Home Marcas Chevrolet Chevrolet Cruze Sport6: avaliação completa

cruze sport6 fotos 1 Chevrolet Cruze Sport6: avaliação completa




A GM não quer perder tempo. Elegeu 2012 como o ano que vai marcar uma grande mudança na atuação da marca Chevrolet no Brasil. A versão hatch do Cruze, chamada de Sport6, é o segundo entre os sete modelos novos previstos – o primeiro foi a S10 e os os que faltam são TrailBlazer, as versões hatch e sedã do compacto Sonic e as versões de cinco e sete lugares da nova minivan compacta da marca, que tem nome-código PM7.

Cada um desses modelos deve atender à lógica mercadológica atual da empresa: melhor que ser o mais vendido em um segmento é vender bem em todos eles. No caso do Cruze Sport6, por exemplo, a Chevrolet não aposta – pelo menos diz que não – que vá se tornar o hatch médio mais vendido do país. Ficaria contente com mil, 1.100 unidades por mês, o que o deixaria atrás das 1.700 unidades do Hyundai i30 e das 1.400 do Ford Focus.

No fundo, a expectativa é que o Cruze Sport6 repita a façanha da versão sedã, que apresenta vendas superiores às projeções feitas durante o lançamento. E o modelo tem características que podem ajudar bastante na tarefa. A começar pelo conteúdo.

cruze sport6 fotos 2 Chevrolet Cruze Sport6: avaliação completa

A versão de entrada do Cruze Sport6, LT, tem de série como ar automático, direção elétrica, trio, controle de estabilidade e tração, ABS, faróis e lanternas de neblina, airbags frontais e laterais, volante multifuncional e sistema de som com CD e conexão Bluetooth. Custa R$ 64.900 com câmbio manual e R$ 5 mil a mais com o câmbio automático e revestimento em couro para os bancos.

Na versão LTZ, a adição do câmbio automático só altera o preço do Cruze Sport6 em R$ 2 mil – vai de R$ 77.400 para R$ 79.400, estratégicos R$ 500 a menos que o Cruze sedã mais caro. Além da “bonificação” no câmbio, a LTZ vem a mais com teto solar, acabamento em couro, navegador GPS, central multimídia com tela de 7 polegadas, chave presencial e ignição por botão, sensor de estacionamento e de luminosidade, rebatimento elétrico dos retrovisores e airbags de cabeça.

A não ser pelo teto solar, oferecido apenas na versão Sport6, Cruze hatch e sedã não trazem diferenças, além da óbvia alteração do desenho na parte traseira. Esta mudança resulta em um hatch 9 cm mais curto e apenas 26 quilos mais leve.

cruze sport6 fotos 3 Chevrolet Cruze Sport6: avaliação completa

No mais, o Cruze Sport6 traz o mesmo entre-eixos de 2,68 metros e o mesmo conjunto propulsor. Trata-se do motor Ecotec 1.8 com 144 cv de potência e 18,9 kgfm de torque, que tem comando variável na admissão e no escape. Ele é gerenciado por um câmbio de seis velocidades manual ou automático com modo sequencial.

Ponto a ponto

Desempenho – O sobrenome Sport6 insinua uma esportividade que pode até ajudar a vender o Cruze, mas não tem a ver com as reais pretensões do modelo. Para arrancar do novo hatch médio da Chevrolet um desempenho mais agressivo é preciso recorrer a giros altos – o que autoriza a entrada dos ruído do motor na cabine sem qualquer cerimônia. No geral, o comportamento é bem de acordo com o segmento, com boas acelerações e retomadas. Na versão mecânica, o zero a 100 km/h é feito, segundo a marca, em 10,7 segundos. Na automática, chega a 11,4 segundos. Para chegar à máxima indicada, de 204 km/h no mecânico e 197 na automática, o Cruze tem de se valer da sexta marcha bem alongada – de 0,74:1. A presença das seis marchas e o bom escalonamento do câmbio extraem de forma competente os 144 cv de potência e os 18,9 kgfm de torque. Nota 8.

Estabilidade – Mesmo com o conjunto suspensivo tendo uma configuração clássica – McPherson na frente/eixo de torção atrás –, o Cruze hatch é muito bem acertado. Consegue absorver bem as irregularidades do piso e oferece um ótimo nível de dirigibilidade em ambiente rodoviário, sem flutuações mesmo em velocidades mais altas. A direção também é direta e obediente. O carro se mantém neutro, sem adernar a carroceria, mesmo em curvas mais fechadas. Para que o controle eletrônico de estabilidade entre em ação, é preciso forçar bastante o carro. Nota 9.

Interatividade – A versão testada, LTZ completa, tem tudo que se pode esperar de um carro de quase R$ 80 mil. Os comandos estão todos no lugar certo e são bem intuitivos. A exceção fica para o controle do GPS e os comandos do volante multifuncional, que não são complicados mas exigem alguma familiaridade até que se possa usufruir totalmente. A facilidade para encontrar a melhor posição de dirigir é garantida pelas regulagens de altura e profundidade do volante e também de reclinação no banco. Em compensação, a chave presencial, que abre o carro e permite a ignição por aproximação, e o sistema multimídia com tela de 7 polegadas incrementam bastante o conforto. Nota 9.

Consumo – A Chevrolet não tem o consumo de seus modelos monitorados pelo InMetro. Nos 80 km de teste, percorridos em quase 80% em ambiente rodoviário e conduzido de forma comportada, o hatch médio não se mostrou nada econômico: fez média de 7,1 km/l de etanol. Nota 6.

cruze sport6 fotos 4 Chevrolet Cruze Sport6: avaliação completa

Conforto – A suspensão conjuga bem os trabalhos de equilibrar a carroceria e absorver as irregularidades. Os espaços no interior são suficientes, sem sobras. Apenas o isolamento acústico deixa a desejar, tanto em relação aos pneus no piso quanto ao barulho do motor na cabine. Não apresentou, no entanto, ruídos aerodinâmicos. Os bancos são bem ergonômicos e firmes, o que garante viagens sem muito cansaço. O teto solar, presente no modelo de topo, também ajuda na ambientação. Nota 8.

Tecnologia – Mesmo que não cause nenhum assombro, a eletrônica embarcada é um dos argumentos de venda da Chevrolet para o Cruze. O modelo traz itens de segurança como controles de estabilidade e tração, seis airbags e ABS. Além disso, tem câmbio de seis marchas com modo sequencial, GPS e multimídia no painel. É um conteúdo pleno e esperável em um carro de R$ 80 mil. Nota 8.

Habitalidade – Em relação à versão sedã, o Cruze hatch tem uma desvantagem e várias vantagens. Perde no volume do porta-malas: 402 contra 450 litros. Empata em relação aos poucos porta-objetos e compartimentos no interior e no espaço interno e nos acessos apenas suficientes – os dois têm o mesmo entre-eixos. Ganha por ser 9 cm mais curto, 26 quilos mais leve e ter maior versatilidade, com a possibilidade de criar uma enorme área de bagagem com o rebatimento do banco traseiro, de 872 litros até o vidro. Outra vantagem é que a porta traseira é sustentada por amortecedores hidráulicos, que não roubam espaço de bagagem, como ocorre com as alças na tampa da mala do sedã. Nota 8.

