitrem não deveria existir. É muito perigoso em curvas, a última carreta fica boba, invadindo a outra faixa.

      • Pedro Rocha

        Vejo um lado positivo nisso: os motoristas desse tipo de veículo ao menos terão folgas nesses feriados, ainda que nos dormitórios das empresas se já estiverem em trânsito.

      • Sergio

        Se liga nos ‘bitrem’ australianos :)

  • CorsarioViajante

    Achei uma medida muito boa, lembrando que se refere somente à “caminhões do tipo bi-trem, cegonha e portadores de Autorização Especial de Trânsito (AET)” e que afeta apenas as rodovias federais de pista simples.

    • Deadlock

      Isso e nada é quase a mesma coisa. Deveriam mudar a matriz de transportes, priorizando trens e embarcações, reservando o transporte por caminhões para rodovias vicinais. Devemos lembrar que, estatisticamente, os caminhões se envolvem mais em acidentes e, o que é pior, mais graves, devido à energia cinética maior que eles desenvolvem. Essa nova matriz beneficiaria duplamente o povo, com custos menores de transportes (preços menores das mercadorias ou aumento do salário real, como preferirem) e muito menos mortes nas estradas.

      • CorsarioViajante

        Pois é, todo mundo concorda que trem seria melhor mas enquanto não se constroem linhas ferroviárias a vida segue.

        • 4lex5andro

          o modal ferroviario (e tbm o hidroviario) é o ideal, mas como o país anda sobre asfalto, com restriçao de cargas e horarios, pode haver impacto (provavel) na inflaçao ..

          por exemplo, uma carga de combustivel que precise ser levada diariamente, e vai em bitrem, tera sua viagem encarecida, indo em 2 caminhoes menores ..

          • Daniel

            Note que são apenas em alguns horarios, não é 1 semana de restrição… E, se o pessoal da logistica dessas cargas colocarem na ponta do lapis, vai ver que não é negocio querer colocar a carreta pra ficar queimando diesel nos enormes congestionamentos de feriados.

            É só uma questão de replanejamento

            • Magno

              Compartilho com sua opinião.

            • Edson Fernandes

              Isso funciona quando… o transporte não vem lá do Norte para o Sul do país. Replanejamento em um país onde tudo tem que ser para ontem? é capaz do cara pagar a multa e jogar a conta para os consumidores.

          • Edson Fernandes

            Pois é… é isso que estranho.

        • Deadlock

          As montadoras podem muito.

      • Mauricio

        Além dos acidentes, tem a questão da manutenção da malha viária. Infelizmente nas décadas de 60 e 70 os governos priorizaram as rodovias e abandonaram as ferrovias. Além disso, a falta de um projeto de integração fez com que as poucas ferrovias construídas nos anos seguintes tivessem bitolas diferentes, não sendo possível integrar umas as outras.

        • Deadlock

          Isso é verdade, quem acaba com as rodovias são os caminhões. No fundo os carros acabam subsidiando os caminhões ao pagarem os pedágios.

          • Wendel Cerutti

            se tivesse balanças pra controlar o peso ………..

        • Pedro Rocha

          O modal ferroviário precisa de alta demanda; a maioria das ferrovias que foram desativadas ou convertidas em rodovias faziam ligações com cidades pequenas, tornando-se inviáveis economicamente.
          Na Europa e Japão, o modal ferroviário é interessante por conta das curtas distâncias entre grandes cidades e centros industriais. Mas se pegarmos países grandes como EUA, Canadá e Austrália, o modal rodoviário também é superior ao ferroviário.
          A ideia é simples: se você traz de trem um vagão cheio de tijolos, você precisará de 2 carretas para descarregar sua encomenda até seu estoque. No final, acaba ficando mais rápido e barato as 2 carretas buscarem a encomenda onde estão, porque do local de onde ela saiu até o trem também foram necessárias 2 carretas. Por isso, o modal ferroviário é interessante para transporte de grandes fluxos de cargas, como a soja do Centro-Oeste para os portos, mas para atendimento ao setor de produtos e serviços torna-se inviável, o que acarretou o ocaso das pequenas ferrovias.

