Mercado

Faltando seis dias para o fim de 2015, Onix mantém vantagem e Renegade aparece em quinto

renegade-longitude-limited-1

Faltam seis dias para o encerramento do ano de 2015. Na disputa pela liderança de vendas em 2015, Onix e Palio devem cruzar a linha de chegada bem próximos. Nas parciais de dezembro, o compacto da GM tem 12.109 vendidos contra 10.604 do Fiat, tendo assim uma diferença de 1.505 unidades.

Somados ao acumulado até novembro, a dupla tem entre si 2.896 emplacamentos de diferenças, a favor do Onix. A média diária do Chevrolet é de 484 carros, enquanto o Fiat tem 424. Se o ritmo for mantido nos próximos dias, o hatch da GM deve fechar com mais de 15 mil vendidos. O Palio deve encerrar em torno de 13.148 vendidos.

Nas parciais de dezembro, destaque também para o Renegade, que já aprece em quinto. Já o rival HR-V não fica muito longe, ocupando atualmente a oitava posição. O Corolla está em nono. Classic e Versa também chama atenção em 18º e 20º na tabela.

Nos comerciais leves, a Strada mantém sua vantagem de sempre, mas agora com a Hilux na vice-liderança. Saveiro e S10 ficam bem próximas (2.415 e 2.378, respectivamente), enquanto a Oroch aparece em quinto. O recém-lançado Vito já está em 19º lugar.

[Fonte: Fenabrave]





  • Arthur Lima

    Eu até tento, mas não consigo entender o hype em cima do Renegade.
    O carro é caríssimo, tem motor fraco e, na minha opinião, nem é bonito. Nunca seria uma opção para mim.

    • CanalhaRS

      Aspectos pitorescos de nossa cultura, amigo. Valorizamos status acima de necessidade ou qualidade.

      • Alexandre

        Mas não dá para negar que qualidade a renegade tem. O problema é o preço ou quem compra fora da proposta só por status.

        • vicegag

          Realmente, qualidade ele tem de sobra, mas quando chaga na motorização flex do modelo percebe se que ele está aquém do que deveria ser pelo preço que lhe é pedido.

          • Davi Millan

            Realmente o Renegade é excelente na versão Diesel (por mais cara que seja) e muito bonito (eu prefiro um suv com cara de jeep mesmo, não curto muito esses compactos bombados). Como foi dito, qualidade o carro tem, mas nas versões flex falta um motor condizente com o preço pedido, porque de resto ele está excelente.

            • Louis

              No “Acelerados”, Renegade Diesel tomou pau bonito do HR-V CVT na pista… Me surpreendeu.

              • Rodrigo Alves Buriti

                E no Off (proposta do veículo em si) já sabemos o resultado….

                • Louis

                  Sim, e também sabemos que 80 % dos compradores não utilizarão no offroad.

                  • Rodrigo Alves Buriti

                    A realidade é assim…..igual a Hilux de agroboy
                    Estavamos vendo um Renegade Diesel 4×4, justamente para colocar na terra mediana (não leve a nível crossfox nem pesado a nível troller-“chuck-norris”).
                    Infelizmente o Renegade não atendeu a um requesito básico – porta-malas que só tem 260Litros (igual a um FOX!!!!) o que, em uma viagem com 4 pessoas, já se torna complicado.

                    • FGS

                      Quem reclama do portamala do renegade não presta atenção no que o carro pode oferecer. Ele tem banco bipartiso de serie, onde Vc pode rebater 40% do encosto traseiro e ampliar o porta malas, ainda sobram 2 lugares ouvoce pode rebater 60% do outro lado e ainda sobra 1 lugar no banco de trás, tendo mais de 600L de bagagem no carro.

                    • Rodrigo Alves Buriti

                      Reclamo tanto e não presto atenção que você esqueceu:
                      1- do compartimento debaixo do banco do passageiro dianteiro hahahaha mais uns 15L
                      2- Que o trailhawk diesel tem proteção do diferencial traseiro que o longitude (diesel) não tem (sim, eu me enfiei debaixo do carro na concessionária para comparar os dois por baixo), fora os ganchos dos parachoques
                      3- Que o espaço do estepe é mal aproveitado (ali deve ter uns 30L em pequenos espaços vazios)
                      #chups ou quer mais detalhes?

                      Três malas médias/grandes não cabem ali, pronto, disse!
                      Em 2009 no megane (modelo 2008) que tínhamos com pouco mais de 500L de mala, viajamos 4 pessoas da PB>MG>RJ>SP>BA numa viagem só e a mala foi cheia até o talo! Ah, nem precisou rebater o banco hahahaha sem sacrificar espaço de passageiro pois no espaço do 5º ocupante deu para colocar uma geladeira pequena

                      Hoje o ideal (pro nosso uso) seria uma renegade diesel com 450L pelo menos, por isso estamos de olhos nas grandes (SW4, TBlazer e Dakar).

                    • Peter Bishop

                      Espera o 551

              • radiobrasil

                Onde acho o video?

                • Louis

                  Também não achei no youtube, acho que ainda não subiram… eu vi no último domingo no SBT, programa Acelerados com Rubens Barrichelo

                • kravmaga
              • rafael morozini

                Mas o diesel sempre andou menos que um motor a gasolina !

        • Fabio Marquez

          Eu tenho vontade de ter um só que usado. Vamos ver o desempenho da rede, disponibilidade de peças, seguro e se ele se mostra um carro resistente. Um 1.8 At já seria suficiente para meu uso, que já está chegando aos 30 e não faz mais tanta questão de desempenho.

          • GRANMA

            Fabio Marquez sabe das coisas!!!

          • duduEAS

            Vc é um cara sensato que sabe do que te atende. O problema é a geracao youtuber que não sabe como é o mundo real.

        • afonso200

          qualidade tem, mas o motor e preço nao justificam, fico com sedan V6

      • MMM

        Necessidade é apenas um dos motivos para compra de um carro. Quando eu era solteiro, gostava muito de peruas mesmo andando o tempo inteiro sozinho.

      • Matheus Cavalheiro

        Status? Discordo. E necessidade e qualidade: com 95 mil, qual SUV compro com ao menos 6 airbags, monitoramento de pressão dos pneus, monitoramento de ponto cego e xênon?
        Juro que não estou defendendo, apenas perguntando. Fora isso estou olhando uma XC60 usada, que custos para manter são outros e parte de 110 mil.

      • Henrique Farias

        Test drive me fez desistir do renegade. Lerdo. A impressão é de estar num carro 1.0

        • pedro rt

          o hr-v e o 2008 sao melhores q ele

          • Rafael Ribeiro

            No quesito motor até a eco e o duster são melhores.

        • Louis

          Rapaz, acabei de assistir o “Acelerados”, Renegade DIESEL tomou pau bonito do HR-V. Rubinho disse que só tem torque, não sobe o giro…

          • Gustavobrtt

            claro que não sobe o giro, é um motor diesel. abcs.

            • Louis

              Sim, mas não imaginei que seria tão ruim no desempenho na pista. Achava que o alto torque, associado ao cambio 9 velocidades faria toda diferença.

              • Jose Silva

                É claro que no acelerados o Renegade não vai ter bom desempenho, é um circuito pequeno cheio de curvas com um carro de quase 1.700kg vs outro de 1.200 kg, não existe milagre. Isso não vai fazer do HR-V ser melhor, pior ou mais rápido. Se pegar um comparativo de um aclive de 5km em linha reta o renegade a diesel faria o HR-V passar vergonha, fora que o consumo do Renegade seria uns 13 km/l e o hr-v nao faria mais que 7 km/l. São propostas muito diferentes, só no Brasil acham que HR-V é concorrente do Renegade. Renegade é um SUV, HR-V é um Croosover. Aqui no Brasil tentam empurrar o HR-V em uma categoria que ele não é, e tentam comparar ele com Renegade, chega ser ridículo isso. Ai você abre o site da própria HONDA no resto do mundo esta bem escrito – HR-V CROSSOVER, chega no Brasil parece que colocaram como um SUV ou a imprensa fez isso. Em qualquer lugar do mundo o Renegade é SUV.

                • Racelogic

                  Caramba 5km de subida em linha reta. Haja subida.

                  • Jose Silva

                    substitua por uma subida de serra kkkkkkk

          • radiobrasil

            No youtube não achei, é de qual canal mesmo?

        • kravmaga

          O pior é a inclinação na hora de fazer curvas. Dá para perceber que é um carro pesado para abusar em curvas numa pista.

        • Jose Silva

          Veja só como são as coisas, estava saindo de uma cidade de 200km da minha voltando de uma viagem no aeroporto. Voltando de boa a 110 km/h no piloto automático e um renegade flex longitude me ultrapassou forte, acredito que estava uns 140/150 km/h quando me ultrapassou, resolvi seguir ele para ver se realmente é isso que o povo fala de desempenho de carro 1.0. Pois bem, ele estava na velocidade de cruzeiro a 130km/h velocidade de gps, nas ultrapassagens o motorista dava uma pisada boa, deu para ver que tinha 4 adultos dentro do carro, vidros fechados, arzão ligado fui seguindo… Tem uma parte que é bem uma serrinha, umas subidas fortes com curvas um pouco fechadas, o cara subiu tranquilo a 130km/h e o carro não perdeu velocidade e entrava nas curvas sem pisar no freio tranquilo o carro bem estável sem balançar ou inclinação, achei seguro. Nas ultrapassagens foram tranquilos, andou como carro 1.6 a 1.8 até forte nas ultrapassagens, estava em um punto com mesmo motor etorq 1.8 e para acompanhar ele nas ultrapassagens eu tinha que reduzir e pisar tudo para acompanhar. Chegando na minha cidade eu entrei e ele seguiu na br andando bem sem passar qualquer sufoco ou aperto com falta de desempenho, desempenho alias achei até bom d+ por se tratar de um carro de 1.400 km + 4 adultos e ar ligado, se bem que motor etorq não faz qualquer diferença ar ligado ou desligado.

