Fiat Sedãs

Fiat Egea tem novas imagens divulgadas

fiat egea novas imagens 2

Desenvolvido para substituir o Linea em diversos mercados, o novo Fiat Egea teve novas imagens divulgadas nesta semana. O modelo já está sendo produzido na unidade fabril da marca em Bursa, na Turquia, e deve ser vendido ainda na África, Europa e Oriente Médio. A novidade deve ser fabricada também na planta de Goiana (PE), mas ainda não há nada confirmado por parte da fabricante.

O Fiat Egea, que será vendido como Tipo no mercado europeu, traz como destaque o visual mais agressivo e o interior com acabamento mais esmerado. Nas medidas, são 4,54 metros de comprimento, 1,78 m de largura e 1,48 m de altura, com distância entre-eixos de 2,64 m. O porta-malas tem capacidade para 510 litros e conta com braços do tipo “pescoço de ganso” e acabamento na tampa.

A gama de motores do Egea deve incluir uma unidade a gasolina 1.4 litro Fire de 95 cv e outras duas a diesel, 1.3 Multijet II de 95 cv e 1.6 Multijet II de 120 cv, com câmbio manual ou automático. Os modelos a diesel devem entregar consumo de aproximadamente 25 km/l.

Entre os equipamentos, o Fiat deve oferecer sensores de estacionamento, câmera de ré, sensor de chuva e de luminosidade, sistema de entretenimento Uconnect com tela sensível ao toque, tela TFT para o computador de bordo, volante multifuncional, entre outros.

Galeria de fotos do Fiat Egea





  • DevXav

    Farol de BMW série 3..
    Traseira de Civic..

    Ficou bonito mas não achei muito criativo.

    • V12 for life

      Ai é que tá, atualmente design criativos costumam ser horríveis, acho que por isso o mercado como um todo está nessa mesmice.

      • DiMais

        quando reclamavam dos exageros da Hyundai Fluidic Sculpture ou do visual extremamente conservador e sem sal dos VW (dois extremos do design)…
        reclamam de tudo, só isso.

        • Jackson

          De acordo

    • gveralonso

      Traseira de Civic?

      • DevXav

        Sim… veja na foto abaixo.

        • Fábio

          Não.

          • Deadlock

            Mas, a lanterna traseira lembra a do novo Civic que acabaram de lançar nos EUA.

            • Fábio

              Então o novo Civic copiou o Chrysler 200 anterior. Dê o zoom e repare nas lanternas traseiras.

              • DevXav

                Não.

                • Fábio

                  Se vc disse que o Egea copiou a traseira do Civic, então o Civic copiou a traseira do Chrysler 200 (que veio antes do Civic). E já que as lanternas do Egea são parecidas com as do 200 então está tudo ok, afinal, são tudo do mesmo grupo (FCA).

                  • DevXav

                    Não.

              • Tiago

                kkkkk, BOA…

            • gveralonso

              Cara, o Aegea/Egea/Tipo foi mostrado bem antes desse novo Civic… BEM ANTES…

              • Fábio

                E outra, as lanternas traseiras do Egea/Tipo parecem com os do Chrysler 200 de primeira geração. Então está tudo em casa.

    • wagner

      Qual geração do Civic? Porque se for está ultima que acabou de lançar, lamento informar que neste caso a cópia é o Civic, já que o modelo da Fiat veio primeiro ;)

      • DevXav

        Eu achei o farol bem inspirado no do Civic 2014/15 mesmo..

        Claro que o do Egea é mais moderno, mas achei beeeeeeeeeem parecido..

        O pessoal poelmiza demais também, só fiz um comentário hehehe

        Não achei feio, só achei que faltou criatividade – coisa que não faltou no Marea quando foi lançado, por exemplo…

  • HugoCT

    Muito bonito o carro. Eu achei o desenho bastante original e as dimensões do modelo são interessantes. O problema é que eles nem lançaram aqui e já tem gente dizendo que o carro não presta, vai ser mico e etc…Não gosto dessas criticas, isso fere a imagem de um modelo que nem chegou, e se chegar já vai estar sendo mal falado. É coisa de brasileiro, anda de Gol quadrado e fala mal de carros de categoria superior. É por nossa culpa que os preços estão nas alturas, pois rotulamos Civic e Corolla como os ditadores e exemplos de sedas médios. Infelizmente os japoneses (por mérito) dominaram o mercado e vai ser dificil outro conseguir reverter isso. Eu gostaria de ver o Egea ou Tipo por aqui,

    • Rodrigo

      Enche o saco a enxurrada de comentários raivosos e sem nenhum embasamento técnico sobre os carros que alguns decidiram não gostar sem mesmo conhecer.
      Felizmente há comentários como o seu, com senso, sobriedade e sensatez!
      Concordo com o que disse!

