Finanças Mercado

Cartão de crédito: desconto na compra de um carro zero quilômetro

cartao-de-credito

O uso de cartão de crédito pode trazer benefícios para quem pretende comprar um carro novo. Mas isso vai depender naturalmente dos programas aos quais o consumidor estiver vinculado. As instituições financeiras sempre estão fazendo parcerias com os fabricantes de veículos para dar algum incentivo na aquisição de veículos, gerando assim maior fidelização.

Os descontos variam de acordo com cada programa e em geral representa um pequeno percentual das compras, que são convertidos em pontos e quando acumulados, geram um valor que pode ser usado na compra do carro 0 km ou em serviços, peças e acessórios na rede de empresa. Confira abaixo alguns exemplos de cartões de crédito que dão estes descontos. No entanto, há um prazo para resgate dos pontos, que vencido seu período de vigência, acabam expirando do saldo acumulado.

Desconto na compra de um novo Fiat é com o cartão de crédito Fiat Itaucard. Este dá até R$ 10.000 de desconto na aquisição do veículo. O esquema é o mesmo, pontos acumulados com o uso do cartão e que vão gerar o desconto. O limite para resgate dos pontos do Fiat Itaucard é de 36 meses.

Na Peugeot, uma parceria com a rede de fidelidade Multiplus e garante descontos nas revisões graças aos pontos acumulados nas compras com cartão de crédito ou no programa da empresa, mas da mesma forma, os clientes conseguem acumular até 100.000 pontos para utilizarem na compra de um carro novo da marca francesa. A pontuação pode ser obtida também com a compra de um carro novo.

Novo EcoSport na concessionária Cycosa Veículos - Maceio, Alagoas

No caso de compra do 208, o cliente ganha 10.000 pontos para ajudar na troca por outro carro da marca, sendo 15.000 para os 2008/308/408. Já o 3008 vale 50.000 pontos e os RCZ e 308CC 100.000 pontos. O valor de cada ponto varia de acordo com o cartão de crédito e pode ser transferido para a Multiplus.

Um Membership Rewards da American Express vale 0,8 ponto do Multiplus. Nos Itaucard e Bradesco, cada ponto também vale 0,8 ponto no programa. Nos Banco do Brasil, Caixa, HSBC e Santander, cada ponto vale outro na rede de fidelidade. O prazo de validade dos pontos varia de acordo com o cartão usado, mas transferindo-os para o Multiplus, eles ganham mais dois anos para resgate. Isso significa que podem ser resgatados em até cinco anos, se o limite for de três anos, por exemplo.

Já a Ford mantém parceria com o Itaú e a Mastercard, onde 5% das compras nacionais e internacionais viram pontos para aquisição de um modelo novo da marca. Nas revendas, o uso do cartão gera 10% do valor em pontos com a mesma finalidade. A marca especifica que cada ponto equivale a R$ 1,00 na compra de um Ford novo ou R$ 0,50 na aquisição de peças, acessórios ou serviços. O período para resgate também é de 36 meses.

A GM tem o Chevrolet Card, que tem bandeiras Visa e Master, podendo assim o cliente acumular pontos que podem ser convertidos em até R$ 21.000 na compra de um Chevrolet novo. A parceria é com o Banco do Brasil e cada ponto equivale a R$ 1,00. O percentual é de 4% do valor da compra, que vira pontos para o programa.

No entanto, apenas o cartão Platinum Visa ou Mastercard garante acumulo de 7.000 pontos por ano ou 21.000 em três anos. O Chevrolet Card Internacional Visa e Professional MasterCard tem acúmulo máximo de 4 mil pontos/ano ou 12.000 pontos/três anos. O prazo para resgate é de três anos.

Para quem quer um Volkswagen, o processo é semelhante. O uso do cartão de crédito da empresa, que tem parceria com o Itaú, garante pontuação que pode render até R$ 20.000 na compra de um VW zero km. Em cada compra, 5% do valor vira pontos e cada um equivale a R$ 1,00 na compra de um carro novo ou R$ 0,50 em peças, serviços ou acessórios na rede VW.

As bandeiras são Visa e Master, sendo International, Gold ou Platinum, cujos limites são de 10.000, 15.000 e 20.000 pontos. O prazo para resgate dos pontos é de 36 meses. A Mitsubishi tem programa de pontos semelhante, também feito com o Itaucard. O limite para resgate dos pontos é de 24 meses.





  • Mapa aqui

    Reportagem superficial e confusa

  • Alessandro Dimon

    Temos que continuar alertando às pessoas que “não existe almoço grátis”.

    • th!nk.t4nk

      O preço é você viver com uma eterna dívida, já que vai comprar tudo à crédito. Isso naturalmente te leva a gastar mais do que gastaria se o dinheiro saísse imediatamente da conta. Pode ser “só” 5% a mais, mas no futuro o impacto é considerável. Tem um efeito psicológico forte por trás do cartão que muita gente nem se dá conta.

      • Mario

        Desculpe, mas compras a crédito não significam dívidas, e sim opção. Se vc for comprar a vista em dinheiro e tiver a opção de passar o cartão sem juros, por que não fazer? Usamos o cartão de crédito de qualquer maneira, sem usar o rotativo, e isso faz a diferença. No máximo, o desconto no pagamento em $$ é de 5%. Uso o programa há 20 anos, tendo trocados uns 6 carros. O último que comprei, tive $8mil de descontos num carro de $40mil, ou seja, 20%!! pra mim vale a pena, porque uso muito o carro e uso muito cartão.