Acabamento – A construção do Cruze passa a sensação de solidez e os encaixes são firmes e bem-feitos, mas falta requinte aos materiais. Nem o acabamento em couro nos bancos empresta a devida sofisticação ao ambiente. O revestimento traz um excesso de plásticos rígidos. A diversidade de texturas até agradam visualmente, mas os materias não harmonizam com a elegância do modelo. O porta-malas, em vez de carpete, é revestido com um plástico rígido. Nota 6.

cruze sport6 fotos 5 Chevrolet Cruze Sport6: avaliação completa

Design – É o principal argumento de vendas da linha Cruze. A frente e os para-lamas dianteiros em arco dão uma enorme distinção ao modelo. No caso do hatch, as linhas do contorno do habitáculo perderam a geometria que torna o sedã tão equilibrado, mas ainda são atraentes. A traseira, no entanto, carece de um pouco de ousadia e personalidade, principalmente pelo desenho das lanternas. No conjunto, é um carro que chama a atenção. Nota 8.

Custo/benefício – A Chevrolet não tem a intenção de fazer do Cruze o best-seller dos médios. E o preço indica isso claramente. O modelo custa cerca de R$ 3 mil a mais que os rivais com conteúdo similar. Nota 6.

Total – O Chevrolet Cruze Sport6 somou 76 pontos em 100 possíveis.

Impressões ao dirigir - Dinâmica relativizada

É nitidamente um exagero batizar a versão hatch do Cruze de Sport6. O carro até anda bem, acelera com certa determinação e é bom de curva, mas não é um esportivo. A própria marca reconhece que o Sport do nome diz mais respeito ao aspecto dinâmico da configuração mais curta do que propriamente à performance.

De um jeito ou de outro, o propulsor 1.8 litro com duplo comando varíavel é capaz de inspirar a busca dos limites. No caso da versão automática, ausência de borboletas para a mudança de marchas chega a ser sentida em situações de rodovia, quando se busca uma direção mais “dinâmica”.

Na cidade, em modo automático, o Cruze também não incomoda em momento nenhum. E o maior responsável pelo bom comportamento, tanto na estrada quanto em ambiente urbano, é o ótimo escalonamento do câmbio de seis marchas, que não permite que falte motor em nenhuma situação.

cruze sport6 fotos 6 Chevrolet Cruze Sport6: avaliação completa

Da primeira até a quarta, as marchas são fechadas, com degraus curtos entre elas. Na estrada, a sexta aparece como uma sobre-marcha enquanto a quinta tem relação direta, de 1:1, que dá algum vigor sem fazer o motor gritar. Outro aspecto que chama a atenção no Cruze é a estabilidade.

Mesmo em curvas de raio curto feitas de forma forçada, não há sequer ameaça de sair do trilho. A carroceria não inclina nada e o controle de estabilidade entra em ação antes mesmo de a tendência substerçante, de sair de frente, se faça sentir.

A não ser pela presença do teto solar na versão top da Sport6, não há nada que diferencie o Cruze hatch do sedã. Estão lá os mesmos painéis em plástico rígido, os poucos porta-objetos e os comandos bem intuitivos. No caso dos controles do GPS e do volante multifuncional, basta um tempinho para ganhar familiaridade.

Já o acesso às informações do computador de bordo é que poderia ser melhor resolvido. Não é tão prático torcer a ponta da haste da seta para navegar por dados de autonomia, consumo, etc. Na prática, há diferenças interessantes. Como o aproveitamento do porta-malas, que apesar de menor, pode ser ampliado e ainda escapa da “maldição” das alças que invadem o bagageiro. Ou seja: apesar do nome Sport6, a versão hatch do Cruze se mostra, na prática, a mais funcional.

cruze sport6 fotos 7 Chevrolet Cruze Sport6: avaliação completa

Ficha técnica - Chevrolet Cruze Sport6

Motor: Etanol e gasolina, dianteiro, transversal, 1.796 cm³, com quatro cilindros em linha, quatro válvulas por cilindro, comando variável nas válvulas de admissão e escape e duto de admissão de dupla geometria. Acelerador eletrônico e injeção eletrônica multiponto sequencial.

Transmissão: Câmbio manual ou automático de seis marchas à frente e uma a ré. Tração dianteira. Possui controle eletrônico de tração.

Potência máxima: 144 cv e 140 cv a 6.300 rpm com etanol e gasolina.

Aceleração 0-100 km/h: 10,7 s com o manual e 11,4 s com o automático.

Velocidade máxima: 204 km/h com o manual e 197 km/h com o automático.

Torque máximo: 18,9 kgfm e 17,8 kgfm a 3.800 rpm com etanol e gasolina.

Diâmetro e curso: 80,5 mm X 88,2 mm. Taxa de compressão: 10,0:1.

Suspensão: Dianteira do tipo McPherson. Traseira por eixo de torção. Possui controle eletrônico de estabilidade.

Pneus: 225/50 R17.

Freios: Discos ventilados na frente e sólidos atrás. Oferece ABS com EBD.

Carroceria: Hatch em monobloco com quatro portas e cinco lugares. Com 4,51 metros de comprimento, 1,79 m de largura, 1,47 m de altura e 2,68 m de entre-eixos. Oferece airbags frontais de série e laterais e de cortina na versão LTZ.

Peso: 1.410.

Capacidade do porta-malas: 402 e 872 litros com o banco traseiro rebatido.

Tanque de combustível: 60 litros.

Produção: São Caetano do Sul, São Paulo.

Lançamento da versão: 2011.

Lançamento no Brasil: 2012.

Itens de série:

Chevrolet Cruze Sport6 – Versão LT: Faróis de neblina, regulagem de altura para faróis principais, rodas de liga leve aro 17, direção elétrica, controle de cruzeiro, ar digital, freios com ABS, EBD e assistência de frenagem de emergência, controles de tração e de estabilidade, airbags frontais e laterais, faróis com acendimento automático e volante multifuncional.

Preço: R$ 64.900.

Chevrolet Cruze Sport6 - Versão LT Automática: Adiciona revestimento de couro e câmbio automático.

Preço: R$ 69.900.

Chevrolet Cruze Sport6 - Versão LTZ: Adiciona retrovisores com rebatimento elétrico, teto solar, chave presencial, sensor de estacionamento e luminosidade, GPS, sistema de multimídia com tela de 7 polegadas, airbags de cortina e retrovisores com rebatimento elétrico.

Preço: R$ 77.400.

Chevrolet Cruze Sport6 - Versão LTZ Automática: Adiciona o câmbio automático.

Preço: R$ 79.400.

Por Auto Press


  • VictorHugo

    Ainda sonho com um Golf Vi ow Vii Mas parece u, bom carro!

    • http://lucrobrasil.wordpress.com/2011/07/12/campanha-contra-lucro-brasil/ lucrobrasil_boicote

      Prefiro esperar pelo Peugeot 308 Turbo que deve vir por 75mil. Vai ser um avião. Creio que será o hatch mais rapido abaixo dos 100mil reais.

