Home Antigos Entregador de tofu radicaliza com famoso derivado do Corolla (vídeo)

toyota-sprinter-trueno-gt-apex-hatch-1

Takumi Fujiwara é um entregador de tofu e trabalha para seu pai, transportando as encomendas na região de Gunma, Japão. O destino geralmente é um hotel no topo do Monte Akina, cuja estrada de acesso é uma das mais sinuosas e desafiadoras do país.

Fujiwara tem 18 anos, mas desde os 13 faz o percurso utilizando um Toyota Corolla Sprinter Trueno GT-APEX. Como precisa realizar as viagens sem atrasos, o jovem entregador geralmente anda muito rápido, tendo assim adquirido uma grande habilidade de conduzir o carro – mesmo sem preparação – subindo e descendo a perigosa estrada.

toyota-sprinter-trueno-gt-apex-hatch-2

No entanto, alguns corredores de rua da cidade estão de olho nas habilidades de Takumi e vão propor-lhe fazer um desafio. A partir daí, muita adrenalina vai rolar na descida do Monte Akina – com direito a performances de Mazda RX-7 e Nissan Skyline GT-R – em “Initial-D” (“Racha – Velocidade Sem Limites” no Brasil), uma produção japonesa baseada no mangá de mesmo nome, que também acabou virando anime.

Tanto subindo quanto descendo, Fujiwara utiliza as excelentes características de um carro cuja geração chamada AE86 se tornou emblemática no Japão. O cupê/hatch nipônico é geralmente conhecido como Toyota Corolla Levin ou Sprinter Trueno. A geração do carro de Takumi é a mais famosa, produzida entre 1983 e 1987, sendo baseado no Corolla E80 (quinta geração).

toyota-sprinter-trueno-gt-apex-hatch-3

Mas que carro é esse? A diferença entre os modelos Levin e Trueno está nos faróis, normais no primeiro e retráteis no segundo. O termo “AE86” se refere ao conjunto fabricado pela Toyota, sendo “A” para o tipo de motor (3A e 4A nesse carro), “E8” para o modelo (no caso, o Corolla E80) e “6” para a atualização daquela geração.

Com 4,20 m de comprimento, 1,63 de largura, 1,34 de altura, o Toyota Corolla Levin/Sprinter Trueno estava disponível em carrocerias cupê duas portas ou hatch com três portas. O motor de quatro cilindros (Séries 3A e 4A) podia ser 1.5 (no começo) ou 1.6, que colocado em longitudinal, provia força apenas às rodas traseiras através de câmbio de cinco marchas manual ou com quatro marchas, mas automático.

Geralmente a potência do 1.6 era de 130 cv, mas devido à legislação ambiental – com uso de dispositivos para redução das emissões – a potência caiu para 120 cv. Nos EUA, chegou a ser vendida uma versão com 112 cv. Graças ao equilíbrio de peso 50/50 e ao bom comportamento em curvas, o Toyota Corolla Levin/Sprinter Trueno “AE86” se tornou um dos carros mais cultuados por pilotos de drift em todo o mundo, sendo utilizado em competições até hoje.



  • rsc_dhc

    Baixei tanto esse desenho no MirC hahahahahahaha

    • Fabio D.

      Caaaaaaara, MirC, até me arrepiou… Lembrança boa! Hahahah!

  • André Luis vw polo

    rsrsrs o melhor Corolla que já existiu no Japão, melhor que o nosso que infelizmente só vai ser acessível para a elite brasileira (e alguns loucos que preferem pagar 100.000,00 num carro do que em uma casa) enquanto isso os americanos tem um modelo muito mais bonito, potente e barato.

  • yuri calmon

    Como é possível este velho TOYOTA com cerca de 30 anos ser muito mais bonito que os "atuais" ETIOS ???!!!

    • OzzyBR

      Na verdade, na minha opnião, é mais bonito que metade dos carros populares atuais, que não tem personalidade.

  • Kadett

    Esse filme, apesar de retratar o Japão, é um filme feito pela poderosa indústria cinematográfica de Hong Kong.

    • KzR

      Engraçado, não?

  • Magnosama

    O filme não é lá essas coisas, mas o anime e o mangá são sensacionais.

