Home Marcas Chevrolet Com Sonic sedã LTZ, a Chevrolet quer inserir conteúdo refinado em embalagem...

chevrolet sonic seda ltz fotos 7 620x411 Com Sonic sedã LTZ, a Chevrolet quer inserir conteúdo refinado em embalagem menor




Os compactos cresceram. Para conseguir responder aos severos requisitos de segurança, os modelos ficaram mais encorpados, principalmente para aumentar a capacidade de absorção de impacto. No Brasil, esse movimento foi visto como uma oportunidade para criar um subsegmento, mais caro e mais lucrativo.

Os chamados compactos premium justificam o nome ao incorporar equipamentos de segurança e conveniência comuns nos similares europeus. Em muito casos, eles funcionam como um ponte entre os compactos mais antigos e o segmento realmente subsequente, que é o de médios. Entre os sedãs da Chevrolet, o Sonic LTZ é quem faz esta ligação.

chevrolet sonic seda ltz fotos 1 620x411 Com Sonic sedã LTZ, a Chevrolet quer inserir conteúdo refinado em embalagem menor

O modelo, atualmente trazido da Coreia do Sul, custa por volta de R$ 55 mil, média aritmética entre o Cobalt topo, que sai a R$ 45 mil, e o Cruze LT, básico, de R$ 65 mil. O sedã compacto tem um visual moderno, é bem equipado, bom acabamento e trem de força mais refinado.

E estes argumentos parecem ser convincentes o suficiente. No mês de julho, a versão sedã vendeu 1.143 unidades, enquanto o rival New Fiesta, que vem do México, emplacou 984 unidades. Os dois estão ainda longe do líder dessa faixa de mercado, que é o Honda City, que comercializou 3.332 carros no mês passado.

chevrolet sonic seda ltz fotos 2 620x411 Com Sonic sedã LTZ, a Chevrolet quer inserir conteúdo refinado em embalagem menor

O Sonic é sempre equipado com o propulsor 1.6 16V. São 120 cv e 16,3 kgfm com etanol, suficientes para levar o modelo de zero a 100 km/h em cerca de 11 segundos e à máxima de 190 km/h. O propulsor tem concepção moderna, apesar de não ser novo – a versão a gasolina é usada desde os anos 90 na linha Opel europeia.

Possui comando variável de válvulas na admissão e escape, que promovem uma curva de torque mais plana, ainda que a força máxima só apareça a 4 mil rotações. O câmbio é o mesmo automático usado no Cruze e na minivan Spin, com seis marchas e comando manual operado por botões na própria alavanca.

O visual é um itens marcantes do Sonic sedã. A frente tem linhas agressivas, com os faróis expostos, e procura adicionar esportividade ao desenho. Ele tem 4,39 m de comprimento e bons 2,52 m de entre-eixos. A traseira harmoniza com a frente e traz elementos mais refinados, como vincos pronunciados e um discreto ressalto no alto da tampa, como uma espécie de minispoiler.

chevrolet sonic seda ltz fotos 3 620x933 Com Sonic sedã LTZ, a Chevrolet quer inserir conteúdo refinado em embalagem menor

Apesar das dimensões menores, o interior tem um arranjo também semelhante ao Cruze. O volante é o mesmo, com comandos para o som e o controlador de velocidade de cruzeiro. A versão LTZ é bem equipada e praticamente não tem opcionais – apenas a transmissão automática, que agrega o cruise control.

Itens triviais como ar-condicionado, direção hidráulica, sistema de som com conexões USB e Bluetooth e trio elétrico são de série, além de sensores de estacionamento traseiros. Airbags frontais e freios ABS também fazem parte do pacote básico, mas o modelo deve controle de estabilidade e airbags laterais e de cortina, que já começam a aparecer em rivais como o Ford New Fiesta – que nas configurações mais caras tem até bolsa inflável para os joelhos do motorista.

chevrolet sonic seda ltz fotos 4 620x411 Com Sonic sedã LTZ, a Chevrolet quer inserir conteúdo refinado em embalagem menor

Apesar dos impostos que paga por ser importado da Coreia da Sul, o Sonic automático ainda consegue ter um preço razoavelmente competitivo. Por R$ 56.100, ele não é barato, mas custa menos que um Honda City LX automático, que é menos equipado e sai por R$ 57.550 – o City EX, topo de linha, encosta nos R$ 61.860.

Ao ser razoavelmente mais em conta que o Cruze automático mais barato, na versão LT, que custa R$ 65.039, ele oferece um conjunto competente, com nível comparável ao de segmentos maiores no Brasil. Um Ford New Fiesta pode ter mais itens de segurança e ser mais barato – o “top” custa R$ 52.810, mas ainda não traz a comodidade da transmissão automática.

chevrolet sonic seda ltz fotos 5 620x411 Com Sonic sedã LTZ, a Chevrolet quer inserir conteúdo refinado em embalagem menor

Além deles, o Volkswagen Polo sedã e o Fiat Linea também dispensam o trabalho da perna direita, mas a partir de um câmbio automatizado. Configurados à semelhança do Sonic LTZ, eles chegam, respectivamente, a R$ 53.600 e R$ 60.077.

