Chery Manutenção Mercado

Chery: Melhor pós-venda da empresa está no Brasil

CHERY-NEW-QQ-1

A Chery tem no Brasil o melhor pós-venda da marca em todo mundo, de acordo com a própria empresa, que premiou a filial brasileira pelo bom desempenho. Um dos motivos para a avaliação foi o posicionamento positivo no site Reclame Aqui.

No Brasil, a Chery atendeu 99,6% dos casos e solucionou 90,2%. Entre as empresas, a marca chinesa tem desempenho classificado como bom. A empresa divulgou que investiu em treinamento técnico, atendimento ao cliente e inteligência da informação.

Recentemente a Chery inaugurou um novo centro de distribuição de peças e componentes, localizado a quatro quilômetros da fábrica de Jacareí/SP. Com isso, a montadora espera reduzir os custos operacionais e melhoria no pós-venda.

[Fonte: Automotive Business]

Agradecimentos ao Lucas Farias.





  • Douglas

    Aqui em Maceió a pior css que tem é a da Chery.
    O vendedor trata os clientes feito lixo.
    Ultimamente ela está sem carros expostos, acho que está para falir.

    • Bruno Brasil

      Para vc ver como é o atendimento la fora, rsrsrs piada a Chery dizer isso, rsrsrs

      • zekinha71

        Imagina o cara entra na ccs pra ver o carro, e o vendedor dá uma voadora no peito do cliente.
        E diz: isso é pra vc nunca mais entrar aqui, está louco, querendo comprar nossos produtos. kkkkkkk

        • Douglas

          No meu caso foi quase isso.
          Cheguei às 17h30 e o atendente até gentil me levou até a sala do vendedor, que disse que já tinha encerrado o horário dele(ainda estava longe das 18h) e fechou a porta na minha cara.
          Nunca mais voltei lá.

          • Auto Verdade

            Você está com a razão! Mas o vendedor é um “brasileiro descontente e sem educação”! Quando ficar desempregado ele irá lembrar disso e se arrepender de tê-lo tratado assim.

        • Bruno Brasil

          HAHAHAHA, se eu fosse vendedor da cherry faria isso, kkkk

    • Potsman

      Aqui em Natal fechou, parece que em definitivo. O grupo que representava a Chery aqui tinha uma concessionária já pequena que parecia uma loja abandonada, em contraste com a pujança da Hyundai CAOA que fica ao lado e da BMW/MINI e da Chrysler/Jeep/Dodge/RAM, que ficam em frente. Mudaram de local, foram para o lado de uma Renault (inclusive o grupo que representava a chinesa representa Renault, BMW, MINI e BMW Motorrad no RN), ainda menor, que só cabia dois carros no showroom e ficou muito tempo com eles lá, um Tiggo e um novo Celer hatch…depois o Celer sumiu, ficaram meses apenas com o mesmo Tiggo prata, e recentemente fechou de vez. O valor dos Chery despencou, tem gente vendendo QQ por 7 mil reais, Face por 12k e ainda negocia.

  • Alexandre

    Eu não tenho dúvidas de que os chineses serão os japoneses daqui a 20 ou 30 anos, lembrando que na década de 70 a Toyota e Nissan inundarão o mercado global com suas “porcarias” e hoje são o que são. Só não compraria um chinês agora porque AINDA não tem muita confiabilidade, quem sabe no futuro.

    • ViniciusVS

      Acredito que sim, eles estão “copiando” direitinho. fui em uma JAC outro dia ver o J5 e apesar de ser meio bizarro o acabamento em pouco tempo de mercado melhoraram muito os carros…

      Uma pena que estão indo pelo caminho errado, acho que eles tem que dar prioridade no pós venda e um marketing padrão Hyundai “melhor do mundo” que conseguia vender Tucson com painel de iluminação verde e design de carro dos anos 90 como se fosse um carro “premium”

      Estão longe de serem bons ainda mas em pouco tempo se continuarem assim vão melhorar bem, uma pena não focarem em pós venda… na época do lançamento do J3 o carro tinha um bom CxB e tinha um Showroom em cada esquina. depois fecharam um monte de css e quem comprou se ferrou com isso.

      • Pacheco

        O problema foi que acabou a grana quando subiram o IPI para os modelos importados.

        O JAC chegou até mesmo mexendo com a concorrencia. A Ford lançou o Upgrade do Fiesta, equiparam os carros e o conceito de modelo “completo” foram eles que criaram.

