Europa Segurança Vídeos

Euro NCAP divulga nove resultados, sendo sete com cinco estrelas (vídeo)

xc90-ncap

O Euro NCAP divulgou agora em setembro nove resultados de testes de segurança, tendo utilitários esportivos, minivans, perua e picape. Foram avaliados os modelos Volvo XC90, Audi Q7, Volkswagen Touran, Ford Galaxy, Ford S-MAX, Renault Kadjar, Toyota Avensis, Mazda CX-3 e Mitsubishi L200.

De todos acima, os dois primeiros conseguiram as melhores pontuações, tendo os demais também obtido bons resultados. Todos ganharam cinco estrelas, exceto os dois últimos da lista, que ficaram com quatro estrelas. O NCAP verificou que os resultados de Galaxy e S-MAX eram similares e por isso divulgou somente um vídeo. Confira abaixo os vídeos dos carros testados pelo Euro NCAP e divulgados em setembro:

Volvo XC90 2015

Audi Q7 2015

Volkswagen Touran 2015

Ford Galaxy e S-MAX 2015

Renault Kadjar 2015

Toyota Avensis 2015

Mazda CX-3 2015

Mitsubishi L200





  • Tosca16

    Mitsubishi raramente vejo sair com 5 estrelas nos testes, L200 era até esperado … Agora acho muita falta de bom senso não ter publicado os videos de ambos Galaxy e S-MAX, acho quê se gravaram ao menos disponibilizem todos videos .

    • Junoba

      Parece que Galaxy e S-Max são o mesmo carro.

      • Tosca16

        nem tanto assim, e mesmo se fosse só o fato de serem comercializados com nomes diferentes já é passível de testes, lembra não da Ford que cabine estendida parecia outro carro em comparação a cabine dupla ?

        • Khusller

          O teste foi feito, e tiveram a mesma ou praticamente a mesma pontuação, diferente da F-150 que tiverem pontuações totalmente opostas e por isso tiveram os 2 vídeos postados.

        • Khusller

          O teste foi feito, e tiveram a mesma ou praticamente a mesma pontuação, diferente da F-250 que tiverem pontuações totalmente opostas e por isso tiveram os 2 vídeos postados.

      • th!nk.t4nk

        Galaxy e S-Max são o mesmo carro, apenas deram uma esticada. A parte frontal e intermediária é exatamente a mesma. Não tem lógica dar diferença nos testes.

  • Vamos chorar o nível da segurança dos nossos carros nesse post e voltar para o post dos mais vendidos para falar que o up! é um fracasso e enaltecer o líder e vice-líder.

    • Tosca16

      infelizmente acredito eu que compactos não serão líder tão cedo no mercado; imagino quê se tivéssemos uma nova geração do velho Gol e esse tivesse obtido os mesmos resultados do UP se este não estaria lá com folga na liderança; primeiro por quê VW vende bem por sua tradição, tem pessoas que iriam comprar simplesmente por ser um “novo” Gol e se tivesse bons resultados até quem não é fã da marca teria que reconhecer isso, além de ser o tipo de veículo que a maioria do consumidor ainda procura…

      • Uma nova geração do Gol poderia voltar a liderar, com ou sem segurança. Eu acredito que isso seja irrelevante para grande maioria.

        • Tosca16

          Foi o quê eu disse, seria líder por ser somente uma nova geração do Gol mas para alguns não fãs da VW poderia ter esse argumento também da segurança… mas quem iria num Gol quase sempre iria por outros fatores, não quê se tivesse segurança fosse ruim pelo contrário mas poderia ser insignificante sim a porcentagem quê iria por tais motivos. Mas sempre é bom para o marketing bons resultados, quem sabe a nova geração do GOL vem um pouco acima em qualidade, não seria pedir muito …

          • Tosca, eu tenho uma crença pessoal, longe de ser uma verdade sobre o comportamento do mercado e aquilo que o brasileiro valoriza. E isso costuma mudar em uma velocidade grande também, dependendo da disponibilidade de novos modelos no mercado (O Tipo foi do céu ao inferno em seis meses, Gol e Fox se recuperaram do fracasso de vendas para serem muito bem vendidos, Corsa envelheceu os carros brasileiros em 10 anos). Para mim o mercado brasileiro segue as seguintes prioridades:

