Home Marcas Hyundai Carro da semana, opinião de dono: Hyundai Santa Fe GLS 2.7 V6...

hyundai santa fe opiniao de dono 1 Carro da semana, opinião de dono: Hyundai Santa Fe GLS 2.7 V6 2008




Olá amigos aficionados por carros, é um prazer escrever e poder contribuir com o NA. Hoje quero passar para vocês um pouco da minha experiência com o meu Hyundai Santa Fé.

Eu adquiri este carro no primeiro semestre de 2010, com 9000 KM e 1 ano e meio de uso. Meu Santa Fé é 2008/2008 GLS 2.7 V6 4×4. Antes do Santa Fé, meus carros anteriores foram um Hyundai Tucson GL 2.0 e antes desse um Fiat Marea ELX 2.4. O sonho de menino de possuir o Chevrolet Blazer Executive iria se realizar no Hyundai Santa Fé. Mas antes de comprá-lo eu pesquisei, pensei e analisei muito.

hyundai santa fe opiniao de dono 2 Carro da semana, opinião de dono: Hyundai Santa Fe GLS 2.7 V6 2008

Quando eu troquei o meu Marea pelo Tucson eu ganhei e evolui em vários pontos, mas sentia muita falta dos 160cv que o motor 5 cilindros do Marea proporcionavam na hora de acelerar fundo. O Tucson foi um carro excelente, nos dois anos que fiquei com ele não tive um problema sequer, nada, nada, só alegria. Mas o Tucson era um carro para família, com os seus 143cv e uma carroceria pesada, ele não me passava à adrenalina que eu estava acostumado. Quando chegou a hora de trocá-lo eu tinha apenas uma exigência, devido a minha experiência com a qualidade da Hyundai e os relatos de amigos que possuíam um Toyota ou um Honda, meu próximo carro teria que ser ou Japonês ou Coreano.

Para tentar fazer com que a minha decisão fosse a mais racional possível, doce ilusão, pois para um amante de carros a decisão de comprar este ou aquele modelo é pelo menos 60% emoção e 40% razão, mas fui em frente… Montei uma planilha comparando tudo, tudo mesmo (IPVA, Seguro, Desvalorização, Revisão/Manutenção, Custo com gasolina ao longo de 1 ano, Pneus, etc), meu objetivo é saber qual o verdadeiro TCO (Total Cost of Ownership – Custo Total de Propriedade) dos carros que eu desejava. Comparei os seguintes carros: Honda Civic LXS; Toyota Corolla XEi; Hyundai iX35; Hyundai Santa Fé; Toyota Hilux SW4 e Mitsubishi Pajero Full.

hyundai santa fe opiniao de dono 3 Carro da semana, opinião de dono: Hyundai Santa Fe GLS 2.7 V6 2008

Percebam que na minha comparação eu misturei algumas categorias (SUV, Sedan, Diesel, Gasolina), mas estes eram os carros que eu e minha esposa concordávamos em adquirir e eu precisar saber qual seria a melhor compra para nós. Quem teve o menor TCO no meu comparativo, sem dúvida nenhuma e já esperado, foi o eficiente Corolla seguido de perto pelo Civic. O maior TCO ficou por conta do Pajero Full, também seguido de perto pela Hilux SW4. Mas este comparativo me mostrou uma coisa interessante, o Santa Fé que possui muitas características (ex.: tamanho, porte, desing, 4×4, altura e etc) que o aproximam do Pajero e da Hilux, tinha um TCO bem menor que estes, próximo do TCO do Civic.

O próximo passo foi fazer o Test-Drive em todos eles para sentir aquelas coisas que os números em uma planilha não mostram. A compra racional apontava para o Corolla, um ótimo carro diga-se passagem, foi o primeiro que testamos. Minha esposa acostumada com o espaçoso Tucson, não engoliu o Corolla de jeito nenhum. Como estávamos na revenda da Toyota aproveitamos e já testamos a SW4. Nota 10 para o carro! Mas ao custo de R$ 163.000,00 e um seguro anual (no meu perfil) de R$ 7.200,00 era um TCO alto de mais, o qual minha planilha já nos tinha alertado. O Civic foi desclassificado por conta do tamanho do porta-malas, o Pajero Full pelo mesmo motivo da Hilux, TCO muito alto (o seguro do Pajero custava R$ 8.500,00 e valor do Pajero 0KM superava os R$ 180.000,00).

