_Destaque Citroen Europa Lançamentos Minivans

Citroën C4 Picasso e Grand C4 Picasso ganham visual retocado e motor 1.2 turbo

citroen c4 picasso grand c4 picasso 2017 2

Lançados há pouco menos de três anos, os atuais C4 Picasso e Grand C4 Picasso da Citroën acabam de estrear suas primeiras mudanças visuais no mercado europeu. Além do face-lift, as minivans adotaram novos equipamentos de segurança e um novo motor 1.2 litro PureTech, que promete ser mais eficiente.

Do lado de fora, os dois modelos adotaram para-choque dianteiro redesenhado, novas rodas de liga-leve de 17 polegadas, lanternas traseiras com efeito 3D de série e três novas cores para a carroceria (Wild Blue, Dune Beige e Hype Grey). Além disso, as minivans passam a oferecer opção de pintura bicolor para o teto e o restante da carroceria.

citroen c4 picasso grand c4 picasso 2017 13

 

Quanto aos equipamentos, a nova linha C4 Picasso e Grand C4 Picasso passam a adotar novos sistemas eletrônicos de auxílio ao motorista, como controle de cruzeiro ativo com função stop, freio de segurança ativo, alerta de risco de colisão, frenagem de emergência, reconhecimento de sinais de trânsito, monitoramento de pontos cegos, entre outros.

Por dentro, há ainda um novo sistema de entretenimento com tela sensível ao toque de sete polegadas, sistema de som, mapas de navegação em 3D, reconhecimento de voz, Apple CarPlay e Android Auto.

citroen c4 picasso grand c4 picasso 2017 19

Já o motor 1.2 PureTech a gasolina consegue entregar 120 cavalos de potência, na versão com transmissão manual de seis marchas, ou 130 cv, no caso do modelo com câmbio automático de seis velocidades.

A nova linha do Citroën C4 Picasso e do Grand C4 Picasso será lançada na Europa no segundo semestre deste ano. No entanto, no Brasil os modelos deverão ser vendidos apenas no ano que vem, já que a marca lançou a nova geração das minivans no final do ano passado.

Galeria de fotos do Citroën C4 Picasso e Grand Picasso 2017





  • ObservadorCWB

    A Gran deverá sofrer com este motor. Pessoal critica (e com razão) o motor monzatech da Chevrolet, mas eles já extraíam 140cv do 2.0. Um carro como este que leva uma “penca” de pessoas dentro, merece mais um pouco de potência.

    • João Cagnoni

      E o torque? Como fica? O 1.2 turbo da PSA é quase igual ao 1.4 TSI da VW. Quem já andou no VW sabe que mesmo com 140cv ele é muito superior aos motores 2.0 tradicionais. E olha que sou dono de um 2.0 com 150cv, já levei um pau violento de um golfzinho 1.4 desses.

      • Gustavo73

        Esse 1.2 tem 20cv a menos que o seu 2.0 mas tem 23 kgfm (mais que o 2.0) de torque que ainda chega antes. E provavelmente será mais econômico. Talvez a velocidade final seja ligeiramente menor. Mas no geral o 1.2 fará o mesmo trabalho que o 2.0 aspirado.

        • João Cagnoni

          Exatamente. O 1.2 turbo vai ser muito melhor que qualquer 2.0 aspirado do mercado.

          • Gustavo73

            Quero ver quando o pessoal souber do Mondeo(Fusion na Europa) como 1.0 Ecoboost de 125cv e 21 kgfm de torque no overboost.

            • João Cagnoni

              Acho que o nome Mondeo aqui se queimou demais. Quem comprou 0km, não quer ver nem pintado de ouro. Seria como se lançassem um novo Marea, muita gente vai adorar, mas quase ninguém vai arriscar comprar.

              • Gustavo73

                Falei Mondeo pois é o nome do Fusion na Europa. E duvido termos um médio grande com.motor menor que 2.0 mesmo sendo um TSI Ecoboost ou THP.

                • João Cagnoni

                  O Accord já tem 2.0 aspirado. Acho que a tendência é a redução da potência dos motores e, é claro, aumento de preço.

            • Pacheco

              Esse sim vai ser um motor bom pro Brasil. Quando a Ford colocar aqui, vão mudar a faixa de IPI. Pode esperar.

          • Daniel

            muuuito melhor não digo… em termos de desempenho vai estar ali ali… talvez um pouco abaixo.
            Mas vai ser bem mais economico!

        • Ia escrever isso, mas o Gustavo já fez as honras… rs. Como dizia uma velha raposa das pistas (Carroll Shelby), “potência vende carros, torque vence corridas”.

        • fschulz84

          Exato…. Já escrevi sobre isso por aqui umas 19281092810928 vezes mas vou escrever denovo…

          Um Skoda Octavia que aluguei na Rep. Checa, com motor 1.2TSi de 102cvs andou tão bem e até melhor que meu ex-Focus 2.0 Duratec.

          • Gustavo73

            Isso que esse 1.2 é da primeira geração dos TSi e foi substituído pelo 1.0Tsi igual ao feito aqui. Que tem potências que vão de 95 à 115cv e torque de 16 à 20 kgfm. Os Tsi de terceira geração já aparecem no horizonte os 1.5 com TGV e ciclo Miller.