            1- Conceito de marca: Merecidamente ou não, algumas marcas tem uma imagem melhor que as outras. Tirando as premium, que as vezes pagam justamente pela imagem (Tem gente que evita carro dessas marcas justamente por medo da manutenção, mesmo que a manutenção seja similar a de carros premiums das marcas normais), acho que brasileiro segue a seguinte lógica:
            Hyundai-Toyota-Honda-Chevrolet-VW-Fiat-Ford-Renault-Citroen- Kia- O Everest – Peugeot – Fossas Marianas – Carros chineses. Não entro no mérito se é justo ou merecido. Acho que é assim que enxergam o mercado, com pequenas variações. Acho que a VW tem a imagem de carro melhor que Fiat, mas a Fiat tem imagem de carro mais barato e quase tão resistente, mesmo que isso não reflita na prática.

            2-Design: Tenho dúvida se é o primeiro ou segundo item. Mas como o Ágile vendeu bem, Étios vende, coloco em segundo lugar. E vale ressaltar que ao tratar de design, vale o gosto comum, não o SEU gosto. E nisso está a vantagem de um Ônix, bem classificado no primeiro item, sem comprometer o segundo.

            3-Gadgets: Acho um critério novo oriundo da mudança do mercado em geral, não só de carros. E vale mais um botão de mídia no canto do volante que um airbag no meio dele.

            Outros critérios, inclusive os técnicos, acreditam que sejam critério de desempate.. Alguém acredita que se o HB20 tivesse rebarba no acabamento, venderia menos? Acredita que o câmbio de Gol no Uno faria alguma diferença? E se a posição de dirigir desse fosse mais afundada, como no VW? Claro que tem gente que desiste do Fiat pelo câmbio, claro que tem gente que odiou o Fiesta pelo acabamento medíocre no começo de produção, claro que tem gente que escolhe Gol em detrimento do Palio pelo funcionamento do câmbio. Mas não acredito que esses sejam a maioria de consumidores.

            No mais tem mais um critério que eu ia esquecendo, mas que acaba valendo mais que todos os anteriores juntos. CONDIÇÕES DE FINANCIAMENTO. Hoje o mercado compra valor de parcela, não o carro em si. Fico vendo os analistas NAenses tentando explicar as mudanças na tabela de vendas como “finalmente o brasileiro está ficando mais exigente” ou “esse carro só vende bem pela marca”, mas a verdade é que mudanças na política de financiamento, valorização de usado na rede de concessionárias pode explicar mais as diferenças no ranking de vendas que mudanças reais de comportamento do consumidor.

            • RED883

              Pela primeira vez concordo com 100% do que alguém escreveu aqui no NA….kkkk

              • Já li muitas vezes aqui quando o Duster passava a Ecosport: “Finalmente o cliente começou a perceber o melhor custo-benefício do Renault, que é um SUV de verdade ao contrário do Ecosport (Como se ele não fosse derivado do Sandero como o Ford do Fiesta) e blá blá blá”. Mas depois de anos o cliente só tinha tomado conta disso aquele mês? No mês seguinte a Ford voltava para liderança. E aí? o cliente começou a perceber o melhor custo benefício do Eco? Mesma coisa toda vez que o Palio ganhava do Gol.. “O Fiat mostra uma política de preços mais adequada, é mais resistente”… Cara, depois de mais de 300 meses sendo o líder, pelo menos uns 150 com o Palio no mercado, o preço do Palio tinha se tornado melhor e ele tinha se tornado mais resistente? No mês seguinte Gol retomava a ponta e aí? Gol era mais resistente?

                • José Cardoso Ferrão Neto

                  Desculpe amigo !!!! Renault, que é um SUV de verdade –
                  Aonde DUSTER SUV de verdade ???
                  Ele é derivado do Sandero !! até as portas e o espaço interno é o mesmo, excetuando se o porta malas !
                  Eu diria que é um Sandero inflado !!! Ou Sandero ” Baiacu ”
                  Duster e Tucson (Essa é SUV de verdade), tem mais ou menos o mesmo tamanho de comprimento e largura, mas internamente o Tucsom tem muito mais espaço, e é em torno de 300Kg mais pesado !!
                  Porque será? Porque tem estrutura de SUV, e não de Hatch !!