hyundai santa fe opiniao de dono 4 Carro da semana, opinião de dono: Hyundai Santa Fe GLS 2.7 V6 2008

Fomos então à revenda Hyundai, gostamos muito do iX35, mas nos apaixonamos pelo Santa Fé. Bonito, muito espaçoso, potente, etc, etc. Minha esposa só tinha elogios e o TCO dele era muito interessante (Custo do Santa Fé OKM: R$ 115.000,00 e o seguro de apenas R$ 2.900,00). Após o test-drive o veredicto final já tinha sido dado, nosso próximo carro será um Santa Fé, mas antes precisávamos vender o nosso Tucson GL. Uma noite nosso filho, que ainda não tinha um mês, nos acordou. Eu perdi o sono e fui para frente do computador e então vi anunciado um Santa Fé – prata – único dono – 9.000KM por R$ 85.000,00. O preço era muito atraente, pois o carro ainda teria 3,5 anos de garantia, cheirava a novo e era R$ 30.000,00 a menos que um zero KM. Então assim que o dia amanheceu eu fui até a loja para concretizar o negócio.

hyundai santa fe opiniao de dono 5 Carro da semana, opinião de dono: Hyundai Santa Fe GLS 2.7 V6 2008

O CARRO:

CARROCERIA tipo Utilitário Esportivo, com capacidade para 5 passageiros; Design: Estúdio Hyundai – Califórnia.

MOTOR de 2,7 litros; 6 cilindros em V; DOHC; 24 válvulas; 200 cv @ 6.000 rpm; torque 25,3 kgfm ou 248 Nm @ 4.000 rpm; em Aluminio; injeção MPFI (Injeção Eletrônica multiponto); a gasolina; VIS (coletor de admissão variável) e CVVT (comando de válvulas variável);

TRANSMISSÃO automática de 4 velocidades (com lock-up); H-Matic (opção de acionamento manual e seqüencial) com controle de distribuição de torque e controle de tração TCS, TRAÇÃO controlada eletronicamente por demanda nas 4 rodas, acionamento manual de bloqueio do diferencial central (4WD lock).

SUSPENSÃO dianteira independente tipo MacPherson e traseira independente Multi-link (braços múltiplos) com molas helicoidais; amortecedores pressurizados a gás de dupla ação.

RODAS E PNEUS 7,0 J x 18″ em liga leve, radiais 235/60R18.

DIMENSÕES/CAPACIDADE
Capacidade do porta-malas 969L ou 2213L rebatido;
Capacidade do tanque 75 L;
Comprimento 4,675 m;
Largura 1,890 m;
Altura 1,795 m;
Entre eixos 2,700 m;
Peso 2240 kg;
Vão livre do Solo – 203mm;
Ângulo de entrada – 25,6;
Ângulo de saída – 22,9;

ITENS DE SEGURANÇA
FREIOS a disco nas 4 rodas, com ESP (programa eletrônico de estabilidade) que controla os sistemas de freio ABS, EBD (distribuidor de força eletrônico); Duplo Air Bag frontal, célula de sobrevivência, coluna de direção retrátil, cintos dianteiros com pré-tensionadores e limitadores de força, luzes de advertência; Faróis com refletores multi-foco, faróis de neblina, alarme anti-furto, brake light incorporado ao aerofólio traseiro;

hyundai santa fe opiniao de dono 6 Carro da semana, opinião de dono: Hyundai Santa Fe GLS 2.7 V6 2008

ITENS DE CONFORTO E CONVENIÊNCIA
DIREÇÃO com assistência hidráulica progressiva, volante regulável em altura; Vidros verdes com pára-brisa degradê; porta objetos; porta copos; console central com “cool box” (resfriamento para bebidas); bancos com várias combinações de arranjo interno; console de teto com espelho para conversação; tomadas extras de 12 V; detalhes em madeira nobre e Alumínio; Banco traseiro reclinável, bi-partido e com descansa braços central; cruise control (piloto automático); luz de leitura; vidros, espelhos externos e travas com acionamento elétrico; limpador de pára-brisa com 2 velocidades e temporizador; espelho de vaidade iluminado; Key-less; Rack com travessas no teto; desembaçador e limpador do vigia traseiro com temporizador; SOM rádio AM/FM, CD player com MP3; AR CONDICIONADO automático, digital, dual dianteiro e independente traseiro, com filtro anti-pólem e AQCS (Air Quality Control System); VOLANTE com diversos controles (som e cruise control).

