Mercado

Confira o desempenho das marcas mais vendidas em 2015

honda-hr-v-ex-avaliação-NA (7)

O ano de 2015 não foi nada bom para o mercado nacional de forma geral, já que a queda foi de expressivos 26,55% com 2,56 milhões de emplacamentos. Algumas marcas perderam bastante terreno, em especial as líderes de mercado.

No entanto, algumas conseguiram bons resultados em 2015. A Fiat foi a que mais perdeu terreno, mesmo sendo líder. O fabricante italiano perdeu 3,24% de market share. A Volkswagen ficou em terceiro nas vendas, mas em segundo nas perdas, acumulando saldo negativo de 2,81%. Entre as 10 marcas mais vendidas, a GM perdeu 1,72%.

Nos demais casos, os resultados foram positivos. Entre as 10, quem mais ganhou foi a Honda, com acréscimo de 2,05%. O segundo melhor desempenho foi da Jeep, que mesmo com apenas um produto de destaque, ganhou 1,59% de market share no período.

Toyota e Hyundai aparecem na sequência. O menor resultado foi da Renault com elevação de 0,20%. As outras marcas fora das 10 mais vendidas somaram alta de 0,28%.

Confira abaixo o desempenho das 10 marcas mais vendidas em 2015:

mercado-2015





  • Chicão

    Das ditas 4 grandes, só a Ford se salvou.
    Mas justiça seja feita, dessas 4 é quem tá com a melhor gama de carros.

    • Eduardo Brito

      E se vc for ver, ela só tem um pouco mais que a metade da fiat.

    • MauroRF

      Isso com certeza. Se a Ford melhorasse a qualidade do acabamento e da montagem, além do pós, ia dar um bom trabalho à concorrência. Das quatro, ela é a que tem produtos melhores e modernos (não tem mais motor 8 V).

      • Chicão

        Exatamente isso que falta.

      • CharlesAle

        E olha que o ano não foi fácil para a Ford, vendo a então líder Ecosport despencar nas vendas e também o Fiesta. Mas a empresa não está parada e, me parece, já nesse ano equipará Eco/Fiesta com o esperado 1.0 Turbo.Isso pode dar um gás nas vendas de ambos..

        • Pacheco

          Ela precisa realmente inovar no Fiesta/Ecosport e preparar o departamento de marketing pro ataque.

          Ela pode dar a volta por cima e aproveitar esse momento pra encostar nas 3 grandes. Potencial ela tem… por mais q esse ano tbm deve ser de queda.

        • Não acho que a versão 1.0 irá incrementar as vendas.

        • Tiago Romano

          Acho que ela tem que aumentar o espaço interno do Ecosport, se não me engano, perde pra todos os outros concorrentes (Não estou falando do porta mala), tem que vir uma nova versão um pouco maior.. Antes de comprar o meu atual carro eu olhei o ecosport e desisti por causa do espaço interno.

      • Matheus Mendes

        EXATO!
        É o melhor portfólio de uma maneira geral.
        O pecado, em minha opinião… é a manutenção q é realmente um castigo.

    • Artur

      Se “salvou”? Renovou a frota inteira de veículos e cresceu 0,98%? Se for contar que a Fiat e a VW não lançaram nada no período e só subiram os preços de seus carros – elas é que estão no lucro!

      • Chicão

        Tá difícil entender a tabela daí?

        • Artur

          Não meu caro. Entendi muito bem. Releia meu comentário e deixa de ser fanboy.

          • Chicão

            Não sabes interpretar uma tabela e vem me chamar de fanboy.
            Tá Serto!

            • Artur

              “Serto” é ótimo! kkkkkk
              Óbvio que sei interpretar a tabela. A Ford cresceu menos que 1%. O que eu quis dizer é que isso não significa nada, pois foi a única que se esforçou, tentou mudar alguma coisa e não recebeu nada em troca. Logo logo vai ser ultrapassada pela Hyundai.
              Tá explicado ou quer que eu desenhe pra você tentar entender?

              • Chicão

                Cara, to comparando entre as 4.
                Vc realmente não sabe interpretar.
                E nem sabe o que é o “Serto”.

                • Artur

                  Eu sei o que é “certo”. “Serto” pra mim é coisa de analfabeto.
                  Eu também estou comparando entre as 4. Ela se salvou vendendo menos e conseguindo 1% a mais de market share depois de investir tanto?
                  Aliás, logo logo a Hyundai ultrapassa a Ford e esta não mais poderá ser considerada uma das 4 grandes! kkkkkk

                  • Chicão

                    Tá Serto.

