Crossovers Dacia Europa

Duster 2016 ganha câmbio automatizado na Europa

dacia-duster-2016-5

Por aqui ainda não, mas na Europa o Duster 2016 passa a dispor de câmbio automatizado. O utilitário esportivo da romena Dacia chega na versão Easy-R com o moderno motor 0.9 TCe de 90 cv e 14,2 kgfm. O consumo médio é de 20,4 km/litro.

dacia-duster-2016-4

Outra novidade do Duster 2016 é o sistema Start&Stop para todas as versões, bem como atualização dos motores para o padrão Euro 6. Para completar, o Duster Edition 2016 surge como uma nova opção, mais aventureira.

dacia-duster-2016-6

Este vem com pintura exclusiva Altain Green, rodas de liga leve escurecidas e interior em dois tons, sendo cinza Federer e preto Silicon. O Easy-R estará disponível também para Logan, Logan MCV, Sandero e Sandero Stepway até o fim do ano.

Galeria de fotos do Dacia Duster 2016:





  • Léo

    Bacana hein editor? O texto não diz nada sobre o título.. Automatizado até o uno tem, a matéria não diz se é dupla embreagem e nem quantas marchas..
    A matéria não acrescentou nada a manchete

    • Rafael Alves

      É o Easy-R, acredito que seja o mesmo vendido aqui, mas concordo que faltou tal confirmação.

      • Léo

        Automatizado de 1 embreagem na europa??? Só vai faltar mandar eletrônicos da CCE pra lá…

        • Rafael Alves

          Pior que existem vários automatizados de uma embreagem por lá, principalmente por causa do custo bem inferior.Todos sabemos das limitações desse tipo de caixa, o problema é o preço de câmbio automático que cobram nas terras hue br!

          • !Marcelo Surf!

            Sim lá existe porque o valor é quase igual ao do manual, aqui é vendido como artigo de luxo, 5k a mais.

            • Gustavo73

              Não deveriam custar mais de 1500 reais. Mas aqui chegam na faixa dos 3 mil reais.

        • Francisco Lunardi

          Brasileiro que é enjoado e pensa entender de carros, lá existem até sedans grandes com motores de pouco mais de 100cv, algo de que seria abominado e execrado por aqui.

    • V12 for life

      Só por ser a Easy-R já da para saber que é uma automatizada de embreagem simples, pois esses nomes são adotados mundialmente, mas se quiser tirar a duvida procure por 0.9 TCe easy-r, tem matérias de Clio e Sandero com essa caixa, e nada de dupla embreagem ou automática.

      • Raimundo M.

        O Clio novo usa a EDC de dupla embreagem. Easy R só se for em algum país específico e versão de acesso. Eu, particularmente, já especulava que o Duster poderia ganhar o Easy R aqui quando estavam para lançar o face-lift, pois ele compartilhava o AT4 com o Logan e o Sandero embora os motores fossem diferentes. Aqui, lançou-se o Duster FL mantendo o AT4 e talvez a Oroch use essa caixa também por ser mais suave ainda que limitada em número de marchas que a Easy R.

        Contudo, salvo engano, o próprio Duster na Europa, quando equipado com motor a diesel, tem a EDC a disposição, mas a tração é 4×2. Infelizmente, graças a nossa legislação, o Duster e a o Oroch terem motor a diesel implica em usar a tração 4×4 com algo que simule a caixa de redução. Fora isso, a interessante EDC não é usada com a tração 4×4, logo dependeria de viabilidade essa oferta.

  • what_the_hell??

    Eu ainda não testei, mas um amigo andou num sandero com o Easy-R e não gostou nem um pouco! Disse que consegue ser ainda pior que o trancologic da fiat e o I-tranco da VW!
    Alguém aí já testou??

    • duhehe

      Nunca andei, mas se a VW que manda muito bem em todos os outros tipos de câmbios, não conseguiu fazer do I Motion algo usável ( tive um Polo I Motion) , quem dirá da Renault que nem manual sabe fazer.

      • André

        Hahahaha, pior que tenho um VW e um Renault em casa e é isso mesmo, triste, mas verdade, mas pelo menos é um tiptronic6 e um manual….., menos mal.
        Se bem, dizem que o Easy-R foi desenvolvido pela ZF (mesma empresa dos cambios de BMW, Mercedes etc..) e que este ficou muito melhor, isso é o que a Renault diz e alguma imprensa.

        • duhehe

          Eles vendem o peixe deles né
          A PSA também vendia o AL4 como ”cambio da porsche”.
          Enfim, passo longe de carros automatizados e renaults, quem dirá dos 2 juntos.

