Chevrolet Elétricos Hatches

Chevrolet divulga novos detalhes do Bolt EV

Chevrolet Introduces Bolt EV At NAIAS In Detroit

A Chevrolet divulgou na última quinta-feira, 15, novos detalhes a respeito do Bolt EV, que foi apresentado de forma oficial durante a Consumer Electronics Show (CES), em Las Vegas, nos EUA, e está sendo atração no Salão de Detroit. O novo modelo elétrico será comercializado no mercado norte-americano por US$ 30 mil, valor que já inclui os incentivos fiscais cedidos pelo governo local.

O novo Chevrolet Bolt EV é equipado com um motor elétrico, que consegue entregar 150 kW, o equivalente a 202 cavalos de potência, e 36,7 kgfm de torque. Segundo dados da montadora, o automóvel consegue acelerar de 0 a 100 km/h em menos de sete segundos e tem velocidade máxima de 146 km/h.

As baterias são de íon de lítio, com capacidade de 60 kWh, que podem ser recarregadas em uma tomada convencional em cerca de nove horas ou pelo sistema DC Fast Charge, que garante 80% da carga em uma hora. A autonomia do Bolt EV é de 320 quilômetros.

Entre os equipamentos, há o OnStar 4G LTE, Wi-Fi e multimídia Chevrolet MyLink com tela de 10,2 polegadas de alta definição, que dispõe de um sistema de projeção de imagens para manobras de estacionamento, além de um aplicativo para smartphone, que permite ao usuário consultar o status da carga das baterias e ligar o ar-condicionado do carro, por exemplo.

Galeria de fotos do Chevrolet Bolt EV





  • Felipe

    Números interessantes para um compacto elétrico.
    É bacana ver como os elétricos vem se tornando atraentes em desempenho e design.

    • th!nk.t4nk

      É um Ágile do futuro :)

  • Blessa

    A única coisa que gosto nos elétricos é o torque absurdo que vem praticamente instantâneo.

    • Martini Stripes

      E não precisar parar cada X km pra trocar óleo e filtro.

    • Martini Stripes

      E o fato de não ser uma fogueira ambulante.

      • Gabriel

        Isso vc vai dizer até a fiat lançar um marea eletrico kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk (to de zoa)

        • Martini Stripes

          A Ferrari não vai deixar isso barato. hahahah

  • Bilugs

    Perfeito !
    Com uma carga trabalharia a semana inteira !
    E ainda não teria que para pra trocar óleo/filtro etc… Sonho !

    • BillyTheKid

      Mal e mal pastilha de freio teria que trocar se você usar os freios regenerativos. Sem contar todos os outros sistemas inúteis (admissão, escapamento, velas, correia dentada, e mais um zilhão de peças/pontos de falha do sistema de um motor a combustão).

      É um sonho pro consumidor (e provavelmente o terror das concessionárias)

  • Martini Stripes

    Recomendo a todos assistirem Quem Matou o Carro Elétrico! Muito interessante ver o que rolou no passado. Era para todos estarmos com carros elétricos já.

    • automotivo

      E quantas hidroelétricas, quantas usinas usinas nucleares, precisaremos construir? Já tem estudos sobre isso?

      • Martini Stripes

        Cara, não é bem assim. Durante a noite, quando a maior parte estaria recarregando, a rede elétrica está bem sem carga, seria tranquilo, até pq não é algo absurdo de carga. Se uma tomada normal leva 9h, é a corrente de um AC ligado a noite, talvez 2 AC. E a mudança não seria tão drástica, a industria não tem capacidade de trocar toda a frota por carros elétricos de uma vez. E ainda assim, a eficiência de um motor elétrico gira na casa dos 90%, e regenera na freada. E uma usina, tem maior eficiência que um motor a combustão. Então meu caro. Mesmo que fosse necessário construir mais uma usina pra isso, valeria a pena só pela redução com gastos em saúde pública devido poluição. Não há desculpas para andarmos com tecnologia de combustão interna se não for por lobby das big oils e montadoras querendo vender peças de reposição e trilhões de dólares enterrado na forma de óleo.

        • automotivo

          Bom, se você já leu sobre os impactos que pode haver se de repente 20 a 30% resolver comprar carro elétrico, e não haveria nenhum problema de apagão, tá tudo bem. você já está mais embasado no assunto. Só que na boa, tem algo errado, mesmo nos EUA, com subsídio para o carro elétrico, a GM tomou e ainda toma um bom prejuízo. Lá carro elétrico é pra poucos ainda, e alguns regiões são viáveis até o momento. Foi o que consegui ler sobre isso.

          • Martini Stripes

            Como a Nissan sustenta o Leaf? A Tesla? Eu acho que tem muito das big oils por trás disso tudo, e o custo ambiental de produzir eletricidade e carregar um carro elétrico, é menor do que rodar a combustão. É o futuro. Precisa ser!

            • automotivo

              Eu sou tô expondo o q li numa materia em q li sobre carros elétricos nos EUA. O estado onde é mais viável é a Califórnia, Mesmo assim, sua visbilidade a curto prazo é visto como um feito não muito próximo., Mesmo se tratando da primeira (ou segunda economia ).

      • Rafael

        Esqueceu a energia solar, que lá é extremamente popular.

      • Para de falar besteira.

        Motores elétricos tem eficiência acima de 90%, isso significa que um motor elétrico transforma mais de 90% da energia elétrica consumida em energia cinética (movimento).