            • fschulz84

              Se não me engano, havia até Skoda Superb com este motor… Imagina uma SW do tamanho do Passat com motor de 100cvs… E te garanto que daria conta tranquilo.

              Óbvio que não seria um ultraesportivo, mas tenho notado que os europeus têm definido algumas prioridades referentes a compra de veículo. Me parece que a primeira delas é não precisar de um carro. Caso seja realmente imprescindível, a eficiência/emissão de poluentes passa a ser o critério principal.

        • João Cagnoni

          Além do torque chegar cedo, ele deve permanecer no pico por mais tempo. A ficha técnica tem as suas pegadinhas, pois alguns carros não tem 100% do torque cedo, mas podem ter 80 ou 90% bem cedo. Sendo assim, só dá pra saber visualizando a curva de torque, mas os números já são um bom “horizonte”.

        • João Cagnoni

          E com certeza, o ponto da economia é válido.

          • Gustavo73

            Em um carro que não tem proposta esportiva, perder na velocidade máxima ou em décimos de segundo na aceleração ou retmoda realmente não é significativa.

      • ObservadorCWB

        Ok…sei que a onda agora é citar “torque”…mas a situação que citei é o uso específico do carro pessoas + bagagem. Daí surge a relação Kg/Cv. Levar pau violento deve ter sido pelo peso do seu carro + aerodinâmica + característica do câmbio. Qualquer VW aspirado 1600 em um buggy por exemplo dá pau violento em 2.0….. mas a carroceria era fibra geralmente. Aliás, tem um buggy aqui em Curitiba com cerca de 110 cv – coisa simples e fácil de obter, (é aspirado mas duplamente carburado Solex), e ele bate alguns superesportivos na primeira quadra…rsrsr LEMBRE: Racha é ilegal !!! Mas eu não me contento com pocotós, ainda mais em um carro familiar.

        • João Cagnoni

          O Golf TSI não é exatamente um carro leve. Se não for o torque, me explique porque este carro anda tanto. É o câmbio? Por que outros carros com dupla embreagem não andam tão bem? São as relações do câmbio? Elas nem são tão curtas assim… Só resta o torque. O carro não só tem 25kgfm, como aparece muito cedo e se mantém por um bom tempo.

          • visanpai

            Desconfio que ele deve ter mais cavalos que o anunciado. É o contrário da Hyundai com o Veloster de 140cv! Hehe

            • João Cagnoni

              Com certeza. Não sei por qual motivo, mas a maioria dos carros turbo tem a potência menor que o anunciado, segundo a maioria dos testes do YT.

        • Gustavo73

          O torque é que “leva” o peso. Por isso oa 23 de torque se sobressaem frente a um 2.0 aspirado. Carregado vai sofrer como um 2.0 aspro sofreria. Mas para a proposta não seria ruim e Grand Picasso pesa 100 kg a mais que a Zafira e a mais curta tem o mesmo peso da Zafira.

      • Daniel

        Seu 2.0 Citroen tem 21,6Kgfm de torque, não é fraco não!

        Só perde para o Golf pq o C4 pesa uns 80-100Kg a mais e a curva de distribuição de torque no turbo é melhor. Além disso, o cambio do Golf de 7 marchas é mais eficiente que o 5marchas manual ou 4 marchas automatico do C4.

        • João Cagnoni

          Eu achei que o Golf anda bem mais, só de pisar o carro já deu um salto na minha frente. Existe a possibilidade do carro ter sido mexido, mas a opinião de quem andou nesse 1.4T da VW é que o carro realmente anda muito. Meu pai tem um Passat 1.8T (alemão), mesmo blindado e com 4 marchas o carro dele anda muito, e tem a mesma potência e torque do meu, mas aparece em 1750rpm. Antes que digam que meu carro ta “bixado” (já ouvi isso quando falei deste assunto), já andei na frente do Lancer (160cv sem torque), Corolla e do coitado do Civic (eu nem ia citar, o motor da Honda é manco, parece 1.6). Meu próximo carro será turbo, ou talvez eu pule direto pra um híbrido, que é o meu sonho. Voltando ao assunto da matéria, não tem nada a ver a comparação que fizeram do 1.2t da PUG com o 2.0 de 140cv da GM.

          • Daniel

            Já andei no Golf e tenho um C4 2.0 AT de 4 marchas.
            O Golf é mais leve e a caixa de cambio ajuda muito, o motor tá sempre na rotação certa, seja pra economia, seja pra desempenho.
            O C4 anda qse junto com o “motor cheio”, perde no arranque por ser mais pesado e ter o cambio que derruba mais a rotação nas trocas…
            Acredito que num C4 com cambio manual dê pra brincar um pouco junto com o golf.
            Agora, Civic e Corolla que me desculpem… mas só acompanham C4 se tiver um vovô guiando o citroen… Lancer CVT eu achei bem “chocho”… desanimei já no Test Drive…

    • Gustavo73

      Tem 23 kgfm de torque em baixas rotações. Não será um supra sumo em desempenho mas vai andar na média. A Zafira tinha 140cv e menos de 19kgfm. A diferença de peso deve girar nos 100kg.