        • Willian

          Eu pessoalmente achei que o T5 e a T6 foram um trunfo para a JAC, são bem melhores do que os seus primeiros modelos e são muito competitivos em suas categorias (não vejo motivo para alguém pegar um ix35 ao invés de um T6), evoluiram em todos os aspectos. Porém eu não sei se comprariam um, pelo menos ainda não isso é.

          Agora só falta eles começarem a colocar câmbio automático em seus modelos!

          • Pacheco

            Eles deveriam colocar o cambio automatico e começar a investir novamente em publicidade. Reforçar o pós-vendas e tentar divulgar mais a marca.

            A JAC ainda tem um nome forte, uma boa aceitação no mercado e seus carros são bons.
            Por isso sou a favor da JAC Chinesa assumir as operações no Brasil.

            • ViniciusVS

              Fui semana passada na JAC e pelo que informaram terá um Cambio Automático provavelmente no fim deste ano ainda. mas segundo o vendedor “depende um pouco do governo”… não aprofundei no assunto mas acredito que só não veio ainda por motivo de custo mesmo e não por falta de vontade da JAC.

              O vendedor ainda comentou que ele perde bastante venda por causa do cambio e que não ve a hora de chegar o AT pois venderá bastante o T5.

              • Pacheco

                A linha T da JAC vai vender bem com cambio automatico. É o que falta no carro.

                Acho que tbm deveriam colocar umas rodas melhores.

    • Bruno Brasil

      Sei não… chines tem outra cultura, bem diferente da japonesa…

      • Pedro Henrique

        sim, chines não tem a honra por trás do que faz de que passa a impressão de que morreria pra fazer algo melhor ou se o cliente não gostasse/fosse um fracasso cometeria harakiri kkkkk
        chines ta mais pra, “funciona? pft compla compla, balato balato bommmm”

        não que nos japoneses não se tenha falcatrua, ou que nos chineses não se tenha a honra em fazer algo melhor…

        • Marcio Almeida

          Você fala assim como se nos brasileiros ” mellhores do mundo” , pais do samba, do futebol, gente honesta. Cara de verdade pense, fora da caixa .Da uma olhada nos rankings de universidades, veja onde é o maior polo de desenvolvimento eletroeletronico do planeta, eles ja são vanguardistas em muitas tecnologias, de comunicação, os maiores bancos do mundo são chineses o centro economico do mundo ta na Asia, me desculpe agora rotular os chineses não esta correto. Assim como nem nos brasileiros. Tem produtos excelentes e porcaria em todo o lugar.

          • Pedro Henrique

            se você conhecer como são os chineses e como são os japoneses, em pensamento, cultura, estudo e inclusive no dia a dia, vai entender o meu comentário, que óbvio é uma generalização exacerbada mas ilustra muito bem como é esses dois povos e sua diferença.

    • Mr. On The Road 77

      Eu tenho certeza que não. Chineses e japoneses são totalmente diferentes…

    • Redpeak77

      Comparações de diferentes tipos de fabricantes. A única similaridade entre os três países (incluindo a Coréia) foi a de focar a economia na exportação.
      Já na década de 70 e muito mais em 80, os Japoneses vendiam bastante já reconhecidos pela qualidade e preço. O boicote dos americanos aos carros japoneses era devido à ameaça de “desindustrialização” de Detroit.
      Não sei sobre a qualidade dos carros coreanos na década de 90, pois não cheguei a estudar sobre eles, mas lembro que o design deles não era legal.

    • André

      Os carros japoneses dos anos 70 eram considerados simples e baratos, mas de qualidade, nunca ninguém constatou que faltava qualidade construtiva, muito pelo contrário, diferentemente dos coreano nos anos 80 e depois chineses em 2000 que aí sim, faltava qualidade, independentemente do segmento.

  • Mumm Rá

    ” Recentemente a Chery inaugurou um novo centro de distribuição de peças e componentes, localizado a quatro quilômetros da fábrica de Jacareí/SP. Com isso, a montadora espera reduzir os custos operacionais e melhoria no pós-venda ”

    Estou sendo chato ( falando isso sempre ) mas novamente desejo sucesso para Chery porque apesar de tudo ( mercado automobilístico retraído/fechado, cartel automotivo/governo ferrando consumidor brasileiro e preconceito dos brasileiros contra carros chineses ) essa marca insiste e investe no mercado brasileiro

    • automotivo

      ela poderá fazer parte do cartel no futuro. Outra, pra ter sucesso, tem que alguém compre seus produtos. Não é só torcer.