Ponto a ponto

Desempenho – Os bons 120 cv entregues pelo moderno 1.6 16V dão ao Sonic bastante agilidade. O desempenho é um pouco “amarrado” pelo câmbio automático de seis velocidades, que tem as duas últimas marchas muito longas e mostra alguma indecisão nas trocas das três primeiras marchas. No mais, o motor é disposto e aceita rotações mais altas sem perder a compostura. Nota 7.

Estabilidade – A suspensão é muito bem acertada, com comportamento decente em asfalto ruim, sem sacolejar tanto os passageiros. Em pisos mais lisos, transmite confiança e solidez ao rodar. Nas curvas, ele aderna pouco e mantém a trajetória sem pregar sustos. A direção tem relação razoavelmente direta e responde bem aos comandos. As reações são bastante previsíveis em todas as situações, mesmo próximo do limite. Nota 9.

Interatividade – A posição de dirigir é fácil de encontrar, o volante tem ótima empunhadura e a versão topo LTZ inclui todos os itens esperáveis. Mas não há nada que impressione, ainda mais em um modelo de R$ 56 mil. O computador de bordo merecia uma operação melhor que um anel giratório na alavanca de seta. Além disso, o comando manual do câmbio automático no pomo da alavanca é pouco intuitivo. O painel tem design interessante, que lembra o de motocicletas esportivas, mas não tem um leitura muito limpa. O display do computador é pequeno. Nota 6.

Consumo – O 1.6 consegue ser relativamente econômico. O InMetro não recebeu nenhuma unidade do carro para testes, mas foi possível atingir os 8,6 km/l em ciclo urbano com etanol no tanque. Nota 8.

chevrolet sonic seda ltz fotos 6 620x933 Com Sonic sedã LTZ, a Chevrolet quer inserir conteúdo refinado em embalagem menor

Tecnologia – O Sonic é um carro moderno. A plataforma é a Gamma II, de 2010, uma evolução da base usada no Corsa de 2002. O motor 1.6 16V Ecotec não é exatamente novo, mas traz sistemas ainda atuais, como comando variável na admissão e escape para melhor distribuição da força. Por dentro, nada demais. Apenas o display de cristal líquido chama atenção no quadro de mostradores. Além do velocímetro, ele reúne os dados do computador de bordo num arranjo que ao menos transparece maior investimento em tecnologia. Faltam, porém, recursos de segurança mais completos, como airbags laterais e controle de estabilidade. Nota 7.

Conforto – Apesar da suspensão mais firme, os ocupantes não sofrem muito. Buracos e valetas são bem filtrados e pouco incomodam. O interior se mostra um ambiente agradável, com bom isolamento acústico – desde que não se exija demais do motor – e bancos confortáveis. Há espaço suficiente para quatro adultos, com bom vão livre para cabeças e ombros – a presença de um quinto ocupante até é possível, mas já não há largura suficiente para acomodá-lo com conforto. Nota 8.

Habitabilidade – O acesso é facilitado pelo bom ângulo de abertura das quatro portas. Há boa profusão de porta-objetos, com vãos nas laterais do painel e dois porta-luvas. Os passageiros de trás têm à disposição porta-revistas nos encostos dos bancos da frente. O porta-malas acomoda bons 477 litros e tem abertura ampla, que facilita a colocação de objetos. No entanto, as dobradiças invadem demais o espaço e pode até machucar alguma bagagem. Nota 7.

Acabamento – Mesmo sem o uso de materiais muito requintados, o interior do Sonic é bem realizado, com bons encaixes, sem rebarbas aparentes. Todas as superfícies são agradáveis ao toque e mesmo o plástico rígido usado não denota pobreza. O acabamento em couro dos bancos é de boa qualidade e tem superfícies perfuradas e costuras aparentes. O isolamento acústico é capaz de deixar de fora boa parte do ruído da rua e do motor na maior parte do tempo. Nota 8.

Design – O visual é um dos pontos fortes do Sonic. A frente em cunha chama atenção pelos faróis expostos – sem a habitual cobertura plástica – e as linhas pronunciadas. O perfil do sedã não é tão esportivo quanto o do hatch, mas as linhas são elegantes e contemporâneas. O caimento suave do teto termina numa traseira bem acabada, com elementos visuais interessantes. O desenho mantém a harmonia com a dianteira e não destoa do conjunto bem finalizado. Nota 8.

Custo/benefício – Os R$ 56.100 cobrados pelo Sonic sedã LTZ com câmbio automático parecem caros demais quando comparados com um Ford New Fiesta sedã, de R$ 52.810 – que mesmo sem câmbio automático, traz itens importantes como sistema Sync, airbags laterais e de cortina, controle de estabilidade e controle de aclive nos freios, indisponíveis no Sonic. Só é mais barato que o Honda City LX automático, que custa R$ 57.550. Nota 5.

Total – O Chevrolet Sonic LTZ sedã somou 73 pontos em 100 possíveis.

chevrolet sonic seda ltz fotos 8 620x430 Com Sonic sedã LTZ, a Chevrolet quer inserir conteúdo refinado em embalagem menor

Impressões ao dirigir - Velocidade controlada

Logo a primeira vista, o Sonic se destaca pelo visual inspirado e linhas com surpreendente personalidade. Ainda que não tanto impactante quando o hatch, o sedã conseguiu um conjunto equilibrado e mais sóbrio. A boa impressão continua no interior, onde o painel “modernoso”, com mistura de elementos analógicos e digitais remete às motocicletas.