      Agora um Cruze da vida custar preço de Subaru Impreza que paga taxa de importação e monte de coisas, só pode ser piada. Eita como Lucro Brasil é fogo. Não da nem pra comparar a tecnologia do Subaru Impreza com esse Cruzinho da vida. Pena que é a CAOA, se não………. Japonesada lenta demais. Não são os coreanos que estão ficando fortes, e sim os japoneses que estão possesivos. Se tivesse Civic hatch, já seria lider na primeira tacada.

      • civiccorolla

        Cruzinho?!kkkkkkkkk
        Eu prefiro muito mais o focus do que o cruze, focus tanto o atual quanto o novo que vira em 2013 e o impreza.
        Segue:
        Focus>impreza>>i30>cruze

        • ManuMessi

          isso mesmo prefira Focus que desvaloriza bem mais que os outros, acabamento de categoria inferior e motorzinho 1.6 de 115cv. Impreza??? Consegue vender 100 unidades mês? Qual o prazo de espera de peças? Uns 120 a 180 dias… Idem o i30…

          • LucasVieiraa

            Realmente, o Focus, I30 e o Impreza são horríveis!…
            Não há comparação com o Cruze.

            GM só desaponta.

          • Filippeyke

            u tinha um i30… uma vez perdi o controle e dei com as duas rodas na guia. arrebentou roda, cubo, suspensão, agregado…

            as peças, quando não tinham na rede e precisavam vir da fábrica, chegavam em no máximo 3 dias.
            senão, vinha de um dia pra outro.

            não fale do que você não sabe…

      • Leandro1978

        O Bravo T-Jet também é bem interessante, não? E tem valor inicial abaixo dos R$ 70.000…

        • jp_na

          Realmente… tem praticamente os mesmos itensde série, tem câmbio de 6 marchas do mesmo jeito, o motor tem 152cv e parte de R$68.950,00. Com tela multimídia, bancos de couro e o fantástico teto Skydome fica em 78.494,00.
          O que mata é a falta de um câmbio automático… Mas se vc busca esportividade mesmo, o manual é melhor…

      • epaes

        O 308 2.0 já anda mto, tem mais potencia e mais torque que o Cruze, custando mais barato. Nem quero imaginar o turbo, vai voar! :)

        • fabiobnu

          Se considerarmos que a nesta avaliação a Auto Press pegou o modelo top do Cruze Hatch e ele conseguiu 76 pontos, o Peugeot 308, que foi avaliado apenas na versão 1.6 de entrada pela Auto Press conseguiu 75 pontos e custa R$ 10.000,00 a menos, é muito mais vantajoso comprar um 308.

          • epaes

            Com certeza, eu paguei R$59.900 em um 308 Allure 2.0 e ainda veio com teto solar cielo, aquele que é o teto todo envidraçado!

            • Edson Roberto

              Em contra partida é menos seguro que o Cruze. Isso porque ele possui 2 air bags a menos e inexiste ESP para essa versão. Acho que o ponto X do Cruze é ofertar esses itens já que os rivais praticamente carecem desse tipo de cojnteudo. Isso sem contar quem procura um cambio automatico.

          • ManuMessi

            Peugeout??? Coitados…

            • blad123

              Peugeot é só alegria no começo, daqui uns 6 meses ou quando precisarem de qualquer serviço da rede de concessionárias os donos vão querer colocar fogo no carro.

              • epicentro01

                Exatamente isso que eu iria dizer. As avaliações raramente levam em consideração o valor das peças, e o que é ainda pior, o tempo de espera pelas peças.

  • edsontak

    Caro demais. 10% a menos faria toda diferença. Não compraria, por este preço, melhor o sedã.

    • Xambrega

      Além de caro, mais alguém achou essa traseira parecida com a do VW Gol ??? o.0

    • Cristiano_RJ

      Que tá caro, está. Mas é melhor que o sedan. Primeiro, porque tem o visual mais jovial, esportivo. Segundo, porque é mais prático para o dia-a-dia, característica da carroceria hatch. Terceiro, porque tem mais espaço para a cabeça dos passageiros traseiros. E, finalmente, custa um pouco menos que o sedan.

      • Edson Roberto

        Cada um com sua necessidade. Eu poderia querer um sedan pelo porta malas… além de contar a favor do sedan o preço de seguro.

    • carlosjtt

      O Brasileiro nao sabe o valor de seu $$…. morre de trabalhar pra ganhar $$ e depois joga fora kkkk
      vai ser burro .
      Comprar um cruze (SPORT) KKKKK, e ficar falando que o carro tem isso e aquilo….. aaah vai pra….
      Nos EUA um camaro custa 49 mil. Ele sim é um carro sport.Já no Brasil você precisa de 203 mil….. é brincadeira….
      O problema é que no Brasil o governo não faz nada,pois têm o rabo preso…cobra impostos absurdos e não consegue administrar….todo mundo rouba um pouco e no final das contas não tem como reduzir os impostos.Nos altos impostos as montadoras justificão seus altos preços,mas na realidade o maior fator é a ganãncia….

  • Kleverson_G

    Ainda prefiro os concorrentes!

    • AndersonDak

      voces viram a avaliação que fica aqui no final da pagina do NA, com o cruze sport6 ???? ele não é vantagem nenhuuuuma a maior vantagem é o i30 e ainda com motor maior quase 9.000,00 de diferença e ainda 5 anos de garantia….. fala sério gm…

  • FrankOff

    Com tanto carro bom aí tu vem me falar de Cruze? Esse é a escolha pra basileiro que quer "investir" num carro. Não, nem se eu gostasse de hatch.

  • doug_bc

    Bom carro… Pena que tá muito caro…
    Dá pra comprar um Camaro lá fora com toda essa grana…
    A maioria do seguidores do blog sabe bem disso… Kkk

  • Gabriel_Nint

    Muito caro, mas esse carro na cor vermelha ficou animal. É muito difícil vender os sedãs com cores mais vivas? Civic, Corolla, cruze, Elantra em vermelho, azul e verde seriam muito legais.

    • jfrasson

      O Corolla novo mais bonito que ví foi um vermelhão no paraguai…

      • Kenny_

        No Brasil a Toyota disponibiliza a cor Azul Cosmos no Corolla. Na minha opinião a cor que fica mais bonita no carro. Infelizmente só vi uns 5~6 nessa cor. Essa cor tambem cai muito bem no Jetta e no Fluence, só vi um de cada nelas até hoje.

        • Absinthe666

          realmente, tem um corolla nessa cor que sempre ta estacionado no mesmo lugar na minha faculdade, é a melhor cor para o corolla na minha opinião
          mas infelizmente é o único que eu já vi na minha cidade, o restante é prata e preto…

      • vfreire85

        também já vi um corolla vermelho com placa do brasil em curitiba. era uma cor bem bonita, um vermelho mais claro, metálico, puxando pro canela. lembra um outro tom que tinha no corcel ii e no chevette, na década de 80.

    • Leandro1978

      A VW disponibiliza o Jetta em vermelho (Variant também). Porém nunca vi nenhum nas ruas. Também há o azul. Este é muito belo.