                    • Artur

                      E esse “Serto” seu é nome próprio pra receber letra maiúscula? kkkkkk

                    • Chicão

                      É pra destacar pro caso de vc não entender que trata-se de um meme.

          • Robinho

            mas foi deixado claro que estão comentando sobre as 4 grandes…então ele tem razão, foi a única que se salvou.

            • Artur

              Não se salvou. Apenas aumentou menos de 1% de seu market share frente a um declínio terrível de vendas de todo o mercado. Isso sem mencionar que a Ford foi a única que renovou praticamente toda a sua gama e inseriu novos motores no mercado.

              • Mas aí você está comparando com o que ela tinha. Pensemos por outro lado: Sem essa renovação, quantos % ela teria caído, caso tivesse? Se ela fosse cair tanto quanto a Fiat, então a diferença seria de 4,24%.

                • Rodrigo Alves Buriti

                  A questão que o Artur tá dizendo é simples e não precisa falar tanto. Em resumo:
                  >FIAT está estagnada (ainda tem carro de 20 anos atrás, como o palio fire e strada).
                  >VW praticamente só o Fox mudou a cara e algumas melhoradas, o golf e jetta não tiveram mudanças significativas, familia gol praticamente estagnada, up com o modelo tsi.
                  >Chevrolet teve novidade fora aumentos quinzenais de preço?
                  >FORD tem a linha mais atualizada, a plataforma mais antiga é a do Fiesta porém é muito boa ainda para mudar e só tem metade do portifólio da fiat.

                  Essas três primeiras foram as que perderam marketshare, mas olha o produto que elas oferecem pelo que foi perdido. O que vale mais? Perder 3% de mercado com um produto cujo projeto é muito barato e já foi pago há muito tempo ou conseguir 1% com um investimento pesado, menor portifólio, custos ainda estão sendo pagos?

                  Para se ter idéia, Prisma 1.4 AT LTZ top a 60mil reais ou Fiesta 1.6 PS a uns 65mil?
                  Spacecross a quase 80mil reais ou ecosport no mesmo preço?

                  As outras perderam marketshare, sim, números são números e refletem um comportamento, mas vemos que, se for fazer uma relação entre o marketshare e os produtos disponíveis, a VW, GM e Fiat deveriam perder muito mais e PODE ser interpretado como uma perda momentânea, não há indicios que venham a renovar toda sua frota esse ano para recuperar o marketshare.

                  Não olhem só para números, vejam o que está sendo vendido, o que a montadora fez para não cair (ou subir), tudo isso tem que ser considerado.

                  • A questão que eu coloco é simples também: E SE não tivesse renovado? Teria mantido o mesmo market share? Não saberemos, mas a diferença é entre o que ela tinha e ela tem. Sobre isso que é calculado essa porcentagem. Mas a questão é que não dá para falar quando ela teria se não tivesse feito a renovação de sua linha.
                    E tem outro ponto também: Fiat lançou o Palio para ser líder em 96? Não sei quem liderou o mercado esse ano, mas aposto que não foi a italiana. Mas com certeza o compacto foi o maior passo da italiana de Minas para passar de uma das 4 maiores para líder de vendas (O primeiro teria sido o Uno na década de 80). O 1% desse ano pode virar 2% do ano seguinte, o 3% do ano seguinte, e juntando com o -5% de uma, -10% de outra de repente pode levar a Ford a sua posição da década de 60. Ainda é cedo para dizer que a remodelação não funcionou o tanto que devia.

                    • Rodrigo Alves Buriti

                      Pois é, mas estamos falando do ponto de vista dele que não deixa de estar certo quanto a relação dos números com o estado em que seu portifólio se encontra.

                      E não fazendo suposições/condições de SE isso ou aquilo e utilizando os dados 14×15. Concordo com você que, em outros cenários, poderia ser diferente: como seria SE a ford ainda estivesse com Fiesta rocan e Ka (joaninha)? (creio eu que já estaria na 6ª colocação pelo menos).

                      O que há de presenciar é a situação real apresentada, onde uma fabricante que quase sem investimentos e renovação ainda se encontra no topo e uma que fez uma relativa renovada está se mantendo em 4º.