O habitáculo recebe bem os ocupantes, com bastante espaço e até alguma fartura de equipamentos na versão LTZ. O Sonic está claramente um degrau acima dos sedãs mais simples da Chevrolet – particularmente o Cobalt, que tem dimensões semelhantes, mas muito menos refinamento.

Ao volante, o carro se mostra bem construído, com um rodar sólido e seguro. No entanto, nem de longe consegue alcançar a esportividade inspirada pelo desenho da carroceria. O câmbio automático de seis marchas parece não extrair o melhor do motor 1.6 de 120 cv. As saídas são lentas e ele mostra alguma indecisão no para-e-anda do trânsito urbano.

chevrolet sonic seda ltz fotos 9 620x411 Com Sonic sedã LTZ, a Chevrolet quer inserir conteúdo refinado em embalagem menor

A transmissão segura demais as marchas baixas quando em aceleração, mas teima em jogar quinta e sexta assim que o motorista alivia o pé – para tentar economizar combustível –, o que passa a sensação de falta de fôlego ao aproveitar mal os 16,3 kgfm do propulsor – que só aparecem a 4 mil rotações. Certamente, a melhor maneira de dirigir o Sonic é sem pressa, quando ele mostra suas melhores qualidades.

O sedã é bastante silencioso e roda macio numa tocada mais tranquila. A suspensão dá conta de filtrar os piores asfaltos e transmite poucos solavancos sem, no entanto, ser anestesiada. As reações são firmes, com trocas de direção seguras – há pouca rolagem da carroceria.

Em velocidades mais altas – acima dos 110 km/h – o Sonic se mantém firme no chão, com pouca flutuação da traseira. Apesar de compacto, o modelo parece bastante à vontade em estrada, onde sofre pouco com ventos laterais. Nas curvas, o comportamento é absolutamente neutro.

chevrolet sonic seda ltz fotos 10 620x406 Com Sonic sedã LTZ, a Chevrolet quer inserir conteúdo refinado em embalagem menor

Pelo menos, quando conduzido com a parcimônia que lhe cabe melhor, o 1.6 consegue ser razoavelmente econômico. Os 8,6 km/l de etanol em ciclo estritamente urbano são louváveis, ainda mais com câmbio automático. Além disso o Ecotec também retribui com suavidade às solicitações e só emite ruídos mais audíveis ao ser levado acima dos 4 mil rotações.

Ficha técnica - Chevrolet Sonic LTZ sedã

Motor: A gasolina e etanol, dianteiro, transversal, 1.598 cm³, quatro cilindros em linha, com quatro válvulas por cilindro, duplo comando válvulas no cabeçote variável na admissão e no escape. Injeção eletrônica multiponto e acelerador eletrônico.

Transmissão: Câmbio automático de seis marchas à frente e uma a ré. Tração dianteira. Não oferece controle de tração.

Potência máxima: 120 cv e 116 cv a 6 mil rpm com etanol e gasolina.

Torque máximo: 16,3 kgfm e 15,8 kgfm a 4 mil rpm com etanol e gasolina.

Diâmetro e curso: 79,0 mm x 81,5 mm. Taxa de compressão: 10,8:1.

Suspensão: Dianteira independente do tipo McPherson com barra de torção e amortecedores telescópicos hidráulicos pressurizados a gás. Traseira semi-independente com eixo de torção e amortecedores telescópicos hidráulicos pressurizados a gás.

Pneus: 205/55 R16.

Freios: Discos na frente e a tambor atrás. Oferece freios ABS com EBD de série.

Carroceria: Sedã em monobloco com quatro portas e cinco lugares. Com 4,39 metros de comprimento, 1,73 m de largura, 1,51 m de altura e 2,52 m de distância entre-eixos. Oferece airbags frontais de série.

Peso: 1.178 kg.

Capacidade do porta-malas: 477 litros.

Tanque de combustível: 46 litros.

Produção: Bupyong-Gu, Coréia do Sul.

Lançamento mundial: 2011.

Lançamento no Brasil: 2012.

Itens de série: Ar-condicionado, airbags frontais, freios ABS com EBD, direção hidráulica, computador de bordo, trio elétrico e desembaçador do vidro traseiro, sensor de estacionamento traseiro, rádio CD/USB/MP3/Bluetooth, bancos em couro, controlador de velocidade de cruzeiro, faróis de neblina, apliques cromados, rodas de 16 polegadas, descansa-braço central para o motorista e volante multifuncional.

Preço: R$ 56.100.

Prós:

Estabilidade, design e conforto.

Contras:

Câmbio, interatividade e preço.

Por Auto Press


  • PauloPGomes

    Não me contento com esse logotipo da grade dianteira.
    Mas o carro é bem bacana, o que mata são os preços abusivos do nosso mercado.

    • AndersonDak

      eu ate gosto desse carro porem não o compraria por ele cobrar caro para não ter itens como um simples cintos 3 pontos traseiro central e possuir somente 2 airbags , e tambem não tem controle de estabilidade… por isso ficaria com o new fiesta.