A EXPERIÊNCIA:
Para o motorista, o maior destaque é o conforto. Graças aos ajustes do banco e da coluna da direção (altura e profundidade), fica fácil encontrar a posição mais cômoda para dirigir. Os comandos do som e as hastes dos limpadores dos vidros e das luzes estão ao alcance das mãos, assim como a alavanca do câmbio automático. As passagens das marchas da caixa são tão suaves, quase imperceptíveis, que fazem você esquecer a opção de trocas manuais.

hyundai santa fe opiniao de dono 7 Carro da semana, opinião de dono: Hyundai Santa Fe GLS 2.7 V6 2008

Para os passageiros, um diferencial está no encosto da segunda fileira, que pode ser reclinado em vários ângulos, como os bancos dianteiros. Por dentro, o carro também exibe beleza. O painel com fundo azul produz um belo efeito em ambientes escuros. Os instrumentos são simples, mas de boa visualização. Outros atrativos são relacionados à segurança, invisíveis aos olhos. Em abril de 2007, o Santa Fe foi classificado pelo Insurance Institute For Highway Safety (IIFHS), entidade patrocinada por seguradoras dos EUA, como um dos mais seguros da categoria, ao lado do Veracruz, Subaru Tribeca, Nissan Murano e Ford Edge. Ganhou nota máxima nos testes de colisão traseira, dianteira e lateral. Além disso, a NHTSA, agência do departamento de transporte do governo norte-americano especializada em segurança automotiva, deu cinco estrelas ao Hyundai, a nota máxima do órgão.

OS PONTOS FORTES:
- Altura em relação ao solo;
- Estabilidade, tanto no asfalto quanto na terra;
- Muito espaço interno, muuuiiiito mesmo;
- Conforto;
- Segurança;
- Potência;
- Design;
- Baixo TCO;
- Interior luxuoso;
- Iluminação do painel;
- Equipamento de som de primeira qualidade;
- Visibilidade excelente.

OS PONTOS FRACOS:
- Depreciação muito forte nos primeiros anos (Ter comprado semi-novo me ajudou neste ponto);
- Não ter bancos revestidos em couro de série na versão de 5 lugares;
- Ausência do Computador de Bordo na versão de 5 lugares;
- Consumo elevado.
Em relação ao consumo, eu não posso reclamar, pois comprei sabendo. Na minha planilha de comparação de TCO esta era uma das variáveis avaliadas.
As médias de consumo do meu Santa Fé são:
- Na cidade: 5,5 KM/L;
- Na estrada (até 3000 RPM – Aproximadamente 120 KM/H): 8,5 KM/L;
- Na estrada (acima dos 3000 RPM – Aproximadamente 140 a 160 KM/H): 7,2 KM/L.
Para um carro desse porte, pesado e com este nível de conforto, as médias acima me parecem bem honestas.
Obs.: Todas as médias foram feitas com o ar-condicionado 100% do tempo ligado.

AS VIAGENS:
Até agora fiz apenas duas viagens com o Santa Fé e em ambas aconteceram dois fatos que merecem ser narrados. Na primeira viagem fomos eu e mais quatro amigos, de Belo Horizonte para São Paulo, para visitar o Salão Internacional do Automóvel de 2010. A viagem estava tranqüila pela rodovia Fernão Dias, quando um dos meus amigos que estava sentado na fileira de trás, perguntou: A que velocidade você esta agora? Eu olhei no velocímetro e respondei para ele: A que velocidade você acha que nós estamos rodando? Ele me respondeu: Em torno de 120 a 130 KM/H. Então eu respondi: Meu caro, nós estamos a 180 KM/H.

Após isso, imediatamente voltamos a trafegar numa velocidade compatível com a rodovia. A questão é: O carro é muito estável, não existe vibração, não existe ruído interno, tem motor sobrando, os vidros fechados e o ar-condicionado ligado, nós nem percebemos que estávamos correndo tanto (Você simplesmente não sente a velocidade). É verdade também que a rodovia que liga BH a SP é um tapete e com curvas bem abertas.