                  • Exatamente! Concordo contigo e foi justamente o que escrevi. Leia novamente.

                  • Wilian

                    Tucson tem entre eixo de 2630 mm e a Duster tem 2673 mm. Sem entrar em outros méritos, a Duster tem mais espaço interno que a Tucson.

                    • José Cardoso Ferrão Neto

                      O espaço interno de um carro, envolve vários fatores,( variáveis) , converse com alguém que entenda do assunto, não um leigo,dou um conselho, vá na concessionária dessa duas marcas, com uma trena faça as medições internas, e verifique você mesmo !!! Te digo isso com todo o respeito que você e todos aqui merecem !!!
                      Não tenho carros dessas duas marcas, mas apesar do Tucson já ter cansado, ele é muito mais SUV, e robusto, espaçoso, tanto para os passageiros, como para bagagem do que a Duster !!

                    • Edson Fernandes

                      Mas isso fica obvio pelos diversos fatores.

                      O primeiro deles é sobre plataforma. Ainda que a plataforma utilizada no Tucson seja obsoleta (e insegura), não está tão longe do que é oferecido no Duster (que não recebe no Brasil os devidos reforços estruturais que existem na Europa) e isso faz diferença. Porém o Tucson é mais largo e comprido devido justamente ao uso da plataforma que ele possui.

                      E isso não é pouco: tem bitolas mais grossas (melhor estabilidade e conforto) o recuo do painel permite que o aproveitamento de espaço interno seja grande (ele não joga o painel para cima dos ocupantes ao contrario do Duster) e o carro já veio com caracteristicas de crossover sem vir de um compacto/medio.

                      Tudo isso faz a favor do Tucson um carro com uma rodagem superior e na versão automatica de ambos, faz o Tucson ter praticamente omesmo desempenho fruto de um motor que é moderno para a proposta.

                      Materiais de interior de ambos são bem parecidos com um diferencial no Tucson: O mesmo tem controle de velocidade e ar digital que só veio a ter controle de velocidad eno Duster agora.

            • Jorge

              Parabéns pela análise do mercado.

            • Wilian

              Concordo com muita coisa, só não acho que a Hyundai esteja na frente de Toyota, Honda e GM no quesito confiança na marca. Axo até ainda que a VW está na frente nesta questão.

              • Então, meu ponto era mais de “percepção” de consumidor. Ainda ouço o termo “VW é VW”, falando de uma suposta confiança como se ela ainda fabricasse o Fusca, e como se o Sedã fosse motivo de confiança. Mas no geral acredito que o consumidor comum vê mais atributos nos coreanos que nos alemães.

                • jjmarcio2

                  Errado pensar assim,que coreanos tem mais atributos que os Alemães.

                  • Na verdade me referi ao coreano de Piracicaba e ao alemão de São Bernardo! Heheh… Como eu disse, não é o que penso mas como enxergo a percepção do consumidor sobre Hyundai e VW no Brasil.

            • Edson Fernandes

              Alessandro,
              Como vc é um cara que tem bons comentários, vou apenas corrigir uma coisa que eu vejo o pessoal falar aqui: DESIGN.

              O Design foram as formas desenhadas pelo designer. O carro já produzido, se diz “desenho”. Sei que é comum o pessoal citar design como o desenho do carro mas é errado. Não estou aqui para ser pasquale, mas acho que seria interessante falar a respeito.

              Agora falando da sua lista, eu colocaria hoje os gadgets como prioridade numero 1. Pode reparar que todo carro que tenha central multimidia “é uma nave”.

              Falo disso, pois no meu circulo de amizades, esse item passou a ser mais importante do que o proprio produto.

              O negocio é que importa ter uma telinha LCD (muitas vezes resistivas) sem ter grandes funções. Eu já disse… tem até centrais que carecem mais do que um “som comum” que possuia bluetooth streaming e sistemas de conectividade… o cara não quer um display simples, quer uma tela LCD para enxergar tudo colorido e grande (e muitas vezes sem funções que prejudicam o uso com o carro em movimento).