      • Roger Bersch

        Deviam, mas não fazem pois no Brasil existe algo chamado sindicato, fazem lobby como em tudo no Brasil.

      • Daniel

        Sim… só que isso já é coisa a medio prazo e demanda muito $$$.
        A curto prazo e baixo custo, acho a medida acertada! (se fosse a minha decisão, seria até mais rigoroso!)

      • Darwin Luis Hardt

        que trem? essa palavra nem existe no Brasil. Acho que pra ter uma malha ferroviária decente, vai levar no mínimo 200 anos ainda de tão fdp que são essa máfia maldita rodoviária

        • Fabio Marquez

          Hoje em dia com o nível de urbanização, eu acredito seria bem difícil construírem uma malha ferroviária capaz de cobrir a demanda coberta pelo transporte rodoviário. Os custos com desapropriações, licenças ambientais e alternativas, como por exemplo, construção de malha subterrânea seriam muito altos, quase que inviáveis. A época de fazer obras faraônicas no Brasil já passou, infelizmente temos que tornar o que já está ai mais eficiente.

          • Bruno Wendel Marcolino

            Não tem como discordar de ti, não existem nem argumentos, só restar concordar contigo, infelizmente, gostaria de colocar contrapontos, mas matou qualquer possibilidade hehe.

            Mas eu queria muito ver essas obras faraônicas acontecerem…

          • Lemming®

            Não é possível porque o Brasil vai acabar em 2016?
            Com visão de curto prazo não se faz nada e os políticos se esbaldam com soluções tabajaras, absurdamente caras e superfaturadas…

      • Robinho

        com certeza !

      • Louis

        Deviam é multar esses caminhões que se arrastam a 10km/h em estradas.

        • Wendel Cerutti

          pior do que caminhao a 10km/h ,sao carros a 80 numa rodovia de 110 na faixa da esquerda . sem contar os domingueiros . na verdade essa medida e um favor para os caminhoneiros que nao tem que aturar esses rodas presas .e antes que digam , sim existem muitos ,mas muitos mesmo caminhoneiros irresponsaveis que deveriam ter a habilitaçao cassada .

          • Pedro Rocha

            Você comentou o que eu iria comentar: os carros 1.0 lotados e com mala cheia atrapalham mais do que os caminhões, ainda mais se forem motoristas inexperientes.
            Se está reclamando de rodovia duplicada, pior do que isso é carrinhos se arrastando morro acima na faixa principal e não vai para a faixa adicional, matando a ultrapassagem de todo mundo. Tem também aquele que tem medo de passar ao lado de caminhão trafegando em faixa adicional.
            Mas o mais perigoso de todos é o que vai ultrapassar, desiste no meio da manobra, fica dirigindo na mesma velocidade do caminhão a ser ultrapassado e depois dá uma freada para voltar para trás do caminhão e dane-se quem estava ultrapassando atrás dele!

      • Wendel Cerutti

        isso e facil de resolver . basta fazer uma concorrencia internacional oferecendo contratos de 100 anos para construir e explorar ferrovias e hidrovias . mas quero ver governo pra isso .

      • Bruno Wendel Marcolino

        Falou o que eu vim escrever.

        Concordo plenamente.

        Beira o ridículo um país de tamanho continental como é o Brasil não usar sistema ferroviário como principal meio de deslocamento de cargas, combustível, alimentos, etc. É ridículo.

        O cara que se candidatar a presidente e pelo menos citar isso na campanha, já ganha meu voto!

    • Holandês Louco

      A primeira coisa que eu pensei foi nos produtores de leite que não possuem grande infraestrutura. Sem resfriador e sem caminhões = leite azedo. Pelo menos os tocos e trucados poderão circular.

