_Destaque Crossovers Lançamentos Preços Volvo

Exclusivo: Confira preços e detalhes das versões do Volvo XC60 2017

xc60-2017

Atualização: nossa fonte nos enviou preços atualizados, corrigimos abaixo (18/06).

O Volvo XC60 2017 chegará em breve aos concessionários da marca sueca com preços a partir de R$ 170.950. O crossover nórdico será oferecido na versão T5 com motor Drive-E 2.0 de 245 cv a 5.500 rpm com 35,5 kgfm entre 1.500 e 4.800 rpm. A novidade fica por conta da versão D5, que vem com o diesel 2.0 de cinco cilindros de 220 cv a 4.000 rpm e 44,7 kgfm entre 1.500 e 3.000 rpm.

A diferença entre as duas versões também se estende para a transmissão automática, que tem oito marchas com tração dianteira no T5 e seis velocidades na D5, que vem com tração integral. No Volvo XC60 2017, as versões disponíveis são Kinetic, Momentum, Inscription e R-Design.

O utilitário esportivo tem 15 opções de cores para as três primeiras versões e quatro exclusivas para a R-Design, além de quatro opções de configuração de tonalidade para Kinetic, nove para Momentum, quatro para Inscription e uma para a R-Design.

Confira abaixo os preços do Volvo XC60 T5 2017:

• XC60 T5 Kinetic – R$ 170.950
• XC60 T5 Momentum – R$ 196.950
• XC60 T5 Inscription – R$ 223.950
• XC60 T5 R-Design – R$ 216.950

Volvo XC60 Kinetic: De série com multimídia Sensus com DVD, sensor de pressão dos pneus, sistema de som com 8 alto-falantes, Bluetooth/USB/Aux, acabamento em couro, bando traseiro com assento infantil integrado, ar-condicionado dual zone com controle ambiental, múltiplos airbags, Isofix e City Safety, entre outros.

Também de série aparecem piloto automático, modo Eco, paddle shift, entrada/partida sem chave, faróis de xênon, faróis de neblina, sensor crepuscular, detalhes em alumínio, freio de estacionamento elétrico, controles de tração e estabilidade, retrovisores com basculamento elétrico e desembaçador (novidade), cobertura do porta-malas (novidade), rodas de liga leve aro 18 Ledda Silver, entre outros.

Volvo XC60 Momentum: Itens da Kinetic, mais navegador GPS (novidade da linha 2017), bancos dianteiros com ajuste elétrico e memórias (novidade), teto solar elétrico (novidade), sensor de chuva, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, retrovisores com rebatimento elétrico e desembaçador, divisória para carga, rodas de liga leve aro 18 Tucan, câmera de ré (novidade), ajuste lombar elétrico e instrumentação digital e configurável.

Volvo XC60 Inscription: Itens da Momentum exceto assento infantil, mas adicionando sistema de navegação GPS, bancos com aquecimento, rodas de liga leve aro 20 Avior e abertura e fechamento do porta-malas, além de frenagem automática de emergência, alertas de colisão e mudança de faixa, aviso de ponto cego e tráfego lateral, alerta de fadiga, leitor de placas de sinalização e controle de cruzeiro adaptativo, que passam a ser oferecidos também no R-Design.

Volvo XC60 R-Design: Itens da Inscription exceto bancos com aquecimento, mas adicionando bancos esportivos em couro R-Design, detalhes personalizados R-Design, assento infantil integrado, rodas de liga leve aro 20 Ixion IV, Chassi Sport, kit aerodinâmico R-Design, entre outros.





  • Ailton Junior

    esse ou a SW4?

    • Maçaranduba o Porradeiro.

      Eu iria de LR Discovery.

    • Bruno Silva

      Esse carrega 7? Fora que esse carro tem manutenção muito mais cara. Eu? Levaria o Volvo com certeza, mas quem quiser levar a SW4 que leve.

      • André

        Não há dúvida que o XC60 é um projeto muito bem resolvido, tanto é que já vai para seu nono ano de vida e continua fit. Agora, tanto os Discovery, Disco Sport como o SW4 podem carregar 7.

        • AugustoSeide

          Pois é, vai da necessidade de cada um.