          Esse papo que é desempenho de 1.0 é balela, acredito que pelo pelo de 1400kg o carro seja um pouco pesado mesmo que é o normal e que sua arrancada saindo da inércia seja um pouco pesada, mas depois que passa de 60 km/h vai embora tranquilo. Mas fiquei pensando depois, se o 1.8 que o povo critica pelo menos na BR tá andando relativamente bem (não precisa mais do que isso), o diesel então deve ser bem bruto com cambio 9m. Muitas críticas em sites como esses mas quase nenhuma crítica dos proprietários nos fóruns que andei olhando esses dias.

      • Peter Bishop

        É marketing e consumismo. Tem no mundo todo.

    • Evandro

      Cara, eu já gosto do carro e do estilo dele, não acho tão caro assim, ainda mais se comparado aos concorrentes, estou pensando seriamente em comprar um como segundo carro, mas a versão de entrada….

      • Junoba

        Levando em consideração a renda média do brasileiro, o Renegade ( e os outros carros em geral ) acabam se torna um ´´investimento“ para o consumidor. Não é para qualquer um.

    • Alexandre

      Eu simpatizo com a proposta, mas concordo que a versão diesel é cara demais (e eu só compraria a diesel pq hoje tenho um carro turbo downsizing). É um carro para publico jovem (máximo com esposa) e que tem grana para gastar sem se preocupar.

      • Raimundo A.

        Não adianta dizer que o Renegade diesel é caro demais se você não tem nenhum concorrente direto dele, compactos, pois não vale o veículo de uma marca coreana que é médio, nas mesmas condições.
        Nosso diesel é caro graças a legislação que o obriga a usar tração nas quatros rodas e ter algum dispositivo que crie um redutor de marcha. Isso faz com que diesel 4×2 manual no Renegade aqui seja impedido, pois é o AT9 com a 1º de relação diferenciada que substitui em parte uma caixa redutora dedicada.
        Agora, se você que acha caro o Renegade diesel aqui e só é porque ele vem com elementos que os concorrentes não ofertam nas mesmas condições, então veja os preços cobrados dele na Europa onde os concorrentes dele usam motor a diesel nas configurações que não podemos ter sendo que o Renegade lá já vem com o pacote de segurança que é opcional aqui:
        Valores do Reino Unido
        Renegade Sport 1.6 Multijet 120HP MT6 4×2 18990 libras;
        Honda HR-V 1.6 i-DTEC diesel 120HP MT6 4×2 versão S 20.245 libras.

        A Longitude diesel 1.6 MT6 4×2 do Renegade custa 20.895 libras.

        Note que HR-V em condições parecidas com o Jeep não é nada baratinho. Aliás, chega a ser mais caro na versão de acesso diesel. Agora, com base no visto na Europa, se o Honda tivesse conjunto mecânico tal qual o Jeep, você acha que ele seria mais em conta? Tá difícil.
        Concordo que o Renegade Flex poderia ter um motor mais esperto, mas equivale em parte a quem compra um Duster com o motor 1.6 ciente que para o porte/peso do veículo é melhor o 2.0, mas nem todo mundo pode pagar pelo 2.0 e nem todo mundo exige um desempenho ímpar do veículo.
        Eu, por exemplo, não compraria um veículo da Mini por serem muito caros para o tamanho que tem ainda que a mecânica e o refinamento sejam superiores.

        • Alexandre

          Eu até nem tinha todas estas informações. Obrigado por compartilhar. Quando afirmei que era caro, minha comparação foi com o meu carro atual, que é um C4L THP. Ok. Totalmente diferente a proposta da Renegade. Dai meu raciocínio foi o seguinte. Gostei da proposta do carro. Faço um jeitinho, aqui e lá, viagem baixo o banco, bagageiro para compensar a falta de espaço. Ai começa: Quero, no mínimo, a mesma performance, pois sai de um carro 1.0 pro THP justamente por isto. Dai a Flex não rola, pq não anda tão bem (eu nem fiz test drive – só aqui pensando comigo e comentários da web). Bom, vou para diesel: quanto custa? 100 mil e nem perto dos opcionais q tenho no Lounge. Dai a conclusão: Para mim é caro. No final, o caro vai da análise e proposta de cada um, assim como o Flex para mim é manco, pode não ser para outros.
          Abraço!

          • Offspring

            Quem está levando o Renegade leva o diesel…

            • 4lex5andro

              é a unica versao do renegade de fato superior aos rivais, traçao integral, cambio at9, apesar de caro ..

              essa versao motor diesel é a unica do renegade que tem torque adequado ao porte do carro (versao que poderia existir para hrv e ecosport) ..

              • Jackson A

                AT9*

                • 4lex5andro

                  blz, editado ..

          • Raimundo A.

            Se você quer desempenho e equipamentos análogos ao seu veículo tem o 2008 THP, mas é menor. Se quer algo com espaço interno similar mantendo o motor THP, tem o 3008, mas é mais caro. Resta então torcer para que a Honda aqui oferte no futuro um HRV com o prometido 1.5T flex no lugar do 2.0 do Civic e a Jeep vir a ofertar no Renegado o especulado 2.0 Tigershark Flex com 165cv e AT9 que será a mecânica do futuro Jeep sucessor do Compass. Entregariam desempenho melhor sem ser tão caros como é o diesel no Jeep.

      • Offspring

        99 mil para um diesel é “apenas” 20 mil a menos do outro diesel jipe diesel mais barato, o Troller.

        • th!nk.t4nk

          20% é bastante coisa. E o Troller é totalmente rústico, até meio cômico em termos de acabamento e refinamento, sem contar a qualidade do rodar (onde o Renegade faz muito bonito!). São propostas bem distintas. Troller é só pra lama mesmo.

        • 4lex5andro

          renegade e t4 nao sao rivais, um é s.u.v. e o outro é exclusivamente off-road ..

        • pedro rt

          o troller custa mais de 112mil e nao tem abs nem airbag duplo

        • Pedro Rocha

          E com câmbio manual e sem air bags.

    • Junoba

      Fiquei surpreso com o desempenho. A FCA tinha deixado a Jeep bem ´´fraca“ por aqui, e de repente fazem sucesso com o Renegade.

      • Felipe

        Na verdade, a FCA mexeu pouquíssimo no portfólio já enxuto da Jeep no Brasil. Tirou o Liberty, lançou a nova Cherokee e com o Renegade, alcançou um patamar inimaginável pra marca anos atrás. Moroso mesmo, o grupo está com a Chrysler e com a Lancia, dizem inclusive que esta última vai deixar de existir…

        • Pedro Rocha

          Acho que o segundo impulso que a Jeep terá por aqui será quando lançarem o Wrangler Ecodiesel, que segundo rumores será lançado no próximo ano.
          Com motor diesel e câmbio AT8, se for o mesmo conjunto da RAM 1500, muita gente que hoje compra picape média diesel TOP de linha poderia migrar para o Wrangler, já que esses consumidores tem pouca necessidade da carroceria.

          • Gustavobrtt

            Olhando o Wrangler e a RAM1500, vejo o primeiro muito mais espartano que a pickup. Não tenho certeza se atrairia o público da pickup. Acho interessante a RAM, F150, etc pelo seu porte, impõe respeito no trânsito, porém ocupa muito espaço. Sobre dirigibilidade, conforto, desempenho, etc, não sei o que dizer pois nunca andei em nenhum dos dois,

    • SDS SP

      Acho o estilo muito bacana, mas o desempenho do powertrain na versão flex, segundo à imprensa automotiva deixa a desejar.

      • Jose Silva

        segundo a imprensa até ferrari é fraca. Lembro que um desses sites escreveu que uma ferrari a 1500 rpm parecia carro 1.0…

        • SDS SP

          Então pra que servem as avaliações da imprensa? Se não servisse para nada não haveria este espaço para discussão.
          Se o desempenho e consumo conseguem ser piores que o do meu Cruze LT AT, eu quero distância do Renegade Flex AT.

          Ah gostaria dessa da fonte desse desempenho da Ferrari, se lembrar e puder compartilhar…

          • Jose Silva

            Sabe para que serve ? Propaganda, mais nada ! Nada além disso ! Todo ser humano é diferente, cada um com seus conceitos, cada um com suas características, qualidades, escolhas e etc… O que pode ser muito ruim para um pode ser bom para outro. Um comentário de uma revista em cima de um carro passa a impressão para quem avalia, mas o avaliador gosta de x característica e o comprador gosta de y. Revistas, sites e etc de carros servem para mostrar o carro, o que ele tem , comercial e só. O resto se chama test drive, vai você testar e tirar suas conclusões !

            • SDS SP

              Entendi seu ponto, embora eu discorde dessa sua percepção. Mas de qualquer forma, eu prefiro os números da imprensa do que de um desconhecido que pode usar o fator emocional na avaliação.

