Home Etc A experiência de viajar pela Rodovia Transamazônica em uma F-4000 com 36...

viagem rodovia transamazonica 3 700x394 A experiência de viajar pela Rodovia Transamazônica em uma F 4000 com 36 pessoas a bordo




Olá pessoal, decidi compartilhar com vocês minha experiência na Transamazônica e em uma estrada que liga a cidade de Uruará à Comunidade Maribel, em um local chamado Travessão do Iriri, às margens do rio Iriri.
Eu e um grupo de amigos fomos pescar neste local, e a ida a partir de Altamira transcorreu sem maiores problemas.

De Altamira até Uruará são 200 km, uma pequena parte dos quais esta asfaltada. Uma parte desta estrada está em obras para asfaltamento, e isso nos causou problemas no retorno. Alugamos um micro-ônibus, que nos serviu já que não existiam alternativas melhores. De Uruará até o Travessão do Iriri são 95 km, em uma estrada estreita e que estava em condições razoáveis na ida. Gastamos cerca de 6 horas no micro-ônibus para percorrer esta distância, sendo que este tempo relativamente longo foi devido a alguns atolamentos de nosso caminhão, um VW 24-250 com um baú metálico de 9 metros!

viagem rodovia transamazonica 9 700x393 A experiência de viajar pela Rodovia Transamazônica em uma F 4000 com 36 pessoas a bordo

Na noite em que o Galo foi campeão da Libertadores, uma tempestade tropical desabou na região, destruindo parcialmente nosso acampamento. Nos dias anteriores já havia chovido um pouco, de modo que tivemos que levantar acampamento antes do previsto. Por sorte, uma Jardineira que faz diariamente o trajeto Uruará-Iriri estava nas imediações, e então a contratamos para nos transportar até Uruará.

Fizemos isso pois o micro-ônibus somente voltaria para nos buscar no dia seguinte. Pois bem, esta Jardineira é uma F4000, equipada com dois bancos de madeira e um segundo andar para cargas e também pessoas. Para as pessoas se segurarem existe uma barra de ferro acima das cabeças atravessando a carroceria em toda sua extensão. Éramos 16 pescadores, o filho do dono da Jardineira e outro homem na carroceria, e o motorista e uma garota de uns 13 anos que havia furado o pé em um grande prego na noite anterior e estava indo para Uruará para ser medicada.

viagem rodovia transamazonica 7 700x394 A experiência de viajar pela Rodovia Transamazônica em uma F 4000 com 36 pessoas a bordo

Esta Jardineira é o único meio de transporte de pessoas e pequenas cargas dos agricultores que vivem à beira desta estrada. Sendo assim, ela foi parando ao longo do percurso e recolhendo sacos de 50 Kg de cacau, farinha e arroz, e mais pessoas. Ao todo, viajaram 36 pessoas nesta F4000, além de vários sacos de mercadoria, e um tatu que uma moradora enviou de encomenda para a mãe que mora em Uruará.

Conforme vocês podem ver nos vídeos e fotos, a estrada ficou quase intransitável por causa das chuvas. Atolamos cerca de 8 vezes, sendo necessária a força de muitos homens para colocar a Jardineira de volta à estrada. Por fim o motorista colocou correntes nos pneus, o que melhorou um pouco a aderência. Saímos do acampamento por volta do meio dia, e às 7 da noite tivemos que descer no escuro pois segundo o motorista aquela parte da estrada era muito perigosa.

viagem rodovia transamazonica 81 700x393 A experiência de viajar pela Rodovia Transamazônica em uma F 4000 com 36 pessoas a bordo

Fomos então andando, 36 pessoas entre mulheres, crianças e os companheiros, até uma parte mais segura da estrada. Quase chegando no entroncamento desta estrada com a Transamazônica encontramos nosso micro-ônibus atolado e atravessado na estrada, impedindo a passagem de qualquer veículo. Novamente tivemos que empurrar para desatolar. Finalmente, depois de 10 horas de viagem, chegamos a Uruará, cansados, imundos, mas felizes por termos realizado esta aventura.

viagem rodovia transamazonica 11 700x393 A experiência de viajar pela Rodovia Transamazônica em uma F 4000 com 36 pessoas a bordo

Após uma noite maravilhosa em um hotel, pegamos o micro-ônibus para Altamira e novamente atolamos, assim como muito caminhões e carros. Pará nós foi uma grande aventura, mas para as pessoas que vivem lá esta situação é uma realidade constante. A Transamazônica certamente será asfaltada, mas a estrada que vai para o Iriri deverá permanecer como está por muitos anos. É ruim para os moradores, mas é uma garantia de preservação de uma região pouco devastada pelo homem.