      • Mumm Rá

        ” ela poderá fazer parte do cartel no futuro. Outra, pra ter sucesso, tem que alguém compre seus produtos. Não é só torcer ”

        Fazendo uma analogia de sua frase ( e conceito embutido nela ) ao campo político então não adianta votarmos em políticos novos porque ele futuramente vão ser corruptos

        Se você pensa assim então não compre mais carros e não vote mais porque segundo sua mentalidade vamos ser ” enrabados ” de qualquer forma

        • automotivo

          Falo pela experiencia de um vizinho que comprou um QQ. Com menos de um ano resolveu vendê-lo. Nem sequer achou a metade do preço. Ela falou que não vai ser mais cobaia… Fim de conversa comprou outro carro. E todo dia tem q dá de cara com o cara de pikachu antes de sair para o trabalho. Não tenho nada contra, mas trabalho com auto peças chinesas, para meu carro mesmo (l200), prefiro garimpar outras marcas, só quando não tem de jeito nenhum. O caminho para eles ainda é longo.

          • Mumm Rá

            Tudo bem porém isso não isenta outras marcas ( do cartel automotivo ) de fecharem o mercado para outras empresas automobilísticas além disso elas também possuem problemas

            Existe um longo caminho para ela ? Sim existe porém o mesmo que ocorreu com as coreanas

            Não estou isentado a Chery de problemas somente acho incorreto ” ás criticas incessantes contra chinesas ” sendo que várias do cartel também não são digamos ” uma Brastemp ” ( ao menos no mercado nacional )

            Agradeço seu comentário e encerro por aqui

            • automotivo

              Não defendi cartel..
              Encerro também.

          • Marcio Almeida

            E sim o deles é longo o nosso então não da nem pra medir a distância kkk

    • Pedro Rocha

      É uma estatal chinesa, tendo como avalista de seus negócios o povo chinês escravizado pelos comunistas.
      No Brasil, os militares impediram em 1964 que chegássemos a tanto, mas sabemos em menor escala como isso funciona.

      • Mumm Rá

        ” É uma estatal chinesa, tendo como avalista de seus negócios o povo chinês escravizado pelos comunistas. ”

        ” No Brasil, os militares impediram em 1964 que chegássemos a tanto, mas sabemos em menor escala como isso funciona. ”

        Pedro Rocha por favor menos

        Não sou favorável ao Socialismo/Comunismo mas vamos parar com essa falácia de que Capitalismo é ” mil maravilhas e protetor dos fracos e indefesos ”

        A questão não é que Capitalismo seja melhor que o Socialismo/Comunismo e sim que o Capitalismo é menos pior que o Socialismo/Comunismo

        Você fala de escravidão por parte de empresas estatais chinesas mas pelo visto fecha os olhos para a também escravidão feita por empresas capitalistas em solo chinês e mesmo que haja participação do governo isso não exime os empresários capitalistas de se aproveitarem das vistas grossas feitas pelos governantes comunistas ( portanto empresários capitalistas e políticos comunistas juntos por benefícios próprios em detrimento dos seres humanos )

        Tanto Capitalismo como Socialismo/Comunismo possuem várias falhas ( e graves ) nos aspectos econômicos, sociais e ambientais e também ideológicos ( caso não saiba Capitalismo já deixou de ser um sistema meramente econômico faz tempos )

        Me poupe dessa ladainha ” Capitalismo tudo de bom ” ( caso não saiba não sou favorável ao Socialismo/Comunismo e sou contra o PT porém não sejamos cínicos ou infantis que colocar o Capitalismo como sistema supremo )

    • Gran RS 78

      Concordo com vc, e só para lembrar é a única marca que tem um modelo com motor 1.5 completo e que custa o mesmo que modelos com motor mil, sem mencionar o Tiggo automático que está por 54 mil reais, preço sem concorrência no Brasil.

    • Bruno Brasil

      Perfeito, eu tb quero q vendam bastante, quanto mais carros eles vendem, mais incomodam as marcas “nacionais”, mas q vendam bem longe de mim e parente meu não compra se depender de mim…

    • Marcio Almeida

      Relaxa estão no caminho certo, não dependem do nosso mercado, mas enxergam aqui potencial para crescer e realmente existe. E questão de ajuste terão a fatia deles de mercado. Acho que o que falta é marketing, divulgação, brasileiro não ta nem ai se é chines, coreano, japones o negocio é CXB.