Na minha segunda viagem, eu estava voltando de Goiânia para BH com minha esposa e meu filho. Busquei no Google Maps o menor caminho e fui embora. A idéia era trafegar por estradas vicinais até alcançarmos a BR 040 na altura de Cristalina e depois seguir direto para BH. Tudo ia super bem, até que aparece uma placa: CUIDADO – FIM DO ASFASTO. Menor caminho não quer dizer que necessariamente ele tenha que ser 100% asfaltado (a gente aprende!). Bem, na mesma velocidade que eu estava, eu entrei na estrada de terra e mantive o ritmo. Continuei andando por mais uns 5 minutos e percebi que eu estava rodando a 120 KM/H numa estrada de terra não muito boa. É impressionante a eficiência da suspensão do Santa Fé. Sem falar que devido à redução da aderência e de alguns solavancos leves, o controle de tração (TCS) e o controle de estabilidade (ESP) entram em ação e colocam o carro firme na sua mão.

Quem já andou numa camionete cabine-dupla, de caçamba vazia, em uma estrada de terra a mais de 80 KM/H, sabe da insegurança e falta de estabilidade que se sente. Pois para minha grata surpresa, este excelente SUV se saiu muito bem neste pequeno trecho de terra que tivemos que andar.

O FUTURO:
Vou ficar com meu Santa Fé até ele completar 4 anos, pois assim ainda posso vendê-lo com 1 ano de garantia (não deixa de ser um diferencial para o futuro comprador) e em seguida pretendo comprar outro Santa Fé, só que modelo 2011 com motor de 3,5L e humildes 285 cv (Só alegria !!!).
Um grande abraço a todos.

Luciano Kzan, 33 anos – Belo Horizonte – MG.


  • G_Vicentin

    Comissão pro seu filho !

    com um mês e ja vendeu um carro pro proprio pai.

  • Robson Iecker

    Cara se vc gostou da Santa 2008… cara te recomento a Santa 2011 nota se um salto de qualidade……

    ah tem um outro que é muito Bom de dirigir bem seguro e tem um motorsão é o o NOVO EDGE….. a Atrapalhada da ford quer acabar com o carro mas ele é muito bom…..

  • GustavO-B

    Nota 10 esse carro, para cidade, para estradas , para estradinhas de terra para chegar na fazenda…

    Só não ganha do Veracruz.

  • Cubajr

    Parabéns,excelente carro,a um ótimo preço.Esse desempenho é realmente impressionante,quem não anda,não imagina o que a bichinha faz!

  • ccoala

    Cara, parabéns pelo carro e pela avaliação, uma das mais completas e bem redigidas que eu já lí. A avaliação está melhor do que de muita revista por aí.

  • mmcinza

    De fato parece ser um baita carro e fez um ótimo negógio em pegar um semi-novo!

    Agora, coitado dos que perdem R$30k em 1ano de meio de carro.

    Aí não tem TCO, Business Case, ou o que for que justifique! Só vai na emoção….

    É "No Bid" na certa!

    • kikofar

      Quem compra um carro zero está sujeito a isso… e em se tratando de importado, a coisa piora ainda mais!!!

  • Mtrevizan

    Na sua lista de carros a escolher eu teria incluso o Azera também. Mas mesmo assim parabens pelo carro.

  • artur_b_s

    1° parabéns pela aquisição!

    Muito bom o carro e com um CxB impressionante, o negocio é esse, comprar carro semi novo, pois a maior parte da desvalorização será logo no primeiro ano e ai você acha preços muito bons e acaba comprando carros de categoria muito superior, eu por exemplo abri o site do Web Motors e sem muito esforço achei vários Azera's 2009 por 57k… muito barato! Quando eu completar 18 anos e comprar meu 1° carro com certeza vai ser um semi novo.

  • Sensato_BH

    Excelente matéria!

    Essa SUV é sem dúvida, uma das melhores opções no mercado!

    Muito bom o salto você deu! De Marea para Santa Fé! (Ambos considero ótimos carros, mas com suas peculiaridades…)

    Parabéns e que venham mais matérias como essa.

  • CELLESTINO

    Ótimo carro e texto também! Parabéns…

  • Summers_Viper

    Excelente compra, e principalmente pra nós, leitores, excelente texto!!

    Quando tiver coragem de trocar o ótimo veículo, não deixe de nos presentear com mais uma ótima revisão!!

  • João Paulo Vizioli

    Caramba! Ultimamente as "Opiniões do dono" do NA só tem mostrado carrão…! Eu ia até escrever uma do meu humilde Wagon R de 400 reais… Mas deixa pra lá… Coitado dele…rs!