          A nova geração do XC60 já foi flagrada em testes na Europa, estava com aqueles plásticos que fazem parecer um blindado de guerra kkkkk

    • Guilherme Eduardo

      Depende. Eu não teria coragem de enfiar o XC60 na lama, mas para cidade acho melhor que a SW4

      • Pacheco

        O XC60 nem aguenta um off-road. O Land Rover já aguenta.
        Acredito que esse Volvo nem é concorrente da Hillux. Concorrente do Land, mas ai vai do uso.

        Para quem anda mais com familia, usa no dia-a-dia e viagens, o Volvo pode ser mais seguro e confortavel.

        • AugustoSeide

          O meu, vários vídeos de testes do XC60 no off-road, sempre bem elogiado.
          A diferença é que a Volvo não investe em marketing nessa área.

          • what_the_hell??

            O R-Design é mais barato que o Inscription??? Perdendo apenas os bancos aquecidos e ganhando vários itens (mesmo estéticos) ???

          • Pacheco

            Duvido que ele vá melhor que um Land Rover.

    • igomd

      É uma duvida que aqui onde estou em Curitiba não existe. Até mesmo LR ou SW4…

      Mas quando se coloca preço de seguro, se o sujeito mora no interior do Tocantins onde a LR e Volvo mais perto é Goiânia e Brasília. Interiorzão de SP, relativamente longe dos grandes centros e não quer ficar viajando para fazer manutenção. É nesses lugares que a SW4 conquista o consumidor. Triste, mas verdade.

  • Ricardo

    Carro de 155K sem sensor de estacionamento e rebatimento elétrico de retrovisores…

    • Alessandro Rodrigues

      Estranhei a falta dos sensores, logo em um Volvo…

      • Pacheco

        Sim, estranho isso.

        • Rafael Oliveira

          cara não é porque não tem sensor de estacionamento que não tem freagem de emergência abaixo de 30km/h, são coisas distintas!!!

          • Pacheco

            Mas não falava da frenagem de emergência, mas sim do sensor. Estacionar um carro desse sem sensor é chato.

      • rspfreire

        Algum equívoco na descrição, sensor de ré já é de série desde a versão de entrada, a Kinetic.

        • Alessandro Rodrigues

          Pois é, não soava como a marca sueca que conhecemos, rsrsrs. Mas unicamente os sensores traseiros, aliás. Por 155k, ainda é um item que deveria ser de série, ainda mais num Volvo…

      • AugustoSeide

        Essas versões de entrada, em todas as marcas premium, servem só de atrativo, para trazer o cliente para a loja, as marcas (seja Volvo, BMW, Audi..pode pesquisar, todas as versões de entrada das premiums são peladas em relação ao valor pedido) não tem interesse em vendê-las.

        Na loja, o vendedor reverte a venda para a próxima versão, mais completa e rentável para a loja. Questão de marketing.

        • Alessandro Rodrigues

          De fato. A 320i de entrada beira ao escárnio. Só não acho incomum pois nos EUA tem modelos ainda mais pelados. Porém com um preço absurdamente menor.

          • GPE

            Diz aí o que falta na 320i de entrada. Pq dela pra 320i top, a diferença é o tamanho maior da tela do multimidia, inclusão de gps e tela do painel um pouco maior.

            • Alessandro Rodrigues

              Começa por aí! Ficou 22 mil reais mais cara (mesmo fabricada aqui) e conta com uma tela terrivelmente feia com plástico invadindo a frente da multimídia, na versão de entrada e que por 164 mil ainda não dispõe de GPS. Além disso, falta o teto e até mesmo na SportGP a BMW separa em ”GPS normal” para ”GPS profissional” na 328i. Ah, não esquecendo: você não tem o serviço de concierge que um Cruze com OnStar oferece por 70 mil a menos.
              O sistema de som não é Harman Kardon nem como opcional (nem preciso dizer que nos EUA é possível colocar).

              • GPE

                O GPS opcional é uma política das alemães e de outras montadoras.

                Som de marca top só é oferecido na linha superior, seja da MB(classe E), Audi (a6), BMW(serie 5). A 340i até tem (creio q a C450 tb deva ter),mas nao entra aqui como comparação.