      • Edson Roberto

        Eu vi e dirigi um Jetta vermelho :)

        Só pena que era o flex. Além disso, apesar de tudo, é um pouco esquisito pois o carro é realmente conservador para a cor vermelha. Na minha opiniao a cor Azul ou branca cairam melhor.

    • Kenny_

      É dificil por essas cores por causo do "bate rebate" entre o consumidor e as concessionárias.

      Pelo lado do cliente a concessionaria dificilmente tem um carro que não seja preto, prata, branco ou chumbo. Se ele fizer questão de uma cor diferente dessas pode ficar meses esperando o carro. Alem da maior desvalorização na revenda e que geralmente o custo para reparar um dano em uma pintura mais "exotica" é maior (isso quando a autorizada tem a tinta pro reparo).

      Pelo lado das autorizadas, se não tem demanda elas não disponibilizam nos estoques.

      E fica nesse ciclo, não duvido que um dia as palavras de Henry Ford se tornarem realidade:

      "You can have any color as long as it's black.

      • Edson Roberto

        Kenny, na pratica essa questão de cores ela não desvaloriza tanto assim. Até porque elas são vendidas com valores acrescidos. Eles querem é vneder o que tem no estoque da loja.

        Sobre o consumidor já com o veiculo… desconheço alguem que vendeu por bem menos um veiculo por conta da cor. Eu mesmo com meu antigo Uno vendi ele até mais caro que qdo 0km e além disso mais facil que cores "comuns".

  • birchip

    A GM Brasil exagerou no preço desse Cruze Hatch Sport6.
    Está muito caro, isso é uma unanimidade.

  • Leandro1978

    Ele ficou muito bonito. Principalmente nesta cor, que também deveria estar disponível no sedan. Acho que fará mais sucesso que o Vectra GT. Também acho que a versão mais vendida será a LT automática, ou seja, em torno dos R$ 70.000. A LTZ a quase R$ 80.000 nem de longe deverá vender muito. Caro? Certamente. Porém as novas gerações dos hatches médios deverão estar acima dos R$ 60.000. Os que não tiverem, ou são modelos pouco vendidos ou modelos mais defasados. vamos esperar os demais lançamentos prometidos no segmento.

    • Marcelo_Machado

      Ontem à noite cruzei com um igualzinho a este da matéria e mesmo vermelho e vendo ao vivo não gostei da traseira. Continuo achando o sedã muito mais bonito e mais negócio na compra.

      Fora que 5K á mais pela cambio AT a GM tá de brincadeira.

      • MM_

        5k é automático + couro.

      • Cristiano_RJ

        Já eu vi o hatch em Buenos Aires em dezembro passado e o achei muito melhor que o sedan.

  • flaviomm

    1. Avaliar o carro… tarefa do N.A.: boa matéria.

    2. Design: estive hoje na ccs Chevy… e não gostei mesmo do design chinês da traseira… não é feioso, mas é fraquíssimo… sem inspiração, triste… ficou mto pior que o bonito sedan.

    3. Preço: carro de US$ 17, 18, 19k… só fazer as contas (cotação 1,72).

    Abrs!

    • joniocosta

      Vi o carro rodando na Argentina. A traseira realmente é sem sal. O problema maior é o preço (77k????).

  • Fernando

    Cruze Credo, que carro CARO!

  • PatrickKoba

    O segmento dos hatches médios realmente anda caro e complicado… difícil achar algo que eu diga "é esse!". O Cruze até agora vi como melhor opção, um LT automático. LTZ já não vale o preço. O amigo acima disse do 308 THP, mas um trauma com carros franceses me impede de pensar nessa opção, fora a manutenção que é mais alta que a do chevy (ops, não pode mais chamar assim!).
    Focus tem o 4AT … C4 idem… Impreza e i30 tb… Bravo tem aquele câmbio robotizado nojento…
    Tá difícil e mais caro! Segmento mais complicado que os sedãs…
    Se o Fusca 2012 (que não é hatch médio, mããs) vier na faixa de 75k com o 2.0 TSI e câmbio DSG, acho que seria a melhor opção.

    • ocduarte

      Não virá!

    • 3dimensional

      SONHA, um VW com DSG + TSI por 75k! kkkkkkkk

      • PatrickKoba

        Tem gente que espera o Cruze com -10k, porque não? haehaehae

    • Cristiano_RJ

      O segmento dos hatches médios realmente anda caro e complicado? Segmento mais complicado que os sedans?

      Olha amigo, complicado em termos de opções interessantes sim, pois a renovação que ocorreu no segmento dos sedans no ano passado só está começando nos hatches agora e ainda se extenderá até 2013 ou 2014. Mas chega lá.

      Agora, você falar em caro? Caro é o segmento dos sedans! Se o curze Sport6 é caro, o sedan é ainda mais caro que ele e não possui nenhuma vantagem. E o novo Civic então? Que na versão LXL de R$ 77 mil vem tão equipada quanto um 308 de entrada que custa R$ 54 mil?

      • PatrickKoba

        É que nos sedans você ainda possui algumas opções mais razoáveis, como o Sentra e o Fluence, o que não ocorre muito bem com os hatches…

        • Edson Roberto

          Isso sem contar que o preço praticado deles tem sido bem em conta e em alguns casos mais em conta que os hatches. Caso do C4 Pallas e 408.

        • Cristiano_RJ

          Pois bem, o recém lançado 308 não está com preços ruins. Idem para o i30 e o C4. Até mesmo o Focus, que sempre foi um dos mais caros, pode ser encontrado com descontos generosos hoje em dia, assim como o Bravo. O próprio Bravo t-jet é vendido abaixo da tabela. Além do mais, tem sempre o Tiida, porta de entrada para aqueles que cansaram de penar dentro de um popular compacto e estão dando o primeiro salto no mundo dos médios… Enfim, opções mais em conta que os sedans médios tem sim. O que está faltando mesmo é uma renovada, como disse antes.

  • tiards

    Sinceramente, mico igual ao GT, mas o GT era mais elegante.
    Com a grana desse carro, eu pego um i30 que é mais carro, e se brincar por um sedan, pego o Cruze sedan que é mais bonito com estilo coupe.

    • MM_

      Mais carro? Só nas marchas faltam duas…

      • silvio_Brito

        Até bem pouco tempo atras um cambio de 4 marchas era o melhoir que se podia ter.
        Ele não ficou tão ruim assim de um dia pro outro.
        É preciso compara todos os detalhes, do carro. Consumo, potencia, rendimento, etc.
        Agora ha quem não faça conta de pagar 10 mil a mais pra ter um lancamento, contendo as ultimas tendencias.
        Sinceramente eu não ligaria em pegar um focus ou i30 mesmo com cambio de 4 marchas.

        • MM_

          Concordo que não ficou ruim de um dia para o outro. Sempre foi ruim. rs.

          Agora falando sério. Eu tinha pensado de trocar meu carro no ano passado, mas fiquei esperando exatamente pela nova safra de carros com cambio de 6 marchas. Eu tinha um C4 hatch automático e usava um Focus Sedan da empresa, tbm automático, todos de 4 marchas. Era o melhor que existia no Brasil em 2009, mas bem longe do ideal.