              Test drive não dá para tirar todas as conclusões em matéria de desempenho e consumo. O ideal é alugar o carro por um determinado período. Mas tomando como base o meu já limitado Cruze (não é o mais adequado para comparar com o Renegade), a versão Flex não dá. Pode lhe atender e a muitos outros, mas no meu caso, não
              Estou aguardando o novo Civic para trocar o Cruze.

              Você pelo visto tem um Punto equipado com o EtorQ 1.8L (que parece ser bem adequado ao Punto) que é um bom carro e um dos meus favoritos do portfólio da Fiat.

    • invalid_pilot

      O HR-V também não tem baita motor, acredito que o Renegade tenha melhor acabamento dentre todos os pequenos SUVs

      O Renegade na versão Diesel é um baita carro, sobre visual é algo subjetivo demais

      • Offspring

        HRV e Renegade em uma subida de barranco: Renegade leva. Na pista, HRV leva.

        Tenho uma EXL. O carro é legalzinho, mas pára por ai… De jipe, não tem nada! É um carro que minha mulher adora hehehe

        • Miguel

          Aqui em casa também temos um EXL, e eu detesto o câmbio cvt dele. Fui voto vencido, pois queria o Renegade. O comportamento dinâmico do Jeep pode ser inferior para alguns, mas a qualidade de construção e acabamento são muito melhores! Não me importaria em andar mais devagar, somos apenas 2 pessoas mesmo!

        • José Eduardo D’Acampora Guazzi

          Para mim o HR-V passa mais impressão de hatch médio bombado pro alto do que de Utilitário.

          • Jose Silva

            e o HR-V não é SUV, é um Croosover !

    • Vitão

      Um amigo meu tinha comprado um Renegade, mas antes que eu começasse a falar do motor, ele já disse que pegou a versão Diesel.

      Pelo visto o motor a Diesel é muito bom, pena que é caro $$$ e muito visado.

      • Offspring

        99K é apenas 20 mil a menos do outro jipe ou SUV diesel mais barato, que é o Troller. Portanto, não é caro. Andei e gostei muito!

        • Na verdade tem-se o SUV Médio SsangYong Korando 4X4 2.0 Turbo Diesel 2015/16, por valores entre R$ 97.900 e R$ 108.900 (Exclusive), sendo apenas pouco conhecido pela inexpressividade da importadora Districar.

          • Gustavobrtt

            Esses SsangYong são muito feios, porém via muitos na região de Campinas. Devem compensar pelo custo/benefício.

            • O Korando foge daquela leva de carros feios. Ele é bem bonito.

              • Osni Duarte

                Feio?

                • Gustavobrtt

                  Essa nova leva é até aceitável.
                  Me referia a estes aqui:

              • radiobrasil

                Eu vi um esses dias, de longe me lembrou um Captiva… chegando perto que me toquei que era um chines. Belo!

                • Carolina Vieira

                  SsangYong são coreanos.

                • Mas é um coreano, de montadora pertencente a indiana Mahindra.

        • pedro rt

          o troller custa mais caro e nao tem item de segurança

    • Whering Alberto

      Como se sabe, o brasileiro valoriza muito o status. Isso é algo que o Renegade tem de sobra. A Tradição da marca Jeep também conta pontos a favor. Méritos do carro em si são a excelente qualidade de construção e acabamento, a segurança e modernidade do projeto e a originalidade (outro fator determinante na hora da compra). Lógico que para ter um Renegade completíssimo em casa o valor é beeem alto, mas dá para levar o Limited, com rodas de 18 polegadas, 7 airbags e bancos em couro, por 89.990. O “grande problema” é o motor 1.8 da FIAT. Não vou dizer que é o propulsor ideal, mas te digo que nas avaliações que vi do modelo, o veredicto sobre o item é “regular”. Atende satisfatoriamente, mas sem brilho. A versão Sport 2.0 4×4 AT9 custa 99.990, mas podemos considerá-la “básica” para o que custa. A intermediária com a mesma mecânica custa 114 mil. Olhando para os valores, parece não compensar mesmo – mas o conjunto da obra mostra que vale. Lógico, poderia ser menos caro. Mas tudo no Brasil é mais caro – principalmente quando o vendedor percebe que o comprador paga.

    • Offspring

      Por 99K, qual diesel se compra? Agora entenda…

      • SsangYong Korando 4X4 2.0 Turbo Diesel.

        • KVF

          Um Korando 2015 0km custa 125k , o Renegade Sport diesel é o mais em conta, só vai ser superado quando lançarem a Toro em fevereiro/2016.

          • Tabela dele padrão, desde a chegada do Renegade saltou mesmo para R$ 124.900 e R$ 136.900, todavia é comercializado com descontos de até 20%, sendo inclusive difícil de encontrar um.

            • KVF

              É difícil de encontrar porque não está sendo mais importado, os poucos que ainda são vendidos, 4 p/ mês no Brasil todo, são modelos 2014/2015 que estavam encalhados, por isso o desconto. O erro da SsangYong foi ter deixado a importação p/ o Brasil na mão da Districar, que faz um péssimo atendimento de pós venda. Agora com o aumento do dólar ficou inviável a importação. Virou um gorila p/ quem comprou…

              • Embora não pareça, segundo a Districar, os mesmos seguem sendo importados, em baixas quantidades. Já teve um lote do Korando ano/modelo 15/16, com quase todas as unidades vendidas, e antes do aumento do dólar, assim como o Grupo Gandini fez com a Geely, eles importaram um grande lote 14/15 de todos os modelos, para suportar as vendas. As poucas concessionárias existentes, como a SsangYong Carpoint no Rio de Janeiro conseguem fazer encomendas do modelo até o momento.

                • KVF

                  Eu estava pensando em comprar um Korando, mas não dá p/ comprar um carro que vende 4 unidades p/mês. Em novembro/ 2015 vendeu 2 unidades no Brasil. É exclusividade demais, quando precisar de peças de reposição vai ser um sofrimento…
                  Agora no mercado tem outras opções de modelos 4×4 a diesel como o Renegade. Mas estou esperando o lançamento da Toro a diesel, que vai vir bem completa e com venda em todo Brasil nas CSS Fiat.

            • Fábio

              Realmente difícil encontrar um. Não acha em lugar algum pra vender…
              E não quero nem pensar na manutenção de um Korando, não só o preço mas na dificuldade.

              • Realmente, pela forma que a importadora cuida da marca, acaba assustando o potencial comprador. Mas que ele é uma opção ao Renegade, é.

    • BillyTheKid

      Eu até entendo, ao menos parcialmente. Dependendo da versão o preço não foge muito da concorrência, o motor é justificado com um “tá bom o bastante pro meu uso”, e o design é um item bem subjetivo, além de que muitas pessoas veem o HR-V como “carro de mulher” ou “vou comprar um pra minha esposa”, enquanto o Renegade passa um ar mais bruto e deve ser preferido por homens ou trajetos off-road.

      Enfim, eu acho os dois carros bacanas em alguns aspectos, mas não trocaria um hatch/sedã médio com um custo-benefício e motor bem melhores, por um desses altinhos…

    • Danilo

      A versão mais vendida dele é a Sport e com câmbio manual por 70k, desempenho razoável, o preço é aceitável e a qualidade do modelo de entrada é superior ao hrv então ele realmente conquistou o público desta categoria assim como fez anteriormente o hrv

    • André black mamba.

      Não sei como o povo reclama tanto de um motor 1.8, devem morar proximo a uma autobahn, motor 1.8 num pais cheio de buracos, radares, guardinhas e gasolina a 3.50 já esta muito bom. Pra vcs que moram perto de uma autobahn a mercedes a tempos inventou a G CLASS.

      • kravmaga

        E você nunca deve ter dirigido um carro maior do que 1.6 para falar isso.

        Pegue uma estrada de serra, com mão dupla e apenas 1 faixa em cada sentido, além de um monte de caminhões na estrada, como é muito comum na região sudeste, e você entenderá o motivo das pessoas comparem carros 2.0 para cima para pegar estrada.

        Motores mais potentes não servem apenas para andar em velocidades altas, mas para ACELERAR mais rápido e ultrapassar com mais segurança.

        • Jackson A

          Acontece que 98% das pessoas só andam na cidade, por isso ninguém se importa.

          • Jose Silva

            o forte do etorq é na rodovia e não cidade. É na rodovia que vem a surpresa satisfatória deste motor.

        • André black mamba.

          Pessoas iguais a vc que matam familias inteiras ultrapassando em subidas de serra, não sei se vc reparou mas onde tem duas faixas amarelas pintadas em paralelo não se pode ultrapassar, cuide-se, ao contrario de mumm ra vc não tem vida eterna.

          • kravmaga

            Eu tenho carteira há mais de 25 anos e sem nenhum acidente, se quer saber. Meu seguro tem o bônus máximo por isso mesmo. Só ultrapasso onde é permitido, mas com o meu carro posso ultrapassar rapidamente e ter muitos metros antes de acabar a faixa pontilhada. Isso é segurança.

            Viajei neste natal e o que mais vi foram carros populares com 4 a 5 pessoas jogando-se em cima dos outros porque não tiveram potência para ultrapassar e daí tiveram que abortar quando vinha um carro na outra mão, ou ainda uns loucos suicidas que simplesmente andavam a maior parte na contramão e contavam com a sorte e a boa vontade dos motoristas da outra mão em jogar o carro para o acostamento.