    • motstand01

      Eu ainda acho que, com os motores e câmbios certos e preço razoável, esse carro tem boas chances de vender bem no Brasil. O sedan se chamando Tempra e o hatch, Tipo. A perua não virá, mas Tempra SW ou Weekend não seria nada mal.

  • Minos

    A traseira lembra muuuuuito o JAC J3 TURIN 2010!!!

    • Bittencourt

      Rapazzzzz…eu não achei não…rs.

  • V12 for life

    Gostei, se realmente vier para cá e a FIAT o posicionar como um compacto”Premium” tem tudo para vender bem, principalmente se ao invés de Tipo ou Egea, simplesmente o chamar de Tempra.

  • sigma7777777

    Bom porta-malas. Quero saber sobre o conforto, mais especificamente se a suspensão será bem ajustada às irregularidades dos pisos brasileiros.

    • V12 for life

      Provavelmente será, a engenharia brasileiro da FIAT é a melhor em acerto de suspensão, a ponto de projetarem a maioria delas nos carros da marca.

    • Jose Silva

      Basta uma volta no Linea para saber que o acerto de suspensão é totalmente voltado para o conforto e filtra quase tudo de irregularidade do solo.

      • Matheus Lelis

        Acho bem acertado também, ele é bem firme porém confortável, nem sempre é fácil acertar uma suspensão, na maioria das vezes é confortável sem muita estabilidade, ou então muito dura mas com boa estabilidade. É como o civic, é um carro mais “duro”, porém muito bom de estabilidade.

    • Fábio

      Por incrível que pareça (pros haters é claro) a Honda e a Hyundai precisam de umas lições da Fiat de como calibrar a suspensão pra usar no asfalto brasileiro.

      • Marcos Souza

        Acho que suspençao é uma questão de gosto…eu não curto muito carro com suspençao macia. Esses dias fui no banco traseiro do cruze numa viagem e chegou a me embrulhar o estômago…e olha que o cruze não é muito molenga, prefiro suspensões mais firmes.
        Eu fico desviando de imperfeições na cidade, mas não passo mal dirigindo o meu carro.

  • Xande

    Por fora está muito bonito, mas na minha opinião, o painel não está de acordo para um carro que quer disputar mercado com Civic, Jetta, Focus.
    Essa central multimídia, além de fora do contexto do painel, parece muito defasada, digna de um Uno, não um carro de mais de 60mil. Apesar de torcer pelo sucesso do produto, não acredito que passe de 600 un/mês

    • Darlon Anacleto

      Não acredito que a ideia seja concorrer com esses que mencionaste. Para isso eles tem o Viaggio/Ottimo, médio derivado do Dart. Penso que o alvo seja algo abaixo, concorrendo com City e até versões top de Prisma. Quem sabe haja um reposicionamento do Grand Siena no futuro.

      • Raimundo M.

        Rapaz, essa questão de reposicionar com o Aegea é problemática. O planejamento diz que no próximo ano teríamos novo Punto e Grand Siena; em 2017, novo Palio, e em 2018, novo Siena. Hoje, a Fiat não tem aqui um compacto premium sedan. Pode ter na Turquia onde há o Linea Classic(sem face-lift), Linea (com face-lift) e agora Aegea. O Linea deveria ser o compacto premium, mas como esticaram ele, foi jogado no segmento de médio aqui na época em que Viaggio não existia. O Grand Siena é quem concorre com Prisma, Logan, Cobalt, etc e o Siena EL é opção mais em conta para hoje limitado Voyage. A hipotese do Aegea aqui usar motor 1.8 AT6 e possível T-Jet Flex AT6 ou AT9, mas tem 2.0 AT9 a ser usado no novo Compass passível de uso no Renegade, Toro e por tabela aqui, Aegea, deixaria num patamar acima dos premiuns, mais próximos dos médios, mas continuaria limitado em tamanho com as novas gerações de médios vide Civic. Digo que veríamos com essa aplicação o mesmo feito no Linea que foi equipar mais e ter mecânica melhor, mas o porte e interior denunciavam ser um veículo de categoria inferior aos de fato médios.
        Para mim, o Grand Siena desta vez deveria ser sedan compacto premium do Punto, pois o planejamento também sugere que Palio e Punto estão juntos(mesmo projeto mas com diferenças, acredito visuais, meânica, etc, para separar o público alvo). O Grand Siena não é tão avantajado quanto Logan, Cobalt, etc, e dessa forma compatível com New Fiesta, City, possível Mazda 2 sedan/Toyota Scion. A mecânica poderia melhorar já que agora o 1.8 pode trabalhar com o AT6, ou o 1.6 seria aperfeiçoado e usaria também o AT6. O Siena poderia receber um banho de loja e este passaria a brigar com Prisma, Ka+, futuro Voyage, etc.
        O Aegea é maior que o Grand Siena, logo continuaria acima, e o CEO diz que haverá um novo sedan abaixo do Aegea, que pode ser a futura geração do Grand Siena.
        Contudo, com relatei, o Aegea poderia ser ofertado acima do Grand Siena, mas não opção direta para Civic, etc, que é o caso do Linea. Por outro lado, há quem especule o novo Grand Siena virar o Aegea, o que poderia torná-lo premium e também opção aos compactos grandes como Logan e Cobalt, Etios, mas aí a mecânica poderia ser limitada para garantir preços acessíveis.
        Se a FCA fosse competir com os médios do mercado, teria que apelar ao eu ver para futura geração do Viaggio/Dart ou quem sabe Chrysler 100, e neste caso, o produto seria importado.