                O volante é igual p toda linha 320i a partir de 2015. Nas funções do PC de bordo o que muda é que nao tem o gráfico de potência. O resto é igual.

                Mt interessante saber q nao ter a incrível tecla Sport+ deixa o carro ” pelado”…

                De tudo q tu citou, a única coisa q faz falta e realmente deveria ter qnd comparado com os rivais é câmera de ré.

                Ademais, o carro tem q ter alguma coisa a menos em uma versão p justificar existir a outra, como o teto solar! Ou tu queria q a C180 tivesse todos os equipamentos da C200/250? O preço de todo mundo subiu, seja do A4, da linha C, de Fusion, Volvo, etc… Infelizmente o mercado ta assim. Sedan médio agora é de 80 p cima. 2 anos atrás 85mil era o preço das versões tops. Agora assa de 100mil. E o preço praticado de 320i de entrada é na faixa de 150mil. Hj anunciou na TV por 145 e taxa zero.

                Agora o serviço de concierge mudaria minha vida. Realmente é algo de uma utilidade absurda…

  • Augusto

    Queria saber o preço da versão Diesel

    • Joe

      Provavelmente na casa dos 220… Uma outlander diesel custa 196… Mais barato que isso não seria, e também mais caro do que isso afugenta o comprador, que acaba indo pra Discovery diesel

    • Pacheco

      Mas esse carro pode ter versão a Diesel? Tem 4×4 reduzido?

      • Marcos Vinicius Bittencourt

        “A novidade fica por conta da versão D5, que vem com o diesel 2.0 de cinco cilindros de 220 cv a 4.000 rpm e 44,7 kgfm entre 1.500 e 3.000 rpm. A diferença entre as duas versões também se estende para a transmissão automática, que tem oito marchas com tração dianteira no T5 e seis velocidades na D5, que vem com tração integral.”

        • Pacheco

          Não achei onde está escrito que vem com reduzida. Estão aceitando carros com 8 marchas como reduzido?

          Se for assim, só colocar o cambio do Renegade no Uno e pronto.

          • GPE

            A ML da Mercedes é diesel por causa da primeira marcha reduzida. E isso já tem uns anos

            • Pacheco

              Errado. Não deveria, pq senão a Fiat coloca o cambio automatico de 9 marchas da Toro no Mobi e vende na versão a Diesel.

              • GPE

                Mas é sim. Nao sei se tem algum outro fator, mas o caso da ML foi esse. Pesquisa no google algo como Mercedes ML diesel e quatro rodas. A edição da revista explicou isso qnd da época do lançamento

                • Pacheco

                  Sim, eu vi sobre esse carro. Mas é sacanagem. Por que a Chevrolet precisa colocar Reduzida na Trailblazer a Mercedes pode alegar que a primeira dela é reduzida?

                  Se for assim, qualquer primeira marca pode ser reduzida, até mesmo de um carro 1.0.

                  O certo é ter a caixa reduzida adicional. Acho safadeza isso dai.
                  Como falei, a Fiat pode disponibilizar o AT9 a toda linha e homologar de Mobi, Strada e Linea com motor Diesel.

          • Marcos Vinicius Bittencourt

            Meu carro tem 6 marchas e só usa a primeira de vez em quando. Um cambio com 8 marchas vai ver a primeira só a hora que para na sinaleira. Provavelmente é uma caixa reduzida.

            • Pacheco

              Então precisa aceitar que qualquer carro com cambio de 9 marchas pode ter motor a diesel. Acho errado isso.

    • Junior_Gyn

      R$ 199 preço promocional. Depois começa em R$ 217.000

  • truco

    kinetic para momentum eh uma diferenca de preco que nao se justifica nos itens, nao tem logica, 24k por alguns sensores e ajustes elétricos.
    MAS, enfim o que tem logica nesse mercado?

    • Joe

      A kinetic, capada, provavelmente faz parte daquela lista de “produtos para mercados emergentes”

  • Lucas086

    Falta um sensor ou câmera de ré… agora eu penso, uma Crv por esse valor, uma Sportage quase isso, até que essa Volvo não está tão cara. E acho linda a R-desing com as rodas 20.

    • Rafael Oliveira

      Compare os motores!!!

