Home Usado da semana Carro usado da semana, opinião de dono: Renault Megane Expression 1.6 2006

renault megane dynamique Carro usado da semana, opinião de dono: Renault Megane Expression 1.6 2006




Quer que todos os leitores do NA saibam tudo sobre seu carro? Nos mande um email, assim como fez o Magela, falando sobre seu Renault Megane Expression 1.6 2006. Confira:

Adquiri meu Renault Megane 1.6 16v Expression com Pack plus (todos os vidros elétricos com dispositivo um toque e anti-esmagamento, farol de neblina, comandos de som no volante e bancos de couro). Paguei em setembro de 2006 o valor de R$ 55.700,00, mas hoje este carro custa cerca de R$ 54.000,00.

Optei por este carro por vários motivos: custo, segurança (air bags e abs de série), porta malas adequado para uma família com 3 filhos (experimente colocar um Velotrol no Civic!). Revisões a cada 10.000 km foram feitas na concessionária, ao custo de R$ 127 + R$ 247 + R$ 295 + R$ 403 + R$ 247.

Atualmente o carro está com 54.000 km, e nunca necessitei trocar nenhuma peça, apenas pastilhas de freio com custo de R$ 500,00 para duas trocas, a segunda incluiu as pastilhas traseiras.

Aspectos positivos

Conforto, espaço interno, segurança, consumo satisfatório (média de 13 a 15 km/l em estrada com gasolina), baixo custo de aquisição e manutenção, excelente assistência técnica.

Aspectos negativos

Esta primeira fornada de Megane veio com alguns vícios de fabricação, por exemplo, o marcador de gasolina nunca funcionou corretamente. Pequenos barulhos na porta foram reparados na primeira revisão. Fora isso, não tenho do que reclamar.

Dois fatos curiosos dizem respeito à correia dentada. No Manual do Proprietário está escrito, e é verdade: caso você utilize o carro em local com muita poeira, especialmente de minério de ferro, a correia será trocada gratuitamente (mão de obra inclusa). Este foi o meu caso, e trocaram correia e esticador, aos 30.000 e 50.000 km.

Nesta segunda troca liguei para o SAC e fiz uma reclamação, pois meu carro somente tinha garantia de 2 anos, e eu teria que pagar pela troca. Entretanto, a Renault autorizou a troca gratuita, e logo após recebi ligações da própria Renault no Brasil, da França (isto mesmo!) e da concessionária perguntando sobre minha satisfação com o carro.

Fiquei surpreso e ao mesmo tempo satisfeito por saber que ainda existe uma marca que respeita e se preocupa com o cliente. Meu próximo carro? Certamente outro Megane (o atual está à venda)!


  • Fernando Dupas

    Carro bom, mas prefiro o wagon. Quando entrei nele pela primeira vez me apaixonei, mas depois de alguns anos vejo como tudo evolui e como esse carro ficou no passado.

  • Trambique

    Trabalhei em concessionario Renault por muitos anos e realmente é por ai mesmo. Embora acredite que o cidadão teve um pouco de sorte, mas no fritar dos ovos é quase isso.
    Depois dos japoneses (Subaru diga-se de passagem) o Renault é meu predileto.

  • IGAUM

    Infelizmente os Renaults mais caros é que valem a pena. Os mais baratos deixam a desejar. Estou me referindo ao Logan nesse caso.

    • Gustavo C

      Não concordo. Tive um Clio que tirei zero, fiquei 4 anos com o carro e a única manutenção que fiz foi de rotina (óleo, filtros, pneus). Vendi o carro sem nem um barulhinho interno sequer, tal como um modelo novo. Recomendo o carro de olhos fechados, é muito robusto, anda demais e ainda por cima é econômico. O Logan não conheço o suficiente pra dizer, mas ao menos de motor e plataforma ele está muito bem servido. O que pega no Logan é a simplicidade do acabamento. Mas pra mim Renault virou sinônimo de robustez e boa mecânica, coisa que confirmei muitas e muitas vezes com outros proprietários de Clio também.