    • Matafuego

      Mas não vai disputar mesmo. As notícias iniciais sobre o modelo falavam que ele seria lançado para concorrer com o Logan no mercado europeu – é um low cost.

      • Raimundo M.

        Não exatamente! Ele deve pegar veículos até melhores que o Logan como o 301 e C4 Elysee. Colocaria nesse contexto o Santana da VW, Ford Escort, etc. São veículos quase médios, mas podem ser mais bem acabados, ter mecânica melhor, mais equipamentos. Todavia, o Aegea ao meu ver continuará abaixo e a própria FCA sabe disso dos veículos Focus, Golf/Jetta, etc Não adianta ofertar mais conteúdo e mecânica porque é um veículo menor e de design mais simples.

    • Yuri Ravitz

      A Fiat nem é doida de arriscar pisar nesse terreno aqui no Brasil. Ela nunca conseguiu emplacar com sucesso um modelo que não fosse compacto (tentou com o Tempra, depois com Marea/Brava, depois com Linea/Bravo….) e a concorrência anda muito forte e ampla. Pra emplacar um modelo nesse segmento a montadora precisa ter uma estratégia e modelo muito, mas muito fortes.

      • Tempra foi líder de vendas e Marea era o segundo sedã médio mais vendido do país.

    • DiMais

      se for ver o histórico dessa linha de sedãs na Turquia vai ver que ele é simplesmente um irmão do nosso Siena (o Albea que era versão alongada do Siena e que virou Linea que agora está sendo substituído pelo Egea).
      mas aí o pessoal fica pedindo pra trazer ele como carro médio e depois reclama que a Fiat que é quem está enganando o consumidor.

  • João Martini

    Ficou lindo.

  • Blessa

    Não vai vender, não consegue concorrer com a nova geração do Civic, Focus e Corolla, quem compra nessa categoria de carros não compra Fiat.

    • Matheus Lelis

      E quem disse que vai vim pra disputar é com médios? SE VIER, é pra competir com os compactos premium. Mas podia vim, ficou muito bonito. Mas seria uma pena se viesse com o dualogic, (não quero entrar em assunto se o cambio é bom ou ruim),mas esse tipo de carro merece um AT de verdade.

    • Artur

      Parece que esse Fiat, se vier, vai concorrer com City, Fiesta sedan, Logan etc. Ou seja, não vai encarar Civic, Corolla e Focus.
      Se a Fiat for esperta e precificar o Aegea (ou Tipo) de forma correta, acho que vai vender bem sim.
      Só não gostei dessa CMM pequenina nesse painel grande. Devia vir no mínimo com uma tela de 7″ para preencher um pouco mais o espaço ali.

      • Blessa

        Se a Fiat fabricar no Brasil com motor E-Torq e cambio dualogic, não vende, simples assim, veja Linea e Bravo são um super fracasso.

        • Artur

          Concordo sobre o câmbio Dualogic, mas acredito que a Fiat não vai fazer essa burrada de novo, se até na Toro vai ser AT6. Mas sobre o Etorq, duvido muito que não seja utilizado… Talvez com algumas melhorias (tomara!)…

    • Rodrigo

      Nostradamus na área!

  • DTF

    Muito simples para concorrer com o novo Civic e futuro Cruze…é para brigar com versões de entrada dos médios….

