Home Comprando e Vendendo Carros importados: É possível comprar bons carros importados de menos de 30.000...

OCCASI17 Carros importados: É possível comprar bons carros importados de menos de 30.000 reais no Brasil




Se você tem 30.000 reais no bolso hoje, não vai entrar no mundo dos carros importados. Muito provavelmente vai comprar um carro popular zero km, totalmente pelado, sem conforto, sem segurança e sem potência. Carros importados novos são bem mais caros, o mais barato deles é o Kia Picanto, que sai por 35.900 na versão com câmbio mecânico.

Algumas pessoas que gostam de carros importados já saíram a um bom tempo dos carros populares, e preferem comprar um Astra, Vectra, Golf, usados por esse valor, pra ter um carro bem mais gostoso de usar pelos mesmos 30.000 reais. E se você quiser ainda mais status e um carro exclusivo? Se você pesquisar vai notar grandes oportunidades de carros importados nessa faixa de preço.

A Agência Auto Informe fez uma pesquisa completa em se tratando de carros importados e achou nada menos que 141 carros diferentes, todos importados, por até 30.000 reais. E nenhum deles tem mais de 10 anos de uso, pois carros importados com mais do que essa idade é dor de cabeça na certa.

Veja por exemplo de alguns carros importados: o Subaru Legacy 98 que sai por 25.500. Tem também a Kia Grand Sportage por 26.300, até mesmo com tração nas quatro rodas. “O comprador de carros importados tem preferência por modelos como o Audi A3, o Toyota Corolla e o Honda Civic, pois são carros de ótima relação custo-benefício”, disse o vendedor Damião Soares. Quem aprecia carros importados tem muitas opções nessa faixa de preço. O BMW 318 Compact ano 98 custa 29.400. Na Mercedes-Benz, a opção é o C 180.

Não se iluda pensando que carros importados são a solução mundial de todos os problemas. É preciso de um bom cacife financeiro pra manter manutenção, seguro e IPVA desses carros. Mas se você não ganha tanto dinheiro assim, é simples, compre um carro de cerca de 5.000 reais a menos do que você tem, e separe esse valor para manutenção imprevista.

Veja a lista dos carros importados de até 30.000 reais


  • Nelson

    TEm carros como mitsubishi lancer 99 tb bm barato! na faixa de 25 mil soh que esses carros não são para meu padrão pois o IPVA é kro e o consumo é alto!!

  • ram

    O que sangra é o seguro …

  • Filipe Augustus

    Eu gosto desse tipo de carro!!!!!!!
    Tenho vontade de comprar um BMW 328i Coupe!!!!!!1995!!!Belo carro!!!!!!Ou um Eclipse 1995!!!!!

  • Cleber

    Ta loco, comprar carro importado, mesmo que seja barato, é a mesma coisa que comprar uma BOMBA.

    Tenho 3 Mitsubishis e eles não saem da oficina, e isto acontece não só com os modelos da Mitsubishi, mas também com a maioria dos importados abaixo de 99 / 98.

    São carros com IPVA e Seguro caros, como disse os amigos acima, e alem disso, não se encontra peça para manutenção, e quando as encontra são caras demais.

  • Rodrigo

    Prefiro juntar mais um tempo, pra chegar pelo menos a uns 45 mil e comprar um carro mais descente e principalmente NOVO!

  • Moriah

    Não vale a pena comprar um importado usado, que não seja feito posteriormente no Brasil, como o A3. É suicidio financeiro…O melhor, é juntar um pouco mais de grana e comprar um atual. Embora na minha opinião, um importado hj que não é de uma marca nacional, é muito arriscado. Mesmo os das marcas nacionais, é bom ficar com um pé atrás.

  • beto

    se Fiat que é Fiat muitos mecanicos não sabe mexer,imaginei um importado :lips:

  • Rodrigo

    [quote comment="24231"]Ta loco, comprar carro importado, mesmo que seja barato, é a mesma coisa que comprar uma BOMBA.

    Tenho 3 Mitsubishis e eles não saem da oficina, e isto acontece não só com os modelos da Mitsubishi, mas também com a maioria dos importados abaixo de 99 / 98.