    • Robinho

      com certeza, algumas coisas precisam melhorar, mas com certeza é a melhor das 4 tradicionais.

  • Marco Antônio

    Nossa, esse crescimento da Honda até espanta! SQN.

    • automotivo

      se levar em conta que ela não vende popular (de alto volume), e o q suv compacto recém lançado já está vendendo mais de 4000 unid mensais….

  • cepereira2006

    Mais dois ou 3 anos, a Ford engole a Volks. E dá para ver nitidamente que quem investiu, subiu. Quem ficou sentada em berço esplêndido só vendendo cacareco e reajustando preços, perdeu mercado.

    • HelderV6

      Gosto da ford, (nota-se) mas historicamente sempre foi a quarta neh? Acho mas fácil a Renault e hyundai passar ela.

      • Pacheco

        Só se ela realmente parar… por que deve começar a mexer na linha Fiesta/Ecosport esse ano em busca de melhores resultados.

        A Ford não pode deixar ele perder tanto mercado assim.

      • Artur

        Com certeza. Deixa a Hyundai lançar o ix25/Creta e alguns outros modelos nacionais que ela ultrapassa a Ford com folga.

        • cepereira2006

          Isso vai levar décadas, pelo ritmo dela. Tanto a Hyundai como a Renault são muito lentas para inovar, ampliar plantas, etc. Só no exterior elas se destacam neste particular, no Brasil tudo vai a passos de tartaruga. Não vejo essas montadoras passando a Ford, ainda mais com os motores Ecoboost chegando..

      • Não, era ela líder historicamente. Perdeu para VW que começou a investir em linha básica. Se bem que acho que na tomada de liderança da VW a GM já vendia mais.

    • Fernando S.

      Eu acho que a FORD tem que se preocupar em não perder o quarto lugar do que pensar em ser terceira.

      • Acho que ela tem que pensar em vender mais, independente de ser líder ou décimo lugar.

        • Fernando S.

          Sim, mas um é consequência de outro. Não adianta focar no de cima, sendo que está 4 pontos de vantagem e o quinto está a menos de dois pontos dela, é mais fácil ela ser ultrapassada do que ultrapassar.

          • Ultrapassar? Ser ultrapassada? Mas isso não é corrida de carros! Ela tem que focar em atender as expectativas dos seus clientes, independente se a VW ou Hyundai fazerem isso.
            Quer um exemplo? Se ela for se espelhar nos líderes de cada categoria, terá que ver porque o Ka vende menos que o Onix. Tem que manter a liderança de Hatchs médios, sedãs grandes e compactos premium. Ver porque o Corolla vende mais que o Fastback. Ver o que as pessoas buscaram no carro da FCA que o Ecosport não tem. Talvez assim ela vá para 3°, 2° ou até se torne líder. Mas reparou que eu não falei nem o nome da terceira nem da quinta? Porque elas não são os referenciais nas categorias citadas.

            • Fernando S.

              Isso é baboseira. Não adiantaria nada procurar por tudo isso e cair nas vendas. Infelizmente o que se visa, especialmente no Brasil, é lucro. Ela vai lá, melhora todos os seus produtos, aumenta o preços (pois isso é uma consequência) e suas vendas desabam, consequentemente o lucro vai junto. Empresa visa lucro, por isso a FIAT pouco se move e continua vendendo carro dos anos 90 (até 2013 tinha carro dos anos OITENTA) no portfólio. Enquanto estiver vendendo, segue o jogo (na visão da empresa).

              • Concordo com você. Mas não sei porque falou que é baboseira se não vai contra o que eu falei. Aliás, parece que respondeu outro comentário. Aliás, o que escreveu corrobora com meu primeiro comentário que o importante é vender mais! E a empresa pode perder vendas e ainda assim ultrapassar seus concorrentes. Basta que ele perca mais.

  • Edson Fernandes

    E a Renault antes de 2017 alcançou os almejados 7% do mercado. Isso para ela, é sucesso.

    Pode parecer bobo, mas foi planejamento da fabricante. Imagino que se a Honda tivesse um compacto para disputar com os demais, ela estaria facilmente disputando market share com a ford nesse momento e se a Hyundai tivesse mais expressiva nos nichos mais caros, também. Porém é CAOA, aí fica dificil.