      • http://lucrobrasil.wordpress.com/2011/07/12/campanha-contra-lucro-brasil/ lucrobrasil_desisto

        O numero magico de 73 pontos da autopress. kkkkkkkk. Incrivel, sempre da 73 pontos. Novo Ecosport, Chevrolet Spin, Peugeot 408 Turbo, e assim vai………..

        A autopress só elogiou esse carro 157. Sei que o povo está cansado de ler, mas que tal um Nissan Sentra com cambio CVT, motor 2.0, e espaço interno do Corolla, bancos em couro pelo preço de 55mil reais contra esse Soniczinhu teco teco de 56mil.

        • Leandro1978

          Em relação aos pontos, já repeti inúmeras vezes aqui, não adianta comparar as notas de modelos de categorias distintas. Você compara a Spin com o 408 THP? Não me parece muito lógico. Acho mais realista uma comparação entre Spin e Livina ou 408 THP e Jetta 2.0 TSI, por exemplo. Ou ainda, o modelo testado com os do City e NF sedan.

          Eu sei que o Sentra é muito mais carro que um Sonic, mas pode não atender às necessidades de todos. Não adianta, cada consumidor tem as suas necessidades, seus gostos, assim cada um compra o modelo que melhor lhe convém. Óbvio, acho um absurdo um modelo compacto que deveria ser entrada custar tanto quanto um sedan médio, mas é nossa realidade.

        • BrunoMulsane

          Eu achei o sonic super lerdo para um motor de 120cv. O new fiesta me pareceu mais agil e mais bem acabado por dentro. E o sentra é um 2.0 muito mais carro, apesar de ser horroroso!

          • Comentarista666

            New Fiesta e Sonic andam juntos. Concordo que o Sentra é muito mais carro. O que o prejudica é sua reputação de manutenção cara e revenda péssima. Já virou mico de mercado, infelizmente.

        • MM_

          Nissan??? Carro com bomcusto, mas o beneficio fica com a fabrica, ja que seu carro vai passar metade do tempo quebrado.

          • Edson Roberto

            hehehehe sacanagem…rs
            ]
            Você teve problemas, mas não quer dizer que todo mundo tem né? rs

            • MM_

              Pois é Edson, mas não fui só eu.

              Um dos meus vendedores de SP está com o carro parado desde o final do mês pq ninguém descobre o defeito. E fizeram a mesma coisa com ele que fizeram comigo: deram um carro reserva mas ele tem que pagar R$ 30,00 por DIA de seguro.

              Meu vizinho de vaga na garagem do prédio tem um Sentra novo e disse que depois da 1a revisão, nunca mais conseguiram balancear o carro dele. Já levou várias vezes e agora acham que é um problema de suspensão.

              O pós vendas deles é muito ruim. Tô fora.

              • Edson Roberto

                Bem MM_, não tenho como rebater até porque só tenho um amigo atualmente com um Sentra com 0 de problemas. As outras pessoas tem tiida hatch, sedan e Livina, e estão felizes da vida.

                Mas friso que parte desses donos são do ABC e que lá possivelmente o atendimento por ter demanda menor, é de maior qualidade.

                • MM_

                  Não são, Edson.

                  As 3 primeiras vezes que levei o meu, foram na Grand Brasil, na Bandeirantes.

                  O meu vendedor mora no Tatuapé e sei que ele tem levado na CCS perto da casa dele.

              • p_h

                O pós vendas é uma porcaria, mas a gente só aprende depois que erra.

                De qualquer maneira, não posso dizer que não fui avisado.

        • jpmocellin

          Cara, até eu que não gosto do Sentra tenho que te dizer que não anda menos que o Sonic nem a pau. Como pode um Sentra 2.0 fazer 0-100 em 11,5 segundos se o Fluence que é mais pesado e tem o mesmo conjunto motor-caixa faz em 10,4? Isso é um número errado, o Sentra CVT deve fazer em uns 10,2 e o manual abaixo de 10 segundos. Afinal, são mais de 140 cv.

          • Comentarista666

            http://quatrorodas.abril.com.br/carros/testes/con… a 4 rodas chegou a 11,5s e a auto esporte chegou a 11,2s http://revistaautoesporte.globo.com/Revista/Autoe

            • jpmocellin

              Pode me mostrar o número que for, mas não vai me fazer acreditar que um Sentra ande praticamente a mesma coisa que um Sonic 1.6. Queria ver isso na prática.

              • Comentarista666

                Isso são testes práticos. O fato é que andam de maneira semelhante, mesmo o Sentra tendo motorização superior. O desempenho de um carro não é apenas "tamanho do motor". O fato é que os dois andam juntos. Provavelmente o alto peso do Sentra prejudica seu desempenho. Não adianta espernear, contra fatos não há argumentos. Porém, concordo que o Sentra é muito mais carro.

                • jpmocellin

                  Na realidade, o Sentra tem 1200 kg, e não é pelo fato de ter motor maior que eu acho que andaria mais, e sim pela potência de 142 cv.

                  • Comentarista666

                    Errado. Sentra tem 1.369kg e acelera como o Sonic. Porém anda mais, claro. Não há o que argumentar, você está sendo infantil. Sentra tem 200kg a mais que Sonic, por isso o desempenho é semelhante.

                    • jpmocellin

                      Bom, se não há o que argumentar, então o Sonic anda mais que o Sentra sim, só que nos números. Agora quero ver na prática, numa ultrapassagem, com o carro lotado.