      • Marcelo Nascimento

        Na rio Bahia as cegonhas conseguem manter seus 80/90km/h sem problemas. Mas é cheio de 1113 da década de 80 que no plano mal passam de 70km/h. Concordo que os bitrens dificultam as ultrapassagens pois são potentes e andam bem. Os trucados fracos (ou com sobrepeso) é que atrapalham…

        • Daniel

          Falando nos 1113… tinha era que ter uma lei determinando aposentadoria dos caminhões com mais de 20 anos… Mesmo que super conservados (o que tá longe de ser o caso) eles estão ultrapassados em questão de desempenho, estabilidade e principalmente frenagem!

          Eu tive oportunidade de dirigir um 1113 89 tratado a pão de ló (caminhão contra incendio de aeroporto que foi aposentado) e o negocio é muito ruim… já os Iveco ano 2000 (olha que já tem 15 anos!) são superiores em tudo

          Agora imagina os caminhões da decada de 70, 60!!! que ainda estão rodando por ai só na base da gambiarra?

          Depois acontece acidente e falam que foi fatalidade…

          • Zetros1833

            O pior é que a maioria dos acidentes ocorrem com caminhões novos, modernos e potentes em alta velocidade, muitas vezes dirigidos por caminhoneiros cheios de cocaína ou crack.

            • Daniel

              Não sei por onde vc anda… Mas, tirando o problema de cocaina/crack/rebite (que independe do ano ou tecnologia do caminhão), o que eu mais vejo é caminhão velho batido/tombado.
              Mas o pior de tudo é saber que eles pegam esses caminhoes batidos, fazem uma meia sola e voltam a rodar (pq geralmente caminhão velho não tem seguro)

              • Zetros1833

                Ando pela BR-324 e por estradas estaduais que cortam a Bahia. Pode verificar com mais atenção às notícias sobre acidentes com caminhões e olhe se são com caminhões velhos.

                E é extamente por serem novos e potentes, que muitos motoristas abusam da velocidade, do excesso de peso e das manobras arriscadas. Se drogam pra ficar vários dias sem dormir e entregar a carga no tempo estipulado pelas transportadoras. Tudo isso é prato cheio para os acidentes nas estradas.

                Talvez você veja o caminhão todo amassado e ache que é velho, mas, não é raro ver bi-trens novos, cegonhas e camihnões-tanque envolvidos em acidentes. Fora os chassis-rígido 6X2 da vida.

                • Daniel

                  Ando por PR, SP e RJ… e vejo mais dos antigos acidentados.

        • Zetros1833

          Tem muito tempo que não vejo um 1113 aqui na Bahia. O que mais tem aqui é Mercedes L-1620 e VW Constelaltion e Worker.

        • leomix leo

          Tenho medo dessas cegonhas, no trecho conquista – Feira de Santana elas fazem cada barbaridade. Fico distante delas.

          • Daniel

            Eu já vi esses caras fazendo “quebrada de asa” na Regis Bittencourt…

          • Zetros1833

            Não vou generalizar, mas, os cegonheiros são acidentes ambulantes. Não por acaso, eles não gostam de dirigir cegonhas com menos de 400 cv, exatamente para terem boa velocidade nas estradas pela carga de baixo peso que eles carregam.

            E como vc disse, haja barbaridades. Já escapei por pouco de um acidente que ia ser ocasionado por uma cegonha que ultrapassava outro camihão numa curva e ia pegar o carro que eu estava de frente. Se meu colega não para no acostamento, pra esperar ela passar, não estaria aqui escrevenmdo esse relato.

    • Daniel

      Tambem acho muito bom… só acho que ainda é pouco, pq mesmo em pistas duplicadas o impacto desses caminhões é grande.
      Nas pista simples, proibiria geral os caminhoes, ia diminuir a necessidade (e as vezes o desespero) de ultrapassagens tão perigosas.

      Não acho que iria causar grandes transtornos, afinal, caminhoneiro tbm tem que descansar! E dizer que não dá pra ficar sem trabalhar alguns dias é sinal que tem algo muuuuito errado na forma como os caminhoneiros trabalham.