  • Murilo Soares de O. Filho

    Vamos lá, acredito que será posicionado entre os “Compactos premium”, que eu acho um absurdo essa categoria, só serve para cobrar mais, chegando até os valores inicias dos modelos médios. Pelas medidas do carro, está mais pra médio ao meu ver, mas isso sempre gera polêmica. As medidas deles são Praticamente as mesmas do Civic: Comprimento: 4,54×4,52; entre eixos: 2,64×2,66; largura: 1,78×1,75: altura: 1,48×1,45. São praticamente iguais, e pouco menor que o novo Corolla.

    • Matheus Lelis

      Cara, eu concordo totalmente com você, o problema é que pra fiat lançar um médio no brasil, os “especialistas” só aceitam se o carro tiver medida mais ou menos igual a de um fusion (novo) por exemplo, se esse carro fosse de alguma outra marca, ele seria um médio, mas como a galera não gosta, a fiat vai ter que lançar ele como compacto premium, mesmo tendo medidas de médio, se não vai ser um outro modelo que não irá vender, assim como o linea. Pra mim, essas médias são sim de um médio, mas… é um fiat, então, manda um degrau pra baixo.

      • Eduardo Brito

        Mas ele é um compacto premium! Vai substituir o Linea, que nada mais do que o sedan do Punto.

        • Matheus Lelis

          Como ele vai se posicionar no mercado, é outra coisa, eu so disse que pra mim essas medidas são de carros médios aqui no brasil, se ele vim substituir o linea, ou o siena, é outra historia, só disse que as dimensões é de médio, é só comparar com os demais médios, mas como é um fiat, ele não pode ser um sedan médio, por mais que seja bom ou tenha dimensões do mesmo

          • Eduardo Brito

            Se tamanho fosse determinante para delimitar categoria, Versa e Logan seriam sedans médios.

            • Matheus Lelis

              Não é o tamanho é a marca, se é Fiat não pode ser médio. Eu não seu se é esse caso, mas se é tamanho dos demais médios, se tiver um at, um bom motor, porque o egea não poderia ser?

              • Eduardo Brito

                Mas o Egea vai substituir o LInea na Europa! É um concorrente pro City e Fiesta Sedan. Não adianta a Fiat valar que esse carro é um sedan medio e colocar preço próximo de Corolla e Civic sendo que ele não foi projetado para isso!

          • Eduardo Brito

            As dimensões podem ate serem compatíveis com com o sedans médios, mas ele não é um sedan médio! Nâo tem essa de “ah, mas como é Fiat não pode ser um sedan médio…”, simplesmente ele não foi projetado para ser um sedan médio…

    • DiMais

      os compactos comuns europeus no Brasil são premium e os baixo custo deles são nosso padrão.

    • motstand01

      O carro será vendido no lugar que um dia o Marea já ocupou na Europa. A perua virá no lugar da Stilo Multiwagon e o hatch, no lugar do Bravo. O diferencial vai ser o preço, abaixo dos médios de maior prestígio, como Golf e Focus, que partem dos 17~18 mil euros. Digamos que é um médio de baixo-custo.

  • ricardo

    se a turma falar mal ele vem e vai vender bem se elogiar ja fica dificil vim e vender acho impossivel … e FIAT n sabe fazer medio ? onde?quem disse? tempra foi ruim? ate o fire tipo n foi tao ruim assim tirando o defeito do fogo era bom mas como é FIAT é uma bosta …
    bom e umas q tem por ai q vende o carro e engana o cliente sou fãboy da fiat n mas a turma fala mal de mais e ela sempre é lider … quero q falem mais ela deixe de ser lider

  • dogmarley

    porta-malas “pescoço de ganso”….

    • Zenari

      É o status quo, até as BMW séries 3 e 5 estão assim.

  • Whering Alberto

    Parece que o tablier é soft touch…mas essa tela de 15 reais da central multimídia é tosca demais. Talvez ofereça uma maior como opcional. O design externo me agrada, mas o painel poderia ser mais bonito. O “pescoço de ganso” na tampa do porta-malas denuncia o baixo custo de produção (embora nosso caríssimo Vovorolla também se utilize dele), mas em contrapartida o bagageiro sugere ser bem volumoso (ignorando a presença de tantas malas do lado de fora).

    • Zenari

      “Pescoço de ganso” pegou geral, BM série 3 e 5 atuais também usam…

      • Lucas Mendanha

        A diferença é que o da BMW corre por dentro de um acabamento e nao enche o saco na hora de carregar o porta-malas, como no Corolla…

        Sim, temos um XEi em casa e é muito melhor usar a mala do meu Focus, com dobradiças pantograficas.