            • Louis

              Já dirigi muito carro 1.0, nunca precisei jogar carro em cima dos outros por falta de potência em ultrapassagem. Isso que você citou chama-se barbeiragem, e vejo isso com muito carro potente. Quando se está em carro “manco”, tem que calcular bem o momento certo, reduzir e pisar sem dó…

              • kravmaga

                Não estou dizendo que carro 1.0 não dá para pegar a estrada de modo seguro, mas vai perder sim muitas oportunidades de ultrapassagem em trechos pontilhados curtos (muito comum em estradas de serra cheias de curvas) e/ou em estradas muito movimentadas, onde você vai ter pouco tempo para ultrapassar, mesmo que o trecho pontilhado seja longo e reto.

                Carro 1.0 tem pouca RESERVA de potência e é muito mais sensível a trechos de estradas com subidas e/ou uso do ar-condicionado com o carro cheio. E vai ter que esgoelar bastante o motor para ter mais força, o que aumenta bastante o consumo em estrada.

                Já dirigi carros com muito mais potência que o meu, como uma Ferrari Modena alugada, com cerca de 450 cv, e era extremamente seguro andar com ela. Se pudesse, teria carros com esse nível de potência. Quem faz besteira com carro potente é garotão querendo se exibir.

                • Louis

                  Concordo, mas acho que quem precisa ficar jogando carro em cima dos outros por falta de potência é o típico bração sem experiência e que gosta de ficar forçando ultrapassagem sem ter carro pra isso.

                  • kravmaga

                    Sim, é verdade.

                    É que eu fico p*** com esses pensamentos socialistas no Brasil que associam carro potente a carro de playboy “coxinha” que vai dar perda total na primeira noitada que sair.

                    Nos EUA é muito comum ver senhores de idade dirigindo muscle cars, que nada mais são do que carros comuns com motores de 400, 500 cv, muitas vezes até montados por eles mesmos. E lá nem existem autobahns para andar sem limite como na Alemanha. Os americanos simplesmente gostam de carros com motores grandes pelo prazer de dirigir e pela segurança que isso proporciona para longas viagens pelas estradas.

                    Eu adoraria ter um carro V8 ou um 3.0 turbo que não tivesse custo proibitivo no Brasil, mas infelizmente não há.A própria alíquota de imposto por cilindrada já pune quem não se contenta com um 1.0.

                    • Louis

                      Uma coisa que notei nos EUA: não existe carro lento. Sabe aquele Uno véio que na subida não aguenta, e fica travando o trânsito? Lá não vi, todos os carros andando perto do limite das rodovias. Até caminhão, não vi nenhum se arrastando.

                    • radiobrasil

                      Nem me lembre de caminhões carregados de toras de madeira aqui do interior do SC em estradas pista simples… Andar a 10km/h numa estrada? Pqp

                    • Jose Silva

                      Mas no EUA é diferente, é uma rodovia com 3 a 4 faixas, praticamente tudo plano, curvas com ângulos bem seguras… Velocidades limitadas no máximo a 70MHP, qualquer carro que chega nessa velocidade se mantem, pode ser um fiat uno velho, vai andar lá a 70 mph tranquilo pq não tem subida e ninguém lerdo na frente para atrapalhar, e se tiver você muda de faixa e vai embora… É outra realidade. Mas as pistas simples de lá possuem bastante transito mas velocidade bem limitada a 55mhp algumas e 60mhp outras.

                    • clearboxer

                      Cara, eu entendi o que você quis dizer ao longo dos seus comentários. Concordo com alguns pontos, mas discordo de outros. Comentário meio grande porque juntei tudo num só.

                      – Esse benefício tributário a carro 1.0 já deveria ter caído há tempos, não oferecem vantagem quase nenhuma, inclusive nem no preço, que é onde a alíquota baixa deveria fazer diferença. Pelo menos ultimamente alguns estão ficando econômicos de verdade… Mas só porque a lei está obrigando.
                      – Ultrapassagem segura não tem necessariamente a ver com potência. Motorista imperito, babaca e imprudente passa perrengue seja com um 106 de 50 cv, seja com um M135i de 320.
                      – Obviamente, carros mais potentes precisam de menos tempo para ultrapassar. Mas isso pode tanto facilitar, quanto atrapalhar, visto que tendo maior margem, o ser humano tende a abusar da sorte. Não é só com carros.
                      – O que falta mesmo é os donos de Siena 1.0 e cia entenderem que o carro que têm nas mãos tem motor subdimensionado para o peso que estão carregando, o que demanda paciência. E que o motorista em sentido contrário nada tem a ver com isso.
                      – Eu realmente acho que essas críticas acaloradas ao Renegade são puro haterismo. Esse Jeep é um SUV compacto que anda como um SUV compacto, nada mais que isso. É um 1.8 que anda a mesma coisa que Ecosport 1.6 devido ao peso. É mais pesado justamente porque tem a carroceria mais resistente do segmento.
                      – O HR-V tem desempenho quase igual, bebe a mesma barbaridade (quem tem Civic 1.8 Flex sabe) e ainda tem aquele engodo de câmbio CVT, mas o pessoal não fala nada. HR-V este que tem vendido menos que o Renegade, mês a mês, por algum motivo.
                      – Em resumo, quem quer um SUV compacto com desempenho de carro maior, vai ter que pagar mais de 100 mil num Renegade a diesel. É a realidade.
                      – Comparar a cultura brasileira com a americana, quando o assunto é carro, é muito difícil. Os caras tem gasolina mais barata, carros mais baratos, motoristas um pouco melhor treinados (porém chatos e frescos), viveram toda sua história andando em carros enormes com motores enormes, em estradas enormes. É outro estilo de vida.
                      – Se você quiser andar de Chrysler 300 no Brasil, vai passar é raiva. Nosso estilo viário está mais pro velho continente (fruto da colonização portuguesa) em geral, a Alemanha sendo exceção. Ruas estreitas, avenidas estreitas, estradas estreitas. Carros segmento A, B e no máximo C, alguns fracos em excesso. Incentivo do governo a carros com motores menores. Atitudes individuais de andar com carros fortes e grandes não mudam essa estrutura.
                      – Eu também adoraria ter um carro forte no Brasil, mas a toda a estrutura impede isso, como você mesmo disse. Morando nos EUA, dirigi algumas coisas, de Sonic a Town&Country. Aqui tem carros ruins e bons, tanto quanto no Brasil. A diferença é o acesso aos bons.
                      – Não acho que seja pensamento “socialista” essa de carro potente ser associado a gente estúpida, isso não tem a ver com políticagem, tem a ver com cultura.
                      – Quem fica rico ou nasce rico no Brasil, de forma geral (não são todos), começa a se comportar como um babaca. Passa a se achar acima das leis, acima dos direitos dos outros, com menos deveres, e frequentemente faz esse tipo de coisa sem ser punido. Fruto dessa cultura ridícula da “ostentação”, basta o cara chegar a um patamar social tal que PRECISA DESESPERADAMENTE mostrar isso aos outros, seja de Saveiro rebaixada, seja de M5. A imagem que fica é essa, de determinados carros serem de playboy, porque infelizmente há uma tendência, e nem é exclusivo do Brasil, embora aí seja pior. Procure saber a fama de dono de MB e BMW na Inglaterra pra você ver…

                    • Rodrigo

                      Acabou – se a discussão! Perfeito!

                • lucas

                  Fico espantado com sua humildade amigão!!!

                  • kravmaga

                    E eu com sua inveja

              • Daniel

                Olha, pra fazer barbeiragem, independe do motor ou tipo de carro…
                Mas, sim, eu viajo bastante e o que mais vejo é inconsequente forçando ultrapassagem com 1.0.
                Com carros mais potentes se ve barbeiragem de tentar ultrapassar em curva e tal.

                Esses dias precisei alugar um carro (e só tinha 1.0 disponivel)… e foi um saco viajar. Uma viagem que eu faço em 2:20 com toda segurança demorou 3:30 pq não tinha segurança nenhuma pra ultrapassar (então simplesmente não ultrapassava). Mas eu sou um cara muito chato com relação a segurança… vi varios outros com 1.0 forçando passagem e qse fazendo M!

              • André black mamba.

                Esse cara é o tipico funcionario publico que se acha o p*ca das galaxias, que só quem tem dinheiro e carrões merece um pouco de lazer com a familia, pobre tem que ficar em casa pra não encomoda-los com seus 1 ponto nada e carros velhos. Quero lembrar-lhe caro kravmaga, que seu “passá” com 100 air bag de nada vai adiantar contra uma carreta na contra mão, e pode ter certeza que ele não ira desviar de vc (já vi isso acontecer).

                • Claro que não vai desviar. A tragédia é maior do que bater de frente com o carro.

                  Na serra do cafezal (Régis Bittencourt – esse ano morreram 130 pessoas neste trecho) o que mais vemos, são carros grudados em carretas na descida, Pálio fire tentando ultrapassagem em volvos de última geração em subidas…

                  • Gustavobrtt

                    E a falta de educação dos Volvos em não facilitar a passagem.

                    • Facilitar? O caminhão com 30 metros de comprimento, com ishift na sua, vem um mongolão forçando uma ultrapassagem e o motorista da carreta é obrigado a se virar para o bonitão no seu uno vivace conseguir passar?

