Argentina Chevrolet Sedãs Segredos-Flagras

Chevrolet Cruze 2017 tem lançamento marcado para maio na Argentina

chevrolet cruze 2017 lançamento argentina

A segunda geração do Chevrolet Cruze já tem data para ser apresentada na Argentina. Segundo um divulgado da divisão argentina da montadora, o novo sedã médio será apresentado de forma oficial entre os dias 3 e 5 de maio. “3 de maio de 2016 será o dia mais importante na história da Chevrolet na América do Sul”.

O novo Cruze é fruto do projeto Fenix, com investimento de US$ 750 milhões, e será fabricado na unidade fabril de Alvear. Trata-se do primeiro modelo global da Chevrolet produzido na Argentina. No segundo semestre, a fábrica será responsável também pela produção do modelo hatch.

Em um primeiro momento, o sedã sairá da linha de produção equipado com um motor importado, um 1.4 litro turbo com bloco de alumínio e injeção direta de combustível, com câmbio manual ou automático, ambos de seis velocidades. No entanto, para 2017, a marca prepara o início da montagem do propulsor na planta de Santa Fe.

Ainda não se sabe, porém, quando o novo Chevrolet Cruze será lançado no mercado brasileiro. Mas espera-se que o modelo seja apresentado durante o Salão de São Paulo, em novembro.





  • zekinha71

    Já li notícias que aqui só vai ser vendido em 2017, até lá já vai estar sendo vendido o novo Civic, daí a GM vai cpntinuar levando surra dos japas.

    • PerobaC

      Essa data de 03 de Maio será o lançamento na Argentina, uma mostra do novo modelo para deixar os espectadores com “água na boca” hehehe.

      As vendas do modelo começará apenas no final do ano, previsto para Outubro na Argentina …

    • rafa93

      talvez ainda venha este ano, pois a gm substituiu as bolhas da stock car para divulgar o novo cruze.
      Aliado a isso, também estão veiculando propagandas na tv fechada sobre promoções do cruze com 6 mil de desconto, provavelmente estão esperando desovar os estoques.

    • David Diniz

      Esqueceu que o corolla vai ter uma facelift para acompanhar o Civic.. Vai apanhar em dobro HAHAHAHA. E o classic? Morreu de vez esse matusalém?

    • predadordemarea .

      Em todos os sites que eu li falam que o lançamento será no final desse ano.
      Qual sua fonte?
      No Carplace, , auto esporte, ….em todos os principais blogs falam no final do ano.
      E outra, levando surra dos japas só se for pelo volume de vendas, porque carro por carro, esse novo Cruze surra o Corolla por exemplo.
      Quem se importa com quem é líder? eu me importo com um bom o carro.

      • zekinha71

        Leia a matéria: o carro será apresentado aqui no Salão de São Paulo que termina no fim de Novembro.
        A GM quando apresenta algum carro no Salão, as vendas começam geralmente uns dois ou três meses após, então já estaremos em 2017. e até lá já teremos vários meses de vendas do Civic.
        Meu irmão mora do lado da sede da GM em São Caetano, e ele sempre vê os carros de testes, muitos meses antes do lançamento, e até agora nada de Cruze.
        O Sonic ele viu um ano antes de lançar.

        • Pacheco

          A Chevrolet roda somente dentro do campo de cruz alta com esse carro. Ela deve começar a rodar com ele em Julho pelo ABC. Aposto que ela só vai lançar ele em 2017.

    • Tosoobservando

      Civic vai começar em 90 mil, ja foi confirmado, achas que vai fazer alguma cocega na concorrencia?

    • 320i

      Tá, e você acreditou nesta notícia para chegar a esta conclusão de “levar surra”? Afffff

  • Redpeak77

    O dia mais importante da história da Chevrolet na América do Sul?? Caramba!

  • Marcos megdA

    Tem uma receita de sucesso para decolar nas vendas. Melhor em tudo que o Cruze atual. Sedans médios brasileiros terão desempenho interessante e esperamos que com uma boa economia de combustível.
    Nao vou nem comentar sobre os possíveis preços porque já virou cliché

    • Jackson A

      Civic 120 então esse pode vim por uns 110.

