Chery China Tecnologia

Chery divulga novas tecnologias na China

chery-arrizo-5-chile-1

A Chery divulgou novas tecnologias de seus mais recentes produtos na China. A marca asiática aposta na filosofia 2.0 para o desenvolvimento de produto e gestão controlados por uma equipe internacional.

Os modelos Arrizo5, Arrizo7 e Arrizo 3 Sport, por exemplo, receberam nova gestão do motor e conectividade ampliada com o sistema Cloud Drive 2. Eles passam a ser equipados com novos propulsores 1.5 DVVT e 1.5 TCI, tendo ainda transmissão CVT atualizada.

tiggo-7-china-1

Destaque para o motor 1.2 TGDI com turbo, injeção direta e três cilindros. O nível de emissão é Euro 6. A Chery também atualizou a segurança, garantindo 5 estrelas no C-NCAP, além de sistema de filtragem de som, câmera de visão panorâmica e ar-condicionado com purificador.

Os modelos Arrizo7 e Tiggo7 recebem uma versão híbrida plug-in com 50 km de autonomia no modo elétrico e 1.000 km de forma combinada, tendo consumo médio de 45,5 km/litro. A Chery quer produzir anualmente 200.000 carros elétricos e híbridos para o mercado chinês em 2020.

Agradecimentos ao Lucas Farias.





  • Tosca16

    Esta nova linha de motores TGDI da Chery promete bastante, tenho observado no site da ACTECO as informações referentes a linha F de motores, estão simplesmente no mesmo nível das concorrentes. As novas famílias de motores das marcas chinesas serão mais econômicas e com baixíssimo índice de poluição, a China aderiu a um rigoroso controle de emissões, os antiguados motores logo logo sairão das ruas.

    • meneghelli1972

      É a Chery que fornece os motores para a Land Rover?

      • Tosca16

        Na China creio que há opções com motores da Acteco .

        • meneghelli1972

          Muitos ainda criticam a Chery, mesmo depois do Qoros ser eleito o carro mais seguro do mundo. Tenho certeza que logo a marca se consolidará no mercado mundial.

      • Edinaldo_Tapica

        Land Rover é Fomoco (Ford), e estão sendo substituídos pelos Ingenium de origem da casa.

    • Bruno Wendel Marcolino

      Realmente a Chery tem ótimas tecnologias e motorização, pena nosso mercado ainda ser restritivo quanto a marca e ela se ater ao 1.5 fraco do Celer e o 2.0 do Tiggo, o mais moderno é o 1.0 3c do QQ, porém tem números de especificação abaixo de todos motores 4c, pois que eu lembre não há motor com menos de 70cv sem ser o QQ.

      • Tosca16

        Tem o EC2 da Geely com 68cv se não estiver equivocado, mas não acho fraco, é um motor compatível com a proposta do mesmo, e se for observar na Europa por exemplo tem vários modelos com motores até menores que estes, rodando tranquilamente dentro de suas limitações, a questão é que aqui o pessoal não vê o carro por sua categoria; para um uso urbano está dentro do padrão, e pelo que ví em testes o New QQ é mais espertinho que o Mobi, e olhe que tem muito dono de Fiat dizendo que este Fire Evo é bastante “espertinho” . Sobre o Celer, tá dentro do segmento, o que faz o desempenho não ser tão compatível é o peso do carro, 1210kg se não estiver equivocado. E o Tiggo aparentemente anda bem, não é nenhum esportivo mas o 2.0 cumpre o seu papel, sempre achei os dados da Chery muito abaixo da realidade.

        • Bruno Wendel Marcolino

          E que no Brasil, a maioria pode ter apenas 1 carro, que convenhamos, já é caro pra manter, por isso quando o carro é fraco ele é muito criticado, pois tem que servir para uso urbano e rodoviário, o que tenho que concordar, diferente dos Europeus que tem mais condições financeiras e para longas viagens contam com trens que rodam pela Europa toda, tirando a necessidade de ter um carro forte para viagens por exemplo. É outra cultura, não da pra comparar.