                    • Gustavobrtt

                      Ishift na sua nada, a maioria dos caminhoneiros que vejo, especialmente nestes caminhões novos que andam bem, em pista simples é a seguinte: na subida, quando vêem que tem alguem querendo passar, ao invés de facilitar, jogando um pouco pro acostamento, ou evitando de acelerar mais, resolvem acelerar mais e jogar para a esquerda, impossibilitando a visão de quem vem atrás. Na descida, aceleram e ocupam ambas as faixas.

                • Zoran Borut

                  André, para seu conhecimento, há muitas e muitas pessoas que preferem ter um carro 2.0 com quinze anos de uso a um 1.0 bem mais novo pelo mesmo valor e sem torque nenhum para ultrapassar. Portanto, evite comentários infantis sobre quem escolhe racionalmente ter mais segurança! Há pessoas que só têm 10 mil reais para comprar um carro e partem para um Gol 1.8, um Kadett 2.0 dos anos 90, por usarem muita estrada, enquanto outras têm 50 mil para gastar e comprar carros 1.0 novos, sabia?

                  • André black mamba.

                    Cara vc sabe interpretar texto? Vc viu a foto do avatar do kravmaga? Vc sabe que carro eu tenho? Tenho um monza 93, tinha um carro mais caro e decidi vender para construir minha terceira casa e isso sim é um investimento diante dessa crise, releia meu comentario e quem sabe tico e teco peguem no tranco.

                • kravmaga

                  Vocês se sentem ofendidos porque não entenderam a minha crítica.

                  Eu apenas critiquei o PENSAMENTO de quem diz que é desnecessário os carros terem mais potência. Eu não sou rico, não ando de Ferrari, Porsche, etc mas NÃO acho desnecessário ou absurdo alguém andar num carro desses. Eu simplesmente ando com o carro que posso pagar, mas almejo sempre mais. Deve ser por isso que nunca me acomodei como a maioria.

                  Não sou contra quem anda de carro velho ou fraco nas estradas, desde que não abuse nas ultrapassagens e tente andar na direita ou dar passagem a quem quiser andar mais rápido.

              • Zoran Borut

                Calcular o momento certo, reduzir e pisar sem dó deveria ser feito em qualquer carro, não somente nos “mancos” (com exceção óbvia dos que entregam todo o torque em baixas rotações, evitando ter que reduzir, como alguns motores turbo). Não sei se você já dirigiu carros com motores bem diferentes por estradas de pista simples tão comuns neste país imenso, mas se o fizesse certamente se sentiria mais seguro e tranquilo para ultrapassar em um carro 2.0 8V aspirado do que em um 1.0 8V aspirado.

                • Louis

                  Sim já dirigi vários tipos de carros, inclusive já tive carro V6 que praticamente não precisava reduzir para ultrapassar.

          • Daniel

            Cara… quem mata familia inteira é o cara do 1.0 GNV tentando ultrapassar… dai acaba a faixa tracejada, chega a curva e …

            Com meu 2.0 ultrapasso com segurança e não preciso forçar passagem… qdo é permitido e não vem ninguem, vou lá e ultrapasso tranquilamente e com segurança, pq o motor responde!

            Mas, muita gente acha que quem tem carro 2.0 é só pra tirar racha…

        • lucas

          Amigão… está de bom tamanho o motor 1.8 pro Renegade. Pare de reclamar e veja as qualidades do carro. Brasileiro é assim mesmo. Não tem o que falar e fica falando asneiras.

        • Põe na serra do cafezal (Régis Bittencourt) para ver se será tranquilo o Renegade 1.8

          • Jose Silva

            ninguém anda tranquilo ali, a onde é ruim para um é ruim para o outro tbm. E tem velocidade limitada, não adianta querer correr

        • Com o downsizing essa verdade de ‘comprar carro com motor maior do que 1.6″ caiu, felizmente.

          Só falta avisar a grande massa!

        • radiobrasil

          Se o meu Captiva 2.4 ja sofria HORRORES pra subir a Serra Dona Francisca aqui em SC, não me imagino fazendo o mesmo com um HRV.
          Concordo com o amigo, é bom ter potência de “sobra” pra “segurança” mesmo.

          • kravmaga

            Pois é, eu até gostava muito do desempenho da Captiva 2.4 em geral e achava superior à grande maioria dos concorrentes do segmento, que usavam motores menores e menos tecnológicos (não usavam injeção direta), mas de vez em quando achava algumas situações, como carro cheio e estradas muito íngremes onde sentia que precisava ter mais potência/ torque e/ou menos peso.

            • Jose Silva

              Cara, já peguei serra que até com um marea 2.4 20v manual mesmo reduzinho marcha e pisando demorava… O jeito é ter paciência e seguir o caminho bem seguro, alta velocidade em trechos perigosos é combinação para acidente e morte. Não compensa. E tem outra, pegamos serras assim só de vez em quando, não ficamos em serras 24h. Qualquer carro sofre em serra se quiser desempenho, e também não adianta tem sempre alguém na frente que vai respeitar a sinalização e a velocidade… E você também deve respeitar pela segurança de todos.

      • Matafuego

        Estaria bom se o carro fosse leve. Com esse anda e para, tirar da inércia mais de 1400 kg com esse motor inapropriado para o carro, consome muito combustível.

    • kravmaga

      1- É novidade e brasileiro gosta sempre de comprar novidades, mesmo que sejam piores.

      2- Tem realmente um aspecto diferenciado dentre os concorrentes do mesmo segmento: cara de jipe, de carro robusto para fazer off road (mesmo que não seja inteiramente verdade, ainda mais para a versão flex 4×2).

      3- Tem a marca Jeep, o que dá a sensação de carro premium ou de exclusividade para a maioria que associa a marca a utilitários de luxo. Se fosse lançado como Fiat em vez de Jeep, certamente venderia menos. Ponto para o pessoal do marketing da Fiat.

      4- Oferece um grande número de versões, 2 motores e vários opcionais. Muitos não gostam disso mas cria a ilusão para a maioria que o carro é mais barato do que é na verdade. Aí na empolgação o comprados acaba muitas vezes colocando opcionais para tornar o carro menos pelado. A Fiat e VW usam e abusam dessa estratégia e deu certo várias vezes.

      5- O acabamento interno do carro está muito bom e tem umas boas sacadas.

      6- Embora caro, o Renegade oferece uma boa segurança e itens de conforto e de segurança que não eram comuns no segmento até agora. Ou seja, vendeu uma imagem de carro robusto como o Duster fez mas com mais luxo e conforto.

    • Derek

      Ele é diferente, parece carro mais caro, é bonito (isto é relativo, mas a maioria acha) e o preço dele não é muito diferente do preço dos seus concorrentes. Ele oferece alguns itens interessantes também.

      Para quem entende mais de carro, sabe que ele tem um problema sério de motorização. Mas, dentro dos conhecimentos de carros a maioria da população, o motor que ele oferece vai parecer tão bom quanto qualquer outro.

    • Pedro Cunha

      Eu já desisti de entender. É uma sucessão de contrassensos.

    • Mauro Moraes

      O Renegade é o queridinho do mercado atualmente. Carro robusto, de design único e carismático, não segue e nem tem pretensões para lançar tendências. Fruto de uma rede minúscula no país, vende demais, afrontando outras montadoras gigantes por aqui, conseguindo a proeza de vender mais até que o combalido Gol, outrora líder intocável.

    • Minerius Valioso

      O único que eu indico é a versão Multijet.

    • Gustavobrtt

      Cara, eu achei o interior muito caprichado e a suspensão aparenta ter muita robustez, e é menos sóbrio no interior e menos discreto no exterior q o hr-v
      Se tivesse dinheiro, cogitaria a compra.

    • FABIANO SCHMITHE

      Com todo respeito, mas motor fraco e o que ele não tem !

    • Luis Burro

      Se a Troller consegue vender, mesmo com preco alto.Nao me espanto q o Jeep consiga.Nao eh soh nos EUA q os SUVS sao desejados, e como poucos conseguem levar os outros modelos da gama Jeep, resta ao menos abastados o modelo de entrada.Q apesar de nao ser tao bom qnto os outros, ainda eh um Jeep!

    • André Maia

      A marca Jeep tem peso entre os que podem comprar um Renegade.

    • Adherbal

      caro não é se comparado a seus concorrentes diretos.

    • Jose Silva

      Não entende o sucesso ?
      É um jeep, com um preço “acessível” na casa dos R$70.000 a R$75.000 que tem alta confiabilidade, robustez e manutenção muito tranquila e barata. Logo = sucesso !

  • Mr. Car

    “Renegado”, né? Então tá, he, he!

  • SDS SP

    Em outras épocas o primeiro colocado venderia o dobro. Mas como a tal “classe média” inventada pelo governo está endividada até o pescoço, o mercado desabou. Não é de se admirar Renegade, HRV e Corolla no top 10.
    Um ano literalmente perdido.

    • Mr. Car

      Bota “inventada” nisto! E um não, vários anos, que tempos bicudos nos esperam adiante.

    • Alligator

      A fabrica da GM de Gravataí não teria capacidade de fabricar 45mil carros mês l(30 mil onix +15 mil prisma) , visto que o celta e Onix raramente chegaram as 15 mil unidades vendidas no seu histórico.

      • SDS SP

        Mas talvez o Gol e Palio estariam nas primeiras colocações por terem maior capacidade em suas respetivas fábricas.
        A GM Gravataí tem capacidade para 350k/y.

