Citroen Europa Tecnologia

Citroën revela detalhes de sua nova suspensão adaptativa

citroen-progressive-hydraulic-2

A Citroën revelou para parte da imprensa europeia um novo sistema de suspensão adaptativa que substituirá a longeva e revolucionária hidropneumática Hydractive. A nova tecnologia é mais simples e barata, mas a empresa diz que produz efeito semelhante.

Sem dar muitas informações, a Citroën revelou que 20 patentes foram registradas para o projeto, que consiste basicamente de coxins hidráulicos progressivos, num conjunto que foi batizado de Citroën Advanced Comfort.

Essa tecnologia de coxins adaptativos ainda não tem um nome, mas seu maior efeito é poder ser utilizado em qualquer carro da PSA. A intenção da Citroën é atender toda a gama, a partir do subcompacto C1, que em realidade é um Toyota Aygo.

citroen-progressive-hydraulic-1

O objetivo dos coxins progressivos é absorver os movimentos da suspensão – que continua sem alterações – e também proporcionar maior equilíbrio ao veículo. Além disso, o efeito em termos de conforto e segurança são esperados para serem parecidos com os da Hydractive.

Nas imagens, pode-se ver algo que parece um amortecedor comum, contendo três partes principais com níveis de amortecimento diferentes. Protótipos do Citroën C4 Cactus estão rodando com essa tecnologia, mostrando a versatilidade do dispositivo. A ideia é lançar o primeiro modelo de fábrica em 2017, inicialmente exclusivo da marca parisiense.

citroen c4 cactus rip curl 5

No entanto, as características e o custo reduzido dos coxins progressivos poderão ser utilizados em carros da DS e Peugeot. Além dessa tecnologia, o pacote Citroën Advanced Comfort consiste em melhor isolamento acústico, novos rolamentos e pneus mais silenciosos.

A carroceria ficou 20% mais rígida, graças a um novo processo de construção, que utiliza uma fita adesiva entre os pontos de solda, reduzindo o custo com aços mais caros e processos mais complexos. Já os bancos com estofamento especial, foram direcionados para maior maciez e conforto, reproduzindo a sensibilidade dos assentos de carros antigos.

Todo o conjunto tem por objeto tornar a condução mais agradável e o conforto a bordo muito superior ao atual, evitando inclusive a tendência de rolamento da carroceria. Ruídos e vibrações tiveram maior atenção no pacote, que ainda conta com vidros de espessura mais eficiente contra o barulho externo. Como são programáveis, coxins e assentos poderão ter ajustes diferentes em cada marca da PSA, se a exclusividade da Citroën acabar.





  • Pacheco

    A suspensão Hidroactive sempre foi otima, o problema é ser cara e de manutenção complicada.

    Vamos ver se essa consegue o mesmo controle direcional dela. Quero ver se vai inclinar nas curvas.

    • Senhora Liberdade

      o intuito e baratear essa tecnologia, sem perder a mesma eficiência, no setor automotivo. O problema ela custar caro de qualquer maneira em mercados fechados como Brasil.

      • Pacheco

        Se popularizar em toda linha e capacitar os profissionais do mercado, pode se tornar até mais barata e pratica.

        A HidroActive mesmo não precisa trocar amortecedor e mola, somente as esferas que são bem mais baratas. O problema é saber ajustar a pressão da conjutora.

        • Mais baratas naquelas…pq são 8 esferas. No Brasil, com as ruas que temos, essa suspensão não aguenta. Digo como ex dono de Citroën com HydroActive. E aí não é só esfera que tem de trocar…qualquer buraco mais violento e o óleo que mantém o carro (suspensão, freio e direção, num único sistema) vaza todo.

          • Pacheco

            Eu tive um C5 e nunca tive esse tipo de problema.

  • RKK

    Comme ça?

    • Pacheco

      Legal isso hein.

  • Mr Andrey

    Legal, meu medo é ser mto cara, para nossos padrões..

    • Pacheco

      Falam que será mais barata que a atual. Espero que venha em toda linha. O controle direcional da atual é perfeito.

  • Sam86

    Sempre fui fã da Citroën. Aqui no Brasil por vários anos os carros dela sempre estiveram muito a frente dos concorrentes no quesito tecnologia embarcada e conforto.

    Acho o design do C4 Pallas maravilhoso. Sempre reparo quando passo por um na rua.

    • Pacheco

      O problema foi quando a Citroen resolveu igualar a linha a concorrência.

  • Tosca16

    “Fita adesiva” não deixem a Fiat do Brasil saber disso … Brincadeiras à parte, boa ideia, vamos ver a viabilidade .

    • zekinha71

      O pior que já está sabendo, o Mobi tem peças coladas.

      • Tosca16

        Se for o tampa em vidro do porta-malas tudo bem rsrsrs.

    • Redpeak77

      Dupla-face no lugar das soldas =P

  • Gustavo73

    Alguém que tenha mais noção, me diga a diferença frente aos amortecedores adaptivos.

    • Matheus Ulisses P.

      Os amortecedores adaptativos que existem nos carros são basicamente são de dois tipos que eu conheço:
      – O mais usado que é basicamente um amortecedor hidráulico comum dotado de uma eletroválvula. De acordo com a necessidade, ela restringe/libera maior fluxo de óleo dentro do amortecedor, tornando-o mais duro ou macio.
      – O outro é o sistema Magneride da Monroe: um amortecedor hidráulico que possui um eletroímã na carcaça externa e microgrãos de ferro (Fe) no óleo. De acordo com a necessidade, a central envia uma corrente elétrica no eletroímã e ele acaba magnetizando os microgrãos de ferro. Quanto maior a corrente, mais duro o amortecedor fica. Em caso de falha do eletroímã, ele opera com a menor rigidez possível, se tornando um amortecedor hidráulico simples.

  • Vattt

    Creio que pelo texto, essa suspensão chegará rapidamente ao mercado e será um produto exclusivo e característico da marca e não de apenas um modelo da marca. Espero poder dar os parabéns a PSA o mais breve possível!!!

  • Estevão Gonçalves

    A PSA hoje tem excelentes carros no mercado.
    Tenho um 308 a 3 anos e o carro é bastante robusto.
    52 mil rodados e nenhum problema.
    Me surpreendeu.

    • Matheus Ulisses P.

      Apesar de nunca ter tido um carro PSA, sei muito bem que é pura tolice o preconceito que existe contra ela!
      Felicidades aí com o “leãozinho”!

  • Rbs

    Inovação ta no DNA dessa marca.

  • Matheus Ulisses P.

    Aguardando ansiosamente os detalhes técnicos detalhados!
    Estou me animando com essa volta da criatividade plena deles!

  • João Cagnoni

    Esses dias vi um C5 andando em uma rua cheia de buracos aqui de SP, o carro parecia estar flutuando enquanto meu C4 batia igual carrinho de feira.

  • Deivid

    Lá vem a Citroen e suas gambiarras



Send this to friend