        Os motores a combustão, por outro lado, tem eficiência baixíssima, na casa de 35%. Isso quer dizer que 65% da energia contida no combustível é perdida, principalmente pelo calor e pela fricção. Apenas 35% é convertida em energia cinética.

        Ou seja, se a frota atual fosse elétrica gastaria muito menos energia para fazê-la rodar. Não seria necessário construir muitas usinas para produzi-la. E tem a opção de se utilizar a luz do sol para gerar energia elétrica, como já disseram.

        Enfim, é bem flagrante o porquê a indústria do petróleo vem sabotando o desenvolvimento do mercado de carros elétricos, seria o fim deles.

        A indústria automotiva também boicotou todos estes anos, por outros motivo: a manutenção de um carro elétrico é muito mais barata e exige a troca de bem menos peças que os carros a combustão. Menos manutenção = menos lucro.

        • Miguel

          Enfim, tudo se baseia em lobby mesmo. As empresas têm medo do futuro, de sucumbir ao avanço da tecnologia. Mas não tem jeito, quem quer sobreviver tem que se adaptar, não? Vai fazer peças pra carro elétrico, se vira!
          No futuro, além da energia solar nas casas, os próprios carros poderiam ser recobertos com placas finíssimas que captam energia solar, os ônibus poderiam ter placas solares no teto!
          Moro no Rio de Janeiro, e sempre penso nisso. Esse monte de ônibus, que mais parece um forno ligado, nesse calor infernal, não poderiam utilizar a energia solar em seu favor?
          Vamos torcer pra isso se tornar realidade.

          • Concordo com tudo que vc disse!

          • David

            Miguel, Lobby ou nao a realidade e que as empresas nao tem medo do futuro. Existem empresas hoje desenvolvendo tecnologia para que os carros eletricos possam roda com um custo bem mais baixo. Ou vc acha se tivesse essa tecnologia ja existente os Teslas da vida ja nao teria incorporado isso nos seus carros? Principalmente se isso trazer mais lucro. Agora vc afirma que carro eletrico e mais barato, baseado em que? Pois eletricidade aqui no Brasil e carissima sem dizer que nao tem energia sobrando. O custo do carro eletrico nos paises onde ele e testado e sempre alto. Motor eletrico nao e barato e ele acaba tendo que receber manutencao ou vc nunca ouviu falar de motor eletrico queima? Vc fala como se instalar placas eletricas fosse algo facil e de baixo custo mas o fato e que alguem tem que fazer e tudo isso custa muita grana. Mesmo com os incentivos fiscais dado aos donos o custo continua sendo muito mais alto que um carro com motor de combustao interna. Conclui-se que carro eletrico continua sendo caro pra produzir. Ainda acho que a solucao e unifica o que ha de melhor do carro eletrico com motor de combustao interna sendo a praticidade e rapidez para abastecer e o baixo custo de manutencao pra manter um carro assim um dos seus pontos sem dizer que o preco do petroleo no mercado internacional fica caindo (so no Brasil que aumenta) sera muito dificil pro carro eletrico competir com ele. PS. Barril em 2014 era acima de $100, hoje esta abaixo dos $30 mas aqui no nosso Brasil se tem a impresao que o preco so fica subindo sem dizer que hoje colocamos 27% de alcool na nossa gasolina.

            • Miguel

              Nossa! Vc é dono de alguma dessas montadoras? Fala como se fosse…
              Leia meu texto direito, eu nunca falaria que o carro elétrico é mais barato!
              Pessoa negativa! Vamos pensar que existem, sim, pessoas capazes de transformar a energia solar para utilização em ônibus e carros no futuro. Claro que não é barato, mas os custos estão caindo.
              E a questão não é o petróleo estar barato ou não, o problema é diminuir a poluição, parar de utilizar combustíveis fósseis, proteger nosso meio ambiente.
              E o petróleo está barato agora apenas porque os países árabes, “espertinhos”, querem quebrar os produtores de xisto, que levaram os EUA a depender menos do petróleo árabe, e dar uma dificultada na fabricação de carros elétricos!
              Esse preço baixo é apenas por que eles não querem concorrência.

        • automotivo

          Desculpa senhor engenheiro, só relatei o q li aqui no NA uma matéria q que falava sobre o Volt e a energia elétrica lá nos EUA. Não estou inventando. Vou procurar a matéria e postar o link, mas com certeza vc deve ter feito estudos por conta própria.

  • Gabriel

    Eu gostei dessa frente um novo onix poderia ter a frente inspirada nele

  • Leandro Federsoni

    Baterias estão em plena evolução e acredito que elas serão a solução para o aquecimento por CO2 e para a mobilidade. Fico muito curioso por elas.

    • BillyTheKid

      Acho que o mercado de carros elétricos vai impulsionar, ao longo das próximas décadas, uma forte evolução no segmento de baterias mais leves e com maior densidade energética.

      Imagine só: Armazenamento domiciliar de energia elétrica gerada por painéis solares, estocamento de energia eólica/hidráulica (o sonho da Dilma… hahahaha); Smartphones, smartwatches, notebooks, tudo com autonomia várias vezes maior que a atual, enfim, são muitas possibilidades.

      • Leandro Federsoni

        Exatamente Billy, está aí minha aposta para o futuro da mobilidade.

  • Wellington Myph13

    O Bolt é praticamente uma evolução no Design da Spin…