    • alfredo_araujo

      Seu comentário é valido para esses novos modelos vindos da Dacia, q pecam pela simplicidade…
      Os modelos europeus, todos falam mto bem !!

    • bilharinho

      O Clio é um bom carro, mas devido ao visual não emplacou aqui no Brasil.

  • Rix

    Os carros de executivos da empresa em eu trabalhava eram Renault Megane. O maior ponto negativo por unanimidade era o consumo urbano, seguido de barulhos no acabamento com menos de um ano de uso. Eram 5 carros e todos concordavam com esses dois pontos.

    Abraxx!!!

  • samuka

    Eu particulamente acho esse carro muito bonito mesmo, coisa que muita gente não acha só porque e da RENAULT.

  • RV

    Meu pai tem um Megane e engraçado: acho ele bonito, confortável, seguro, bom desempenho, mas… parece que falta alguma coisa. Sei lá. E parece que não sou só eu, pois as vendas dele são muito baixas, apesar de ser um excelente carro pelo preço que se pede. Talvez seja pelo interior um pouco pobre. Tenho um C4 e ele me parece “mais carro” e acho que seu porte e acabamento justificam a diferença de preço.

    • diego_german

      Tenho que concordar em número, gênero e grau.
      Sou proprietário de um Sentra 2007 (modelo novo), e quando cogitei compra-lo já tinha notado isso no Megane.

      Creio que seja pelo estilo, porque o acerto mecânico, realmente é muito bom, alias bem melhor do que carros como Vectra, que vendem bem mais.

      A Renault não tem mais felicidade em desenhar sedans medios, uma pena, um mérito que para mim atualmente faz parte da Honda, e a Ford, entre as grandes nacionais.

  • lex.bh

    Problema eh esse motor 1.6 em giro baixo na cidade… fica muito lento… tem que andar com giro mais alto, etc, ai fica gastão =/

    • Gustavo C

      Pois acho justamente o contrário, o 1.6 16v é bem espertinho em baixa. O problema é o peso do Megane. Esse motor fica melhor em modelos mais leves (como Sandero, Clio, Symbol). Mas na estrada vai muito bem o Megane 1.6!

      • heliofig

        Sim. Teve um teste da Quatro Rodas que mostrou a curva de torque, comparando com Vectra, C4 e Focus, todos 2.0 contra o Megane 1.6.
        O Megane tem mais torque que todos (exceto o Focus) abaixo de 2.000 RPM. Só acima disso que os 2.0 aparecem. Já o Focus tem mais torque em qualquer situação.

        • Fernando

          Focus é o melhor carro médio feito no Mercosul, tanto que em muitos aspectos ele supera o Corolla, incluindo suspensão e estabilidade – pra quem gosta de curva, já aviso, é um TESÃO (e nisso ele é melhor que o i30)

          O Megane é um excelente carro, mas mais adequado seria as versões mais baratas virem com o 1.8 16v do Tiida/ Livina e não o 1.6 16v do Logan/Symbol/Sandero

          • Paulo Freire

            Curva de torque ñ tem nada a ver com estabilidade…

        • diego_german

          EU, leitor da revista mensalmente, não me recordo de nenhum teste envolvendo Mégane, e C4 Pallas…

          • heliofig

            Faz alguns meses. Realmente, não foi C4. Foi Sentra.

  • GT40

    O Megane é um daqueles casos de sucesso de crítica mas fracasso de público. O carro vem com bons equipamentos de série, tem um design bonito (principalmente a Grand Tour) e vende menos que Sentra. Acho que a Renault deveria rever sua política de preços para o modelo, oferecendo decontos atrativos para tentar estimular suas vendas, da mesma maneira que sua parceira Nissan faz com seus carros.