      • Darwin Luis Hardt

        é verdade que câmbio automatizado (imotion e dualogic) ainda tem embreagem que o cara precisa pisar com o pé? ou como é?

        • Matheus

          não há pedal de embreagem, a mesma é acionada automaticamente

        • duhehe

          A caixa de cambio do automatizado é a mesmo do manual, porem não tem o pedal de embreagem para o motorista, quem aciona o pedal é um sistema hidráulico.
          Uma baita de uma gambiarra !

          • Francisco Lunardi

            Os cambios automatizados de dupla embreagem tem exatamente o mesmo funcionamento basico, com um sistema eletrohidraulico acionando a embreagem, são gambiarras tambem?

            • duhehe

              O mesmo principio básico, mas com N melhorias para ficar usável.
              Tantas coisas impares entre si compartilham os princípios básicos.
              Não tem como defender cambios automatizados monoembreagem em carros de passeios, só em caminhão fica OK.

              • Francisco Lunardi

                Estranho, caminhão é justamente onde o câmbio é mais exigido e deve ser mais preciso, será que não são os motoristas o problema?

  • Zeca Piroto

    Por mais ultrapassado que seja, um Automatico-4 marchas bem ajustado, ainda é muito melhor do que qualquer I-tranco, DualFragile ou Easy-Ruim da vida…

    • duhehe

      Sem a menor sombra de duvidas.

  • Vattt

    Fiz um test drive no Logan e não fiz a menor questão de continuar o trajeto, um saco esse câmbio “solusônico”. A cada mudança uma chicotada na cabeça!!! E não é igual a chicotada de turbina pq o carro não sai do lugar.

    • Rafael Sumiya Tavares

      O câmbio precisa de alguns km pra aprender o seu modo de dirigir, você sabia disso?

      • Vattt

        Não pq nunca dirigi um carro “automático” que precisa de um tempo para se adaptar a mim!!! Isso é novidade que prefiro até desconhecer.

        • Rafael Sumiya Tavares

          Bom, então vc precisa rever seus conceitos e sensibilidade na direção, pois qualquer câmbio automático dos anos 90 pra cá tem modos de adaptação ao motorista. A diferença é que no automatizado o acoplamento da embreagem se faz sentir mais do que um mero conversor de torque.

  • TijucaBH

    Eu tive um Linea 1.9 dualogic, um Idea 1.8 Etorq dualogic plus e um Punto Sporting 1.8 Etorq dualogic plus. Tanto no Linea quando no Punto, o cambio dualogic é muito bom. Os trancos ocorrem só nos 2 primeiros dias, depois voce “aprende” como o cambio funciona e os trancos passam a ser minimos, muitas vezes imperceptível. Adorava descer a rua de casa e antes de começar a frear para entrar na garagem, dava uma cutucada no fim de curso do acelerador e ele reduzia e mantinha a marcha reduzida (desde que eu nao acelerasse) usando o freio motor.
    Se esses dois carros tivessem hill holder (nao deixa o carro descer na subida), seria quase perfeito, só perderia para o dupla embreagem da volks.
    Já o dualogic do Idea era muito ruim, ficava esticando as marchas sem necessidade, detestei!!!
    Hoje tenho um automatico de 6 marchas e sinto falta da esportividade do dualogic.
    O preconceito é grande, mas quem realmente teve um “dual” normalmente fala bem. Quem fez um test drive rapido e nao sabe como o sistema funciona, fala mal.
    Com o Linea rodei 45 mil km, com o Idea 20 mil e com o Punto 35 mil km (Idea e Punto tinham borboleta).

    • Raimundo M.

      A questão é a disposição do condutor e outros possíveis condutores eventuais terem a paciência para apreender o comportamento do câmbio, que parece ser uma exigência num automatizado de uma embreagem. Eu penso que um câmbio capaz de efetuar as trocas sozinhos teria que apreender as necessidades do condutor e não o contrário. Contudo, até câmbios com dupla embreagem e conversor de torque com pouca capacidade de gerenciamento são lerdos.

    • Rafael Sumiya Tavares

      O pessoal não sabe nem fazer um punta tacco e falam dos automatizados monoembreagem…

    • Léo

      No dia q vc comprar um simples fiestinha com automatizada de dupla embreagem vai entender pq o dualogic é tão ruim…

  • Gustavo73

    Como aqui não tem os mesmos motores enem estão na mesma faixa de preço. Poderiam usar o 2.0 com CVT do Fluence.

    • Raimundo M.

      Esse conjunto é caro para a proposta do produto, mas se serve de alento, o Duster usa o EDC de dupla embreagem e seis marchas quando equipado com motor a diesel e tração 4×2. O problema é que essa configuração aqui não seria possível porque diesel teria que ser 4×4.



Send this to friend