    De todos os carros dessa seção, acho que o meu Toyota é o mais antigo…rs!

    Quanto ao Santa Fe, Luciano, agradeça ao teu filho pelo carrão hein! Parabéns!

    • L.

      Seria bem interessante ler sobre o seu carro. Aliás, vc merece um salário do NA por ser o correspondente internacional! hahaha

  • Gustavo

    Belo carro!

    Só que tira o pézinho do acelerador, tá? 180 numa estrada e 120 na terra é insanidade, vc tá botando não só vc e sua família em risco, como também outras pessoas.

    • Anderson_Silva

      Exato, nem é um pouco de se orgulhar com isso, qualquer erro em uma velocidade dessa já era, irresponsabilidade total pra quem é pai de família.

  • _Duko

    tinha certeza que ia ter algum comentário do azera sendo melhor… always.. toujour!

  • Danalarcon

    É uma beleza este teu carro !!!!

    Meu pai tinha um GM/Corsa sedan, e queria um carro mais imponente, partiu para uma Hyundai/Tucson, ele adorou o carro !
    tirou zero, agora quer uma Toyota/Hillux SW4, por ser 4×4 e movida a Diesel, até lá vou converter a cabeça do meu pai para uma Hyundai/Vera Cruz semi nova, ou uma Hyndai/Santa Fé nova! ou até mesmo uma Land Rover/Discovery 3 ótimo carro movida tambêm a Diesel e 4×4 !!

    Danilo Alarcon.

  • Fabiocof

    Texto muito bem redigido. Claro, prático e objetivo.

    Poderia compartilhar seu comparativo de custos – TCO?

    Parabéns.

    • GusZanetti

      Tb ia pedir isso…. se puder salvar em algum servidor e compartilhar o link, seria bem legal!

  • Vogue

    TCO é bacana ein.

  • lucasbvieira

    Cara não confunda estabilidade com conforto… só porque o teu carro anda a 180 e não esta "flutuando" na pista não quer dizer que ele tenha estabilidade, se você tiver que desviar de algum animal, pessoa, carro que aparecer de repente na sua frente, tenho certeza que esse carro não segura como outros carros que eu já testei.

    Por favor quando citar estabilidade esteja falando de um Subaru ou Mitsubishi que são verdadeiros AWD não deixe que um conforto a mais ou uma mídia agressiva bombardeiem suas cabeças e lhes enganem, busquem conhecimento sobre quem é quem nessa história. Toyota e Hyundai vendendo 4×4 de mentirinha, coloca pra testar e ver se numa inclinação básica de 50 graus a Toyota ou a Hyundai conseguem empurrar seus carros só com a tração traseira. Mitsubishi e Subaru empurram com uma só roda… imagina a estabilidade pra rodar com as 4 rodas tracionando o tempo todo.
    Abraço!

    • L.

      Estabilidade e tração são coisas diferentes. 4×4 não aumenta a estabilidade, aumenta a tração. Estabilidade se consegue com uma suspensão melhor. Um jipe tem muita tração e nenhuma estabilidade…

      Quanto ao primeiro parágrafo, concordo inteiramente. SUV's em geral não são carros pra altas velocidades (exceções existem, mas não é o caso do Santa Fe).

      • lucasbvieira

        Tem tudo a ver quando o carro esta tracionando nas quatro rodas você consegue muito mais estabilidade… É claro que outros pontos também estão incluídos como suspensão, rodas, aerodinâmica e terreno.
        Outro fator é o motor boxer dos Subaru que mantém o centro de gravidade mais baixo.

        Estes comentários são apenas pra lembrar o pessoal que tem carro que entrega mais por menos. Só que não estão na "moda" como algumas marcas e acabam encarecendo as peças de quem realmente deveria estar recebendo atenção pelos carros sensacionais que fazem. Subaro FTW!

        • L.

          Não há nenhuma diferença de estabilidade entre um CRV 4×4 e um CRV 4×2. Tração nas 4 rodas não aumenta a estabilidade. Se quiser, compare a capacidade de fazer curvas de um subaru impreza 2.0 4×4 com a de um civic si… O civic ganha fácil, pois tem suspensão voltada para estabilidade, ao contrário do subaru que visa o conforto.