              Até hoje, não consigo ouvir alguem falar sobre segurança. Nos médios, quando veio Cruze e Fluence antes de chegar a leva atual, NINGUEM do meu convivio saberia dizer sobre esses carros e seus parametros de segurança. O ESP só passou a ser importante a partir do momento em que o consumidor que gosta de uma marca que os possua, defende essa até o fim. Não que as pessoas não queiram o ESP, mas no meu convivio, isso é algo alienigena, estranho, zoeira minha.

              Por fim, fica muitas vezes aquela situação de: “Honda é o melhor, Toyota é Toyota” mas ninguém observa os concorrentes e muitas vezes (aí é culpa da fabricante) o cara considera que determinado veiculo é inferior ou disputa com carros inferiores.

              • Valeu a correção, Edson.
                Na verdade, a questão da telinha é algo que ultrapassou o mercado de automóvel. Sinal dos tempos. Isso hoje é critério para escolha de geladeira (!??!!!). Vou lançar um site “Notícias Congelativas”

        • Bruno Wendel Marcolino

          imagina aquela central nova no Gol em todas versões?

          Os HUEHUE piram!!! kkkk Liderança folgada do Gol hehe

    • zekinha71

      Ontem começou a nova temporada do Oficina Motor, e eles testaram na Alemanha o VL1, Golf GTE e o E up!.
      O interior do E up! é muito lindo, até um dos apresentadores ficou admirado com o interior, falando que é muito diferente do que ele usa aqui no Brasil.
      Se colocassem aquele interior aqui, a coisa ia mudar de figura.

      • Matheus Lelis

        e cambio automatico o E-up!, assisti agora, muito bom

    • Gustavo73

      Bem isso Alessandro. Queremos carros segiruros, queremos carros iguais aos oferecidos no primeiro mundo. Mas vai depender de quem oferece, dependendo da marca pode ser bom ou ruim.

  • Philomeno

    2 observações:

    1) as picapes não são muito amigáveis em acidentes… então quem paga 170k em hilux pensando em segurança tá por fora… (tá, vamos ser sinceros, phodas pra segurança, o que interessa é a presença, e é por isso que pagam)

    2) todos os testes são feitos com carros equipados com, no mínimo, 6 airbags e ESC, isto é: não valem absolutamente nada no mercado brasileiro, pois aqui são raros os carros com essa configuração abaixo dos 100k reais!

    Acorda Brasil, esquece o farol de neblina, telinha colorida, rodas 17″, motorzão, câmbio automático… Tá na hora de aprender a pensar, a viver direito

    • Henrique Flávio Castro

      A Ranger (atual geração) recebeu as 5 estrelas do Euro NCap.

      • Philomeno

        de fato a ranger ltd é a única com 6ab

    • Junoba

      Mas o farol de neblina é um item de segurança…

      • Matheus Lelis

        E porque não podemos ter tudo isso juntos? Se os outros países podem ter, nós também podemos.

        Mas é uma pena, que a maioria dos brasileiros não querem

        • Philomeno

          em outros países os carros de entrada têm calotas

          aqui se não tiver aro 16″ ou 17″ não vende, nem que tenha airbag até pro tanque de gasolina

          isso tá mais do que provado com exemplos históricos

          só se pensa na imagem, no que o carro representa para os outros

          • ViniciusVS

            Infelizmente é isso mesmo Bill.

      • Philomeno

        Perfeitamente dispensável

    • Fabio Marquez

      Caminhão também não deve se sair muito bem em teste de impacto, mas vai lá desafiá-lo na estrada para ver quem sair perdendo. Caminhonete pode ter estabilidade ruim, péssima no pesado transito urbano, mas bate um compacto cinco estrelas contra uma pick-up 3 estrelas para ver quem sobra para contar história.

      • Philomeno

        Numa batida frontal eu concordo que ela leva vantagem em relação a um carro pequeno
        Mas a picape X caminhão ou caindo no mato, sei lá, vai ser problema, pois há poucos itens passivos de segurança
        E essas picapes sobre chassi são menos eficientes em relação a absorção de impactos

      • Khusller

        Depende, já viu o Crash Test do Novo FH ?