    • Fabio Marquez

      Sei que os “caras” estão trabalhando, mas deveriam era proibir todos os tipos de caminhões circularem, só deixando os casos de emergência. Infelizmente a maioria não sabe se comportar como um veiculo de carga e quer ficar disputando espaço com os carros pequenos, acham que qualquer hora podem invadir as faixas à esquerda da via, gerando uma série de transtornos e acidentes, já que o trânsito está fluindo e de repente tudo para porque o caminhão que andava a a 12 km/h resolveu ultrapassar o que andava a 10 km/h. Em pista de mão dupla tudo piora, já que parecem não se mancar que seus veículos são grandes e demandam de grandes espaço para ultrapassarem e freiarem, quem vem na faixa contrária que se vire.

      • CorsarioViajante

        Fábio, o problema é geral, este comportamento que você descreve também se nota em outros veículos. Infelizmente falta muita cidadania no trânsito.

  • Foxtrot

    É uma medida válida, mas é um tanto ridículo que essas restrições tenham que ser tomadas se pensarmos que a carga poderia ser transportada via modal ferroviário se… vocês já sabem, né?

    • 4lex5andro

      nao so ferroviario, muito da produçao do centro-oeste poderia ser exportada via hidrovias tambem ..

      quanto as rodovias, o ideal seria que tivessem suas condiçoes de asfalto melhoradas, muitas pistas tem nas irregularidades do piso seu maior risco e nao o trafego de caminhoes grandes ..

    • João Paulo

      Não é toda carga que vai ser transportada por modal ferroviário, produtos perecíveis, cargas expressas, encomendas ou abastecimento do comércio sempre serão supridos por transporte rodoviário.

  • Rodrigo

    2015? A restrição é retroativa? Quem rodou nessas datas e horários vai ser automaticamente autuado? Vão pedir ajuda ao McFly pra isso? KKKK
    Ironias à parte, mais uma mostra que a máxima das instituições governamentais é proibir coisas na base da canetada. O que tem sido feito como alternativas para o escoamento da produção mesmo?

    • Rafael Gomes

      Não tem sido feito nada e pelo jeito vai demorar para ser feito

      • Junoba

        Na verdade nunca vai ser feito nada.

        • Daniel

          Na verdade estão fazendo… vc é que não tem paciencia!… não faz nem 200 anos que começaram os projetos! :P

  • Mr. Car

    A pergunta é: a PRF tem autoridade para isto? Não está atropelando o direito de ir e vir? Prevejo que a coisa vá parar nos tribunais.

    • CorsarioViajante

      Sim, podem determinar. Por exemplo, a rod. dos Bandeirantes é proibida para caminhões em determinados dias ou horários. Não em nada a ver com o direito de ir e vir, que é assegurado ao cidadão, não ao meio de transporte. Por exemplo, é proibido moto ou bicicleta na via expressa da marginal, e isso não fere o direito de ir e vir.

      • Mr. Car

        Ainda assim vai dar briga. É o equivalente a dizer “você pode ir do Rio para São Paulo, desde que seja andando. Eu não estou tirando seu direito de ir e vir”. O direito continua existindo, mas de uma forma que o torna inviável. Eu, na qualidade de entidade representante da classe, brigaria. E estou falando no sentido amplo da coisa, pois para mim, como motorista de carro particular, é claro que seria melhor enfrentar estradas livres de caminhões.

        • CorsarioViajante

          Os caminhoneiros podem sim reclamar da medida, mas não pelo argumento do “direito do ir e vir”.

          • Mr. Car

            Então vamos aguardar. Eu acho que rola este argumento, he, he!

            • Daniel

              rola nada… é a mesma coisa que vc chegar num aeroporto e querer entrar no aviao na marra pq tem o direito de ir e vir.
              Ou daqueles “ixxxpertos” que acham que pode passar no pedagio sem pagar…

              • Mr. Car

                Não é, não. Aí já é querer usufruir de um serviço que não é de graça, sem pagar.

