Home Marcas Chevrolet Celta e Classic com pneus da marca Champiro: são mais baratos para...


celta classic pneu champiro Celta e Classic com pneus da marca Champiro: são mais baratos para a montadora, e mais caros para o consumidor




Essa nossa matéria começa com um email que recebemos essa semana, do leitor Luciano Silveira:

Olá Eber! Gostaria que postasse no site e/ou investigasse porque a Chevrolet anda equipando os modelos Celta e Classic com Pneus da marca CHAMPIRO, no lugar de marcas mais conhecidas como Goodyear e Pirelli, por exemplo.

Há de se verificar a decisão da montadora de adotar esses pneus, a origem dele e no que ele contribuiu para melhorar os veiculos dinamicamente. Tudo bem que já sabemos a resposta, mas se são de qualidade inferior, tem que divulgar mais essa falta de respeito com o consumidor. Pneus são um dos principais artigos de segurança de um carro.

Abraços e parabéns pelo site!

Luciano Silveira

Bom, Luciano, a resposta como você mesmo falou, é óbvia, de que eles são comprados pela GM por um preço menor do que Goodyear, Pirelli ou Firestone cobrariam. Sobre a qualidade do pneu, vemos na internet que a opinião dos consumidores é dividida. Alguns citam que esses pneus são feitos na Indonésia, e que lá eles tem borracha de qualidade, e que tem experiência em fazer pneus.

Outros já dizem que são uma porcaria, tem qualidade inferior, duram menos, etc. E isso estamos falando entre proprietários de Celta e Classic com esses pneus, pois levar em conta o que diz alguém que nem mesmo conhece o pneu não nos ajudaria em nada. Veja o que disse um proprietário:

Cara, meu ex celta 2008 tinha esse pneus champiro. É o pneu q mais espirra pedras pro alto e acaba picotando tudo os 2 paralamas do lado de fora, embaixo, perto das portas. Coloque o GPS 3 Goodyear. Este pneu é 10, e de fácil reposição. A GM utiliza na linha original ou GPS 3 ou Champiro. Vamos boicotar essas porcarias chinesas horríveis!!! Parecem pneus gastos.

Outro relato, no Corsa Clube, desta vez com problemas sérios:

Atenção a todos os proprietários de Corsa com esse pneu!!

Meu pneu abriu na lateral com apenas 10mil KM. Eu estava na 3a faixa da rodovia dos Bandeirantes com a calibragem correta e etc.

Isso foi no dia 25/08. Seguindo todo o procedimento da GM levei meu carro na concessionária e estou brigando com o SAC pois foi dito que o que aconteceu com o pneu foi devido a um “agente externo”. O mais engraçado é que além de tudo, o pneu estava na traseira esquerda, e quem recebe “golpes” de “agente externo” normalmente é a roda dianteira!!

Bom, a GM não dá uma solução para o meu caso e estou sem step desde desse dia, quase totalizando 1 mês.

Para piorar, essa fabricante (chinesa) não tem um telefone ou site para atendimento no Brasil e a GM não passa sequer um telefone de contato com o fornecedor do pneu, mas alega que eles passam no teste do Inmetro e tem todos a mesma qualidade (dos Pirelli que vi equipando outros Classic na concessionária?!?!)

Estou “preso” no processo da GM já que não me dão retorno e não me deixam entrar em contato com o fornecedor!!

Se alguém conhecer uma solução, me avisem por favor.

Grato.

Diz-se que esses pneus vem nos modelos importados da Argentina, e creio eu que seja mesmo verdade, pois familiares meus tem desses modelos da GM, anos 2007 e 2008, e eles tem pneus nacionais, normais.

Mas um problema apontado por reportagem do site Vrum comenta sobre algo que, independente de o pneu ser bom ou não, prejudica o consumidor.  O fato de que esse pneu não é encontrado nas lojas, e sim somente nas concessionárias:

Ola…sou de Blumenau e estou procurando Pneu Champiro para comprar mas não estou achando aqui em Blumenau alguem que vende… Alguém saberia me dizer onde encontrar ou se existe na net algum site que vende…

E mais, quando a pessoa quer comprar de uma concessionária, não encontra em todas elas, e sim em apenas algumas. Acaba tendo de pagar frete dos pneus, e preço maior que de modelos nacionais:

Frederico Rocha comprou um Chevrolet Celta, que, logicamente, veio equipado com quatro rodas, quatro pneus, mais um estepe. Porém, antenadas com a globalização, a General Motors e suas revendas estão reinventado a roda. Ou melhor, deixando de lado os pneus na relação de consumo. Isso porque equipam alguns modelos com pneus de fabricantes chineses – como Maxxis, Champiro, entre outros -, que são mais baratos que os produzidos no Brasil, mas têm distribuição deficiente no território nacional.

A economia da GM acerta o consumidor. Frederico teve o pneu dianteiro de seu Celta furado. Procurou um da mesma marca, Champiro, para comprar. Na concessionária que lhe vendeu o carro, a GM Lider BH, a informação que recebeu é que teria que pagar pelo frete do Rio Grande do Sul (onde fica a fábrica que produz o modelo) até Belo Horizonte, o que elevaria o custo do pneu aro 13 para R$ 195. Ele questionou que um pneu de uma multinacional poderia ser comprado por preço inferior e que não era justo pagar pelo frete, pois, se comprou o carro com determinado componente, é dever da fábrica disponibilizá-lo para reposição.

Depois de reclamar bastante, conseguiu que a GM pagasse o frete do pneu, porém a fábrica não informou de antemão o valor final do produto. Quando foi buscá-lo na revenda, Frederico se assustou, pois o pneu chinês custava R$ 155. Preferiu usar o estepe e comprar outro de uma marca multinacional na promoção, por R$ 135, para deixar de sobressalente. “Um pneu da China não pode custar mais caro do que um pneu de marcas mais conhecidas”, afirma. A idéia de Frederico agora é vender o carro.

A proprietária da TC Pneus, Ana Cristina Schuchter, revendedora da marca Goodyear, concorda com Frederico e diz que os chineses vendem pneus cerca de 40% mais baratos que os produtos que ela comercializa. “A inserção deles (chineses) no mercado é muito grande. Conseguem entrar facilmente e assediam até quem comercializa grandes marcas”, afirma Ana Cristina. O efeito da invasão chinesa foi uma queda de 30% na participação de mercado no último ano das quatro unidades da TC Pneus na cidade, segundo a proprietária.

Tudo bem que alguma montadora queira comprar pneus desconhecidos para equipar seus modelos. Até porque são feitos testes com eles, pois nenhuma marca iria vender carros com pneus que iriam colocar a vida das pessoas em risco, para depois ter sua imagem queimada e pagar milhões e milhões de reais em indenizações, mas pelo menos que os pneus sejam vendidos em todo território nacional, para suprir a demanda de quem precisa.

Aí alguém talvez possa se perguntar sobre porque a pessoa não troca de marca de uma vez? Porque as vezes é apenas um pneu que precisa ser trocado, e se a pessoa rodar com três Champiro e um Pirelli por exemplo, o carro não vai dar alinhamento nunca.


Se você não está vendo os comentários, desabilite extensões do tipo Adblock (que impedem a exibição dos comentários), ou adicione nosso site como exceção.