    • KevinGR

      Isso é mercado europeu, eles querem é economia de combustível, por isso que os motores lá são pequenos e eficientes e existe opção de cambio manual ate em minivans.

    • Pacheco

      Vai andar melhor que a anterior com o motor 2.0 e cambio de 4 marchas.

      Tudo depende do torque, a faixa de giro da potencia e principalmente do acerto do cambio com a suspensão do carro. Pode ser até mais gostoso de guiar.

    • Gabriel Oliveira

      essa deve ser uma das várias opções de motor que o carro pode ter. Essa é a mais fraca, pro pai ou mão de familia com filhos pequenos que levam alguns trecos.

  • Mr. Car

    Muito, muito bacana mesmo, este C4, especialmente o curto, mais harmônico. Tem o defeito do nome, que lembra aquela coisa medonha (falo da estética, nunca dirigi o carro) que era o Xsara Picasso. Tem também quem lembre de outra coisa ao ouvir este nome, he, he!

  • Bruno Silva

    Pra que isso?? Mexeram visualmente na parte errada. O parachoque ficou mais feio, o anterior parece a evolução do que foi apresentado.

    • Daniel

      A Citroen não sabe fazer face-lift… quase todos os carros deles são mais bonitos no projeto original do que depois do facelift

      • Pacheco

        Concordo… parece que mexe e estraga o carro.

  • Jorge Castro

    devemos lembrar q o torque esta mais associado a força e o cv a velocidade quanto mais torque e mais linear a curva mais força o carro tera pra romper a inercia , nao adianta ter muitos cv torque mais baixo ou torque so em alta pois o normal e andarmos em baixa principalmente nas cidades

    • Pacheco

      Sim, depende da faixa que atinge e principalmente do cambio.Um cambio acertado e bem escanolado, pode salvar o motor.

  • Miro Saraiva

    Como fica as vendas dele no Brasil? Para de importar por um ano? Ou eles produzirão 2 modelos diferentes ao mesmo tempo?

    • Gustavo73

      O carro ainda será colocado a venda. Ainda existirão modelos antigos. Assim que o estoque acabar vende-se só o novo como aqui. Entre a importação transporte e liberação aqui demora um tempo chutaria um mês, então tem carros em estoque e transporte qie chegarão sem o facelift. Mas quando trocar de vez lá algum tempo depois trica aqui.

      • Pacheco

        Olha… acredito que a Citroen tem estoque suficiente pra lançar esse novo somente ano que vem aqui.

        • Gustavo73

          É provável.

  • Adriano Tochio

    Acho que esta linha da Citroen já deu o que tinha de dar !!

    • Gustavo73

      Essa que tem pouco tempo de lançada.

      • Adriano Tochio

        Numa forma geral a meu ver a linha Picasso não da mais !

        • Gustavo73

          Não entendi Picasso é como a Citroen chamas suas minivans. Essa é a nova geração lançada em 2013, derivada da plataforma do 308 europeu. Pra quem tem filhos não existe melhor categoria, eu diria as SW se o objetivo é ter algo com a dirigibilidade dos hatchs e sedans.

          • Pacheco

            Só quem já dirigiu uma dessa com a familia, sabe como esse carro preenche todas as lacunas dos outros segmentos.

            Satisfaz o pai de familia com tecnologia e inovação, satisfaz a esposa com status e a criançada com entretenimento. Perfeito, só com a tela do DVD no teto e a bagunça no banco traseiro.

            É um carro pra familia… no dia-a-dia nem rola usar um carro desse.

            • Gustavo73

              Tem a avaliação de um mês no AE. Show o carro. Um desse e um Up Tsi na garagem me deixaria satisfeito.

              • Pacheco

                Concordo contigo. Eu teria um Up! Black I-motion para usar no dia-a-dia. Economico, confortavel, sem embreagem e otimo para o transito caotico de SP. Deixaria a Picasso com a Patroa e usaria para os fds com o filhote.

                • Gustavo73

                  A alternativa a esse conjunto seria um Golf Variant no lugar da C4.

                  • Pacheco

                    O problema é que a Golf Variant não é muito minha cara. Eu gosto mais de Minivan do que Station.

                    • Gustavo73

                      Eu prefiro as SW.

                    • Pacheco

                      Sempre gostei mais de Minivan e SUV. Mais ainda de Minivan.

  • Pedro Cunha

    Muito linda essa Grand C4.

  • Alexandre

    O bom da Citroen é que ela não está mais preocupada em manter imagem de requinte que tinha antes. Tendo sido rebaixada pela PSA como marca de entrada pode fazer boas promoções, sem depreciar a imagem. Muitas vezes as marcas mesmo na crise não abaixam o preço por conta dessa imagem. Daí ficam fazendo promoções veladas. Ontem vi na Citroen um anuncio gigante de na CSS de C4 automático por 69 mil. Acho preço bem razoável pelo cenário do mercado atual.



Send this to friend