  • Kaian Reis

    E na publicidade quando vocês vão começar a investir mais?

    • Bruno Wendel Marcolino

      Real,ente acho que isso falta muito e para todas as chinesas.

      Se a Chery lançasse uma mega publicidade do Celer 1.5 a 34.900 como está hoje, acho que subiria muito em vendas.

      Lembro da Jac que chegou chegando no Faustão, vendeu muita coisa.

      • Pacheco

        É o que eu falo… ela deveria pegar uns 100 milhões de reais e colocar em marketing.

        Precisa ter comercial, falar de preço, garantia e revisões. Precisa mostrar as qualidades do carro.
        Colocar o carro em novelas, programas de TV e divulga-lo.
        Coloca ele no Big Brother, na novela das 19h, comercial dos jornais. Divulga o carro.

        Campanha em concessionarios com modelos expostos, panfletagem aos finais de semana na frente das lojas e disponibiliza toda a frota para revistas e sites especializados.

        Contrata uns artistas caros e faz midia com o carro. Desse jeito, vende bem.

        • Bruno Wendel Marcolino

          Exatamente.

          A GM contratou o Rodrigo Faro e vende Onix adoidado…

          • Pacheco

            Igual a Renault está fazendo com um bando de artistas e comerciais engraçados. Isso ajuda.

            Esses artistas vendem e o publico em geral precisa dessa mídia.
            Falta isso as JAC e a Chery.

            • Bruno Wendel Marcolino

              Exatamente, a Jac sabe disso, usava o Faustão no lançamento.

              O problema é que na época ela não tinha como atender as demandas de pós venda dos veículos, até por isso pegou má fama, hoje talvez isso seria bem mais tranquilo.

              • Pacheco

                Novidade quando se trata do Sergio na Adm do negocio. Citroen tem pessima fama por que ele começou como representante e depois se tornou o presidente da empresa.
                Por isso que sou a favor da JAC assumir as operações. O grupo SHC é igual a CAOA ou até pior.

          • Marco Antônio

            ai a nissan vai lá e escolhe o narigudo sem carisma;! kkkkkkkk Tinha que por uma gostosa de peitão.! kkkkk

            • Bruno Wendel Marcolino

              kkkkkkkkk, por mais narigudo que seja ainda é uma figura conhecida.

              Mas concordo sobre a gostosa kkkkkk

              • Marco Antônio

                kkkkk boa! Tipo juliana paes.

                • Bruno Wendel Marcolino

                  Aline Riscado *__*

                  • Marco Antônio

                    kkkkk APelação. eu comprava dois. kkkk

                    • Bruno Wendel Marcolino

                      kkkkkkkkkkkkkk viu, já melhoraria as vendas!!!

        • Tosca16

          Deixe chegar os produtos da atual geração, se não investiram em marketing até agora melhor aguardar para quando um Arrizo 5 da vida dá as caras em nosso mercado…

          • Pacheco

            Sim, esperar chegar os modelos atualizados e cair pra cima.

  • Bruno Wendel Marcolino

    Parabéns a Chery.

    Ainda falta melhorar na instrução das CCS, mas com o tempo isso é quase que certo.

    Falta mesmo é publicidade, se lançassem uma propaganda no meio da novela das 21h na Globo do Celer 1.5 a preço de 34.900, iam ter um alcance muito alto, mais do que a Chery imagina.
    Até mesmo na Record, no horário daquela novela dos Dez Mandamentos, conheço uma galera que vê essas novelas ai, inclusive, conheço vários que nunca nem ouviram falar do Celer, então acho que as chinesas em geral teriam de investir nisso, ao meu ver é o que falta.

    • Fernando S.

      Vi comerciais da Chery uma vez na Globo às 9 da manhã e na Band (período da tarde). Se economizasse no horário da Globo (9h) e da Band e colocasse apenas por volta das 20h30 na Globo (antes do JN ou nos comerciais dele), com certeza surtiria muito mais efeito.

      9 da manhã só tem criança e dona-de-casa assistindo.

      • Bruno Wendel Marcolino

        dai complica, nem em tv fechada eu vi propagandas da Chery.

    • Gomes

      Cada inserção de 30 segundos custa em torno de 70mil. Para ter visibilidade, tem que ter 1 inserção pelo menos 3 a 4 dias na semana. Para ter cobertura, não pode ser em um único programa. Novela das nove é só um pouco mais em conta. Um plano de mídia meia boca custa 2mi por mês. A conta não fecha! Mesmo as grandes tem reduzido TV e indo para internet.