    • IGAUM

      Mesmo caso do Ford Focus. Uma empresa que tem um bom produto…mas as vendas nao refletem isso.

      • bilharinho

        O Focus Hatch tá vendendo bem pra caramba. Acho até que ele está lider na sua categoria.

    • rsc_dhc

      Essas poucas vendas acho q eh devido ao fato de nao ser flex, como disse nosso amigo acima, acho q aocntece a mesma coisa com o focus por causa do motor movido somente a gasolina, voltando, hoje em dia eh o unico sedan medio que nao eh flex…meu pai trocou o dele a 2 semanas…realmente um otimo carro…soh naum pegou outro por naum ser flex…e devido a esse fator foi de C4 Pallas.

      • IGAUM

        Entao Gustavo. O Logan tem uma boa mecanica, mas um péssimo acabamento. Minha mae comprou um…esta com 5.300Km e bate o forro do teto, barulhos no porta malas, carpete no lado do motorista soltou e o marcador de combustivel nao anda funcionando direito. Fora que vem do motor um barulho estranho que nao sei ainda o que é. Só sei que na revisao de 10mil Km vai ter muita coisa para reclamar!!!

        • Gustavo C

          Aí eu te pergunto: quanto sairia pra caprichar um pouquinho mais no acabamento? Que subisse 1.000 reais no preço, mas o tornasse mais decente, mais aceitável. Não entendo essa necessidade de economia absoluta, é isso que estraga esse carro.

  • Julio-RN

    O Megane é até bonito, a Grand Tour é linda, mas será mesmo que esse mar de rosas pra todo mundo e com todos os modelos?? Minha vizinha tem uma Scénic Privilége com cambio Proactive(o mesmo usado no Megane automático), e o carro não sai da oficina, um dia desses o carro insistia em andar de ré mesmo quando é pra ir pra frente, o pior é o valor das peças cobrado pela Renault, uma bomba de gasolina por mais de R$1.000 é um absurdo, num carro nacional e com os custos de produção das peças amortizados há anos. Outro colega comprou um Symbol há 1 mês e os vidros elétricos já deixaram de funcionar…
    Sei não…

  • MKQF

    Acho bonito..

    O Extreme entao.. mas nao compraria 1.6 pelo peso do carro.. a Grand Tour pra alguem solteiro nao dá..

    E o carro tem cara de tiozao tb.. infelizmente

  • Helmuth

    Isso é respeito ao cliente. Espero que as falcatruas da Renault na F-1, na atrapalhe seu desenvolvimento no Brasil. Principalmente se for para continuar assim.
    E o Megane Perua é sacanagem! Mt irado!!!

  • rafael.pereira

    O mégane é mesmo um carro “ajeitado”. Não tem nada de chocante, nem positivamente nem negativamente. Eu tinha uma atração maior pelo modelo antigo, o Mégane I, mas esse II, bem, tem a Grand Tour que é lindíssima.

    Gostei de saber de sua experiência com a Renault, vou me lembrar disso no futuro!

  • heliofig

    “Faço minhas as palavras do Magela. Comprei um Dynamique 1.6 2006/07, também com o problema do marcador, que nunca marcava cheio. E só.

    De resto, foi um carro que me deu muita satisfação: bom consumo, bom de estrada. Aos 30.000km troquei as pastilhas dianteiras e só.

    O Megane 1.6 sobe ladeiras leves em marcha alta facilmente. Entendi o porquê quando vi a curva de torque de junto com vários 2.0 na Quatro Rodas. O Megane 1.6 tem mais torque que quase todos os 2.0 comparados, abaixo de 2.000 RPM. Entre C4, Vectra, Sentra, o Megane só perdeu para o novo Focus 2.0, que ganhou em todas as faixas de rotação. Entretanto, o câmbio do Megane é muito curto (3.500 rpm a 120km/h é muito), mas nem sei se é o que dá agilidade para o carro, pois tem muita força em baixa.