      • tech76

        Única situação que tal caminhonete teria vantagem é em um impacto frontal contra um carro mais leve e mais baixo, já em todas as outras situações o compacto 5 estrelas (ex: Golf, 7AB, estrutura moderna) teria imensa vantagem sobre uma caminhonete 3 estrelas (ex: Hilux, 2AB, estrutura péssima e antiga): capotamento, batida contra poste, desvio de obstáculo, impacto lateral , entre outras, resumindo, a única situação mesmo seria o impacto frontal contra veículo mais leve e mais baixo.
        No Brasil a caminhonete que salva é a Ford Ranger, nas versões LIMITED, a única com 6AB e 5 estrelas, aliado a boa altura do solo e peso elevado deve ser um dos carros mais seguros do Brasil.

  • zekinha71

    Na L200 o efeito chicote quase faz o passageiro de trás bater a cabeça no teto.
    E os testes estão tão bons que agora os limpadores e faróis acendem por causa do impacto, teve um que deu pra ver o volante batendo nas hastes de acionamento.

  • Matheus Lelis

    Se tem um carro que eu queria estar no caso de um acidente é um Volvo, gosto muito das estruturas dos carros deles

  • Bittencourt

    Caramba, da Galaxy para cima, todos parecem ter o habitáculo feito de chumbo!
    Parabéns às montadoras!
    Ps1: A L200 quase dobrou no meio, rs! (Eu sei que é por causa da separação da caçamba, antes que comecem a criticar)
    Ps2: Que sonho essa Avensis!

    • Junoba

      A parte do vídeo que foi cortado no impacto lateral, parece que a picape tombou.

      • Bittencourt

        Sério?
        Se conseguir o vídeo, manda aqui pra gente!

        • Junoba

          Veja o vídeo de teste da L200 logo acima, na hora do impacto lateral, a picape fica ´´tombada em 2 duas rodas“, ´´empezinha“.

      • Jackson

        Tive a mesma impressão que ela saiu picando com duas rodas e também acho que tombou. Se não tombou foi por pouco.

  • dallebu

    A coluna A do Toyota Avensis deu uma deformada inesperada hem, vale um reforço nessa estrutura hem Toyota… Mesma coisa o Renault Cadjar, mesmo que em menor intensidade, achei a estrutura meio fraca… Ou outros 5 estrelas só aplausos…

    • Jackson

      Toyota e Renault também achei que sofreu bastante deformação na coluna A. Volvo, Audi, Ford nem o para-brisa quebrou.

  • Magnus Lincoln

    Volvo sendo Volvo sempre . . . .

    • Matheus Lelis

      É como eu falei em um post a um tempo atras, a gente conversando como alguem deixaria de comprar uma xc60 super segura pra comprar uma sw4 com 2 airbags, ai o pessoal veio me falar em css, pos venda, e não sei o que, ai eu falei, que todos preferem uma sw4, mas que quando capotar, a primeira coisa que vai pensar é que deveria ter comprado um volvo, comentei ali embaixo, se tem um carro que eu poderia escolher estar em caso de acidente, é um volvo

      • Magnus Lincoln

        Perfeita colocação . Quando eu morava no BR tive uns Volvo . primeiro que não quebra , segundo que hj em dia os carros da Volvo não desvalorizam mais que outros carros , apenas o de praxe , nego ainda tá preso em 1995 quando carro importado era ” MICO PRA RICO ” . Pós venda da CSS Vocal sempre foi perfeito . Outra colocação , vc falou em capotar . . .e se tratando de Hilux , isso é normal . . . kkkkkkkk . . . . já a Volvo . . . .

  • Bruno Wendel Marcolino

    o loko, esses carros tem airbags até no teto!!! hehe.

    Aqui de 9 resultados, apenas 1 vem com 5 estrelas(se vier), uns 2 com 4 estrelas e o restante de 3 para baixo.

    É a diferença do mercado exigente…aqui tendo central MM o carro é TOP.

    • Ah não, não era airbag de teto, era o forro do Focus descolando! heheh

      • Bruno Wendel Marcolino

        kkkkkk, quem dera o teto do Focus fosse assim hehe.

  • Agnaldo Gastaldi

    O único carro que vai vir pro Brasil também é a minoria que tem menos de 5 estrelas



Send this to friend