                • Daniel

                  Mas usam essa desculpa… Claro que não cola!

                  • Mr. Car

                    Usam. Malucos ou anarquistas. E saem do aeroporto em uma ambulância do Pinel ou em uma viatura da polícia, he, he!

    • Daniel

      Cara, todo mundo confunde o tal do direito de ir e vir. Ninguem está barrando pessoas, estão barrando caminhões!
      Se o cidadão caminhoneiro quiser ir, só pegar um carro, um onibus, um aviao, ir a pe, etc.

      • Mr. Car

        E vai meter a carga do caminhão no porta-malas do carro, no bagageiro do ônibus, do avião, ou carregar nas costas? Ah, claro, pode despachar pelos correios.

        • Daniel

          O direito de ir e vir é do cidadão, não da bagagem dele ou da carga do caminhão…

          • Mr. Car

            Então, tá. Como diz um amigo psicólogo, “melhor não contrariar”, he, he!

    • sheldonDS3

      É uma restrição e não um impedimento…. é algo semelhante ao rodízio municipal em SP, ou mesmo a restrição de caminhões também em SP

      • Mr. Car

        O que é outro absurdo.

  • José Eduardo Borba

    Eles não imaginaram que pode haver desabastecimentos? Combustíveis mesmo, tem posto que precisa reabastecer todos os dias.

    • CorsarioViajante

      Combustível vem de bi-trem, caminhão cegonha ou é portador de AET?

      • José Eduardo Borba

        Sim! Ao menos na minha região. Pq?

        • Igor Lima

          Pode ir de Bi-trem, mas tb pode ir muito bem de cavalo trucado mais semirreboque… de bitruck, de truck, toco… opções não faltam…. e são apenas nas rodovias de pista simples, nos feriados que já estão devidamente informados… ou seja, é só se programar e parar de reclamar… afinal, é uma medida que beneficia a todos.

          • Guilherme Eduardo

            O problema será o custo. 2 bitrens carregando 45 mil litros cada equivale a 3 carretas de 30 mil.

        • CorsarioViajante

          Nunca vi bi-trem transportando combustível, normalmente é aquele caminhão pipa. Bi-trem é aquele caminhão com dois reboques, se não me engano.

      • José Eduardo Borba
    • Daniel

      Precisa reabastecer a cada 12 horas? dá pra ir de madrugada uai

  • Gavlan The BeerMaster

    kkkkkkkkkkk

  • PerobaC

    No BR, como sempre, é mais fácil punir e censurar do que corrigir e educar …

  • Thiago Lamim Matos

    Eu acho errado, toda e qualquer proibição de liberdade.
    *Desde que não agrida ninguem.

    • Daniel

      quem tá sendo agredido?

      Isso no minimo garante um descanso para os caminhoneiros! Todo mundo de recesso curtindo e os caras tendo que ralar? deixa eles descansarem um pouco tbm! :)

    • Fanjos

      O MST, CUT, entre outros são livres para fazer qualquer coisa, agora vai lá vc com um caminhão rodar a trabalho no feriado ou protestar porque o combustível dobrou de preço

  • Roger Rosato

    Concordaria se o Brasil tivesse uma malha ferroviária moderna de uns 100 mil quilômetros… mas não é esse o caso.

  • Felipe Santos

    Poucos são que saem pra passear de caminhão! Mas isso acarretará em subida de preços os fretes ficarão mais caros. Pena que eu vendi meu caminhão!

  • BorisAWD

    Fazer ferrovia q é bom………………….

  • Daniel

    Aleluia! Já falo pra fazer isso a mais de 10 anos! parece que alguem me escutou!

  • Ramom Alencar

    palhaçada, querem melhorar o tráfego atrapalhando justamente quem faz esse País se movimentar, os caminhões, só porque o estado não é competente o suficiente para fazer vias suficientes no País, tendo como justificativa feriados como: “a festa da carne”, é justamente trocar o desenvolvimento por imoralidade.