          Ademais, não sei o que sugeriu com "Toyota vende 4×4 de mentirinha". A Toyota tem um longo histórico de veículos fora-de-estrada competentes e duráveis (vide bandeirante, land-cruiser, hilux).

    • RSM

      Cara, não tem nada haver o que vc tá falando, os controles de estabilidade existem pra isso, se ele vai conseguir desviar ou não eu não ei, mas com certeza com o ESP entrando em ação vai impedir que o carro destracione e rode na pista ou corra o risco de capotar. E vamos combinar que rodovia federal não é lugar de ter pessoas, a não ser que tena algum aviso de travessia de pedestres ou animais, daí é outra história.

      • lucasbvieira

        O ESP é o máximo, mas vamos deixar mais claro…
        Faça uma simulação de desvio de algum obstáculo a 80km/h com um Impeza(acredito que não tem ESP) e com um corolla(com ESP). Quem você acha que ganha? Agora se tirar o pé do acelerador já era tem que ter braço =)

        • L.

          ESP não faz milagre, é possível rodar ou capotar mesmo com ajuda eletrônica. O que ele faz é aumentar o limite, corrigir alguns erros…

          Sobre corolla e impreza, se houver diferença sensível certamente é pelo tipo de suspensão, que é totalmente independente na traseira do subaru e não é no corolla. Ninguem vai desviar de obstáculo com o pé embaixo(tracionando ao máximo), na maioria das vezes vai fazer isso freiando, situação em que a tração 4×4 tem influência zero.

  • GERTHAL

    Cara só faltou vc colocar na sua avaliação a RAV4 – Tenho certeza q vc iria optar por ela.

  • L.

    Faltou o tal comparativo de TCO…

  • vjtarkan

    Os carros da Hyundai são indiscutiveis. O unico problema é se vc precisar algum dia de peças.

    WARNING

    CAOA

    MANTENHA DISTÂNCIA !!!

  • totorocho

    Na minha familia tivemos um Santa Fe, igualzinha a essa, mas 2009 e zerada e vendimos com 60 mil km…concordo em muitos pontos que falou o colega, mas não concordo com que tinha um bom som (comparado com a Tiguan por exemplo não tem nem um pouco de comparação em qualidade) e o acabamento dela, pra meu gosto é ruim…plásticos duros do painel que faziam barulho, ainda riscam com facilidade…pelo menos aqui em SP que tem buracos por todos lados. O motor dela era muito bom, mas o que prejudicava o desempenho era o cambio automático de 4 marchas…Ouvi falar que a 2011, com 6 marchas e 285 cv a coisa melhorou, e muito. O único problema que tivemos foi que estorou um amortecedor com 30 mil km…do resto foi só alegria (e gasolina). Em sintesis, um belo carro.
    Parabéns ao dono, pois comprou um carro práticamente zerado

    • RSM

      O cara saiu de um marea, O salto em qualidade é muito, talvez não pra quem já tá acostumado com carros desse tipo, mas pra quem não tá faz muita diferença.

  • matheusfr94

    parabéns Luciano, comprou um senhor carro, motor bom v6 a gasolina, confortavel e valente, só o que empata é esse cambio de 4 marchas, meio defasado (não sei como ainda usam isso). mas no geral, ótimo carro, seu filho já provou que é esperto ao te indicar o carro!!! rsrs
    agora, pense muito bem antes de chutar e colocar a 180km/h, tá, tem lugares pra fazer isso, mas do mesmo jeito também tem lugares pra não fazer, então, pense bem, para não colocar vidas em risco!
    seja feliz com o santa fe, que eu vou ser feliz (?) com meus gols, quando não é o gol sedan do meu pai (voyage) é o Grande Onibus Lotado todo dia pra ir pra facul…

  • Die_BL

    Concerteza é um carro e tanto, mas acho que vc ter comprado um 2008/2008 foi um bom negocio parabéns.

  • PossanteRN

    - Não ter bancos revestidos em couro de série na versão de 5 lugares;
    - Ausência do Computador de Bordo na versão de 5 lugares;

    e ainda dizem que os carros da Honda e Toyota são pelados.