    • MauroRF

      A Honda não entra no segmento de compactos, Edson. Teve um leitor aqui do NA que escreveu na reportagem de hoje que fala sobre a Honda que um amigo que trabalha na Honda estava em um evento da empresa, e o presidente falou que o negócio é produto de boa qualidade e foco no pós-venda. Elogiou o trabalho em equipe. Eu entendo que, com foco em pós, leia-se altos preços. E de fato, meu City tá no conserto, o consultor técnico me ligou aqui falando do andamento do serviço e que vão cumprir o prazo de 20/01 e ele mesmo disse que deram esse prazo para garantir a “máxima qualidade do serviço”. O atendimento quando fui receber o carro, desde o consultor até o pessoal da oficina, foi impecável, atenção máxima, ninguém de cara fechada, oficina e showroom sem gente falando alto, os manobristas e mecânicos dirigem devagar pela concessionária, todos os locais sempre limpos, não há coisas espalhadas, tudo muito bem organizado. Digo isso porque, quando eu ia à CSS da Ford, era tudo isso, só que ao contrário! Acho que todo mundo que vai lá percebe isso, evidentemente. Vamos ver na entrega do carro e como foi o serviço. Acho que não terei surpresas negativas, mas vamos ver.

      • MauroRF

        Para quem não sabe, um motoqueiro avançou o sinal vermelho e bateu com tudo na minha porta, e a força foi tanta que as duas portas esquerdas e uma parte do para-lamas dianteiro foram amassados. As portas serão trocadas.

        • CharlesAle

          E o motoqueiro? Não ficou cheio de razão..já que eles sempre estão certos rsrsrs

          • Digo mais: Sorte dele sair vivo. É que o motoqueiro deve ter se machucado seriamente e as outras abelhas não viram.

      • EDUVINHAS

        Tive Honda e levava na Hville ou Forte e era bem isso que voce esta falando. Hoje estou com dois Hyundais e um Citroen , tirando o pos da Citroen tambem estou bem satisfeito com o pos venda da Hyundai . A Honda preza bem isso que voce falou a qualidade e o pos venda.

        • MauroRF

          Sim, é verdade, tenho ouvido muito isso da Hyundai. Eles devem estar investindo pesado no pós. As 4 grandes deveriam aprender isso, pois salvo raras exceções, as 4 são ruins de pós, o da Ford eu conheço por experiência própria e, no meu caso, foram experiências ruins.

        • Artur

          Minha irmã tem um HB20 e o pós-venda da concessionária que ela leva (New, de Ribeirão Preto-SP) é tão bom quanto o da Honda do mesmo grupo (Koi, que, aliás, fica em frente à New).

      • Zé Mundico

        O consumidor de médio-alto poder aquisitivo é muito mais fácil de ser fidelizado do que o consumidor de baixo poder aquisitivo. Desde que seja bem recebido e tenha um bom serviço, ele sempre tenderá a voltar a consumir aquela marca, pois ele não quer nem pode perder tempo batendo de porta em porta. Já o consumidor de baixo poder aquisitivo só reage pelo bolso e não tem valores que permitam consumir de maneira constante. A Honda sabe disso.

        • Raul Godiano

          Duvido muito que as 4 grandes irao fazer isso, tive um Gol que fazia barulho a resposta na CSS e na rua ” ele faz esse barulho mesmo” ou ” esse defeito do gol e desde da epoca dos bolinhas” , ou seja, em teoria os compradores de VW, FIAT , GM e FORD ja sabem que vao levar para casa e ja se acostumaram com isso, poi sao clientes fieis.

      • MG

        Num tem poster de mulher pelada nas oficinas da Honda então?

      • Artur

        Sem contar que os mecânicos todos vestidos de branco e não se vê um uniforme sujo! Realmente é impressionante a organização da Honda nesse aspecto.

      • Rodrigo Alves Buriti

        Interessante,
        Já fui a Honda aqui e o atendimento/ambiente era muito bom.
        A Renault daqui também não devia em nada (só o espaço era pouco menor porém bem atendido) e prazos cumpridos.
        A Ford (nas duas cidades que fui) foram exemplar, ambiente e atendimento, inclusive até convidaram para fazer um tour pela oficina na primeira vez.
        A VW daqui tinha um ambiente pouco antigo (loja antiga), mas não cobrou mais nada pelas revisões e ainda não fui levar o carro para revisão na nova loja.

        Eu não sei, mas as concessionárias que vou não sou mal atendido e não fiquei na mão, além do ambiente ser bom e sempre me ligam dentro do prazo quando o serviço tá pronto.