        • DiMais

          Betim se não me falha a memória é para 1 milhão de carros/ano (não é a toa que é o maior complexo industrial da Fiat).

          • SDS SP

            Sim. Capacidade de 950k/y.

          • clearboxer

            Betim é o segundo maior complexo industrial automotivo do mundo. Perde só para a fábrica da Hyundai em Ulsan, Coreia.

      • DiMais

        Gol passava de 30mil unidades por mês, Palio outros 25 mil.. quando não encostava nos 30 mil do Gol… outros tempos…

      • DiMais

        com a redução da capacidade do mercado a GM (e todas as outras marcas) encolheu os investimentos, certamente a fábrica de Gravataí tem capacidade de expansão, assim como tinham planos de produzirem transmissões em Joinville e abortaram.

      • Offspring

        Fabrica, mas manda pra Colômbia, Argentina, Chile e Uruguai, além de abastecer o mercado local.

      • Daniel

        Mas, se precisar, a GM já disse que poderia fabricar Onix tbm em São Caetano do Sul… E, ainda tem a fabrica em SJC que eles nem sabem o que fazer com ela…

    • Alfredo Araujo

      É indiferente se estão endividados ou não… rs
      A tal classe média do PT, SEQUER TEM DINHEIRO pra comprar carro zero !!! Como que alguém com mil reais por mês compra carro zero ?

      • SDS SP

        Antigamente comprava rs.
        Há poucos anos, crédito era a coisa mais fácil do mundo de se obter, agora como pagavam às parcelas são outros 500 rs. Situação similar vive o mercado imobiliário.

        • invalid_pilot

          Amigo meu fez aquele besteira de pegar carro pelado sem entrada em 2011, até hoje ta pagando um Celta – deve ter pago quase 36k num carro que vale 18k hoje

          • Daniel

            Ele não está pagando mais pelo celta… ele está pagando mais pelo emprestimo de dinheiro que ele fez pra comprar um celta. Simples assim.

            E, o pessoal tem uma mania de querer comparar dinheiro em tempos diferentes…

            • Holandês Louco

              Ou sob uma outra ótica: pagando aluguel para usar o que ele não tem: um Celta

              • Daniel

                Isso se fosse Leasing…

      • Na verdade o que acontecia era uma familhia com 3 integrantes tipo casal mais filho adulto e cada um ganhando 1000,00. Lembrando que se a pessoa tiver a tempo numa empresa ganha mais que isso E é normal filhos com mais de 20 anos morarem com os pais. Desta forma se atiravam em um financiamento. O problema é quando um desses integrantes perde o emprego e não acha outro , o que está acontecendo recentemente.

    • V.mario

      “Inventada” mesmo, pois até quem ganha 1 salário mínimo e mora só, é considerado classe média.
      Estão nivelando todos por baixo e fazendo a massa acreditar que isso é bom!

  • Brasil_MG

    Se o RENEGADE tivesse um motor flex mais potente e econômico, venderia ainda mais. Ontem eu estava vendo o comparativo: Renegade1.8 x Eco1.6; o consumo do Renegade, perante ao Eco é bem alto, e a potência do motor também deixa a desejar. ( lembrando que a Eco venceu em potência/consumo, mas perdeu feio em acabamento, item que a Ford deve melhorar na reestilização do ano que vem)

    • Offspring

      Renegade vai subir morro no barro, e Ecosport vai atolar na grama. Propostas diferentes. Quem compra um Jeep para uso urbano e rodoviário merece uma orelha de asno…

      • Renegade 4X2 1.8 Flex tem a mesma capacidade de tração de qualquer concorrente no segmento, e tem perfil quase tão baixo quanto Tracker, Ecosport e HR-V. Mais fácil Duster 4X2 2.0 subir morro no barro que o Renegade 1.8. E a maioria dos Renegade vendidos, como demais SUV’s são com motor flex e para uso urbano. Somente Renegade 4X4 Diesel e Duster 4X4 que possuem legítimas aptidões ao off-road.

        • Wellington Myph13

          Na verdade os 4×4 Diesel são aceitáveis em off-road, melhores que a média sim, mas os Legítimos Off-Roads mesmo são os com assinatura Trailhawk que recebem reforços e alterações em suspensão pra atravessar a trilha de teste deles.

        • Doyle

          duster 4×4 possui legítima aptidão ao off-road?kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

          • Faça pesquisas, se informe e depois participe da discussão. Rir sem fundamento pega mal, “amiguinho”.

      • Wellington Myph13

        Se estivesse falando do 4×4 com motor Diesel tudo bem, agora 1.8 4×2, não faz melhor que Ecosport, até porque ele pesa muito mais e o motor faz muito menos.
        A PROPOSTA do 1.8 4×2 é ser Urbano/Rodoviário, devia dar uma orelha de Asno pra Jeep então.
        E Jeep tem mais carros com essa proposta, não é só porque o nome é Jeep que você pode enfiar em qualquer trilha não. E muito menos que é um carro Premium, porque do jeito que falou é obvio que você acha isso.

    • Fábio

      E o Tigershark? Não vai vir?

  • invalid_pilot

    Legal ver a Fiat desesperada com todos os espaços de publicidade aqui no NA com o Palio kkkk

    GM queimando Onix a 35k desde Outubro fez efeito, entretanto por mim não compraria nenhum dos dois

    • 4lex5andro

      entre onix e palio, a melhor compra seria o hb20 ..

      mas o fator marca (e capacidade industrial) provavelmente pesou a favor do chevrolet e do fiat ..

  • Carolina Vieira

    E ainda tinha pessoas que falavam que o Renegade não venderia nada…

  • gustavo

    O Gm Onix e o Palio G5 da Fiat são dois carros, bons de revenda um projeto relativamente atual, mecânica facil e barata de mexer,(peça em qualquer esquina), oferecem um bom espaço para os ocupantes fora que os dois podem ser usados tanto na cidade quanto na estrada !! so acho que poderiam ser mais baratos .

    • Leandro

      Concordo. São 2 carros bons. Pálio um pouco mais cansado, já merecia um face-lift, com cuidado maior para o painel…

    • Daniel

      Só lembrando que o palio que mais vende é o “G3” Fire… que virou o novo carro de frotista qdo o mille saiu de linha

  • Luiz Karlos

    MANOBRISTAS RECLAMANDO: De preço do carro do patrão. Que não tem crediário na Jeep. Que motor é mais caro e por ignorância não sabe que Diesel paga 25% de IPI contra 11% do Flex. Zé povinho só reclama.

    • THE GUNSLINGER

      Falou o Tio Patinhas.

    • Raimundo A.

      Fora o imposto, acrescente na conta o AT9 que é mais caro que o AT6 e a tração 4×4 mais sofisticada que a ofertada nos concorrentes. A tração 4×4 se deve por exigência da legislação que obriga motor a diesel a tê-la ou ter capacidade de carga de 1ton, sendo que a tração 4×4 ainda precisa do redutor de marcha, que no Renegade é feito usando 1º do AT9 tornando com isso mais caro. Se o Renegade tivesse uma caixa redutora dedicada ou 1º marcha do câmbio manual bem curta, talvez poderíamos ter uma versão diesel 4×4 manual, que poderia baixar o preço em pelos menos uns R$ 7mil, que deve ser o preço cobrado pelo AT9.

      • KVF

        A Toro diesel vem aí p/ resolver esse problema do Renegade, vai ter 4×2 manual diesel, 4×4 manual diesel e 4×4 aut. ZF-9 diesel, isso com o mesmo motor diesel do Renegade. Vai vender muito, ainda vai ter a facilidade de compra e revisão em CSS Fiat, p/ quem mora longe de CSS Jeep.

      • Holandês Louco

        Você está enganado sobre a reduzida ser “obrigatória”:
        Mecedes Benz ML-350 2013 não tem reduzida, é diesel e 4×4

    • Panzerkampf

      IPI do carro a Diesel está com alíquota em 45% até 31.12.2017 Decreto 8544/15 de outubro de 2015.

      ANEXO

      Nota Complementar NC (87-5) da TIPI

      NC (87-5) Ficam reduzidas aos percentuais indicados as alíquotas relativas aos veículos de fabricação nacional, de transmissão manual ou automática, com caixa de transferência, chassis independente da carroçaria, altura livre do solo mínima sob os eixos dianteiro e traseiro de 200 mm, altura livre do solo mínima entre eixos de 300 mm, ângulo de ataque mínimo de 35º, ângulo de saída mínimo de 24°, ângulo de rampa mínimo de 28°, de capacidade de emergebilidade a partir de 500 mm, peso bruto total combinado a partir de 3.000 kg, peso em ordem de marcha máximo de até 3.000 kg, concebidos para aplicação fora de estrada, classificados nos códigos 8703.32.10 e 8703.33.10.ALÍQUOTA %Até 31/12/2017A partir de 1º/1/20184515

      ALÍQUOTA 45 % Até 31/12/2017
      A partir de 1º/1/2018 15%.
      *

  • No_Name

    Acho justo o Renegade ser o 1° da categoria dele. Mas, como nada é perfeito, o motor pode melhorar…

    • DiMais

      vai melhorar, obsolescência programada, mas só na reestilização do modelo pra dar um novo fôlego nas vendas quando elas estabilizarem.
      a Fiat (agora FCA) é mestre nisso, raramente lança carro + motor novos numa tacada só e vai fazer o mesmo com o novo 1.0 três cilindros que ao invés de chegar no novo city car vai chegar com o Uno.