    • Rafael Sumiya Tavares

      Mercedes-Benz Classe S também tem pescoço de ganso… isso não diz muito.

      • Whering Alberto

        Nem eu quis dizer muito. Só que “sugere”. Mas como o amigo acima disse, pode ser questão de durabilidade da peça mesmo.

    • lagny

      Acho que o pescoço de ganso não é por redução de custo, não. Vide Mercedes, BMW, Fusion… Esses carros usam amortecedores no capô mas no porta-malas não. Acredito que como o porta-malas é muito mais utilizado, a possibilidade de perda de pressão dos amortecedores é maior e pode se tornar mais uma chateação para o dono.

      • Whering Alberto

        Pode ser….bem pensando.

  • Fábio

    Esse carro é muito mais bonito e mais refinado que seus concorrentes: Logan, Cobalt e Santana chinês.

  • Guilherme Batista

    é tão bonito que nem parece FIAT

  • leitor

    Parece com um ou outro. Mas pra mim isso nem é mais problema para um carro que não é de referência internacional.

  • leitor

    Enquanto está novo dá gosto de ver e de andar.

  • Zenari

    E não é que ficou bonito?

  • Bruno Gomes

    Se viesse para se posicionar acima do Siena e resgatando o nome Tempra com uma boa jogada de marketing seria sucesso de vendas. O mal do Linea foi o motor 1.9 descontinuado logo após o lançamento do carro e o mal posicionamento. Erraram em achar que o Linea seria um concorrente dos médios reais e pagaram o pato pelo mico.

  • Henrique

    Bem pra quem nunca soube fazer uma traseira descente em seus carros, tirando para mim o Tempra e o Punto, ate que ficou tao mal. Agora esse painel e antiquado, mal dividido e assustador !!!!!!!!!!!!!!

  • Lucas Mendanha

    Observações:

    1 – finalmente a Fiat contratou um “fazedor” de traseira.. a mais bonita (ou menos feia, vcs escolhem) em anos.

    2 – Tava tudo indo bem até aparecer essa telinha mixuruca… LCD ta mto caro hoje em dia né dona Fiat? Ou entao e a velha historia de no ano seguinte trocar por uma maior e anunciar como novidade..

    3 – Trazendo pra cá com um bom motor, cambio epiciclico e versões em pacote fechado, tem potencial pra emplacar e ficar na briga com Sentra, Focus e Fluence..

  • Matheus_P

    Pqp nao aguento mais noticias desse lixo da fiat…

  • Joaquim Grillo

    A primeira vista achei horrível o painel…painel alto e vertical é muito anos 80, tirando isso o visual até agrada

  • Hugo Henrique Silva Lange

    em lugar algum vi o peso deste carro.. sera pq?! 95cv nao vai puxar essa barca ai nao hein… e la fora ele não se chama Aegea (tipo)? ou é Egea mesmo?

  • ALVIN_1982

    Pra mim a única coisa que parece com outro carro é a lateral, parece ter se inspirado nas BMW 3 principalmente a porta traseira com a coluna C. Os faróis eu achei parecido com os do Mitsubishi Lancer, só que mais largos. A grade dianteira lembra levemente os MB/AG e a lanterna traseira pra mim, parece a do Corolla 2007 sem a parte que invade o porta-malas. Enfim, o design ficou bem acertado na minha opinião, e só tiraria aqueles filetes que invade o porta-malas e o filete cromado que envolve a placa. O resto tá de bom gosto sim.

  • Runner

    Eu não tenho dúvida: mais um mico da Fiat.

  • Marcio H. SCOTT

    de lado é uma mistura de carros da volks com BMW ….essa foi a minha impressão …

  • Alessandro

    Um sedan, que dizem ser premium, 2016, que já nasceu sem um farol DRL, sem, no mínimo, um projetor xenon (ou led adaptativos), para mim já nasceu desatualizado.

  • Alessandro

    Esses difusores de ar central me lembra do saudoso palio fire, que gelam a nossa barriga rsrsrsrsrsrs

  • Cassio

    Se a Fiat pensa em trazer esse carro para brigar com sedãs médios, vai fracassar mais uma vez.

    Qualquer um vê que ele não é do mesmo nível, até porque não foi feito para ser, assim como o Línea não era. Na categoria dos médios, não dá para entender a Fiat, parece que joga pra perder.

  • Kadu Bentley

    Coisa feia, Fiat desista de fazer carros médios e grandes pfv!