                    • Comentarista666

                      Por isso disse que, mesmo com desempenho semelhante, ele anda mais. Me referi a situações assim, onde o torque do Sentra vai fazer uma diferença.

        • LucasSalina

          Concordo. Mesmo sendo de categorias diferentes, é uma grande burrice comprar um carro pequeno só pq é lançamento e não levar o sentra ou o focus, q tá na mesma faixa de preço, com muito mais motor, conforto, espaço e equipamentos.

        • LucasSalina

          Nooooossa 0,1s de diferença, vou correndo comprar o sonic!!
          Huuahauhhaha depois q passar dos 100, o sentra deixa o sonic comendo poeira.
          CVT supremo sim, é muito, mas muito melhor do que qualquer automático. E é usado pela audi (a4 turbo).
          Antes que me chame de fanboy, tenho um chevrolet mas entre sonic e sentra, eu fico com o sentra

          • Comentarista666

            Concordo que o Sentra é muito melhor, mas infelizmente se tornou um mico de mercado. Esse é o único motivo para ele não vender nada e ser muito mais barato que seus concorrentes(sedãs médios).

        • rogerw31

          Nesse caso vou dar um desconto nos 73 pontos já que o new fiesta, concorrente direto ganhou 77 pontos.

        • apmneto

          Sem dúvidas o Sonic é interessante, mas o Sentra é uma compra muito melhor. Concordo plenamente.

    • afonso200

      60mil por velocimetro de moto… sendo que é um popular na europa e nos EUA…….aff

      • luta4ever

        Esse tipo de comentário inteligente que desanima.

      • Comentarista666

        56mil para um popular nos EUA, mas e o preço do Civic, que também é popular nos Eua, e custa menos de 2 mil dólares a mais que o Sonic.

  • Clock

    Quase BBB

    Bom – ok
    Bonito – ok
    Barato – Não OK

    Eu ainda iria de Fluence. Com 55k você pega um Fluence Manual ou 60k um Fluence CVT.
    Mas se fosse pra escolher um Compacto, acho que iria de New Fiesta. Mais bonito, mais moderno e mais completo.

    • Stark

      Entre 55k num Fluence ou 55k num Compacto, outra opção seria 55k num Toyota Corolla Semi-Novo. ;)
      #minhaopinião

      • AndersonDak

        tem o Bravo sporting tambem, com teto solar e tudo… por 57 mil … hoje eu vi um vermelho modena, nosso eu achei ele lindo todo mundo que estava perto estava olhando… estava chamando muita atenção ..

        • Stark

          Tem os gostos de cada um né, mas carro pra mim não deve chamar atenção e deve me servir primeiramente lá dentro oferecendo conforto e equipamentos.

          • emanuelbm

            Bravo é confortabilíssimo e bem equipado.

          • emanuelbm

            Para o segmento, claro.

      • Cristiano_RJ

        E qual seria a vantagem de um Corolla somi-novo em relação a um Fluence zero?

        • MM_

          Eu nao consigo ver vantagem em um Corolla zero em relacao a um Fluence. Quanto mais um usado.

    • AndersonDak

      sem contar que o fluence é uma categoria superior, com um motor bem mais forte e com muuito mais itens de segurança como os 6 airbags.. e varios equipamentos….

  • marciors01

    Não consigo enxergar o sonic como refinado, o acabamento é correto, longe de ser ótimo, o pacote de equipamentos está dentro do comum, o acabamento das portas é também comum, os bancos são estreitos e deve em equipamentos de segurança.
    Falando objetivamente ele não oferece nada além do que a volks oferece no polo, vence apenas no motor e no câmbio automático, não vale o que custa.,
    Em quais pontos um sonic é superior a um punto 1.6? Nada, não tem motor melhor, não tem acabamento melhor, não oferece equipamentos diferenciados seja de segurança ou de conforto.
    O new fiesta custa caro para um compacto, assim como o sonic, mas vence fácil em acabamento, estética, painel, tem bancos excelentes, e ainda oferece sete airbags e esp, itens inexistentes no sonic.
    O sonic não passa de um carro comum que custa caro para o que oferece.

    • Pedro_Rocha

      "A traseira harmoniza com a frente e traz elementos mais refinados." Não sei onde aqueles semáforos, digo lanternas traseiras, harmonizam com a frente, que é acertada.

      • fkas

        Concordo! A frente é até bonita, mas a traseira… Ah, e aquele "painel de moto" também não ajuda nada…

        • Vadauco

          A única coisa bonita nesse carro é a dianteira, o resto é feio.