      • Bruno Wendel Marcolino

        Caro eu sei que é, mas a Chery por exemplo vai investir na produção do Tiggo localmente, o que vai ser um valor bem significativo, porque não investir primeiro no que tem aqui e importar inicialmente o Tiggo novo?

  • Marco Antônio

    Só não compro porque é estatal chinesa.! (mentira, e que não tenho grana mesmo! )

  • Vitão

    E continua uma B…. Brinks, não tenho uma Chery e não compraria um carro chinês pelo desrespeito aos consumidores que compraram com o risco delas saírem do país e deixar eles a ver navios…

    • Zoran Borut

      Chery tem fábrica no país, uai.

  • Fernando S.

    Lembro que em 2013 estava à procura de um carro para trocar meu usado. Fui à Chery ver o Celer, até era bonzinho de guiar, verdade seja dita, mas pouco antes de sair de lá chegou o gerente daquela loja em um Cobalt (inclusive estacionou próximo a mim). Cada um tem o direito de ter o que quiser, é claro, mas se nem o próprio gerente tem um carro da empresa que trabalha, fica complicado.

    • Tosca16

      Depende, o Cobalt é maior que o Celer, e não tem a Chery na linha, ao menos no Brasil, um concorrente direto a esse modelo, outra que ele pode já ter tido o carro antes de ir trabalhar na marca. Um colega meu trabalha na Honda e tem uma Yamaha, primeiro que ele gosta da moto, já a tinha e o gerente lá nunca lhe disse nada, nem mesmo lhe ofereceu promoção para comprar uma zero quilômetro, esse colega meu trabalha como mecânico.

      • Fernando S.

        Se não me engano engano, Tosca, havia o Cielo como opção.

        • Em 2013, o Cielo já havia saído de linha.

        • Tosca16

          Tinha o Cielo sim.

  • fbl

    Caramba como deve ser no resto hein???kkkkkkkk

  • Snoop Dogg

    HAHAHAH PARA VAI, na minha cidade ha 15 dias a CCS Chery fechou as portas, não aguentou a crise com seus produtos de baixa qualidade. Não emplacava nem 5 carros por mês, não pegava os próprios produtos em trocas de carros 0 KM, e quem comprou agora vai ter que andar 300 km pra fazer revisão e serviços na CCS mais perto, por isso eu sempre falo, “O barato sai caro” , essa frase nunca sai de moda.

  • afonso200

    a cada 3 mil km, algum problema, no QQ alguem lembra de uma reportagem assim, ………..pos venda, kkkk depois de 3 anos, um QQ se vender a 8mil é lucro

  • Tosca16

    Eu vejo que há extremos quanto ao pós venda mediante a região, num grupo aí do facebook um rapaz tava indignado com a falta de uma peça para seu Face, mas não demorou meia hora e um rapaz de outra revenda da marca disse que se ele fez o pedido, ou na verdade, a revenda fez a solicitação, a peça chegaria em menos de 48h; dito e feito, simples, a outra revenda da região fez o pedido e chegou … E nos grupos de proprietários é sempre assim, revendas top, revendas meia-boca; em algumas regiões o pós venda tá excelente, entretanto a maior queixa é onde as concessionárias fecharam, e para não dizer que eu sou conivente com a Chery tenho que dizer que a mesma faz feio em não por ao menos uma autorizada em alguns estados, se tinha revenda até outra chegar na região o mínimo que se deveria é credenciar uma autorizada; rodar 200 ou até 400km para ir numa revenda fazer o serviço é osso, sai mais caro o deslocamento que o serviço em si.

  • Tosca16

    Na matéria publicada pela prefeitura de Jacareí mostrando o novo centro de distribuição de peças fala que a Chery pretende atender diversos países da região, em especial a Venezuela onde se tem maior demanda; a meta é ter entorno de 20 milhões de reais por ano de lucratividade, e um catálogo de 13 mil peças .

  • Adriano Marques

    Torço pela marca Chery, só não digo que irei comprar na próxima por que não confio nela ainda… Troco de carro daqui 2 anos talvez mudo de idéia… Mas espero realmente que eles cresçam e superem esta dificuldade do início.

  • Cesar Mora

    Convidaram para um jantar na casa do CEO os 12 clientes para comemorar! hahahaha