Fiat 500S é a atualização com aparência mais esportiva

03/03/2016

fiat-500s-1

O Fiat 500 recebeu um bom facelift na Europa e agora ganha também uma versão de aparência esportiva, o 500S. Este adiciona alterações na grade e nos faróis, bem como spoiler traseiro, saias laterais e amortecedores com ajuste mais firme.

fiat-500s-2

As rodas de liga leve podem ser aro 15 polegadas ou 16 com acabamento diamante negro fosco. Há apenas duas opções de cores da carroceria: Electronica Blue e Matte Green. Por dentro, o acabamento é em couro preto com detalhes em azul, branco ou amarelo.

fiat-500s-5

A multimídia Uconnect tem tela de 7 polegadas. O cluster é digital com display TFT e o sistema de som Beats by Dre tem 440 watts. O motor do Fiat 500S é o diesel 1.3 Multijet II com 95 cv e transmissão manual.

Galeria de fotos do Fiat 500S:









  • GSM

    Molto bello, bello.
    E con il motore diesel , una pompa!!!

    • Igor Pricandi

      É um carrinho simpático não há dúvida.

    • Daniel dos Santos

      Una bella macchina direi. Ma preferisco la Abarth!!

  • RKK

    Impressão minha ou os freios traseiros à disco foram para a cucuia ?

    • Hugo Avelar

      Acho que por se tratar de imagem ilustrativa, eles esquecerem de colocar. Direto eu vejo erros desse jeito.

  • Walter Augusto

    A fiat ainda vai alcançar a versão de número 500 neste carro.

  • Edson Fernandes

    O interessante é pela reportagem não ter dito a respeito dos LEDs diurnos integrados no parachoque. Bem bonita essa cor inclusive.

  • Pena ser um Fiat, queria muito trocar o meu 500 pelo novo modelo quando chegar ao Brasil (se chegar), mas a Fiat é tão ruim que eu dispenso, infelizmente. O carro é ótimo.

    • leomix leo

      Teve muitos problemas com o seu? Minha mulher está precisando de um citação.

      • Cara, não. Foram probleminhas bestas e pontuais, mas a falta de respeito e competência da Fiat em resolver (em garantia) me desgastaram demais, por isso critico a Fiat e elogio o carro, que é bom!

    • Felipe

      Fernando, você tem um 500 e acha o carro ótimo, mas quer trocar pelo modelo mais novo.
      Mas você sente “pena” da montadora do seu 500 a ponto de dizer que ela é tão ruim que você dispensa… Aí você tem um 500 e acha o carro ótimo, mas quer trocar pelo modelo mais novo. Mas sente “pena” da montadora do seu 500 a ponto de dizer que ela é tão ruim que você dispensa…

      Cara, me embaralhei todo lendo seu comentário e tô até agora sem conseguir entender o que você quis dizer…

      • Igor Pricandi

        O problema felipe não está no fernando, está no beck. capice?

        • Felipe

          L’origano in questa pizza, finito!

          • “Hahaha” eu não edito meus comentários, colega. Tenho argumentos para defender a minha opinião, ninguém é obrigado a concordar comigo, todos tem a liberdade de pensarem e argumentarem o que quiser, contanto que respeitem uns aos outros.

            • Felipe

              Não edita? Parei a leitura do seu comentário nessa parte. Tá sugerindo que eu escrevi o que escrevi por querer crucificar vc, né? Pare com isso… Não foi vergonha o suficiente ou é bipolaridade?

              • Se a explicação não fui suficiente, talvez você precise aprender a interpretar, amigo. Quem está passando vergonha não sou eu.

                • Felipe

                  Aceite e aprenda, jovem… E de forma a fazer com que as pessoas
                  entendam o que foi escrito por você. Comece conjugando o verbo
                  auxiliar temporal “ser” de forma correta: “Sua explicação só [FOI]
                  suficiente depois de sua edição…” E você, continua passando vergonha. Um abraço.

        • Piadinha ridicula porque sequer me conhece, mas enfim

        • Felipe

          Aí o cara aparece e diz que não editou o comentário…

          Hahahahah… Inclusão digital é complicada.