          Esse painelzinho de carro de autorama então… me deu uma gastura de olhar pra ele. :x

          • http://www.historias-de-minha-vida.blogspot.com/ olhandoalua

            Dianteira essa que tem forte inspiração vinda da Alfa Romeo, aliás… algumas partes do Sonic possuem certa inspiração em modelos da Alfa Romeo, não estou dizendo que esse carro é uma cópia ou super parecido, mas certamente o projetista do Sonic o desenhou olhando algumas fotos de Alfas…

      • LucasSalina

        Isso é jargão de jornalista automotivo que só sabe escrever sempre as mesmas coisas.
        "a traseira harmoniza com a dianteira"
        "os comandos do painel estão bem à mão"
        "o motor responde prontamente ao comando no acelerador"
        "a direção é direta e precisa, sem ser leve demais"
        "a suspensão absorve bem as imperfeições do asfalto, sem ser macia de mais"
        blablablabla é sempre a mesma coisa, to cansado dessas análises e comparativos…
        O jornalista automotivo deveria aprender a pensar sozinho

    • ElsonMoura

      Também concordo. O New Fiesta é caro para um compacto mais é uma compra muito melhor do que o Sonic, pois tem vários atributos no acabamento, tecnologia e principalmente na segurança que justificam seu preço. O New Fiesta chega a ser mais seguro e tecnológico do que muitos carros de categoria superior a ele.

      • MM_

        Tecnologico sem cambio automatico? Ah ta.

        • Edson Roberto

          Sabe o que é dificil aqui? conciliar o util ao agradavel. Impressionante não ter um cmabio automatico no Fiesta.

        • ElsonMoura

          A falta de cambio automático é realmente um dos pecados do New Fiesta, porém vai ser solucionada em 2013. Seu comentário é típico de fan-boy da Chevrolet que não reconhece que o New Fiesta é muito mais carro do que o Sonic, pois não sabe avaliar imparcialmente um carro.

          • MM_

            Amigão, eu não compro carro manual. Até carros populares estão sendo oferecidos com cambio automático ou automatizado. O Fiesta é o ÚNICO "premium" que não oferece esse cambio, portanto para mim e para muitas pessoas não é opção.

            Isso não é ser "fanboy", isso é ter um argumento para justificar uma preferência. Se vc não consegue entender isso, só posso lamentar.

  • TTropicthunder

    Painel feio demais…

    Comprar carro no Brasil é drama! Não sei o que fazer… essas novidades são vendidas com ágio e meses para entregar… Vou ter mesmo que apelar para os usados…

    • VININITEROI

      To na mesma infelizmente. hehe

      • CyborgPilot

        Então somos três.

        • LucasSalina

          Quem pensa por 1 minuto chega a essa mesma conclusão.
          O problema é que 99% da população vai la correndo comprar sem pensar.

  • Gregori_Costa

    Não me atrai, mas parece ser um carro interessante.
    Acho o new fista mais bonito, tanto externamente como internamente.

  • FilipeLafuente

    Os preços dos carros aqui no Brasil parecem piada. Mas tendo em vista que um Voyage topo de linha sai por aproximadamente 50 mil reais, esse Sonic consegue se encaixar melhor nessa realidade abusiva.

  • KTA

    Quero ver quando a GM trouxer esse carro do México se ela vai manter esse preço. Já a Ford vacila em não Trazer o New Fiesta do México com o câmbio Powershift, parece que ela está querendo lança primeiro no Focus, para depois lançar no Fiesta. Agora é lamentável esse câmbio automático da GM. Apesar de ter seis marchas não é um câmbio eficiente. Lembro-me que aqui no NA ele também foi criticado na avaliação do Cruze. Na Spin também está sendo bastante criticado por não casar bem com o 1.8 econoflex. Scroto também são a GM e a Ford adotarem esse sistema de trocas manuais na lateral da alavanca. Eu que tenho um Focus Automático já acho ruim dar tapas para frente e para trás para fazer trocas manuais, imagina ter que ficar com o polegar apertando botãozinho para cima e para baixo. Porque esse povo não adota borboleta no volante que é até mais seguro, pois não precisa tirar as mãos do volante. Nesse ponto os Japas são muito melhores. Vide Corolla, Civic, Fit e acho que também o City tem as aletas de troca de marcha no volante…

    • JPaulo10

      KTA, você me tiraria uma dúvida?
      A matéria diz que o câmbio é "o mesmo automático usado no Cruze". Por que então se recorrer ao botão (chato, no meu gosto) para troca de marchas, ao invés de se colocar a manopla para o lado e se movimentar para cima/baixo (como no Cruze)?

      • KTA

        Talvez por ser um sistema mais barato, ou talvez por absoluta falta de espaço na cabine (largura). Só a GM tem a resposta.

    • MM_

      Nao sei como e no Sonic, mas sinto lhe dizer que eu tive um Civic e agora tenho um Cruze. O cambio do Gm e muito melhor.

      • Edson Roberto

        Mas as coisas começam assim: "Ah mas o PODRE cambio de 4 marchas é ruim e ainda deixa o motor beberrão, além de andar pouco". Vem o novo cambio que mesmo quem TEVE problema (Cruze), com uma programação resolveu.

        Ah "mas o cambio é horrivel". Olha, confesso que não entendo, pois confirmo o que vc disse, o cambio é muito bom. Só achei ele um pouco "pior" que o tiptronic na VW no quesito isenção de tranco. Nele vc sente o conversor atuando e do VW não, mas fora isso é um otimo cambio.

  • Hellvins

    O preço desse carro é absurdo, pelo menos esta vendendo abaixo do esperado!

  • danielrds

    Absurdo, um carro que é até bonito, mais considerado popular no mexico esta esse preço aqui, não falo nada…!