Por Geraldo Magela


  • MecanicoDigital

    Triste realidade em muitos grotões desse Brasil.

  • O_Corsario

    Relato interessante, que aventura! De quebra trouxe um tema interessante para reflexão.
    É um dos maiores dilemas atuais esse, como fazer uma região progredir sem destruí-la?
    COm certeza uma estrada boa faz falta, vide a menina que furou o pé e só vai receber socorro muito depois.
    Mas ao mesmo tempo o "progresso" costuma trazer, na sua esteira, muita devastação.

    • CharlesAle

      Eu acredito que dá para fazer a preservação do meio ambiente sem abrir mão de estradas de qualidade,o que determina a preservação é fiscalização,e é isso que falta ai,para os desmatadores,essa situação de abandono que é o ideal,se essa estrada tivesse asfaltada,e com postos de fiscalização do Ibama,onde não passaria uma fiorino,que dirá um caminhão,com madeira retiradas irregularmente,a preservação estaria garantida…..

    • Pedro_Rocha

      A Transamazônica foi um erro de projeto, pois o ideal seria uma ferrovia ladeada por uma estrada. Os europeus não usam trens porque gostam, mas por causa das intempéries climáticas (neve)que inviabilizam o modal rodoviário durante parte do ano.

      A única solução para a BR-230 é a conversão em ferrovia e a instalação de linhas de trem de passageiros, carga e mistas.

      • Pedro_Rocha

        Como o site aqui é sobre carros, esse F4000 não era 4×4? Pergunto porque a Ford e a Iveco eram as únicas que ofereciam essa opção para caminhões leves e VUCs.

        A Iveco não vende mais o Daily 4×4 e li algures que a Ford ficou de trazer novamente essa opção para o mercado, mas atualmente só a Agrale oferece caminhão leve 4×4: o AM300. http://www.agrale.com.br/pt/utilitarios-civil/am3

    • _oliveira

      É por isso que a palavra da vez é sustentabilidade..
      Você pode ter progresso sem maiores problemas, desde que seja feito com sustentabilidade..

      • pablobmw

        O pneu da f4000 parecia bem gasto não ? Ele não lama devia ser um desastre.

  • juniok

    Essa estrada é um descaso, os caminhões que sofrem nesse rally
    "Na noite em que o Galo foi campeão da Libertadores" desnecessário, mas pensando bem, é um acontecimento histórico em 105 anos :)

  • Tosca16

    Falar verdade alguns trabalhadores da região Norte e Nordeste já praticam rally e trilha melhor que muito jipeiro pelo país … Chega ao ponto de ser ridículo algumas imagens mais que revoltante por que já se banalizou-se isso. Bom relato também, pegar meu Niva num lugar destes deve ser bacana.

  • heliobarbosa

    agora vou ter que trocar "só quando o curintia ganhar a libertadores" pra "só quando a transamazônica ficar pronta"

  • apzeiro2013

    TUDO ISTO PARA IR PESCAR?

    Ta aí um cara que realmente curte o hobby!

    • CharlesAle

      Pois é,prefiro ir de madruga na banca de peixe do Ceagesp,bem mais simples rsrsrs

      • Edson Roberto

        Ou ir no Riacho Grande pescar…rs

        • pablobmw

          Não só para pescar, mas para viver está aventura , eu ainda quero fazer uma desta para pescar e fazer trilhas de bike.

  • AF1979

    A Transamazônica certamente será asfaltada, mas a estrada que vai para o Iriri deverá permanecer como está por muitos anos. É ruim para os moradores, mas é uma garantia de preservação de uma região pouco devastada pelo homem.
    R: Um dos males que trava o Brasil é achar que estrada asfaltada está diretamente ligada a devastação. Já que pagamos tantos impostos, onde está a fiscalização ambiental correspondente a esse tanto que pagamos?