      • Marcos megdA

        Bem por aí mesmo!

      • Pacheco

        Quem sabe uma LTZ Top mesmo não chega nesse preço.

  • Rodrigo

    Torço muito para que o novo Cruze seja tão bem aceito quanto o primeiro o foi no início das vendas aqui no BR.
    Entretando, além de uma estratégia mais acertada (por exemplo, não lançá-lo junto com o Civic X), o fato de vir importado da Argentina pode ser um tiro no pé, pois muitos brasileiros são resistentes aos produtos fabricados lá. Espero que isso não ocorra…

    • Gran RS 78

      Esse negocio que brasileiro é meio resistente com os produtos vindos da Argentina não procede mais, pois a Hilux, Sw4, Ranger e até alguns modelos do Siena e da Spacefox vem da Argentina, e vendem muito no Brasil.

      • Rodrigo

        Tomara

      • Erlandio Ramos

        Lembrando que Focus sedan, 308, C4, e Fluence que também são montados na Argentina e também são sedãs médios, nenhum deles se destaca em vendas. Ou seja, ele poderá ter boas vendas, mas nada de surpreendente em comparação ao líderes.

        • Pacheco

          308, C4 e Fluence não vendem por causa da marca e não por causa da produção. Acredito que falta desejo da marca em crescer nesse segmento.

          • Erlandio Ramos

            Ninguém aqui falou sobre produção estamos discutindo sobre como poderá ser as vendas. O que estou querendo explicar é que ele poderá ter boas vendas, mas não conseguirá vender 4,5 ou 6 mil unidades como Corolla e Civic que além de ter toda a fama são nacionais.

            • Pacheco

              Mas carro da argentina não tem fama de importado. E a Chevrolet tem concessionarias suficiente pra dar conta de peças e garantia desse carro.

              Pra mim, a Chevrolet deveria apostar forte no carro. Coloca garantia de 10 anos (obriga a fazer todas as revisões em concessionaria, até troca de pneus), equipa bem e valoriza o Cruze usado na troca. E muito marketing e carro a pronta entrega.

        • Gran RS 78

          Esses modelos que vc citou nunca venderam bem no Brasil, dos 4 que , o Fluence chegou a melhorar as suas vendas com a reestilização e com preços menores que a Renualt cobrou por ele, mas isso durou pouco, pois a marca subiu muito o preço desse modelo. O Cruze sempre vendeu bem por aqui, ficando constantemente em terceiro lugar nas vendas e esse novo modelo tem tudo para conseguir se manter no top 3, mas isso vai depender de quanto que a GM irá pedir nele.

  • Fabio Marquez

    Entre Cruze e Civic eu prefiro o primeiro pelo visual, mas mecanicamente acredito que o modelo japonês seja superior.

    • oscar.fr

      Porque tu acreditas mais no Civic que no Cruze em termos mecânicos? Pode ser que eu tenha entendido mal, mas enquanto o Cruze terá o 1.4 turbo para um maior número de versões, o 1.5 turbo da Honda ficará apenas para o topo de linha que podemos esperar ter um preço inicial na faixa de 110 mil reais (a julgar os preços do inferior HR-V). Em termos de design sou mais o Honda, parece maior e mais sofisticado que o Cruze. Mas percepção através de fotos é complicado, quero vê-los “ao vivo”.

      • Fabio Marquez

        O Ecotec 1.8 foi pura decepção desde sua chegada, tanto que já está indo embora do mercado cedo, fora que os japoneses tem um histórico de motores resistentes, de manutenção barata, com bom desempenho e baixo consumo, por isso minha aposta é maior neles.

        • th!nk.t4nk

          A GM sempre pisa na bola nos motores. Até mesmo o Sonic com seu 1.6 16v foi decepcionante, pois bebe bem mais que todos seus concorrentes (e anda igual). Idem pra câmbio. Quando troxeram o AT6 a felicidade durou pouco, já que logo se mostrou pouco acertado (trancos, má escalonamento, etc). Em termos mecânicos a GM sempre acaba ficando na lanterna, até quando traz novidade.