    São carros com IPVA e Seguro caros, como disse os amigos acima, e alem disso, não se encontra peça para manutenção, e quando as encontra são caras demais.[/quote]

    Eu conheço várias pessoas que se iludiram com o sonho de “desfilar de importado”. E cada vez que o carro precisava ir pra oficina, ou ficava um mês parado sem peças, ou tinham que fazer alguma “gambiarra” pra consertar com o que tinham à mão.

    Resumindo, tem que ter cacife e paciência pra andar de importado!

  • LeO!

    Err… eu consigo importar uma Gallardo por menos de 30.000 também???? :glass: :ok2: :glass:

  • Gabriel

    vc só importa o parachoque do gallardo com 30 mil…

    são boas opções,mas prefiro os nacionais.
    sou da política:

    onde uma mercedez me leva,o fusca me traz.

  • Prof. José Eduardo

    Amigos meu primo daqui do Grande Rio tem uma oficina e com certeza ele afirma que é maior roubada comprar importados. Mesmo os em bom estado…Vale a pena dar um rolê..com fiz com um AUDI de um amigo lá na oficina mesmo era 92 ou coisa assim…vc fica louco com o carro…completo de tudo e tudo digital….mas basta abrir o caput….era um PUTA V6 (coisa linda de DEUS) fiquei babando…mas se quebra qulaqwer coisinha ali “Fedeu feio”. Eu não não compararia este AUDI nem obrigado. Já vi por lá muitos importados encalhados, só ocupando espaço da oficina , pq primeiro não tem peças e depois são absurdamente caras. Os discos de freio um 206 (mercado paralelo) custam o mesmo que o de um ASTRA Okm…alguém imagina fazer um cabeçote…Tô completamente fora.

  • Matusalem

    Concordo plenamente com as opnioes acima.

    Até mesmo nacionais desvalorizados como o marea 2.4. Um super carro que quando dá problema é uma super dor de cabeça.

    Pra quem juntou 30k é melhor não fazer graça e comprar um popular novo ou um popular um pouco mais antigo, de 2 ou 3 anos, mais completo. Comprar um importado vai colocar a corda no percoço.

    Não fazer seguro nas nossas capitais é muito arriscado, Rio e SP nem se fala.

    Melhor mesmo é pegar 30 reais, compra tinta e pintar uma faixa e sair na rua protestando:
    “Não queremos lixo por aqui, levem de volta” :ok:

    abraços.

  • rodrigo

    Com 30 mil reais, a melhor opção é um Corolla 2002/2003 automático completo.(nacional da geração antiga).

  • king diamond

    o problema são as peças que são um absurdo de caro!!!!

  • André

    A melhor opção para 30.000 é investir na Petrobrás, Vale, NAtura ou alguma empresa assim. Dá dinheiro. Carro velho é como filho doente, tá sempre dando despesa.

  • Fernando

    ola galeera…. eu gostaria saber, e q eu tenho o tempra, mas eu to meio interessado pegar um audi, mas naum eh pelo a grana.. e nem pelo o valor do carro, mas eh pelo q o dinheiro vai como pneus, oleo, revisao do motor e tal… mas quantos esta o IPVA?????

    mas o meu tempra bah.. eh carooo.. imagina 1995 esta 400,00, e olhe o corsa 2000 esta ipva 350,00

    rsss… hehehehe..

    abraço..

  • JJ

    Regras para pessoas com classe média ter um carro importado:
    - Tenha dois carros: o importado e um nacional:
    Só use o importado para ocasiões importantes ou viagens intermunicipais curtas de 100km com estradas de qualidade, quando precisar de um porta-malas maior para carregar algo.
    Para o dia-a-dia use um nacional, você não corre risco de pagar uma nota por causa de importado batido. E o seu importado terá maior durabilidade e manutenção melhor. Só ter Um carro importado é fria! Um importado e um nacional é quente!