          Agora em 2012, não vejo sentido em comprar um carro com 4 marchas se existem muitos concorrentes com 6 ou CVT. A não ser que o desconto valha muito a pena.

          Dessa maneira, não pagaria 10 mil a mais por últimas tendências, mas por itens que fizessem diferença na utilização e segurança do carro. Aí pagaria até mais do que isso.

    • Cristiano_RJ

      O já em minha opinião, hatch é mais bonito. Aliás, também é mais bonito que o Vectra GT com aquele motor jurássico, além da plataforma reaproveitada do Astra.

      • Edson Roberto

        Que tem mais torque, mais entrega linear de torque e economico? Bem… é de se pensar.

        • Cristiano_RJ

          Se fosse bom, continuaria em uso aqui e no resto do mundo. Não é por acaso que em países desenvolvidos motores de 8V são peças de museu. Só aqui mesmo que isso é considerado qualidade.

          • Edson Roberto

            Se for pensar assim mtos outros motores iriam nesse mesmo caminho. O problema do motor 2.0 não está na entrega de potencia ou qualidade e sim que para criar um novo projeto para programa de emissões seria um problema e um gasto bem maior. A GM optou por abrir mão já que o Cruze veio com um motor o suficiente para empurrar o modelo sem problema algum.

            Mas o Astra por exemplo, tirando qualquer outro dado e colocando na ponta apenas desempenho, era mais rapido e tinha uma final maior. Portanto, é como eu digo, enquanto outros fatores não serem levados em consideração, não adianta dizer que o motor é velho. Dando um exemplo rapido… do Fit… tem um motor também bem moderno mas que tem dado dor de cabeça para passar em exames de poluição no Controlar.

    • BrunoMulsane

      O focus é mais carro que o cruze e i30.

  • mzmaximo

    sinceramente, tem pinta de ser um excelente carro, mas por quase 80k, ta mt salgado. a GM tem q reduzir a margem dele. não se pode achar um preço desse como "normal".

    • Marcelo_Machado

      É o mesmo carro que o sedã, com todas as suas qualidades, mas com um defeito a mais, a traseira feia.

      • Cristiano_RJ

        Para mim a traseira é um mérito e não um defeito da versão hatch.

  • AllekCorreia

    O que "mata" esse carro é o preço. Está muito alto esse preço ôh dona Chevrolet!

    • anderson_sp

      Concordo, é um carro bonito e bem feito, só que a GM quer cobrar mais do que realmente vale, é uma pena.

  • ocduarte

    O fato é que, como é um veículo montado, e não fabricado no Brasil, o investimento foi menor e sem tanta necessidade de volume de vendas, por isso a GM apostou num preço mais alto. Se vender o que esperam a esses preços, será um lucro enorme!

    • villasdapenha

      Desculpe mas o senhor está enganado…o carro é 90% feito no Brasil….e não simplesmente montado.

      • MM_

        Negativo. O carro vem em CKD.

        • villasdapenha

          se informem melhor…. http://quatrorodas.abril.com.br/carros/lancamento

          O carro é fabricado no Brasil….foi feita a nacionalização…..nada de CKD…NÃO CHUTE.

          • MM_

            Tá certo, então quando eu vejo escrito MADE IN HUNGARY em uma peça do MEU carro, eu devo acreditar na 4 rodas. Ah tá.

          • ocduarte

            Já que seu exemplo vem da quatro rodas, dá uma checada aqui:
            http://quatrorodas.abril.com.br/carros/testes/che

            "O Cruze brasileiro será produzido em São Caetano do Sul (SP), mas o índice de nacionalização no começo será pequeno. "Cerca de 30%, no início", segundo nossa fonte. Motor e câmbios (manual e automático) serão importados."

            No link que você informou não cita índice de nacionalização. No que eu postei acima sim. Aliás, de onde tirou esses 90%?

            • villasdapenha

              tudo bem errei no indice de nacionalizacao…mas tambem nao e CKD…

    • Fla3D

      É, o mesmo que a fiat fez com o 500 e a ford com o fiesta hatch. Felizmente esses dois depois baixaram os preços, tomara que o mesmo aconteça com o cruze.

  • Lord_Hds

    Gente calma! Isso é só preço de tabela! Há lugares em que ele é vendido mais barato! Eu já vi um Cruze LT sedã numa css daqui de Brasília sendo vendido por R$ 63.500! A estratégia é saber: onde e quando comprar.

  • Hbolivar

    Que vermelho feio. Adoro essa cor, mas essa da GM já vem cansada.

  • zzzepa

    não sei onde a GM busca tanto otimismo neste numeros, compra impressa, compra tv, revista,manipula numeros, esse carro está caríssimo, quem asistiu o jornal da globo hoje, percebe que começou o movimento, criticaram os carro do senado e da Dilma, e o protencionismo dado as indústrias nacionais, e seria esse o motivo da montadoras cobrarem os valores elevados em carros aqui no Brasil, culpa do governo que da carta branca e não faz nada e só anda de carro importado…

  • Lord_Hds

    O engraçado disso tudo é que a VW cobra mais de 60 mil em um GOLFSSAURO e ninguém fala nada!

    • CharlesAle

      É que o pessoal já cansou já,VW dá nos nervos………..

    • Gregori_Costa

      Todos falam sim, mas ele não está na noticia.

    • silvio_Brito

      Fala sim!
      rss Ta muito caro amigo!

    • flaviomm

      Caara… esse é de lascar…

    • Cristiano_RJ

      Não vale mais à pena falar do Golfssauro. Peça de museu. Não rende papo com ninguém. Não é mais objeto de desejo de ninguém. É só o exemplo vivo do fundo do poço que a indústria automotiva brasileira chegou. Ainda bem que as new comers, como a Hyundai, trouxeram seus modelos up-to-date com o resto do mundo para cá! Se não fosse isso, estaríamos aqui discutindo o Golf 4,5 até hoje e ainda por cima sem a menor expectativa de vir alguma nova geração!

    • kikofar

      Como assim ninguém fala nada… Só olhar os carros mais vendidos do mês… Golf despencou!!!!

  • jeep12

    Nunca andei em um, mas simpatizo com o Cruze. Mas esse consumo nao dá! Nao que seja fator importante na minha escolha ( tenho ate carros bem gastoes na garagem ), mas tem que haver uma coerencia entre motorizacao e consumo. Gastar por gastar, nao!

    • vfreire85

      "A Chevrolet não tem o consumo de seus modelos monitorados pelo InMetro." lógico que não disponibilizam o caro pra monitoração da parte do inmetro: sabem que vão apenas corroborar o consumo de v8 num carro de 4 cilindros!

      • Gregori_Costa

        verdade, e esse consumo apontado no teste é vergonhoso, mesmo com etanol. P/ um motor chamado de ecotec o trem tá feio.

    • blad123

      Não entendo a reclamação sobre o consumo, se você pegar carros com motorização semelhante e testados pelo NA todos oscilaram entre 7 e 8 km por litro de etanol. Não vi nenhum carro milagroso.

  • Jason V.

