Para aqueles que costumam a ligar o som do carro no volume máximo, o hábito pode custar caro a partir de agora. De acordo com a resolução 204, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), a partir da última sexta-feira (10), os motoristas cujos veículos que forem flagrados emitindo nível de som superior a 104 decibéis serão penalizados com o pagamento de multa no valor de R$127,69. A infração é considerada grave e prevê a perda de cinco pontos na carteira de habilitação.

Para que a infração seja constatada, um agente de trânsito terá que colher uma amostra do ruído utilizando um decibelímetro, instrumento que mede a intensidade sonora. O aparelho deverá estar a 0,5 metro de distância do veículo em questão. Sons de buzinas, sinalizadores de marcha ré, motor e sirenes estão isentos de multa.

Carros de divulgação publicitária, como caminhões de venda de botijões de gás, por exemplo, também estão livres da fiscalização, desde que estejam devidamente regulamentados.

[Fonte: Carsale]