Home Usado da semana Carro usado da semana, opinião de dono: Ford Mondeo Ghia 2004


ford mondeo ghia 2004 1 Carro usado da semana, opinião de dono: Ford Mondeo Ghia 2004




Hoje não vamos falar de algum carro de leitor. Este relato do usado da semana é do meu próprio carro. O carro que consegui comprar graças ao NA. Antes deste Mondeo Ghia 2004, eu tinha um Vectra CD 95, carro muito bom, em ótimo estado, mas que já estava na hora de passar pra frente.

Vendi ele e peguei um Fusca 76 como parte de pagamento. Esse Fusca eu continuo com ele, pois me é útil para andar em estradas de terra e outros lugares que acabam estragando os carros modernos, que são muito baixos.

Cerca de 30 dias atrás comprei um Mondeo Ghia 2004, prata, automático, de um cara de São Paulo. Ele tem motor 2.0 16v Duratec, de 143 cavalos e câmbio automático. Tava interessado em um Mondeo MK3 ou um Passat de mesmo ano, mas além de achar o Mondeo mais bonito e mais equipado, saí fora de Passat por medo de problemas no câmbio Tiptronic e também no turbo.

ford mondeo ghia 2004 2 Carro usado da semana, opinião de dono: Ford Mondeo Ghia 2004

O Mondeo, apesar de um carro que pegou uma fama não muito boa, devido aos Mondeos das primeiras gerações, que hoje são encontrados em sua maioria em péssimo estado e preço de banana, é muito completo. Ele é um verdadeiro sedã grande de luxo, não no nível de uma BMW ou Mercedes, mas no nível de um Fusion, por exemplo. Inclusive em alguns detalhes, como qualidade de acabamento, muitos dizem que ele é superior ao Fusion de primeira geração, inclusive isso é fácil de comprovar entrando nos dois.

Além dos equipamentos de praxe encontrados em um sedã grande, o Mondeo tem bancos de couro com todas as regulagens elétricas, quatro airbags, ar-condicionado digital, piloto automático, teto solar e som original da Sony com disqueteira para seis CDs.

ford mondeo ghia 2004 3 Carro usado da semana, opinião de dono: Ford Mondeo Ghia 2004

Achei esse Mondeo 2004 ofertado por 33.000 reais. O carro estava muito bonito nas fotos, com preço abaixo da média da internet, então conversei com o lojista que estava vendendo o carro para o cidadão e combinei de ir ver ele.

Cheguei lá, era uma loja de carros caríssimos, no Jardins, em São Paulo. Fui ver o carro e confirmei o que tinha visto nas fotos. Que ele estava super conservado, 74.000 quilômetros rodados. Fiz uma verificação completa nele pela internet, nesses sites que dão a ficha do carro, vi que ele tinha sido carro de diretor de uma empresa de Santa Catarina. Nenhum problema na documentação nem registro de sinistro.

ford mondeo ghia 2004 4 Carro usado da semana, opinião de dono: Ford Mondeo Ghia 2004

Entrei no Mondeo, levei ele em uma oficina ali perto, que tinha visto na net que mexia com importados, o cara andou com o carro, levantou ele no elevador, e no final me falou que eu poderia comprar ele de olhos fechados, que o carro estava muito acima da média.

Comprei ele e logo no dia seguinte fui pra Caldas Novas, ficar uns dias na Pousada do Rio Quente. Na viagem o carro foi muito bom, e ainda fiz uma média de 11, com ar ligado o tempo todo e andando entre 110 e 120. Consumo bom para um carro com mais de 1.440 quilos e câmbio automático.

Usando ele aqui na cidade me assustou bastante o consumo, pois o Vectra CD que eu tinha passado pra álcool, fazia 6 na cidade com álcool. Já o Mondeo fica entre 5 e 7 na cidade, com gasolina. Faz 5 quando você anda sem se preocupar com o consumo, pisando bem. Faz 6 quando você anda na média. E consegue fazer uns 6,8 quando você anda extremamente preocupado com o quanto ele vai beber.

Mas acredito que esse consumo alto seja influenciado pelo fato de ele ser usado somente para percursos bem curtos, que nunca passam de uns 5 quilômetros. Carro pesado, automático e ainda andando frio, dá nisso mesmo. Mas é aquilo, quer comprar um carro de luxo, não pode se preocupar com consumo.

Vou passar de gastar 150 a 200 reais por mês com combustível pra andar uns 600 a 700 quilômetros por mês pra gastar quase 400, mas não tem problema. Estou gostando bastante dos luxos dele, como banco elétrico e tal. Pretendo dentro de dois anos vender ele e pegar um Fusion 2006, que até 2011 já vai estar custando uns 33.000, mesmo preço do Mondeo.

Depois disso vou pra Omega australiano e tal, mas isso é bem pra frente. Em termos de IPVA, deverei gastar uns 1.200 reais por ano. O seguro eu cotei e achei 2.800 por ano o mais barato, mas como moro em cidade pequena do interior e uso pouco o carro, vou deixar sem seguro, como sempre fiz com meus outros carros.

A manutenção não deverá ser tão cara, pois o motor Duratec é o mesmo de Focus e EcoSport. Já itens específicos são caríssimos. Amortecedores custam 800 reais o par. Os pneus são 205/55 R16, e não são tão caros, deverão custar uns 400 reais cada.

Peças de acabamento tem preço proibitivo no Brasil. De qualquer maneira, tudo que for caro nele eu vou comprar do eBay do Reino Unido. País esse onde Mondeo é carro popular. Achei amortecedores por 350 reais o par. Bem melhor. Inclusive peças dos Mondeo mais luxuosos que o meu, posso comprar e dar uma incrementada nele.

Fora isso, usar o carro no dia-a-dia é maravilhoso. Silencioso, com desempenho razoável, e muito conforto no interior, pra mim está ótimo. Aliás, hoje em dia o negócio é comprar carro que quando era novo valia 100.000 reais. Depois de 5 anos, como é o caso deste Mondeo, ele está valendo 30% do valor inicial. E dentro dos próximos dois anos não deverá desvalorizar mais do que uns 10.000 reais. Ótimo negócio.

Minha esposa não queria um sedã grande, pois queria mesmo que eu comprasse um Astra. Mas depois que ela viu o Mondeo admitiu que o mesmo é muito superior, e foi um melhor negócio. Mas lembrando: um carro desse tipo só é bom para quem roda pouco. Quem roda muito iria gastar muito com ele, tanto com combustível quanto com manutenção.


Se você não está vendo os comentários, desabilite extensões do tipo Adblock (que impedem a exibição dos comentários), ou adicione nosso site como exceção.