    Muito caro, apesar de ver um tanto equipado.

    A GM deveria lembrar que o carro se posiciona em um segmento onde R$ 5000 fazem diferença, e bastante. Além do mais, a diferença de preços entre ele e Sedã vai acabar ficando pequena.

    Esse carro poderia custar bem menos pra fazer o sucesso que se pretende que faça.

  • Absinthe666

    ainda não vi justificativas para esse carro custar de 10 a 20 mil reais a mais do que os concorrentes, vai micar igual ao GT e daqui a 2~3 anos vai ta custando menos de 40mil no mercado de usados.

    • MM_

      Ele não custa 10-20 mil a mais. O LT custa R$ 4.000 a mais que um Focus. Só que vem com + airbags, ESP e cambio de 6 marchas.

      O problema é que neguinho quer comparar preço de tabela do Cruze top de linha com preço de fim de vida praticado por CCS nos outros carros.

      Quem está interessado em um carro desses, vai pesquisar. Aqui é só mimimi.

  • b3t0rj

    Muito caro! Mesmo sendo de categoria diferente, por 80 mil eu pego o 408 THP que é muito mais carro. E pensar que o azera com seus 270 cv (por ai) custava menos.

  • Bikudin

    Uma pena ser tão caro, gostei do carro.

  • marciusfal

    bacana, me lembrou o monza hatch….kkkkkkkk

  • lugavioli

    Pois é, comprei meu Azera Top 2011 por 79 mil e comparando com os "novos" preços que anda por aí em geral , foi uma pechincha. E digo mais, o carro é um T…….com gasolina Podium e filtro K&N o bicho é muito "nervoso"….lobo em pele de cordeiro….dá prazer "tocar" um sinal de luz na traseira de um sonata de quase 100 mil ….tá cheio de "bonitinhos mas ordinários" por aí…..custo/beneficio assim tá dificil hoje em dia….o proprio Azera 2012 está com um preço "estupido"….até 100 mil valeria apena, acima disso só pra quem não dá valor ao seu dinheiro. Ah, e tem mais, faço 7 km/l num V6 de 250 cv na cidade andando com o pé meio "nervoso"…rs

    • ManuMessi

      Parabens! Pagou 79k e não vai vender nem por 50k… 7km/l? Onde? Estrada? Sei, meu vizinho tem um e anda na maciota pq faz 5km/l…

  • press019933

    O carro é bacana, tem vários itens de segurança e conforto. O que matou, logo na estréia, foi o preço.
    Eu vou de Bravo Tjet esse ano: mais motor, mais torque, com vários itens de segurança e conforto, e ainda e mais barato.

  • D7V5

    Definitivamente, para mim, esse carro tem um "look" comum.

  • rharruda

    É um belo carro, com bom conteúdo e tecnologia, mas deve no consumo, mas terá desconto assim como ocorre com o seda, que se encontra por 3 mil a menos que o valor sugerido, mas quando a nova safra de hatchs chegar, podem esperar preços equivalentes ao do cruze, isso se a Hyundai não "meter uma perna" no novo i30 e subir uns 10 a 20 mil. Pena que a honda e toyota não exploram esse segmento no Brasil, por falta de espaço na fábrica, se não seria muito interessante um civic ou corolla hatch, para acirrar a concorrência. O mercado passa por uma evolução, acredito que a próxima etapa será a gradativa redução de preços para ficar em sintonia com o mercado mundial.

  • Fernando_luis

    Deus do céu…um hatch médio partindo de 65k, sem couro e com câmbio manual. Menos 5k em todos os preços seria mais condizente com o mercado já bizarro brasileiro… Também não gostei muito do design, apesar de não termos nenhum hatch com um design muito atraente hoje em dia, essa traseira ficou bem anos 90…sei lá. 0 308 também ficou sem sal, mas sinceramente, por 60 k, um 2.0 da peugeot é mais negócio.

  • 3dimensional

    Bonito.
    Inegável que é uma evolução para a marca.
    Mas pesadinho hein?

    • CyborgPilot

      Pesado demais mesmo amigo, eu desistiria de comprar só pelo peso. Quase uma tonelada e meia, aja motor pra deslocar uma bigorna gigante dessa.

  • fenixdavi

    quand sera q a GM vai se tocar e ajustar o consumo dos seus carros!!!! desanimei do cruze por isso!!!

  • ubiratamuniz

    Plástico rígido no porta-malas? esse detalhe não tinha visto em nenhuma das matérias.

    "prevejo" uma futura fonte de ruídos chatos no carro.

    (obs: isso não muda minha opinião sobre o que eu acho do carro: caro, mas o mais bonito Chevrolet brasileiro atualmente, e um dos mais bonitos hatches médios do Brasil).

    Tem margem de lucro gorda, e eu sei que isso não vai mudar… mas que dava muito bem pra Chevrolet simplificar alguns pequenos detalhes pra ter uma versão "LS" abaixo da barreira psicológica dos 60 mil, isso dá. Rodas menores (elas são 17" né? podia vir com 16" na versão mais simples) rádio simples (sem USB nem bluetooth), tirar o keyless entry, etc. alguns detalhinhos sem importância (mantendo os itens de segurança e conforto básicos) só pra dizer que o carro custa 59.900 o que dá um impacto psicológico grande pro consumidor.

  • THX

    …agora o Mit Lancer GT me parece tão mais barato…kkk

    • Cristiano_RJ

      Para mim ele continua igualmente caro.

  • antonio_bh

    tentativa da Gm de aumentar os preços do segemento para posicionar o sonic na faixa dos R$50-60.000, enquanto houver trouxa para comprar estes carros caros, os outros fabricantes vão subir de preço ai já era, veja o que ocorre na faixa dos compactos onde já há migração do airbag e abs sem acrescimo substancial de preços, porque tem concorrencia, se o consumidor desta faixa(medio) fizesse o mesmo o preços baixaria mas, vejo que não ocorerra pois o cruze esta vendendo.

    • radiobrasilcombr

      infelizmente tem muito "esperto" comprando compactos de entrada por 50 paus… vide o relativo sucesso do New Fiesta.

  • sergiopsy

    E a manutenção como será?

    • Stark

      Igual ao 2.0 que achava peça em qualquer esquina, com certeza creio que não será…

    • Cristiano_RJ

      Que nem a da versão sedan.

  • rodrigo_tm

    Se ja ta caro com esse preço, imagina se as CCS resolverem cobrar agio?…o preço vai bater nos 90 mil!! hehehe

  • Louis

    Não acho justo compará-lo ao GT, pois este era caro e defasado. Só salvava o design mesmo.
    O Cruze é caro, mas tem muita tecnologia embarcada, motor novo, etc.
    Eu ficaria na dúvida entre 308 e Cruze. Focus já está meio defasado, i30 não teria coragem de comprar um CAOA….

    • flaviomm

      Caoa… tenso.

  • jonascwb

    "A GM não quer perder tempo"??? Isso soa mais positivo do que deveria.
    Eles já perderam muuuuito tempo, então é tentando correr atrás do abandono em que deixaram o nosso mercado. Eles não estão sendo bonzinhos. Só perceberam que não dá pra vender os parentes do Monza por toda a eternidade, por causa da concorrência.
    E se não fosse a concorrência, iriam querer vender Cassic e Atrassauro pra sempre, tenho certeza.