      • Edson Fernandes

        Foi a mesma experiencia que tive com a Citroen. Só critico a Citroen pelos produtos atuais não terem um misto de itens com o que é cobrado.

        Porque caso fosse, eu continuaria na marca. E até hoje os usados incrivelmente estão valorizados! Porque os unicos que consideraria para compra seriam duas variantes do C4 Lounge: Exclusive 2.0 e Exclusive THP pelos itens ofertados de segurança com a mescla dos itens de conforto.

      • Edson Fernandes

        Sobre a Honda, é isso mesmo. Um engenheiro chefe da marca no qual eu sou amigo e é da familia, disse que o consumidor Honda rejeitou o Brio (que seria o primeiro compacto).

        O que para o consumidor era esperado, eram as soluções de flexibilidade, robustez e o DNA Honda que o Brio não possui. Então a mesma deixou na gaveta.

        E hoje não há um carro compacto abaixo do Fit para mercados maduros, logo, o Fit que é ocompacto da marca e que se perdura dessa forma. E aqui? Ele é o “monovolume”.

    • EDUVINHAS

      Falou tudo sobre a Hyundai. O que sera que falta pra finalmente a Propria montadora assumir de vez aqui ?

      • Edson Fernandes

        Terminar o contrato com a CAOA até 2021 e ela assumir os planos…rs

        Se ela realmente acompanhar o mercado e as leituras da CAOA, verá que o unico carro chefe que vende bem é o Tucson. O IX35 vende bem? Sim, mas nas mãos da Hyundai se ela soubesse cadenciar melhor, venderia mais.

        O produto tem potencial e poderia receber versões existentes na Coreia.

  • DiMais

    nenhuma com mais de 20% já é uma grande evolução dentro da realidade cabeça fechada do nosso mercado, mas entre as três primeiras tem mais alguma gordura boa pra derreter aí… as maiores deveriam ter no máximo uns 10% de cota de mercado para reequilibrar a oferta de produtos.

  • Sabatino

    Melhorou mas tem que ficar mas equilibrado. Na Europa:
    1. VW 12%
    2. Ford 7,2%
    3. Opel 6,8%
    4. Renault 6,8%
    5. Peugeot 6,1
    6. Audi 5,7%
    7. Mercedes 5,4%
    8. BMW 5,4%
    9. Fiat 4,8 %
    10. Nissan 4%
    11.Citroen 4%

    • HelderV6

      Não veremos esse equilíbrio por aqui, muito preconceito com marcas novas ainda, muitos ouviram do avô q vw eh confiavel, Peugeot eh ruim…16v quebra…Monzatech anda…e por aí vai…

      • 1945_DE

        Monzatech anda. Essa foi boa. KKKKKK

  • Felipe

    Definitivamente, 1,59% de participação da Jeep é Renegade! Ele está em todas!

    • Pacheco

      A Jeep deveria aproveitar e lançar mais modelos… quem sabe algum abaixo dele, investir mais no Cherokee e Grand. Precisa se mexer e aproveitar o movimento das lojas.

  • Eng Turbo

    Gostei da tabela ;)

    • 4lex5andro

      ford e hyundai mantem um catalogo minimamente atualizado, ao menos isso pode explicar conseguirem prosperar em plena recessao do país ..

      ja honda e toyota focam nos segmentos medio pra cima (exceçao ao etios, que na toyota, tem pouca representatividade), exatamente as faixas menos afetadas pela crise ano passado..

  • edgar__rj

    PSA – Citröen caiu mesmo… Acho que a Peugeot deveria investir em carros de entrada (106, 208 mais barato, 301, etc) e deixar a Citroen um pouco mais refinada…

    • Pacheco

      O estranho é q parece q eles queriam fazer o contrario. Pra mim, deveria dividir as duas marcas aqui no Brasil.

      Maior erro pra mim é não trazer o C4 Hatch, não atualizar o 308 com o Europeu, não investir no motor 1.2 Turbo… a PSA realmente pede pra cair.

  • Tosoobservando

    Nao fosse o desempenho ruim do Etios, a Toyota estaria em que lugar ae? Em frente a Hyundai ou a Ford?

  • Prezados.

    A tabela acima não tem nada a ver com aumento ou redução das vendas. O que é mostrado é a participação do mercado. A verdade é que praticamente todas as montadoras venderam menos.