  • ZEKINHA71

    O vídeo da construção da Transamazônica hj é ridículo, imagina daqui 40 anos, ver os vídeos e discursos dos nossos atuais políticos como vai ser.
    Agora tem lugares que é tão precário os caminhos que deve ser melhor ter uma mula que um carro.

  • dudupruvinelli

    Pena que não se tem dinheiro para acabar essa estrada né? http://www.impostometro.com.br/

  • rrr

    Não concordo, sobre manter “abandonado” para evitar que seja devastada, as madeireiras ilegais vão desmatar tendo estrada ou não ( elas fazem as próprias trilhas).
    Mas é uma região muito rica do país, uma pena que receba tanto descaso de nossas autoridades.
    Essa história do caminhão lotado me lembrou na hora disso aqui: kkkkk

    <img src="http://blogs.diariodepernambuco.com.br/esportes/wp-content/uploads/2012/02/07/Caminh%C3%A3o_lotado_deserto.jpg"&gt;

  • https://www.facebook.com/PortugaCordeiro Magnus Cordeiro

    Este é o nosso governo de &%#@$% . . . . Dinheiro pra estádio tem . . . . .

  • paulistadalapa

    Esse país é uma vergonha, qualquer governo é triste e corrupto, seja PT ou PSDB e seus partidos aliados. Uma pena, nós não temos terremotos ou tsunamis, mas o que os governantes fazem com este país é pior que os dois juntos

  • https://www.facebook.com/andremaia.costa.1 André Maia Costa

    Eu particularmente gosto muito de assistir os videos do tempo desses presidentes Militares. Você sente que as obras eram feitas com extremo nacionalismo. Além do mais as coisas eram feitas a toque de caixa, sem desvios de verbas nem corrupção. Uma pena que naquela época o brasil não tinha tantos recursos como hoje em dia, esses governos poderiam ter feito muito mais.

    Reparem que desde os anos 80 as coisas pararam, o brasil parou de progredir e está até regredindo, principalmente na indústria.
    Claro que eu não vou dizer que queria a volta da ditadura, o que eu queria é que os governantes tivessem amor pelo brasil e resgatassem esse sentimento nos brasileiros. Penso até que o governo deveria ter a sua própria "Máquina" para não precisar fazer licitação até mesmo pra tapar um buraco na rua. S´p isso já adiantaria e muito as obras nesse brasilzão!

    • Pedro_Rocha

      A coisa desandou com Geisel, que jogou dinheiro fora criando estatais e comprando empresas falidas com dinheiro público, política essa seguida por Estados e Municípios.

      "Geisel entrou, gás subiu." (Chacrinha).

  • FernandoVW

    Er… eu acho que transportar o tal do tatu "de encomenda" é crime…

  • pablobmw

    O que aquela zafira faz ali ?

    • VININITEROI

      Com uma provável placa do RS

      • Castle_Bravo

        Isto também me chamou a atenção, rodou milhares de quilômetros pra chegar até lá!

  • feacomm

    É integrar para não entregar.

  • mauricar23

    Me explica, pq ao invés de construir uma rodovia, não construiram uma estrada de ferro? Acho que o impacto no meio ambiente seria bem menor…

    • Pedro_Rocha

      As rodovias permitem maior integração regional do que as ferrovias, que são modais caros e de abrangência física limitada.

      Entretanto, por conta das intempéries amazônicas, foi realmente um erro estratégico.

  • adrisev

    Por mim não deveriam asfaltar nem mesmo a transamazônica… Esse será o começo do fim da Selva… será invadida de homens ávidos por desmatar e poluir tudo o que encontrarem pela frente… INFELIZMENTE É ISSO….

  • fse

    Moro aqui no Pará e sei bem como é isso.TTenho um conhecido que tem uma F-4000 igualzinho ao do relato. Nunca fiz uma viagem com ele, mas ando pela mesma estrada e ja tive puxar ele de alguns atoleiros. Aqui no Pará a situação é complicada.