    Em 2007 troquei o Sedan (com 34.000km) por um Dynamique Grand Tour 1.6, que tenho até hoje (está com 15.000km), e continuou a satisfação. As revisões de garantia são muito mais baratas que as do Corolla XEi auto 2008/9 que tenho também (está com 6.000km). Ou melhor, custam o mesmo (R$150), mas as do Megane são a cada 10.000km (as do Corolla são a cada 5.000km…). Lembro quando me contam que as revisões do Civic custam o dobro (ou seja, em torno de R$300)

    O Corolla é mais largo (dá espaço) e mais silencioso (o ar condicionado, inclusive, é de incrível eficiência), inclusive a 4ª longa ajuda muito nisto. No Megane, o ar é barulhento. Mas não é ágil nem econômico como eu pensava e a ergonomia do Megane é 1000 vezes melhor. Os comandos de som e cruise control do Megane são muito mais práticos e intuitivos.

    O Corolla é muito macio e confortável, mas o Megane é confortável sem passar a impressão de molenga que o Corolla passa. Sem falar que o Megane não pega embaixo em quase nenhuma situação, e o Corolla pega embaixo em todas as situações…

    É incrível como o Megane vende tão pouco para o que oferece. Saindo o modelo novo, vou pensar seriamente em por mais um Renault na garagem, dependendo do preço (Fusion e Azera estão no páreo, além de possiveis Qashqai, Koleos, Tucson ou Kanjara – depende…).”

  • nickelklaus

    Não acho Megane com cara de tiozão. A Renô devia investir melhor em marketing, pois é um baita carro! É um legítimo carro “injustiçado”.
    Tive 2 Renaults (Clio e Logan) e gostei muito. Não deram problemas praticamente, ótimos motores dentro dos limites de suas categorias. Excelente custo-benefício. Meu Polo Sedan (categoria superior) deu mais problemas q os populares Clio e Logan.
    Pena que o povo é muito bitolado nas 4 tradicionais (Fiat, GM, Ford e VW). E elas deitam e rolam…

  • lmj

    É um dos poucos carros franceses que acho bonito ao lado do 307 hatch(o sedan é medonho).
    O que desanima é o interior sem graça(como do 307), até parece que a equipe que desenhou o exterior não é a mesma que desenhou o interior.

  • michaelmic

    O carro é bom, mas não emplacou no mercado (novos e usados). O meu irmão teve um 2007 1.6 16V Flex e foi dificilimo p/ vender – isso pq ele vendeu barato. Nos não voltaremos a ter carros da Renault.

  • Marcio _M_

    a verdade é q o povo compra oq todo mundo compra. vide civic, corolla, vectra, astra…

    e tanto carro bom não decola em vendas.

    eu andei num taxi há um tempo e era um megane 1.6…eu fiquei apaixonado pelo carro, delicioso, silencioso, confortavel, bancos de veludo, espaçoso…

    é um serio candidato pra mim, qdo for trocar de carro.

  • ccronemberger

    Tenho um Megane Sedan 2008 Expression sem o pack. Comprei sem o pack porque queria um rádio com bluetooth e os rádios da Renault dos carros médios só tem disqueteira. Não sinto a menor falta do vidro elétrico traseiro, apesar de que com isso os meus filhos as vezes brincam de abrir o vidro. Quando isso aconteceu pensei que deveria ter comprado o pack, mas minha esposa logo disse: “é mais negócio ensinar que não pode ficar abrindo o vidro”.

    Outro coisa que não acrescenta nada em conforto são as rodas de liga leve, se bem que de vez em quando me pego pensando em trocá-las. Mas bem que as calotas poderiam ser mais bonitas, como as da Citroen que parece que são feitas de um plástico melhor.

    Outro motivo para ter comprado o Expression, além do preço menor é o fato de não ter tanto coisa prateada, que a minha esposa também não gosta. Na versão nova do Dynamic não existem tantos itens prateados.