    • Offspring

      Tritec é uma porcaria, um motor que a Rover e Chrysler abandonaram até a fábrica, e a Fiat a comprou e “melhorou” (se é que é possível) para fazer o E.torq.

      Mas, para a proposta de ser Jeep, está valendo, Lembro que dei um couro em uma picape Corsa 1.6 de um amigo meu com um dos Nivas que meu pai tinha no sítio, na subida do Pico Agudo.

      Enfim… Jeep (ou Jipe) é pra isto…

  • DiMais

    algum bom motivo teve para a FCA atrasar a chegada da Toro, Renegade é um carro que está se vendendo pelo conjunto, imprensa e ‘entendidos’ sempre vão achar algum defeito, mas ele conquistou o mais importante que é o mercado. e fez isso com um rede de lojas menor e sem a clientela estabelecida das marcas concorrentes.

  • Erlandio Ramos

    Esse tal de Jeep Renegade é o bichão mesmo heim! Já pensou se fosse barato estaria quase na liderança. E a Hilux pode custar R$ 300.000 q mesmo assim vende de carrada. O povão do Brasil são endinheirado mesmo heim!

    • Offspring

      Hilux é desova da geração antiga…

  • Luiz Karlos

    A força esta com ele….kkk https://www.youtube.com/watch?v=_ZDlzJg-j_4

  • Luiz Karlos

    Até Bruce Wayne tem um

  • B4evernews

    O Renegade tem um design mais neutro, a Honda cometeu o mesmo erro de design quando lançou o FIT e depois teve que lançar a versão Twist e só agora na nova versão ficou mais neutro. A Honda peca nas vendas e mkt, você pode notar nos sorteios dos shoppings centers, a maioria é Renegade.

  • Derek

    Eu faço minha parte e não recomendo Onix para nenhum conhecido. E você, leitor NA, está fazendo a sua? :P

    • Eu prefiro deixar essa decisão ao comprador. O dinheiro é dele , se for um mal negócio problema dele. Se for um bom negócio mérito pra ele.

      • Derek

        Eu ajudo meus amigos a não fazerem negócios ruins, mesmo o dinheiro sendo dele. Eu gostaria que fizessem o mesmo por mim. Simples assim.

    • Fábio

      É mesmo é? Só esqueceu de nos dizer pq vc não recomendaria o Onix meu querido hater.
      Motor fraco e beberrão? Pode ser pra vc, mas pra maioria pode ser suficiente, além de ter manutenção relativamente barata, simples, além do motor ser robusto. Não é a toa que é o mais vendido.
      Essa sua “consultoria” é furada.

      • Derek

        Quase qualquer concorrente é melhor. Mas vamos aos defeitos: Motor beberrão (não quis passar pelo inmetro), sem previsão de motor novo, menos potente que a maioria dos concorrentes, mais inseguro que a maioria dos concorrentes.

        Esta bom? Se precisar, há mais motivos. Achei que era óbvio demais explicar os motivos de não recomendar ele, me desculpe. Você tem um, por acaso?

        Tome cuidado de chamar as pessoas de bater somente pq vc discorda delas. Há motivos de sobra para não escolher o Onix.

        • Pedro Henrique

          Olá amigo, eu tive um, modelo LT 2013 e tive uma experiência totalmente diferente da sua. O consumo era baixo em relação aos outros mesmo, mas estava ciente disso quando pesquisei o Onix. O que mais você não gostou no carro ? Qual era sua versão ?

          As vezes você tem que ponderar também o dinheiro que você tem na hora para comprar e também as condições que a concessionária oferece. O meu saiu por R$ 30.500 na época, vendi ele por 29 esse ano.

        • gustavo

          Qual carro da concorrência seria melhor que o Onix ?

          • Derek

            O primeiro é o HB20. Depois eu incluiria o Up! (se quiser incluir ele, mesmo sendo sub-compacto) ou o Ford Ka, com pontos positivos para ambos, embora o Ford Ka tenha um problema sério de acabamento interno. Nissan March acho que entra como sub-compacto também, caso contrário, prefiro ele antes do Onix. Só então, depois destes, viria o Onix como escolha a ser considerada.

  • pedro rt

    eu nunca compraria renegade 1.8 sendo q temos coisas melhores pelo msm preço… exemplo HR-V e 2008 thp

  • Adrian

    Cada a tabela?

  • Bruno Coelho

    Uma pena o 2008 não figurar em nenhuma lista! Um pecado um carro tão bom e completo (versão THP) vender tão pouco… ;(

    • Jackson A

      Pena que falta o principal, um cambio AT6+, CVT, DCT.

      THP Manual… nessa faixa é complicado.

      • Cyro

        Realmente… Um THP manual deve ser ótimo de dirigir… Mas com certeza a versão automática deveria vir desde o lançamento! Todos nós sabemos que nessa faixa, ela corresponderia por, pelo menos, 70% das vendas…
        A peugeot perdeu a oportunidade de vender mais de mil unidades mês com isso ( atualmente gira em torno de 600)

        • Rodrigo

          Está enganado. A média gira em torno de 720 ao mês. Dezembro será o melhor mês do 2008. Pelo visto chegará perto dos 780/800.

    • tjbuenf

      Mas a versão THP não tem nem suspensão traseira independente…. O 2008 parece ter proposta bem distinta de Renegade e mesmo HR-V, além de ser o menor.

      • THE GUNSLINGER

        Hr-v também não.

    • Maycon Farias

      A PUG ta quebrada meu colega, no meu estado fecharam todas CCS, não ficarei espantado se em breve ela sair completamente do país.

  • José Márcio Moura

    Renegade diesel é caro mas comparado com qual veículo? Não existe no mercado nacional nenhum concorrente a altura. Portanto, a FCA vai nadar de braçadas durante um bom tempo. Tacada de mestre!!!

    • Alexandre

      Pelo que sei somente 23% das vendas são da versão diesel, então veja que ele é caro para o que oferece em termos de espaço. É um carro pequeno . Familia com quatro já complica e familia menor não tem tanta grana. Acaba se tornando carro de nicho.

    • Mazola Winstrol

      José, de maneira geral todos os “SUV’s urbanos” são caros. São carros de asfalto, com mesmo espaço de hatch e que custam mais de R$ 65.000,00

  • Jefferson Rodrigues Alves

    Gostei do Onix desbancar Vw que esta abusando dos preços e os lixos caríssimos e sem qualidade da Fiat. Agora é esperar que a concorrência aumente e os preços diminuam. Deus existe gente rsss

  • Jefferson Rodrigues Alves

    Gostei do Onix desbancar a Vw que esta abusando dos preços e desbancar tbm os lixos caríssimos e sem qualidade da Fiat. Agora é esperar que a concorrência aumente e os preços diminuam. Deus existe pessoal rsss

  • Zé Mundico

    O Jeep Renegade DE VERDADE é a versão Diesel, sendo a versão flex um genérico para uso apenas decorativo e efeito promocional.

    • Alexandre

      Veja que somente 23% das vendas são da diesel, então a promoção tá funcionando ;-) . Eu não compraria a flex também por não oferecer uma motorização condizente com a proposta do carro.

  • Murilo Soares de O. Filho

    O Renegade é caro, e na versão flex, o desempenho é mediano, agora a qualidade do carro é muito boa, e em relação ao HR-V, possui estilo único, realmente original e tem cara de SUV, agora Honda é um Crossover na minha opinião. Se compraria um Renegade ou outro SUV compacto, não compraria.pelo preço partiria para um Sedan ou então uma Picape grande usada.

  • Rafael Ribeiro

    Renegade é extremamente caro para que oferece. O acabamento é muito bom, mas tanto os motores 1,8 e o 2.0 disel são fracos. Eu preferiria ir de hrv o até na propria eco, mesmo com o combio powershit

    • Alexandre

      As avaliações apontam que o motor diesel da Renegade é muito bom e bem superior aos concorrentes. Qual a sua base para afirmar que eco e hrv é melhor que o motor diesel (quanto ao flex, pelas opiniões, parece inferior aos concorrentes)?

      • Rafael Ribeiro

        Estou falando em quesito desempenho. Já foi mostrado que ele não superou o hrv, e levando em conta que eco e duster fazem 0-100 na casa dos 10 seg enquanto renegade disel faz em 12, ta mais que provado que é pouco carro pra muito preço.

        • Gustavobrtt

          Tem Corolla automático fazendo 0-100 em mais de 13s e ninguém liga pra isso.

          • Jackson A

            Os videos que eu vi ele fez entre 9.4 a 9.8.

        • FFS

          Carrega eles com 5 pessoas e volta a fazer o teste….

        • Alexandre

          Nas pesquisas que vi por cima não supera não. Eles (Ren/HRV/Eco) ficam praticamente empatados em velocidade (0-100 e retomada). O 2008 se sobressai por causa do THP. Ele ainda é um pouco mais econômico. Bom: Os R$ 25mil a mais não pagam isto, mas eu já falei aqui que acho ele caro.

        • Mazola Winstrol

          Lembre-se que na versão diesel a proposta do carro é off-road

    • FFS

      O Diesel fraco? E fala que iria de HR-V? Anda em um, em vez de ler comparativos…. Esta fissura por números….é coisa de jogador de Super Trunfo.

    • Fábio

      Motor Diesel fraco…

      Favor se informe melhor ou retire-se.