          • 320i

            Deixa eu ver se entendi…

            De onde o senhor tirou que o Sonic bebe mais que seus concorrentes? Olha o consumo do HB20 e depois volta aqui pra conversarmos…

            Haters e as mentiras desnecessárias… Somos adultos, por favor…

        • kravmaga

          O motor ecotec do Cruze é um dos 1.8 aspirados mais potentes e modernos do nosso mercado. Além disso, foi um dos melhores nos testes de desmontagem da 4 Rodas. O Corolla, que tanto endeusam como indestrutível, foi pior na desmontagem.

          O problema do Cruze atual foi o PESO alto e a falta de um motor 2.0 para as versões mais caras. Os japas Civic e Corolla são bem mais leves e as versões que mais vendem são com motores 2.0, portanto mais potentes por isso.

          Com o 1.4 turbo, se ele for oferecido também nas versões mais baratas como dizem, será um carro com desempenho melhor do que Corolla e Civic 2.0. O Civic 1.5 turbo virá muito caro, a preço de Audi A3.

          • 320i

            Este think é hater da Chevrolet. Inventa muitas mentiras para corroborar a ausência de argumentos.

          • Pacheco

            A Chevrolet deveria oferecer o Cruze LT e LTZ e somente o 1.4 Turbo e cambio auto de 6 marchas.

            • XandeeM

              Acredito que a nova versão Premier venha acima da LTZ.

              • Pacheco

                Pode ser tbm.

          • XandeeM

            Exato!O motor em si é bom,mas inadequado pro tamanho e peso do Cruze.

        • 320i

          Amigão, vou te resumir: Fiquei 1 ano e meio com um Cruze 1.8 AT e um Civic 1.8 AT como meus carros. Cruze andava pouca coisa a mais (abriu meio carro no 0 a 100km/h quando os coloquei lado a lado) e gastava bem menos.

          Se o Civic teve este motor 1.8 como única opção de 2006 a 2013, foram seis anos e meio.

          Então te digo: Decepção onde? Quando o Cruze chegou (o meu foi um R7D, um dos primeiros) sentia-se um desempenho páreo com Civic e Corolla 1.8, pouco melhor do que o i30 2.0 automático, superior ao 408 topo de linha, muito superior ao Sentra CVT, muito superior ao Lancer CVT e coisa inferior ao Fluence.

          Fala menos e não fala o que não sabe… Fui dono e fui um dono muito feliz. Carro honesto para época. HOJE, não acompanha os turbos e GDI do Focus. Apenas isto!

          • XandeeM

            Concordo em parte com seu comentário,não sei se meu caso é atípico mas estou fazendo 6,5km/l na cidade com gasolina.

  • Tosoobservando

    Falando de um concorrente, ja foi confirmado Honda Civic vai custar entre 90 mil e 130 mil. A ser lançado no 2º semestre. Ate o fim do ano a maioria dos sedans medios vao custar proximo dos 100 mil em suas versões basicas. Infelizmente o Brasil afundou.

  • Felipe

    Lançamentos de volta à Argentina!

  • Fabão Rocky

    A GM vai perder é dinheiro. Lança o carro na Stock Car e não lança no mercado.

  • Everton Lourenço

    Tanto se fala nos comentários sobre pouca potência, pouco torque…rsrsrs… A maioria aqui anda de Sandero, Gol e Onix 1.0 e quer dar pitaco em página de carro que sequer pretende comprar… rsrs… Meu Deus… O carro do brasileiro vai ser bom quando ele comprar pra si mesmo, enquanto comprar pra mostrar pro amigo e postar foto no grupo do whatsapp continuaremos na WERDA!

  • Jose Novaes

    A GM aposta tanto neste carro…que o vai trazer importado da Argentina! Ele só vem mesmo pra eles não ficarem sem ter o que vender na categoria dos sedans, vamos dizer de luxo! Agora se realmente ela apostasse tanto assim neste carro, ela o fabricaria aqui e teria uma política de preços agressiva. Esse carro infelizmente só virá ao Brasil para cumprir tabela. Assim como a primeira geração deverá vender bem no começo pelo design e tal mas depois cairá no esquecimento. E olha que sou proprietário de um Cruze 2012 já com 90 mil quilometros, espero este lançamento pra trocar de carro afinal gosto muito do mesmo mas sei de suas deficiências.