  • JPaulo10

    Mania que as matérias (iguais a essa da AutoPress) tem de comparar preços de versões diferentes para favorecer esse new fisesta e depreciar a concorrência: colocam o preço do Sonic LTZ com câmbio automático, ao invés de por o preço do LTZ manual (igual ao modelo da ford) por R$ 51.500.
    Ou seja, o Sonic equivale em preço ao top nf.
    Outra, se é para comparar preços: o Sonic paga 35% de importação, enquanto o NF tem taxa zero, por vir do México (pior o City, fabricado no Brasil). Então, qual é o carro mais caro?
    Mais: gostaria mesmo de ver um comparativo entre new fiesta, Sonic e City naquilo que é mais importante num automóvel: motor, desempenho e espaço (já que se tratam de sedãs). Dizer que o nf é melhor porque tem perfumarias (como esse "sistema sync" que substitui o movimento de meu polegar para ligar o rádio), não condiz com a necessidade e interesse do comprador. Esconde que esse sedã compacto tem menor espaço interno que um Picanto.
    Se alguém mostrar que o motor do ford é melhor, aí sim eu aceito a lição.
    Ah, sobre os sete airbags, prefiro equipamentos de segurança preventiva: ABS, farol de neblina (que o nf não oferece nem como opcional) …

    • Armando_Perez

      Para mim de longe o carro mais ridículo em termos de tudo e principalmente de preços é o City, ainda com o agravante de ser produzido aqui no Brasil…

    • KTA

      Menos. O New Fiesta tem ABS com EBD, controle de tração e estabilidade.

      http://www.noticiasautomotivas.com.br/new-fiesta-

      • lucasranyel

        Fora 7 Air Bag e Sistema Sync, acabamento melhor e mesmo preço do Sonic manual.

        • KTA

          e direção elétrica, assistente de partida em aclives, retrovisores com repetidores, aquecimento e sensor ponto cego.

          • Edson Roberto

            Mas essas coisas não contam. O que conta é o cambio automatico do Sonic. (pelo menos ssegundo mtos aqui).

            • MM_

              Aí q está a questão, Edson. As fábricas querem vender esses carros como "premium". Como vender um carro dessa categoria sem cambio automático?

              Meu carro (Cruze) não tem assistente de partida em aclives e tbm não tem 7 air bags. Agora me pergunta se eu compraria SEM cambio automático. Pois é…

              • Edson Roberto

                MM_, se formos considerar isso, então nunca deveriamos ter tido compacto premium.

                Pois nenhum deles no lançamento sequer tinha cambio automatizado, quem dirá cambio automatico. Entretanto, foi o que fiz de comentário em outros locais: As empresas tem colocado uma imposição de opções incrivelmente ruim. Pois vc pode optar por cambio autoamtico ou maior segurança e nunca o ideal. E digo isso relacionando os compactos.

                Isso tem me incomodado, pois a ideia é clara em algumas empresas conseguir o andar de cima, mas assim perdem-se clientes por não terem disposição de pagar a mais por um modelo.

                E quando falta itens que seriam ideais dos dois lados, estamos refém.

                • MM_

                  Sabe pq faltam itens?

                  Se o Fiesta tivesse cambio automático, teria preço de Focus.
                  Se o Sonic tivesse 7 air bags, esp e hill holder, teria preço de Cruze.

                  Aí não ia colar mesmo.

  • odirrr

    Bom carro, mas na média da concorrência.

    Vai das prioridades do cliente baterem com os itens que o Sonic for superior, e seus defeitos não fazerem parte dessas prioridades.

    Boa surpresa é o consumo, que se esperava algo bem ruim. Espero que uma vez nacionalizado esse motor possa equipar os também recentes lançamentos Cobalt e Spin.

  • JPaulo10

    Ou o fotógrafo da AutoPress é bom, ou o Sonic é muito bonito.

    • O_Corsario

      O hatch tem frente bacana, mas a traseira… Deus meu, é feia demais! Vi ontem e fiquei chocado.
      Já minha noiva adorou. Mas… Ela acha o Agile o carro mais bonito que existe.

      • Edson Roberto

        hehehehe felizmente a minha mulher acha-o horroroso. Me lembro de comentar do modelo e ter digo "lindo" e ela quase ma matou. Mas acho a traseira terrivel!

        Mas só achei ele "normal" para um compacto. Não pagaria os valores pedidos por ele.

    • Leandro1978

      Quando fui ver pessoalmente, achei o sedan muito bonito, mais que o NF sedan. Porém, o inverso em relação aos hatches.

  • coisarada71

    Conteúdo refinado? Menos!

  • bedotRJ

    Legal que a Auto Press preferiu fazer as fotos no estacionamento do Jockey, mudando o cenário habitual da reserva do Recreio e do caminho para Grumari. Ficaram boas, como de costume nas avaliações deles.

    Sobre o carro, insisto que não faz sentido ir além da versão LT. O Sonic LTZ invade a faixa de sedans maiores, mais potentes e mais confortáveis. E o LT já tem todos os equipamentos importantes para sua faixa de preço.

  • Rods

    Ele é muito refinado mesmo….

    É como falaram acima… se quer um sedã, vai de 408…. Um pouco mais caro…

    • MM_

      Peugeot? E depois faca como minha mae, que deixou o carro parado pq as oficinas da cidade de SP nao estao aceitando carros para funilaria pq estao lotadas.

