Home Hatches Carro da semana, opinião de dono: Nissan March


nissan march opiniao dono 8 Carro da semana, opinião de dono: Nissan March




Olá pessoal, sou leitor diário do site Notícias Automotivas, e após ler diversas opiniões de donos neste site resolvi expôr minhas opiniões a respeito do Nissan March, tendo em vista o fato de ser um lançamento, o que desperta curiosidades, dúvidas e incertezas em relação ao modelo.

Já passei por Fiesta básico 2006, Celta Life completo 2007/08, e antes do Nissan, um Fiesta Class 2009. Sendo assim, seria interessante poder comentar comparações com estes carros os quais tive experiências. Adquiri o March S ao preço final de R$ 33.900,00, onde foi fator decisivo na compra o item não encontrado em outros automóveis pesquisados do mesmo preço, o Airbag.

Além também de se tratar de um japonês, que gera uma confiabilidade mecânica, junto aos três anos de garantia e certo “status” em um popular, se é que se pode dizer isso. Nesta versão, completa, temos o básico de um popular nessa faixa: Ar condicionado, vidros e travas elétricas, computador de bordo, preparação para som (fiação), direção elétrica, para-choques na cor do veículo, entre outros que serão descritos nesta opinião do dono.

Como fator importante na compra de um carro, por experiência familiar de acidente com “final feliz”, está o Airbag, não disponível em concorrentes que olhei como o Gol série Rock in Rio e um Fiesta completo. Como destaque, não tem como deixar de falar da direção elétrica.

nissan march opiniao dono 4 Carro da semana, opinião de dono: Nissan March

As balizas são feitas com intensa facilidade, mesmo em vagas que eu diria minúsculas. Na cidade oferece um conforto e tranquilidade na condução do veículo que nem se comparam a uma direção hidráulica convencional. Na estrada, visando a segurança, ela se firma um pouco mais, mas é difícil de ser percebida tal mudança se não prestar muita atenção. Realmente nota 10.

O cambio de cinco marchas mais a ré também merece elogios. Os encaixes são exatos e fica bem posicionado, quase esportivo, se não fosse pelo motor 1.0. Mesmo em baixas rotações, ele consegue movimentar bem o Nissan na cidade, não necessitando de reduções constantes.

Muito devido também ao tamanho do veículo, maior visivelmente que um Celta, inclusive com bom espaço interno quando comparado ao Chevrolet, porém, ligeiramente menor que Gol e Fiesta, principalmente no banco traseiro. Três adultos atrás é complicado.

O computador de bordo informa o básico. Relógio, quilometragem do veículo, Trip A e Trip B, consumo instantâneo, consumo médio e autonomia. Na cidade, com ar condicionado sempre ligado e andando com 2 e 3 pessoas, obtive média de consumo de 11,7 Km/l.

nissan march opiniao dono 13 Carro da semana, opinião de dono: Nissan March

Em um trecho rodoviário obtive média de 16 Km/l. Sempre com gasolina e ar condicionado atuando. Vale lembrar que o carro está com quilometragem rodada baixa, ainda não completei mil quilômetros. Como ponto negativo neste quesito, o tanque possui apenas 41 litros, sendo 10 de reserva. Ou seja, baixa autonomia. A título de comparação, no Fiesta Class já consegui na estrada autonomia de 650 km, com ar ligado. Na cidade, a autonomia gira em torno de 400 km. Acho pouco.

Habitáculo: as portas do Nissan March possuem um plástico rígido com um pequeno detalhe em tecido preto, pouco distinguível. Os comandos dos quatro vidros elétricos são bem posicionados, com one touch para motorista e possibilidade de travamento dos outros vidros.

Destaque pela presença dos retrovisores elétricos, não disponíveis em outros populares completos, porém ele possui uma localização um pouco incomoda, abaixo e a esquerda do volante. Temos um Tiida, onde os controles dos retrovisores são na porta, mais práticos.

O volante possui um bom acabamento e boa textura. O velocímetro e conta giros possui visualização objetiva. O indicador do combustível é digital, mas sinto falta do indicador de temperatura do motor. Interessante é a iluminação que indica portas abertas ou mal fechadas no painel.

Os controles do ar condicionado são simples, porém belos. O painel central, apesar dos bons encaixes, fica devendo no quesito beleza, com excesso de plásticos pretos. Ambos quebra sol possuem espelhos. A titulo de comparação, Fiesta Class tem acabamento melhor do painel. Destaque também para os porta copos na cabine. Três no console central e um em cada porta dianteira.

Para melhorar o acabamento, tenho procurado pelo kit multimídia do March, que na autorizada possui um valor bem salgado, mas já encontrei até por R$ 1.700,00. Deixa o painel com uma aparência melhor. O atendimento da Nissan aqui em Goiânia foi excelente, porém tive que aguardar por três semanas a chegada do carro.

As três primeiras revisões são feitas a cada dez mil km ou seis meses, todas com preços fixos disponíveis no site da Nissan. O seguro do veículo oscilou bastante, chegando a valores perto dos R$ 3.000, mas consegui fechar por R$ 1.200

Resumindo, temos como defeitos deste carro o acabamento que poderia ser melhor na versão S, baixa autonomia devido ao pequeno tanque de combustível e a pequena rede distribuidora Nissan. Porém, estes são facilmente superados levando-se em conta os itens de série que o March S oferece e o intenso conforto ao dirigir, proporcionados pelo bom cambio, motor honesto para um 1.0, a chave com fechamento automático dos quatro vidros e a impecável direção elétrica.

Valeu a pena? Para mim muito.

Por Tiago Guimarães



Se você não está vendo os comentários, desabilite extensões do tipo Adblock (que impedem a exibição dos comentários), ou adicione nosso site como exceção.