    De problema até agora tive:

    - Borrachas do freio de mão vivem soltando
    - O painel do Expression na verdade é o painel prateado do Dynamic pintado, um belo dia acabei arranhando o painel com a unha ao virar o controle do ar e começou a descascar. Vão fazer a troca na garantia, o que talvez não adiante nada se voltar a descascar.

    Quanto a dificuldade de vender, acho que vai acontecer, e por isso mesmo pretendo ficar com esse carro por pelo menos 5 anos.

    Adoro a direção elétrica que comparada com a hidráulica do Scenic (que era o carro da minha esposa) dá a impressão que o Scenic nem tem direção hidráulica.

    Gosto também do botão de start, do carro apagar as luzes e o rádio quando abro a porta com o carro desligado e sem a chave no contato. Caso a luz tenha sido ligada com o carro desligado, então se abrir a porta ele dá o sinal sonoro.

    Acho que todo carro deveria ter o botão para ligar ao invés da chave convencional.

    O único problema com o cartão é quando preciso acionar o vidro do passageiro depois que o carro foi desligado. Existem duas opções:

    - ou liga-se o carro
    - ou engata-se a marcha e sem apertar na embreagem aperta-se o botão de start, com isso o carro não liga, porque está engatado, mas ai fica com o vidro acionado

    O consumo não é muito bom na cidade, mas acho que é melhor que o C4 (ou melhor C$) hatch 1.6 que aposto que faz bem menos. Na estrada ele faz entre 11 e 12 com etanol se estiver sem carga.

    Este é meu 4º Renault, e até agora tive problema com 2, um Clio hatch e o Scenic. O Clio deu problem no motor com 4 anos e o Scenic, com 2,5 anos precisou trocar a bomba de combustível e de água.

    O outro carro era um Clio Sedan com o qual fiquei por 6 anos, e só troquei pelo Megane porque o Clio ainda era só gasolina.

    Outra coisa que não é legal no Megane é que o espaço para o rádio é maior que o padrão e quando se instala um rádio não original do Megano fica sobrando 0,5 cm de cada lado, o que não é legal.

    • ccronemberger

      Esqueci de falar, acho que todo carro também deveria ter o boqueio que impede a partida se o carro está engatado e a embreagem não está acionada. Acho que é tão básico isso quanto ascender a luz de ré quando a mesma está engatada.

    • heliofig

      Não troque as rodas não. As de liga leve vivem empenando…

  • Paulo Freire

    E com certos carros acontece o contrário, o Linea foi fracasso de críticas e vende bem (lembando que ele teve de vencer a barreira deixada pelo Marea), talvez seja tb pelo serviço prestado pela Fiat ao cliente (no BCWS só há 2 “parcialmente satisfeito, mas ñ por o carro quebrar e a concessionária ñ concertar ou algo do tipo). Já as francesas tem uma péssima reputação, pelo menos no caso dos pequenos, embora alguns carros fujam do padrão, por ex: a esposa do meu irmão tem 1 206 SW e adora o carro, o próximo será um 207 tb S.W. É o típico carro “feito sob medida”, mas a maioria ainda pesa contra as francesas.

  • fernando-ric

    Excelente carro. Ótimo relato.

    Sobre os que falaram das vendas: pelo amor dos meus filhinhos, parem de medir qualidade pelo site da Fenabrave. Gol é mais vendido, mas acreditem, Polo é muito mais carro. Palio é mais vendido, mas andem no Stilo. Ka é mais vendido, mas dêem uma volta num Focus. Pra finalizar, Celta é mais vendido, mas é uma porcaria perto do Corsa/Astra.

    Quanto mais vendido é um carro, mais unidades tem na rua. Só isso. Se quantidade fosse qualidade, a maior torcida do Brasil não era do Flamengo.