      • Edson Roberto

        MM_, mas essa situação é até hoje?
        Alias, como conversamos por aqui, poderia saber seu nome? Pois gosto de tratar mais pessoal a pessoa.

        Pois tenho um amigo que tem a PSA como parceria e vive conseguindo manutenções em carros PSA. Não a toa tem um 408 Feline e a mãe um 207 XR.

        • MM_

          Olha Edson, isso aconteceu agora em Abril. E comigo é assim, aconteceu esse absurdo, a marca está morta pra mim.

          Ah, e meu nome é Nikolas.

  • Readgis

    O correto no título da matéria seria, "Chevrolet quer inserir preço refinado em qualidade menor".

  • Rods

    Gostaria de saber porque a GMB não disponibilizou essa roda (abaixo) nem mesmo nas versões mais caras….
    http://www.ebay.com/itm/19259638-Chevrolet-Sonic-

    Curiosidade…. O americano tem 5 furos… A br 4….

    • granrs78

      Olha, eu preferia muito mais se a GM colocasse mais itens de segurança e um preço mais baixo do que rodas mais bonitas.

      • Rods

        Eu também amigo… Sou defensor ferrenho da segurança….

        Aqui temos que ter cuidado ao falar de "rodas"….. O pessoal taca pedra como se fosse uma heresia….

        Porque esteticamente, esse desenho de roda ficou muito melhor do que a utilizada pela GMB…

    • HenriqueHJ

      pois a cuba da roda com 4 furos deve custar 1 dolar a menos, as roda com 4 furos custa 1 dolar a menos que o de 5 furos e o parafuso custa 1 dolar a menos. somando isso ai da 12 dolares de economia por carro a mais pra GM. resumindo vamos ter as furacoes que nao acompanha o raio da roda por causa de 24 reais.

      • Edson Roberto

        hehehehehe, não acredito que seja isso e sim padronização geral de acordo com o costume aqui no Brasil.

        Pois se fosse assim, o Fox e Polo teriam motivos para serem mais caros. (mas são..rs)

    • MM_

      Normalmente tem 5 furos a partir do aro 17. Voce viu q tamanho e essa?

      • Edson Roberto

        A VW Coloca no Fox e Polo e são aro 15".

  • granrs78

    Na matéria diz que o Sonic tem acabamento suave ao toque, não sei onde, pois pude entrar em um Sonic LTZ sedan, e o painel é todo de plástico duro e não tem refinamento algum, embora os encaixes aparentam ser bons, e só. Muito pouco para um carro de 56 mil reais.

  • O_Corsario

    Chega a ser hilária a forma como a AutoPress faz o coro dos contentes!
    Tudo é maravilhoso… O corte de custos vira "modernidade", o preço alto vira "média do segmento", e por aí vai…

  • zeuslinux

    No texto está escrito: "Além deles, o Volkswagen Polo sedã e o Fiat Linea também dispensam o trabalho da perna direita, mas a partir de um câmbio automatizado. "

    O certo não seria "dispensam o trabalho da perna ESQUERDA (embreagem)" ?!

  • zeuslinux

    O caro é muito bonito e faria um enorme sucesso se fosse vendido um pouco mais barato, entre 45 e 55 mil pelo menos.

    Mas acredito que a GM não tenha baixado mais o preço por enquanto porque ainda está sendo importado da Coréia.

    Acredito que, com a chegada de mais competidores no segmento, como o Hyundai HB20 e outros, a Chevrolet vá melhorar o custo/benefício deste modelo.

    • Rafael4lves

      Mas o preço dele é entre 45 e 55 mil…

  • BrunoMulsane

    Esse sonic pelo que pude perceber não tem nadinha de refinado. Por dentro ou fora. Painel todo em plástico e aquele mostrador de moto, pelo amor de Deus!! Dei uma olhada no siena e new fiesta. O ford faz juz ao nome premium. ACabameto todo macio, painel muito bem montado, bancos largos, cambio manual comparado aos vw. E motor tão nervoso ou mais que o siena. Achei o gm meio lerdo nas arrancadas. Fora que o new fiesta parece andar sobre trilhos. Sem dúvidas ficaria com o new fiesta. Aos desavisados, andem no fiesta. Certeza que a a escolha sera do ford

    • MM_

      O Fiesta nao tem um misero cambio automatico. Ate carro popular tem esse item.

      • Edson Roberto

        Sabe porque esses carros faltam com alguma coisa? Porque são justamente carros compactos de entrada que só aqui eles são absurdamente caros.

  • tiagomeyer

    Quando eu vi a traseira desse carro ao vivo me decepcionei muito, a frente imponente do carro sucumbe ao avistarmos a traseira, algo bizarro.

  • MuriloSoares

    Vi um ao vivo, a traseira mata o carro! Linea e Polo sãos mais harmônicos!

  • http://gugaaa.deviantart.com/ Gustavo Miranda

    Eu estou achando esses novos Chevrolets muito "verticais", se o VW Polo já era estranho por ser muito estreito e alto, esses novos GM são ainda mais exagerados, parecem kei cars em tamanho grande…

  • prgarcia

    O que? 1.143 vendidos? NUNCA VI UM na rua! só o daqui de casa que meu pai comprou! trocamos o Civic pelo SONIC SEDAN AT.

  • rod

    refinado… só que ao contrário!