  • Diggo

    Os anos 80 tiveram carros bonitos também…

  • Vitão

    Nuss… Eh "Velozes e Furioso – Desafio em China"!? Hueuehuhheuheuehu

    • https://www.facebook.com/fabio.galdino.7 Fabio Galdino de Castro

      Não cara….o Monte Akina é no Japão….

    • daviddiniz

      só para constar isso é uma versão "real life" do Anime "Initial D"

    • OzzyBR

      1- O Manga Initial D (traduzindo, revista em quadrinhos) foi lançado bem antes de sequer ser pensado em lançar um velozes e furiosos.
      2- Pro mundo dos carros, comparar o Initial D (Manga e Anime) a velozes e furiosos é como comparar uma kombi com um porsche. Ambos nasceram de um mesmo lugar (Ferdinand porsche/corridas clandestinas), mas as semelhanças acabam ai, mesmo no filme fast and furious tokyo drift, o drift é mostrado de forma tão banalizada que mesmo a presença do proprio keiichi tsuchiya no filme (que pra quem não sabe é a inspiração da criação do Initial D, e é o consultor e amigo de Shigheno, que escreve as historias) não dá qualquer brilho a ele.
      Resumo, Fast and Furious é circo, é divertido, mas é pura palhaçada automobistica.
      Initial D é uma orquestra, é tecnico, é minuncioso, e é no minimo pra quem realmente entende ou quer entender de carros. Compara-los, como no proprio anime diz em relação a comparar O "AE85 e o AE86 é comparar b**ta com chocolate".

  • HFHoltz

    Esse carro me recorda os tempos que jogava de Gran Turismo

  • https://www.facebook.com/alex.deoliveirasobrinho Alex De Oliveira Sobrinho

    sensacional……esse manga/filme/anime fez parte de minha infancia adolescencia e ainda faz parte da minha vida adulta..

  • https://www.facebook.com/daniel.conzo Daniel Conzo

    O filme é bem fraco, já o anime é outra história, muito bom, estou aguardando ansiosamente pela last stage.

    • Vitor Leite

      O Fifth Stage tá rolando, meu caro!

      • OzzyBR

        Não, Fifth acabou. Ele esta certo, agora é o last stage, que esta previsto para o ano que vem.
        Enfim, acabou o manga e o anime.

      • https://www.facebook.com/daniel.conzo Daniel Conzo

        Eu acompanhei a Fifth Stage episódio por episódio, faz alguns meses que ela acabou já. A próxima vai ser a Last Stage, só não sei se vai ser filme ou vai ser temporada mesmo. Eu to aguardando ela e os blu-rays das primeiras temporadas que vão lançar no começo do ano *-*.

  • rattrap587

    Só uma correção… Fujiwara utiliza seu Trueno sempre para competições de downhill (montanha abaixo). Para os uphill (montanha acima) a equipe de corridas dele ("Project D") utiliza um poderoso Mazda RX-7 Type R amarelo pilotado pelo também muito habilidoso Keisuke Takahashi. O pobre Trueno não conseguiria nada em "uphills"…

    • Filipe Augustus

      RX-7 Type/R, essa denominação não é da Honda? Achei estranho esses dois nomes juntos.

      • mgbalbo
        • Filipe Augustus

          Esse carro é perfeito, se não fosse tão caro um usado, eu já teria comprado um, mas estaria disposto a pagar no máximo uns 60 mil reais, não os 150 mil que o vendem.

          • KzR

            E se deixassem um carro de mão direita ser utilizado por aqui… eu já teria pego um RX-7 desses (se tivesse a grana, é claro).

            O problema desse carro é esse: como não foi importado e virou cult ganhou muito valor agregado.

            • Filipe Augustus

              Tinha um vermelho sendo anunciado esses dias no mercado livre, era do Nelson Piquet (1993)
              http://carro.mercadolivre.com.br/MLB-520382607-rx

              • KzR

                Minha… N-NOSSA! Eu não posso acreditar! Um FD3S das primeiras safras! E mão esquerda. E por esse p-preço… arrggghhh!!! Essa doeu, hein?