          • Tosca16

            Não acho tão fraco não, um colega meu tem um 1.1 4 cilindros que era a versão antiga menos potente e de boas conseguimos manter uma velocidade compatível com o transito urbano, e de quebra o mesmo é econômico … a questão é que o modelo não foi projetado para estar rodando em rodovias, mas se quiser viajar com o modelo manter os 90/100Km/h não é nenhuma surpresa .

            • Ernesto

              Na cidade com certeza não há problemas, mas como o Bruno comentou, na estrada é outra história. Viajar nessa velocidade de 90/100km/h é até um tanto arriscado, pois terá muito caminhão querendo ultrapassá-lo. Para mim, isso é um risco.

              • Tosca16

                Eu disse que dá para rodar tranquilamente sem abusar do mesmo a 90 ou 100km/h mas sem dúvidas dá para rodar a mais que isso, claro que não seria o ideal mas tem aos montes vídeos de QQ’ s a 120/130; velocidade que acho incompatível com a proposta e estabilidade do modelo .

                • Ernesto

                  Como você mesmo disse, andar a 120/130 é uma velocidade incompatível com a proposta e estabilidade do modelo. E aí volta aquela questão: quem pode comprar um carro para uso urbano e outro para viajar?

                  • Tosca16

                    A questão não é necessariamente esta, mas entendo os argumentos vide que no Brasil nem todos, aliás, poucos podem ter dois ou mais veículos na família. Qualquer 1.0 da vida por exemplo não foi pensando para rodar em rodovias, por mais que o mesmo consiga manter boas médias de consumo e velocidade compatível, sempre que se precisar de torque a mais o 1.0 sabiamente demorará mais ou terá dificuldades, a exemplo numa ultrapassagem. Agora voltando ao QQ, quando eu falo em instabilidade não quero também dizer que o modelo irá capotar do nada, que o vento lateral irá por para fora da pista e etc, apenas que o modelo não foi voltado com esta finalidade e sabiamente sofrerá mais quê outros modelos, mas isso que afirmei do QQ serve para outros como o Mobi por exemplo. Eu teria tranquilamente um New QQ para ir de casa até a universidade, pegando rodovia e tudo mais, primeiro por que são menos de 80km, segundo por que a rodovia eu conheço bastante, é bem sinalizada, tem áreas de terceira faixa nas subidas e o fluxo apesar de ter caminhões não é lá tão grande assim; sendo assim eu poderia rodar perfeitamente a uma velocidade de 90km/h sem preocupações maiores, velocidade esta que acho adequada tanto para o modelo tanto para a rodovia . Trajetos maiores não usaria sabiamente um New QQ, nem outro da categoria; também vale frisar que usaria para meu transporte individual apenas, sem lotação, sem bagagens ou qualquer outro peso adicional. Agora cá pra nós quantos Mile 1.0 vc ver rodando em rodovias ? Não é o carro ideal, mas roda bem … O mesmo seria o QQ, Mobi e etc .

          • leitor

            A impressão que tenho é que muitos carros são criticados pra pessoa passar por quem pode ou entende. A gente percebe principalmente pelas comparações. Ou quando considera até categorias diferentes.

    • Pedro Henrique

      divisão de motores da Chery, a ACTECO sempre atraiu minha atenção (desde que tenho conhecimento dela, la pelas banda de 2010~2011)

  • leitor

    A China é apenas mais um país atrasado que está ultrapassando o Brasil em termos de tecnologias e mercado. E o Brasil tem o papel importante de ficar pra trás, olhando e servindo apenas de mercado consumidor desses produtos. Por mais que se reclame pior é ficar pra trás e nem copiar nos decalques.

    • Tosca16

      O quê ? Brasil ultrapassar quem ?

    • Marcos

      Atrasado? O Brasil nunca esteve a frente da china em questao de economia e tecnologia. Pesquise um pouco mais! A economia do Brasil sobrevive de exportacao de materias prima e graos, que sao depois recomprados pelo proprio Brasil em forma de produto pois o pais nao tem capacidade de desenvolver tecnologia e produzir.