  • Samuel Fialho Pereira

    Haaaaaaaaaaa… “Toma Pálioooooooo” zoou tanto do Gol esse ano por ter conseguido a liderança depois de não sei quantos anos agora perde para o Onix… KKKKKKK

    Brincadeira gente, Pálio deu uma grande melhorada, e o Onix, é um baita de um carro, e isso que é de entrada em?

    Agora o Renegate tá assim por causa do marketing que usaram; lembro uma vez eu tava perto da concessionária FIAT e tinha lá uma promoção que quem comprasse ia ganhar até 20 mil (não lembro se era de desconto, ou opcionários), eu tava passando de a pé, e o vendedor cantando me puxou para dentro fez uma mega promoção com entrada em até 80 dias…

  • fbl

    Certeza que quem compra essa renegade se arrepende na maior parte das vezes pelo alto consumo e pessimo desempenho do motor fiat. Tem que ficar muito ligado ao design quadradinho de “jeep” dele pra nao lembrar do pessimo desempenho no dia a dia. Nao vai demorar chegará uma versão 2.0 ou 2.4 como a americana e esses motores fiat 1.8 vão micar no mercado.

  • Runner

    Não é bonito, não tem motor, não tem porta malas, espaço interno deixa a desejar….rede de concessionárias fraca…sinceramente acho que é o carro da moda, em breve as vendas começam a balançar.

    • Mazola Winstrol

      Runner, acho que as vendas tendem a continuarem altas. Se fosse assim, o Ecosport já teria saído do mercado.

  • Carlos Giunco

    ECOSPORT: FIESTÃO
    HRV: FITÃO
    RENEGADE: UNÃO (ISSO MESMO PAINEL E PORTA MALAS DE UNO) E MOTOR FLEX, INCOMPATÍVEL COM O CARRO…

    • Felix Sehnem

      Verdade o que falou, carros maquiados com estrutura de carros baratos

      • Francisco Lunardi

        Então temos muitos Audi “maquiados” por ai…

        • Tosoobservando

          Vc esta falando da Kia?

          • Francisco Lunardi

            Tente começar por Audi A3Golf.

  • Doyle

    quem compra, compra pela carinha, pois não tem porta-malas e o motor é um micão de antiquado, bebe mais que Ecosport

  • Felix Sehnem

    Pessoal das concessionaria e brincadeira. Vc chega para comprar um Hr-V e querem colocar agio no preço do novo e desdenham seu carro, dizem que terão de pagar 20% abaixo da tabela Fipe

  • João Cagnoni

    Acho um bom carro e de sucesso merecido. Aqui em SP é muito importante um altinho pra enfrentar a buraqueira que é um off-road urbano. As pessoas querem carros bons e não rápidos, basta ver o sucesso do City.

    • Mazola Winstrol

      Sucesso merecido João?
      Se o problema é a buraqueira então qualquer “aventureiro” de suspensão elevada atende. O hb20x custa R$ 15.000,00 a menos. Então o que justifica essa diferença de preço para carros com as mesmas limitações?

  • Hebert Saul de Souza

    renegade, esta em TOP é no reclame aqui ! isso sim ! desde de panes graves, até a chave de ignição que não solta ao desligar…

  • Mazola Winstrol

    A exemplo do amigo Arthur, sinceramente não consigo entender o sucesso dos SUV’s urbanos! Não entra na cabeça. Funcionalmente, a diferença entre um SUV urbano e um hatch compacto é a suspensão mais elevada e a posição mais elevada para dirigir. Mas porque o brasileiro se sujeita a pagar milhares de reais a mais só por isso????

    Por exemplo, O Ford Ka SE PLUS 1.5 custa R$ 48.090,00. O Ford Ecosport SE 1.6 custa R$ 65.900,00. MEU, SÃO QUASE R$ 18.000,00 A MAIS NUM CARRO COM O MESMO NÍVEL DE EQUIPAMENTOS E ACABAMENTO E QUE POSSUI PRATICAMENTE AS MESMAS LIMITAÇÕES NO FORA DE ESTRADA. “Ah mas a proposta do SUV é para uso urbano.” Mas se o carro possui a mesma proposta funcional dos demais carros urbanos, que diabos de preços elevados são esses?

    Eu até gostaria de sugerir aos produtores do notícias automotivas que fizessem uma matéria a respeito.

    • Rodrigo

      Simples! Quem gosta de SUV, compra! Quem não gosta, não compra!
      Eu não gosto de moto! Como pode alguém investir num transporte que te deixa tão vulnerável, além de não obter respeito dos motoristas alheios? Tem quem goste e a minha opinião sobre isso lhes é tão útil quanto um enxugador de gelo.
      Cada um na sua e investindo no que lhe satisfaz!

      • Mazola Winstrol

        Rodrigo, a questão é que esse gosto custa milhares de reais. Não é tão simples assim como você coloca.

        E você deu um péssimo exemplo. Eu também não gosto de motos, mas há vários argumentos a favor: são econômicas, são mais baratas, ajudam a escapar do trânsito e etc. Repare que há vários aspectos funcionais a favor da moto. No caso dos SUV, não há nenhum critério funcional.

        • Rodrigo

          Péssimo exemplo… Pagar 70, 80 mil numa Harley Davidson ou numa moto BMW é barato. São modelos disponíveis e que vendem mesmo sendo caras.
          O ponto é que VOCÊ não vê critério funcional na SUV assim como EU não vejo critério funcional em uma moto.
          Quando não queremos ver funcionalidade no que não nos serve, fica fácil falar só dos pontos negativos.
          Mesmo assim, discutir isso é inútil. Vai sempre ter quem odeie, e vai comprar quem gosta.
          Em resumo, SUV tem fácil acesso à cadeirinha para colocar bebês, tem acesso fácil/direto ao porta-malas, é confortável em viagens, não rala em lombadas, geralmente já vem com controle de estabilidade e por aí vai.
          De novo, se não gosta é só não comprar. Não ganha nada em desdenhar.

          • Mazola Winstrol

            Harley Davidson e BMW vendem mesmo sendo cara, mas eu te pergunto:
            temos alguma Harley Davidson ou BMW entre as 10 motos mais vendidas no Brasil? Não. Temos algum “SUV urbano” entre os dez carros mais vendidos no Brasil? Sim. Temos dois, aliás.

            Rodrigo, eu não estou desdenhando. O ponto não é esse. Acredito que você seja um proprietário de SUV e esteja se sentindo ofendido com a minha posição.

            O que estou dizendo é que se paga muito para ter um carro funcionalmente semelhante a um hatch compacto.

            Rodrigo, o juízo de valor que faço a respeito do caso é objetivo, e não subjetivo, não é questão de opinião, como você está dizendo. Cada carro tem uma proposta, cada carro existe com soluções para determinado problema. Um SUV sem tração nas 4 deveria ter preços próximos a de hatchs compactos, a menos que esses SUV’s tivessem outros atributos para justificar seus preços, que é o caso do Duster, que é um carro com amplo espaço interno. Aí sim temos uma justificativa. Acesso fácil a cadeirinha de bebês e acesso fácil a porta-malas por R$ 18.000,00 é muito caro! Os demais itens que você citou já estão presentes em um hatch compacto topo de linha. Controle de estabilidade geralmente é só nas versões mais caras dos SUV’s.

            Mas se você está feliz e satisfeito com o seu automóvel isso é o que importa. Eu apenas levanto essa discussão para aumenta o nível de consciência de nós consumidores. Eu sinceramente gostaria muito de ver SUV’s de verdade a preços justos.

            Leia essa matéria da quatro rodas:

            http://quatrorodas.abril.com.br/materia/suv-carro-chamado-desejo-817631/.

            Na matéria, os próprios representantes das montadoras atribuem o sucesso dos SUV’s a questões de status e aparência do veículo.

            • Rodrigo

              rsrsrsrs
              Por que é que eu ficaria ofendido por causa de carro?
              E eu não formulo minha opinião por direcionamento de matérias e nem blogs, faço uso da minha experiência.
              E eu desenvolvo carroceria de veículos em montadora, sei bem as diferenças técnicas entre as propostas.
              Mas é cada um na sua! Não gosta, não compre!

              • Mazola Winstrol

                Novamente Rodrigo, não estou discutindo gosto, estou discutindo a proposta e a relação custo/benefício dos carros.

  • Pedro Henrique

    Tive um onix, comprei bem no inicio, me atendeu em tudo (dentro das limitações de um popular no Brasil), em relação aos outros carros todos falavam que tinha o melhor espaço interno, um design interno bonito, um banco confortavel (é um carro pesado, mas afinal, ando na linha, 60km/h na cidade, 110 a 120 na estrada). O ruim era que consumia muito para um 1.0, mas dentro das minhas condições na época foi ótimo. Revisões baratas, o meu não deu problema nenhum de manutenção.

    Dentre os concorrentes e das condições de carros populares do Brasil acho justo o ônix em primeiro, ofereceu muita coisa a mais pela sua categoria.

  • Rei Reis

    Jeep Renegade a diesel com 170 cv tem mais que a Hilux que tinha 163 cv e é a líder de vendas quando se trata de picape a diesel !! esse jipinho é o melhor SUV hoje no Brasil prova disso são as vendas apesar de poucas concessionárias no Brasil o bichinho já está em 5°,
    se o renegade fosse vendido nas lojas Fiat estaria em 1° lugar.

  • Peter Bishop

    Renegado bateu hrv e corolla! Fica mito com esse carro.