  • soulblighter

    Meu pai tem um megane 2007 2.0 e o carro é só alegria, muito confortavel, silencioso… e por incrivel que pareça (e muito raro hoje em dia), a montadora também está sendo extremamente correta: a pouco tempo deu problema no ar condicionado, e mesmo fora da garantia eles trocaram tudo por informarem que o problema se tratava de um lote com defeito de fabricação. O preço, se fosse pagar, seria de 3500. Infelizmente é o unico carro que eu gosto da renault, acho os outros feios. E o novo megane que esta por vir, tambem nao gostei… uma pena, pois adoramos o nosso.

  • duhs2dany

    FOda é a revenda.

    Compramos hj pensando no valor de amanhã.
    Mas quem compra carro pra usar e nao liga pra essas coisas… fecharia os olhos e comprava 2 modelos da renault q me interessam que é o symbol e o megane grand tour.
    Lindos :)

  • pools

    Só achei o preço de revenda muito alto pelo preço da compra, creio que deva ter acontecido algum engano.
    Esse carro para a revenda deve beirar os 34, 35 mil, acredito eu.

    Até mais,

  • Cereal Killer

    A lanterna traseira desse carro é a mesma da do Prisma?

    • Gustavo C

      Não, a do Prisma que é a mesma do Megane :)

  • Muniz

    Possuo uma GT 2007 1.6 , e tambem estou satisfeito. Muito estavel, confortavel, espaçosa , econômica na estrada (a 100 km/h) e muito completa. Hoje para mim freios a disco nas quatro, direção elétrica ,controle de som no volante , piloto automático e rodas largas são coisas que você realmente usa e percebe a diferença no dia a dia principalmente em viagens

    As vezes penso em qual carro compraria se fosse trocar e não vejo nenhum outro que oferece tudo isso, nem mesmo os mais caro. Por exemplo botão de partida , só o Focus Ghia tem, praticidade de uma perua média, nenhum outro. Um carro que acho perfeito ,para eu que já tive Golf e gostava ,seria o Jetta Variant, mas mesmo esse não tem o botão de partida sem falar no preço muito superior. Acho que futuras boas opções serão i30 CW e Bravo

    Os problemas que tive foram apenas as portas que não fechavam bem, grade da saida do ventilado quebrado e um acabamendo traseiro solto, tudo foi solucionado na concessionária num otimo atendimento. Até a troca de oleo é mais barato na conscessionária do que em casa de troca.

    Ccronemberger uma dica, se você apertar o botao de start sem pisar na embragem ou freio toda a parte elétrica se habilita, vidros , som ,etc… meu filho esparou no botão e percebi que dava para fazer isso, antes eu sempre ligava o carro só para ligar o vidro.

    • ccronemberger

      Vou tentar, mas que me lembre só o rádio liga e o vidro do motorista. O vidro do passageiro não. Talvez, no seu, que é Dynamic, seja diferente mesmo. O meu é o Expression.

      • heliofig

        Liga tudo. E se vc ficar apertando o botão (sem pisar na embreagem) por 8 segundos, até a direção elétrica destrava e liga (com o motor desligado mesmo).

        • ccronemberger

          Bom saber, então acho que o meu está com problema. Vou levar na concessionária…

  • ccronemberger

    Outra coisa que só quem tem Megane (ou Grand Scenic aqui no Brasil) sabe: deixar o carro com um manobrista e o cara vir correndo atrás perguntando como faz para ligar…

    Legal também é o fato de poder tirar a chave do “contato” depois que o carro está ligado…

  • Leo.

    Taí um ótimo carro… compraria sem medo!

    Mas infelizmente o povo só copia os outros…

  • Ari

    Olá, tenho um logan 2009 1.6 8v, muito espaçoso, corre pra caramba, mas acabamento é simples, alguns barulhos incomodam mesmo. estou estudando a GT de 2007 até 2010, que está com um preço razoável, fico preocupado com a manutenção apenas.