      • johnny

        o problema é que o “custo” da compra utilizando o cartão já está embutido no preço, então, mesmo que você pague à vista o produto, o valor pago estará contemplando o custo da transação via cartão de crédito, na prática é mais lucro para o comerciante….
        eu compro absolutamente tudo com cartão de crédito, e isso me permite ter um controle muito preciso de onde os gastos são maiores e como posso economizar.

      • Fábio Alisson

        Cartão dá rastreabilidade aos seus gastos, sabendo usar de forma inteligente, é um aliado. Dá também previsibilidade dos gastos, é possível sasber o valor da fatura e das suas contas já “poupar” a sobra. Sem contar que raramente há desconto a vista, então porque vou pagar à vista se posso pagar no cartão o mesmo valor? Eterna dívida tem quem parcela a fatura, aí sim eu acho que é falta de inteligência.

        Sem contar que já adquiri inúmeras passagens aéreas, sem custo, inclusive para o exterior, utilizando milhas acumuladas no cartão de crédito. Só esse ano já vou fazer a terceira viagem sem gastar nada com passagens, só pagando as taxas de embarque.

    • Janduir

      Quando vou comprar e o comerciante não me dá desconto em dinheiro, ai sim faço questão de pagar no cartão de crédito. Até no débito faço isso, pois mesmo débito, o comerciante perde de 2 a 4%. Puta sacanagem. Deveria ter uma lei obrigando a quem pagar em dinheiro ter esse desconto… E realmente tem gente que diz com orgulho que comprou tal item em 10x sem juros…

  • Sergio

    o negócio é não ficar torrando grana no cartão de crédito, investir em TD e comprar a vista com desconto :)
    melhor ainda pegar um seminovo de alguém enforcado hehehe

    • ViniciusVS

      É o que sempre falo, Crédito não é dinheiro e quem tem dinheiro sempre vai comprar a vista. Quem não tem dinheiro mas quer mesmo assim é obrigado a aceitar o que as financeiras querem…

  • rogerio limeira

    consegui em 2 anos emeio desconto de 9600,00 no cartão chevrolet, ate pensava que iria ser uma dor de cabeça na hora de pedir os pontos, mas foi tudo muito simples,

  • Ramom Alencar

    bem confuso…

  • Mayck Colares

    achei um pouco confuso tambem, talvez pudessem dividir a materia por marcas com exemplos pra ficar mais facil pra entender.

  • Vinicius

    Mas é simples o jeito de usar gasta no cartao e depois converte em pontos eu em 6 meses tenho um Volks Platinum do Itau ja acumulei 2800 pontos é devagarinho mas vai indo so nao acumulei mais pois o limite do cartao é baixo e tenho que fica mesclando com outro cartao

  • Vinicius

    Bem, no caso do Amex, mesmo transferindo a 0,8 para multiplus, está valendo. No Amex, não prescreve, dependendo do cartão. No meu, já tenho 19.000. Mas às vezes utilizo para viajar. Não conhecia multiplus.

  • Fabricio Conchon

    Ainda prefiro as barras de ouro, que segundo o velho e sábio Silvio Santos… Valem Mais do que Dinheiro!

  • Zé Mundico

    Para quem consegue controlar gastos, pagar em dia e sabe planejar a longo prazo, não deixa de se uma boa. Mas tem que ter disciplina.

    • what_the_hell??

      É exatamente isso que acho!
      Mas tem que ser bem controlado mesmo!

  • André Flandres

    Isso aí se presta muito a jogo de números. A pessoa acha que ganha desconto, mas eu só acreditaria mesmo se ela pudesse lançar essa “carta” após a negociação do preço do carro, fazendo incidir o desconto apenas depois de acordado o preço final. Mas duvido muito que isso aconteça.

    O mesmo diga-se das revisões. A experiência mostra que cada concessionária e até mesmo cada consultor dentro da mesma autorizada fazem um preço diferente (mesmo quando a revisão é tabelada, geralmente tem sempre uma parcela que compõe o valor que não é), jogando com a ansiedade do consumidor em não perder a garantia.

    • Thiago Antonius

      Amigo, eu já usei o cartão 3 vezes. E você pode apresentar a forma de pagamento (crédito) somente na hora de pagar no caixa, o vendedor praticamente nem precisa saber. Você faz toda a sua negociação normal e só depois informa que parte do valor da entrada vem do seu bônus. Para a concessionária é indiferente, entra como se fosse dinheiro.

  • Fábio Alisson

    Realmente funciona meus pais já adquiririam Fiat com bons descontos utilizando pontuação de cartão de crédito. A grande desvantagem que vejo é que você demorará um certo tempo para juntar os pontos, e ficará amarrado à uma marca, o que pra mim, não é interessante, e, além do mais, ultimamente ando preferindo seminovos.

    Pago tudo que posso no cartão de crédito e prefiro um que eu possa converter meus pontos em milhas aéreas. Esse ano já vou para a terceira viagem paga totalmente com milhas, economizando valor superior À R$ 3 mil.

  • Nelson de Araujo

    Uma correção : Com o Itaucard Platinum Fiat podemosvacumular até R$20 mil em 3 anos. Já consegui, em 2012, acumular R$17 mil e, no fim da negociação, com todos os descontos obtidos, entrei com minha carta bônus de desconto.
    O carro de 45 mil paguei somente 28 mil.
    Vale muito a pena.
    5% de acúmulo é espetacular!!!