EUA: Concessionários acusam FCA de divulgar falsos relatórios de vendas

15/01/2016

dealer-fca

Dois concessionários da FCA pertencentes ao Napleton Automotive Group, entraram com uma ação na justiça federal dos EUA contra a montadora ítalo-americana. A acusação é de que a Fiat Chrysler estaria emitindo falsos relatórios de vendas no mercado americano.

Os revendedores dizem que a montadora oferece dinheiro, que entra como “crédito de publicidade”, para que a concessionária crie falsas vendas no último dia do mês e até mesmo desfaça as vendas do primeiro dia útil. Uma das lojas alega ter recebido US$ 20.000 para faturar falsamente 16 veículos.

A outra revenda do Grupo Napleton descobriu a ação quando recusou uma oferta da montadora para criar 40 vendas falsas. De acordo com a acusação, a FCA intimida os revendedores para que aceitem a oferta de manipulação dos relatórios, ameaçando até encerrar contratos de concessão. Quem aceita é recompensado nos meses seguintes.

A montadora refuta a acusação das duas revendas e acusa o grupo de ter entrado com a ação por não cumprir com as metas de vendas estipuladas em contrato. A FCA estaria há algum tempo negociando com a Napleton o cumprimento das metas em alguns contratos.

Mas a defesa da Napleton contesta as alegações da Fiat Chrysler, dizendo que o grupo tem 50 concessionários nos EUA e é o 32º conglomerado entre os revendedores do país. Nesse caso, este não teria dificuldades em cumprir metas de vendas da montadora.

Em janeiro, a FCA divulgou que alcançou 69 meses consecutivos com vendas em alta. A Napleton alega que concessionários concorrentes devem ter se beneficiado com o esquema. Por fim, na ação, o revendedor acusa a Fiat Chrysler de intimidar concessionários e até gerentes regionais com metas de vendas muito altas, fora da realidade do mercado.

[Fonte: CNN Money]

Agradecimentos ao Lucas.













  • Grande novidade…eles não devem saber que a Fiat e suas concorrentes aqui falsificam vendas aos montes no últimos dias do ano para inchar o números de vendas também.

    • xman

      Só se eles estiverem emplacando bicicletas no lugar de carros.

      O principal ranking brasileiro é pelo número de emplacamentos do Detran e não pelo número de vendas das concessionárias.

      • Junoba

        Em 2014, quando o Palio venceu o Gol, houve vários boatos de que as duas marcas emplacaram grande quantidade de veículos para vencer o ranking.

        • xman

          O Palio venceu o Gol basicamente pela queda continua nas vendas do Gol que acontece até hoje.

          Sobre a estratégia de vendas de cada marca, elas batalham até o último dia para alcançar melhores colocações no ranking, usando promoções com clientes, venda de grande lotes para frotistas.

          Se você já comprou um carro novo você sabe que a loja não emplaca o carro no dia que você quer. Eles emplacam o carro nos dias que são mais vantajosos para a montadora. Isso se torna uma carta na manga para confundir as outras montadoras.

          Algumas dessas estratégias também acontecem na concorrência de grandes empresas como a Boeing x Airbus e a Embraer x Bombardier.

          • Edson Fernandes

            Entretanto, a pratica que esta sendo citada a ti, é daquela em que a concessionaria recebe dinheiro da fabricante para que emplaquem os carros como se fossem vendas reais, só que os carros ficam em poder da concessionaria para revenda…. e colocam esse aspecto como “vantagem” ao consumidor na hora da venda dizendo que o carro já virá emplacado.

            Se pegar um comprador que gostaria que a numeração de placa fosse diferente, tem ate´briga a respeito.

      • Diego

        Eles emplacam os carros no Detran, porém ficavam nas concessionárias, mas constavam como “vendidos” quando só eram emplacados.

        • xman, foi isso que eu quis dizer. Obrigado Diego!

      • Gomes

        Amigo, estamos no Brasil…se nos EUA fazem isso, no Brazzzil deve ser bem pior. Veja os emplacamentos em BH e Curitiba… Foras os test drive “fakes” que algumas montadoras fazem. Ou seja, vários emplacamentos não são vendas feitas, viram vendas depois.

        • pgoytaca

          O mercado deles é muito mais evoluído, mas trapaças ocorrem em todo o mundo. Essa história perto da fraude da vw é pintor.
          Agora achar que fraude em país desenvolvido é tolerável e as do Brasil são sempre piores tem pouco de complexo de vira-lata.

          • Gomes

            De forma alguma disse que é tolerável, apenas quis dizer que não é porque o controle é feito pelo Renavan que não tem fraude. Aliás, não há fraude nos emplacamentos, acredito eu. O problema é anterior à isso, pois, para fazer market share, emplacam carros não vendidos. Isso que quis dizer. Não se podemos classificar como fraude ou como ” inflar” os números para duas coisas: mostrar aos acionistas e para sair nas notícias “recorde de vendas” , “marca mais vendida” , “carro tal emplacou mais que outro” e por aí vai. Alguns exemplos, se não contar as vendas diretas de BH, a Fiat já não é líder há alguns anos. Ok, mas esses emplacamentos contam? Claro que sim…só que muitos desses carros ficam parados por algum tempo no pátio das locadoras e depois são vendidos como zero emplacado. A Renault é outra…só ver a quantidade de Duster com placa de BH ou placa “A”.