      • Rodrigo

        Acho que o que ele quis dizer (estou conjecturando) é que gosta do carro mas não do atendimento / pós-venda / garantia /…
        Até entendo. Minha irmã teve um 500 Cult dualogic, gostava muito do carro mas por 2 vezes a deixou na mão. Mesmo tendo um tratamento, digamos, diferenciado (Clube L’único), nada de especial foi feito se não remediar, reprogramar, ajustar, maquiar,… Mas os problemas no câmbio dualogic e na direção elétrica sempre estiveram lá. Foi acabar a garantia pra passar pra frente, pois a confiança se foi e os valores para resolver em definitivo eram estratosféricos. E parece que a Fiat nem faz muita questão em melhorar o atendimento do 500, afinal o que dá lucro é Uno, Palio, Siena, etc.
        nesse aspecto concordo com o colega.

        • Exatamente isso, Rodrigo. O meu é este modelo, pelo menos ainda não tive problemas com o cambio. Estou há 2 anos com ele.
          Estou aguardando alguns lançamentos até o proximo ano para trocar, mas o meu ta tao novo que só compensa vender particular.

        • Felipe

          Depois de ele editar o comentário ficou mais claro… Antes da edição o comentário soava bipolar.

      • Eu não tenho pq editar meu comentário.
        Eu tive pequenos problemas eletrônicos e de barulhos que vinham da carroceria e banco, e a Fiat nunca sabia a origem deles tão pouco como soluciona-los, tamanho insatisfação teve a intervenção da equipe de Betim para me contatar me concedendo cortesias, tamanha incompetência e falta de prepara dos css Fiat, pois tentei em mais de 3 de diferentes regiões de SP.

        Digo que o carro é ótimo porque ele me atende, tem um consumo razoável, é confortável, tem um design que não cansa e etc, mas a sua rede, que representa a marca Fiat, não está preparada para atender aos seus clientes e um veículo que não é fabricado aqui, no Brasil. Não deveria se embaralhar, pois basta frequentar um pouco aqui e ler alguns comentários referente a marca Fiar e suas autorizadas para saber que, de uma forma geral, ela pode ter carros razoáveis e chamados de “pau pra toda obra”, mas o seu pós-venda é lamentável que me faz querer passar longe e não ter um outro veículo da marca. Ficou claro, agora?

        • Felipe

          Se vc não editar nada, tudo ok.

          • Nem vou mais perder meu tempo com você, cara…

            • Felipe

              Aprenda e aceite, rapaz. Novamente digo que não tenho motivo nenhum pra inventar algo contra ninguém aqui… O Igor, o Arthur e quantos outros viram sua forma bipolar de escrever num comentário?

  • Artur

    Gostei do design das rodas. A propósito, quando é que o facelift vai chegar no Brasil? Será que esse modelo não está sendo fabricado ainda no México?

    • Igor Pricandi

      o europeu é feito na polônia até onde eu sei. e não é o que vem para o brasil.

      • Artur

        Sim, o nosso é o mexicano. O que perguntei é quando o facelift será aplicado no mexicano… mas eu reli meu comentário e realmente ficou mal redigido! Rsrs

  • BMAlves83

    Dessa “geração” essa versão foi a que mais gostei, bonita mesmo.

  • Vinicius Batista

    É um carro muito bonito, pena que é frágil para o nosso asfalto! Mas um dia ainda consigo pegar o automático!

    • Ele é mais duro mesmo, se compararmos com os Fiat nacionais, mas é de boa até…

  • André Luiz

    Tive um 500 até semana passada quando vendi com o objetivo de comprar outro 500 só que na versão Cabrio. O carro é excepcional. O Padrão é da FCA e não Fiat do Brasil.

  • Miguel

    Meu city car preferido! Mas eu gostava da Sport Air, que não tem mais!

  • Deivid

    Qual a dificuldade da Fiat de tornar o 500 um veículo mais “másculo” ?

  • Bittencourt

    Interessante.

  • Eu gosto mais dos para-choques da versão sport air.