    • Cristiano_RJ

      Exatamente. Eles já perderam todo o tempo que tinham direito a perder (e atambém o que não tinham)!

  • birobiro

    Gostei, mas eu esperava mais!
    Para mim não terá o sucesso que o sedan teve, mas é um belo carro.
    Achei um pouco caro também…

    • Cristiano_RJ

      Concordo que não terá o mesmo sucesso que o sedan, apesar de ser tão bom quanto ou até melhor, por se tratar de uma carroceria mais prática para o dia-a-dia e ainda por cima, possuir o visual mais jovial e custar um pouco menos. Afinal, o brasileiro não enxerga status na carroceria hatch, diferente dos sedans médios, que ele acredita ser "carro de patrão", aí topa pagar os preços absurdos desse segmento.

  • Stark

    Que boa hora da VW trazer o Golf Novo de fora com versões 2.0TSi + DSG.

    • Cristiano_RJ

      Pode esperar sentado…

  • BlueGopher

    Pena que só apareçam testes do automático.
    Quem dirigiu o Cruze com câmbio mecânico gostou muito.

  • RafaelPimenta

    kra na boa um carro que tem "SPORT" no nome e se bobear perde no 0-100 pra versao sedã é sacanagem. a Chevrolet ta inaugurando uma nova era de carros no brasil sim. uma era de carros lixo. No passado, vectra e Monza tinham versoes realmente esportivas, isso pra nao citar o opala e o proprio chevette que apesar de nao muito potente tinha traçao traseira. Mas os de hj. tenha dó. Opala de 1980 tem um 0-100 melhor q esse Cruze "SPORT"6 aew. Eu smp gostei mais do focus pq atualmente é o hatch medio mais veloz da categoria(em top speed e na versao Manual), agora entao é que eu prefiro ele. continua sendo o melhor carro da categoria(na versao titanium é claro). Acho q o unico que bate de frente com ele é o 308. veremos o novo I30(que apesar de eu achar a traseira mto feia pois parece um dos carros redondos da citroen) se sai.

  • GreatU2

    Com todo respeito ao excelente trabalho do NA. Mas depois de ver o preço, nem li o resto da matéria

  • Rafael_CTBA

    Realmente, se o mais top custasse uns 65k seria excelente.. mas INFELIZMENTE tá na média de todo carro hatch Brasileiro, Caro pra baralho!

  • Arthur_r

    calma minha gente, esperem o novo i30 chegar e o 308 THP por preços inferiores ao cruze que jaja ele abaixara os preços, eu chuto q a versao basica custara 60K, nao duvido nd e a versoa top, 75. so esperem q vcs veram oq vai acontecer

    • Jorgeludasa

      A básica ja está 61k , i30 está 50k. Chego quase a ter dó de quem ainda possui o i30.

  • radiobrasilcombr

    É questão de tempo (menos de 1 ano) pros preços caírem uns 10 mil aprox…

  • AntonioCarn

    Peugeot 308 (THP) ou Bravo (Tjet), claro. Logo após a chegada da última versão do Focus (Global) em 2013, infelizmente vejo que o Cruze vai ficar apenas para os saudosistas da marca (GM).

    • Cristiano_RJ

      Isso sem falar no estrago que o novo i30 vai fazer quando for lançado.

      • vini123456

        Estrago só se for no bolso de quem comprar esse novo I30…kkkkkkk

        • Cristiano_RJ

          Queira ser mais claro, por favor. E aproveite para justificar por que você acha que o atual líder de vendas não continuará a ser o pesadelo dos concorrentes após o lançamento da nova geração. Afinal, quero rir também.

          • Cleberson

            Simplesmente porque ele abandonou o 2.0 por um 1.6 (sem sobrealimentação), o design virou um HB20 crescido e tirou a multilink da traseira pra colocar um eixo de torção. O carro piorou e ficou mais caro.

            • Cristiano_RJ

              Ele piorou nesses dois aspectos que você citou: motorização e suspensão multilink. Mas existem outros aspctos que ele evoliiu: desing, acabamento equipamentos e porta malas. Aliás, com a sofisticação do acabamento desse novo i30 e o nível de equipamentos, ele passa a ser referência na categoria nesses dois aspectos. Quanto aos pontos em que houve retrocesso, convenhamos, no segmento, apenas o Focus e o i30 tinham multilink. Era um diferencial desses dois modelos que agora apenas o Focus possui. É uma lástima? Sem dúvida, mas não o coloca atrás dos demais concorrentes de peso, pois NENHUM tem suspensão independente na traseira também. O que realmente pega é a motorização. Esse sim será o grande erro da Hyundai e talvez, faça com que ele não deslanche em vendas mesmo. Ou seja, piorou em alguns itens, melhorou em outros, mas a discussão que eu estava tendo com o risonho aí de cima ocorreu em MARÇO do ano passado e a informação do novo motor ainda não estava confirmada. Por isso não há o menor motivo para aquele bobo alegre ficar rindo (a não ser que ele fosse mãe Dinah).

  • Corvo

    As avaliações da Auto Press deixam muito a desejar. Pra ela, todos os carros são na faixa dos 70 pontos. Fora que fala muito de dados de fábrica (até parece que a aceleração 0-100 das montadoras sejam reais)

  • jeremias88

    continuo com a mesma DÚVIDA! se pronuncia SportSEIS SportSIX SportMEIA ????? XD

    • Rods

      Véi… "SPORT SIX"… Pra agregar mais valor e ficar mais caro… Tipo os "NEW" da vida que andam aparecendo por aí… OU Grand…

      • Cristiano_RJ

        Já eu prefiro SportMeia…Boca, já que de sport não tem nada!

        • Rods

          aahahhahahahahahhahahahahha

          Boa! Muito boa!!!!!

  • Brenotricolor

    Nao entendo essa nota 6 no acabamento. Como se a concorrencia no mesmo patamar fosse nota 10.Perto da concorrencia e 8. Agora nao comparem com outros carros que comparam: Uma porsche da vida.. Apesar que deram 9 no Optima,9 num Kia Optima.

    • Cristiano_RJ

      Mas o acabamento do Optima é melhor que o do Cruze. Fato!

      • Brenotricolor

        Mas e outra categoria. O que eu falo eh que o Cruze na categoria dele eh 8. Porque vc tem que comparar com de acordo com a categoria. Nao no geral.Porque se for no geral,o Optima 2 e o Cruze 3.. E falar a verdade,aquele painel do monza do Optima nao me agrada,tem carros melhores.Fora que 96k

  • Rods

    Gente… ESquece… O Br não tem jeito… Já tem 2 emplacados na minha cidade…

  • Romis_gtr

    A única coisa que a GM tá revolucionando é em termos de preço, nenhuma novidade até agora….somente design…..direção elétrica? Já existe há uns 10 anos atrás, motor com comando variável no escape e admissão há mais de 20 anos (e não com esse consumo absurdo)…

    GM prega 2012 com uma mudança radical….realmente radical no preço e atrasadíssima!