  • JOÃO CARLOS

    EU QUERO UM A3 PRA TIRAR ONDA!!!!!!! SÓ…
    FICO COM O MEU NACIONAL PRA ZOAR E TRANQUILOOOOOO

  • Jonas

    Tenho uma Audi 1998 1.8 turbo 150cv… meu amigo é uma maquina que nunca me deu qualquer problema, ou melhor só satisfação, um carro incrível quem fala mal ai como vi por aqui, é pura unveja, não tem como ter um, então fica com dor de cotovelo. Mais uma coisa, quer status anda de audi, quer realmente veículo aconcelho a audi, agora se quer uma condução qualquer compra um nacional de 30 pila.

  • Fernando

    Com certeza vc encontrara um modelo importado que seja bom e que realmente gostará muito. Exp Audi A3 até 1999 é uma opção legal, ja tive um e digo que é um carro perfeiro motor forte, confortavel carro perfeiro, e o que dizem dos importados é mito o IPVA é 4% do valor venal do veiculo a mecanica da audi é parecidissima com o golf. enfim é questão de gosto, e realmente quem fala mau é pq não pode comprar um carro desses.

  • Protehus

    É muito possível sim! tem vários! o problema é que a manutenção é bastante cara. Contudo, ele não vai te deixar no prego tantas vezes quanto os nacionais. Afinal, nao conheço nehum nacional, até esse preço, que tenha estilo e ou que realmente preste!!! pq tenho visto aqui nos fóruns a opiniao de todos e ninguem elogia, de fato, algum veículo…
    O meu mecânico limitou as mihs opções a apenas o corsa e ou o celta… não sei pq ele nao disse logo para eu desistir e comprar uma bike…

    • israel

      porque ele não sabe mexer com outro carro, os mecânicos burros, culpam os carros, dizem que o carro não presta, na vedade os mecânicos não prestam

  • Parreira Rg

    Eu tenho um Passat Variant VR6 Exclusive preta AUTOMÀTICO, ano 1996. Melhor carro que tive na minha vida. Não me dá problemas. Coloquei á venda pois preciso comprar um carro pequeno para minha filha. R$18.900,00

  • Parreira Rg

    quem interessar no passat envie – me email para parreirarg@oi.com.br

  • marcos

    eu quero um lancer evoluion 7 :hauhau:

  • Leonardo

    O carro importado é uma tentação e ao mesmo tempo é negar as porcarias que são vendidas no Brasil por preço de diamante e entupidas de impostos. Mais tentador ainda é encontrar modelos como o Citroën ZX Volcane por 9000 reais e levar pra casa até banco elétrico de couro. Mas o lance do carro importado é o seguinte: ter olho clínico aguçado na hora da compra, acesso fácil às peças e ficar longe das concessionárias "autorizadas" (mas que deveriam se chamar "mercenárias").

  • Leonardo

    Isso porque já ouvi relatos de a CAOA ter cobrado 500 reais por uma calota de plástico para um Subaru Legacy 1994 e a Toyota 1200 reais pelo plástico do comando de vidros do Corolla 2001. Sei que não é fácil, mas ter algum contato nos Estados Unidos que possa te fornecer o que você precisa driblando a Receita é muito bom. Mesmo se não tiver, há ainda oficinas importadoras independentes, que vendem algumas peças por até 30% do valor que é cobrado na concessionária. Já ouvi relatos de um cara que conseguiu fazer a retífica de um Renault Megane 1998 por 1000 reais (preço de Gurgel). É só ficar esperto e ter muita paciência para achar peças, pesquisando sempre. E, de preferência, é bom que você aprenda a depender menos dos mecânicos, que enfiam a faca em situações como essa, onde não há saída e o proprietário leigo não sabe identificar o problema.