    • sheldonDS3

      Se vc pensar dessa forma, então deveriam tirar o rodízio em SP?

  • KOWALSKI

    HAHAHA, Brasil é um país legal mesmo. Nos E.U.A os caminhoes rodam livres, até mesmo em NY, Times Square, Brooklyn, Manhattan… aqui gostam de atrapalhar quem trabalha.

  • Pipo pipo

    Isso exemplifica a incompetência pública para gerir seja lá o que for.
    Investe-se no modal errado e investem muito mal e com muitos desvios (não estou falando das estradas), logo vem um inteligente e manda: “tive uma idéia: vamos proibir trânsito de alguns tipos de veículos durante os feriados para nossas famílias poderem viajar para suas lindas casas de praia em paz”.
    Não concordo com tal decisão, primeiro porque tenho a impressão que não adiantará nada, segundo porque estão penalizando quem investiu no modal menos pior existente no Brasil.
    E paro por aqui, já estou de saco cheio hoje, o governo federal não tem recursos nem pra comprar papel higiênico para limpar as …… Que fez e continua fazendo, aí vai e arruma aumento de salário mínimo para nós pagarmos, pouco depois leio que uma lei foi alterada pela excelentíssima presidenta para incluir o Falecido Sr. Leonel Brizola como um dos heróis de nossa nação.
    Não tenho nem nunca tive vergonha de ser brasileiro, pelo contrário, adoro meu país, mas em alguns momentos tenho vontade de sair novamente do Brasil, fica parecendo que está tudo errado e nenhuma solução à vista.
    Desculpa antecipada a todos os que se ofenderem com meu comentário, não tive essa intenção.

  • Poperon

    2015? Aí não né estagiário, ajuda aí pô!

  • Bruno Ursine Guimarães

    Que datas loucas são essas? Me empresta o DeLorean do Marty McFly pra eu voltar no Carnaval deste ano…

  • Robinho

    Excelente! deveria dar um jeito de diminuir a frota de caminhões nas rodovias e investir mais nas ferrovias.

  • V12 for life

    Dimensiona-se o país para o caríssimo transporte sobre pneus, e agora pune o meio de transporte que escolheram, quando o correto é investir em ferrovias, só no Brasil mesmo.

    • Fábio

      Sabe quando vão investir em ferrovias? NUNCA! Não é interesse do governo (atual).
      Sou a favor da proibição de caminhões em feriados pela segurança. Como não tem ferrovias e hidrovias o melhor é tomar essas medidas.

  • Alessandro Rodrigues

    Ah se nós tivéssemos um sistema ferroviário eficiente para extinguir as graneleiras que destroem os asfaltos com suas 60t…

  • Gran RS 78

    Ótima noticia. Poderiam colocar a proibição tbm nos finais de semana, pois a imprudência desses motoristas de caminhoes estão colocando em risco a vida de todos que estão nas estradas.

  • Bruno Wendel Marcolino

    Se já falta mantimentos (carne, legumes, frutas, etc) no litoral em feriados(como a virada de ano por exemplo), imagina sem transporte hehe

    Até abastecerem tudo demora…

  • CanalhaRS

    Vamos ver quantos séculos mais levaremos para aprender a transportar nossa produção por ferrovias e hidrovias.

  • Felipe

    Aumentando o frete em …3,2,1!

  • Sergio

    O titulo da materia poderia ser ‘Caminhões de grande porte serão proibidos de circular em rodovias nos feriados’

  • Hector C

    “Restrição de trânsito na BR 101, entre os municípios de Rio Bonito e Itaboraí, km 269 a 308 do Rio de Janeiro, e na BR 493,nos municípios de Bagé e Itaboraí, do km 0 ao 26.”

    As cidade na BR 493 é o município de Magé, e não “Bagé” como está no texto.

    Aproveito para desejar os parabéns e sucesso nesse ano novo pra toda a equipe do notícias automotivas!!!