    • Tosoobservando

      Atrasado? Os kras tem programa espacial independente, que envia satelites e homens ao espaço. Tem empresas em praticamente todos os ramos de tecnologia.

    • leitor

      Não deixa de ser atrasado. É o maior poluidor do mundo, um IDH péssimo, não é vantagem nenhuma morar por lá. Só quem busca qualidade de vida e vai pra China é jogador de futebol e alguns empresários por conta de mercado que está se formando recentemente. Há alguns anos era um atraso só. Sobre Brasil é isso mesmo, sendo ultrapassado por outros que não tinham nem grãos para exportar.

      • Ainnem Agon

        China é(ra) atrasada socialmente, não tecnologicamente.

        • leitor

          E somente recentemente chegaram os carros chineses.

  • Tosca16

    Aqui são as informações do site da Acteco, pelo que sei esta nova geração de motores estava preparada para ser elevada ao nível de emissões do Euro VI.

    • Willy Gomes

      Ta passando da Hora da Chery usar os Blocos da Linha F aqui no Brasil, pois se ela colocar o motor 1.2 turbo no Celer com um cambio bem escalonado já seria um concorrente direto bem mais barato ao Palio 1.6 16v.

      • Tosca16

        Se vier este bloco será no Tiggo 3X, que ficou muito bonito, veja as fotos … e para o Celer o 1.0 basta, colocaria o 1.0 Turbo de 115cv e atualizaria o 1.5 para o 1.5DVVT do Arrizo 5 ou quem sabe o 1.6 DVVT do Arrizo 7 de seus 126cv e 21kgfm.

        • Willy Gomes

          Eu estaria por satisfeito se isso acontecer. Mas Acho mais facil ela usar o atual 1.5 no Tiggo 3x. Sendo que parte desse motor e motando no Brasil então ele tem que se aproveitado em maior números carros vide a FCA que usa o Etorq em todos o carros do grupo com poucas exceções. O ideal seria Chery ter um bloco 3 cilindros que possa usar do QQ ao Tiggo, mudando detalhes para atender cada versão.

          Vamos ver o que a Chery vai trazer de novida no Salão do Automóvel e torce que tenha alguma dessas novidades.

          • Tosca16

            Pelo que se sabe o Tiggo 3x usará o mesmo bloco do Celer mas há uma grande espectativa que uma opção seja com este novo bloco 1.2… a Chery poderia usar a nova família de motores DVVT 1.5 no Celer, e deixaria uma variante turbo que poderia ser ao meu ver a 1.0, pois não creio que a Chery colocará uma versão de seus 130cv como é o caso do motor 1.2, já no crossover sim, carece sim e um motor maior e mais potente .

  • Bruno Silva

    A Chery vem evoluindo bastante, esse último Tiggo surpreendeu no design. Só faltam tirar agora 5 estrelas no Euro N-Cap aí passará credibilidade para serem comprados.

  • Tosca16

    Segundo eu li no site da Chery International este novo bloco 1.2 TGDI equipará o novo Tiggo 3X, que pelas informações no site da Acteco deverá render 132 HP e ter 21,2 kgfm…

  • Pedro Henrique

    se eu fosse um investidor e tivesse apostado na chery como eu falei a uns anos que era a única que depositava confiança, taria com uma grana potencial agora… kkkkkkkk
    e continuo dizendo, unica montadora chinesa o qual deposito as fichas que vai crescer e muito…
    a lifan ultimamente tem evoluído bastante também

  • Marcos Drawer

    Como eu já disse em outros posts, pouco a pouco os carros chineses vão deixando de ser cópias ruins de modelos velhos e que muitas vezes ficam mal montados (frente de Corolla, com traseira de Jetta, enfim) para terem identidade própria e ficarem bonitos. Os caras estão aprendendo e estes 2 modelos nas fotos são exemplos disso. Tudo é questão de tempo.