  • Joe

    Como sempre alguém compara com a SW4, que é um dos carros que mais causa inveja por aí… E aí algum coxinha, digo, ser menos provido de informação vai dizer que a Toyota se aproveita do brasileiro e coisa e tal…
    Australia, Fortuner diesel top de linha (= SW4 SRX) $ 62 mil, 67 mil com impostos
    Australia, Volvo XC60 Kinetic de entrada (mas já completa como a Inscription acima) 2.0 turbo gasolina $ 55 mil, sem impostos
    Australia, Volvo XC60 top de linha diesel, sem impostos $ 61 mil
    Ou seja, não são concorrentes, são carros para públicos diferentes, embora o preço seja parecido aqui e em qualquer outro lugar do mundo. Mesma coisa para a Discovery Sport, em todo lugar onde vende a SW4/Fortuner o preço é parecido.

    • Lucas086

      O que tem haver ser coxinha com comparar com Sw4? Quer dizer que só os esquerdas são providos de informação? Kkkkkkkkkkkkkkk

      • Joe

        Por que polarizar tudo?
        O mundo não é uma grande briga entre coxinhas vs. esquerdistas.
        Existe gente que pensa, gente honesta também.
        Esses dois grupos são maus caracteres disputando cargos públicos e cabides empregos. O grande problema é que a atual massa de manobra são os primeiros.

  • Eduardo Forneck

    Poxa a versão a gasolina podia ter opção de tração integral

    • MG

      Antes a R Design era, acho que por isso ficou mais barato.

  • Cassio

    Não sei se compraria um, mas gosto bastante do XC60.

  • Lucas Furtado

    O cara paga 155k na Kinetic mas não leva sensor de chuva, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro e retrovisores com rebatimento elétrico, que meu usadão que paguei 50k tem.

    • Zoran Borut

      Agora pensa num usadão de 155k.

  • igomd

    Concordo com os amigos, muito pouco “recheio” nessa versão de entrada. Rebatimento de vidro, GPS, teto panorâmico, coisas que o sujeito que tá vindo de um Fusion, versões mais caras dos carros de categoria abaixo tem e vai perder.

    • Alessandro Rodrigues

      Fusion não tem teto panorâmico e nem são da mesma categoria, para serem ”abaixo”. XC60 compete com Sportage, CRV, Discovery Sport…

      • Rafael Oliveira

        A função é GPS, ele reconhece o GPS do celular e tem modem 3G, que usa a rede celular para localização.

        • Alessandro Rodrigues

          Quê?

          • Rafael Oliveira

            Isso na versão de entrada… Conectado o celular ao carro o sistema de navegação usa do celular. Ou se usar modem 3G do carro, ele usa a rede celular para localização no sistema de navegação

            • Alessandro Rodrigues

              Cara, tu tem de responder ao igomd, não a mim. Foi ele quem falou do sistema de navegação. Clique em ”Reply” abaixo do nome delem não no meu!

      • igomd

        Foi uma colocação infeliz o Fusion, mas considerei uma situação real, um cliente comum que quer trocar um sedan médio/grande por um SUV.

        O consumidor não é uma ovelha presa a um estilo de carro, apenas SUV, apenas sedans. E de fato o Fusion não tem o teto panorâmico, mas ainda sim tem muitos outros mimos tecnológicos.

        O consumidor que quer trocar o seu Fusion Titanium por um A3, O EDGE Limited, ou até mesmo um Renagede,seja o que for por um Q3, XC60 atual…

        O fato é cada dia paga-se mais por menos.

        Eu iria no Volvo do mesmo jeito.

        • Alessandro Rodrigues

          Sim, mas analisando as opções, não há carro abaixo dos 200k com tanta tecnologia embarcada quanto o Fusion. Quem for trocar vai saber que alguma coisa irá perder.
          Mas concordo contigo sobre pagar mais e ter menos. A gourmetização chegou aos carros, aparentemente.
          2017 espera-se o lançamento da nova geração da XC60, veremos preços interessantíssimos dessa geração antiga afim de desovar o estoque para a geração por vir. Minha escolha seria volvo também, aliás.