  • RSM

    Dando o valor do carro atual de entrada que mal têm? se pode pagar as parcelas né? kk

    • Danalarcon

      Exatamente, o GM/Corsa sedan dele 2007/7 1.8 Premium, entrou por R$24.000, e como ele começou a dar aula na faculdad, graças a Deus aumentou a renda dele, e o GM/Corsa (foi comprado à vista) nesse meio tempo de 3 aninhos, meu pai estava guardando uma grana em média de R$600,00 por mês (mais ou menos um financiamento) deu o GM/Corsa mais R$21.600,00 totalizando então R$46.600,00
      E como eles estavam com uma promoção de se der pelo menos 50% de entrada o saldo seria financiado em 24x SEM JUROS !!! ou seja restando então 24x de R$1.141,00. Que não é nem o salário dele só da faculdade !!

      RSM pensa mais um pouquinho antes de falar besteira ok?

  • RSM

    Boa compra cara, minha ex tinha uma 2007, o carro era demais, ótimo de dirigir.

  • RicardoBH

    Auto Pisca Wins! Melhor revenda de BH, só perde para Avante Guard (não me lembro como escreve). Otíma aquisição, e que saltos você deu, hein?!! Se coubesse na minha garagem compraria um.

  • joaopbezerra

    Cara, eu prefiro ter um Santa Fé com 200cv que faz 5,5km/l na cidade do que minha atual TR4 de 131cv que faz 6.3km/l. Pro porte do carro e motor, o consumo está muito bom!

  • Vitão

    Parabéns pelo seu Santa Fé!!!

    Realmente aqui no Brasil não compensa comprar carro 0KM….

    Pois vc jah perde uma boa parte do valor só no fato de sair da concessionária….

  • BlueGopher

    Delícia ler um texto bem redigido, coerente, cheio de bom senso.
    Parabéns, Luciano, imagino que você seja um engenheiro ou economista…

  • mauricio3167

    Parabéns. Muito boa essa matéria. Esse vai ser meu próximo carro, considero melhor custo benefício. Outras opiniões sobre outros carros são bem vindos

  • Rochass

    Parabens, fazia tempo que eu não lia um texto tão agradável e sincero, devias trabalhar para NA!!

  • DIW11

    Eu gosto desse carro. Eu particularmente não teria pq não tenho vontade de ter um carro nesse segmento. Mas Falando dele específicamente, eu já o recomendei para algumas pessoas que me perguntaram sobre. Parabens pela compra. vai contando ai pra gente como é viver com ele…

  • Everton

    Eu que trabalho na Hyundai, vim pesquisar por curiosidade. Sabemos do que nossos clientes nos falam, mas enfim… e realmente muito completo e com ótimos detalhes. Realmente quem puder comprar o 3.5 vale a pena e o consumo permanece pelas suas 6 marchas.
    Abraço

  • Eldinaldo

    Excelente texto amigo.
    Estou avaliando a possibilidade de comprar uma Santa Fé também.
    Estou na dúvida e custo benefício quanto ao City Sport 2014, Cruze ambos zero, ou a Santa Fé 2011 preta 65k (63.000,00) ou prata 30k (70.000,00). Detalhe o Santa Fé é o carro dos sonhos atualmente.
    Penso muito no custo gasolina… seguro e manutenção.
    Poderia me mandar esta planilha para eu colocar isso organizado e fazer a melhor escolha?

    Grato.

  • Roberto Santos

    Luciano, parabenizo-lhe pela excelente matéria. Nunca vi nada igual, da espécie. Sua avaliação foi melhor do que a grande maioria transmitidas pelas revistas. Possuo um Tiguan (melhor carro que já tive), mas fiquei atraído pelo que você relatou do Santa Fé, é possível que decida pela sua aquisição ou do Azera.

    • Wallace

      Roberto, tenho uma Santa Fé 3.5 e dirijo sempre o Tiguan do meu patrão… O Tiguan é sem dúvida, mais confiável (por ser um Volkswagen) e muito mais gostoso de dirigir que a Santa Fé… O Tiguan é bem mais divertido (pode-se dizer, um melhor carro para solteiros)… Mas no conjunto geral, para o meu caso, que tenho 34 anos, esposa e três filhos, a Santa Fé é bem superior no quesito "familiar", rsrs… Mas, particularmente, acho que são os dois carros de melhores dirigibilidades do país… Acho muito difícil colocar as qualidades e defeitos de cada um na balança e escolher um que seja melhor.

  • JOSE LA ROSA NETO

    Luciano voce pagou a comissão ! para o futuro proprietario de grandes marcas, se não pagou va ate a CAIXA ECONOMICA FEDERAL, vai vai logo,e parabens pelas avaliações,valeu um abraço.