    E o segmento de entrada tem jeito de sair da mesmice?

  • valdemirjose

    O preço real desse produto seria o do LT (64.900) para o LTZ… aliás quase tudo do LTZ é perfumaria (dispensável)

    • pririmarvil

      O preço real do LT seria começando por 50k, o top por esses 64.900.

      • Cristiano_RJ

        R$ 50 mil? Mesmo preço de Punto, Polo, New Fiesta equipados? Ou de um Crossfox sem ar condicionado? Mais barato que um 308 1.6 básico?

        • pririmarvil

          "Preço real", não preço Brasil!

  • D7V5

    Esse é um daqueles carro em que fico pensando, será que já não escrevi isso?
    Se já escrevi, desculpa aí.
    Esse carro é monotono.

  • pririmarvil

    Esse motor beberrão tá parecendo o monzatech, se bem que na verdade o monzatech só a álcool era mais econômico que isso. Tecnologia fail!

  • Pedro_Lourenco

    Impensável o substituto do Astra custar 80k. Tem tantas opções mais justas no mercado.

    • a_guering

      Substituto do Astra é o Sonic né ? Esse é do Vectra (que era o Astra la fora, afff Brasilllll)

    • Jorgeludasa

      Estou procurando carro dessa categoria e não encontro nada no preço da versão LT manual , que tenha ASR e ESP por 61k(preço atual)

  • KzR

    Muito muito caro, mas o carro apresenta bons predicados como o sedã, embora perca a harmonia das linhas presente no segundo. O consumo também não foi bom mesmo o motor sendo 'moderno' e casado com câmbio de 6 marchas. Preço e consumo precisam receber melhor atenção do pessoal da GM. No geral é um bom carro, parcialmente bonito e deve atender as previsões da montadora.

  • BrunoMulsane

    Eis um carro simples, para pessoas não muito exigentes. Claro que há predicados, mas não deveria ser simples em certos itens de acabamento, principalmente pelo preço elevado. O focus me passa a sensação de um produto melhor, mais bem construído. Ta certo que o painel do ford é sem graça, mas é todo acolchoado e bem acabado. O isolamento é ótimo, bem como a riqueza da suspensão, que, a ford não cobra nada por isso. E sim, faz uma diferença grande em relação as simples, outra vida. A dirigibilidade é um item em que o focus é ótimo, não sei como alguém leva pra casa o i30. Ta certo que o carro tem painel acolchoado, mas em momento algum parece transparecer qualidade. Parece um mp20 que faz tudo, mas coloque um galaxy S2 ou um iphone do lado. Enfim, para quem gosta de qualidade, conforto fora dos padrões e um carro que não quebra, indico o focus.

  • Mjscaruaru

    Pra pagar 80k num carro o cara tem que ganhar acima de 10k paus por mês, graças a Deus que tem muito brasileiro rico. Hoje tenho certeza, Deus é brasileiro.

  • Jobatera

    Excelente carro, design muito bonito e agradável.
    Tem uma galera criticando o preço, mas esquecem que o LT de R$64.500 vem completo.
    Referente ao LTZ, o preço está salgado, porém é lançamento.
    Vamos ver daqui uns meses, a tendência é que abaixe o preço.

  • Jobatera

    Comparar o Focus que está aqui no Brasil com o Cruze Spor6 é uma estupidez!!!
    Mas é normal, as pessoas falam demais e acabam dizendo bobagens.

  • Brenotricolor

    Devia ter novo item na avaliacao: Manutencao. – Avaliando os valores das pecas e revisoes.

    Ja que pegam o carro com a Montadora,ele pode fornecer isso.

  • marcio_cr

    Mais um carro em que o valor de tabela não passará de uma peça de ficção.

  • ManuMessi

    Lucas vieira e fllpeke fiquem bravinhos, mas já tive i30 e nunca mais, portanto sei o que falo… Campeao de furtos e roubos e as pecas demoram sim alem de caras…Quanto ao Focus, números nao mentem, motor de 115cv? Brincadeira e com preço de 55k e poucos opconais, isso é caro, né Ford? Vende 100 imprezas por mês? Mostrem aqui se vende!

    • Filippeyke

      tá parecendo uqe não teve… mas tudo bem, se você diz…

      e quem disse que quem compra um subaru impreza tá ligando pra quanto o carro vende?

  • ManuMessi

    Pra completar, m Focus titaniun nao sai por menos de 78k, já ta defasado, tem menos opcionais e cada a galera falando que o lançamento Cruze ta caro?

  • Felix_S

    Vi um Cruze hatch LTZ branco na loja. Podem dizer a vontade, gosto é gosto, mas eu achei o carro muito bonito. É o hatch mais bonito atualmente. Deixou o 308 no chinelo! Continua caro, mas é o hatch que eu compraria hoje. Mas é melhor esperar uns meses pra comprar melhor. Vai ser uma boa dúvida entre o GM e o novo i30.

  • fernandoriviera

    Um carro muito bonito mais que preço mais salgado em dona GM, mais como é lançamento vai vender muitos.

  • oleodecart

    Pelo menos a cor dos bancos na foto é melhor que a do sedan.Aquele cinza claro,além de feio tira um pouco da sofisticação

  • luizotavio

    Em geral, gosto das avaliações do N/A. Vocês me passam credibilidade e, tirando fatores subjetivos de percepção, isenção.

    Porém…

    Antes de fechar num Cruze Sport semana passada (e, para quem estiver na dúvida, eu digo: por favor, pelo menos experimentem), pesquisei muito, não só sobre o Cruze Hatch, mas também sobre o Sedan, é claro, já que são, basicamente, o mesmo carro. Pois é. Será?

    Nesse site, vocês fizeram três vídeos sobre o Cruze Sedan: Um de impressões gerais, outro de dirigibilidade da cidade e outro de dirigibilidade da estrada. Na ciade, o que mais me chamou a atenção (e quase impediu que eu fechasse com o carro!) foi a ênfase que o motorista deu para a suspensão dura do carro, chengado a achá-la mais firme do que a do Civic. Ele deve ter dito isso umas quatro vezes, pelo menos.

    Bem, não foi a impressão que eu tive durante o teste drive – aliás, durante os dois testes – mesmo estando vindo de um Fluence. Até aí, tudo bem – cada um tem uma preferência, e o que é duro demais para ele pode não ser para mim. Tranquilo. Mas agora acho estranho, no mesmo site, o conforto da suspensão estar com uma nota tão boa. Será que o Hatch tem uma calibragem diferente da do Sedan? Se for esse o caso, por favor ignorem meu comentário. Caso contrário, acho importante que o site fale uma língua só, sabe, mesmo que duas pessoas diferentes tenham testado o carro. Se não, pode passar, à primeira vista, falta de consistência editorial.

    Obrigado.

    • Snoop

      A avaliação não é do NA, é da Autopress, amigo. Está escrito na matéria.

  • luizotavio

    Obrigado, Snoop.
    Mas, veja bem, para o leitor desavisado (eu!!!), fica a dúvida, né?

    • Snoop

      Leia a última linha do texto…