  • Junior_Gyn

    Duvida cruel: Compro uma 320i de 186 Hp por uns R$ 150.000 ou um T5 de 245 Hp por R$ 155.000 ???? Vou pensar mais, mas acho que vou pegar um GTI Premium por R$ 140.000. Afinal, é um GTI né, topo da cadeia alimentar segundo um blog ai

    • Roberto

      Eu tenho experiência com os 2.
      O volvo você compra por 155, vende por 80.
      Já a BMW você vende facilmente e muito mais rápido.
      Já tive 2 320i, uma 2013 outra 2015. Aqui em casa temos um XC 60 2010, desistimos de vender o XC, vai andar até não aguentar mais. Carro é muito bom, mas já apresentou diversos problemas.

      • Pacheco

        A Volvo tem esse problema da desvalorização.
        Pode ver, acha XC90 V8 por menos de 50 mil.

        • Roberto

          Sim, tenho amigo com revenda de carros ele passou 9 meses pra vender uma XC 60 vermelha com pouquíssima quilometragem. O preço não estava ruim.

          • PEDAORM

            Se o carro já é difícil de vender, vermelho então é dose…

          • Pacheco

            E a XC60 vende bem e tem uma aceitação ótima. Imagina um XC70, uma XC90, uma V50 Turbo. Modelos mais especificos.

      • Junior_Gyn

        Imaginei. É casamento. Parece ter melhor custo X benefício mas na hora de revender que vem a faca. Bom é comprar de segunda mão então, aliás nem sei se é tão bom assim.

        • Roberto

          Se você tiver uma oficina que trabalhe bem e que não cobre os olhos da cara, o XC 60 é um bom carro pra comprar usado. A desvalorização é enorme, o problema é depender da Volvo.

          • rspfreire

            Amigo as XC60 que tem alta desvalorização são as antigas até 2011, e veja que na época elas custavam bem menos do que custa hoje. Quem comprou um XC60 T5 de entrada em 2012 pagou 120 mil e vende hoje por 70 mil, algo normal. Essas de hoje tem motor 245 HP com 08 marchas, certamente terão boa revenda. Não há custo beneficio melhor que o XC60 no mercado, pode comparar. Se quiser uma Evoque vai pagar pelo menos 50 mil a mais, por exemplo.

  • Gustavo_1992

    CADE A XC60 T6 com aquele motor monstro de 306cv ??????? PELO AMOR, eles não podem tirar ela de linha!!

    • rspfreire

      Motor V6 não vem mais, somente o 2.0 que é mais econômico e tem duas potências: 245 HP ou 304 HP, anda mais e é mais econômica. Aquela velha 6 cilindros só sendo dono de posto pra suportar.

      • Gustavo_1992

        Faz tempo que não vem mais a T6 3.0, todas T6 da linha 2015 já vinham com o motor 2.0 de 306 cavalos, isso eu já sabia. Quero saber se a T6 2.0 de 306cv vai continuar sendo vendida. A reportagem se refere somente à T5 de 245cv …

        • Alessandro Rodrigues

          Vai.

        • Rafael Del

          pelo preço da inscription é para ser T6, como é hoje esta versão…

  • Guilherme Soltys

    Segundo informado no texto, só as versões R-Design e Inscription possuem GPS. Pô Volvo, que malandragem… Mas não é só ela, vejo várias montadoras fazendo isso, oferecendo central multimídia nas versões iniciais, mas sem o GPS, que aparece somente nas versões mais caras.

    • Mr Andrey

      Tipo a audi que cobra 9 mil só pelo gps

  • Marcelo

    Essa XC60 é uma aula de envelhecimento. Esta no mercado a 10 anos so passando por facelift e continua linda e moderna exatamente quando foi lançada…

    • PEDAORM

      Aula de envelhecimento também foi a XC90 de geração anterior, mais de 12 anos de mercado.

      • Marcelo

        Sim, é fato, mas no final da vida a XC90 já era meio feiona, antiquada. Essa XC60 com 10 anos de mercado ainda é um carro bonito e moderno, não deixando nada a dever, em matéria de design, pra nenhum concorrente.

        • PEDAORM

          Não acho feiona nem hoje, mas de fato estava antiquada, XC60 se mantém visualmente moderno.

    • AugustoSeide

      Siim.. ainda chama atenção na rua esse SUV.