                Até entendo que ter sido propriedade de um Tri-Campeão de F1 possa agregar bastante valor. Mas, concordo contigo. Por esse valor não se pode mesmo topar. Não sei nem se eu tivesse a grana porque esse montante é quase o valor de um 370Z novo. Ou pagaria muito bem um 350Z da segunda safra. Os Nissan podem não ter um motor wankel girador dos diabos, mas tem um estilo e uma mecânica de animar qualquer entusiasta num excelente cupê FR.

                Desse jeito, eu tenderia para o lado dos Nissan.

                • Filipe Augustus

                  Esse carro é show de mais, me dói lembra que em 2001, vc compraria um exemplar desses por pouco mais de 30 mil reais, eu sempre quis ter um desses e um Toyota Supra, mais se for pra gastar uma irracionalidade dessas em um carro exclusivo, melhor comprar um Honda NSX por 120 mil reais, vermelho que era do Ayrton Senna.

            • Eduardo

              na verdade deixam, a legislação não especifica em nenhum momento em que lado o volante tem que ficar, existem até carros RHD emplacados no brasil, como um fusca azul que apareceu no auto esporte uma vez

        • KzR

          O que o Spirit tem de tão legal sobre o Type/R? Pra mim aquele amarelo estaria excelente. Rotary Power!

  • lesvoitures

    Pelo menos no Japão, esse corolla é conhecido como hachi-roku (86). Aparentemente por lá os carros são chamados pelos seus nomes "de projeto"(dos que eu lembro: Mazda Rx-7 pode ser FS ou FD dependendo da geração, os Nissan Silvia eram S-13, S-14, S-15, o Civic, EG6, Nissan R32, R33, R34 (SKYLINE GTR), Evo (IV, VI, etc).

    Passava horas e horas revendo o anime. haha

    • vfreire85

      não só lá. na austrália (ex.: ford falcon xb) e na alemanha (bmw e30) também.

    • Luiz

      O RX-7 do Ryosuke, era um FC Savanna RX-7 , enquanto o RX-7 do Keisuke é um FD3S.

      Quanto ao Type-R, a Mazda trabalhava com varias variantes de Motores e transmissões, dai designava com as siglas R, RB, RS, RZ, ETC…

      • DI ZAZZO

        Nunca vi um RX-7 Type-R ETC…
        kkk

  • Bruno

    ê minha infância… pera, eu não era tão novo assim qdo assisti hehehe
    só digo pra quem curte carro, deixe o preconceito de lado e assista "Initial D" – vale muito a pena!
    Tem legendado em pt por aí,

  • Heisenberg

    A geração posterior a esse Toyota foi o nosso conhecido Paseo, derivado do Corolla de 1991 a 1996.

    Infelizmente não teve a mesma aceitação dessa versão da noticia. Era "comportado" demais.

    <img src="http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/e/ed/1st_Toyota_Paseo_.jpg"&gt;

    • Rafael

      Era sem graça demais voce quis dizer alem de ter perdido algumas das boas caracteristicas da versão anterior.

      • Heisenberg

        Exatamente!

    • Vitor

      E era tração dianteira aspirado

  • Vitor Leite

    O Live Action é ridículo, mas o anime é sensacional!

    • KzR

      [2]

      Anime vale muito a pena em todos os sentidos
      Filme só vale a pena para ver os carros e as cenas de pilotagem. E é só isso.

  • OzzyBR

    Pena que acabou! O ultimo episodio tá pra sair ano que vem.

  • KzR

    Esse era o Chevette do Japão, só que com melhor estrutura e mecânica. Teria sido bom poder encontrar um desses por um bom preço para poder se divertir por aqui. Bem… para quem não tem bala na agulha, só nos jogos virtuais mesmo.

    • Fabio D.

      Sim, o velho Chevettão é imbatível em curva. Bem preparado e com um motor forte, vira um belo brinquedo. Me divirto vendo os drifts dos chevas no YT.

  • Eduardo

    sou extremamente fã desse anime (tanto que sou conhecido como Eduardo Fujiwara internet a fora hehe) e quando tiver condições, quero trazer um AE86 pro brasil, ainda mais que agora completaram 30 anos e ja podem ser importados, seria uma realização como fã de carros, e fã do anime