            • pgoytaca

              EntendI, acredito que seja normal, no sentido de comum, uma certa manipulação em números quando se há metas a bater, exemplo: quando era bancário e a agência batia a meta de títulos de capitalização se ocorresse a venda desse produto sem gerar pontuação dava-se um jeito de computa-lo no período seguinte, semana ou mês.
              Essa manipulação do renavam só vai ser feita se o carro que vai receber esse truque estiver num “empate tecnico” com outro.
              O mais importante é ser sempre crítico com números e estatísticas pois de um modo geral podem ser usados por governos e empresas para manipular as massas, a poucos dias as montadoras concluíram que nosso carros são ultra baratos (em dolar). falaram uma tremenda mentira travestida de verdade!

  • Murilo Soares de O. Filho

    Em outro site, fala se que é prática comum nos EUA, e só dois concessionários reclamaram…

    • Poperon

      É sempre a clássica história da delação: os dois concessionários desse grupo devem ter ganhado menos na mamata, comparada as demais concessionárias, e resolveram abrir o bico.

  • Rogério

    Fiat sendo Fiat…

    • th!nk.t4nk

      Ah o jeito italiano de ser… Morei em SP alguns anos e via como nitidamente a italianada influenciou a forma de agir do povo.

    • Danilo

      Quando a grupo crhisler faz um bom lançamento tem elogios da crítica não parabenizam a fiat, agora quando é para falar dos podres aí é tudo culpa da fiat

  • Roger Bersch

    ” compre o seu carro da marca líder de vendas “.

  • Robinho

    Fiat fazendo fietisse

    • Junoba

      FCA seria o ideal, já que é um grupo.

      • 4lex5andro

        FCa, que pertence á fiat ..

        • Não, FCA (Fiat Chrysler Automobiles) é um conglomerado cuja a Fiat é apenas uma marca do grupo, assim como Alfa, Maserati, Jeep, Dodge entre outras.

  • “Perguntador”

    O que mais me chamou atenção na matéria foi o anuncio nos vidros dos carros: “lifetime warranty”. Por aqui cinco anos no máximo. O meu carro da americana Ford tem só três anos.

    • 4lex5andro

      diferenças de mercado, estradas, manutençao, oficinas, e mercado de seguros ..

  • Fábio Henrique

    Nao duvido depois que meu chefe contou umas coisas que a fiat fazia

    • Handlay P.B.

      o que a Fiat fazia?

      • Fábio Henrique

        Qd ng queria fiat e os modelos se desvalorizavam mto eles faziam falsos anuncios nos classificados vendendo por um preço acima da média. Dessa forma impulsionou os carros da marca a terem menor desvalorizacao

        • Willian Ricardo Rodrigues

          conte-me mais sobre essa história, rss fiquei curioso

          • Fábio Henrique

            Basicamente isso, fizeram o preço dos usados deles subirem com anúncios falsos.

        • Guilherme Batista

          Mas não há nada ilegal nisso, é pura estratégia de marketing

    • tjbuenf

      Vc só postou para dizer que lhe contaram o que a Fiat fazia? o.O

      • Fábio Henrique

        Kkk, eles faziam falsos anuncios nos classificados a precos acima da media para incentivar a valorizacao dos carros usados da marca

  • Marco Antônio

    kkkkkkkkkkk demorando.! FIAT sendo FIAT em qqr lugar.!

  • Whering Alberto

    Nossa…como vai ganhar credibilidade por lá?

    • Murilo Soares de O. Filho

      Cita FCA, não a marca Fiat, o pessoal aproveita agora pra meter o pau…isso acontece no Brasil a anos e deve acontecer no mundo todo e em todas as marcas.

      • Whering Alberto

        Mas sabendo que a “patrona” da FCA é a FIAT, prejudica sua credibilidade sim.

  • Alexandre Maciel

    Isso é prática comum no Brasil e o que dizem/fazem as autoridades? NADA!!! Hahahaha…

  • Poperon

    Novidade para os americanos, pois isso aqui já deve ser feito a séculos… Pois todo ano a Fiat vem com essa história de que o Palio é o “carro mais vendido do ano”, etc etc. Acredito que não só a Fiat faça isso, como também as demais montadoras, mas nesse caso é apenas ela a citada.

  • Fábio

    Calma pessoal, é uma troca de acusações. Não se sabe se a FCA fez isso mesmo, esperem as investigações.

  • leitor

    Só tem espertinho. Grupos sem compromisso fazendo isso. O jogo é sujo enquanto as regras não falam do assunto.

  • inuyasha

    Fiat Toro e L 200 Triton Mitsubishi é a mesma picape

    • Não, pois a Toro é uma picape pequeno-médio porte, que utiliza a mesma plataforma do Jeep Renegade, enquanto a Mitsubishi L200 Triton é par da Fiat Fullback, picape média da Fiat, comercializada na Europa, Oriente Médio e outras regiões.

    • Artur

      Viajou na maionese hein campeão?!