  • Leonardo

    Portanto, faça o que conseguir em casa, para o bem da sua carteira. Gambiarras são inevitáveis para quem paga 10 mil no carro, mas não pode arcar com uma revisão de 2 mil. Já ouvi relatos não confirmados de freio de Astra adaptado ao Camry e coisas ainda mais bizarras. E também tem outra: uma das piores frias de se comprar um carro importado é o fato de o veículo não ter sido tropicalizado, ou seja, adaptado para as condições brasileiras. Alguns desses carros usam conjuntos de suspensão independente, hidropneumática, etc… coisa sofisticada, projeto bom, mas que não é feito pra platação de buraco que é o "asfalto" brasileiro. E, para se ter uma idéia, um conjunto de armotecedores dianteiros para um Honda Civic 1992 (que é originalmente um carro popular) custa 1400 reais. Ficou com medo? Quer mais? Já ouvi relatos de playboy chorando porque os amortecedores traseiros do seu Subaru Impreza 1999 custariam nada menos que 8000 reais. Nesses casos chega a ser mais viável jogar o carro fora e comprar outro…

  • Leonardo

    Tem mais: a pintura é um aspecto importante. Carros metálicos são problemáticos por natureza, pelo alto de custo de manutenção e pelo alto risco de manchar a lataria. Tive uma carroça chamada Sandero e gastei mais de 1000 reais só pra arrumar riscos na lataria. E o carro era muuuito fuleiro. Agora imagine um carro importado! Confesso que acho uma beleza o azul céu metálico do Corolla 1993 (um charme de carro, por sinal, se estou andando na rua, paro só pra apreciar a cor), mas onde arrumar a tinta correta pra arrumar qualquer eventual dano? E a que custo?? Nós podemos até aprender a trocar um óleo e um pneu, mas não somos funileiros!

  • Leonardo

    Mas não se desespere. Ainda tem o lado bom da coisa: carros importados são feitos com um conceito de engenharia de primeiro mundo. Não é como as nossas íntimas GM, VW, Fiat e Ford que sempre nos venderam carroças ultrapassadas e nos davam 1 ano de garantia pra depois dizer "toma que o filho é teu". Vendo por esse lado, entre comprar um Ford Verona 1994 e um Toyota Corolla 1994, o Toyota é mais vantagem, porque 8 em cada 10 proprietários de Verona amaldiçoavam o problemático "carburador eletrônico" que era usado nos motores AP Autolatina, ao passo que 8 em cada 10 proprietários de Corolla elogiam a robustez, a economia e a durabilidade do motor 4A-FE (que já vinha com injeção multiponto de série).

  • Leonardo

    As correias desse carro são projetadas para durar até 150 000 quilômetros, ao passo que as nacionais mal aguentam os 50 000. Não é difícil encontrar carros desse tipo que chegaram aos 120 000 sem dar uma dor de cabeça sequer aos donos (desde de que com a manutenção em dia, é claro). Uma possível solução para o dilema está entre os Toyota Corolla e os Honda Civic, a partir de 2003 e 2001, respectivamente. Isso porque foram os únicos sedans japoneses de qualidade que "resistiram" ao mercado nacional e são montados localmente.

  • Leonardo

    O segredo para responder à pergunta "importado ou nacional?" é ver o quanto você conhece de carro (pra não ser passado pra trás), o quanto você tem em caixa (pro caso de uma eventual dor de cabeça), sua necessidade e, digamos, seu grau de aversão aos nacionais, pois eu sei como é doloroso parar no semáforo dirigindo um Fiat Uno 1.0 e ver o cara do lado em um Galant VR6, pagando a mesma coisa que você…

  • Aldo Mattos

    Eu vivo nos EUA e meu sustento é mandar peças de carros importados pro Brasil. Posso dizer ocm tranqüilidade que nenhum dos meus cliente spaga preço nem preto do que as revendas aí cobram. É como o colega mencionou acima, tem que pesquisar!

    • elias

      É isso ai

      Um airbag de bmw 540 custa mais de 5000 r$ no brasil, mas eu ja encontrei por 100 u$$ no e-bay

      tem que pesquisar e procurar as importadoras de peça

    • André

      passa pra mim também – andpag@gmail.com

  • cbpatrick

    amigo passa seu email pois estou querendo comprar um carro importado do tipo renaut ou peugeot ou citroen da decada de 90 gostaria de saber se vc consegue peças desses carros no eua renaut19 citroen zx ou xantia ou xsara e ou peugeot 306 ou 106 ou 205