      A nova XC60 já foi flagrada em teste na Suécia, cheia de plásticos que fazem parecer um blindado de guerra kkkkk

  • Edson Fernandes

    Sem maldade Eber, mas é MUITO estranho a noticia se chamar “Exclusivo: Confira preços e detalhes das versões do “carro XXX”….” e quando se lê os itens de série não cita literalmente todos.

    Aquele “entre outros” pode dar uma falsa impressão de ser muito bem equipado e para alguns modelos é apenas um ou outro item deixado de citar. E também… se a materia é exclusiva para citar esses itens, não seria interessante coloca-los?

    • Muito estranho? Pra que citar que um carro de 200.000 tem vidros elétricos, por exemplo? Será que alguém teria dúvida se esse carro tem vidro elétrico ou não? O que não é relevante é colocado como “entre outros”, o que é relevante no segmento daquele modelo é citado. Mas vamos deixar de usar “entre outros”, já que isso tá incomodando.

    • Wilibaldo

      Quando tiverem as informações da versão D5, como preço e algum item exclusivo é interessante atualizar o texto. Fico só imaginando o preço do seguro para a versão Diesel.

  • AugustoSeide

    XC60 eternamente lindo.

    Uma dúvida, qual o valor da Versão D5?

  • Marcelo Ceno Dutra

    Esses preços são diesel ?

    • Rafael Del

      não, gasolina.
      Diesel ainda indefinido.

  • Fabiano/MG

    Que absurdo ! Esse carro estava a 140 mil zero. Subiu para 170 !!!! Esse País não tem jeito não. Sem contar que ja esta com o desenho bem defasado, principalmente o interior. Deveriam abaixar e quase dobram o valor.

  • GPE

    Percebi q vc adora se apegar a detalhes p dizer que um carro é “pelado”. Vamos lá comparar as versões de entrada. O A4 nao tem GPS de série e o virtual cockpit é só a partir da segunda versão. Não tem led nas lanternas (e me parece q a iluminação interna tb é com lâmpadas comuns), nem camera de ré e o ar é de 1 zona.

    C180 tem de série o GPS. Mas e o motor, o que falar? O C180 tb não tem ajuste elétrico total nos bancos e sei q na versão 2015 nao tinha sensor de ré e nem câmera (nao sei se colocaram na 2016. Som de marca top só é oferecido no Brasil na linha acima. E isso com as 3 marcas. Sempre foi assim. Nao adianta dizer q no exterior é diferente. Estamos falando de Brasil e comparando c os concorrentes. Somente agora no a4 foi q colocaram som da bang como opcional na versão de 252cv, que nao é a de entrada, obviamente. Criticasse um monte de coisa q os concorrentes, com projetos mais modernos, não tem! E agora, c180 e A4 sao pelados tb?

    E como deixei bem claro, o preço praticado da 320i é de 150mil e está sendo vendido por 145mil na ação de vendas q está anunciada na TV essa semana. Logo, o preço é mais baixo que os concorrentes, logicamente por ser o mais antigo do mercado, mas nunca por ser inferior. Tu criticou q o Cruise control é do tipo “comum” na 320i de entrada (pq o da top freia o carro), mas qual dos concorrentes tem isso? Faço a mesma pergunta em relação ao teto solar. Qual dos concorrentes tem teto na versão de entrada.
    Tu acha a tela do multimidia feia, mas e a da Classe C? Bonita, né? Parece um tablet chinês q foi enfiado de última hora ali. Mais uma vez se mostra sem sentido o que tu falou.

    A escolha de um deles vai do perfil do comprador. Dos 3 alemães de entrada, a 320i é o que mais anda e que tem melhor dinâmica (e consumo idêntico ao C180, mesmo andando muito mais) e perde em equipamentos p C180 apenas por nao ter farol full led e GPS (mas tem os 2 bancos dianteiros eletricos e com 2 memórias p motoristas). O C180 é o dono do melhor acabamento e requinte. O A4 tem bom motor, é econômico, mas é caro pelo q oferece na versão de entrada (esse sim tem poucos equipamentos e custa realmente caro) e nao tem tração traseira. Por outro lado, tem o apelo da novidade. Pelo jeito, não parece q eu sou fanático peloa marca, mas sim, q tu tem algum problema mal resolvido com a BMW…



Send this to friend